Issuu on Google+

REVISTA PARA A REDE CREDENCIADA

Tempo de

planejar

A boa gestão é fundamental para o sucesso do consultório. Dentistas empreendedores mostram como definem – e cumprem – suas metas

número 04 | NOV / DEZ | 2010

finanças

As vantagens de se tornar pessoa jurídica

Aprendizado

Quais as lições que você levará para 2011?

A doutora Alessandra Cazassa trabalha para abrir duas novas clínicas

Dental


editorial

Radar

reflexões e agradecimentos

quem somos

Notícias, serviços e novidades

O Grupo OdontoPrev em números

6 mil

clientes

Caro credenciado,

corporativos

Feliz 2011! Um abraço, José Maria Benozatti

Diretor Clínico-Operacional Expediente

25 dentistas

4,4 milhões

mil

Mais um fim de ano se aproxima. Eis um momento de reflexão, tanto pelos bons exemplos que deixamos como pelos objetivos que traçamos para 2011. Nesse contexto, desenvolvemos a última Foco na Rede de 2010. Na seção Bem-Estar, os credenciados compartilham exemplos sociais inspiradores, que nos enchem de orgulho e reforçam o papel essencial da odontologia no Brasil. A reportagem de capa trata do planejamento, fundamental na vida empresarial e pessoal. Dentistas contam como administram suas clínicas e consultores apontam bons caminhos para a gestão. Investir na carreira está entre seus planos? Confira a seção Por Dentro. Especialistas explicam como o estudo está interligado ao sucesso profissional. Aproveite para anotar os eventos do Programa de Educação Continuada para 2011. Sua meta é o crescimento do negócio? Na seção Trabalho, você descobre como obter bons resultados sem aumentar as horas no consultório. Estudos sobre racionalização tributária apontam: dependendo do faturamento do consultório, a conversão para pessoa jurídica traz excelentes vantagens. Agradecemos mais uma vez a todos os profissionais responsáveis pela saúde de milhões de beneficiários do Grupo OdontoPrev em todo o Brasil. Credibilidade e dedicação são a marca do nosso trabalho. E, por isso, começaremos o novo ano com um novo slogan: “OdontoPrev, quem confia sorri”.

de beneficiários

credenciados

Parceria odontoprev e banco do brasil

Conheça o BB Dental Econômico mais uma ótima notícia para os nossos credenciados: a partir do dia 19 de novembro, os colaboradores do Banco do Brasil e seus dependentes poderão utilizar a rede credenciada por meio do plano BB Dental Econômico. Trata-se da primeira etapa da importante parceria entre o Grupo OdontoPrev e o Banco do Brasil, firmada em agosto deste ano. O BB Dental Econômico conta com as mesmas coberturas do plano convencional da OdontoPrev. O dentista credenciado deve manter a rotina operacional (postagem e pagamento de guias, entre outros itens). Para liberar a senha de atendimento, basta acessar www.odontoprev.com.br, clicar em tratamento > liberar senha > marcar no campo “Cód. Operadora/Parceiro” a opção OdontoPrev e preencher os demais campos.

FIQUE ATENTO!

TIRE SUAS DúVIDAS

Nos primeiros meses, os beneficiários do BB

Seu consultor de negócios e os nossos

Dental não terão o cartão de identificação,

especialistas estão sempre prontos

mas os dados estarão em nosso sistema.

a ajudá-lo. Anote nossos contatos:

O Banco do Brasil informará a cada

suporteaodentista@odontoprev.com.br

colaborador o seu código OdontoPrev.

(11) 2198-7590 (para municípios

Caso o paciente não apresente seu código,

com DDD 11) e 0800 722 22 98

ligue para o Disque OdontoPrev para obtê-

(para as demais localidades).

lo: tenha em mãos um documento oficial

O atendimento funciona de segunda

com foto e o CPF do beneficiário.

a sexta-feira, das 8h às 20h.

Diretor Executivo Rodrigo Pipponzi; Diretora Editorial Roberta Faria; Atendimento editorial Thiago Yamabuchi; Editora Ana Luísa Vieira; Repórteres Cristina Casagrande, Karina Sérgio Gomes e Rita Loiola; Estagiários de texto Juliana Dias e Flávio Carneiro; Diretora de arte Claudia Inoue; Editora de arte Larissa Ribeiro; Produção Claudine Luz; Fotos Daniela Toviansky; Tratamento de imagem Felipe Gressler; Revisão Paulo Kaiser Impressão Type; Tiragem 27.000 exemplares

Conselho Editorial Departamentos de Marketing Institucional e Clínico-Operacional

Fale Conosco foconarede@odontoprev.com.br

Alameda Tocantins, 125, 15º andar, Alphaville, Barueri, SP, CEP 06455-020 Foco na Rede é uma publicação bimestral voltada aos dentistas credenciados da rede.

