Issuu on Google+

a n a f i l i p a p e d r o b r a n c o portef贸lio . arquitectura paisagista portfolio . landscape architecture


2013

parque da cidade de esposende esposende city park (com Miguel Marcelino, arquitecto)

2012

turismo de natureza da Praia Grande em Silves nature tourism in Praia Grande in Silves (NPK arquitectos paisagistas associados)

2011

praia e frente de mar da figueira da foz e buarcos 8º figueira da foz and buarcos beach and waterfront (F|C arq.paisagista lda)

frente lagunar de estarreja - cais da ribeira do mourão e esteiro de veiros estarreja lagoon front - cais da ribeira de mourão e esteiro de veiros (F|C arq.paisagista lda)

pateira de fermentelos - criação de percursos pedonais e cicláveis 4º fermentelos lagoon - creation of walking and cycling paths (F|C arq.paisagista lda)

aproveitamento hidroeléctrico de fridão hydroelectric use of fridão (F|C arq.paisagista lda)

aproveitamento hidroeléctrico de alvito hydroelectric use of alvito (F|C arq.paisagista lda) 1º

2010

loteamento casas do golfe em santo tirso casas do golfe allotment in santo tirso (F|C arq.paisagista lda)

ciclovias da ria de aveiro ria de aveiro bicycle paths (F|C arq.paisagista lda) 1º

2009

EDP hotel rural do lindoso no parque nacional da peneda-gerês 1º EDP rural hotel at lindoso, in peneda-gerês national park (F|C arq.paisagista lda)

2008

centro escolar do calvão, vagos calvão school center, vagos (F|C arq.paisagista lda) 1º

2007

frente de ria da costa nova em ílhavo costa nova waterfront in ílhavo (F|C arq.paisagista lda)

2006

cidadela de cascais cascais citadel (F|C arq.paisagista lda)

‘parco della memoria’ em san giuliano di puglia , itália ‘memory park’ in san giuliano di puglia, italy

2005

frente ribeirinha do rio spree na antiga zona industrial de berlim river spree waterfront in the former berlin’s industrial area (Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten) 2º

rathaus platz em gerlingen na alemanha rathaus square in gerlingen, germany (Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten)

schloss und berlinerplatz em oldenburg na alemanha scholoss and berliner squares (Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten)


c o n c u r s o s c o m p e t i t i o n s


parque da cidade de esposende esposende city park fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2013 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco arquitectura architecture Miguel Marcelino


O território que dará lugar ao parque da cidade está localizado no foz do rio Cávado, numa área de estuário que, juntamente com a faixa costeira, constitui o parque natural do litoral Norte. Nos terrenos que são em parte de sapal e em parte campos agrícolas e incultos pensou-se que seria importante introduzir um elemento que unificasse as duas metades e simultanemente permitisse a fruição da parte de sapal, o que determinou que o percurso em madeira, pousado ou elevado em relação ao solo fosse o elemento estruturante e a partir do qual todo o programa do parque se desenvolveria. A proposta incluia ainda a execução de um conjunto de trabalhos de demolição de pavimentos e pequenas construções, limpeza de matas, erradicação de invasoras e reconstrução das margens da linha de água.

The territory where the city park will take place is on the mouth of river Cávado, in an area that, together with the seashore is the Natural Park of Northern Coast. For these lands that are half saltmarsh and half agricultural fields, we thought that there should be an element which could unify both parts and also allow the fruition of saltmarsh. This led to the design of an wood path landed or elevated from the soil from which the whole programme would develop.


10

LIGAÇÃO À E.N. 125 <- ALCANTARILHA - ALBUFEIRA ->

50

100

VINHA (TERRENO AGRÍCOLA)

500

RIBEIRA DE ALCANTARILHA

GOLF

GOLF HOTEL

ALAMEDA MONUMENTAL DE ENTRADA NO EMPREENDIMENTO

MIRADOURO - ARRIBA FÓSSIL (PARQUE AMBIENTAL DA PRAIA GRANDE)

ARRIBA HOTEL

SAPAL DE ALCANTARILHA (PARQUE AMBIENTAL DA PRAIA GRANDE)

DUNA HOTEL

ESTACIONAMENTO POENTE DE APOIO À PRAIA

APOIO DE PRAIA

CORDÃO DUNAR NATURAL (PARQUE AMBIENTAL DA PRAIA GRANDE)

ESTACIONAMENTO NASCENTE DE APOIO À PRAIA


turismo de natureza da Praia Grande em Silves nature tourism in Praia Grande in Silves fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2012 arquitectura paisagista landscape architecture Silvia Pacheco com Filipa Branco e Miguel Cruz de Carvalho _NPK, arquitectos paisagistas associados arquitectura architecture Risco arquitectura

LAGOA DOS SALGADOS (PARQUE AMBIENTAL DA PRAIA GRANDE PROJETO ARH)

APOIO DE PRAIA

RIBEIRA DE ESPICHE


PORTARIA DE ENTRADA NO ALDEAMENTO B

GOLF HOTEL

JARDIM DOS MOINHOS (CAFETARIA/ ESPLANADA E OBSERVATÓRIO *)

PRACETA

CORREDOR AMBIENTAL/ ALAMEDA LIGAÇÃO AO GOLF E PARQUE AMBIENTAL

PRAÇA CENTRAL

CICLOVIA E PERCURSO PEDONAL

JAR


RDIM CENTRAL (PISCINA)

PRACETA

CORREDOR AMBIENTAL DE LIGAÇÃO AO ARRIBA HOTEL/ MIRADOURO

PORTARIA DE ENTRADA NO ALDEAMENTO A

CENTRO CÍVICO

CLAREIRA (PISCINA)

DUNA HOTEL

CORREDOR AMBIENTAL DE ACESSO ÀS PRAIAS


requalificação e reordenamento da praia e frente de mar da figueira da foz e buarcos requalification and replanning of figueira da foz and buarcos beach and waterfront fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2011 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture CVDB arquitectos

O extenso areal da Praia da Figueira da Foz e o seu excessivo aumento devido à ampliação do molhe norte do Rio Mondego, levou a Câmara a lançar um concurso de ideias para abordar a questão do relativo abandono da parte sul por parte dos banhistas e da erosão do areal na parte norte, entre outros aspectos como o da circulação ao longo da marginal e do acesso à praia. A nossa proposta passou pela criação de um parque densamente arborizado na faixa de areal próximo da avenida, no interior do qual se desenvolveriam actividades culturais, desportivas e de restauração e donde partiriam os passadiços de acesso à frente de mar e as ciclovias ao longo da avenida e respectivas aproximações à praia. Na frente de mar, além da instalação dos apoios de praia e dos passadiços criou-se uma rede de paliçadas associadas a revestimento herbáceo-arbustivo com vista à formação de uma duna primária que proteja o areal Norte da erosão e a vila do avanço das águas.

