Page 14

to. A Nugali vende chocolates de alta qualidade para países como Japão, Estados Unidos, Peru e Emirados Árabes e agora quer avançar na Euro­ pa e na América Latina. Antes de lançar produ­ tos no exterior, buscou diferenciá-los e torná-los atraentes para o consumidor estrangeiro. Se no mercado interno o carro-chefe da empresa são os tradicionais chocolates com avelã, a aposta para exportação foi uma linha de produtos com características brasileiras: um chocolate amargo 70% cacau com crocante de açaí. “Se fosse para oferecer um produto tradicional, provavelmente não teríamos preço para compe­ tir”, diz Maitê Lang, fundadora e diretora da Nugali. Outra

Tecnologia que trouxemos para o País facilitou nossa entrada no mercado internacional”

EDSON JUNKES

Micheli Poli Silva, sócia e diretora comercial do Café Jurerê

14 Santa Catarina > Novembro > 2016

estratégia foi buscar reconhecimento do merca­ do. Os frutos foram colhidos neste ano, quando um tipo de chocolate amargo que serve de ma­ téria-prima para várias linhas da Nugali ganhou um prêmio internacional: a medalha de prata no International Chocolate Awards. “Investimos mui­ to para chegar a esse nível de excelência e esse reconhecimento é importante”, explica Maitê. A Nugali emprega 30 funcionários e produz 10 to­ neladas de chocolate por mês.

Auditada e certificada Já o Café Jurerê, empresa familiar de Ti­ jucas criada há mais de 70 anos, recorreu a uma tecnologia inovadora para colocar seu café gourmet em mercados da Europa e da Ásia. Trouxe da China um sistema, o drip­ coffee bag, que possibilita o preparo de doses únicas de café – e sem a necessi­ dade de uma máquina. A filtragem é feita diretamente na xícara, sendo o sachê com o pó de café fi­ xado na sua borda. O pro­ duto foi lançado há menos de um ano e permitiu que a fatia da produção da em­ presa para exportação al­ cançasse 5% do total. A em­ presa também começou a prestar serviços a outras marcas, acondicionando o café de concorrentes nos sachês. “Foi uma sorte ter encontrado este sistema, pois facilitou nossa entrada no mercado internacional”, afirma Micheli Poli Silva, sócia e diretora comercial da empresa, que tem 14 funcionários e produz 46 toneladas do produto por mês.

DIVULGAÇÃO

AGENDA DA INDÚSTRIA

Revista Indústria e Competitividade - FIESC 11° Edição  

A 11° edição traz como destaque o Capital Humano nas empresas, a exportação de industrializados e ainda destaques dos setores moveleiro e pe...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you