Issuu on Google+

Revista Digital

Fraternidade

Fogo do Céu a serviço da evangelização JANEIRO-MARÇO-FEVEREIRO / ano02

edição

#005

a Cruz

de todos os povos na terra do divino

ad majorem dei gloriam


#Rimas

O maná .................................................................................... Quando Aquele pão por sua boca entrar, no seu corpo descer e em seu coração penetrar, Uma luz então brilhará e onde houver trevas, o amor reinará. Quando Aquele corpo em você estiver, a paz sentirá, a lágrima percorrerá, o mal perecerá. Quando daquela cruz a Carne rasgar, o sangue jorrar, a paixão vencer, Quando o grito de dor se ouvir, o perdão acontecer, Quando as mãos o pão levantar, o choro se ouvir e o pecado redimir, A célula regenerar, a glória permanecer e o céu se abrir, A eternidade se cumprirá. Pode o sabor vencer, a maçã apodrecer, a videira frutificar. Q u a n d o o t e m p o c h e g a r, o estrondo se ouvir, em Seu trono descer, Fome haverá, d’Aquele que em seu corpo está. Enquanto daquele altar, a luz te invadir, o seu peito se abrir e sua alma clamar, Pelo Corpo sustentar, até mortos se levantar, Joelhos hão de curvar, Diante do Pão Vivo, que veio do Céu: Walquiria Lopes Missionária Fogo do Céu o Maná. ........................................................

editorial EQUIPE RESPONSÁVEL - Núcleo de Comunicação Fogo do Céu TEXTOS Rafael Bodão

Paulo Jacques

Rafael Costa

Thaissa Almeida

Matheus Mendonça

Walquíria Lopes

REVISÃO

DESIGN

Natasche

Fábio Fernandes

Mariana Lima

traga o seu par, e participe destes encontros que vai colocar jesus dentro do seu relacionamento. todo quarto Sábado do mês às 18h no centro pastoral do santuário nossa senhora aparecida


#Espiritualidade

A música, na sua essência, está sempre conectada a um sentimento. Toda música a ser composta converge para um sentimento, seja ele de amor, ódio, angústia. A forma mais fácil de perceber isso é no nosso dia a dia, quando estamos felizes e bem humorados sempre procuramos escutar músicas que nos transmitem o mesmo sentimento. Uma tribo africana denominada Himba mostra o quão profundo é a música em nossas vidas. Quando uma mulher Himba decide ter um filho, ela sai e senta-se sozinha debaixo de uma árvore, até ouvir a música da criança que quer vir. Depois que ela ouviu a música desta criança, ela volta para o homem que será o pai da criança e ensina-lhe a canção. E então, quando eles estão em suas intimidades para conceber fisicamente a criança, eles cantam a canção da criança, como uma forma de convidar o filho ao ventre da mãe. Logo, quando a mulher fica grávida, ensina a música para as parteiras e as mulheres mais velhas da aldeia, para que quando a criança nascer, as velhas e as pessoas ao seu redor possam cantar a canção da criança para dar as boas vindas! Durante a vida esta música é cantada nos momentos difíceis como forma de dar forças para lutar. Em momentos de felicidades esta música é entoada em forma de agradecimento, e no fim da vida a música é entoada uma última vez, e após isso esta canção entra para o esquecimento. Assim podemos perceber o quão grande é o mistério que existe por trás de uma simples canção. A música tem essa essência de trazer a tona o que o nosso coração está cheio. Por isso a grande importância de nós, ministros de música, ao ministrar a música estarmos cheios de Deus, cheios do Espírito Santo, pois a música que iremos conduzir irá transparecer nossos sentimentos. A ministração da música é a mais bela forma de se elevar uma oração a Deus, com cânticos e louvores sendo eles do mais simples ao mais trabalhado, podemos expor nossos sentimentos em um plano espiritual de forma tão bela que aos ouvidos de Deus este cântico se torna uma linda declaração de amor.

Rafael ‘‘Bodão’’ Missionário Fogo do Céu

Siga-nos também no Spotify Playlist Fogo do Céu


#FeedBack

Que estão de parabéns por tudo que vem fazendo e por terem criado este questionário. Não desanimem com as críticas e dificuldades, Deus é com cada um de vcs! Ele mesmo os escolheu.

pérolas da

OUVIDoria

Que continuem esta obra, sempre com humildade e alegria. Muitas vidas foram e estão sendo salvas graças a Deus, a Fraternidade e as pessoas que a compõem.