Empresas do Grupo OdontoPrev

Dental

2

Grupo OdontoPrev

foco na rede NOV/DEZ 2010

Grupo OdontoPrev

Grupo OdontoPrev

Grupo OdontoPrev

Grupo OdontoPrev

Grupo OdontoPrev

Grupo OdontoPrev

revista para a rede credenciada


Por dentro

Trabalhando para você

O raio X acadêmico

178

mil

dos

cirurgiões-

dentistas

existentes hoje no Brasil

57 % pós-graduação. já fizeram

Desse total,

4 entre 10

escolheram ser especialistas.

34

participaram de pelo menos um congresso nos últimos três anos

Fonte: Perfil Atual e Tendências do Cirurgião-Dentista Brasileiro

Anote na agenda Estaremos presentes nos principais congressos nacionais CIOSP 2011 29º Congresso Internacional CIOSP 2011 de Odontologia de São Paulo 29º Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo

Aprimorar para crescer Investir na carreira é essencial para o dentista. Confira os cursos e congressos que o Programa de Educação Continuada oferecerá em 2011 Texto Juliana Dias Ilustração Fido Nesti

Mestrado, doutorado, especializações... O bom profissional sabe que é preciso investir, e muito, na carreira. O universo da odontologia não é diferente: os títulos acadêmicos e a atualização constante são chave para conquistar mais espaço no mercado de trabalho. “Não é possível entender a graduação como o final de um processo, mas como o começo da vida profissional”, explica a doutora Maria Celeste Morita, professora da Universidade Estadual de Londrina e uma das autoras do Perfil Atual e Tendências do Cirurgião-Dentista Brasileiro, livro promovido pelo Ministério da Saúde e pela Organização Panamericana de Saúde. “A velocidade das novas informações requer que o profissional da saúde se aperfeiçoe continuamente”, garante Maria Celeste. “Fazer ao menos um congresso por ano, além de procurar cursos, palestras e simpósios de instituições credenciadas, ajudam a garantir uma boa colocação”, complementa o doutor João revista para a rede credenciada

Humberto Antoniazzi, dentista e professor da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo desde 1965. Na OdontoPrev, 40% dos credenciados têm no mínimo uma especialização e contam com um grande aliado, o Programa de Educação Continuada (PEC). Criado em 2002, o PEC já distribuiu mais de 30 mil cursos presenciais e 10 mil pela internet. “Além dos congressos tradicionais, investimos em eventos próprios. O credenciado assiste a uma palestra sobre temas relevantes para seu negócio, a avalia e sugere novos assuntos”, comenta José Maria Benozatti, diretor clínico operacional (ao lado, as cidades que sediarão os eventos em novembro). “Queremos ser o principal parceiro do cirurgiãodentista e estabelecer um novo modelo de relacionamento com a rede credenciada”, completa Daniela Marques Grelin, gerente de marketing institucional. O programa é, de fato, um importante canal de relacionamento. Participe!

Haverá a comemoração do centenário da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD). A OdontoPrev oferecerá 1 500 cursos para os credenciados Onde: São Paulo (SP) Quando: 29/1 a 2/2/11. Sites oficiais: http://www.apcd.org.br e http://ciosp.wordpress.com/

CIOMIG 2011 11º Congresso Internacional de Odontologia de Minas Gerais A OdontoPrev oferecerá 300 adesões a seus credenciados. Onde: Belo Horizonte (MG) Quando: 23/6 a 26/3/11 Site oficial: http://abomg.no-ip.com/abo/ » Credenciados poderão fazer a inscrição para as vagas gratuitas nos congressos acima citados e nas palestras organizadas pelo grupo OdontoPrev. » Em novembro, os eventos acontecem em Brasília, Manaus e novamente nas capitais mineira e paulista. Para mais informações, entre em contato com foconarede@odontoprev.com.br e informe o código de credenciado, CPF, RG e nome completo. 2010 NOV/DEZ foco na rede

