Page 1

ANO X. Nº90 MAIO 2012 EDIÇÃO NACIONAL 70.000 exemplares MCS-296/B/2001

Folha Universal

10 anos

BOAS NOVAS

AUMENTO DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS PÁGS. 6 e 7

ACÇÃO SOCIAL Associação das Mulheres Empresárias da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola (AMEIAngola) aconselha os empreendedores a legalizarem os seus negócios. PÁG.8

IURD A paz não se resume no calar das armas, ou ausência de guerra. Ela, de forma efectiva, se reflecte no bem estar dos povos, com destaque das famílias, quando estas retratam sorrisos de felicidade. PÁG.II

SAÚDE A desnutrição é candente e de actualidade, porque a má nutrição continua a ser uma das causas de morte em crianças dos zero aos cino anos de idade. PÁG.15


2|

Folha Universal Maio 2012

EDITORIAL

CONSULTÓRIO JURÍDICO

opinião

H. DA CRUZ, IP& ASSOCIADOS (advogados - consultores) hcz@live.com.pt

V

ivemos num Estado Democrático de Direito, todavia a visão de que todo cidadão suspeito é culpado, tem dilatado e repristinado a arcaica teoria de primeiro prender o suspeito para depois investigar se realmente aquele éo autor do crime. O facto de prender para investigar contraria os pilares do ordenamento constitucional, todavia, infelizmente tem sido muito frequente particularmente, nos casos de repercussão social, deter-se um suspeito arbitrariamente por se presumir ser este o autor do crime o que viola o princípio da presunção de inocência, ig ualmente o faz no do contraditório, desrespeita a dignidade da pessoa humana, e poem em causa o princípio da legalidade. Diante do direito fundamental da liberdade a necessidade de aplicação desta medida de restrição da liberdade deve ser fundamentada com base em dados de facto e não em presunções. A Constituição admite a prisão preventiva desde que a sua aplicação seja em circunstâncias excepcionais, quando existe fortes indícios da prá-

FOTO DO MÊS

Foto: André Jorge

tica de crime doloso, e as outras medidas de coacção sejam insuficientes, e ainda como medida de coacção processual, pois a prisão preventiva não tem por f inalidade punir antecipadamente, todo suspeito tem direito a garantia de defesa, a um respectivo processo legal equitativo, e até ao trânsito f inal da sentença condenatória o suspeito presume-se inocente. A Polícia não precisa incorrer em arbitrariedade, deve pautar-se na estrita legalidade formal e material. Quando investiga para prender, e não prende para investigar, credibiliza a investigação, da maior eficácia a prevenção criminal, mantem a tranquilidade pública, e protege o estado e suas instituições fundamentais, contudo, presenciamos uma inversão, na ocorrência de delitos em vez de primeiro e necessariamente haver uma eficiente investigação, para depois imputarse a autoria do delito, detém-se o suspeito em qualquer lugar e hora sem qualquer pudor (…). O pior deste procedimento, é nalguns casos os Magistrados, restringirem a liberdade daquele cidadão, em muitos outros casos, visto o suspeito ser considerado inocente e consequentemente absolvido, tal detenção provoca estragos irreparáveis na vida daquele cidadão, pois sua imagem e nome já passou pela comunicação social como sendo o autor de determinado crime, que apos investigações isentas vem se provar que este suspeito é inocente do crime imputado, e nem por isso recebe um singelo pedido de desculpas, nem tem a sua disposição, os meios para, vir a público contradizer aquele crime, que lhe foi imputado injustamente.

Foto: André Jorge

Foto:Foto: A. J A. J

Arreguessemos as mangas, Prender para investigar todos ao trabalho

“N

o suor do teu rosto comerás o teu pão(…)” (Génisis 3:19). Todos os políticos que se prezem honestos a frente dos seus povos, como governates, colocaram nas suas agendas o combate à pobreza, mas para que isso aconteça é necessário que se valorize o trabalho. O brio profissional e o trabalho suado, é visto, hoje, por muitos como um castigo. Daí a grande adesão a “esquemas” ínvios para se alcançar um enriquecimento fácil e imediato. A pobreza mental é pior que a pobreza material, porque ela faz com que as pessoas percam a visão de largo prazo, queiram as coisas de maneira rápida. Isso se verifica nos jovens que abandonam os Centros Técnico Profissionais, as Faculdades, deixando de investir em simesmos, porque querem dinheiro já, agora. Devemos ter consciência de que a miséria não vai sair “num passe de mágica” ou com uma “varinha de condão”. Como as outras nações sairam da miséria extrema? Os seus lideres não se coibiram de falar de disciplina, de X horas de trabalho e não no trabalho, de produtividade, de valor agregado na produção, etc. Sem isso não há responsabilidade.

Folha Universal www.iurdangola.net

Director: David Paulo Viegas davidviegas@r7.com Assesores: Bispo Augusto Dias falecom@bispoaugustodias.com Bispo João Bartolomeu Pastor Felner Batalha Edição e Correcção: Daniel Silva

COM A PAZ JÁ É POSSÍVEL A CIRCULAÇÃO COM NORMALIDADE DE MENONGUE AO KUITO KUANAVALE

A grande pergunta, que urge, colocar-nos: Quais são os grandes objectivos que todos nós perseguimos enquanto sujeito colectivo? Olhemos para nós internamente, um país com 1.246.700 quilómetros quadrados, uma grande diversidade biologica, terras ferteis, recursos naturais e hídricos – façamos análise das vantagens comparativas - por exemplo, a Suiça tem de extensão 41.0000 quilometros quadrados, país do primeiro mundo, se cultiva e se pastoreia quatro meses ao ano, o resto do tempo é de frio e neve, não tem oceano , nem grandes terras para cultivar. Qual o segredo desse segundo país? De entre os vários apontaremos vamos apontar um: eles procuram competir em qualidade os produtos em relação aos seus competidores. Saibamos que um país potencialmente rico, não significa ser rico e desenvolvido. Daí: os seus relógio serem os melhores do mundo, os seus chocolates seerem os melhores do plantea, o rato do seu computador é suiço, é líder de produção mundial de fábricas têxtesis, etc. Um país rico é aquele que tem mentalidade rica, isso atrai a riqueza real.

Reporter: Dinis Bundo Dias dos Santos Fábio Saldanha

Colaboradores: Dias dos Santos Bela Lemos, Eduardo Constantino Edson Santos, Manuel Santos Fotografia: André Domingos Jorge Osvaldo Chicanha, Domingos Marques Paginação: Domingas Inglês Lukanisa Viegas Catalina Zapata Impressão: DAMER S.A. Atendimento Folha Universal: 933-686781 Av. Comandante Gika S/Nº - Alvalade


actualidade

Folha Universal Maio 2012

|3

CONSTANTINO EDUARDO

A

A ausência de chuvas põe em causa as expectativas dos agricultores

de Benguela, Manuel António Monteiro, “a agricultura constitui o factor desenvolvimento da província, pelo que a ausência de chuva deixa-nos de mãos atadas, dada a situação por que passam actualmente os nosos associados”. Para o Director Provincial da agricultura, Abrantes Carlos “Seke Seke”, a situação esta a reflectir na fraca produtividade, devido a estiagem prolongada, “aguardavamos chuva no mês de Março, o que não aconteceu.

Grande parte do cultivo não será recuperado, a única saída será um aproveitamento melhor da época do cacimbo, para plantação de algumas culturas hortícolas: batata-rena e feijão, nas regiões onde é possível como nos municípios de Benguela, Bocoio e Balongo. Há, igualmente da parte do governo provincial um levantamento dos possíveis sistemas de irrigação com fim de minimizar o caso, o que poderá custar dos cofres do Estado 346 milhões 556.995 kwanzas”.

Director Provincial da Agricultura, Abrantes Carlos "Seke Seke"

Acresceu ainda que o governo preocupado com a situação vai investir 503.695.585 de kwanzas destinados às compras de motobombas, sementes de feijões, de batatarena, bem como compra de pesticida a fim de atenuar as consequências que a estiagem provocou à província. Por outro lado, avançou, uma cifra de 300 milhões de kwanzas foi disponibilizada a 2500 agricultores enquadrados no “Programa de Crédito Agrícola”. Foto: A. J.

