Issuu on Google+

“Somos vistos antes de sermos escutados”

Muitas vezes nos deparamos com algumas perguntas: o que eu irei vestir para trabalhar? Como usar algo adequado para o ambiente de trabalho? E para a minha função? Como me vestir na moda sem exageros? São dúvidas que surgem tanto para os homens como para as mulheres quando o assunto é Roupa no Ambiente de Trabalho. O primeiro ponto a considerar é: como é o meu ambiente de trabalho? É formal ou informal? A formalidade exige peças mais clássicas, retas e neutras e a informalidade peças mais despojadas e coloridas, porém o exagero sempre é o pior caminho a se seguir. Um segundo ponto é entender o seu estilo, seus gostos e suas crenças: sou uma pessoa clássica, casual, dramática, criativa, sexy? Este estilo combina com o meu ambiente de trabalho? Tenho que fazer algumas mudanças? E o terceiro ponto é a roupa em si. A roupa revela a sua identidade. Para todos os casos algumas dicas são importantes considerar: evite usar roupas apertadas, decotadas, fendas, sutiãs aparecendo, peças transparentes, mini-saia, short, roupa de balada, festa ou churrasco. Use cores que favoreçam e destaquem seu tom de pele, cabelo e


olhos. Evite muitos detalhes, acessórios e penduricalhos que atrapalham a sua locomoção ou o seu trabalho em si. As roupas devem ser confortáveis, sempre limpas e bem passadas (isto vale também para os uniformes). Os sapatos também devem ter uma atenção especial. Se você trabalha o dia todo em pé, evite salto muito alto. Prefira os saltos médios ou baixos. Os seus pés agradecem. Se “a primeira impressão é a que fica”, vamos deixar uma BOA primeira impressão junto aos nossos Clientes e Colaboradores, pois a imagem que você passa não é só sua é também da empresa na qual você trabalha.


Somos vistos antes de sermos escutados (OK certo)