Page 3

Para guardar na memória e no coração

Depois de quatro dias de um lindo evento, a quarta edição do Festival de Patchwork - Floripa Quilt terminou com aquele gostinho de quero mais. Mais uma vez, o objetivo de promover o intercâmbio de técnicas da arte de unir retalhos, com a participação de convidados de renome nacional e internacional, foi atingido. Porém, a qualidade e a variedade dos cursos, oficinas, mostras e eventos paralelos consolidaram de vez a cara do festival que, muito mais do que uma feira comercial, valoriza o trabalho manual e inova a cada ano com a inserção de valores culturais regionais no universo do patchwork. Realizado no Centro de Eventos da Associação Catarinense de Medicina (ACM), em Florianópolis, entre os dias 13 a 16 de maio, o Floripa Quilt reuniu artesãos e admiradores da arte em tecido de todo o Brasil, oferecendo uma vasta programação, que incluiu até um desfile de moda ecológica e a exibição de uma série de vídeos, produzidos especialmente para o evento, aos moldes dos TEDS-Talks, com a participação de diversos profissionais ligados ao mundo do Patchwork. Convidados especiais – Nesta edição, a convidada de honra veio direto da Terra do Sol Nascente. Tiemi Maeda reside no Japão há 24 anos e dedica tempo integral ao Patchwork, buscando

aperfeiçoamento das técnicas japonesas em seus trabalhos, que já renderam publicações em revistas de patchwork japonesas como Patchwork Tsushin, sendo a mais recente no catálogo anual da Belle Maison, em 2014. Na oportunidade, ela ministrou quatro oficinas apaixonantes. Outra presença ilustre foi a do empresário Dotan Mayo, apresentador do programa Ateliê na TV, que passou uma tarde inteira atendendo suas telespectadoras e fãs, sorteando muitos prêmios e fazendo a alegria dos participantes. Cultura açoriana – Mais uma vez a cultura tradicional da Ilha da Magia foi exaltada pelo festival. Além da exposição dos quadros de Cleusa Brunetti usando aplicações (retalhos) e bordados com temática açoriana e a exposição de fotos de trabalhos em ambientes turísticos de Florianópolis, naturais e construídos, feitas por Luíla Vômero e Celso Martins, a cantoria das rendeiras e a dança do pau de fita também encantaram os presentes. Ação social – O último dia do evento ainda foi marcado por uma ação social em prol dos internos do Asilo de Ratones. Para tanto, no dia 16 de maio, todo mundo pode pagar meia entrada, após doar um quilo de alimento não perecível. Fotos: InCuca

Dotan Mayo, do Ateliê na TV, faz a alegria dos presentes

Oficina “Nécessaire Casa da Vovó”, com Tiemi Maeda

Expositores 4º Floripa Quilt ? ABPQ

? Andreza Boal Acessórios ? Ateliê Casa de Pano ? Ateliê Corarte ? Ateliê na TV ? Arte em Arame ? Benjamin ? Caule

? Celmáquinas ? Clá Bianchin ? Delicados Bordados ? Duna Atelier ? Ecomoda (UDESC) ? Elaine Stahnke ? Emília e Bárbara ? Estúdio Criativo Fabiane

Vieira ? Farmáquinas ? Ge’s Artesanal ? Grupo Solidarearte ? Hecho com Amor ? Márcia Landerdahl ? Marcia Baraldi Quilter ? Marise Cunha

? Menina Bonita do Laço de Fita ? Olfa ? Queen Books ? Renda de Bilro ? Rendas Maes ? Santo de Casa ? Trama Ética

Jornal Floripa Quilt 007  

Jornal Floripa Quilt 007

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you