The wide sand area of Praia da Figueira da Foz and its excessive increase due to the extension of the northern mouth of river Mondego, led the City Council to launch an ideas competition to approach the issues of lack of use of the southern beach and erosion of northern beach, among other aspects such as the accesses along the avenue and to the beach. Our purpose was to create a densely forested urban park on the vacant sand area near the avenue, where cultural and sports activities would take place and from where wooden paths to the beach and cycleways through the avenue would develop. Near the water, beyond bars and other beach facilities, a net of palisades where herbaceous and shrub species would be installed to prevent the northern beach from erosion and consequently protects the urban area from the water progress.


reordenamento e qualificação da frente lagunar de estarreja - cais da ribeira do mourão e esteiro de veiros replanning and qualification of estarreja lagoon front - cais da ribeira de mourão e esteiro de veiros fase phase concurso público de concepção | construção ideas and constrution competition _ 2011 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco, Armando Ferreira, Ana Santos _F|C arq.paisagista lda coordenação de especialidades engeneerings coordination ENGIMIND Integrado num conjunto de projectos lançados pelo Programa Polis Litoral - Ria de Aveiro, este concurso propunha a recuperação de dois cais fluviais e respectivos espaços públicos contíguos e incluia a recuperação das margens dos cais, fossem elas construídas ou naturalizadas, a valorização de um jardim público envolvente a uma capela e a construção de estruturas de apoio à fruição dos canais como esplanadas e observatórios de aves. This competition, that was part of a group of projects launched by Polis Coastal - Aveiro Lagoon, aimed the recovery of two small river quay and its contiguous public space and included the regeneration of the banks, built or naturalized, the improvement of a public garden next to a chapel and the design of facilities to support the experience of the quays, such as terraces and birdwatching structures.


requalificação da pateira de fermentelos - criação de percursos pedonais e cicláveis r e q u a l i f i c a t i o n o f f e r m e n t e l o s l a g o o n - d e s i g n o f w a l k i n g a n d c y c l i n g p a t h s fase phase _ 2011 concurso público de concepção | construção ideas and constrution competition arquitectura paisagista landscape architecture Diamantino Oliveira, Filipa Branco, Ana Santos _F|C arq.paisagista lda coordenação de especialidades engeneerings coordination ENGIMIND


O programa de concurso previa a adaptação dos percursos que envolvem a pateira à circulação mista de bicicletas, automóveis e veículos agrícolas, a criação de troços de percurso exclusivamente dedicados a peões e ciclistas, a definição de um ponto de atravessamento ciclável da pateira, de pontos de estadia para descanso, contemplação, observação de aves e picnic, complementares aos grandes parques já existentes e a necessitar de recuperação. Paralelamente a este exercício de dotar a pateira de estruturas que permitam a sua fruição por parte da população e visitantes, era importante proceder à regeneração e limpeza das suas margens degradadas através da introdução de vegetação autóctone característica deste habitat palustre acompanhando o tratamento previsto para as águas da pateira. The competition purpose was to adapt the existing paths around the lagoon to mixed ways for bicycles, cars and tractors, to create tracks exclusively dedicated to pedestrians and cyclers, the design of a cycles bridge over the lagoon, resting, birdwatching and picnic areas that would be a complement to the existing parks urging an intervention. At the same time, it was important to proceed to the regeneration and cleaning of the lagoon banks through the insertion of indigenous vegetation from marshals following the expected lagoon waters treatment.


cidadela de cascais cascais citadel fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2006 arquitectura paisagista landscape architecture Diamantino Oliveira, Joana Marques, Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Barbini & Silva arquitectos


‘parco della memoria’ em san giuliano di puglia , itália ‘memory park’ in san giuliano di puglia, italy fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2006 arquitectura paisagista landscape architecture Joana Marques, com Filipa Branco arquitectura architecture Ambra Zotti O concurso de concepção para esta vila no sul de Itália arrasada por um terramoto que destruiu, entre outros edifícios, uma escola e um ginásio, previa a construção de um parque urbano que incluisse um local de homenagem às crianças vítimas do terramoto. A proposta consistiu na criação de um parque densamente arborizado nos seus limites com o exterior, com percursos pedonais entre a orla da mancha arborizada e a clareira. A zona baixa do parque é dedicada à meditação e homenagem às vitimas do terramoto de 2002. This ideas competition for a village in South Italy affected by an earthquake that among other buildings destroyed a school and gym, aimed the construction of an urban park that included a memorial to the children victims of the earthquake. Our proposal consisted on the design of a densely forested park on its limits with pedestrian ways placed on the edge between shadow and glade areas. At the lower level of the park a place for meditation and homage to the victims of the 2002 earthquake was created.


frente ribeirinha do rio spree na antiga zona industrial de berlim r i v e r s p r e e w a t e r f r o n t i n t h e f o r m e r b e r l i n ’s i n d u s t r i a l a r e a fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2005 arquitectura paisagista landscape architecture Fabian Lux, Filipa Branco _Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten arquitectura architecture Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten


O concurso para esta antiga zona industrial na periferia de Berlim previa a reconversão dos antigos armazéns em espaços destinados à produção artistica. No exterior, além de se querer incentivar a vivência do rio, era importante preservar o património industrial e nesse sentido mantiveram-se os carris para circulação de vagões e a grande grua existente, para recreio infantil.

The competition for this abandoned industrial area at Berlin’s outskirts aimed the conversion of the old warehouses to areas destined to artistic production. At the exterior, apart from the intention of encouraging the experience of the river it was important to preserve the industrial heritage and so the rails that conducted merchandise wagon and the big crane were kept on its place and used for children to play with.


r a t h a u s p l a t z e m g e r l i n g e n n a a l e m a n h a r a t h a u s s q u a r e i n g e r l i n g e n , g e r m a n y fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2005 arquitectura paisagista landscape architecture Fabian Lux, Ute Hertling, Filipa Branco _ Krafft-Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten arquitectura architecture Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten Concurso para a recuperação de espaço público do largo da Câmara Municipal e ruas pedonais adjacentes. A proposta consistia na repavimentação da área pedonal, introdução de mobiliário urbano e definição de áreas de estadia, de esplanada, áreas ajardiadas e zonas de sombra proporcinada pelas árvores.

Competition aiming the renovation of the public space of the city council building and its nearby streets. The proposal consisted on the repaving of the pedestrian area, introduction of street furniture and the definition of resting areas, terraces, gardens and shady areas possible thanks to the presence of trees.


schloss und berlinerplatz em oldenburg na alemanha scholoss and berliner squares in oldenburg, germany fase phase concurso público de concepção ideas competition _ 2005 arquitectura paisagista landscape architecture Fabian Lux, Ute Hertling, Filipa Branco _ Krafft-Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten arquitectura architecture Krafft - Wehberg Architekten, Landschaftsarchitekten

Concurso para a recuperação de espaço público de duas praças contíguas. A proposta consistia na repavimentação da área pedonal, introdução de mobiliário urbano e definição de áreas de esplanada, áreas ajardinadas e zonas de sombra proporcinada pelas árvores.

Competition for the renovation of the public space of two contiguous squares. The proposal consisted in the repaving of the pedestrian area, the introduction of street furniture, definition of terrace areas, gardens and shady areas possible with the introduction of trees.


