Page 29

EDSON JUNKES

nhecimentos necessários para um passo tão grande. Mas Grando o incentivou a se qualificar para a empreitada cursando Engenharia de Computação. O incentivo incluiu o pagamento de metade do valor das mensalidades e a flexibilização dos horários de trabalho. Steffens, por seu lado, direcionou o curso para o tão sonhado equipamento. “Foi o típico processo de ganha-ganha, de desenvolvimento mútuo. Eu e a empresa crescemos juntos”, atesta. Após a Audaces adquirir o projeto de uma máquina, Steffens realizou as adaptações necessárias para colocar o equipamento em produção, a partir de 2008. A resultante é a linha Neocut que, segundo o engenheiro, é mais precisa e mais rápida que a concorrência, pro-

Steffens, da porcionando mais proAudaces: seus dutividade e menor desestudos permitiram salto da empresa perdício de tecidos. Uma área industrial, hoje com 60 funcionários, foi organizada no município de Palhoça, e já é responsável pela maior fatia do faturamento do grupo. Cerca de 70 máquinas são fabricadas por ano sob a batuta de Steffens que, no ano passado, aos 30 anos de idade, assumiu o posto de diretor industrial da Audaces. A empresa segue incentivando os funcionários a adquirir conhecimentos e competências. Instituiu uma universidade corporativa, pela qual já passou mais da metade dos 130 funcionários do grupo, com o objetivo de desenvolver competências como liderança, visão

Indústria & Competitividade 29

Revista Indústria e Competitividade - FIESC 11° Edição  

A 11° edição traz como destaque o Capital Humano nas empresas, a exportação de industrializados e ainda destaques dos setores moveleiro e pe...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you