Issuu on Google+

Acav

do e levar as carnes até os portos. A avicultura catarinense responde por 2,5% da produção mundial e detém 8% dos negócios internacionais de frango. Entre os principais mercados estão o Oriente Médio, Japão e Europa. Segundo Clever, o frango catarinense e brasileiro é considerado o melhor do mundo pelo seu sabor, porque é alimentado com milho e soja.  Quais são os desafios da avicultura catarinense? Os desafios da avicultura são os mesmos da suinocultura. Nossa dificuldade maior está na perda de produtividade porque outros estados, como o Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, produzem mais grãos e, por isso, têm custo de produção menor e estão se tornando mais competitivos. Queremos adequar algumas características para amenizar esses impactos. Montamos um plano estratégico, o 2050, que tem ações para agroindústrias, governo estadual e governo federal visando a equilibrar essas forças e retomarmos a busca da liderança catarinense na produção tanto de aves quanto de suínos. O que prevê o Plano 2050? Nós precisamos de um alinhamento de longo prazo. A cada quatro anos troca governo e temos que começar do zero. O plano abrange 27 tópicos, que vão desde a tributação até a parte de infraestrutura. Estamos reivindicando uma ferrovia que ligue o Centro-Oeste brasileiro a Santa Catarina para termos uma redução do custo logístico que, hoje, passa de 30% do custo total dos grãos. Também estamos pleiteando uma ferrovia que ligue o Oeste aos portos catarinenses para escoar a produção. A sociedade catarinense precisa entender a importância da agroindústria para a economia do Estado e apoiar esse plano, que precisa de início, meio e fim. Se nada for feito, podemos ter o fechamento de empresas em Santa Catarina e migração para outros estados. As famílias que atuam na agricultura e pecuária no nosso Estado têm renda maior do que a média brasileira.

18

LIVRO_ESTELA.indd 18

ESTELA BENETTI

07/05/2015 21:09:28


Ebook A Visão da Indústria - Estela Benetti