2012 valorização dos parques a norte da basílica do santuário de nossa senhora do rosário de fátima beneficiation of northern parks of basilica of sanctuary of our lady of the rosary in fátima (NPK arquitectos paisagistas associados) espaços exteriores do largo nª sª do rosário, pª bento jesus caraça e tª do leão e assunção no barreiro outer space of nª sª do rosário and bento jesus caraça squares and leão and assunção lanes in barreiro (NPK arquitectos paisagistas associados) conservação e valorização do forte do guincho conservation and beneficiation of guincho fort (NPK arquitectos paisagistas associados) 2011

espaços exteriores da malha 23.2 da alta de lisboa outer space of allotment 23.2 in lisbon uptown (F|C arq.paisagista lda)

2010.11 ciclovias da ria de aveiro ria de aveiro bicycle paths (F|C arq.paisagista lda) 2009.11 requalificação urbana do centro histórico da mouraria em lisboa urban requalification of the mouraria historical center in lisbon (F|C arq.paisagista lda) 2005

espaço exteriror e claustros do mosteiro da batalha intervention in the outer space and cloisters of batalho monastery (Margem, arq.paisagista)

zona portuária de stralsund na região mecklenburg, norte da alemanha reconversion of stralsund harbour in mecklanburg, north germany (Krafft-Wehberg, landschaftsarchiteketen)

2003.04 espaço público de flor da rosa flor da rosa public space (Margem, arq.paisagista)

jardim da corredoura em portalegre intervention in corredoura park in portalegre (Margem, arq.paisagista)


espaço público p u b l i c s p a c e


valorização dos parques a norte da basílica do santuário de nossa senhora do rosário de fátima beneficiation of northern parks of basilica of sanctuary of our lady of the rosary in fátima fase phase anteprojecto, licenciamento e projecto de execução pre-design, licensing and design development _ 2012 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco e Benedita Silva Pinto _NPK, arquitectos paisagistas associados


A intervenção consistiu na redefinição do parque de estacionamento Norte da Basílica de modo a que fosse possível dignificar as áreas de estadia, separandoas claramente das áreas de circulação automóvel e dotando-as de sombra, quer através do aproveitamento dos grandes conjuntos de árvores existentes, quer construíndo estuturas em zinco e madeira para o efeito. Procedeu-se igualmente à arborização maciça dos estacionamentos em condições favoráveis ao saudável desenvolvimento das árvores, isto é, garantindo que os alinhamentos arbóreos seriam inseridos em áreas orgânicas com solo não compactado.

The intervention consisted on the redesign of the car parking at the north of the basilica in a way that it would become possible to create effective resting areas, separating them from the car ways and giving them some shadow, both through the use of big groups of existing trees or through the construction of zinc and wooden shelters for the effect. At the same time, a great forestation of the car park area was made in conditions that would help an healthy growth of trees, meaning that the tree alignments were created in organic terrain with non compacted soil.


espaços exteriores do largo nª sª do rosário, pª bento j e s u s c a r a ç a e t ª d o l e ã o e a s s u n ç ã o n o b a r r e i r o o u t e r s p a c e o f n ª s ª d o r o s á r i o a n d b e n t o j e s u s c a r a ç a s q u a r e s a n d l e ã o a n d a s s u n ç ã o l a n e s i n b a r r e i r o fase phase ante-projecto e projecto de execução pre-design and design development _ 2012 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _NPK, arquitectos paisagistas associados


conservação e valorização do forte do guincho conservation and beneficiation of guincho fort fase phase ante-projecto e projecto de execução pre-design and design development _ 2012 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco , Benedita Silva Pinto _NPK, arquitectos paisagistas associados

O projecto consistia na reformulação do estacionamento do restaurante junto ao forte e na redefinição dos acessos pedonais ao forte e ao estacionamento um pouco mais afastado da costa. Um vez que se trata de um território sensível e de grande valor florístico decidiu-se que o maior percurso pedonal seria sobreelevado em relação ao terreno, efectuado por meio de um passadiço de madeira cujo traçado mimetiza o antigo caminho de pé-posto existente.

The project consisted on the renovation of the parking lot near the fort and on the redefinition of pedestrian ways to the fort and between this and its own car parking placed apart from the coast. Since this is a sensitive territory with a great floristic value, it was decided that the pedestrian way would be made at a higher height through a wooden walk that repeats the shape of previous informal path.


c i c l o v i a s d a r i a d e a v e i r o r i a d e a v e i r o b i c y c l e p a t h s fase phase _ 2010.2011 concurso público de concepção | construção e ante-projecto ideas | constrution competition and pre-design arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco, Diamantino Oliveira, Ana Santos, Armando Ferreira _ F|C arq.paisagista lda coordenação de especialidades engeneerings coordination ENGIMIND estruturas em madeira wood structures Carmo


Projecto de intervenção no espaço público da malha 23.2 da Alta de Lisboa que pressupunha a criação de um jardim infantil a uma cota mais baixa e a criação de espaços de sombra ao longo dos percursos pedonais, concretizada através da introdução de alinhamentos arbóreos. Intervention on the public space of this lot of Lisbon Upper Town witch intention was to design a playground at a lower height and the design of shady areas along the pedestrian ways, materialized through the existence of tree alignments.


espaços exteriores da malha 23.2 da alta de lisboa o u t e r s p a c e o f a l l o t m e n t 2 3 . 2 i n l i s b o n u p t o w n fase phase projecto de execução design development _ 2011 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Silva Dias arquitectos


requalificação urbana do centro histórico da mouraria em lisboa urban requalification of the mouraria historical center in lisbon fase phase estudo prévio, projecto de execução e acompanhamento de obra schematic design, design development and constrution observation _ 2009.2011 arquitectura paisagista landscape architecture Luís Rodrigues e Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda coordenação coordination Silva Dias arquitectos


A intervenção no espaço público desta parte do bairro da Mouraria, parciamente ao abrigo das verbas do QREN, centrou-se na recuperação de um eixo de circulação, constituido pela Rua das Farinhas e Rua Marquês de Ponte de Lima e 3 Largos acessíveis a partir desta artéria: Largo da Achada, Largo dos Trigueiros e da Severa. No eixo viário era importante disciplinar o estacionamento e garantir a passagem de veículos de emergência e limpeza urbana, apesar da configuração estreita das ruas e de nalguns pontos ser importante priveligiar a circulação pedonal. Nos Largos, o objectivo era destituí-los da função de estacionamento automóvel a que estavam votados e devolvê-los à população, através da repavimentação, melhoramento da drenagem, recuperação de chafarizes, introdução de mobiliário urbano e sobretudo deixando estas que são as poucas áreas amplas do bairro livres para as brincadeiras das crianças. Outro dado importante, decorrente de uma imposição dos programas patrocinados pelo QREN: cerca de 50% dos pavimentos teria de ser proveniente dos pavimentos já existentes na área de intervenção, o que contribuiu para manter uma relação mais óbvia com a história deste lugar, que era importante não descaracterizar apesar da urgência de uma intervenção ao nível do espaço público. The intervention on the public space of this part of Mouraria neighbourhood focused on the renovation of the axis composed by Farinhas and Marquês de Ponte de Lima streets and three squares witch access was possible through the this axis: Achada, Trigueiros and Severa. On the streets it was important to regulate the car parking and make sure that the way to emergency and urban cleaning vehicles was possible, despite the narrow shape of the streets and the need to, in certain spots, benefit pedestrian circulation over car circulation. On the squares, the aim was to get them rid of cars and return them to the population, through the repaving, drainage improving, restoration of fountains, introduction of street furniture and most important, to keep these few wide areas of the neighbourhood vacant for children to play. Another important issue, consequence of a premise of this type of programme of intervention: about 50% of the stone used for paving should already exist in the area of intervention. This fact contributed to strengthen the relation of this intervention with the history of this neighbourhood, witch was so important no to ruin, despite the urgency of a renovation of the public space.


inter venção no espaço exteriror e claustros do mosteiro da batalha intervention in the outer space and cloisters of batalho monastery fase phase ante projecto pre-design _ 2005 arquitectura paisagista landscape architecture Paulo Palma, Maria Quintino, Filipa Branco, Francisca Lima _ Margem, arq.paisagista arquitectura architecture Mª João Behrand