Continuem com esse trabalho maravilhoso e profético, vocês não sabem a quantidade de almas que vocês como instrumento da manifestação divina tem ajudado a se restaurar e salvar. Eu agradeço a vocês de maneira pessoal por terem me ajudado a enxergar a Deus. Muito obrigado.

Fraternidade fogo do céu - ano iii Por graça de Deus e inteligência do Espírito Santo realizamos todo ano a Que Jesus os abençoe com o Espírito Ouvidoria, que é um espaço para coleta e de escuta de toda e qualquer pontuação, Santo para que nunca parem com essa obra que nasce daqueles que frequentam os projetos que a Fraternidade Fogo do Céu de evangelização, principalmente com os promove. jovens. Um pastor que não possui a capacidade de ouvir as necessidades e sinais que as ovelhas de seu rebanho comunicam não é pastor. E essa capacidade precisa ser eficiente nos diversos momentos de alegria e vitória, e também de alerta e perigo. Quando o resultado do trabalho missionário chega aos que estão dentro desta Co n t i n u e m s e n d o proposta de evangelização, e percebemos que Deus tem investido a sua graça em estas pessoas iluminadas, nossa humanidade, o sentimento é de realização e renovação do ardor missionário. interessadas no que fazem Mas de modo reverso, quando o ruído do trabalho missionário chega, a insegurança bate a porta da obra que não é nossa, pois somos apenas administradores dela. No caso da Ouvidoria, percebemos de forma geral, que as pessoas que frequentam as propostas de evangelização que a Fraternidade Fogo do Céu promove estão de uma forma revigorante e bela assumindo conosco o ofício de propagar Deus, #cONSTRUIRjUNTO não importando o formato e nem o ‘‘como’’, mas tornando Deus comum na vida de #sOMOSIGREJA tantos outros. Fábio Fernandes MUITO OBRIGADO!!! Queremos aqui agradecer no total as 45 pessoas (30 em Missionário Fogo do Céu 2015 e 15 em 2016, caso tenha respondido estas duas ocasiões, sinta-se duplamente agraciado) que reser varam um pouquinho do seu precioso tempo para nos ajudar a ampliar o campo de visão, a enxergar os pontos cegos, traçar soluções e sobretudo, ver com uma nova perspectiva a pintura que o Espírito Criativo tem gestado através de nossos dons e talentos.


#Testemunhos

Dicionário de Simbolos Cristãos

#001

Caroline Ferreira Gonçalves – 21 anos - atendente de telemarketing e estudante. Já fazia bastante tempo que eu acompanhava o Fogo Do Céu pelas redes sociais e através das fotos compartilhadas. Eu me via admirada com a alegria e transparência em cada um dos jovens que ali estavam e também com o espírito de fraternidade que os regia. Até que a missionária e também minha amiga de longa data, Walquíria, me fez vários convites para visitar o grupo. Confesso que não aceitei de primeira, por receio, afinal eu nunca havia participado de um grupo de oração. Mas foi quando me vi necessitada da graça de Deus que resolvi aceitar de braços abertos esse convite tão especial. Ela e seu esposo Augusto me incentivaram bastante, eu diria até que me deram o “empurrãozinho” que eu precisava. Eles me buscavam e me deixavam na porta de casa nas primeiras vezes que fui. Eu vivia uma fase nada fácil, dessas onde nos encontramos fracos na fé e desapontados com as pessoas de uma forma geral. Foi no Fogo do Céu que encontrei o refúgio. A acolhida com que fui recebida, cada abraço fraterno. A forma de amar ao próximo que, até então eu não havia vivenciado, foram me erguendo aos poucos. A partir dai eu pude sentir que sou filha de um Deus maravilhoso que me convida todos os dias a experimentar mais e mais desse amor fraterno e misericordioso. Não vou dizer que tem sido fácil, mas se continuo perseverando devo a cada membro do grupo, que me recebeu como irmã e me guiou aos braços d'Aquele que nos sustenta. Sem dúvida o diferencial do fogo do céu é a acolhida. É impossível se sentir um estranho estando perto de pessoas como as que fazem parte do grupo. Pessoas que abraçam de forma fraterna, que estão preocupadas com o seu bem estar, com sua família. Pessoas que estão sempre prontas para te guiar ao caminho do alto. Cada um, de maneira singular, sabe fazer com que os recém-chegados se sintam a vontade para que dessa forma possam reconhecer as boas novas que Deus tem para os seus filhos.