Foto: Constantino Eduardo

Estiagem que assola a região continua a “tirar o sono” das entidades administrativa, pois há muito que não se regista quedas pluviométrica sobre a província de Benguela. O governo e os camponeses esperavam que em Março se registasse chuva com regularidade, o que não aconteceu. A falta de chuva comprometeu a presente época agrícola, segundo o director provincial da agricultura Abrantes Carlos “Seke Seke”. A maior parte da plantação dá sinais de seca e as sementes que a mantêm, até ao momento, resistiram graças ao sistema de regadio artesanal. Isso se reflecte negativamente na vida dos pastores que têm de percorrer vários quilómetros em busca de melhor capim, para alimentar o gado. Os camponeses dizem que este cenário é pouco comum na região, por ser a primeira vez que situação de género acontece. Mariana Chikumbo, é camponesa há 10 anos, está preocupada, devido a falta de chuva quer no interior, quer no litoral. Ela disse que dada a situação casos há em que são obrigados (os

camponeses), a trocar um saco de milho por uma cabeça de boi “porque nós dependemos só do campo, se não chover, não há comida. As vezes, precisamos do milho e não o temos, não temos outra saída senão trocá-lo por um boi, em nossa posse”. “Solicitamos uma maior intervenção do Estado com vista a minimizar a situação”, precisou. O Presidente Interino da União Nacional das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-pecuárias do Bocoio, José Correia, disse a “mídia” local que essa preocupação surge numa altura em que os camponeses lançaram já as suas sementes à terra, com vista a uma boa produção agrícola, mas a ausência de chuvas põe em causa as expectativas dos agricultores. José Correia explicou que a situação em causa preocupa as autoridades locais do governo, bem como a sociedade civil, visto que a agricultura é um dos sectores primários, sustentáculo da cadeia alimentar da população. Segundo as autoridades locais as culturas de milho, jinguba e gergelim, estão a secar por falta de chuva. Partilhou da mesma preocupação o Presidente da Associação dos agricultores

Foto: André Jorge

ESTIAGEM PREOCUPA AS AUTORIDADES DE BENGUELA

Os produtos agrícolas começam a escassear nos mercados


4|

sete dias

Folha Universal Maio 2012

Estudantes aconselhados a se afastarem de práticas erradas

A

Escola Bíblica Infanto –Juvenil (EBI), em parceria com a Turma da Fé adoslecente (TF- Teen) realizou, recentemente, uma palestra na escola Njinga Mbandi, com o objectivo de esclarecer aos estudantes como as práticas erradas, incluso o bullyng, pode fazer-lhes mal, aconselhando-lhes

a não práticarem essas actividade. Bullying é um acto que se caracteriza por agressões, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos, contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em portu-

De esquerda à direita Marisa Graciano; responsável da EBI em Angola, dona Olga Ruquene, a Psicóloga Maria Texeira e Solange da Silva

guês, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.

Os estudantes foram aconselhados, pela EBI em parceria com a TF-Teen, a não practicarem o bullying, que tanto dano tem feito na sociedade actual e a nível internacional

Guy destino realiza concerto com mil vozes

O

músico gospel Destino Deves, conhecido no meio artístico por "Guy Destino" realizou em Luanda, domin-

go, dia 13 na Cidadela Desportiva o "sexto majestoso" concerto gospel intitulado “Guy Distino e 1000 vozes" com vários atractivos,

com destaque a gravação do DVD. o concerto tem como objectivo ganhar cada vez mais almas para Deus e de unir as igrejas, enaltecendo a excelência do amor fraternal. "Através do louvor, que leva a mensagem cristã e da oração poderosa, nós conseguimos transformar as pessoas e ganhar almas na nossa sociedade para glória de Jesus Cristo", acrescentou. Segundo "Guy Destino", o concerto teve a participação dos músicos internacionais, com destaque os da República Democrática do Congo, bem como os músicos Lor bongo, Leli Vongo, irmã Sof ia, Bambila, Dodo Miranda, Miguel Boila, entre outros. Por outro lado, o músico apelou as Igrejas Cristãs a estarem cada vez mais unidas e preparadas para enfrentar qualquer coisa que possa aparecer junto de uma denominação ou mesmo no seio da sociedade. O Cantor falou sobre o seu último trabalho discográfico , intitulado

“É uma das formas de violência que mais cresce no mundo”, af irmou a Psicóloga Maria Teixeira, segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa. Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, as crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podesm apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio. A TF Teen leva acabo uma campanha todos juntos contra o bullyng, a inicitiva do gênero não para por aqui afirmou Rossana Caquema responsavel pelo grupo Turma da Fé adoslecente (TF- Teen).

Intimidade com Deus, lançado em Luanda e contou com várias participações, entre as quais as dos músicos Dodó Miranda e René Lokua, irmão do cantor congolês Lokua Kanza. Com treze faixas musicais, o projecto engloba duas vertentes. Brevemente fará o lançamento de um disco infantil gospel. O seu primeiro concerto em Angola aconteceu no Cine Karl Marx, em 2003, onde juntou 200 vozes gospel, num concerto gratuito e de carácter filantrópico. Os ingressos foram convertidos em bens não perecíveis e doados ao Lar de Infância kuzola. No segundo, realizado no mesmo local, na compra de um bilhete de ingresso ganhava-se um disco do autor. O terceiro e o quarto concerto foram realizados na cidadela, onde juntou 300 vozes. Esta noticia foi colhida até a data do fecho da nossa edição.


bemestar

Folha Universal Maio 2012

|5

CONHEÇA 10 MOTIVOS PARA CONSUMIR SOJA REGULARMENTE A soja é excelente fonte de proteínas e minerais como cobre, ferro, fósforo, cálcio, potássio, magnésio, manganês e vitaminas. O alimento auxilia na protecção contra doenças cardíacas, redução dos sintomas da menopausa, prevenção da osteoporose, câncer de mama e de próstata e pode até ajudar na libido. Conheça 10 motivos para incluir a soja na alimentação: 1. Mais disposição- a soja é rica em sais minerais como fósforo e potássio, que são essenciais para garantir a saúde dos músculos e disposição para prática de actividades físicas.

2. Memória de elefante- o grão é rico em lecitina de soja, que actua na conservação das ligações nervosas, propiciando maior qualidade na transmissão de estímulos nervosos.

6. Coração no ritmorica em ácidos graxos insaturados, a soja ajuda a diminuir o nível do colesterol ruim e contribui para o aumento do bom, actuando como preventivo contra doenças arteriais.

7. Ossos fortes- soja é rica em cálcio, substância essencial para boa saúde dos ossos.

3. Up (para acima) na libidoa soja é rica em aminoácidos triptofano, que é o precursor da serotonina, hormônio que precisa estar em concentrações adequadas no organismo para favorecer o desejo sexual.

5. Alívio para a menopausaa soja é rica em aminoácidos triptofano, que é o precursor da serotonina, hormônio que precisa estar em concentrações adequadas no organismo para favorecer o desejo sexual. 4. Bom-humor- a serotonina é ainda um hormônio essencial para o bum humor, sendo responsável pela sensação de bem-estar e prazer. Assim, a soja é uma grande aliada contra depressão.

8. Intestino regulado- rica em fibras, a soja contribui para o bom funcionamento do intestino.

10. Saúde com sabor- actualmente, o mercado oferece a soja industrializada em diferentes versões, tornando sua inclusão na alimentação mais saborosa.

9. Boa forma- as fibras da soja ainda são óptimas aliadas para controlar o peso corporal, uma vez que ajudam a regular os níveis de glicose no sangue.


nacional

Maio 2012

Foto: A.J

6|

Folha Universal

Angola vai aumentar o número de laboratórios clínicos

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA

dos ministros da Saúde da SADC MANUEL GABRIEL

O

executivo angolano va i au ment a r, brevemente,o número de laboratórios clínicos para serem diagnosticadas mais pessoas com VIH-Sida e tuberculose, e manter os doentes registados em tratamento controlado, o anuncio foi feito pelo Vice-Presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos, aquando da abertura da reunião extraordinária dos ministros da Saúde da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), no passado dia 25 Abril, no Centro de Convenções de Talatona. O forum realizou-se de 23 à 26 de Abril deste, o VicePresidente da República disse que Angola enfrenta uma “tendência crescente” de casos de tuberculose, estimados em

É fundamental analisar formas de reforçar os nossos sistemas de saúde para garantir o acesso das populações sobretudo as mais vulneráveis ao tratamento 300 por cada cem mil habitantes, 42 por cento dos quais também estão infectados com Sida. “Cerca de 51 por cento dos doentes que fizeram o teste da tuberculose em 2007 eram seropositivos, o que faz da infecção pelo VIH-Sida, o factor de risco mais importante na incidência de tuberculose na África Austral”. Llembrou ainda que esta doença foi declarada, em 2005, uma emergência na região africana. A África Austral, que tem cerca de 12 por cento da po-

pulação mundial, notificou 22 por cento dos casos de tuberculose. Apesar da adopção, por parte dos Estados-membros, da estratégia de tratamento em unidades sanitárias, a África Austral – precisou ainda tem uma taxa de êxito no tratamento da tuberculose de 70 por cento, quando a meta é 85 por cento. “A tuberculose representa um problema de saúde pública para a região africana’’, lembrou o Vice-Presidente, que

mencionou a pobreza e a imigração ilegal como principais causas da proliferação da doença. Dia da Malária O Vice-Presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos, a propósito do Dia Mundial de Luta