Antiga zona portuária a transformar em área de lazer, onde seria necessário reformular o cais para acesso a barcos de recreio, adaptar as plataformas a actividades comerciais e culturais e reformular o espaço público envolvente ao novo museu que seria instalado. Old industrial waterfront that should be redesigned to prepare the quay for tourism boats, suiting the platforms to cultural and commercial activities and modify the public space to integrate the newly built museum.


reconverção da zona portuária de stralsund na região mecklenburg, norte da alemanha reconversion of stralsund harbour in mecklanburg, north germany fase phase concurso de ideias e estudo prévio ideas competition and schematic design _ 2005 arquitectura paisagista landscape architecture Lutz Fisher, Filipa Branco _ Krafft-Wehberg, landschaftsarchiteketen


espaço público de flor da rosa f l o r d a r o s a p u b l i c s p a c e fase phase estudo prévio design development _ 2002.2003 arquitectura paisagista landscape architecture Paulo Palma, Maria Quintino, Filipa Branco _ Margem, arq.paisagista lda


Remodelação do antigo Jardim da Corredoura, em Portalegre, no âmbito do programa Polis, que incluiu a redifinação de percursos, substituição de pavimentos, construção de estruturas de contenção de terreno bastante declivoso (muros), introdução de elementos de água e mobiliário urbano. Redesign of the old Corredoura garden, in Portalegre, in the scope of Polis Intervention, that included the redefinition of paths, pavings replacement, walls, water elements and street furniture.


intervenção no jardim da corredoura em portalegre intervention in corredoura park in portalegre fase phase projecto de execução e acompanhamento de obra design development and constrution observation _ 2003.2004 arquitectura paisagista landscape architecture Paulo Palma, Filipa Branco, Maria Quintino, Isabel Ferro _Margem, arq.paisagista arquitectura architecture Mª João Behrand fotografias photos site da Câmara Municipal de Portalegre


2010.2011 espaços exteriores da escola secundária da pontinha outer space of pontinha highschool (F|C arq.paisagista lda) espaços exteriores da escola secundária de loures outer space of loures highschool (F|C arq.paisagista lda) 2008.2011 espaços exteriores da escola secundária de queluz outer space of queluz highschool (F|C arq.paisagista lda) 2008 centro escolar do calvão, vagos calvão school center, vagos (F|C arq.paisagista lda)


e s

s c

c h

o o

l o

a l

s s


espaços exteriores da escola s e c u n d á r i a d a p o n t i n h a o u t e r s p a c e o f p o n t i n h a h i g h s c h o o l fase phase _ 2010.2011 estudo prévio, projecto de execução e acompanhamento de obra schematic design, design development and constrution observation arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture CVDB, arquitectos coordenação de especialidades engeneerings coordination BETAR fotografias photos Filipa Branco; site invisiblegentleman.com


Para dar resposta às directivas do programa de renovação do Parque Escolar, que previa a construção de labortórios, salas de computadores, biblioteca e toda uma nova configuração do espaço escolar, foi necessário ampliar consideravelmente a área construida da escola, nomeadamente com a construção de um piso/cobertura sobre a principal espaço de recreio não afecto à prática de desporto. Esta intervenção deu origem a uma praça dedicada ao convívio cercada por espaço edificado à excepção da frente norte, exposta a um amplo vale. À cota baixa, o espaço exterior é dedicado maioritariamente à Educação Física e recreio activo, havendo ainda espaço para a criação de um bolsa de terreno orgânico, que funciona como aproximação ao vale que se projecta a norte e permite a estadia longe do ambiente densamente construído à cota alta. To answer the topics of the programme of System of High-schools restoration, that presupposes the existing of laboratories, computing rooms, library and a whole new spacial set, there was the need to extend the build area of the school which became possible through the construction of a 1st floor covering the main school yard non related to sports activities. This intervention yield a new meeting square surrounded by buildings except from the northern side, exposed to a wide valley. At a lower height, the outside areas are mainly dedicated to Sports and active spare time, but there is also an area of organic terrain, that somehow relates school to the valley that spreads outside fences and allows informal recreation in contrast to the highly built ambient at a higher height.


espaços exteriores da escola secundária de loures o u t e r s p a c e o f l o u r e s h i g h s c h o o l fase phase projecto de execução design development _ 2010.2011 arquitectura paisagista landscape architecture Ana Santos com Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Souza Oliveira, arquitectura e urbanismo lda coordenação de especialidades engeneerings coordination FASE

Uma vez que a Escola Secundária José Afonso existente no centro de Loures não dispunha de área suficiente para responder às exigências do programa de renovação do Parque Escolar, a CMLoures disponibilizou este terreno fora do centro da cidade junto a uma linha de água. Em contrapartida, devia ser incluido no projecto a intervenção no espaço público adjacente ao terreno cedido, com instalação de percursos pedonais, campos de jogo para uso da escola e da população local e equipamento de manutenção integrado no jardim a recuperar.

Since the old José Afonso high school existing in the centre of the city doesn’t have enough area to answer the need of a wide programme like the one conceived by Parque Escolar, the city council gave in this site outside the city centre near a waterline. The condition was that an intervention in the public school next to the site gave in, should be included in this project, which should include the design of pedestrian ways, playing fields for students and local population, and other exercise equipment in the existing garden.


espaços exteriores da escola secundária de queluz o u t e r s p a c e o f q u e l u z h i g h s c h o o l fase phase projecto de execução e acompanhamento de obra design development and constrution observation _ 2008.2011 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco, Armando Ferreira _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Bak Gordon, arquitectos coordenação de especialidades engeneerings coordination BETAR fotografias architecture Verónica Almeida, site Útimas reportagens de Fernado Guerra


centro escolar do calvão, vagos c a l v ã o s c h o o l c e n t e r, v a g o s fase phase concurso público de concepção | construção e ante projecto ideas constrution competition and predesign _ 2008 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture CVDB, arquitectos


2011

aterro da boavista poente em lisboa boavista embankement in lisbon (F|C arq.paisagista lda)

2009.10 wood houses - soyo village, angola (F|C arq.paisagista lda) 2008

conjunto de apartamentos turísticos na quinta da marinha em cascais turistic appartments in quinta da marinha, cascais (F|C arq.paisagista lda)

2007.09 espaço público da malha 16 da alta de lisboa upper lisbon allotment 16 public space (F|C arq.paisagista lda) 2007.08 espaços exteriores do conjunto habitacional do soyo, angola outer spaces of soyo residential group, angola (F|C arq.paisagista lda) 2006.07 apartamentos turísticos ‘jardins vitória’ em albufeira turistic appartments ‘jardins vitória’ in albufeira (F|C arq.paisagista lda) 2006

loteamento quinta das loureiras, cascais loureiras villa allotment in cascais (F|C arq.paisagista lda)

2005.11 espaços exteriores da vila utopia, carnaxide outer spaces of vila utopia village, carnaxide (F|C arq.paisagista lda)


l o t e a m e n t o s a l l o t m e n t s


aterro da boavista poente em lisboa boavista embankement in lisbon fase phase plano de pormenor, detail plan _ 2011 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _ F|C arq.paisagista lda arquitectura e coordenação architecture and coordination Carrilho da Graça, JLCG arquitectos


wood houses - soyo village, angola fase phase estudo prévio e projecto de execução schematic design and design development _ 2009.2010 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco com Luís Rodrigues _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Souza Oliveira, arquitectura e urbanismo, lda estruturas em madeira wood strutures Jular, arquitectura e urbanismo, lda especialidades engeneering Engimind, GradeRibeiro e Fase