Participe do Grupo de Oração Fogo do Céu! Todo 1º e 2º Sábado às 18h no Santuário Nossa Senhora Aparecida Bom Pastor | Divinópolis/MG Centro Pastoral (área das barracas)

//‘PX’ Chi-Ro// O símbolo PX, conhecido como ‘Chi Rho’ foi uma das primeiras formas de cristogramas. É constantemente visto no catolicismo, mas sua origem e história são pouco conhecidas. É formada pela sobreposição das duas primeiras letras de Cristo em g re g o ( " Χριστός"), n o alfabeto português correspondem a C e R. Sabe-se que este símbolo era usado no império romano como significado de paz, a “pax romana”, que foi um período de segurança, ordem e progresso para o império. No entanto, a paz no império era algo controverso, tendo em vista as condições abusivas que os povos dominados por Roma se encontravam, a falta de respeito aos direitos dos cidadãos romanos, e a obrigação a prestação de culto ao imperador. Com o crescimento do cristianismo no império que por fim se consolidou em meados do século III, o PX tornou-se significado da verdadeira paz advinda somente de Deus. Assim aconteceu também com outros símbolos e datas de comemorações pagãs que tomaram novo significado cristão.

Raphael Costa Vocacionado Fogo do Céu


#Espiritualidade

ILeNCIO dA

almA

Silêncio não é somente deixar de falar, é deixar de pensar, deixar de cometer o erro. Hoje as mentes estão em barulho, em constante julgamento, muita inveja, muito ciúme, muita falsidade, muita ira. O barulho é uma situação do homem em que ele entra em desamor com sua própria vida. O silêncio vem do encontro com o Amado Deus. Aquele que volta seu pensamento para Deus pensa coisas bonitas, toma posse da graça, e através da oração encontra no mais íntimo da alma e do coração, independentemente das feridas, da cruz, ou dos fardos pesados, a serenidade que vem de Deus. Saber silenciar é encontrar, nos pequenos detalhes e na simplicidade, a paz consigo mesmo e com os outros. Deus se atrai pela simplicidade, pelo coração lindo que louva, pelo homem de amor, de fé, de caridade, de fraternidade, pelo homem que pensa sempre o melhor para o outro. Quem é feliz não pensa o melhor pra si mesmo, e sim o melhor para o outro, para o próximo, e ao invés de falar e brigar, silencia e volta seu olhar pra Deus e vence no Espírito Santo.

Thayssa Almeida Vocacionada Fogo do Céu

#RetirodoAno #EUVOU #FechadoComMaria #2017ANOMariano


#SantaPartilha

Matrimôniofobia? Este texto vai de encontro à realidade de vida em que me encontro hoje, e isso para muitos poderá parecer algo absurdo e totalmente fora dos parâmetros que a sociedade comum prega: a idéia de aproveitar a vida e minuciosamente subir cada degrau em direção a um futuro perfeito. Pobre deles! Quando eu não conhecia a Deus e nem toda a profundidade do amor que ele tinha por mim, de forma a entregar seu único filho para morrer crucificado e assim rasgar a carta de condenação que caia sobre nós, eu também pensava dessa forma, que era necessário curtir muito, aproveitar tudo que a vida tinha, e estabelecer metas rumo ao sucesso e quiçá à riqueza, mas não eram esses os caminhos que Deus tinha reservado para mim. Com isso, encontrei um namoro pautado na graça e no carinho de Deus, claro que com dificuldades e tropeços, mas sempre enxergando o alvo que era o matrimônio. Após 05 anos de namoro e noivado, eu e a Maira nos casamos. Muitos nos disseram: ‘‘não façam isso, vocês são tão novos! Vocês vão ver esse carinho de vocês depois que estiverem casados, como vai ser!’’ E mesmo assim, diante de tudo que foi colocado por várias pessoas que tentavam fazer com que desistíssemos, continuamos firmes rumo ao altar. Eu estava com 23 e minha esposa com 22, trabalhávamos e tínhamos pouco Ilustração: Mads Berg Es

dinheiro, mas Deus em sua infinita misericórdia não nos deixou faltar nada, foi tudo da forma que Ele quis, e foi tudo perfeito! Se você for visitar a nossa casa, vai conseguir ver o quanto Ele foi bondoso, tudo o que temos foi presente de alguém, e não nos faltou nada. Nisto eu já gostaria, meu amado, que você percebesse que mesmo sendo jovem e sem recursos financeiros, Deus te chama a fazer a vontade Dele, e a vontade Dele para mim foi o matrimônio. Escute-o e viva a vontade que Ele tem para você.

