Page 1

LISTA C Mobilizar os Psicólogos (MOP) ‘Por uma Ordem Próxima e Forte’

PROGRAMA ELEITORAL

DR AÇORES ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C www.mobilizarospsicologos.com | www.facebook.com/mobilizarospsicologos


2

MOBILIZAR OS PSICÓLOGOS E A PSICOLOGIA NOS AÇORES. 2016/2020

Mobilizar os Psicólogos (MOP) ‘Por uma Ordem Próxima e Forte’

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


3

Índice p. 4

Pela Mobilização dos Psicólogos e da Psicologia nos Açores

p. 5

Objetivos Estratégicos:

p. 5 p. 6 p. 7

Objetivo Estratégico 1. Valorizar a identidade do psicólogo na RAA Objetivo Estratégico 2. Promover proximidade entre os Membros da OPP na RAA Objetivo Estratégico 3. Articular com o poder regional, local e com outras entidades com sede na RAA Objetivo Estratégico 4.  Acompanhar os estágios profissionais realizados na RAA Objetivo Estratégico 5. Desenvolver ações que visem a (re)integração dos psicólogos no mercado de trabalho Objetivo Estratégico 6. Promover oportunidades de formação nos Açores Objetivo Estratégico 7. Aproximar os estudantes de Psicologia da DRA/OPP Objetivo Estratégico 8. Alargar os benefícios protocolares na RAA

p. 8 p. 9 p. 9 p. 10 p. 10

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


4

Pela Mobilização dos Psicólogos e da Psicologia nos Açores

C A N D I D AT O S Delegação Regional Açores (7)

Luz Melo (Presidente)

A Delegação Regional dos Açores (DRA) está integrada num espaço geográfico, social, cultural, profissional, político, administrativo e económico da Região Autónoma dos Açores (RAA) que coloca desafios particulares aos Psicólogos que aqui exercem a sua atividade profissional. Os Açores constituem uma região autónoma da República Portuguesa desde 1976, estando o seu estatuto político-administrativo definido pela Constituição da República e na Lei 9/87 de 26 de março. Possui autonomia política, administrativa e financeira que lhe permite ter poder decisório para dar respostas às necessidades específicas em matéria de interesse para a RAA. As nove ilhas que compõem o Arquipélago dos Açores caracterizam-se pela sua diversidade paisagística, pela riqueza do seu património ambiental, natural e cultural, mas também por desafios particulares decorrentes da sua dispersão geográfica que condicionam o trabalho dos Psicólogos que aqui exercem a sua atividade profissional. Destacamos a interligação entre os diferentes Psicólogos, o acesso a oportunidades de formação e o desenvolvimento de competências profissionais, resultante de constrangimentos vários, nomeadamente da sua descontinuidade geográfica. Apesar destes condicionalismos, os Psicólogos que aqui desenvolvem a sua atividade profissional provaram que têm competência para trabalhar com diferentes grupos populacionais e em diversas áreas da nossa sociedade, como

a saúde; a educação; na intervenção comunitária; nas organizações; no trabalho; no coaching psicológico; na saúde ocupacional; na formação profissional; na justiça; na intervenção precoce; na orientação vocacional e profissional; no desporto ou em psicoterapia.

Raquel Vaz Medeiros (Vogal)

Francisco Faria (Vogal)

Marco Santos (Vogal)

Na qualidade de candidatos ao segundo mandato temos conhecimento destes constrangimentos e desafios. Por esta razão, construímos uma equipa heterogénea e geograficamente dispersa capaz de dar resposta às solicitações que se colocam em diferentes áreas geográficas do arquipélago dos Açores. Consequentemente, a nossa equipa é constituída por psicólogos de S. Miguel, Terceira, Faial, Pico, S. Jorge e Sta. Maria; com diferentes anos de experiência profissional (dos 5 anos aos 29 anos); com distintas especialidades (Psicologia Clínica e da Saúde; Psicologia Educacional e Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações). É composta por membros dos órgãos sociais do 1º e/ou do 2º mandato da DRA e por novos colegas, que de forma entusiasta aceitaram de imediato o desafio que lhe colocamos e que, desde logo, tem trabalhado com profissionalismo e empenho na construção do nosso programa eleitoral. No âmbito das atribuições e competências legais das Delegações Regionais propomo-nos, desenvolver o trabalho que foi iniciado pela atual Direção e implementar outras ações que resultam da experiência adquirida (e refletida) e da visão partilhada e debatida com os

