Issuu on Google+

DUDU DO CAVACO


A apresentação deste portifólio tem como objetivo principal fomentar a autodeterminação do Dudu. Vislumbramos com este projeto maior autonomia para o Dudu e que ele possa exercer um controle cada vez maior sobre sua vida. Sabemos que a invisibilidade social imprime um tipo de sofrimento que fere o cerne da dignidade humana. Mesmo que muitas pessoas com deficiência já participam do mercado de trabalho ou possuem uma vida ativa em outras áreas sociais pensamos que uma parte da existência deles clama um lugar de maior expressão e participação. Queremos minimizar a invisibilidade social para que o Dudu tenha liberdade para dirigir a própria vida, mesmo que, para isso, seja necessário suporte por parte de amigos, familiares e de outras pessoas do meio social para que ele possa fazer suas próprias escolhas e projetos de vida. Que ele possa cada fez ser menos representado e que possa usar a palavra e o cavaco para expressar e mostrar sua essência. Queremos que ele seja reconhecido e possa exercer uma profissão com dignidade e que ele possa demonstrar todo seu talento artístico e capacidade musical. Indiretamente visamos demonstrar que a inclusão somente acontecerá de fato quando aceitarmos as diferenças inerentes aos seres humanos de forma igualitária. Esperamos com esta iniciativa, tangencialmente, abrir espaços para outras famílias e que pessoas com deficiencia mostrem suas habilidades e talentos muitas vezes escondidos ou com pouco espaço para expressão social. PARA VIABILIZAÇÃO DESTE SONHO PLANEJAMOS OITO PROJETOS QUE ESTÃO DETALHADOS NO FINAL DO PORTFÓLIO, CONTAMOS COM O APOIO, PATROCÍNIO E DIVULGAÇÃO DE TODOS.


DUDU DO CAVACO Eu sou: Eduardo Gontijo Vieira Gomes mas me chamam também de: Zim Branquim, Dudu, Tuquinho, Boneco doce, Dudu do cavaco Nasci sob o signo de: Virgem, no dia 19/09/1990 Família: eles me dão muito amor Uma conquista: apreender a tocar cavaquinho De jeito nenhum na vida: violência De jeito nenhum na mesa: carne, jiló O que não pode faltar na mesa: comida japonesa, massas, frutos do mar e strogonof O que quero ser: Músico profissional Troco tudo por: um tempinho na frente do computador, nadar, fazer teatro, dançar, fazer aula de cavaquinho e malhar Para não esquecer: escola “Crepúsculo”, porque eles me ajudaram a ser um bom aluno da companhia teatral Um sonho sempre presente: conhecer os artistas, ser ator de cinema Para ouvir, curtir, dançar, apreciar: Exaltasamba, Luan Santana, Parangolé, Araketu, Cláudia Leite, Belo, Revelação , Fundo de quintal No gramado: Não sou muito fã de futebol, mas torço pelo Galo Para ler: poesia Nas telas: “Crepúsculo”, “Lua Nova” e “Eclipse” O Brasil é: tudo de melhor para mim Deus: agora você falou minha palavra. Deus ilumina cada vez mais dentro do meu coração e da minha vida. Deus me colocou vários poderes Pai: o velho é tudo de bom para mim Mãe: ela me passou tudo da minha vida Escola Despertar: Demais. Vários amigos. Educação física Escola Criatividade: Muitos Amigos, muita brincadeira Estudar: pouco. Agora estou lendo mais livros Ídolo: Jacob, do filme “Lua Nova”


O INICIO A I R O T E TRAJ O R T A E T S O E D I V OS E

FOT

PROJETOS “ Ser profundamente amado por alguém nos dá força; amar alguém profundamente nos dá coragem”. Lao-Tse, filósofo chinês


O INICIO A I R O T E TRAJ O R T A E T S O E D I OS E V

FOT

PROJETOS “Tentei lhe dizer muitas coisas e acabei descobrindo que amar é muito mais sentir do que dizer. E milhões de frases bonitas jamais alcançariam o que eu sinto por você.” José de Alencar


O Início

A carreira artística do Dudu começou precocemente. Desde bebê já participava das rodas de samba da família e tomou gosto pela música. Sempre atento, observava todos os movimentos e repetia. Aos seis anos foi modelo, sempre com um pandeiro na mão, em um desfile de modas em um shopping na região sul de Belo Horizonte. Ali percebemos que o garotinho tinha muito carisma e levava jeito. Muito estimulado por seus primos e seus tios, Eduardo, foi sendo despertado para a música. A música foi 8

uma ferramenta de desenvolvimento. Foi e é sua grande companheira. O primeiro instrumento que o Dudu dominou foi o pandeiro. Aos 12 anos se tornou o seu companheiro das rodas de samba. Depois veio o cavaquinho, seu instrumento preferido atualmente. Além disso, aprendeu a tocar percussão e atualmente domina com maestria o repenique. A partir de 12 anos sempre que podia, era convidado e participava de rodas de samba com os primos e tios em Piúma, no Espírito Santo. Tocou com diversos grupos: “Nada Vê”, “Elite do Samba”, “Chopp com Água”.