Após completar um ano de casamento, tive a graça de receber a notícia que minha esposa está grávida, e isso pode parecer a princípio algo assustador. Como dois jovens de 23 e 24 anos podem encarar uma responsabilidade dessas? Deveriam estar planejando, viajando, curtindo. Mais uma vez Deus contrariou a ideia que muitos têm, de que tudo tem que ser minucioso, detalhado, e que é preciso haver boa condição financeira para receber uma criança, porque crianças dão muita despesa. Quando escuto isso me lembro daquela passagem do livro de Matheus 8-20, que diz que o filho do homem não tinha nem onde reclinar a cabeça, então sou tomado de um consolo que me envolve e me impulsiona a acreditar no melhor, acreditar que Deus sabe do que precisamos e que Ele não nos faltará. Eu louvo a Deus por tudo o que aconteceu em minha vida, pelas dificuldades, pelas conquistas e vitórias, por ser casado, porque serei pai e porque sou jovem. Eu lhe dou um conselho: você será feliz de verdade quando atender ao chamado que Deus tem para sua vida, chamado esse que me concedeu a alegria inenarrável de ouvir o coraçãozinho do bebê pulsar, e sentir o vínculo de nos une. Paulo Jacques Missionário Fogo do Céu


Radar do Céu

#FeedBack O que as ‘marias’ esperam de um ‘josé’

O possível José precisa ser uma pessoa simples, humilde (fundamental), verdadeiro, tem que ser do tipo (Emanuel com um pé na igreja e outro no céu e não Raimundo com um pé na igreja e outro no mundo rsrs), não pode faltar nele também bom humor e alegria, uma pessoa que tenha o desejo de buscar Cristo, de viver os seus mandamentos ao meu lado, que saiba amar e valorizar aquilo que está por dentro, além do físico. (Lorena Costa)

Sempre idealizei um homem de fé, um homem que tivesse Deus em primeiro lugar, que serve e que seja confiante em Deus. Um pai atento, esposo gentil e fiel. Um intercessor, que me aproximasse mais de Deus. E Valeu a pena esperar meninas! Deus não demora ele capricha! Meninos, a maior forma de conquistar uma Mulher é sendo um homem gentil e de coração entregue a Sagrada Família. Bom, isso foi o que eu, devota de São José esperei num homem e hoje sou noiva. Deus vai perguntar quanto tempo vc está disposta a esperar? Meninas estejam prontas pra responder: o tempo suficiente pro Senhor me transformar em uma Maria. Homens estejam prontos a responder: O tempo suficiente para me transformar em um José. Desconheço Amor mais bonito do que desse Casal.

Educado, que ame a Deus acima de tudo, respeitoso e piedoso. Trabalhador e humilde.

No meu ponto de vista um ‘José’ é aquele que antes de me amar deve amar primeiro a Deus, e assim ele conseguirá atingir meu coração. Pois dessa maneira sei que a base dessa nova relação será Deus, e que em meio a qualquer dificuldade poderemos superá-las juntos.

Honesto, primeiramente. Ser uma pessoa sensata, companheira, responsável, que não faça "joguinhos" e seja sincera na relação. Ser uma pessoa carinhosa.

Primeiramente que seja um homem de oração e fiel a Deus, que esteja primeiro a serviço do Senhor, um homem sincero, autêntico, que saiba o que quer e maduro.

Que ame a Deus acima de tudo, educado, cavalheiro, higiênico, bem humorado, responsável. E que saiba que ninguém nasceu perfeito ou sabendo amar.

Sei que várias já devem ter dito: um homem de oração, temente a Deus, cheio de virtudes...Mas enquanto os homens continuarem a pensar que nós mulheres precisamos de muito para sermos felizes estão enganados. Queremos homens que nos olhem nos olhos e digam: vc está linda! Ou abrem a porta do carro, dê um sorriso que sentimos na alma. Leva um chocolate para agradar, puxa a cadeira, etc. Assim homens vão se sacrificarem menos e deixar de pensar que somos fardos.

Nós católicos idealizamos Maria e José como o casal perfeito. Nós ‘Marias’ esperamos um ‘José’, como o esposo de Maria Santíssima, precisa ser justo, honesto, trabalhador, amoroso e de muita fé principalmente. Nem tanto nos importamos com presentes, mas precisamos que demonstrem o mais sincero sentimento que sintam por nós. Que ambos se auxiliem no crescimento da caminhada cristã. Que sejamos felizes.