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

Paula Domingues (Vogal)

Ricardo Brasil (Suplente)

Paulo N. Cabral (Suplente)

C A N D I D AT O S Assembleia Representantes Açores (4)

Patrícia Alexandra Santos Jorge Aguiar Leonor F. Pereira (Suplente)

Lissa Figueiredo (Suplente)

C A N D I D AT O S Assembleia Regional Açores (3)

Célia B. Carvalho Filipe Fernandes Teresa Silveira

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


5

novos colegas que concorrem aos órgãos sociais ou que integrarão equipas da DRA e de outros membros, que têm apresentados contributos para a construção do nosso programa. É desta massa crítica, inconformada, que exerce com profissionalismo e entusiasmo a Psicologia nos Açores que emerge a nossa equipa, candidata à Direção da Delegação Regional dos Açores pela Lista C – MOBILIZAR OS PSICÓLOGOS. Juntos seremos uma equipa forte e capaz de expandir o trabalho desenvolvido no atual mandato. Como candidatos integrados numa Lista Nacional, identificamo-nos com as quatro medidas estratégicas anunciadas pelo candidato a Bastonário da Lista C - MOBILIZAR OS PSICÓLOGOS – e defendemos princípios específicos, que traduzem as medidas supracitadas mas que, também, visam dar resposta às necessidades dos membros da Delegação Regional dos Açores da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Estes princípios serão apresentados a partir dos oito objetivos estratégicos que passamos a anunciar:

Objetivo Estratégico 1. Valorizar a identidade do psicólogo na RAA

Objetivo Estratégico 8. Alargar os benefícios protocolares existentes na RAA

Objetivo Estratégico 2. Garantir uma política de proximidade aos membros da OPP com domicílio profissional na RAA

Por último, gostaríamos de afirmar que já fizemos muito, mas temos consciência que ainda muito existe por fazer.

Objetivo Estratégico 3. Articular com o poder regional, local e com outras entidades com sede na RAA Objetivo Estratégico 4.   Acompanhar os estágios profissionais realizados na RAA Objetivo Estratégico 5. Desenvolver ações que visem a (re)integração dos psicólogos no mercado de trabalho na RAA Objetivo Estratégico 6. Promover oportunidades de formação nos Açores

A experiência acumulada, o alargamento da nossa equipa a novos membros e os objetivos estratégicos que planeamos para este mandato dizem-nos que somos capazes de fazer mais e melhor. Estamos convictos que temos as condições necessárias à MOBILIZAÇÃO DOS PSICÓLOGOS e à valorização da Psicologia na Região Autónoma dos Açores. Para atingirmos este fim temos como principal ambição mobilizar os colegas para a constituição de um grupo coeso, condição que consideremos incontornável para nos afirmarmos como uma Classe Profissional de referência nos Açores.

Objetivo Estratégico 7. Aproximar os estudantes de Psicologia à DRA/OPP

Objectivos Estratégicos 1 - Valorizar a Identidade do Psicólogo a nível da RAA O reconhecimento do papel profissional e social do Psicólogo na RAA constitui uma aspiração central da nossa candidatura. Para o efeito, propomo-nos contribuir para a melhoria das condições com que os Psicólogos prestam os

seus serviços e contribuir para a defesa, clarificação e delimitação de todos os campos de intervenção da Psicologia. Internamente procuraremos, com os colegas, identificar os campos de intervenção dos Psicólogos na RAA, conhecer as vicissitudes associadas à prática profissional da Psicologia nos diferentes domínios de intervenção e refletir

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

sobre o papel da DRA na promoção dos Psicólogos e da Psicologia nos Açores. Com este propósito, durante o próximo mandato alargaremos as visitas institucionais, manteremos as reuniões com os colegas, quer por iniciativa da Direção ou dos membros da DRA.

