Page 27

processo pelo qual um solo que antes era permeável - ou seja, nele a água da chuva infiltrava -, torna-se impermeável, dificultando ou impedindo a infiltração da água. Muitas vezes a impermeabilização se expande pelo perímetro urbano e provoca uma significativa redução (ou eliminação) das áreas verdes, permeáveis, reduzindo a capacidade de absorção das águas de chuvas. Uma superfície impermeável, lisa, com poucos ou sem obstáculos, favorece o escoamento da água com grande velocidade em direção às partes mais baixas do relevo. Com isso é gerado um grande acúmulo de água localizada e, em tempo bastante reduzido, produz uma descarga ou vazão muito intensa no local, com grandes danos materiais. Assim, quanto maior a facilidade com que a água escoa maior será a velocidade e piores serão as condições no local de chegada. Com isso, o acúmulo de água no local, pode ser superior à capacidade de descarga do sistema de saída (bueiros, galerias, ou o Você sabe como as inundações acontecem? próprio ribeirão) e assim, a inundação é Nas tardes de verão, o ar próximo à superfície inevitável. Fica evidente, portanto, que é muito aquecido por ela e acaba subindo a impermeabilização do solo urbano espontaneamente por processo de convecção, favorece muito a ocorrência de que é a forma de transmissão do calor que ocorre i n u n d a ç õ e s p o r q u e i m p e d e a principalmente nos fluidos (líquidos e gases). Ao infiltração e produz o escoamento das mesmo tempo, o ar da vizinhança se direciona águas com muita velocidade. para essa área, porque tende a ocupar o espaço A drenagem mal planejada favorece deixado pelo anterior e acaba sendo levado pelo o escoamento rápido das águas em mesmo processo. Quando uma massa de ar se direção a pontos baixos (à jusante, ou eleva em altitude, expande, resfria, condensa o seja, nas áreas mais baixas) onde se vapor contido em seu interior e forma uma localizam as saídas, provocando seu nuvem. Ao subir o ar quente, arrasta com ele ar mais frio e mais úmido da vizinhança. Esse a fo ga m e n t o e o c o n s e q u e n t e processo convectivo dá origem às nuvens e às alagamento. Assim, uma estratégia chuvas denominadas convectivas, ou seja, consiste em reduzir a velocidade de chuvas características das tardes de verão, são trânsito das águas de modo que os intensas e localizadas, muitas vezes cobrindo um pontos destinados a recebê-las possam setor ou um bairro da cidade. A sua ocorrência dar saída em tempo hábil e sem pode ser repetitiva, em dias seguidos, afogamento, evitando as inundações provocando exaustão dos sistemas de drenagem, localizadas. É importante, entretanto, saturando o solo e afogando os cursos d’água que que além dessas medidas, seja cortam a cidade. As inundações são, portanto, muito comuns. Mais consequências de uma dimensionado de forma adequada urbanização agressiva e desordenada. A cidade todo o sistema hidrológico e hidráulico de São Paulo é um triste exemplo da ocorrência de drenagem. constante desses fenômenos durante o verão e A perda de áreas verdes contribui “vedete” dos noticiários. para o aquecimento exagerado da superfície, durante o período de verão. Convém destacar que isso é reforçado por outros fatores do ambiente urbano, como as estruturas e edifícios, que produzem focos localizados de temperatura mais alta. Outra consequência é a concentração significativa de pessoas num espaço mais restrito, e a substituição das atividades primárias (agropecuárias) por atividades

2 7

Ocupação Inadequada do Solo e Seus Efeitos

M E I O A M B I E N T E C u i d a n d o , e l e f i c a i n t e i r o .

cartilha_solo  

SOLO C u i d a n d o , e l e f i c a i n t e i r o C a r t i l h a s s é r i e Cartilha 3 C a r t i l h a s s é r i e M e i o A m b i e n t...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you