Muitas mulheres vão responder que esperam que seu José seja uma pessoa de oração, temente a Deus e cheia do Espírito Santo. Claro, são atributos essenciais também!!! Mas é importante lembrar que há algumas características masculinas que as mulheres devem ficar bastante atentas ao escolherem um homem para casar: analisar se ele é TRABALHADOR, honesto, de caráter íntegro, honra seus compromissos em dia, não é mulherengo nem safado, e não fala mentiras. Ninguém merece homem folgado, que não trabalha com responsabilidade e não é honesto. O caráter do homem conta muito! A beleza não deve NUNCA ser analisada pela aparência física, e sim pela honestidade, caráter e fidelidade do homem. Vamos ficar atentas a isso meninas, e sempre pedir à Deus discernimento nas escolhas. Colocar nas mãos do Senhor o relacionamento e pedir que seja Ele o condutor do casal!

Ah, faltou só 1 detalhe importantíssimo na minha resposta anterior. Por favor completem a minha resposta que enviei a pouco com esta: Mulher ODEIA que o homem seja grosseiro com ela. Por favor "Josés", esforcem-se para não serem grosseiros nem sem educação com a sua "Maria". Mulher gosta de homem educado e que a trate muito bem.


São Francisco nasceu em Assis, Itália, em 1182. Era filho de Pedro Bernardone, um rico comerciante, e Pia, de família nobre da Provença. Na juventude, Francisco era muito rico e esbanjava dinheiro com ostentações. Porém, os negócios de seu pai não lhe despertaram interesse, muito menos os estudos. O que ele queria mesmo era se divertir. Na juventude de Francisco, por volta de seus vinte anos, uma guerra começou entre as cidades italianas chamadas Perugia e Assis. Ele queria combater em Espoleto, entre Assis e Roma, mas caiu enfermo. Durante a doença, Francisco ouviu uma voz sobrenatural. Esta lhe pedia para ele "servir ao amor e ao Servo". Pouco a pouco, com muita oração, Francisco sentiu em seu coração a necessidade de vender seus bens e “comprar a pérola preciosa” sobre a qual ele lera no Evangelho. Certa vez, ao encontrar um leproso, apesar da repulsa natural, venceu sua vontade e beijou o doente. Foi um gesto movido pelo Espírito Santo. A partir desse momento, ele passou a fazer visitas e a servir aos doentes que sem encontravam nos hospitais. Aos pobres, presenteava com suas próprias roupas e também com o dinheiro que tivesse no momento. O Chamado Num dia simples, mas muito especial, num momento em que Francisco rezava sozinho na Igreja de São Damião, em Assis, ele sentiu que o crucifixo falava com ele, repetindo por três vezes a frase que ficou famosa: "Francisco, repara minha casa, pois olhas que está em ruínas". O santo vendeu tudo o que tinha e levou o dinheiro ao padre da Igreja de São Damião, e pediu

H

H

São Francisco um exemplo de vida para todos

permissão para viver com ele. Francisco tinha vinte e cinco anos. Pedro Bernardone, ao saber o que seu filho tinha feito, foi busca-lo indignado, levou-o para casa, bateu nele e acorrentou-o pelos pés. A mãe, porém, o libertou na ausência do marido, e o jovem retornou a São Damião. Seu pai foi de novo buscálo. Mandou que ele voltasse para casa ou que renunciasse à sua herança. Francisco então renunciou a toda a herança e disse: "As roupas que levo pertencem também a meu pai, tenho que devolvê-las". Em seguida se desnudou na frente de todo mundo e entregou suas roupas a seu pai, dizendo-lhe: “Até agora tu tem sido meu pai na terra, mas agora poderei dizer: 'Pai nosso, que estais nos céus”. Renúncia de São Francisco de Assis Para reparar a Igreja de São Damião, Francisco pedia esmola em Assis. Terminado esse trabalho, começou a reformar a Igreja de São Pedro. Depois, ele retirou-se para morar numa capela com o nome de Porciúncula. Ela fazia parte da abadia de Monte Subasio, cuidada pelos beneditinos. Ali o céu lhe mostrou o que realmente esperava dele. O trecho do Evangelho da Missa daquele dia dizia: "Ide a pregar, dizendo: o Reino de Deus tinha chegado. Daí gratuitamente o que haveis recebido gratuitamente. Não possuas ouro, nem duas túnicas, nem sandálias...” A estas palavras, Francisco tirou suas sandálias, seu cinturão e ficou somente com a túnica. São Francisco de Assis manifestava seu amor a Deus por uma alegria imensa, que se expressava muitas vezes em cânticos ardorosos. A quem lhe perguntava qual a razão de tal alegria, respondia que “ela deriva da pureza do coração e da constância na oração”. Santa Clara, seguidora de São Francisco A santidade de São Francisco de Assis lhe angariou muitos discípulos e atraiu também uma jovem, filha do Conde de Sasso Rosso, Clara, de 17 anos. Desde o momento em que o ouviu pregar, compreendeu que a vida que ele indicava era a que Deus queria para ela. Francisco tornou-se seu guia e pai espiritual. Nascia assim a Ordem Segunda dos