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


6

Com esta intenção, alargamos a equipa da Direção Regional de três para cinco elementos, condição que nos irá permitir realizar mais visitas institucionais. Visitas estas, que se têm revelado fundamentais para um maior conhecimento do trabalho dos colegas e das suas condições laborais e para a sensibilização da entidade empregadora para o trabalho dos Psicólogos, para a sua valorização e para a resolução de algumas situações que interferem com o desenvolvimento da sua intervenção. Externamente, desejamos promover o papel do Psicólogo e da Psicologia, junto das pessoas e entidades que beneficiam dos nossos serviços através da divulgação de boas práticas, junto das entidades públicas e privadas da Região, dos meios de comunicação social, da participação em eventos públicos ou através da comemoração de efemérides cujo tema esteja associado à nossa prática profissional. Para o efeito, iremos manter a página mensal no Jornal Açoriano Oriental e editá-la em outros jornais de outras ilhas dos Açores. Mensalmente continuará a ir para o ar a rubrica da DRA na Rádio Atlântida e ciclicamente será realizado o evento “O Papel do Psicólogo na Sociedade Açoriana: 2 psicólogos, 2 experiências”. Com os nossos congéneres da Madeira planeamos a organização conjunta de um Seminário a realizar alternadamente nas duas Regiões Autónomas.

b) Promover a reflexão conjunta sobre a Psicologia e os Psicólogos nos Açores, através de Fóruns temáticos ou de outros eventos profissionais destinados apenas a psicólogos, a outros profissionais ou abertos à comunidade; c) Identificar as potencialidades e constrangimentos associados à prática profissional em diferentes contextos de trabalho (ex. visitas institucionais); d) Apoiar o desenvolvimento de boas práticas profissionais na RAA;

l) Implementar campanhas/ações para a promoção dos Psicólogos e da Psicologia a serem equacionados em momentos próprios, como o dia da Saúde Mental ou o Dia do Psicólogo, ou aquando das campanhas promovidas pela Direção Nacional; m) Organizar Conferências, Seminários e Congressos; n) Reforçar a presença nos órgãos de comunicação social da Região com alargamento a todas as ilhas.

e) Desenvolver ações que previnem ou corrigem a prática ilegal da Psicologia; f) Contribuir para a defesa dos interesses gerais da profissão nos Açores; g) Zelar pelos interesses gerais das pessoas que recorrem aos serviços de Psicologia na RAA; h) Contribuir para a divulgação de boas práticas profissionais junto dos colegas e da opinião pública em geral, nomeadamente através da organização de eventos e dos meios de comunicação social; i) Divulgar as ações desenvolvidas pela Direção Nacional e pela DRA em prol da Psicologia e dos Psicólogos;

Para a concretização deste objetivo estratégico definimos os seguintes objetivos operacionais:

j) Aumentar a presença e importância social dos psicólogos através de atividades de âmbito social/cultural ou publicação de notícias ou de contactos institucionais;

a) Caracterizar a realidade profissional dos psicólogos nos Açores, nas diversas áreas de especialidade, contextos profissionais e condições de empregabilidade;

k) Usar os recursos de divulgação disponibilizados pela Ordem para promover o trabalho dos Psicólogos desenvolvido nos Açores, nomeadamente, site, redes sociais e newsletter mensal da DRA;

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

2. Garantir uma política de proximidade aos membros com domicílio profissional na RAA Alicerçada nos princípios apresentados na Lei nº 57/2008, de 4 de setembro, que cria a Ordem dos Psicólogos Portugueses e aprova os seus estatutos, alterada pela primeira vez pela Lei nº 27/2012, de 31 de julho e pela segunda vez pela Lei n.º 138/2015, temos condições para desenvolver ações que nos permitem delinear atividades que respondam às necessidades dos membros inscritos na Ordem e cujo domicílio profissional esteja situado na área geográfica da Delegação Regional dos Açores (2b, art.º 45, da Lei 57/2008). Neste contexto prosseguimos a política de integração de membros, de diferentes ilhas dos Açores nos nossos órgãos sociais, alargando a mais três ilhas e manteremos um contato personalizado, através de reuniões presenciais, ou por Skype, por atendimento telefónico ou por e-mail, ou através de deslocações a outras ilhas.

