Issuu on Google+

CAMPANHA 8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO Relatório de Captação de Recursos Florianópolis, março de 2014

Realização:

Apoio:


Eramos 9 voluntArios...

E com a forCa de um movimento...

... eram 8 objeTIvos.

...juntos acreditamos que poderIamos alcanCar o mundo que queremos.


Quando recebi o convite para desenhar a logomarca da CAMPANHA 8 JEITOS DE MU DAR O MUNDO, confesso que não conhecia muito bem a causa dos ODM – Objetivos de desenvolvimento do milênio, mas logo percebi que se tratava de um assunto urgente para Santa Catarina, com a chancela da ONU – Organização das Nações Unidas. Criei uma linguagem simples e lúdica, inspirado no mundo que queremos para nós e para nossos filhos. Ser voluntário numa ação social como esta me traz alegria e esperanças, com a ideia de que juntos somos capazes de alcançar os mesmos objetivos.

LUCIANO MARTINS é artista plástico e criador da logomarca da campanha.


OBJETIVOS Sensibilizar os catarinenses para o alcance dos objetivos de desenvolvimento do milênio, pois muitos desconheciam a causa. Arrecadar recursos para o financiamento de projetos catarinenses ligados a esta causa em 2014.

O QUÊ: Campanha de sensibilização e mobilização de recursos em prol dos 8 objetivos do milênio em Santa Catarina REALIZAÇÃO: Movimento Nós Podemos Santa Catarina (MNPSC) COORDENAÇÃO: Equipe de entidades e voluntários filiados ao MNPSC META: R$ 180 mil INÍCIO: 10 de julho de 2013 FIM: 31 de janeiro de 2014 ABRANGÊNCIA: Santa Catarina MEIO: início da campanha via mídias sociais TRANSPARÊNCIA: Todas as doações em dinheiro deveriam ser feitas através do Portal Social, administrado pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho


LEMA

CADA UM AJUDA COMO PODE. 100% DO TRABALHO É VOLUNTÁRIO.

A partir dessa ideia fomos convidando pessoas, personalidades, empresas, veículos de mídia e instituições a aderirem à Campanha.

Florianópolis


PERSONALIDADES Várias personalidades catarinenses emprestaram sua imagem para a divulgação das mensagens da campanha.


INTERNET E REDES SOCIAIS INiCIO: nao havia site FIM: 2.000 visitantes

ALCANCE DOS RESULTADOS OBJETIVO 1 Sensibilizar os catarinenses para o alcance dos objetivos de desenvolvimento do milênio, pois muitos desconheciam a causa. INiCIO: fim:

100 fãs 1416 fãs Picos de 27 mil views

20 seguidores 35 seguidores 434 tweets

0 seguidores 190 seguidores 58 publicações

0 visualizações 819 visualizações 3 vídeos


MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS ECONÔMICOS

ALCANCE DOS RESULTADOS

Produção de 2 VTs e 1 spot

Mídia de rádio, televisão e jornal

2.000 produtos para recompensa a doadores

2 telas do artista Luciano Martins para sorteio

R$ 12.930,00

R$ 287.224,47

R$ 100.000,00

R$ 1.070,00

OBJETIVO 2 Arrecadar recursos para o financiamento de projetos catarinenses ligados a esta causa em 2014. VT 30’’ ABRACE ESSA CAUSA

VT 30’’ FAÇA SUA PARTE

TOTAL MOBILIZADO ECONÔMICO: R$ 401.224,47


MOBILIZAÇÃO MOBILIZAÇÃO DEDE RERECURSOS CURSOS FINANCEIROS FINANCEIROS

Doação de bilheteria dos espetáculos

Ação promocional de vendas toalhas de praia

Embaixadores de ODM

Inscrições no evento

Campanha on line Desafio de Doar

Doações espontâneas

R$ 6.400,00

R$ 6.333,00

R$ 40.000,00

R$ 389,00

R$ 361,00

R$ 1.081,00

EMBAIXADORES DE ODM

TOTAL ARRECADADO FINANCEIRO: R$ 54.564,00


ANALISE DOS RESULTADOS Não, não atingimos a meta dos R$ 180 mil de arrecadação de recursos fincanceiros pretendida. Esse poderia ser nosso relato, de forma simples e precisa. Entretanto, os resultados que alcançamos extrapolam qualquer indicador meramente numérico. Lançamos uma campanha de mobilização de recursos inédita e inovadora, que utilizou todas as ferramentas e tecnologias disponíveis na internet e nas mídias sociais. Levantamos recursos via crowdfunding, envolvendo pessoas físicas e jurídicas, totalizando R$ 455.788,47 de recursos mobilizados. Ultrapassamos as barreiras da internet e conquistamos mídia. Levamos os ODM para mais regiões em Santa Catarina. Além das inserções espontâneas, conseguimos espaço nobre em televisão e rádio de Santa Catarina para a propagação da nossa mensagem. Foram R$ 287 mil doados pelo Grupo RBS sob o formato de mídia. Mobilizamos celebridades catarinenses a abraçarem a causa e emprestarem sua imagem para divulgarmos a campanha. Com isso, conquistamos a simpatia de uma legião de catarinenses, em prol do alcance dos 8 objetivos de desenvolvimento do milênio em Santa Catarina. Todo o recurso arrecadado será usado para financiar projetos sociais catarinenses ligados aos ODM no Estado, via edital de chamada pública a ser lançado no mês de março de 2014.

