Page 1


2

www.jornaloaprendiz.com.br

MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

O que é uma Mandala Pessoal

M

uito se fala sobre as Mandalas Pessoais e existem quase tantas formas e elaborá-las quanto mandalistas. A MAN-

DALA PESSOAL pode servir como tema de meditação que leva ao autoconhecimento e ao poder de concentração, e, por consequência, é uma excelente ferramenta de auto-ajuda auxiliando no controle do estresse e da depressão. Servindo como foco de contemplação ou meditação, a MANDALA PESSOAL ajuda a canalizar determinados tipos de energias a fim de equilibrar nosso estado físico,

mental, emocional e espiritual já que as figuras e símbolos que entram na sua composição expressam e vibram as energias específicas da pessoa. Sendo a Mandala Pessoal é um "retrato" de determinado ser humano, serve como fonte para reequilibrar seus fluxos internos e externos, para gerar mais harmonia entre o seu consciente e o inconsciente, levando a pessoa a se sentir mais centrada e com

uma maior compreensão sobre si mesma, além de sintonizá-la melhor com as correntes construtivas e evolutivas da vida e do pulsar do Universo. A MANDALA PESSOAL

funciona também como um talismã pessoal podendo atuar como defesa e proteção pois nela está contida toda a simbologia representativa daquele determinado ser humano. Sua ela-

boração pode seguir os mais diferentes métodos dependendo da escola de formação da Mandalista que a executa. Por isso é importante conhecer este métodos antes de encomendar a sua Mandala Pessoal, uma vez que as energias que se fundem neste momento são muito importantes para a produção final satisfatória e seus efeitos. Continuaremos este assunto no próximo mês.

Colaboração: Marina Elisa Costa Baptista - Filósofa e Mandalista (16) 3630-4459 | 99753-6949 - mecbaptista@yahoo.com.br - www.facebook.com/MandalasPorMarinaElisaGaleria

Conheça o Holocromos sistema Holocromos nasceu como uma contingência natural a partir da escolha de um caminho dedicado à cura e ao cuidado do ser humano, firmado na trilha da consciência. É o resultado de mais de três décadas de estudos e práti-

O

cas de Muni Oliveira no autoconhecimento em diversas comunidades e escolas de artes, filosóficas, orientais, andino-amazônicas. Os estudos e as experiências vivenciadas consolidaram o trabalho com a psicologia transpessoal e com a formação de terapeutas holísticos. Nestas experiências vivenciais, nos trabalhos terapêuticos e de imersão para trabalhar com formas, cores, aro-

mas, sons e fitoterapia, foi sendo elaborado este conhecimento singular. Toda a concepção surgiu da experiência vivencial relacionada à ligação com a natureza. O nascimento do Holocromos foi desencadeado durante uma jornada em Machu Pichu, que foi a culminância de um mergulho profundo nos trabalhos sobre a sabedoria ancestral do nosso próprio

povo na arte da cura e os contatos com o legado da cultura inca. Neste encontro com a ancestralidade em terras peruanas, emergiu o contato com os hologramas cromáticos e o sistema foi sendo desenhado, com suas formas fractálicas. O direcionamento do trabalho com o Holocromos está voltado, sobretudo, para a existência da vida psíquica, sensações, recordações, percep-

Colaboração: Muni Oliveira e Gabriela Yashy (16) 98119-9713 (tim) | 99622-9447 (vivo) | 98818-7926 (oi) holocromos.blogspot.com.br - www.holocromos.com.br - Facebook: Holocromos Cromoaromaterapia

ções, desejos, sentimentos, tudo o está relacionado com a consciência humana. O Holocromos transita no universo multissensorial, que permite ampliar as experiências cognitivas e potencializar a criatividade. É um aprendizado relacionado à experimentação e à intuição, junto com os referenciais teóricos que norteiam a compreensão deste universo.


www.jornaloaprendiz.com.br

MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

3

O que é a Mediação de Conflitos

ediação de Conflitos é uma atividade interdisciplinar que têm como objetivo auxiliar pessoas a construírem acordos quando estão frente a algum impasse. O mediador, atua como um terceiro neutro, oferecendo recursos conversacionais e possibilitando às pessoas se comunicarem de modo produtivo. A mediação é sigilosa e voluntária. Pode acontecer de forma pré-judicial ou concomitantemente ao litigio. Quando acontece de forma pré-judicial, os resultados são mais rápidos e efetivos, pois evita a escalada do conflito que são produzidos com as acusações mútuas que justificam a ação ou a defesa de um processo judicial.