3


capa

Tempo de planejar

O consultório deve ser visto com uma empresa: é preciso cuidar detalhadamente da administração Texto Karina Sérgio Gomes Foto Daniela Toviansky Ilustração José Azevedo

Gustavo, Alessandra, Marco e Sonia criaram soluções eficazes para a organização de suas clínicas


Assim que se formou, há 16 anos, a doutora Alessandra Cazassa só pensava em como conquistar os pacientes e fazer um trabalho cada vez melhor. “Eu atendia de segunda a sexta e só à noite sobrava um intervalo para fazer a parte administrativa”, conta. Com o passar do tempo, sua clínica cresceu e ela precisou diminuir o número de clientes para se dedicar ao controle financeiro do consultório. “Senti que não teria energia para administrar e atender ao mesmo tempo. Minha clínica só crescia e eu precisava fazê-la render”, explica. Ao inaugurar seu segundo consultório, em 1998, Alessandra entendeu que tinha deixado de “ser uma empresa” para “ter uma empresa”. Para aumentar seus rendimentos e gerenciar melhor os dois endereços, a dentista montou uma equipe – que atualmente conta com 25 profissionais – e começou a fazer um curso de gestão. Hoje, ela veste o jaleco branco apenas uma vez por semana. Nos outros dias, está focada nos planos para a expansão do negócio. Sim, o consultório é uma empresa. De acordo com os especialistas em gestão Plínio Tomaz e Reinaldo Messias, o maior erro dos dentistas é não ter essa visão. “Muitos profissionais têm a mania de não programar seus gastos. É necessário que eles desenvolvam o lado empresarial”, explica Plínio. A nova meta de Alessandra é chegar a cinco clínicas. Como ela se organiza? “Minhas palavras-chave são supervisão, equipe e foco”, afirma. Todo ano, ela faz um balanço dos consultórios e prevê os gastos e ganhos. “Para alcançar os objetivos, preciso ter um crescimento anual de 20%”, ensina. Para tanto, a empresária conseguiu oti-

Planeje e aconteça Para conseguir melhores resultados e realizar seus sonhos, não há como fugir do planejamento. Reinaldo Messias, consultor de gestão de negócios do Sebrae de São Paulo, ensina por onde começar:

“Muitos profissionais têm a mania de não programar seus gastos. É necessário que eles desenvolvam o lado empresarial. Tudo tem de funcionar em direção a um foco”, ensina Plínio Tomaz, especialista em gestão mizar o tempo dos dentistas nas consultas e estuda os resultados dos consultórios para saber onde há gasto desnecessário e onde é preciso investir ainda mais. Alessandra dá exemplo de importantes passos para a boa gestão. Definir metas é imprescindível, ressaltam os especialistas. “Ter muitos focos é igual a ter nenhum foco”, garante Plínio. “Faça uma lista do que é fundamental para o seu objetivo. O planejamento funciona como um mapa para chegar a um lugar”, garante Reinaldo.

Eu atendo, ele organiza Não são todos os dentistas, porém, que gostam de trabalhar com a parte administrativa. A solução pode ser contratar um profissional de finanças. Ou, às vezes, ele está mais perto do que se imagina. Foi o que aconteceu com a doutora Sonia Michelle Ilda. Ela desfez a sociedade com um colega porque precisavam abrir mão do atendimento para pensar nos investimentos e gastos do consultório. Em junho deste ano, inaugurou uma nova clínica, agora em parceria com o marido, Marco Aurélio Hayashi, que é engenheiro. “Agora posso me dedicar aos pacientes, enquanto o Marco cuida de todas as outras questões”, afirma Sonia. “A curto prazo, queremos igualar o faturamento da primeira clínica da Sonia. Por enquanto, estamos conseguindo atingir os valores mensais”, diz Marco. O casal segue no ritmo certo.

Múltiplas tarefas Mas há quem consiga cuidar de tudo sozinho. O doutor Gustavo Moreschi atende durante a semana e administra o consultório onde trabalha com mais quatro dentistas. “Todo fim de ano, traço metas e tento realizá-las ao longo dos 12 meses”, diz. O objetivo do dentista este ano era conquistar um relacionamento diferenciado perante os convênios a que atende – e conseguiu. Outra meta prevista era aumentar o número de pacientes particulares, na qual ainda está trabalhando. “Mantive o número, o que é bom. Mas talvez precise mudar as estratégias de venda. Estou estudando cuidadosamente esse aspecto”, conta. Para 2011, Gustavo planeja focar o atendimento na endodontia, que é sua especialidade. Eis aí outra atitude recomendada por Plínio. “Quando o profissional se especializa, ele pode oferecer um tratamento diferenciado perante os convênios atendidos.” As dicas de Alessandra, Sonia, Marco e Gustavo serão valiosas para o seu dia a dia. E o especialista em gestão Plínio Tomaz também pode ajudar. Envie suas dúvidas para foconarede@odontoprev.com.br. Publicaremos as respostas na próxima edição.