100% do trabalho foi voluntário. Não gastamos 1 centavo sequer ao longo de todas as ações. Cada um ajudou com o que podia e assim realizamos ações, eventos e promoções, a fim de mobilizar recursos para nossa campanha. A grande vitória e a maior conquista foi, sem dúvida, perceber que é possível. Sim, é possível trabalhar em prol dos mesmos objetivos e mobilizar pessoas com o mesmo desejo. É possível empreender ações voluntárias e motivar as pessoas a doarem. Nosso melhor resultado foi perceber que juntos podemos mudar o mundo. Infelizmente, a cultura da doação financeira ainda não faz parte da cultura brasileira. Esta barreira, apesar de arraigada entre nós, não nos fez desistir. Ao contrário, é nossa maior motivação para continuar este importante trabalho. Temos muito a agradecer, individualmente a cada um que ajudou voluntariamente nessa campanha. Sintam-se abraçados por nosso esforço conjunto e recompensados pelo sucesso que alcançamos. Cada um ajudou como pode, e juntos estamos ajudando a construir o mundo que queremos.

Equipe de voluntários da coordenação da Campanha


EMBAIXADORES DOS OBJETIVOS DO MILeNIO EM SANTA CATARINA Em 2014, ano internacional da agricultura familiar, o BRDE assume a condição de Embaixador do ODM 1 – erradicar a fome e a extrema pobreza. Nada mais natural para uma instituição que completa 53 anos de existência como protagonista do esforço pelo desenvolvimento econômico com compromisso socioambiental. Que apoia a produção de alimentos e a geração de emprego e renda na Região Sul. Especialmente em SC, em 2013, o Banco RENATO VIANNA contratou R$ 526 milhões em operações de financiamento para Diretor Financeiro do BRDE agricultura, pecuária e fabricação de produtos alimentícios. O Banco destaca o apoio aos pequenos, através do microcrédito e de operações do Pronaf. Antes mesmo da condição de Embaixador do ODM 1, o BRDE já colaborava, em Santa Catarina, para o cumprimento dos ODM. Participou da criação do Movimento Nós Podemos Santa Catarina. Apoiou a elaboração da cartilha “As empresas de Santa Catarina e os Objetivos do Milênio”. Com isso, o BRDE segue seu compromisso de contribuir para a melhoria dos indicadores de desenvolvimento humano das comunidades onde atua.

Dr Carlos Alberto Bezerra de Miranda Presidente da BAESA

Juliano Natal Presidente da ENERCAN

Nós, da BAESA e ENERCAN, apoiamos ações e projetos sociais que ajudam a concretizar os ODM, colaborando também para o aumento do IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal). Estas ações contemplam 8 municípios localizados na Serra e Meio Oeste Catarinense. Como há muito trabalho a ser feito, abraçamos o ODM 2 – Educação Básica de Qualidade para Todos, unindo esforços e recursos para ajudar a alcançar as metas do milênio, definidas pela ONU. Nosso objetivo é proporcionar boas condições de vida para as pessoas, reduzindo a desigualdade social e problemas que afetam a todos nós.


A Univali entende que os ODM correspondem a uma nova estratégia de desenvolver projetos sociais, de forma sustentável no âmbito econômico, social e ambiental. Assim, reconhecemos os interesses dos distintos públicos com os quais nos relacionamos e contribuímos para o alcance das metas do milênio até 2015, trabalhando a partir de uma agenda mundial, mas com resultados locais. Ao adotarmos Euclydes da Cunha Neto Reitor da UNIVALI o ODM 6 (Combater a AIDS, a malária e outras doenças) no estado, estimulamos todos os setores sociais a formarem uma aliança para a constituição de ações prioritárias para a saúde de Santa Catarina. A UNIVALI acredita que a Campanha 8 Jeitos de Mudar o Mundo pode apresentar à sociedade a importância da união para construção de um mundo melhor.

Osmari de Castilho Ribas Presidente da PORTONAVE

Para mudar o mundo e torná-lo um lugar melhor para nós e para as futuras gerações, a Portonave acredita que cada um deve fazer a sua parte e se filiou ao Movimento Nós Podemos Santa Catarina. Participar da Campanha e adotar um dos objetivos do milênio (ODM) é uma das formas que a empresa encontrou para sensibilizar seus colaboradores, parceiros e clientes a se engajar nesta causa. A responsabilidade ambiental é um compromisso

da Portonave, que desenvolve vários programas de gestão ambiental e busca o desenvolvimento consciente, alinhado à preservação. Por isso, a escolha por tornar-se Embaixadora do ODM 7 – Qualidade de Vida e Respeito ao Meio Ambiente. Para o Terminal, as companhias que aderem ao Movimento ODM demonstram seu compromisso com o mundo em que vivemos.

A FACISC acredita na força do associativismo como ferramenta para exercitar a cidadania empresarial. Por isso, o incentivo à Campanha é uma oportunidade de reconhecermos as boas práticas em prol dos ODM em todo o Estado. O ODM 8 contempla um conjunto de metas e indicadores na direção da sustentabilidade do planeta, por meio da parceria Andre Gaidzinski Presidente da FACISC em busca de melhorias na qualidade de vida de todos. Adotamos este objetivo por comtemplar as diferentes ações da Federação junto aos seus públicos de relacionamento, especialmente no que tange aos modelos de governança local. Entre nossas ações, que contribuem para o alcance dos demais ODM, estão iniciativas de combate à corrupção, melhoria da infraestrutura e melhor gestão dos recursos públicos.


CAMPANHA 8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO Relatório de Captação de Recursos

www.nospodemos-sc.org.br Realização:

Apoio:

COORDENAÇÃO

DESIGN GRÁFICO

cleo@ccsnext.com.br


Relatório 2013 campanha 8 jeitos de Mudar o Mundo.