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


7

Essas visitas têm se mostrado promotoras de uma maior aproximação entre os colegas e contribuído para um melhor conhecimento da oferta de serviços de Psicologia disponível na RAA. Por último, consideramos a participação dos colegas fundamental para a Mobilização dos Psicólogos e da Psicologia na Região. Para o efeito, a Lei 57/2008 considerou, desde logo, mecanismos formais que prevêem a participação ativa dos membros das Delegações Regionais, que cumpram os requisitos, na Assembleia Regional (ponto 1, do art.º 44). Esperamos que os colegas usem este direito e todas as vias de comunicação disponíveis para intervirem nas atividades a desenvolver pela DRA. Da nossa parte, enquanto candidatos à Direção Regional da DRA, garantimos que continuaremos a envolver-nos na defesa dos interesses gerais da profissão. Neste sentido definimos os seguintes objetivos: a) Promover a proximidade entre a DRA e os seus membros; b) Aprofundar a relação de proximidade com todos os psicólogos da RAA através de encontros informais por ilha, Encontros Profissionais ou criação de grupos privados nas redes sociais; c) Realizar fóruns, tertúlias ou reuniões com os membros da DRA nas diferentes ilhas dos Açores; d) Estimular a participação ativa dos membros da DRA nas ações desenvolvidas pela Ordem;

e) Usar o site da OPP e as redes sociais para a divulgação de boas práticas dos membros da DRA; f) Desenvolver, com a Direção Nacional ações descentralizadas e que visem dar respostas às necessidades dos membros com domicílio profissional na RRA; g) Promover o contacto entre os membros da DRA e os órgãos centrais da Ordem; h) Impulsionar as redes de contactos entre os Psicólogos a exercer em Portugal.

3. Descentralização e Articulação com o Poder Regional e Local A Direção da Delegação Regional dos Açores, tem como competência representar a Ordem na respetiva área geográfica, atribuição que lhe é dada pela alínea a) do ponto 2, artigo 45º da Lei 57/2008. Como candidatos a um 2º mandato pretendemos continuar a participar nas decisões políticas que interferem com o exercício da Psicologia e com os Psicólogos e/ou que visem promover o bem-estar da população da área geográfica onde nos inserimos. Para o efeito, consideramos essencial a participação da DRA nas diversas estruturas da RAA de modo a poder influenciar as políticas que têm que ver com os Psicólogos e com o exercício da Psicologia, tal como aconteceu na elaboração do Plano Regional de Saúde, ou mais recentemente, com o Decreto

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

Legislativo Regional que cria a Rede Regional de Cuidados Integrados Continuados em Saúde Mental. É neste sentido que queremos prosseguir, como aconteceu no atual mandato com a integração da DRA no Conselho Regional de Saúde e no Fórum de Álcool e Saúde na Região Autónoma dos Açores e estreitar as nossa relações institucionais com a Secretaria Regional da Educação e Cultura e com a Secretaria Regional da Solidariedade Social. Queremos continuar a estabelecer protocolos com o poder regional e local e com associações de interesse público, apresentando propostas dentro do âmbito das nossas competências. Na prossecução de fins do interesse público relacionados com a profissão (ponto 1, alíneas i) do art.º 4, da Lei 57/2008) e com os destinatários dos serviços de Psicologia, temos, também, desenvolvido um trabalho de aproximação às outras Ordens Profissionais. Neste contexto, promovemos e pertencemos à Comissão Organizadora da Conferência “Ordens Profissionais na Construção Autonómica” desenvolvida em parceria com sete Ordens Profissionais e pretendemos realizar outras ações conjuntas que sirvam os interesses dos membros da DRA e dos destinatários dos serviços de Psicologia. À semelhança do que foi realizado anteriormente, entendemos que deveremos dar continuidade à dinamização de atividades de cariz social e/ou cultural, não apenas para dar visibilidade à profissão, mas acima de tudo para contribuímos ativamente para o desenvolvimento da Região Autónoma onde nos inserimos.

