Issuu on Google+

Altenburg

Como foi a trajetória da empresa fundada pela dona Johanna Altenburg? A trajetória começou em 1922. A minha avó, Johanna, ficou viúva em 1920 e teve que encontrar uma forma de sustentar a família. O meu avô era engenheiro formado na Alemanha, veio para trabalhar na estrada de ferro e faleceu cedo. Ela confeccionou os primeiros acolchoados em algodão, pluma, lã de carneiro e penas, em Blumenau, e continuou à frente do negócio até 1944, quando o meu pai Arno, que trabalhava na área de mecânica fina na empresa de máquinas de costura Singer, pediu demissão para dar continuidade ao trabalho. Minha mãe, Anna Noroschny, sempre trabalhou muito na qualidade e criação dos produtos. Em 1946, meu pai alterou o nome da empresa para Fábrica de Acolchoados Arno Altenburg, sucessora da empresa Johanna Altenburg, quando a companhia entrou numa fase de diversificação de matérias-primas, produtos e investimentos em máquinas de maior tecnologia. Hoje, a denominação da empresa é Altenburg Indústria Têxtil. Qual foi a melhor fase da história da companhia? Nos últimos cinco anos, a empresa despontou mais no mercado, se tornou mais conceituada e reconhecida. Nosso foco maior é a sofisticação de produtos, para as classes A e B, mas atuamos, também, com itens para as classes C e D. Temos duas unidades em Blumenau e uma no distrito industrial de Socorro, próximo de Aracaju, em Sergipe. Lá, produzimos quase todas as linhas que temos em Blumenau para ficar mais perto dos clientes do Nordeste. Contamos com mais de 9 mil pontos de venda no Brasil. Temos como meta, nos próximos anos, ter um produto Altenburg em cada lar brasileiro. Nossos produtos estão do Iapoque ao Chuí, em Fernando de Noronha, na Amazônia, na Patagônia chilena e na América Central. A principal razão do nosso sucesso é desenvolver produtos que tenham beleza, conforto e qualidade.

28

LIVRO_ESTELA.indd 28

ESTELA BENETTI

07/05/2015 21:09:29


Ebook A Visão da Indústria - Estela Benetti