COMUNIDADE PARA O DENSEVOLVIMENTO DA ÁFRICA AUSTRAL

SADC Contra a Malária, assinalado no dia 25 de Abril sob o lema “manter os ganhos, salvar vidas: investir na luta contra a malária” – recordou também que a malária ain-


nacional da é a principal causa de morte em muitos países africanos e que o combate à doença tem de continuar a constituir uma prioridade a nível local, regional e global. A data, agregou, representa uma oportunidade para os países das regiões afectadas aprenderem com as experiências de uns e de outros e uma ocasião para os parceiros internacionais reflectirem sobre a forma de alargarem os êxitos alcançados. Falou também da iniciativa “E 8”, da África Austral, cujo objectivo é incrementar a cooperação entre oito países vizinhos para a multiplicação de acções para eliminar a malária até 2015. O projecto, sublinhou, envolve, numa primeira fase, as Repúblicas de Angola, Botswana, Namíbia, África do Sul, Suazilândia, Moçambique, Zâmbia e Zimbabwe. Manifestou a sua preocupação com o aumento do número de mineiros com tuberculose, lembrando que nem sempre dispuseram das melhores condições sociais e de trabalho. “Apesar do sector de mineração desempenhar um papel preponderante nas nossas economias e existirem instrumentos normativos da SADC, as condições sociais e de trabalho nem sempre foram as mais adequadas”, salientou. Fernando da Piedade Dias dos Santos sugeriu que se proponha aos Chefes de Estado e de Governo da SADC uma declaração e um código de conduta sobre princípios e medidas de prevenção, tratamento e controlo da tuberculose a nível da indústria mineira e dos f luxos migratórios. A medida, declarou, exige o envolvimento coordenado dos departamentos ministeriais do Trabalho e da Saúde e de parceiros. Planos operacionais Para fazer face às grandes endemias na região, pediu aos governos dos Estados da SADC que, com o apoio de instituições internacionais, como a OMS, elaborem políticas, estratégias e planos operacionais. “É fundamental analisar formas de reforçar os nossos sistemas de saúde para garantir o acesso das populações, sobretudo as mais vulneráveis, ao tratamento”, acresceu. Fernando da Piedade Dias dos Santos frisou ser fundamental o envolvimento comunitário em acções relacionadas com a mobilização de recursos financeiros, reforço dos sistemas de vigilância epidemiológica e pesquisa operacional transfronteiriça nos países da região austral do continente africano. Estratégia para eliminar a tuberculose na região No âmbito da reunião extraordinária dos Ministros da Saúde da

Comunidade de Desenvolvimento da África Austral SADC, a coordenadora do projecto Nacional da Tuberculose, Maria da Conceição Palma, salientou que tuberculose no sector mineiro angolano não é muito preocupante porque, segundo ela, “as nossas minas têm a particularidade de estarem a céu aberto. Mas, com o desenvolvimento do país e o avanço na exploração mineira, teremos minas fechadas, prevendo-se, por isso, que o problema se torne preocupante, por a exploração mineira em local fe-

chado oferecer maior risco para a contaminação da tuberculose e das suas doenças associadas”, disse. A médica Guilhermina Nascimento apontou as províncias da Lunda-Norte e Sul como as áreas mais propensas ao contágio da tuberculose, devido ao exercício da actividade mineira. “Esta doença está associada às péssimas condições de vida, desde a desnutrição ao alcoolismo, ou seja, à pobreza de um modo geral. Nestas zonas existe uma grande dispersão de poeira, que possui um conteúdo de dióxido de cilício que danifica o pulmão”, sublinhou a médica. Vacina da malária em fase de teste A vacina contra a malária pode estar disponível dentro de três anos, informou o coordenador do Programa Nacional de Controlo da Malária, Filomeno Fortes. Neste momento há pelo menos cinco vacinas a serem testadas, referiu o especialista que adiantou também que Moçambique, é um dos países mais afectados pela malária, é um dos participantes dos testes. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) apela aos países afectados para começarem a preparar-se para a eventual utilização da vacina, que tem como objectivo reduzir o maior número de casos graves e de mortes”, disse. O especialista disse também, que ainda não existe condições reunidas para se começar a introduzir a vacina em Angola “até porque ela ainda não foi aprovada definitivamente pela OMS”, assinalou. A ser aprovada, a vacina poderá ser aplicada tanto em adultos como em crianças. Filomeno Fortes anunciou, na ocasião, que está em avaliação a possibilidade do aumento da cobertura de acções de diagnóstico, tratamento e outras

Folha Universal Maio 2012

medidas preventivas da malária em Angola. Redução da mortalidade A vice-ministra da Saúde, Evelize Fresta, af irmou que a morte por malária nas mulheres grávidas e em crianças diminuiu significativamente nos últimos dois anos em Angola. Segundo a governante, a média anual de mortalidade por malária baixou de 20 mil para seis mil casos. Ao falar recentemente no acto oficial do Dia Mundial de Luta Contra a Malária, na aldeia da Cabala, província de Luanda, a vice-ministra afirmou que a província do Namibe é a única que está em condições de começar já com o processo da préeliminação da malária. “Estamos também envolvidos com a Namíbia na luta contra a doença, com uma intervenção transfronteiriça”, sublinhou. Evelize Fresta apontou as províncias de Malanje, Lunda-Norte, Lunda-Sul, Uíge, Zaire e Cabinda como hiper-endémicas, onde as f lorestas oferecem condições para a multiplicação de mosquitos. A província do Huambo leva a cabo um programa piloto, em que se faz o diagnóstico diferencial entre a malária e outras doenças que apresentam sintomas idênticos, como a dengue, catolotolo e a letospirose. O ministro da Saúde da Swazilândia, Benedit Xaba, um dos participantes da reunião extraordinária dos ministros da Saúde

|7

da (SADC) um dos países africanos em que a doença já foi erradicada, disse que a eliminação da malária foi possível graças a um trabalho prolongado e em colaboração com os países vizinhos. “Trabalhámos em conjunto com a África do Sul e Moçambique. É importante que haja este intercâmbio para que se evite a epidemia. Antes de eliminarmos a malária fizemos um trabalho difícil que envolveu todos os sectores do país”, disse. Material anti-palúdico Lotes de material de prevenção e combate à malária, como mosquiteiros, medicamentos e folhetos com informação, foram distribuídos pelo Ministério da Saúde aos habitantes da Cabala. Na ocasião, especialistas de saúde pública realizaram uma demonstração de combate à larva do mosquito, utilizando técnicas de pulverização e fumigação. No local, estavam em exposição veículos e outros equipamentos de pulverização e fumigação, além de produtos químicos. Os habitantes fizeram consultas e análises gratuitas para identificação do parasita transmissor da malária, bem como testes voluntários de VIH/SIDA. A aldeia da Cabala tem cerca de 350 habitantes que se dedicam, maioritariamente, à agricultura e pesca artesanal. A população necessita de quase tudo, mas está optimista em relação ao futuro.

"Trabalhamos em conjunto com a África do Sul e Moçambique. É importante que haja este intercâmbio para que se evite a epidemia. Antes de eliminarmos a malária fizemos um trabalho dificil que envolveu todos os sectores do País".

Foto da família


8|

Folha Universal Maio 2012

acção social

AMEIANGOLA aconselha os empreendedores a legalizarem os seus negócios

DINIS BUNDO

T

odo alimento a ser digerido pelo homem pode servir para dar-lhe mais saúde, vida, noutros casos, podem causar efeitos negativos no organismo humano, quando não são observados os requisitos de sanidade e cuidados exigidos, a partir do local de venda até a altura da sua confecção, assinalou a Presidente da Associação das Mulheres Empresária da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola (AMEIANGOLA), Severina Coelho, durante uma palestra realizada, recentemente, no município do Rangel, Luanda. Os aspectos organolépticos na cadeia alimentar, devem ser, seriamente, observados. A palestra esteve subordinado ao

tema “qualificação profissional no empreendedorismo”, decorreu ido no salão principal da IURD-Terra Nova I, Bairro com mesmo nome, Rua do Arribatejo, com duração de aproximadamente duas horas. A prelectora aproveitou a ocasião para exortar os presentes sobre a necessidade de legalizarem o exercício comercial delas. “Cada mulher ou homem que sonha entrar para o mundo de negócios, deve antes de qualquer passo, formalizar o processo da legalização do seu negócio ou empresa, a luz da constituição angolana”, alertou. Informou aos presentes sobre o credito denominado “meu negócio minha vida”, disponível nos bancos BPC e BCI para pequenos comerciantes, uma iniciativa do Governo de Angola, para banir com

o nível elevado de pobreza no seio dos angolanos. Aconselhou-lhes a conf iarem as suas pequenas ou médias empresas nas mãos de Deus, passando desde

Cada mulher ou homem que sonha entrar para o mundo de negócios, deve antes de qualquer passo, formalizar o processo da legalização do seu negócio ou empresa a luz da constituição angolana

já a serem dizimistas fiéis, conforme está descrito no livro de Malaquias 3-10-11 “trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimentos na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênçãos sem medidas. Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”. Foi grande a adesão dos homens e mulheres empreendedoras, no local, Severina Coelho esclareceu que actividades do gênero serão realizadas nos outros municípios de Luanda, pois segundo ela “foi notável a interacção dos uma vez que o nosso trabalho é feito a custo zero e é exclusivamente filantrópico”.