O Início

Dudu foi muito estimulado pelos músicos da família (Maurício, Mauro, Marcílio, Márcio, Zezé, Fefé , Igor, Breno) e também pelo músico Hudson Brasil, seu professor de cavaco já há seis anos. Com muito profissionalismo, dedicação e amor, ele não acreditou no que todos diziam ser impossível e, com um método novo, conseguiu transformar as notas musicais em números, facilitando assim a aprendizagem do Dudu. Vale ressaltar a dedicação do Du que assiste muitos vídeos e treina até conseguir acertar a batida perfeita. A conclusão que chegamos é que a sensibilidade dos músicos é linda. A música é o maior instrumento para superar os preconceitos. Em um evento musical, não existem diferenças e sim harmonia.

9


10


O INICIO A I R O T E TRAJ O R T A E T S O E D I V OS E

FOT

S O T E J O R P “ E a emoção do nosso amor não dá para ser contida. A força desse amor não dá para ser medida. Amar como eu te amo só uma vez na vida.” Roberto Carlos

11


Trajetória

Quis o destino que, em 2003, ele encontrasse amigos que, com muita sensibilidade, aceitaram a inclusão dele num grupo que se chama Zumberê. Só os músicos possuem tamanha sincronia e sensibilidade. Numa sexta feira, meu pai estava no Shopping Falls, complexo de lojas e bares, conversando com o Wilson Scalioni , mais conhecido como Cascudo. Como ele era músico do Zumberê, começaram a falar de música. O mestre Cascudo foi quem deu a primeira oportunidade para ele ser inserido verdadeiramente em um grupo musical. Parece que foi o encontro do rio com o mar. Que energia linda surgiu desse encontro! Nesse dia, o tímido e acanhando Dudu, sem pedir licença, entrou na Choperia Nicácio, convidado pelo Cascudo e conheceu alguns de seus ídolos musicais - e hoje, posso dizer, amigos: Betinho e Téo Scalioni, Felipe Bastos, Liu Ladeira e Paco Fazito, que o receberam de forma notável. Cada um de seu modo, com seu estilo particular, contribuiu e muito para mostrar que o preconceito está conosco. Quantas pessoas já refletiram sobre o assunto ao assistir um show do Zumberê, sem dúvida foi uma aula magma de inclusão. Após este encontro, resultado de uma conversa despretensiosa entre meu pai e Cascudo, nasceu uma nova família, a família Zumberê, e o despertar de um novo talento.

13


Trajetória

São incontáveis os momentos que o grupo proporcionou a todos que já tiveram o privilégio de assistir ao show desse iluminado Zumberê, que os mais chegados apelidaram de “fenômeno”. Um dos grandes momentos do grupo foi o lançamento do CD, que teve uma linda participação do Dudu, tanto na parte musical quanto na confecção da capa do álbum. Quanta humildade desses seis garotos! Concederam uma das maiores emoções da vida do Eduardo, ao permitir a participação dele na 14

gravação e, além disso, o convidaram para desenhar a capa do álbum. Incentivo maior não existe. A partir dessa inclusão no Grupo Zumberê, frutificou ainda mais o talento musical do Dudu, que é um estudioso de música. Pelo que percebo, ele passa, no mínimo, quatro horas diárias escutando músicas, e tem uma facilidade imensa para gravar as letras. Acho que a música e o Dudu nasceram um para o outro! Quantos shows do Zumberê! Quantas participações! Quantos eventos! Quantas casas de shows - Chalezinho, Bar Ideal, Al Capone, Andys Pub - além de inúmeras festas particulares. Apenas para citar alguns, o grupo já tocou com Martinália, Monobloco, Neguinho da Beija Flor, Beth Carvalho.