Segunda versão do projecto desenvolvido em 2007.2008 com adaptações de programa e sobretudo à tipologia das casas. Para responder à questão da drenagem optou-se neste caso pela construção de casas modulares em madeira, elevadas em relação ao terreno por meio de estacas. A circulação pedonal faz-se através e uma rede de passadiços de madeira sobreelevados . Second version of the project developed in 2007.2008 with some alternatives to the main programme. To answer the question of drainage new solutions were adopted such as the construction of modular wooden houses raised from the soil with palafitte. The pedestrian paths were thanks to a net of elevated wooden ways.


conjunto de apartamentos tur铆sticos na quinta da marinha em cascais turistic appartments in quinta da marinha, cascais fase phase licenciamento, licensing _ 2008 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco e Diamantino Oliveira_ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Promont贸rio


Projecto para um conjunto de apartamentos em ambiente de moradia isolada com piscina e jardim junto ao golf da Quinta da Marinha, em ĂĄrea protegida do Parque Natural SintraCascais, num terreno com inĂşmeros exemplares de Pinus pinea e Pinus pinaster ssp atlantica em bom estado que era importante preservar. Project for a group of apartments in a villa ambient with swimming pool and garden next to the Quinta da Marinha Golf Club in the protected area of Sintra-Cascais Natural Park, in a field with plenty of Pinus pinea and Pinus pinaster ssp atlantica species in good conditions that was important to maintain.


espaço público da malha 16 da alta de lisboa upper lisbon allotment 16 public space fase phase _ 2007.2009 ante-projecto, estudo urbanístico e licenciamento pre-design, urbanistic plan and licensing arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco e Armando Ferreira_ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture JAPFP João de Almeida e Pedro Ferreira Pinto, arquitectos


Duas propostas alternativas para os espaços públicos de um mesmo lote do plano de urbanização da Alta de Lisboa, acompanhando dois projectos de arquitectura distintos, incluindo acessos a zonas comerciais, a garagens, parque infantil e outras estruturas que é necessário integrar no projecto de arquitectura paisagista em espaço urbano.

Two alternate solutions for the public space of a lot at the Urban Plan of Lisbon Upper town, together with two different architecture projects, including the access to commercial areas, car parks, playground and other structures that are necessary to be include in landscape architecture project in urban space.


espaços exteriores do conjunto habitacional do soyo, angola outer spaces of soyo residential group, angola fase phase _ 2007.2008 estudo prévio e projecto de execução schematic design and design development arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco com Ana Paula Santos _ F|C arq. paisagista lda arquitectura architecture Souza Oliveira, arquitectura e urbanismo, lda especialidades engeneering APEP, estudos e projectos


O projecto para um loteamento de moradias destinadas a funcionários estrangeiros de empresas com actividade nesta região de Angola, pressupunha que fossem desenvolvidas infraestruturas de recreio e lazer para os funcionários e as suas famílias. Numa zona de chuvas torrenciais e terrenos argilosos era importante garantir um escoamento e infiltração rápida das águas pluviais, ainda que a época de chuvas estivesse circuncrita a apenas alguns meses no ano. Entre as soluções adoptadas, os campos de jogo, construídos por escavação de até 1m do terreno e com pavimento em betão poroso, funcionam como bacia de apanhamento e infiltração da água das chuvas de todo o loteamento, parte dos arruamentos viários são totalmente permeáveis construidos com grelhas de enrelvamento e os caminhos pedonais são constituídos por lajes de betão pousadas no terreno, com juntas largas entre si. Ao nível da vegetação seleccionou-se todo um novo um elenco de plantas de diferentes estractos, autócones ou adaptadas às condições locais, e que fossem produzidas nos viveiros que abastecem a região. The project of an allotment with houses for foreign workers of companies with activity in the region, presupposed that there would also exist leisure equipment for the workers and their families. In a region of torrential rains e clay soils it was important to assure an efficient pluvial outflow and fast infiltration of water, even if the rainy period is restricted to some months in the year. Among the solutions adopted, the playing fields and courts, built by digging up to 1m of soil and with porous concrete, result as basin of collection and infiltration of rainwater from de whole allotment, part of the roads are totally permeable and built with checker block and pedestrian paths are built with concrete slabs over the terrain. A whole new group of plants of different layers, endemic or adapted to local conditions, and that were produced in the nurseries that supply this region.


espaços exteriores da vila utopia, carnaxide outer spaces of vila utopia village, carnaxide fase phase estudo prévio e projecto de execução e acompanhamento de obra schematic design design development and constrution observation _ 2005.2011 arquitectura paisagista landscape architecture Diamantino Oliveira, Joana Marques, Filipa Branco, Armando Ferreira, Ana Santos e Luís Rodrigues _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture vários, various coordenação coordenation Aires Mateus, arquitectos especialidades engeneering CENOR fotografias photos Verónica Almeida, Filipa Branco


Trata-se de um projecto para um loteamento de moradias cujo projecto de arquitectura foi a entregue a vários gabinetes de arquitectura ficando cada um responsável pela elaboração de 2, 4 ou 6 moradias e cujo projecto de arquitectura paisagista, apesar de se tratarem de lotes bem delimitados e vedados foi da responsabilidade de apenas um atelier de arquitectura paisagista, desenvolvendo-se um conjunto de soluções construtivas-tipo com as devidas adaptações aos projectos de arquitectura e às variações na topografia do terrreno, exposição solar, sistemas de vistas, etc

The project developed at this allotment was for a total 45 houses for which the architecture project was delivered to several offices being each one responsible for the design of 2, 4 or 6 houses while the landscape architecture projects, although all houses should be clearly limited, were developed from one single office. A group of standard constructive solutions were adopted and adapted to each house project, the terrains characteristics, sun exposure, system of views etc.


2010

hotel em aljezur no parque natural do sudoeste alentejano e costa vicentina hotel in aljezur, sudoeste alentejano e costa vicentina natural park (F|C arq.paisagista lda)

2009

EDP hotel rural do lindoso no parque nacional da peneda-gerês EDP rural hotel at lindoso, in peneda-gerês national park (F|C arq.paisagista lda)

ampliação do hotel de porto santo no arquipélago da madeira extension of porto santo hotel in madeira archipelago (F|C arq.paisagista lda)

2008.09 ampliação do hotel pine cliffs em albufeira extension of pine cliffs hotel in albufeira, algarve (F|C arq.paisagista lda)


t t

u r i s u r i

m s

o m


hotel em aljezur no parque natural do sudoeste alentejano e costa vicentina hotel in aljezur, sudoeste alentejano e costa vicentina natural park fase phase ante-projecto e licenciamento pre-design and licensing _ 2010 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Jo達o Favila, atelier BUGIO


ampliação do hotel de porto santo no arquipélago da madeira extension of porto santo hotel in madeira archipelago fase phase projecto de execução design development _ 2009 arquitectura paisagista landscape architecture Armando Ferreira, Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture João Favila, atelier BUGIO especialidades esngeneering BETAR fotografias photos site atelier BUGIO


O projecto foi elaborado no âmbito da ampliação deste hotel, que consitia na criação de um conjunto de quartos com uma configuração de villas independentes e de um spa, que tem entre outras a particularidade de ter um claustro e mais dois pátios densamente plantado com espécies de ambientes húmidos e sombrios num claro contraste com o clima da ilha e consequentemente com a vegetação proposta para a restante área de intervenção.

The project was formulated in the scope of the extension of this hotel, consisting on the construction of a group of room in independent villas type and of a spa that has, among other, the detail of having a cloister e two yards densely occupied with plants from humid and shady environments in a obvious contrast with the climate of the island e consequently with vegetation proposed for the remaining area.