publicidade

Folha Universal Maio 2012

|9


10 |

Folha Universal Maio 2012

internacional

INTERNET TEM EFEITO SIMILAR AO DE DROGAS OU ÁLCOOL NO CÉREBRO, DIZ PESQUISA

V

iciados em internet têm a lter ações similares no cérebro àqueles que usam drogas e álcool em excesso, de acordo com uma pesquisa chinesa. Cientistas estudaram os cérebros de 17 jovens viciados em internet e descobriram diferenças na massa branca parte do cérebro que contém fibras nervosas - dos viciados na rede em comparação a pessoas não-viciadas. A análise de exames de ressonância magnética revelou alterações nas partes do cérebro relacionadas a emoções, tomada de decisão e autocontrole. "Os resultados também indicam que o vício em internet pode partilhar mecanismos psicológicos

De 35 homens e mulheres entre 14 e 21 anos. Entre eles, 17 foram classificados como tendo desordem de dependência da internet

e neurológicos com outros tipos de vício e distúrbios de controle de impulso", disse o líder do estudo Hao Lei, da Academia de Ciências da China. Computadores A pesquisa analisou o cérebro de 35 homens e mulheres entre 14 e 21 anos. Entre eles, 17 foram classificados como tendo Desordem de Dependência da Internet, após responder perguntas como "Você fez repetidas tentativas mal-sucedidas de controlar, diminuir ou suspender o uso da internet?"

Os resultados então de sc r ito s n a publ ic aç ão científ ica Plos One, que

HAWKING ACREDITA EM POSSIBILIDADE DE VIAGEM PARA O FUTURO

poderiam levar a novos tratamentos para vícios, foram similares aos encontrados

em estudos com viciados em jogos eletrônicos. Fonte: BBC Brasil

A CURIOSA HISTÓRIA DOS JOGOS OLÍMPICOS

O

cientista br itânico Stephen Hawk ing enxerga a possibilidade de que o ser humano terá a capacidade de construir uma nave espacial tão veloz que permitirá viajar no tempo e avançar várias gerações no futuro. O professor expõe esta teor ia no docu ment á r io "O Unive rso de Ste phen Hawking". Segundo Hawking, viajar para o futuro seria possível com base nas teorias da relatividade de Albert Einstein, segundo as quais o ritmo do tempo dos objetos se desacelera à medida que eles próprios são acelerados no espaço. Para automóveis e aviões, este efeito é imperceptível, mas a nave espacial idealizada por Hawking estaria totalmente exposta ao fenômeno devido a sua grande velocidade. "(A nave) levaria seis anos em potência máxima para alcançar essa velocidade. Depois dos dois primeiros anos, alcançaria a metade da veloci-

S Para automóveis e aviões este efeito é imperceptível, mas a nave espacial idealizada por Hawking estaria totalmente exposta ao fenômeno devido a sua grande velocidade. dade da luz e estaria bastante longe do sistema solar. Após outros dois anos, chegaria a 90 % da velociade da luz", afirma Hawking na série.

Dois anos após funcionar em potência máxima, a nave alcançaria sua velocidade mais alta, 98% da velocidade da luz, "e cada dia na nave seria um ano na Terra", sustenta o cientista. "A essas velocidades, uma viagem ao final da galáxia levaria 80 anos para quem estivesse a bordo", acresce. Fonte: Efe

egundo a mitologia grega, os Jogos Olímpicos surgiram quando Hércules, depois de andar pelo mundo, realizando incríveis proezas com a sua força, foi para a ilha de Creta. Lá construiu um Estádio, onde, juntamente com seus irmãos, praticava corridas. E dos ramos das palmeiras que havia plantado em Olímpia foram feitas coroas para os vencedores. Os Jogos Olímpicos, com a sua nobreza e seu carácter altamente esportivos, foram muito praticados na Grécia Antiga e os vencedores eram considerados semideuses. Porém com a invasão dos

romanos os jogos foram profundamente modificados. As competições passaram a ser realizadas por profissionais e escravos, tornando-se cruéis e sanguinárias. Mais tarde o imperador Teodósio II proibiu definitivamente os Jogos Olímpicos em todo o Império Romano. No século XIX, Pierre de Fredi, Barão de Coubertin, fez renascer os Jogos Olímpicos, quando em 23 de Junho de 1894 criou o Comité Olímpico Internacional. A partir de 1896 os jogos passaram a ser realizados de quatro em quatro anos e cada vez num país diferente. Fonte: Internet


desporto

Folha Universal Maio 2012

| 11

APOSTA NO FUTEBOL JOVEM

para garantir o futuro da modalidade no país MANUEL GABRIEL

Foto: Manuel Gabriel

C

O futuro do futebol está nas camadas jovens

FC e Kabuscorp do Palanca ocupam as posições imediatas, com sete pontos cada um. O Ferroviário e a Sécil estão na cauda da tabela classificativa sem qualquer ponto. A jornada seguinte no caso a 5ª disputa-se (disputou-se) no fim-

de-semana seguinte, com o seguinte cartaz: FC Luanda-Progresso, 1º de Agosto-Sécil, Interclube-Rodoviário, Norberto de Castro-Kabuscorp, Polivalentes FC-Petro, CimentarASA, Ferroviário-Cachombo, Bangú FC-Benfica e Belenenses-Santos FC.

Foto: M. G.

Queirós, no Catetão. No campo da Força Aérea Nacional, o Interclube perdeu com a Sécil de Luanda, por 5-1, também para a quarta jornada do provincial. Futebol Clube Luanda e o Belenenses empataram, a dois golos, no campo 11 de Novembro, no bairro Palanca. Em função destes resultados, os tricolores subiram à terceira posição, com novo pontos, ao passo que a Cimentar, com sete, desceu para o quinto. O Norberto de Castro e o Benfica de Luanda, ambos com oito pontos, estão em quarto e em quinto. Interclube, Cimentar, Rodoviário, Santos

Foto: M. G.

om vista a massificação e garantia do futuro do desporto rei no país, decorre o Campeonato Provincial de Futebol de Luanda de júniores masculinos, um torneio que está a ser disputado em varias província do país. No último domingo dia (06.05.2012) disputou-se a 4ª jornada que contou com vários jogos agendados, onde as equipas do 1º de Agosto e ASA partilham a primeira posição do Campeonato Provincial ambos com dez pontos, após a disputa. Os rapazes do 1º de Agosto foram surpreendidos neste dia (06.05.2012) de domingo no Complexo Escolar do Sambizanga, ao empatarem a um golo com o Progresso. Depois de estarem a ganhar, deixaram “fugir” a vitória. O miúdo Dedé, do 1º de Agosto, inaugurou o marcador, aos 48 minutos, mas Nucho restabeleceu a igualdade, aos 60. Na mesma senda no campo Joaquim Dinis, o ASA venceu o Ferroviário, por 2-1, ao passo que o Cachombo empatou a um golo com o Bangú FC. Ainda no domingo, em outro desafio de destaque da mesma jornada, o Kabuscorp foi derrotado pelo Polivalentes FC, por 0-2, no 11 de Novembro, num dérbi em um dos campos do bairro Palanca. No bairro da Terra Nova, o Benfica de Luanda empatou, a dois golos, com o Santos FC, enquanto o Rodoviário, em sua própria casa, no distrito do Cazenga, também consentiu uma igualdade a um tento frente ao Norberto de Castro. Já o Petro de Luanda venceu a Cimentar, por 2-1, no campo Carlos


12 |

Folha Universal Maio 2012

entrevista Fotos: A.J

Urge defender as músicas de matriz angolana Angola, sem saudosismos balofos, precisa de recuperar, com urgência, os músicos que se prezem a cantar as músicas com matriz nacional como o semba, o kilapanga e outras de raiz, que leve o angolano na diáspora a se identificar com ela, basta ouvi-la a tocar. A fina flor desse gênero de entre eles, David Zé; Sofia Rosa, Teta Lando, entre outros, alguns já não fazem parte do mundo dos vivos. Os que se encontram vivos, estão relegados ao segundo plano. Foi nessa esteira que ouvimos um desses “veteranos”, ele tem vários discos, integrou grupos musicais como “Estrela Negra”, “Diamantes Negros” e outros. Mantém-se fiel ao estilo semba, apesar das dificuldades por que tem passado. Para ele “O semba é a nossa bandeira”. EDSON DOS SANTOS