Trajetória

Quem ajudou muito a realização de alguns dos sonhos do Du foram seus primos Handel e Carolina. Como trabalhavam na casa de shows Chevrolet Hall, proporcionaram muitos encontros dele com seus ídolos como os grupos Exaltasamba, Jeito Moleque, Revelação, Inimigos da HP, Fundo de Quintal, o artista Dudu Nobre e outros. Com seu jeito cativante, ele encantou todos eles. Conversou com os artistas com naturalidade, sem reverenciá-los, pois em seu conceito todos os seres humanos têm igual importância e valor, inclusive o Chico Buarque, que tocou com ele recentemente no clube Poiteama. Recentemente o grupo Zumberê juntou com outros músicos e formaram o grupo Trem dos Onze que com muita música, percussão e gingado vem encantando e lotando as casas de shows de Belo Horizonte, principalmente o bar Observatório. Dudu como sempre esta cada dia mais profissional e animado com tudo isso.

15


Trajet贸ria

16

Nascimento

6 anos Aprendizados musicais

8 anos Desfile no shopping S茫o Bento

12 anos Rodas de Samba

14 anos Evento Final de Ano Curso de Cavaquinho


Trajetória

2010 Teatro

2011 Trem dos Onze

17

2003 Zumberê

Bares: Chalezinho, Bar Ideal, Al Capone, Andys Pub, Artistas: Martinália, Monobloco, Neguinho da Beija Flor, Beth Carvalho.

2011 Mano Down


O INICIO A I R O T E TRAJ O R T A E T S O E D I OS E V

FOT

PROJETOS “O amor só é lindo quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.” Mário Quintana


Teatro

Em 2009 Dudu entrou no Projeto da Companhia Teatral Crepúsculo, sua atual escola. Dócil - como sempre -, o Dudu aceitou bem as novas experiências. Dudu adora a Companhia Teatral Crepúsculo e com ajuda de todos, principalmente da diretora 20

Luciana e do professor Clóvis, está desenvolvendo ainda mais seu talento artístico. Ele leva muito a sério o teatro e, em meados de 2010, estrelaram uma peça sensacional chamada “Atrás do Arco Íris”. Que sensibilidade dos atores e diretores! Uma coisa


Teatro

digna de aplausos de pé. A peça rodou algumas escolas e hoje os alunos estão se organizando para um novo espetáculo. Uma passagem marcante para ele foi quando, no final de 2010, foi um dos poucos escolhidos para permanecer no grupo de teatro profissional. Dá gosto ver sua alegria, recompensa de seu esforço, força de vontade e crença na sua própria capacidade.

21


O INICIO A I R O T E TRAJ O R T A E T S O E D I OS E V

FOT

PROJETOS “ Amar talvez seja isto: descobrir o que o outro fala mesmo quando ele não diz.” Padre Fábio Melo


Fotos e Vídeos Dudu do Cavaco já apareceu em diversos programas na imprensa, como Alterosa, Globo, TV PUC, Rede Minas, Rádio CBN, Jornal Estado de Minas e muito mais.

24


Fotos e Vídeos No blog você encontra todos estes links e vídeos. www.editorasaojeronimo.com.br/manodown

25


Fotos e VĂ­deos

26


Fotos e VĂ­deos

27


O INICIO A I R O T E TRAJ O R T A E T S O E D I OS E V

FOT

PROJETOS “Os que acreditam na sorte ficam esperando por uma oportunidade. Os que acreditam em seu potencial criam as oportunidades.” Fernando Lapolli


Projetos

PATROCÍNIO PARA 2º EDIÇÃO DO LIVRO MANO DOWN A obra apresenta uma história de amor entre dois irmãos especiais: Eduardo (Du) e Leonardo Gontijo. O primeiro portador da Síndrome de Down, o segundo o narrador que nos envolve nessa bela declaração de amor e amizade. Tiragem 1000 unidades = valor de R$12.000 Tiragem 500 unidades = valor de R$8.000

Contrapartida para o investidor; Inserção da logo na capa e contra capa e recebimento de 30 exemplares para distribuição. *

DEPOIMENTOS

30

MANO DOWN

INFORMAÇÕES DOS PROJETOS MANO DOWN. OPÇÕES DE APOIO, PATROCÍNIOS E SERVIÇOS.