2011

aproveitamento hidroeléctrico de alvito hydroelectric use of alvito (F|C arq.paisagista lda)

2007.09 espaços exteriores da adega logowines em são miguel de machede, évora outer spaces of logowines cellar in são miguel de machede, évora (F|C arq.paisagista lda) 2007

lar de idosos ‘montepio’ na parede ‘montepio’ nursing home in parede (F|C arq.paisagista lda)

lar de idosos ‘montepio’ no montijo ‘montepio’ nursing home in montijo (F|C arq.paisagista lda)

2006

hotel, spa e adega de vale d’algares no cataxo hotel, spa and cellar de vale d’algares in cartaxo (F|C arq.paisagista lda)

2005

estacionamento e jardim em cobertura de edifício de escritórios em lisboa car parking and green roof of offices building in lisbon (F|C arq.paisagista lda)


e m p r e s a s c o m p a n i e s


espaços exteriores da adega logowines em são miguel de machede, évora outer spaces of logowines cellar in são miguel de machede, évora fase phase _ 2007.2009 estudo prévio, projecto de execução e acompanhamento de obra schematic design, design development and constrution observation arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture PMC arquitectos fotografias photos site www.photo.joaomorgado.com


Uma vez que o edifício alberga uma vertente comercial e outra industrial foi necessário que o projecto de arquitectura paisagista desse resposta a um conjunto de questões aparentemente concorrentes, nomeadamente a criação de estacionamento de veículos ligeiros e acesso pedonal à zona de escritórios e às zonas dedicadas aos clientes, o dimensionamento e construção de acessos de veículos pesados às várias áreas industriais de procesamento do vinho, assim como a criação no exterior de áreas destinadas ao tratamento dos produtos resultantes da produção. Tudo isto conjugado para que as diferentes actividades não interfiram umas com as outras e garantindo sempre a valorização do edifício e da sua relação com a paisagem envolvente, da qual faz parte uma ampla vinha, e ainda que todos os espaços orgânicos não produtivos requeririam muito baixa manutenção Since the building holds commercial and industrial functions there was the need that the landscape architecture project answered a group of issues that apparently compete, such as the design of car park and pedestrian access to the offices and client areas, the construction of roads for trucks to the industrial areas of wine processing built both inside and outside the building. This assuring the integrity of the building and its relation to the evolving landscape, namely the wide vineyards in its surroundings, and bearing in mind that the organic non productive areas should require low maintenance.


hotel, spa e adega de vale d’algares no cataxo h o t e l , s p a a n d c e l l a r d e v a l e d ’a l g a r e s i n c a r ta xo fase phase estudo prévio, licenciamento e projecto de execução schematic design, licensing and design development _ 2006 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco com Margarida Sevinate e Joana Marques _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Tall and Taller, arquitectura

A construção do hotel pressupunha, além do desenvolvimentos dos espaços exteriores colectivos e estacionamento do hotel e adega, a realização do projecto de arquitectura paisagista de um jardim para o Largo Francisco Ribeiro, um espaço público contiguo ao complexo da adega, para o qual era necessário desenhar zonas de estadia e equipamento infantil. The construction of the hotel included, beyond de design for the outer spaces and car park of the hotel and cellar, de developing of the landscape architecture project for a garden at the contiguous Largo Francisco Ribeiro, for witch there was the need de define leisure areas and children playing equipment.


estacionamento e jardim em cobertura de edifício de escritórios em lisboa car parking and green roof of offices building in lisbon fase phase estudo prévio schematic design _ 2005 arquitectura paisagista landscape architecture Ana Santos e Margarida Sevinate, com Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture PMC arquitectos


aproveitamento hidroeléctrico de alvito hyd r o e l e c t r i c u s e o f a l v i to fase phase concurso competition _ 2011 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture PMC arquitectos coordenação coordination Teixeira Duarte


Projecto realizado no âmbito do concurso para construção de uma barragem no rio Ocreza, junto à confluência com a Ribeiro do Alvito. O programa de arquitectura paisagista consistia na proposta de enquadramento dos edifícios afectos à barragem, dos acessos, temporários ou definitivos, e no desenvolvimento de soluções para as áreas onde se depositariam os grandes volumes de terra inerentes ao aproveitamento hidráulico.

Project accomplished in the scope of a competition for a dam at the mouth of Ocreza River, near Castelo Banco. The landscape architecture project consisted in the designing for the buildings assigned to the dam, the roads, temporary or permanent and in the developing of solutions for the areas where great amounts of soil inherent to the hydroelectric use process would be laid up.


2011

espaços exteriores de moradia na periferia de luanda, angola outer space of a house in the outskirts of luanda

2009.10 envolvente a moradia carrapateira, aljezur outer space of a villa in carrapateira, aljezur (F|C arq.paisagista lda) 2009

jardim e pátios de edifício de habitação no dafundo, oeiras garden and patios of a residential buildindng in dafundo (F|C arq.paisagista lda)

logradouro e pátio em lisboa backyard and courtyard in lisbon (F|C arq.paisagista lda)

2006.08 pátio em cobertura de moradia em lisboa green roof for a building in lisboa (F|C arq.paisagista lda) 2007

espaços exteriores de duas moradias em troia outer space of two houses in tróia

espaços exteriores de moradia na praia d’el rei outer space of a house in praia d’el rei

espaços exteriores de moradia em boliqueime outer space of a house in boliqueime

2006.07 envolvente de casa em estremoz surrounding of a house in estremoz (F|C arq.paisagista lda)

jardim de moradia na gandarinha, cascais villa garden in gandarinha, cascais (F|C arq.paisagista lda)

2005

espaços exteriores de moradia em belas outer space of a house in belas

espaços exteriores de moradia em chamusca da beira outer space of a house in chamusca da beira (Margem arq.paisagista)

2002

espaços exteriores do palheiro de cortegaça, em mortágua outer space of cortegaça haystack, in mortágua (Margem arq.paisagista)


h a b i t a รง รฃ o h o u s i n g


Num terreno intensamente vulnerável à nortada, que neste caso coincide com o ângulo de vista para a praia, foi importante criar condições de conforto sem condicionar as vistas recorrendo-se ao uso de vedação em madeira tipo paliçada com orientações diferentes dependendo do ponto de aplicação. Propôs-se para a parte mais declivosa do terreno, exposta a norte e com uma configuração complicada a limpeza do terreno e plantação e sementeira do areal com pequenas moitas de vegetação dunar. Na parte do terreno envolvente à casa e mais abrigada do vento desenharam-se as zonas de estadia e percursos em madeira, com presença constante de vegetação autóctone.