F.U-Como foi o percurso musical de Mamukueno? M- Tudo começou em 1966, fiz parte do grupo teatral denominado "Estrela Negra" como vocalista, fiz a minha 1ª atuação em palco em 1968. Tempos depois, Fundei o grupo musical "Mamukueno e o seus kubanzas", infelizmente, ingressei no exercito colonial, desmobilizado em 1974. De regresso à música, integrei os “diamantes negros” e o "semba tropical”, fizemos digressões ao interior e exterior do país. Em 2006 coloquei no È dificil falar em relação á nacionalização do semba, porque infelizmente o semba está a perder a sua identidade, fazer semba é caro e requer apoio principalmente financeiro mercado o cd intitulado ezakunguiambela, essa obra trouxe-me novamente a ribalta, em 2009 lancei o single promocional intitulado tambu leno. Nesse momento, estou a trabalhar no meu novo disco denominado Massuika. F.U -Que análise faz dos álbuns Memória, Ezakunguiambela, e Tambu leno? M- Sinto-me privilegiado, esses álbuns deram uma projecção muito grande a minha carreira, agradeço a Deus por ter me dado essa benção de lançar esses cd´s. Sou uma pessoa versátil e procuro fazer vários estilos musicais. Nesses álbuns trabalhei com grandes produtores como João Alexandre, Dj Mania e neste momento estou a trabalhar com o Beto Max para o lançamento de um novo disco. F.U-Como foram às vendas destes álbuns? M- Não tenho razões de queixa

vendeu-se bem, passado alguns anos os discos ainda são procurados. Eles estão praticamente esgotados das bancas. F.U.-O que você tem a dizer em relação as suas viagens promocionais? M- Tenho actuado em varias províncias, de um modo geral a recepção tem sido boa. F.U.-Você também é pintor auto, com está esse outro seu lado profissional? M- Quanto à pintura auto, dei uma pausa, o meu foco, nesse momento está na música, continuo a compor, dou o meu apoio a nova geração, incentivandolhes a cantar as nossas músicas de raiz. F.U - Q u a l a sua opinião sobre o estado actua l do semba? M-Infelizmente o Semba, está a perder a sua essência, e se as pessoas de direito não olharem para esta situação, poderá desaparecer, hoje nos espetáculos que se realizam dificilmente convidam um músico de semba da velha geração, o que é mau. Com a introdução de elementos eletrônicos se perdeu um pouco o ritmo do verdadeiro semba. F.U.-Que opinião tem em relação as novas vozes do semba? M- Há uma necessidade de apostarem mais nos estilos tradicionais e também cantarem mais nas diferentes línguas nacionais, principalmente os jovens. “O semba é nossa bandeira”, faz parte da nossa cultura, de forma

humilde os jovens devem consultar os mais velhos.

Nome: José Matias (mamukueno)

F.U.-fale-nos sobre o estilo house na música “wanga wé” ? M- Este sucesso surgiu a convite do Disco Jokey ( Dj ) Jeff, ele me havia sugerido que transformasse essa musica no estilo house, só para lembrar que esta música fazia parte do disco tambuleno, e depois de uma grande produção tornou-se neste grande sucesso nacional e internacional.

Data de nascimento: 05-10-1946 Signo : balança Estado civil : casado Profissão: pintor de auto, avicultor músico e compositor Lugar : Brasil Filhos: oito Desporto: futebol Cor: branco Clube: progresso Estilo: semba. F.U.-Para quando o álbum Massuika? M- O referido álbum está sendo trabalhado com muita calma e responsabilidade, pretendo lança-lo ainda neste ano, terá 10 faixas e vários estilos, incluindo um house. Promete ser um bom álbum, aguardem com paciência. F.U- Qual a sua opinião em relação à internacionalização do semba? M- É difícil falar em relação à internacionalização do semba, porque infelizmente o semba está a perder a sua identidade, fazer semba é caro e requer apoio principalmente financeiro, para que ele volte a ganhar o lugar que lhe é merecido. Lembro-me que mesmo quando nos encontrássemos no exterior ouvíamos muito o semba, mais hoje verdade seja dita ela está desvalorizada. Temos que defender esse estilo porque ele nos identifica.


IURD

|I

LEIA MAIS:

III- MENSAGEM DO BISPO MACEDO A escolha do Espírito

VI- INTERNACIONAL IURD

Folha Universal A N O X . N º 90. M aio 2012

VII- REUNIÃO DOS 318 Todos podem se superar financeiramente

EVANGELIZAÇÃO POPULARES ENCORAJAM EVANGELISTAS DA IURD A PROSSEGUIREM DINIS BUNDO

A

lguns cidadãos inter pelados pelos Obreiros da Igreja Universal do Reino de Deus ( IU R D), manhã cedo, a fim de receberem uma directriz bíblica ou lhes ser oferecido jornal e revistas evangélicas, no caso o Folha Universal e a Revista Plenitude, por ocasião de mais uma acção de evangelização maciça nas ruas em Luanda, mostraram-se satisfeitos pelo trabalho da IURD e encorajaram os seus membros a prosseguirem com a Obra de Deus. F r a n c i s c o D a l a s foi abordado quando fazia as suas habituais vendas, aceitou de bom g rado dar atenção à explicação de uma jovem evangelista que lhe falou do amor de Jesus. A nós assim ele

Homens e mulheres juntos pela mesma causa

fez questão de sublinhar: “é um gesto muito bom quer para mim como para sociedade em geral essa acção de evangelização, muitos deixamos de ir a Igreja faz tempo,

ao recebe-los para nos falarem de Deus é como se estivéssemos a ouvir um pastor a pregar”. Nesse dia o “batalhão dos soldados de Cristo”, deter-

É um gesto muito bom quer para mim como para sociedade em geral essa acção de evangelização, muitos deixamos de ir a Igreja faz tempo, ao recebe-los para nos falarem de Deus é como se estivéssemos a ouvir um pastor a pregar”

minados a resgatarem almas perdidas, verdadeiros “pescadores” de homens, era composta de mais de 50 Obreiros dentre eles homens, mulheres e jovens

dos dois sexos, percorreram as ruas, ruelas, bombas de combustíveis, bateram portas de edifícios e falaram com sujeitos singulares sobre o Amor de Deus, que deu o seu filho Jesus a fim de salvar a humanidade. “Porque Deus amou o mundo, de tal maneira, que deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”, João 3:16. O pastor Juarez Demóstenes, responsável pelos Obreiros do Cenáculo do Alvalade em Luanda, abordado sobre o acto, disse: “essa é a nossa missão e nos sentimos satisfeitos quando as pessoas nos escutam com atenção. O Obreiro de Deus é um discípulo do Senhor Jesus Cristo, e deve estar pronto a dar continuidade o trabalho do Mestre, sem medir esforços”.


��|

Folha Universal Maio 2012

nacional

IURD IURD

Paz efectiva só se faz com famílias unidas e felizes DINIS BUNDO

A

paz não se resume no calar das armas, ou ausência de guerra. Ela, de forma efectiva, se ref lecte no bem estar dos povos, com destaque das famílias, quando estas retratam sorrisos de felicidades, só assim se pode construir uma nação firme e inabalável, sublinhou o bispo Augusto Dias, responsável da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola (IURD), aquando da abertura de uma campanha de fé, em nível mundial, abrangendo todos os membros da instituição a favor do bem estar das famílias. A referida campanha tem como enfoque a oração, sensibilização e

instrução à luz da Bíblia Sagrada de como as famílias devem lidar com diferentes circunstâncias que possam se deparar, no percurso de suas vidas conjugal. o líder da IURD em Angola falava durante o culto realizado domingo às 9h30 minutos no Cenáculo do Espírito Santo, sito Avenida Comandante Gika s/nº Bairro Alvalade em Luanda. A campanha de fé, em curso, teve o seu fundamento, na história bíblica de Jacob, quando este, confiante em Deus sob orientação de seu pai Isaac, encontrou sua esposa Raquel, próxima de um poço. “E aconteceu que, vendo Jacob a Raquel, filha de Labão, irmão de sua mãe, e as ovelhas de LaReunião realizada no Cenáculo do Éspirito Santo do Alvalade

bão, irmão de sua mãe, chegou Jacob, e revolveu a pedra de sobre a boca do poço e deu de beber as ovelhas de Labão, irmão de sua mãe” Génesis 29:10. Segundo o bispo, apontando as Sagradas Escrituras, a instabilidade das famílias, destruição, a desunião de lares, o esfriamento do amor entre os casais, que antes se amavam tanto, é obra de Satanás e seus demónios. “são eles os demónios que incitam as pessoas a terem inveja da felicidade de outrem, que promovem divórcios, separações, que colocam ira, ódios, brigas contendas e decepções nos corações de quem um dia viu escapar seu grande amor, são tais forças Fotos: A.J