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


8

Em suma, acreditamos que enquanto grupo profissional, os Psicólogos podem, e devem influenciar social e politicamente os sistemas em que estão inseridos e contribuir para uma sociedade psicologicamente mais saudável. Para este objetivo propomos o seguinte: a) Manter um política de proximidade entre a DRA e o Governo Regional e as outras instâncias do poder local; b) Continuar a intervir em decisões do poder regional e local; c) Privilegiar a cooperação entre a DRA e as diferentes instituições públicas e privadas em que os psicólogos exerçam a sua atividade profissional ou possam vir a exercer; d) Desenvolver projetos em parceria com entidades regionais ou locais, públicas ou privadas, no âmbito da Psicologia; e) Disponibilizar informação relevante sobre o exercício da Psicologia às entidades regionais e locais; f) Representar a Ordem a nível da RAA sempre que solicitada para o efeito; g) Implementar ações do programa da Direção Nacional que respondam a necessidades existentes na RAA; h) Desenvolver ações em parceria com outras Ordens Profissionais ou Associações Profissionais com representação nos Açores; i) Participar e realizar atividades de cariz social e/ou cultural que beneficiem a população da RAA.

4 - Acompanhar os estágios profissionais realizados na RAA Os estágios profissionais surgem em consonância com o modelo definido pela EFPA que propõe o Europsy - Diploma Europeu de Psicologia - como uma medida de uniformização dos critérios de formação dos Psicólogos no território europeu. O Diploma Europeu de Psicologia constitui a principal medida de promoção e de mobilidade dos psicólogos na Europa e um garante no acesso dos clientes a serviços de psicologia de qualidade. Durante o presente mandato constituímos uma equipa regional para o acompanhamento dos estágios profissionais - Taskforce. Esta equipa constituída por três membros, com residência profissional nos três ex-distritos dos Açores, permitiu acompanhar no terreno, os estagiários, os orientadores e as entidades receptoras de estágio. Consideramos que a manutenção desta equipa assegurará a melhoria contínua da realização dos estágios profissionais e eliminação de situações menos ajustadas à sua realização. Neste contexto, enquanto Direção Regional manteremos as reuniões com os estagiários e com os orientadores de forma a identificar potencialidades e constrangimentos associados à realização do estágio profissional. Asseguraremos a identificação dos orientadores, das entidades receptoras de estágio e dos membros estagiários na RAA. Consideramos que nos compete, também, continuar a lutar para o aumento dos estágios remunerados, através dos diversos mecanismos disponíveis, quer

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

sejam governamentais, públicos ou privados. A defesa dos estágios profissionais pagos é um dos maiores contributos para a dignificação da profissão. O estabelecimento de novos protocolos com entidades receptoras de estágio, a divulgação da bolsa dos orientadores, por área de intervenção psicológica, parece-nos um recurso fundamental para os novos membros da OPP. A implementação de medidas que promovam o desenvolvimento de competências nos orientadores (como por exemplo, o workshop que realizamos aquando do OPP Açores I Congresso) fazem parte dos nossos objetivos para os próximos quatro anos de mandato. Para a implementação deste objetivo estratégico definimos os seguintes objetivos operacionais: a) Manter a equipa da Taskforce para acompanhamento dos estágios profissionais realizados na RAA; b) Manter a organização periódica dos cursos associados aos estágios profissionais na RAA; c) Divulgar a bolsa de entidades receptoras de estágio; d) Divulgar a bolsa de orientadores da RAA; e) Organizar ações dirigidas aos orientadores de estágio; f) Reunir periodicamente com os orientadores e com os membros estagiários; g) Reunir com as entidades receptores de estágio, no início de cada estágio

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


9

profissional, aquando da apresentação do projeto de estágio e no final para avaliação dos benefícios do mesmo para a entidade; h) Valorizar publicamente as entidades receptoras de estágio; i) Identificar novos locais de estágio na RAA; j) Desenvolver esforços a nível da RAA no sentido de garantir os estágios remunerados; k) Criar o prémio anual do melhor estágio profissional na RAA, valorizando também, desta forma o orientador e a entidade receptora de estágio.