Três indicações do sebrae para seus planos saírem do papel

Estude o mercado Descubra as expectativas do setor para saber em que área é melhor investir. Faça também um questionário de satisfação com seus pacientes para entender o que eles querem da sua clínica.

revista para a rede credenciada

Segundo Plínio Tomaz, toda empresa precisa estar apoiada em um tripé: produção, gestão e venda. “Tudo tem de funcionar em direção a um foco”, acredita o especialista.

Organize suas metas Liste todas as ações fundamentais para realizar os objetivos. Em seguida, avalie os prós e contras. As estratégias devem ser montadas com base nesse primeiro estudo.

Antecipe os planos Coloque no papel as metas para o próximo ano no fim do primeiro semestre. Quanto mais cedo você se planejar, mais rápido os problemas poderão ser resolvidos.   2010 NOV/DEZ foco na rede

5


TRABALHO

De olho na administração

Quer virar pessoa jurídica? Perca o medo dos impostos e abra sua própria empresa. Há vantagens para o bolso e para a organização do consultório Encontrar dentistas que atuem como autônomos é algo comum. Há profissionais que montam seus consultórios, se unem a outros colegas, contratam funcionários e optam por não abrir uma empresa, ou seja, não se tornam pessoas jurídicas (PJ). Com a alta carga tributária brasileira, criou-se o mito de que não existem benefícios em se transformar em PJ. É preciso perder o medo dos impostos: investir na abertura de uma empresa pode significar mais lucro e melhor controle sobre o dinheiro. “Os benefícios existem porque há diferenças entre os tributos pagos por autônomos e pessoas jurídicas”, explica Julio Linuesa Perez, contabilista do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRC-SP). De acordo com Julio, que também é um dos conselheiros do CRC, os impostos aplicados para os autônomos variam de acordo com o tamanho dos ganhos. Por exemplo: o autônomo que tem Tabela comparativa de tributos

autônomo

Texto Flávio Carneiro Ilustração Eduardo Medeiros

receita de até R$ 2.246,75, paga 7,5% de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), que é o principal ônus dessa classe. Já quem possui ganho acima de R$ 3.743,00 é obrigado a pagar 27,5% para o IRPF, considerando as deduções de tabela. Em contrapartida, os impostos de pessoa jurídica, em média, são de 11,3%. É preciso, porém, atingir determinado nível para valer a pena se tornar pessoa jurídica. “As vantagens começam a compensar para quem tem rendimentos a partir de R$ 5 mil, pois nessa faixa os impostos de autônomo já são maiores do que os de PJ”, garante Julio. Um dos benefícios em ser PJ é a flexibilidade na maneira que a tributação é feita. “É possível escolher entre os tributos de lucro presumido ou pelo lucro real. O ISS (imposto sobre serviços) diminui se a empresa for uma sociedade uniprofissional. As tributações variam de acordo com as características de cada instituição”, completa.

pessoa jurídica

Faturamento anual

Impostos* (mensais)

Impostos em reais (mensais)

Ganho Líquido

R$ 72 mil

27,50%

R$ 957,22

R$ 60.513,36

11,33%

R$ 679,80

R$ 63.842,40

27,50%

R$ 1.782,22

R$ 86.613,36

11,33%

R$ 1.019,00

R$ 95.764,00

27,50%

R$ 3.432,22

R$ 138.813,36

11,33%

R$ 1.699,50

R$ 159.606,00

(6 mil mensais)

R$ 108 mil

(9 mil mensais)

R$ 180 mil

(15 mil mensais)

Atenção, dentista! » A OdontoPrev orienta quem deseja mudar de categoria. “Os consultores podem ajudar desde as questões de biossegurança até orientação sobre os tributos”, afirma o doutor André Camargo, gerente de credenciamento. Tire suas dúvidas no Disk OdontoPrev: 0800 702 2020. » Para escolher um contador, confira as dicas de Julio Perez no Portal Administrativo: http://www.meulink.com.br/2vhsp8q

