Issuu on Google+

FOTOS: DIVULGAÇÃO

MÓVEIS

Michel Otte e móveis da Butzke: aposta no desenho autoral brasileiro

mercado é que temos desenho próprio e conseguimos despertar desejo no público através do desenho autoral brasileiro”, avalia o diretor da Butzke, que já lançou produtos assinados por designers renomados como Carlos Motta, Sérgio Rodrigues e Paulo Alves. Outro diferencial da empresa para atrair atenção no mercado internacional é o uso de madeiras nobres brasileiras com certificação FSC. “Esse movimento começou no final de 2013, pois até então o mercado de madeira nativa certificada no País ainda era insuficiente para sustentar uma produção com mais volume”, diz Otte. Como exemplo desta tendência ele destaca dois produtos lançados

Mesa feita em madeira nativa certificada: matéria-prima suficiente para produção industrial

24 Santa Catarina > Novembro > 2016

este ano: a cadeira Jandaia e a poltrona Uirapuru, assinadas pela Asa Design e produzidas com piquiá, árvore nativa do Cerrado brasileiro, que tem resistência superior em relação a outras madeiras e se destaca pelo tom claro e o toque sedoso no acabamento. As peças em piquiá foram o destaque no estande da Butzke na Feira Brasileira de Móveis e Acessórios da Alta Decoração, realizada em julho em São Paulo. Para Michel Otte, a aposta no alto padrão tem rendido bons frutos para a Butzke e aponta um caminho para a indústria moveleira catarinense. “Os produtos sofisticados, que antes vinham de fora do País ou eram encomendados de forma artesanal, estão sendo substituídos pelo nosso produto industrial”, observa. Na opinião dele, as indústrias do Estado têm qualidade técnica para investir neste nicho, mas ainda precisam trabalhar melhor questões relativas a design, marketing e posicionamento de marca. “Industrialmente falando, é um mercado ainda fraco no Brasil e que pode crescer muito. Temos um grande espaço a preencher e acho que Santa Catarina está muito bem posicionada para isso.”


Revista Indústria e Competitividade - FIESC 11° Edição