Page 40

GESTÃO

Aliança Saúde Competitividade, que almeja um salto qualitativo na construção de ambientes de trabalho saudáveis, favoráveis ao desenvolvimento humano. “A FIESC tem em seu DNA o compromisso com a elevação do capital humano, pois dois de seus focos estratégicos são diretamente ligados ao tema: educação e saúde”, afirma o presidente Glauco José Côrte.

Movimento faz escola O Movimento Santa Catarina pela Educação é influente em todo o Estado e reconhecido nacionalmente por institutos educacionais de ponta, como o Ayrton Senna e o Todos pela Educação, que são parceiros, e pelo setor público e privado. O ministro da Educação, Mendonça Filho, recentemente participou de evento do

Movimento, e o Estado de Rondônia, por iniciativa de sua federação das indústrias, lançou um movimento nos mesmos moldes do catarinense. Este ano o Movimento, que começou na indústria (mais de 2,2 mil empresas do setor, que empregam 345 mil trabalhadores, já aderiram formalmente), obteve a adesão das federações catarinenses do comércio e serviços, agricultura e transportes. A meta é que até 2024 todos os trabalhadores possuam ensino básico completo e formação compatível com as funções que exercem nas empresas. Outro objetivo é a elevação da qualidade da educação, o que se faz por meio de projetos como o Diálogos sobre Gestão da Educação, que auxilia gestores escolares a utilizarem melhor seus recursos e que já contou com mais de 3.900 participantes em seminários pelo Estado.

DIVULGAÇÃO

Reabilitação de resultados

em 2014. O baixo índice de retorno ao trabalho gera prejuízo econômi-

Parceria entre FIESC e INSS almeja melhorar o índice de retorno de trabalhadores acidentados ou doentes

co e social. O INSS arca com as pensões dos afastados que demoram a voltar ou jamais retornam ao mercado.

O número de afasta-

Excluídas do mundo do

mentos do trabalho por

trabalho, muitas pesso-

tempo indeterminado no

as ficam suscetíveis a

Brasil devido a doenças ou

riscos como depressão e

acidentes é alto: 500 mil por ano. Já o sistema de

Gadelha, do INSS: pessoas reabilitadas se completam como cidadãs

reabilitação, que deveria proporcionar condições para os afastados reto-

alcoolismo. Uma parceria firmada entre o SESI catarinense e o INSS visa

melhorar os indicadores de reabilitação.

marem as atividades, oferece acesso à reabili-

O termo de cooperação assinado em setem-

tação profissional para apenas 50 mil pessoas.

bro prevê o desenvolvimento de ações conjun-

Dessas, 17 mil foram efetivamente reabilitadas

tas entre as entidades, além da criação de uma

40 Santa Catarina > Novembro > 2016

Revista Indústria e Competitividade - FIESC 11° Edição  

A 11° edição traz como destaque o Capital Humano nas empresas, a exportação de industrializados e ainda destaques dos setores moveleiro e pe...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you