Page 64

Entidade engajada Alcantaro Corrêa é eleito vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Federação promove missões para a cooperação econômica e o intercâmbio comercial entre empresas catarinenses e italianas.

FIESC lidera o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) para barrar o aumento do ICMS.

Federação promove a campanha contra a prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Federação promove o Encontro Desenvolvimento Sustentável, nos municípios de Chapecó, Lages, Joinville, Criciúma, Florianópolis e Blumenau. Lançamento do Programa Mercado de Carbono, concebido pela FIESC em parceria com a CNI e com apoio do SENAI/SC.

FIESC organiza o Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2007, em Blumenau.

FIESC elabora proposta de mudança na legislação para aumentar a participação catarinense nos royalties do Pré-Sal. FIESC apoia a reconstrução das regiões atingidas pela enchente de novembro.

FIESC assegura, junto à Petrobras, o cumprimento dos contratos de fornecimento de gás natural às indústrias do Estado.

Federação elabora o documento “Pacto Federativo como Instrumento do Desenvolvimento Sustentável”.

SENAI/SC firma parceria com o Instituto Fraunhofer, de Dortmund, na Alemanha, para transferência de conhecimento na área de logística.

2005

2006

2007

Alcantaro Corrêa é reeleito presidente da FIESC.

2008

ALCANTARO CORRÊA

(Presidente entre 2005 e 2011)

60

Nascido em Pomerode no ano de 1943, o industrial Alcantaro Corrêa formou-se em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atuando como presidente da Electro Aço Altona e diretor da Mineração Altona, da Werner Agricultura e da Bellevue Produtos em PVC, foi eleito para presidir a FIESC em 2005. Antes disso, havia ocupado o cargo de primeiro vice-presidente por dois mandatos (gestão Faraco) e presidente da Câmara para Assuntos de Transporte e Logística. Presidiu o SIMMMEB – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Blumenau e foi membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial e Industrial de Blumenau (ACIB). Em 2008, foi reeleito presidente da FIESC, tendo Glauco José Côrte como vice. Além de ampliar a representatividade institucional da Federação, a gestão Corrêa focou sua atuação na sustentabilidade da indústria catarinense. Faleceu em 2014, num acidente de carro na BR-101, aos 71 anos.

Lançamento do FIESC Projeto de Implantacomemora ção e Estruturação 60 anos. do Arranjo Catarinense de Núcleos Lançamento do de Inovação projeto DesenTecnológica (PRONIT), volvimento SC – desenvolvido pelo uma visão da IEL/SC e outras 17 indústria. instituições. Alcantaro Corrêa assume a presidência do Conselho de Política Industrial e Desenvolvimento Tecnológico da CNI.

2009

2010

Ebook FIESC 65 anos  

Este livro é balanço, celebração e proposta. Pertence à indústria catarinense, razão de ser da FIESC.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you