Franciscanos, a das Clarissas. Depois, Inês, irmã de Clara, a seguia no claustro; mais tarde uma terceira, Beatriz se juntou a elas. Sabedoria divina Certa vez, São Francisco de Assis, sentindo-se fortemente tentado pela impureza, deitou-se sem roupas sobre a neve. Outra vez, num momento de tentação ainda mais violenta, ele rolou sobre espinhos para não pecar e vencer suas inclinações carnais. Sua humildade não consistia simplesmente no desprezo sentimental de si mesmo, mas na convicção de que "ante os olhos de Deus o homem vale pelo que é e não mais". Considerando-se indigno do sacerdócio, São Francisco de Assis apenas chegou a receber o diaconato. Detestava de todo coração o exibicionismo. Uma vez contaram-lhe que um dos irmãos amava tanto o silêncio que até quando ia se confessar, fazia-o por sinais. São Francisco respondeu desgostoso: "Isso não procede do Espírito de Deus, mas sim do demônio; é uma tentação e não um ato de virtude". Francisco tinha o dom da sabedoria. Certa vez, um frade lhe pediu permissão para estudar. Francisco respondeu que, se o frade repetisse com amor e devoção a oração "Glória ao Pai", se tornaria sábio aos olhos de Deus. Ele mesmo, Francisco, era um grande exemplo da sabedoria dessa maneira adquirida. São Francisco de Assis e os animais A proximidade de Francisco com a natureza sempre foi a faceta mais conhecida deste santo. Seu amor universalista abrangia toda a Criação, e simbolizava um retorno a um estado de inocência, como Adão e Eva no Jardim do Éden. Os estigmas de São Francisco de Assis Dois anos antes de sua morte, tendo Francisco ido ao Monte Alverne em companhia de alguns de seus frades mais íntimos, pôs-se em oração fervorosa e foi objeto de uma graça insigne. Na figura de um serafim de seis asas apareceu-lhe Nosso Senhor crucificado que, depois de entreter-se com ele em doce colóquio, partiu deixando-lhe impressos no corpo os sagrados estigmas da Paixão. Assim, esse discípulo de Cristo, que tanto desejara assemelhar-se a Ele, obteve mais este traço de similitude com o Divino Salvador. Devoção a São Francisco de Assis No verão de 1225, Francisco esteve tão enfermo, que o cardeal Ugolino e o irmão Elias o levaram ao médico do Papa, em Rieti. São Francisco de Assis perguntou a verdade e lhe dissessem que lhe restava apenas umas semanas de vida. "Bem vinda, irmã Morte!", exclamou o santo. Em seguida pediu para ser levado à Porciúncula. Morreu no dia três de outubro de 1226, com menos de 45 anos, depois de escutar a leitura da Paixão do Senhor. Ele queria ser sepultado no cemitério dos criminosos, mas seus irmãos o levaram em solene procissão à Igreja de São Jorge, em Assis. Ali esteve depositado até dois anos depois da canonização. Em 1230, foi secretamente trasladado à grande basílica construída pelo irmão Elias. Ele foi canonizado apenas dois anos depois da morte, em 1228, pelo Papa Gregório IX. Sua festa é celebrada em 04 de outubro.

Matheus Mendonça Missionário Fogo do Céu


Oração de São Francisco de Assis Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz. Ó Mestre, fazei que eu procure mais Consolar, que ser consolado; Compreender, que ser compreendido; Amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna.