APOIO PARA PUBLICAÇÃO DO LIVRO DEPOIMENTOS A proposta é fazer uma coletânea em forma de livro com 50 depoimentos de pais e amigos das pessoas com Síndrome de Down de diversas regiões do Brasil. Tiragem 1000 unidades = valor de R$11.000 Tiragem 500 unidades = valor de R$7.000

Contrapartida para o investidor; Inserção da logo na capa e contra capa e recebimento de 30 exemplares para distribuição.*


O blog está no ar com a média de entrada de 350 acessos/mês. O projeto visa profissionalizar ainda mais o blog trazendo contéudo atuais sobre o tema. http://www.editorasaojeronimo.com.br/manodown/

Valores a serem investidos R$700 mensais para custo de manutenção. Contrapartida: Inserção da logo do patrocinador no blog.*

CONFECÇÃO DA REVISTA EM QUADRINHO: MANO DOWN Projeto visa a confecção de uma revista em quadrinhos para o público infantil relatando a história do mano down. Valores envolvidos R$ 28.000 Contrapartida: Inserção da logo do patrocinador na revista e entrega de 10% da tiragem dos exemplares.*

FUNDAÇÃO

APOIO PARA MELHORIAS DO BLOG

QUADRINHO

BLOG

Projetos

31

CRIAÇÃO DA FUNDAÇÃO MINEIRA DOS IRMÃOS DOS SD Projeto visa fundar uma associação dos irmãos com síndrome de down para compartilhar informações e defender seus interesses Valores envolvidos: R$ 20.000 (anual)


Projetos

TEATRO Apresentação artística da Companhia Crepúsculo (Teatro / Dança).* Valor: R$ 4.000 Público

alvo:

empresas,

prefeituras,

escolas, etc Mais informações: www.crepusculo.org.br

DUDU CONVIDA

32

TEATRO E DANÇA

INFORMAÇÕES DOS PROJETOS MANO DOWN. OPÇÕES DE APOIO, SERVIÇOS.

GRAVAÇÃO DO DVD DUDU CONVIDA O projeto visa a gravação de um DVD com artistas e músicos ligados a temática da deficiência, tendo como protagonista Dudu do Cavaco. Valor estimado: R$ 50.000.* 1- Roberto Carlos

8- Vander Lee,

2- Herbert Viana

9- Chico Buarque,

3- Jota Quest

10- MPB-4,

4- ExaltaSamba

11- Toquinho,

5- Yamandu

12- Jorge Vercilo,

6- Hamilton de Holanda,

13- Beth Carvalho

7- Toninho Horta,

Os valores ainda estão sob avaliação.


SHOWS | PALESTRAS

Projetos

** REPERTÓRIO DUDU DO CAVACO 1-Como é grande o meu amor por você

21-Flor Amorosa

2-Jingle Bell

22-Quanto Te Vi

3-Boas Festas

23-Com Que Roupa

4-Pela Luz dos Olhos Teus

24-Folhas Secas

5-As Rosas Não Falam

25-Maracangalha

6-Aquarela do Brasil

26-Naquela Mesa

7-Chiquita

27-Noites Cariocas

8-Hino Nacional Brasilerio

28-Tiro Ao Alvaro

9-Ave Maria

29-Este Seu Olhar

10-El Condor Passa

30-Minha Namorada

11-Noite Feliz

31-Na Cadência do Samba

Execução do Hino Nacional - Abertura oficial de eventos R$ 150,00*

12-O Velhinho

32-Bolero de Ravel

Abertura de eventos, encontros e festas - Valores R$ 300,00*

13-Ronda

33-Minha Fantasia

14-Bandeira Branca

34-Tive Razão

15-A Estrela Dalva

35-A casa caiu

EVENTOS, SHOWS, DEBATES E PALESTRAS.

Shows solo Dudu do Cavado duração 1 hora - Valores R$ 850,00** Palestra Leonardo Gontijo com show Dudu do Cavaco duração 2 horas,

16-Feitiço da Vila

36-Hino de Time

sendo 40 minutos de palestra e 1 hora e 20 de show - Valores R$ 1000,00*

17-Os Barqueiros do Volga

37-Brasileirinho

Shows com toda a banda Trem dos Onze - Valores R$ 3.000,00*

18-Tristeza

38-Ta vendo aquela Lua

19-Eu sei que Você Sabe

39-Livre para Voar

20-Marina

40- Parabéns para Você

*A quantia investida não precisa ser a total e pode ser proporcional ou de acordo com a capacidade de investimento do patrocinador. Os valores referentes a alimentação e transporte dos projetos não estão inclusos.

33


gontijo.leonardo@gmail.com.br

www.editorasaojeronimo.com.br/manodown Dudu: facebook.com/dudugontijo Leonardo:facebook.com/leonardogontijo Telefone de contato Leonardo e MaurĂ­cio: 31 3646-5905 | 31 9613-9566 dudugontijo@hotmail.com


E le é um ser humano especial D ono de uma energia vital U m cavaquinista sem igual A rtista teatral R eferência musical D ançarino magistral O meu irmão sensacional

DUDU DO CAVACO


Dudu do Cavaco