A mediação é especialmente recomendada para os casos em que as pessoas desejam ou precisam manter relações continuadas, como é o caso, por exemplo, de dissolução de sociedade entre parentes, divórcio de casal com filhos pequenos,

de crianças pequenas, o que se desfaz é o casal conjugal, o casal parental continua a existir para garantir boas condições de desenvolvimento para os filhos. Portanto, estes pais precisarão continuar a compartilhar decisões e agir colaborativamente

acusações, ironia ou provocações mútuas, facilitando que cheguem a acordos mutuamente satisfatórios e a cumprirem os mesmos, uma vez que participaram da construção destes. Esta é uma atividade multiprofissional e está

desentendimentos entre moradores de condomínio. Enfim, situações em que não basta ter uma sentença justa para a questão, mas é necessário manter (ou criar) a possibilidade de comunicação e entendimento para situações futuras. Quando pensamos no divórcio de pais

frente a situações importantes na vida dos filhos. A mediação não se propõe a tornar os mediados grandes amigos, mas ajuda-os a desenvolverem recursos para produzirem conversas focadas na questão que precisam resolver, de forma respeitável, sem

aberta para qualquer pessoa com ensino superior completo que deseje se capacitar para atuar como mediador em situações de conflitos de terceiros, ou para desenvolver recursos para transformar conflitos que emerjam em suas equipes e liderados.

M

Colaboração: Profa. Dra. Cristina Ruffino - Terapeuta Familiar - Mediadora de Conflitos (16) 3021-5859 - institutoconversacoes@gmail.com - www.conversacoes.com.br

Em Ribeirão Preto, esta formação pode ser feita no ConversAções Instituto de Mediação de Conflitos e Facilitação de Diálogos. Este Instituto está atuando

na região desde 2007 atendendo a demandas de famílias, instituições e empresas, bem como mantendo um serviço de atendimento social para a comunidade.


4

www.jornaloaprendiz.com.br

MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

Sem etiqueta, sem preço

Para anúnciar (16) 98866-1780 a cobrar

jornal The Washington Post de Nova York publicou um artigo cuja a nota diz, mais ou menos assim: Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer. Eis que o sujeito desce na estação do metrô de Nova York, vestindo jeans, camiseta e boné. Encosta-se próximo a entrada. Tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo, para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos em que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes. Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell,um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas, num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares. Alguns dias antes, Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares

O

custaram à bagatela de mil dólares. A experiência no metrô, gravada em vídeo, mostra homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino. A iniciativa, realizada pelo jornal The Washington Post, era a de lançar um

que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes? É o que o mercado diz que podemos ter, sentir, vestir ou ser? Será que os nossos sentimentos e a nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia e pelas instituições, que detêm o poder financeiro? Será que estamos valorizando somente aquilo, que está com etiqueta de preço? Uma empresa de cartões de crédito vem investindo, há algum tempo, em propaganda

debate sobre valor, contexto e arte. A conclusão é de que estamos acostumados a dar valor às coisas, quando estão num contexto. Bell, no metrô, era uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife. Esse é mais um exemplo daquelas tantas situações, que acontecem em nossas vidas, que são únicas, singulares e que não damos importância, porque não vêm com a etiqueta de preço. Afinal, o

onde, depois de mostrar vários itens, com seus respectivos preços, apresenta uma cena de afeto, de alegria e informa: NÃO TEM PREÇO. E é isso que precisamos aprender a valorizar. Aquilo que não tem preço, porque não se compra. Não se compra a amizade, o amor, a afeição. Não se compra carinho, dedicação, abraços e beijos. Não se compra raio de sol, nem gotas de chuva. A canção do vento, que passa sibilando pelo tron-

co oco de uma árvore é grátis. A criança que corre, espontânea, ao nosso encontro e se pendura em nosso pescoço, não tem preço. O colar que ela faz, contornando-nos o pescoço com os braços não está à venda em nenhuma joalheria. E o calor que transmite dura o quanto durar a nossa lembrança. O ar que respiramos, a brisa que embaraça nossos cabelos, o verde das árvores e o colorido das flores nos são dado por Deus, gratuitamente. Pense nisso e aproveite mais tudo que está ao nosso alcance, sem preço, em patente registrada, sem etiqueta de grife. Usufrua dos momentos de ternura, que os amores nos ofertam, intensamente, entendendo que sempre a manifestação do afeto é única, extraordinária, especial. Fique mais atento ao que nos cerca, sejamos gratos pelo que nos é ofertado e sejamos felizes, desde hoje, enquanto o dia nos sorri e o sol despeja luz em nosso coração apaixonado pela vida. Colaboração: Profa. Dra. Maria do Vale Oba Especialista em Acupuntura (16) 3234-3862 | 991965217 | 3904-8414 mariaoba@hotmail.com


www.jornaloaprendiz.com.br

MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

O Si-Mesmo

ara mim o Si-Mesmo é o processo que provoca uma metanóia na alma ou psique trazendo uma compreensão adequada das limitações do corpo físico, mergulhado no plano emocional e mental inferior, diante do assombro da descoberta em si, de uma energia sutil que ultrapassa todo o entendimento lógico e racional do homem. Na medida em que mergulho na meditação, oração, silêncio, na reflexão de uma boa leitura, percebo muita contradição e sofrimento e o quanto sou escravo de um estado mental e emocional que me enclausura. O ego está sempre a fabricar uma série de posturas de defesa e justificativas; ele inventa, engrandece,

distorce, amesquinha e manipula esse inferno interior. Às vezes me pergunto se nos primórdios não fomos feitos por um conjunto de homens sábios, ou seres angélicos, ou cientistas alienígenas de

homem à nossa imagem e semelhança, tenha ele domínio sobre toda Terra, os peixes, aves, animais domésticos e todos os répteis que rastejam sobre o chão". A onisciência e onipotência de um Logos es-

experimentação, cuja Magia, Evolução e insucesso estavam na pauta do Demiurgo Maior. Em Gênesis cap.1:26, como se falasse a um grupo de entidades super humanas disse: " Façamos o

capam às minhas abstrações, só me resta fantasiar projeções e delírios, busco fincar os pés no chão. Ao descobrir o inefável em mim, intuo que a