In a site intensely exposed to north winds coincidently directed to the best views to the beach, it was important to design comfortable spaces without blocking the views. For this purpose we used a wooden wind break fence in palisade style with different orientations according do the limit where it was applied. The proposal to the steepest part of the site, with northern exposure and a hard shape to deal with consisted in the cleaning of the sand and planting and sowing of small groups of indigenous dune vegetation. In the area closest to the house and more sheltered from the wind, resting areas and paths were designed, not forgetting the constant introduction of vegetation. envolvente a moradia carrapateira, aljezur outer space of a villa in carrapateira, aljezur fase phase estudo prévio e projecto de execução schematic design and design development _ 2009.2010 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco, com Armando Ferreira e Ana Santos _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Frederico Valsassina, FVA arquitectos


jardim e pátios de edifício de habitação no dafundo, oeiras garden and patios of a residential buildindng in dafundo fase phase estudo prévio e projecto de execução schematic design and design development _ 2009 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture João Favila, atelier BUGIO

Uma das particularidades da intervenção é de a arquitectura do edifício ter dado origem a um conjunto de jardins, terraços, patios , logradouros a diferente cota, exposição solar, teor de humidade e uso, possibilitando vivências muito diversificadas do espaço exterior e conduzindo a propostas distintas . Nos terraços, totalmente expostos, recorreu-se ao uso de vegetação muito resistente ao sol, salsugem e seca e maioritariamente de porte baixo previlegiando-se as vistas para o rio. A proposta recaiu num elenco de plantas carnudas. No pátios ao nível da rua e garagens, mais húmidos e sombrios, sugeriu-se a introdução de fetos e outras plantas também adaptáveis a interior. No jardim no tardoz do edifício, além dos necessários percursos de ligação com o interior dos apartamentos, feito através de lajes pousadas no terreno, foi necessária alguma compartimentação do espaço pertencente a diferentes proprietários e recuperar a muralha existente que sustenta o território consolidado a montante da área de intervenção .

One singularity of this intervention is that the architecture of the building provided a group of gardens, terraces and yards at different elevations, sun exposures, humidity levels and uses, enabling different experiences of the outer spaces and conducting to different approaches of the project. In the terraces, totally exposed, the vegetation used was one of high resistance to the sun, salty wind and drought and mainly of low heights to preserve the views to the river. Mostly succulent plants were used. In the yards at street level, humid and shady, foetuses and alike vegetation were used as well as interior plants. In the garden at the back of the building, beyond the necessary paths connecting with the building, enabled through the use of slabs laid on the terrain it was important to parcel out areas belonging to different owners and restore the existing wall that holds the consolidated territory upstream this site.


O programa previa uma intervenção simétrica para os dois lotes contíguos, tanto ao nível do edifício como do projecto de arquitectura paisagista. Num terreno arenoso, próximo da praia e cujo uso era destinado a segunda habitação de férias proposse a presença de areia na parte poente do terreno contígua à duna existente. O limite do lote é definido por uma vedação em madeira ao estilo paliçada. Nesta zona a vegetação utilizada foi a do ambiente dunar, pela adaptação ao solo, à proximidade do mar e pela fixação da areia evitando a sua movimentação para os acessos à casa. The program presupposed a symmetric intervention for this pair of contiguous allotments, both for the building and the landscape architecture project. In a sandy site, near the beach and a use destined to holiday living, the plan was to keep the presence of the sand specially in the west part of the terrain, contiguous to an existing dune. The limit of the lot is defined by a wooden fence, in palisade style. In this area we used the vegetation from dune environments, because of its good adaptation to de soil, proximity to the sea e good retaining of sands, avoiding its migration to the house entrances.

e s p a ç o s ex te r i o re s d e d u a s m o ra d i a s e m t ro i a outer space of two houses in tróia fase phase estudo prévio e projecto de execução schematic design and design development _ 2007 arquitectura paisagista landscape architecture Mª João Fonseca e Filipa Branco arquitectura architecture João Castro coordenação coordination Quadrante, engenharia fotografias photos site Últimas repostagens de Fernado Guerra


envolvente de casa em estremoz surrounding of a house in estremoz fase phase estudo prévio e projecto de execução schematic design and design development _ 2006.2007 arquitectura paisagista landscape architecture Filipa Branco _ F|C arq.paisagista lda arquitectura architecture Gonçalo Salazar de Sousa, arquitectos

Tratando-se de um terreno ondulado com inclinaçãoes suaves, houve a intenção de garantir a privacidade das áreas de lazer exterior na envolvente da casa, nomeadamente nos limites do terreno com cotas mais altas, que correspondem também à zona de passagem da estrada de acesso ao terreno. Assim, parte do limite do terreno é ocupada com uma mancha de arbustos altos com porte gradualmente menor na aproximação à casa. Naturalmente a intervenção mais intensa centrou-se junto à casa, com a criação de uma ampla extensão de estruturas de sombra e ainda de uma horta, tirandose partido da parte mais húmida do terreno. Para o acesso à casa criou-se um percurso pontuado com ciprestes através do olival existente consolidado. Given that the site has gentle slopes, there was the need to ensure some privacy for the leisure areas surrounding the house, specially in the limits of the terrain with higher elevation, and nearer to the road that provides access to the site. So, part of the limit of the terrain was planted with a patch of large shrubs, gradually smaller near the house. Naturally, the most intensive intervention was dedicated to the surroundings of the house, with the design of a wide area of shadow structures and an aromatic plant garden, taking advantage of the wetter part of the terrain. The approach to the house is made in a path signalised with cypresses through an existing olive grove.


jardim de moradia na gandarinha, cascais villa garden in gandarinha, cascais fase phase _ 2006.2007 projecto de execução e acompanhamento de obra design development and constrution observation arquitectura paisagista landscape architecture Margarida do Ó com Filipa Branco _F|C arq.paisagista lda fotografias photos Verónica Almeida


espaços exteriores de moradia em chamusca da beira outer space of a house in chamusca da beira fase phase _ 2005 estudo prévio e maqueta schematic design and model arquitectura paisagista landscape architecture MªJoão Behrand, Filipa Branco, Paulo Palma, Maria Quintino _ Margem arq.paisagista arquitectura architecture João Mendes Ribeiro fotografias photos site habitarportugal.org

Na sequência da recuperação e ampliação de uma antiga casa foi redesenhado o espaço exterior envolvente ao núcleo construído através da definição de espaços de circulação, da criação de zonas de sombra com a plantação de árvores e da introdução dos elementos de água e do aço cortén. Foi igualmente recuperado e preservado o coberto vegetal do amplo terreno e respectiva linha de água que completam a propriedade. Following the regeneration and extension of an old house, the surrounding outer spaces were redefined, consisting in the designing of paths, areas with plenty of shadow through the planting of trees and the introduction of water elements as well as new materials such as corten steel. From the wide remaining territory the vegetation and the water line were regenerated and preserved.


espaços exteriores do palheiro de cortegaça, em mortágua outer space of cortegaça haystack, in mortágua fase phase _ 2002 projecto de execução design development arquitectura paisagista landscape architecture MªJoão Fonseca, Filipa Branco, Paulo Palma, Maria Quintino _ Margem arq.paisagista arquitectura architecture João Mendes Ribeiro fotografia photos site d-arco.blogspot.com