5. Desenvolver ações que visem a (re)integração dos psicólogos no mercado de trabalho A presente conjuntura económica e o facto de sermos o país da Europa com maior rácio de Psicólogos por habitante, se por um lado, cria constrangimentos à empregabilidade dos psicólogos, por outro, acentua a importância do desenvolvimento de ações que visem a (re)integração dos psicólogos no mercado de trabalho. A Lista C - MOBILIZAR OS PSICÓLOGOS, no seu programa nacional, prevê a manutenção do programa OPP Desenvolvimento Profissional e a Bolsa de Emprego, assim como, o desenvolvimento de novas medidas de estímulo à empregabilidade, de apoio à integração no mercado de trabalho e ao desenvolvimento de carreira dos seus membros. Para além da implementação dos pro-

gramas supracitados a nível regional, propomo-nos desenvolver outras ações que permitam criar condições para o desenvolvimento de novas oportunidades de trabalho na RAA: a) Continuar a disponibilizar o Programa OPP – Desenvolvimento Profissional (EODP) e outros programas desenvolvidos pela Direção Nacional aos membros da DRA; b) Manter em parceria com a Direção Nacional, um Serviço de Acompanhamento/Consultoria à implementação de projetos profissionais desenvolvidos pelos membros da DRA; c) Divulgar a Bolsa de Emprego OPP na RAA; d) Identificar novos domínios de intervenção da Psicologia na RAA; e) Aferir as condições de empregabilidade dos Psicólogos através das visitas às instituições onde desenvolvem a sua atividade profissional; f) Identificar potencialidades e constrangimentos associados à prática da Psicologia na RAA; g) Desenvolver ações que visem a apresentação, pelos membros, de propostas/projetos de intervenção junto de potenciais entidades empregadoras.

de ações de formação em regime presencial, e-learning e b-learning. Na RAA iremos manter a divulgação de ações formativas nas três modalidades e a realização de formação em regime presencial, em diferentes ilhas. Paralelamente, a DRA continuará a desenvolver outras ações dirigidas aos seus membros, a outros profissionais e ao público em geral, como aconteceu, a título de exemplo, com a formação na área da Psicologia do Desporto ou aquando da realização do OPP Açores I Congresso. A articulação com entidades regionais e locais, que desenvolvem ou oferecem programas de formação acreditados, contribuirá para o aproveitamento dos recursos regionais disponíveis nesta área. A acreditação pela Direção Nacional de cursos ministrados por diferentes entidades formadoras acreditadas constituirá um novo recurso a analisar. Por último, consideramos fundamental proporcionar aos colegas recursos que facilitem o desenvolvimento de competências a nível profissional nas diferentes áreas onde trabalham promovendo e incentivando uma prática baseada na evidência. Com essa finalidade definimos os seguintes objetivos: a) Realizar um levantamento de necessidades formativas dos membros da DRA e das opções possíveis de participação e de frequência;

6- Consolidar a Criação de Oportunidades de Formação na RAA

b) Contribuir para a existência de condições promotoras do desenvolvimento profissional;

A formação contínua dos membros da Ordem tem sido planeada a nível nacional e promovida regionalmente, através

c) Proporcionar momentos formativos e de reflexão sobre a prática profissional, em diferentes ilhas dos Açores;

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


10

d) Aumentar a oferta formativa dirigida a Psicólogos na RAA; e) Estabelecer protocolos com entidades de formação acreditadas;

b) Manter a realização de atividades em parceria com o Núcleo de Estudantes de Psicologia da Universidade dos Açores (UAc);

f) Desenvolver em parceria com a Universidade dos Açores ações formativas e outros projetos de investigação que promovam a pratica baseada na evidência; g) Influenciar entidades regionais/poder político no sentido de criar condições para o desenvolvimento profissional.