Esposas de bispos oraram pela família

Jesus promete dar a paz não como o mundo a dá

do mal que colocam o homem contra sua esposa, com quem vive debaixo do mesmo teto, fazendo se digladiarem”, precisou. Esses dissabores na vida sentimental bem como a infelicidade de muitos casais podem ser banidos, se eles “alicerçarem” o relacionamento Na Palavra e Ensinamentos de Deus, Tal como havia feito Jacó, exortou o bispo. “O mesmo Deus que permitiu que Jacó encontrasse a felicidade, fará com que todo aquele que ao longo dos 15 dias dessa campanha de fé, se empenhar em cumprir a risca as recomendações dadas pelos servos de Deus, verá a sua felicidade recobrada e outros poderão conquista-la”, deu ênfase. Na sua óptica o êxito da IURD está fundamentado na escolha certa dos seus bispos, pastores e obreiros, com vida conjugal feliz. “um servo de Deus que não é feliz na vida sentimental ou amorosa, não é apto para conduzir o rebanho do senhor Jesus Cristo. O homem que tem uma vida conjugal ou sentimental conturbada torna-se improdutivo nos seus afazeres”, sublinhou. Com efeito, apelou a todos os interessados que desejam reconstruir o seu casamento a beira da ruptura, a devolverem o sorriso aos seus filhos. “A mulher que o seu marido saiu de casa, a noiva ou noivo que lhe prometeram casamento e não passou de falsas juras, aos que pretendem encontrar o companheiro/a certo. Deus por intermédio dessa campanha, inspirada pelo Espírito Santo e prontamente executada pela a direcção da IURD, dá uma oportunidade a todos que a aderirem, a serem felizes”, agregou.


reflexão

IURD

A ÁRVORE DOS DESEJOS

| III

BISPO EDIR MACEDO

A escolha do Espírito

P

U

Maio 2012

mensagem

SABEDORIA

m homem estava a viajar e acidentalmente, sem saber, entrou no paraíso, onde existem árvores dos desejos. Como estava cansado, adormeceu sob uma árvore. Quando acordou, estava com muita fome e pensou: “gostaria de conseguir comida em algum lugar...”. Imediatamente apareceu uma deliciosa refeição vinda do nada. Com tanta fome que estava, nem prestou atenção de onde a comida viera: comeu rapidamente aqueles pratos deliciosos. Já satisfeito, olhou à sua volt a . E e m s u a ment e veio outro pensamento: “Se eu pudesse conseguir algo para beber...”. E imediatamente surdiu um excelente vinho. Bebeu o vinho relaxadamente e então começou a

Folha Universal

pensar: “O que está a acontecer? Estou a sonhar ou existem espíritos aqui a fazer truques comigo?” E espíritos apareceram. O homem f icou assustado, t remendo de medo, e um pensamento surgiu em sua mente: “Esses espíritos são perigosos, vão me devorar...”. E assim aconteceu... O que você pensa, mais cedo ou mais tarde se realiza. As vezes o intervalo entre o que pensou e o resultado é tão grande, que você não faz a ligação entre o que mentalizou e o que está a viver... Preste atenção: são seus pensamentos que criam sua vida. Eles criam seu inferno ou seu paraíso, seu tormento ou sua alegria!

or acaso, você já parou para pensar que sua alma gémea pode estar sendo preparada pelo Espírito de Deus? Ou que Ele está tentando lhe moldar para alguém já preparado? Talvez você esteja atrasando essa operação Divina. Talvez você não dê o braço a torcer e insista na direcção errada. Pura teimosia. Você quer porque quer impor sua vontade. Enqua nto houver esse comportamento, o tempo passa e a solidão permanece. N e s s e c a s o, s o m e n t e quando você se cansar de gemer e, f inalmente, render-se, O Espírito Santo entrará em ação. Deus não Se atrasa. Os cabeçudos é que O atrasam. Não confiam 100% que Ele

fará o que prometeu que faria. A fé não se restringe apenas ao sacrifício económico. Este é apenas um sinal da entrega total e incondicional. Nessa fé não se perde tempo. E l a d e r r u b a d ú v id a s , medos, preoc upaçõe s e ansiedades. Ela quebra todas as barreiras entre a pessoa e Deus. A partir daí, há perfeito relacionamento entre o Deus-Pai e você. Por meio do Espírito Santo em O Nome de Seu Filho. Você está convicto (a) disso? Se Ele é Seu Pai, por que não conf iar no Seu gosto para você? Por que insistir na pessoa que você pensa ser ideal? Talvez seus gemidos têm se mantido porque você insiste em delinear alguém de acordo com o coração corrupto.

Você acha que sua alma gémea tem de ter o perf il físico do seu coração? Ele se encantou com o perf il traçado por mentes maquiavélicas nas revistas de moda e beleza. Você encasquetou isso na cabeça e insiste nessa teimosia. A alma gémea escolhida pelo Espírito tem o perf il espiritual. O per f il f ísico murcha como maracujá de gaveta. Já o perfil espiritual amadurece e permanece até que a morte os separe. Não tenha medo. Deus não erra na escolha.

pérolas para a alma Na fé, Crisiane Cardoso

T

entei a ssist i r a u m f i l me de ter ror a lguns anos atrás, apesa r de detest á-los. Três minutos de f ilme e eu já estava a buscar uma desculpa para sair do cinema! O que há de errado com as pessoas que escrevem essas histór ias? Será que ela s têm a lg u m t ipo de sede de sangue ou prazer nos actos absurdos de violência por aí? Essas não são histórias verídicas e, ainda assim, podem facilmente

Terror iluminar a criatividade de um assassino psicopata! Eu nem acredito que paguei por isso… Assim como a maioria de nós não consegue engolir estas imagens de hor ror transmitidas na tela, nós t a m p ouco, d e ve r í a mo s aceitar sermos mal faladas e apunhaladas pelas costas por nós mesmas. É isso mesmo, eu estou a fa lar sobre nós. Esqueça as outras pessoas – nunca seremos capazes de controlá-las, mas, certamente, podemos controlar a forma pela qual nos tratamos. Toda vez que você pensa a respeito de si mesma como u m a pe s soa fei a , muito baixa ou muito alta, acima do peso ou abaixo do peso, bobona ou que

não tem jeito feminino (e a lista continua…), você mata um pouco a sua autoestima. Como pode uma pessoa ter sucesso do lado de fora se em seu interior se sente mal consigo mesma? Esta pode ser a razão pela qual é tão difícil encontrar o homem ideal… Como é que você vai encontrar o homem ideal se não é a mulher ideal aos seus próprios olhos ainda? Quando você começa a se amar e sente-se óptima em ser a pessoa que é, você então resplandece na vida – de dentro para fora. É aí que finalmente você faz do seu f ilme uma história de amor. Até lá serão, ou estes filmes chatos de longa duração, ou aqueles de terror que te fazem tapar os olhos com ambas as mãos.


��|

Folha Universal Maio 2012

nacional

IURD IURD

Pastor Victor Bala exorta cristãos a se livrarem da inveja

Congregaçaõ cristâ atendeu ao ensinamento do pastor Victor Bala

“A inveja dói, corrói, por isso é que a Bíblia Sagrada a classifica como podridão dos ossos”

a vida de muita gente em Angola. Pois segundo ele “o invejoso quando vê alguém a progredir, põe o olho malicioso e começa a cobiçar o que é do outro. A inveja dói, corrói, por isso a Bíblia Sagrada a classifica como podridão dos ossos”. O pastor Victor Bala falava para uma assistência de mais de 400 membros, na reunião principal dedicada aos Filhos de Deus, no cine

Sporting, no município do Sumbe, às 7h00. Por outro lado, sublinhou, que nenhuma religião tem poder para mudar a vida de ninguém, a não ser pela intervenção de Deus, “não é a religião que muda a vida da pessoa, nem tão pouco a IURD, o único capaz de te livrar dessa situação e te fazer prosperar é o Senhor Jesus, ou seja, quando a pessoa coloca a sua

que muda a vida da pessoa, nem tão pouco a IURD, o único capaz de te livrar dessa situação e te fazer

EDUARDO CONSTANTINO

U

m dos piores ma les que existe na convivência social é a inveja. Ela se desenvolve quando alguém acha que o estilo de vida próspero da outra pessoa não está a seu alcance, daí cobiçar os bens que tal indivíduo adquiriu com muito trabalho, sacrifício e entrega abnegada ao longo da vida. Amiúde, os bispos e pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) alertam os membros da instituição sobre a causa desse mal espiritual denominada «o espírito de inveja». Por esse facto, o responsável do trabalho da IURD na província do Kwanza-Sul, pastor Victor Bala, convocou os membros da região sob sua jurisdição a travar uma batalha espiritual contra esse espírito que tem atormentado

“Não é a religião

prosperar é o Senhor Jesus”

“O invejoso quando vê alguém a progredir, põe o olho malicioso e começa a cobiçar o que é do outro”

vida nas mãos do Senhor Jesus, começa uma vida vitoriosa”. Exortou aos membros abraçarem a cada dia que passa a fé racional e inteligente, pois essas faculdades mentais permitem agir em conformidade com o que se ouve nas pregações. Na ocasião, orou fortemente em prol dos caídos e enfermos. Verificou-se, na ocasião, a manifestação do Poder de Deus. Acto contínuo, os presentes oraram fervorosamente, adicionado a isso, cantaram hinos de louvor a Deus. Muitos foram baptizados com o Espírito Santo.


nacional

IURD

Folha Universal Maio 2012

|V

SÊ FELIZ NO CASAMENTO Cure as feridas sentimentais

Fotos: A. J

A assistência ávida aos ensinamentos de como ser feliz

“Mas aqueles que cimentam a sua relação familiar nos pilares divinos, nem vento, nem tempestade demoníaca poderá atingir o bem estar deles” DINIS BUNDO

“A

minha felicidade e bem estar familiar é fruto da Fogueira Santa de Israel”, revelou o bispo Robson Martins, recentemente, durante um culto denominado Tratamento Espiritual, realizado todo o domingo às 13 horas no Cenáculo do Espírito Santo, no Alvalade, sito na Avenida Comandante Gika s/nº, em Luanda. O bispo abraçado a sua esposa, dona Dineveia de Jesus, falava a mais de quatro mil pessoas, por ocasião da campanha mundial da IURD, no espaço de 15 dias, de orações e ensinamentos dedicados exclusivamente ao bem estar das famílias. Na ocasião, a dona Divinea, orou a favor de todos os casados bem como dos solteiros que desejam encontrar parceiro com o carácter de Deus.