Ler também é um Esporte!


a Cruz de todos os povos #Destaque

na terra do divino De um sinal opróbrio e de derrota, a Cruz passou a ser o centro da espiritualidade cristã católica. Com isso, eis que a cruz se tornou o distintivo daqueles que seguem a Cristo, o ponto para o qual se convergem todas as nossas aspirações. Durante toda a história, após o instrumento de ignomínia ter sido abraçada pelo Divino Redentor e Nosso Senhor Jesus Cristo, a cruz levou exércitos a vitórias, elevou homem justos, humildes e converteu pagãos. Não há como deixar de se lembrar da expressão: “In hoc signo vinces”, em português, “com este sinal vencerás”, vista por Constantino na batalha de Saxa Rubra, na luta pelo título de Augusto do Ocidente, o que mudou o destino do Império Romano, além de ter garantido a cristandade a todo o ocidente. Divinópolis terá a graça de ter em seu território, a partir de 2017, a mais alta cruz já edificada no mundo. Denominada de “Cruz de Todos os Povos”, o monumento será o terceiro do mundo, dedicado a uma das pessoas da Santíssima Trindade, sendo atribuída ao Divino Espírito Santo. A cruz de Deus Pai e a do Filho, já estão edificadas no Líbano e no México, respectivamente. A finalidade da cruz, como é expressa no nome, é a unidade de todo o povo de Deus. Inclusive, foi em razão disto que a primeira cruz foi edificada no Líbano, país do oriente médio cuja região é berço das três religiões monoteístas e é marcada por intensos conflitos. É importante também lembrar que no oriente médio estão vários Patriarcados e Igrejas do catolicismo ortodoxo. Sobre esse verdadeiro propósito, o presidente da instituição idealizadora da cruz “Associação Terra de Deus”, Jesus Juste Ibanez, afirma: “Essa cruz representa mais que a união da humanidade. A ideia inicial era de se construir várias pequenas cruzes, mas depois decidimos construir uma cruz enorme para passar uma mensagem mundial. Então demos o primeiro passo e fomos ao Líbano. A princípio nos foi dito que seria impossível construir uma cruz em um país muçulmano, mas o projeto foi aceito”. No México, a cruz atribuída à pessoa do Deus Filho, foi edificada na terra de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina no ano de 2012. Na ocasião a Igreja do México agradeceu a Deus a graça como um patrocínio da devoção do povo mexicano a Santíssima Virgem. Como Divinópolis leva no nome a devoção ao Divino Espírito Santo, desde a sua origem como “Arraial do Divino Espírito Santo do Itapecerica”, viu-se como oportuno a construção da terceira cruz na cidade “pólis” dedicada a terceira pessoal da Trindade Santa. O fato para que a cruz de Divinópolis possa ser considerada a maior do mundo, parte do projeto de engenharia desenhado pelo engenheiro responsável: José Geraldo. Segundo ele, a cruz de Divinópolis terá alguns centímetros a mais que as


#Destaque ‘‘...Estando aos pés da cruz, queremos contemplá-la inteira, o olhar se volta para o alto...’’

outras, que possuem 73 metros e 80 centímetros. O local de edificação da cruz, conhecido popularmente como “morro do Gurita”, é um dos pontos mais altos da cidade, o que possibilitará que a cruz seja vista por dois terços do povo divinopolitano sem sair das proximidades de casa. Outro motivo que caracteriza como uma graça de Deus é o fato do morro já ser um lugar de devoção a cruz de Nosso Senhor, no local existe uma velha cruz de madeira, sendo um lugar de oração e meditação pessoal. Em vista deste grande presente recebido pela cidade, tanto em sentido l i t e ra l d e e d i fi c a ç ã o, q u a n t o principalmente pelo enorme valor que se dará ao monumento, o bispo diocesano Dom José Carlos, afirmou que diante da cruz o olhar se volta para o alto e esse é a verdadeira intenção da cruz. “A primeira coisa quando a gente chega aos pés da cruz, é olhar para o alto, é a primeira atitude. Estando aos pés da cruz, queremos contemplá-la inteira, o olhar se volta para o alto. Não falamos de uma opção religiosa, não se trata de uma cruz para plantar uma devoção católica ou uma devoção X, mas se trata de uma cruz que quer exatamente ajuntar ao redor de si, homens e mulheres, não só capazes de construí-la, mas capazes de ao redor dela pensarem em um projeto de fraternidade”. Que esse ano de 2017, seja um ano abençoado em todos os sentidos, o qual será marcado historicamente pelo maior sinal de vitória que há! A Santa Cruz que remistes o mundo.