c) Proporcionar aos estudantes a participação em eventos formativos organizados ou promovidos pela DRA; d) Estimular a participação dos estudantes no desenvolvimento de atividades desenvolvidas pela DRA; e) Realizar o evento Psilab em parceria com o Departamento de Psicologia da Uac;

7. Aproximar os estudantes de Psicologia à OPP/DRA A Direção Nacional da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) lançou a “Academia OPP”, com o objetivo de aproximar os estudantes de Psicologia ao futuro da profissão de Psicólogo e de dar a conhecer a entidade que em Portugal regula o exercício da profissão. No mandato a que nos candidatamos, pretendemos dar continuidade a esta iniciativa dirigida aos estudantes que se encontram a realizar a sua formação em Psicologia na Universidade dos Açores. Paralelamente, iremos, em continuidade do que tem sido desenvolvido pela atual Direção da DRA, organizar outras ações em parceria com o Núcleo de Estudantes de Psicologia da Universidade dos Açores (UAc), com o Departamento de Psicologia e com a Direção do Curso de Psicologia. Nomeadamente: a) Colaborar com a Direção Nacional na realização de ações que beneficiem os estudantes de Psicologia da UAc, como é o caso da Academia OPP;

f) Promover a articulação da equipa TaskForce com os estudantes de Psicologia da RAA.

8. Alargar os benefícios protocolares na RAA A atual Direção da DRA disponibilizou a todos os membros da OPP um pacote de benefícios protocolados (quarenta um, já concluídos) que pensamos constituir uma mais-valia, particularmente, para os que vivem e desenvolvem a sua atividade profissional na RAA. Para o próximo mandato é nossa intenção, estabelecer novos contactos, com diferentes entidades locais e regionais, com vista ao alargamento do pacote de descontos protocolados. Propomo-nos, para o efeito, apresentar novas propostas e acolher as sugestões dos membros da DRA, que após de financeiramente analisadas poderão ser objeto de um novo protocolo. Em súmula, propomos continuar a disponibilizar a todos os membros da OPP um pacote de

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

benefícios protocolados variado e que, em particular, responda às necessidades dos membros a trabalhar na RAA. Para o efeito apresentamos os seguintes objetivos operacionais: a) Aumentar a oferta de descontos protocolares; b) Divulgar a lista de protocolos, com descriminação por ilha e por sector, a todos os membros da DRA; c) Usar as redes sociais para a sua divulgação; d) Propor à Direção Nacional a identificação das entidades protocoladas com o logotipo OPP. Temos consciência que o nosso programa é extenso, mas acreditamos que a experiência adquirida no desempenho das funções na atual Direção da Delegação Regional dos Açores e o alargamento da nossa equipa, com inclusão de membros de mais ilhas, com diferentes experiências profissionais nos permitirá consolidar o trabalho desenvolvido e inovar em prol da valorização dos Psicólogos e da Psicologia nos Açores. Acreditamos que a nossa heterogeneidade e o facto de trabalharmos e intervirmos em diferentes contextos profissionais é a nossa maior força e que deveremos aproveitá-la para nos tornarmos numa profissão, indiscutivelmente, prestigiada na nossa sociedade. Estamos convictos que é através da MOBILIZAÇÃO DOS PSICÓLOGOS (leia-se de todos nós) é que nos afirmaremos, cada vez mais, como uma Classe Profissional de referência nos Açores.

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos


11

LISTA C Mobilizar os Psicólogos (MOP) ‘Por uma Ordem Próxima e Forte’

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C www.mobilizarospsicologos.com | www.facebook.com/mobilizarospsicologos

ELEIÇÕES OPP / 6 DEZEMBRO 2016 VOTE LISTA C

Mobilizar os Psicólogos (MOP) www.mobilizarospsicologos.com www.facebook.com/mobilizarospsicologos

Programa Eleitoral - DR Açores  

Vamos Mobilizar os Psicólogos. Dia 6 de Dezembro vote Lista C! www.mobilizarospsicologos.com

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you