P

Colaboração: Marcos Zeri Ferreira Membro do Grupo de Estudos Teosóficos Ahimsa (16) 3237-3696 - ferreirajoias@terra.com.br

morte é uma ilusão a ser vencida fora do corpo, e embora ela me atemorize, é um evento necessário para que eu me cumpra na matéria densa. Lições de abismo são Mestres imprescindíveis para o caminho da luz. Sinto que o Si-Mesmo é a aceitação contaminada entre Luz e Trevas cuja claridade empurra a escuridão para que fabrique novos espaços escuros, ampliando a imagem que construo no agora, adequando melhor o processo de fazer e existir, incluindo a graça e a contradição. Nesse processo contínuo, amplio a consciência, alivio as tensões internas, acomodo o sangramento da imagem idealizada e novos prismas se sucedem no caleidoscópio dos opostos. O Si-Mesmo é uma paz negociada nas entranhas cuja energia após enfrentar alguns portais, traz equilíbrio e adequação para a personalidade.

Para anúnciar (16) 98866-1780 a cobrar

5


6

www.jornaloaprendiz.com.br

MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

DICAS DE LIVROS

9 Segredos de uma meditação bem-sucedida Autor: Yogi Samprasad Vinod O livro descreve as principais dificuldades que o praticante de meditação pode enfrentar, os erros de conceito e de informação, procurando clarear aspectos como - o que é e não é meditação, o que é meditação, quais as condições que se deve buscar para uma boa prática, dando ênfase no desenvolvimento da alegria em meditar. Ao final apresenta apêndice com técnicas propostas para a prática de meditação. O livro apresenta uma carta de recomendação do Mestre B.K.S. Yvengar, reconhecido mundialmente como um dos principais expoentes da Hatha Yoga no mundo. Número de Paginas: 267 R$ 36,00 Editora: Ninho do Editor Opções para aquisição do livro: Livraria Cultura, Espaço Marcos Rojo, Editora Arara Azul (Ninho do Autor), Livraria Arjuna, Yogananda Centro de Estudos. Na Livraria Cultura e com a Editora Ninho do Autor é possível fazer pedidos via internet e receber pelo correio.

A Moderna Ciência do Yoga - Os Riscos e as Recompensas Autor: William J. Broad Broad, redator sênior do NYT e praticante do yoga desde 1970, levou cinco anos para escrever este amplo quadro que apresenta mais de um século de meticulosa pesquisa e nos mostra que, apesar dos enormes benefícios, os riscos da prática do yoga não podem nem devem ser ignorados. "Impressionante… repleto de provocações… um trabalho valioso." Publishers Weekly Número de Paginas: 280 R$ 44,90 Editora: Valentina

A Técnica da Vida Espiritual Autor: Clara M. Codd Este livro procura desvendar a técnica da vida espiritual, lançando luz sobre as operações da consciência nos planos superiores que interpenetram o mundo físico e que dão origem aos pensamentos, as emoções e sensações. O aspirante que deseja descobrir o significado da verdadeira vida espiritual encontrará aqui um método simples e prático de meditação, que pode ser

adotado para o início de uma viagem aos mundos interiores. de: R$ 20,00 por: R$ 12,00 Pedidos e Televendas: 0800-610020 Editora: Teosófica


MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

www.jornaloaprendiz.com.br

7

Revista dos Vegetarianos - Edição 88 Proteja seu fígado contra a Hepatite Os alimentos corretos para você desintoxicar o fígado e fortalecer o sistema imunológico. E ainda as descobertas da ciência do que fazer quando a doença se instala. Cervejas e vinhos Aprenda a escolher as bebidas que são do bem. E as proteínas? Descubra quais alimentos vegetais fornecem tudo o que você precisa. Cachorros e gatos vegetarianos Veterinário explica o que seu pet deve comer para ser saudável e feliz. 8 receitas rápidas de deliciosos hambúrgueres. http://www.europanet.com.br/site/ index.php?cat_id=935


8

www.jornaloaprendiz.com.br www.jornaloaprendiz.com.br

Para anúnciar (16)

98866-1780 a cobrar

MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP MARÇO DE 2014 - RIBEIRÃO PRETO - SP

Jornal o Aprendiz 2014 - Março  
Jornal o Aprendiz 2014 - Março  
Advertisement