Issuu on Google+

SUMÁRIO

Presidente Glauco José Côrte 1° Vice-Presidente Mario Cezar de Aguiar Diretor 1° Secretário Edvaldo Ângelo Diretor 2° Secretário Cid Erwin Lang Diretor 1° Tesoureiro Alfredo Piotrovski Diretor 2° Tesoureiro Egon Werner Diretoria Executiva Carlos Henrique Ramos Fonseca Carlos José Kurtz Carlos Roberto de Farias Fabrizio Machado Pereira Jefferson de Oliveira Gomes Rodrigo Carioni Silvestre José Pavoni

Indústria &

Competitividade Direção de conteúdo e edição Vladimir Brandão Jornalista responsável Elmar Meurer (984 JP) Coordenação de produção Marcelo Lopes Carneiro Edição de arte Luciana Carranca Edição de fotografia Edson Junkes Produção executiva Maria Paula Garcia Revisão Lu Coelho Produção gráfica Aline Soares Distribuição Filipe Scotti Colaboradores da edição Alexsandro Vanin, Diógenes Fischer, Fabrício Marques, Maurício Oliveira e Mauro Geres (textos); Cleber Gomes e Marion Rupp (fotos) Apoio editorial Ivonei Fazzioni, Elida Ruivo, Miriane Campos, Dami Radin e Leniara Machado Capa Luciana Carranca / Shutterstock Comercialização Alexandre Damasio/CIESC imprensa@fiesc.com.br (48) 3231 4670 www.fiesc.com.br

6 ENTREVISTA

Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria, identifica o início de um círculo virtuoso para o setor

10 AGENDA DA INDÚSTRIA

O ambiente de negócios para as exportações tem muito a melhorar, mas ainda assim pequenas empresas conseguem ganhar mercado lá fora

16 MÓVEIS

Espremido entre as dificuldades para exportar e a retração do mercado interno, o setor encolheu, mas se aprimora e já prepara a retomada

26 GESTÃO

Mais produtividade, engajamento e redução de custos: empresas comprovam que investimentos em educação e saúde dos trabalhadores dão ótimos resultados

46 PREVIDÊNCIA

Plano em que a empresa faz aportes somente quando e de quanto quiser serve às pequenas indústrias e é ferramenta para políticas de RH

52 PERFIL

Em situação similar qualquer outro empresário poderia ter fechado as portas, mas Lino Rohden manteve sua fábrica mesmo no prejuízo e foi recompensado

56 PESCA

Neste setor em que as regras mudam, a fiscalização não funciona e as autorizações emperram, a luta é por superar insegurança jurídica e a falta de gestão

62 NEGÓCIOS

O ressurgimento da Sulfabril, uma das principais marcas de Santa Catarina, é possível graças a uma nova forma de organização empresarial

68 GENTE DA INDÚSTRIA

Alverina Schneider e Lauri Bernardi, colegas na antiga Sulfabril, são peças-chave na retomada da empresa, considerada “um presente do destino”

70 ARTIGO

Guilherme Zigelli, diretor superintendente do Sebrae/SC

4 Santa Catarina > Novembro > 2016

grupofórmula

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina


Revista Indústria e Competitividade - FIESC 11° Edição