Segundo o bispo, muitas famílias se desagregam e vivem em constante conf lito, porque deixam o diabo conduzir suas relações em vez de ser Deus a faze-lo. A Bíblia Sagrada, nessa esteira, é clara ao assinalar “o ladrão (Satanás) não vem senão a roubar, e matar e a destruir: eu (o Senhor Jesus Cristo) vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” S. João 10:10. É por esse facto – acresceu - que Satanás e seus demónios incitam os casais a mergulharem em ambientes de brigas, traição, infidelidade, isola comunicação entre eles, produz ódios nos corações e coisas parecidas, com o objectivo de acabar com a felicidade, alcançada com sacrifício. “Mas aqueles que cimentam a sua relação familiar nos pilares divinos, nem vento, nem tempestade demoníaca poderá atingir o bem estar deles”, sublinhou o bispo Robson Martins. Reportou o relato bíblico relativo à interferência do diabo na felicidade de Adão e Eva no paraíso, conforme consta no livro de Génesis capitulo 3:1 “Ora a serpente era a mais astuta de todas as craturas que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse a mulher , disse a mulher: é assim que Deus disse: não comerás de toda a arvore do jardim?”. “A maioria das pessoas que vem a Igreja, foca a sua atenção no alcance da felicidade em vários ângulos da vida, em particular na vida familiar, ao não alcança-la o mais forte dos homens desaba e nada do que tenha projectado sai bem”, esclareceu. A IURD, em nível mundial, decidiu ajudar a corrigir o quadro sentimental de muitos dos seus membros, ajudar outros a terem casamentos exitosos, para o efeito, foram reservados 15 dias de orações e ensinamentos à luz da Bíblia Sagrada.

A glória da última casa é maior do que a primeira

Mauro do Nascimento, a esposa Bibiana e a pequena Hossana

“Apesar de frequentar certa religião que não importa aqui frisar, minha vida caminhava ao sabor das ilusões, afirmo ter nascido no berço de ouro, já muito cedo tive carro a minha disposição, tive acesso às coisas materiais com maior facilidade, os pais deram-me tudo para me sentir um menino bem sucedido, em nada me queixava”. Mauro Alexandre Lima do Nascimento, membro da IURD há

mais de três anos, conheceu a instituição a convite da mãe. “Apesar de todo luxo ao meu alcance sentia um enorme vazio, apenas preenchido com a minha conversão, pelo Espírito Santo”. Apesar de formado vivia o drama do desemprego, passava noites em claro. Quando tudo parecia ter chegado ao f im, uma luz raiou no f im do túnel, conheceu a Igreja Universal do Reino de Deus em Luanda, onde se converteu e aprendeu a confiar no Altíssimo e a viver sob os ensinamentos Dele. Não tardou, porta do emprego se abriu, para trás ficaram as perturbações e insónias, casou-se com a dona Bibiana Djamila Lima do Nascimento com quem tem uma linda filha “Hossana”. Ele, que nas lides era tratado por apenas Mauro, passou a ser chamado por Senhor Mauro, Doutor Mauro, Chefe Mauro e Empresário Mauro, “não existe palavras que expressem o sentimento de gratidão a esse Deus que conheci na IURD”, o sorriso voltou a radiar o rosto do Mauro.

Pedimos ao nosso entrevistado as nossas desculpas, porque no mesmo espaço, por lapso haviamos atribuído um casamento anterior que nunca existiu.


��|

Folha Universal Maio 2012

internacional

IURD IURD

Notícias da minha igreja

Não andeis ansiosos A ansiedade é uma sensação de receio, preocupação e apreensão, que tem entrado nos corações de muitos e roubado o lugar reservado ao Espírito Santo

Fotos: Folha de Portugal

pergunta é: para onde irá a nossa alma? Para Deus, a vida eterna, ou para o inferno, a morte eterna? Ou pior do que o inferno, o lago de fogo e enxofre, que é estar separado de Deus por toda a eternidade, sendo atormentado dia e noite. Jesus veio para nos livrar, não apenas dos problemas que enfrentamos nesta vida, que fazem parte dela, mas que ouvindo a Sua voz, sabemos como enfrentá-los e superá-los, aprendendo com os nossos erros, amadurecendo e sendo pessoas realizadas para ajudar a outros a encontrar em Jesus o Caminho, a Verdade e a Vida”, acrescentou o bispo Júlio.

IURD espalhada pelo mundo prega o Jesus ressuscitado

ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt

M

ilhares de vozes entoam hinos de louvor ao Senhor Jesus Cr isto. Em cada expressão facial, no fechar dos olhos, nos gestos feitos com mãos erguidas para o alto, nas lágrimas que escorrem pelo rosto é possível ver o anseio daqueles que desejam ser envolvidos pela presença de Deus e baptizados pelo Seu Espírito. Assim é um dos principais momentos da reunião denominada de “Dia da Direcção”, que acontece aos domingos. Jovens, idosos,

homens e mulheres, famílias inteiras, independentemente do nível socioeconómico, unem-se para alcançar o fortalecimento espiritual, por meio da comunhão com Deus. Durante a reunião realizada em Lisboa, no Centro de Ajuda na Alameda, no antigo cinema Império, neste último domingo (22), o bispo Júlio Freitas ensinou, a quem compareceu ao templo pela manhã, como é possível manifestar a fé e alcançar as bênçãos de Deus. Para onde irá a sua alma? Quando elevamos os nossos pensamentos a Deus, então, de facto

entramos na Sua presença e esse é o segredo para manifestarmos a nossa fé. “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes com todo o vosso coração” ( Jeremias 29.13). “Quando você coloca de lado as emoções, sentimentos, fantasias, mágoas, dúvidas, orgulho e tudo aquilo que o/a impede de buscar a Deus com todas as suas forças, então, tem um encontro pessoal com Jesus Cristo”, afirmou o bispo. “A única coisa de que você e eu podemos estar seguros e que vai acontecer a todos nós, ricos, pobres, bons, maus, justos, injustos, seja quem for, é que, um dia, vamos morrer. E a

Ir até ao fim Estamos numa viagem, uns chegam mais cedo, outros mais tarde, mas o mais importante é saber qual é o destino que tem esta viagem. Você já sabe qual é o destino que tem a sua? “Se você afirma que tem medo da morte, então, tem um problema seríssimo. E o seu problema não é na saúde, casamento ou vida empresarial, mas sim na vida espiritual, pois, você não está salvo/a! Quem está salvo, não tem medo da morte, porque sabe que o seu nome está escrito no Livro da Vida, enfrentando a vida, os problemas, as tentações e superando-os, cresce, não sendo mais um na multidão, mas tornando-se filho/a de Deus. E como filho/a de Deus resplandece a Sua luz, por meio da sua intrepidez, autoconfiança, auto-estima elevada, carácter irrepreensível e vida nas mãos do Autor da Vida. Aí não há nada ,nem ninguém que possa impedi-lo/a de ir até ao fim”, concluiu o orador.

Unção com o perfume de Nardo

Pelo sucesso do filho

Curado em 3 semanas

“O meu filho andava aflito porque nunca conseguia trabalho e eu pedi tanto a Deus, porque sabia que ele merecia ser feliz e ter trabalho. Depois de ungir toda a sua roupa e trazer as suas fotografias para serem ungidas aqui, as portas abriram-se! Hoje ele tem tanto trabalho que até já teve que rejeitar”. Zita

“O meu padrasto estava doente do fígado e estava, supostamente, impossibilitado de voltar a ver. Mas, um dia, trouxe e coloquei as suas fotografias no mural da Sagrada Família, falei com o pastor, orámos, jejuei, levei o Óleo e fui ungindo-o no hospital. Em três semanas e meia, ele ficou curado e já está em casa”. Maria José


nacional

IURD

Folha Universal

Fotos: A.J

Todos podem se superar financeiramente

O culto que ensina a vencêr barreiras financeiras é “318”

A

Nação dos 318 é um culto que trata a vida financeira e profissional dos membros da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e demais interessados, por seu intermédio, muitos voltaram a sonhar e alcançaram uma vida próspera, superando a miséria, o desemprego e o insucesso.

