Issuu on Google+

Reportagem fotogrรกfica STC 5

Paulo Dias nยบ 20 Diogo justino nยบ31


Introdução  Este trabalho baseia-se no âmbito, de uma ida ao

museu, na fortaleza de Peniche.  Pretendemos mostrar detalhadamente o conteúdo dos diferentes pisos do museu.  O ponto que pretendemos focar com mais exatidão é dar a conhecer um pouco, a prisão política e o seu funcionamento. Atualmente, transformada num museu aberto ao público.


Ala da Pesca e Construção Naval  Nesta sala podemos encontrar várias maquetes de

barcos, acessórios de pesca e objetos de alerta naval

Fig.1 Pás


Fig.2 – Maquete de um barco tradicional

Fig.3 – Maquete de um barco tradicional


Fig. 4 – Sino utilizado para aviso da navegação.


Fig.5 – Boias de Vidro.

Fig.6 – arte de pesca - aparelho


Fig. 7 – Artigos de auxilio as embarcações (Remos de Madeira)

Fig.8 – Ancora (Parte da palamenta de embarcações)


Arquiteto Paulino Montez  Nasceu em Peniche em 1897  Foi autor de vários planos de urbanização.  A coleção Arquiteto Paulino Montês é constituída por cerca de 1000 peças  Nesta exposição tentou-se recriar aspetos do seu lar em Lisboa

Fig.9 retrato de paulino montez


Fig.11 pintura de paulino montez Fig.10 Planos de urbanizaçao da praia de São berndardino


Ala da malacologia  Malacologia é o ramo da biologia que estuda os moluscos  Uma das razões para estes estudos é que algumas espécies são hospedeiros de parasitas humanos


Fig. 12 – Exemplares de conchas (Bivalves)

Fig.13 - Buzios


Ursula montez ď‚— Mulher de paulino montez,

foi uma escultora

Fig.14 –busto de paulino montez


Rendas de bilro  A renda de bilros é realizada

sobre uma almofada dura, o rebolo, cilindro

 No rebolo, é colocado

um cartão perfurado, o pique  Nos furos a rendilheira espeta alfinetes  Os bilros são manejados aos pares pela rendilheira orientando-se pelos alfinetes

Fig.15 – almofada utilizada para renda de bilros


Fig.16 , fig.17 e fig.18 - Exemplares de renda de bilros


Achados Romanos

Fig.19 Ă‚nfora


Memorias de Peniche  A coleção Memórias de Peniche é constituída por cerca de 1000 peças

Fig.20 Coroa em calcario

Fig.21 -escultura


Resistência antifascista  A coleção Resistência Antifascista testemunha a utilização da Fortaleza de Peniche enquanto prisão política durante o Estado Novo  Pode se encontrar o antigo refeitório e as várias celas prisionais, é composta

maioritariamente por objetos de uso pessoal


Fig.22 – Cela


Fig.23 – exemplo de uma janela de prisão


Fig.24 e fig.25 – auxilio da fuga de 1960


Fig.26 e fig.27 – exemplos de desenhos feitos por à lvaro Cunhal


Fig.28 pรกtio interior da fortaleza


Regresso de uma embarcação ao cais de Peniche, depois de horas de faina

Esta foto chama-me a atençao, em varios sentidos. A calma com que as traineira entra no casi, e a biodiversidade que abraça a embarcaçao. Faz lembrar os dias em que vou para a pesca, pois nao é so para apanhar peixe, mas tambem para relaxar.. Pois o mar é o melhor tratamento para o stress.


ConclusĂŁo ď‚— Com esta trabalho conseguimos cumprir os objetivos

postos tais como fazer uma reportagem fotografica detalhada do museu da fortaleza de peniche mostrando assim os varios pisos e a prisao politica e trabalhar melhor com o power point e ediçao de fotografias.


Webgrafia acdedido a dia 16/05/2013  http://www.cm-

peniche.pt/CustomPages/ShowPage.aspx?pageid=75d3 aa7c-1e4d-4749-9a88-a6ef1a861df8  http://www.cmpeniche.pt/CustomPages/ShowPage.aspx?pageid=75d3 aa7c-1e4d-4749-9a88-a6ef1a861df8  http://pt.wikipedia.org/wiki/Renda_de_bilros  http://garatujando.blogs.sapo.pt/arquivo/621873.html


2013 05 23 ft4 2parte paulo dias, n ¦20 diogo justino n ¦31