* O imposto sobre os rendimentos para os autônomos é de 27,5%, porém devemos subtrair o valor de R$ 692,78 do desconto, que é fixo e mensal, de acordo com a tabela de IRPF. Fontes: ATEC Contabilidade e Conselho de Contabilidade de São Paulo

6

foco na rede NOV/DEZ 2010

revista para a rede credenciada


bem-estar

Bons hábitos para uma vida mais saudável

Como fazer a

diferença? “Sempre quis ser voluntária. Até ver o anúncio da ONG Turma do Bem. Me tornei a coordenadora do projeto aqui, no Rio. Tiro um dia da semana para agendar visitas em escolas públicas e avaliar os jovens que serão selecionados para receber o tratamento dos profissionais voluntários. Foi pelo reconhecimento desse trabalho que ganhei, em outubro, o prêmio de Melhor Dentista do Mundo.” Carmen Falcon, dentista

Pausa para refletir Relembre os acontecimentos de sua vida nos últimos meses. Quais as lições que devemos levar para 2011? Diz a tradição que, em algumas regiões da Bolívia, não se comemora o ano novo, mas o ano que passou. A festa nos dias finais de dezembro existe para celebrar decisões tomadas, lições aprendidas, experiências ganhas. A grande comemoração é olhar para trás e sentir que o melhor foi feito ­– ou o possível para isso. Os seres humanos são os únicos capazes de mirar o retrovisor e analisar o que passou. Conseguimos aprender com os erros, festejar vitórias, refletir sobre o tempo que já foi. E só nós podemos abandonar a lógica dura da balança que dá o mesmo peso às coisas boas e às ruins. Temos a escolha de olhá-las, simplesmente, com brandura. “Podemos seguir o caminho do amor e da generosidade, suspender os juízos e provocar uma guinada”, explica a doutora em filosofia Luci Buff. Nesse novo caminho, pode haver algo como o prêmio de Melhor Dentista do Mundo, ganho por Carmen Falcon graças a seu trabalho de coordenadora de uma rede de dentistas vorevista para a rede credenciada

Texto Rita Loiola Ilustração Catarina Bessell

luntários no Rio de Janeiro. Ou o projeto de Fernando Luzia França, que, além de atender diariamente como dentista em sua clínica, tornou-se presidente do Lions Club de Araxá, município de Minas Gerais, e já distribuiu 120 pares de óculos para quem não tem como pagar pelas lentes e armações. Ou ainda o trabalho social de Josefa Mustafa Tuma, consultora da Sorrimed, em Manaus. A clínica, dirigida pelo filho, o dentista Jones Carim Tuma Filho, oferece orientação bucal e distribuição de kits em bairros carentes da capital do Amazonas. Foi pensando no que passou e inspirados para fazer um futuro diferente que Carmen, Fernando, Josefa e Jones, um dia, deram o passo inicial. Procurando um sentido para o cotidiano, acabaram se unindo a causas sociais. Que lições levaremos do ano que termina? Como os bolivianos, podemos celebrar as ações passadas. Olhando com carinho essas experiências, podemos começar renovados e seguir rumo a dias mais plenos e felizes.

“Acredito que temos que devolver ao Universo tudo o que recebemos. Por isso, trabalhamos com o conceito de sustentabilidade: para nos desenvolvermos, temos que contribuir com o meio ambiente, que inclui as comunidades ao nosso redor. Essa é uma parte tão importante do nosso trabalho quanto os atendimentos clínicos.” Josefa Mustafa Tuma, consultora da Clínica Odontológica Sorrimed

“Sou presidente do Lions Club de Araxá. Em julho, recolhemos armações usadas, fizemos a higienização e, em parceria com óticas da cidade, doamos as lentes para quem não tem condições de pagar. Esse lado social contribui para me fazer uma pessoa plena. É gratificante saber que estou fazendo a diferença.” Fernando Luzia França, dentista 2010 NOV/DEZ foco na rede

7


DM9 É DDB

ESTE SORRISO LINDO HOJE, GRAÇAS A VOCÊ, VAI SE MANTER LINDO NO FUTURO TAMBÉM. Homenagem da OdontoPrev a toda a sua Rede Credenciada.

www.odontoprev.com.br


FOCO NA REDE 04