Os cultos acontecem toda a segunda-feira com início às 12 e 18 e 30 minutos, ministrados pelo bispo Gerson Viera. Muitos que, hoje, deram uma virada de 360 graus em suas vidas, antes haviam fracassado muito, erraram muito, os seus esforços

resultavam nulos, estavam limitados. Alcançaram o sucesso porque aprenderam a aliar-se a Deus, a quem passaram a Tê-lo como sócio, ao se tornarem dizimistas fiéis e ofertantes da casa Dele (igreja) bem como acataram as directrizes dadas pelo prelector, bispo Gerso

Maio 2012

| VII

Viera. Como está escrito nas Sagradas Escrituras (Bíblia) “(…Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e sereis prósperos” Crónicas 20:20. Muitos deles há muito desejavam abrir o seu próprio negócio e outros queriam crescer profissionalmente. Hoje, testemunham de que conseguiram o sucesso desejado ao participarem, assiduamente, dessas reuniões. Eles aprendem a não culpar terceiros pelas suas derrotas, mas sim admitirem que o maior problemas “são elas mesmas”, esse novo paradigma os ajudou, sobremaneira, a encontrar soluções, nunca antes pensadas. “A qualidade do vencedor é não desistir e acreditar naquilo que ninguém acredita”, aconselha o bispo. “Você nasceu para ser grande , quem nasceu para ser grande nunca desiste”, reiterou. Os incentivos dados em cada palestra, adicionado a vídeos motivacionais, têm sido um “combustível” de ânimo para os desempregados, aos que se encontram na falência e para aqueles que atravessam instabilidade financeira. Eles têm encontrado forças para darem uma virada nas suas vidas económicas. Ter metas e saber o que se quer de facto, tem sido uma das teclas mais batidas “Todo aquele que desiste do que quer, é porque na realidade nunca soube o que quer”, deplorou o bispo. “Lutem com garra – com espírito – por aquilo que querem” exorta, amiúde, aos presentes. Se você deseja reerguer os seus negócios, conquistar o emprego tão desejado, manter a sua empresa ou sair definitivamente do vermelho, assista as reuniões dos 318 toda a segunda feira, no Cenáculo do Espírito Santo, no bairro Alvalade, na rua Comandante Gika.

“Fui motivado a criar a minha própria empresa” “Logo a primeira vez

que assiste o culto, fiquei maravilhado, porque o prelector bispo Gerson Viera, falava precisamente do empreendedorismo, matéria que eu dava na Faculdade. Daí em diante nunca mais faltei as reuniões”

Sou Paulo Augusto Longa, 38 anos, 16 anos na IURD, apesar desses longos anos como membro, nunca antes havia valorizado a reunião dos 318, comecei a participar nela a convite de um jovem candidato a obreiro, numa altura em que estava indeciso sobre a minha defesa de tese de licenciatura na Universidade Técnica de Angola (UTANGA), onde frequentava o curso de Gestão Empresarial. Logo a primeira vez que assiste o culto, fiquei maravilhado, porque o prelector bispo Gerson Viera, falava precisamente do empreendedorismo, matéria que eu dava na Faculdade. Daí em diante nunca mais faltei as reuniões, particularmen-

te as de terças-feiras às 20 horas. As referidas palestras são para mim aulas adicionais as que eu recebo na estrutura escolar e os livros que tenho , aproveitei, por isso, “aliar o útil ao agradável”. Como consequência preparei a minha defesa de tese sobre o tema “O Empreendedorismo”, investigando, como amostra, as mulheres empreendedoras do Kilamba Kiaxi, Luanda. Os incentivos recebidos nas palestras dos 318 motivaram-me a criar uma empresa denominada M. Longa e filhos Limitada, inscrito no Diário da República, cujo objecto social é construção civil e obras públicas, comércio geral, importação e exportação.

Sr. Paulo Augusto Longa


Endereços da Felicidade www.iurdangola.net Sede Nacional - Cenáculo da Fé, Av. Comandante Gika S/Nº (Alvalade, Cidade de Luanda)

Foto: André Jorge

LUANDA

Foto A. J.

CENÁCULO DO ESPÍRITO SANTO Av. Comandante Gika S/Nº (Alvalade)

Foto A. J.

CENÁCULO DO MORRO BENTO Av. 21 de Janeiro (próximo à rotunda do Gamek)

CÉNACULO DA FÉ Estrada principal do bairro Patriota próximo ao banco BIC

Bairro Popular | Estrada Nova, Rua Fabiana Ribeiro S/Nº Benfica: * Benfica Nova | Nova estrada do Benfica, a 1 km depois do controle da Polícia Nacional * Benfica II | Rua Direita da antiga praça do Benfica, em frente do ex matadouro Cacuaco: * Cacuaco I| Estrada do Cacuaco S/Nº, frente ao mercado municipal * Cacuaco II| Estrada principal do Cacuaco S/Nº. Perto do antigo Control, Bº Balumuca Cazenga: Cobaca | Rua da Cobaca, Cazenga, zona Sete e Meio Golf: Estrada Nova | Bº Estrada Nova, perto do Colegio Ekuikui, Km 12, Luanda Sul Gamek | Rua Pedro de Castro VanDúnem, próximo a retunda do Projecto Nova Vida Hoji-ya-Henda: * Hoji-ya-Henda I | Rua Porto Santos S/ Nº, em frente à Só Pão, zona 17 * Hoji-ya-Henda II | Rua São Pedro, junto à escola dos Marrecos Kassequel | Rua 55, linha direita do hotel Histórico Kilamba Kiaxi | Bº do Golf I, Rua principal, junto do hotel Almeida Monteiro Maculusso | Av. Nicolau Gomes Spencer 159, frente ao Hospital Militar Morro Bento | Av. 21 de Janeiro, próximo à rotunda da Gamek Neves Bendinha | Rua dos Marecos de baixo, Bº Neves Bendinha Mulemba | Av. Ngola Kiluanje, em frente ao cementério 14 Petrangol I | Rua da Madame S/Nº Precol | Rua Direita do Ngola Mbandi, zona 15 Prenda | Rua da Bela Vista, Ex. Centro da Bela Vista Rangel | Rua da TAAG S/Nº, zona do Parana, Rangel Kinanga (Samba): * Samba I | Rua Directa da Samba, a 100 metros da ponte do Nzamba II * Samba II | Rua Direita da Samba, próxima a Hyundai Sambizanga: Sambizanga | Bº Mota (Rua da Yasa), Rua 12 de Julho São Paulo | Bº Sambizanga, Rua Ngola Kiluanje junto do armazém das panelas Shoprite | Bº Morro Bento, Rua do Gracelande, próximo do Kikagil Talatona | Av. Talatona S/Nº

Nelito Soares: Terra Nova | Rua do Ribatejo 72, zona 11 Terra Nova II | Bº Cariango, Rua da 10ª Esquadra (Quintalão do Sr. Joaquinito) Viana | Bº Caop, a 300 metros do Nosso Super Estalagem (Avenida Deolinda Rodrigues)

PROVÍNCIAS Bengo | Bº Kitonhi, Rua Direita do Caxito Benguela | Rua Silva Porto 138, junto a panificação Pam-Bom Bié | Rua Joaquim Capango, frente a JPC-comercial, centro urbano Cabinda | Rua Duque do Chiazi, bairro 4º de Fevereiro Cafunfo | Rua dos Candieiros S/Nº, centro urbano, L. Norte Cunene | Rua Comandante Hojy -Ya -Henda, Bº Pioneiro Zeca-Ondjiva Dundo | Rua Direita da INEA, Bº da Maboi, Centro urbano, Lunda Norte Huambo | Rua Garcia da Horta, lateral prédio Angotel Kuando Kubango | Rua dos Boss, bairro Azul, Menongue Kwanza Norte | Rua Direita Luanda, Malange, Ndalatando Kwanza Sul | Rua do Kaboqueiro, centro urbano, ex bar GranadaSumbe Lobito | Bº Caponte, rua S/Nº perto da estatua do Flamengo Lubango | Rua Deolinda Rodrigues, centro da cidade, frente a loja / Mabílio Lucapa | Rua S/Nº, Bº comercial (Chiluata), L. Norte Malange | Rua Pioneiro Zeca, frente do prédio da Gamek Mbanza Congo | rua S/Nº, Bº 11 de Novembro, zona 4 Moxico | rua das Finanças, bairro Saidi Mingas, ex padaria Celi- Luena Namibe| bairro Popular, rua S/Nº Nzagi | rua 4 ao lado dos escritórios do Chitotolo – L. Norte Saurimo | Bº S. António-Sassamba, rua S/Nº, L. Sul Soyo | Bº da Marinha, antigo estaleiro naval Uige | Rua S/Nº, frente a padaria Mini-Cera

SOS ESPIRITUAL 932 70 97 86- 932 70 97 87 926 06 04 00- 926 06 04 01

Folha Universal Edição 90  

Folha Universal Edição 90

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you