Portfolio http://filipabrancoarqpaisagista.blogspot.com/ http://issuu.com/filipabrancoarqpaisagista/docs/portfolio_filipabranco?mode=window&viewMode=doublePage University Studies • Degree in Landscape Architecture in Agronomy Faculty (ISA) of Technic University of Lisbon, finished in June 2004 (pre-Bologna) Work experience • Since 2005 landscape architect in a freelance basis • March 2012-Dec.2012 Office NPK, landscape architects associated in Lisbon. Partners: Leonor Cheis, José Lousan e José Veludo, landscape architects • Dec.2005-Dec.2011 Office F|C, landscape architecture in Lisbon. Partners: Filipa Cardoso de Menezes and Catarina Assis Pacheco, landscape architects • Oct.2002-May 2003, Oct.2003-Jan.2004 and Sept.-Dec.2005 Office MARGEM, arquitectura paisagista in Lisbon. Partner: Teresa Alfaiate, landscape architect • Oct.2004-July 2005 Office Krafft-Wehberg, architekten und landschaftsarchitekten in Berlin. Partners: Henrike Wehberg-Krafft and Hans-Hermann Krafft, Berlim, architects and landscape architects , in the context of Leonardo da Vinci agreement • July-Oct.2004 Office Sprenger, landschaftsarchitekture in Berlin. Partners: Daniel and Annette Sprenger, landscape architects Other Competences • Degree of Rhino 3D v5.0 and Vray for Rhino, at Rhino 3D Portugal in Lisbon, July 2012 • Degree of Corel Draw 9.0, at the Lisbon’s Employment and Professional Training Institute in Feb.2003 • 1st and 2nd years of the Degree of "Iniciation to Drawing” of National Society of Fine Arts in Lisbon, 2000-2002 • Degree of "History of Art of the 20th Century" of National Society of Fine Arts in Lisbon, 2001-2002 • Degree of “Iniciation to Photography with Black and White Exposure” of ISA, April-May1999 • “Certificate

of Proficiency in English” from the University of Cambridge at Lisbon’s British Council. June 2000 Italian Language for Beginners” Course at Ca'Foscari University in Venice, April-June.2003 • “Intensive Summer German Language” Course at the Technic University of Berlin in Aug.2004 • “German as a Foreign Language” Course - level 2 at VHS-Berlin, Sept.2004-June2005 • “Intensive

Other Skills • Languages: Good skills in both written and spoken English language. Medium skills in both written and spoken French and Italian Languages. Basic skills on written and spoken German language. • Software: AutoCAD, Adobe Photoshop, InDesign, Illustrator, Rhino 3D e Vray for Rhino, CorelDraw, ProNIC, and all of the Microsoft Office software (Word, Excel, PowerPoint) Scholarships Internship in Office F|C, arquitectura paisagista, Lda. in Lisbon. Apr.-Dec. 2006 • LEONARDO da VINCI agreement _ Office Krafft-Wehberg, architekten und landschaftsarchitekten in Berlin. Oct.2004-July 2005 • PRODEP _ PROAP, estudos e projectos de arquitectura paisagista in Lisbon. July-Sept.2003, with the aim of prepparing the final thesis of the degree in Landscape Architecture • ERASMUS agreement _ IUAV, Istitutto Universittario di Architettura di Venezia in Venice. Apr.-July 2003 • IEFP_

Workshops e Conferences • 4th Biennial on Landscape in COAC (Architecture University of Catalonia) and Etsab, Barcelona, March 2006 • International Summer School under the subject: Environmental Project and Territorial Planning at the Faculty of Architecture of Alghero, Architecture and Urbanism Department of the Sassari University, at Porto Torres – Asinara. 21July-Aug.2003. Length of the Workshop: 120hours • 2nd Biennial on Landscape in COAC (Architecture University of Catalonia) and Etsab, Barcelona, April 2001 under the subject: Gardens in Arms • ELEE agreement Workshop, at Independent Department of Landscape Architecture of Technic University of Lisbon in Oct.2002, in Lisbon


Portfolio http://filipabrancoarqpaisagista.blogspot.com/ http://issuu.com/filipabrancoarqpaisagista/docs/portfolio_filipabranco?mode=window&viewMode=doublePage Formação Académica • Licenciatura em Arquitectura Paisagista pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa, concluída em Junho de 2004 (pré-Bolonha) Experiência Profissional 2005 arquitecta paisagista em regime freelance os • Mar.2012-Dez.2012 Atelier NPK, arquitectos paisagistas associados em Lisboa. De Leonor Cheis, José Lousan e José Veludo, arq paisagistas as • Dez.2005-Dez.2011 Atelier F|C, arquitectura paisagista lda em Lisboa. De Filipa Cardoso de Menezes e Catarina Assis Pacheco, arq paisagistas • Out.2002-Mai.2003, Out.2003-Jan.2004 e Set.-Dez.2005 Atelier MARGEM, arquitectura paisagista em Lisboa. De Teresa Alfaiate, arqª paisagista • Out.2004-Jul.2005 Büro Krafft-Wehberg, architekten und landschaftsarchitekten em Berlim. De Henrike Wehberg-Krafft e Hans-Hermann Krafft, Berlim, arquitectos e arq.os paisagistas, no âmbito do programa Leonardo da Vinci os • Jul.-Out.2004 Büro Sprenger, landschaftsarchitekture em Berlim. De Daniel e Annette Sprenger, arq. paisagistas • Desde

Outras Qualificações de Rhino 3D v 5.0 e Vray for Rhino, da Rhino 3d Portugal, Lisboa, Jul.2012 • Curso de Corel Draw 9.0, do Instituto do Emprego e Formação Profissional, Lisboa, Fev.2003 • 1º e 2º anos do Curso de "Iniciação ao Desenho" da Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa, 2000-2002 • Curso de "História da Arte do Século XX" da Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa, em 2001-2002 • "Curso de Iniciação à Fotografia com Revelação a Preto e Branco” do Intituto Superior de Agronomia, Abr.-Mai.1999 • Curso

• “Certificate

of Proficiency in English from the University of Cambridge” no British Council de Lisboa. Jun.2000 Intensivo de Italiano para Principiantes”, Universidade de Ca'Foscari, Veneza, Abr.-Jul.2003 • “Deutsch Intensivsommerkurs”, Tecnische Universität, Berlin, em Ago.2004 • “Deutsch als fremdsprache”, Grundstufe 2, VHS-Berlin, Set.2004-Jun.2005 • “Curso

Outras Aptidões • Idiomas: Bons conhecimentos de Inglês falado e escrito. Conhecimentos médios de Francês e Italiano falado e escrito. Conhecimentos básicos de Alemão falado e escrito • Informática: AutoCAD, CorelDraw, Adobe Photoshop, Adobe InDesign, Adobe Illustrator, ProNIC e os programas do Microsoft Office (Word, Excel, PowerPoint) Bolsas

• IEFP_

Estágio no Atelier F|C, arquitectura paisagista, Lda. em Lisboa. Abr.-Dez. 2006

• LEONARDO da VINCI _ Büro Krafft-Wehberg, architekten und landschaftsarchitekten em Berlim. Out.2004-Jul.2005

_ PROAP, estudos e projectos de arquitectura paisagista em Lisboa. Jul.-Set.2003, para realização da Tese Final de Licenciatura em Arquitectura Paisagista • ERASMUS _ IUAV, Istitutto Universittario di Architettura di Venezia, em Veneza. Abr.-Jul.2003 • PRODEP

Workshops e Conferências Biennal Europea de Paisatge do COAC (Col-legi d’Arquitectes de Catalunya) e Etsab, Barcelona, Março 2006 • Scuola Estiva Internazionale sul Progetto Ambientale e la Planificazione Territoriale da Università degli Studi de Sassari, Facoltà di Architettura do Alghero, Dipartamento di Architettura e Pianificazione, em Porto Torres – Asinara. 21Jul.-Ago.2003. Duração do curso:120horas • II Biennal Europea de Paisatge do COAC (Col-legi d’Arquitectes de Catalunya) e Etsab, Barcelona, Abril de 2001 sob o tema: Jardins Insurgents • Participação no programa ELEE pela Secção Autónoma de Arquitectura Paisagista do Instituto Superior de Agronomia em Out.2002 em Lisboa • IV


a n a

f i l i p a

p e d r o

b r a n c o

f i l i p a p b r a n c o @ g m a i l . c o m +351964170949_+351212480223 http://filipabrancoarqpaisagista.blogspot.com/ m a i o 2 0 1 3 . m ay 2 0 1 3


Portfolio Filipa Branco