Felipe de Paula Missionário Fogo do Céu


CARAVANA Pentecostes - CANÇÃO NOVA ////////////////////////////////////////////////////////////////////

2a4 de junho

320,00 a vista ou

80,00

4x

somente

////////////////////////////////////////////////////////////////////

Contato: (37) 98802-8620 Ma con

#VaiSer

Á «não perca!»


ser: O no o maior diferencial precisa

F zer D fere t ! “Ser diferente, amar sem medidas a Deus que amou primeiro a mim.” Hoje estamos vivendo em um mundo que contradiz os ensinamentos de Deus, um mundo que impõe como as pessoas devem se vestir, pensar, agir. Desta forma, programam dentro de nós a infelicidade de viver somente as coisas impostas por esse mundo. Então eu lhe pergunto: Ser de Deus é ser diferente? E a resposta é: Sim, ser de Deus é ser diferente. Em Gálatas 2,20 São Paulo nos diz: “É Cristo quem vive em mim.” Se Ele vive em mim, eu sou diferente das outras pessoas que não reconheceram ainda a graça de poder ter Deus vivendo dentro de si.

Quando assumimos a posição de ser de Deus, exercemos o nosso dever de ser sal da terra e luz do mundo, de mostrar ao mundo que se pode ser diferente. Esse é o desejo de Deus para cada um de nós, que sejamos diferentes, cada um com sua maneira de ser, com seu jeito, e assim mostrar ao mundo que podemos ser felizes com Ele. Digo a você que ser de Deus é o melhor presente que Ele poderia nos dar, pois quando realmente somos Dele, tudo passa a ter mais valor, nossa vida ganha um ar diferente. Saiba que muitos esperam enxergar no seu sorriso e no seu estilo a presença de Deus. Seja santo hoje, não espere mais tempo para dar o seu SIM a Deus. Não tenha medo de ser diferente, pois Cristo vive em você!

Mariana Lima Missionária Fogo do Céu


Núcleo de Comunicação O núcleo de comunicação é formado por alguns dos missionários da fraternidade e possui como função: pensar, repensar, criar, e dar idéias para que a evangelização do Fogo do Céu aconteça de diversas maneiras. São tantos detalhes, que demandaria bastante tempo enumerar todos eles. É importante frisar que a evangelização não parte somente de um convite para pegar o microfone e transcorrer um discurso dentro de uma pregação, pois ela acontece de diversas e variadas formas. Como por exemplo, de um simples sorriso que pode comunicar Deus, até a editoração de uma revista que tem como conteúdo propor temas que refletem a caminhada rumo ao Céu. Entender como é a experiência do público, como conheceram a fraternidade, o que pode ser feito para melhorar, como divulgar conteúdos que evangelizem e toquem no coração das pessoas, tudo isso são exemplos de tarefas feitas pelo núcleo de comunicação, e lembrando sempre que nada aqui é feito sem a ajuda do Espírito Santo. Para o bom êxito das demandas dentro do nosso núcleo, destacamos como fator primordial a delegação de tarefas e a organização de reuniões periódicas, com pautas elaboradas com antecedência e enviadas no email de todos os integrantes do núcleo. Desta forma, c a d a u m j á va i p e n s a n d o, e l a b o ra n d o i d é i a s e o s e u posicionamento a respeito de cada tema que será discutido na reunião. Fazer reuniões frequentes é muito importante para que as coisas aconteçam e fluam melhor dentro de um núcleo. Muito mais do que ficar no Facebook, a Comunicação busca realizar o ofício de tornar comum o Evangelho, não importando o formato, ou seja, o "como fazer". Não importa se é através da voz, da música, de vídeos, imagens, textos, poemas, ou qualquer outro meio de comunicação ou dom que o Senhor nos confiou. Nós buscamos tornar comum a experiência do encontro pessoal com Cristo em nosso tempo, e através da nossa realidade. Nós compreendemos que o conteúdo que transmitimos deve sempre ser Cristo e nada mais, e esse conteúdo pode ser transmitido através de um abraço, sorriso, vídeo, poema, etc... Muito mais que alcançar número de visualizações, curtidas ou compartilhamentos, temos a consciência de que precisamos atingir almas. É preciso investir na Evangelização.

Natasche Viana Missionária Fogo do Céu

construir junto é possível!

entre em contato conosco e dê a sua ideia para contribuir com a evangelização!



Revista Digital Fraternidade Fogo do Céu - Edição 5