Page 50

PREVIDÊNCIA

Mais flexível e mais barato Principais características do Indústriaprev, primeiro plano instituído de caráter setorial do mercado Como funciona

Quais os benefícios

Voltado a trabalhadores e empresários da indústria catarinense Empresa pode fazer aportes de qualquer valor na conta do participante, a qualquer tempo Trabalhador faz aportes mensais, independentemente da empresa

Aposentadoria programada: renda mensal com base nas contribuições mensais do participante, aportes, portabilidades adicionadas e rentabilidade obtida. O prazo de recebimento é escolhido pelo participante, que pode sacar até 25% do saldo Aposentadoria por invalidez (requer parcela adicional): sem carência, desde o momento da contratação Pensão por morte: também é isento de carência, basta contratar a parcela adicional

Condições

100%

da rentabilidade líquida na conta do participante

0%

de taxa de carregamento

0,95%

de taxa de administração

50 Santa Catarina > Novembro > 2016

des de previdência complementar, observando uma lista de 67 critérios de comparação definidos por um grupo de trabalho. As conclusões do grupo passaram ainda pela avaliação de uma comissão interna antes da decisão ser tomada. Foi um trabalho meticuloso e exigente. Interessava saber, por exemplo, como era o modelo de governança, quem tomava as decisões sobre o fundo. “Também procurávamos uma entidade sem fins lucrativos que estivesse realmente a favor dos seus associados, até por identidade com a nossa organização”, conta Pfeiffer. As taxas menores e a flexibilidade foram diferenciais importantes, assim como o fato das decisões sobre investimentos serem tomadas por uma entidade que busca o desenvolvimento da indústria catarinense. “É uma solução que nasce em Santa Catarina, de uma entidade que luta por nossa região”, diz Pfeiffer. Pouco mais de quatro meses após o lançamento, o plano já contava com adesão superior a 60% entre os funcionários da CERTI, uma taxa muito superior à esperada pela empresa no período.

Aplicação no setor Ao analisar o potencial de desenvolvimento dos planos setoriais no País, o especialista Nilton Molina reforça a impressão do superintendente da CERTI. Para ele, os grandes diferenciais de planos como o Indústriaprev não se resumem a taxas e rentabilidade. “Participar de um fundo que aplica no setor é muito mais atraente do que obter simples descontos em taxas. Os investimentos de um fundo setorial podem ser instrumentos para alocar recursos direcionados ao fortalecimento do setor. Isso é poderoso”, ressalta. “Outro grande atrativo, principalmente para as micro e pequenas empresas, é saber que não estarão tratando do assunto diretamente com o sistema financeiro, e sim sob o guarda-chuva de uma federação”, conclui.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Revista Indústria e Competitividade - FIESC 11° Edição  

A 11° edição traz como destaque o Capital Humano nas empresas, a exportação de industrializados e ainda destaques dos setores moveleiro e pe...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you