Page 97

de valores e a disparada do dólar, que valorizou 35% no ano. O índice de confiança da indústria de Santa Catarina começou o ano com 46,9 pontos, o mais baixo da série histórica, iniciada em outubro de 1998. No entanto, o cenário mudou ao longo do ano. O mercado financeiro no Brasil teve uma recuperação surpreendente e o dólar voltou a patamares pré-crise. Em dezembro, o País já estava tecnicamente fora da recessão e o Ibovespa encostava nos 70 mil pontos, alta de 90% em relação à mínima do ano e a maior pontuação desde junho de 2008. Em Santa Catarina, o mercado interno evitou que os impactos da crise fossem ainda mais fortes e chamou atenção para os efeitos benéficos de medidas de desoneração defendidas pela FIESC e adotadas pelo governo estadual. Para analisar com precisão a trajetória do setor industrial, a partir de 2006 a FIESC manteve contato mensal com 570 indústrias do Estado, coletando informações por meio das pesquisas “Indicadores Industriais” e “Nível de Emprego Industrial”. Dados importantes também foram levantados pela Sondagem Industrial, realizada trimestralmente, e pelo Índice de Confiança do Empresário Industrial na Economia, além do anuário estatístico Santa Catarina em Dados, que passou a apresentar números regionais. No mesmo ano, o setor viu maior inserção de Santa Catarina nas instâncias de decisão nacionais do setor industrial, com a eleição de Alcantaro Corrêa para o cargo de vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O tranquilo processo eleitoral, que reconduziu o industrial Alcantaro Corrêa à presidência da FIESC em 2008, reforçou a representação da entidade. Com o prestígio de autoridades

OLHAR MINUCIOSO A definição de estratégias foi fortalecida com a ampliação da coleta de informações sobre a indústria catarinense pela FIESC a partir de 2006. Esses levantamentos resultam na definição de indicadores e em publicações como o anuário Santa Catarina em Dados.

FOCO SUSTENTÁVEL FIESC incentivou a adoção de práticas sustentáveis pelas indústrias catarinenses em ações como o Encontro Desenvolvimento Sustentável, uma série de eventos realizada em Joinville, Blumenau, Chapecó, Lages, Criciúma e Florianópolis em 2008. Nos encontros, indústrias de todos os portes conheciam cases de sucesso e ampliavam conhecimentos sobre meio ambiente, educação e responsabilidade social.

93

Ebook FIESC 65 anos  

Este livro é balanço, celebração e proposta. Pertence à indústria catarinense, razão de ser da FIESC.

Ebook FIESC 65 anos  

Este livro é balanço, celebração e proposta. Pertence à indústria catarinense, razão de ser da FIESC.

Advertisement