Issuu on Google+

MEGA POLO MODA • SHOPPING DE ATACADO | ANO I - Nº 4 • AGOSTO 2007

MEGA POLO MODA • SHOPPING DE ATACADO Nº4 • AGOSTO 2007

AMOR PELA MODA

O Ã R E V TRÈSCHIC . . . s i a m e

E PARIS D S A U R S A COLEÇÃO N A F A R G O T FO MEGA POLO

ENTES OS DIAS QU A R A P IL T CIA FAN A MODA IN DÁ AULA DE ELEGÂN NÇAS IA O R C Z C O S CLÔ OR DER PARA A CIO N E V O M O NEGÓ SAIBA C A ALMA DO A VITRINE É

capasmp4_nova.indd 5

7/20/07 10:11:18 AM


Untitled-4 2

7/19/07 8:48:32 PM


Untitled-4 3

7/19/07 8:48:51 PM


carta do editor

Revista MP é uma publicação do Mega Polo Moda Marketing Juliana Gama Assistentes de Marketing Michele Correia, Renato Frois, Talita Rodrigues e Viviane Balbino Coordenação de produção de moda Alê Duarthe e Flávio Oliveira

Rua Andrade Fernandes, 297 CEP 05449-050 – São Paulo-SP Tel/Fax.: (11) 3023-5509 - E-mail: 4capas@4capas.com.br Projeto Editorial - 4 Capas Editora R e da ç ã o Diretora de Redação - Mariella Lazaretti Diretores de Arte - Fábio Santos e Nina Franco Assistentes de Arte - Eduardo Galdieri e Giulio Lazaretti Editora - Denise Ramiro - denise@4capas.com.br Repórter - Iva Oliveira - iva@4capas.com.br Colaboraram nesta edi­ção: Texto - Janaina Medeiros, Paulo Pompêo (revisão) Fotos - Fernanda Fernandes, Jorge Figueiredo S., Manuel Nogueira, Marcos Corazza, Sérgio Coimbra e Thiago Bernardes

Muito chiQUE! C

hiquérrimo, na verdade. Não tem palavra melhor para definir o astral da quarta edição da revista Mega Polo Moda. Ou você não acha elegantérrimo ver as roupas que estarão nas vitrines da sua loja na próxima estação fazendo o maior sucesso na capital mundial da moda? Pois é, foi exatamente o que aconteceu. Uma dupla de craques do cenário fashion nacional, formada pela produtora Carol Tarsitano e pelo fotógrafo Jorge Figueiredo, foi a Paris especialmente para produzir dois editoriais de moda. Levaram na bagagem os modelos que o Mega Polo está apostando para a primavera-verão. Ao chegar lá, os dois perceberam que o Mega está absolutamente em sintonia com a moda que os parisienses estão usando. Muitas cores vivas – o verde cítrico está com tudo –, tecidos leves, estampas e vestidinhos curtíssimos. Isso é o que as francesas estão usando no país de Channel, Christian Dior e Givenchy e é essa tendência que vai invadir o Brasil depois que o inverno for embora. Como o mês das crianças está próximo, não poderíamos deixar também de falar no assunto. O terceiro editorial de moda da revista é totalmente dedicado a elas. Assim como uma reportagem especial, que mostra como o mercado de confecção infantil cresce a cada ano. Não é para menos, a vaidade da criançada cresce na mesma proporção que a dos adultos. Como a revista está cheia de glamour, decidimos então trazer a própria elegância para suas páginas. Ela atende pelo nome de Clô Orozco, dona da grife Huis Clos, a preferida da jornalista Marília Gabriela e da atriz Camila Morgado, que fala para a Mega sobre os seus 30 anos de trabalho. Para dar mais brilho ainda à edição, o designer de acessórios Carlos Alberto Sobral fala do seu sucesso, que há mais de duas décadas encanta a alta sociedade carioca e rende famosas parcerias internacionais, como a que fez com Valentino. Bem, agora só nos resta desejar a você uma boa leitura!

Produção de Moda Carol Tarsitano, Juliana Monteiro, Leila Maria, Lolô Aranha Tratamento de Imagens de Moda Vero Marketing Publicidade Diretor Comercial - Georges Schnyder R. Andrade Fernandes, 297 - Tel/Fax: 11-3023.5509 I m pr e s s ã o Plural Gráfica A revista MP é uma publicação dirigida exclusivamente a lojistas de moda de todo o país. Dúvidas, críticas e sugestões pelo e-mail: mp@megapolomoda.com.br A revis­ta não se res­pon­sa­bi­li­za pelos con­cei­tos emi­ti­dos nos arti­gos assi­na­dos. As pes­soas não lis­ta­das no expe­dien­te não estão auto­ri­za­das a falar em nome da revis­ta ou a reti­rar qual­quer tipo de mate­rial sem autorização emitida pela redação ou pela Mega Polo Moda.

carta.indd 12

7/20/07 10:12:08 AM


Untitled-1 1

7/19/07 3:39:20 PM


SUMário 8 RADAR • as Tendências dE verão ditadas na SPFW e no Fashion Rio 24 ÍCONES DA MODA • o guarda-roupa paulista de sete pecados 28 mercado infantil • dicas para conquistar um cliente muito especial 30 SUCESSO • A elegância da estilista Clô orozco 36 MODA verão • coleção do mega polo invade as ruas de paris 48 moda verão • microvestidos estampados dão o tom da estação 60 costura fina • os acessórios coloridíssimos de carlos alberto sobral 66 moda infantil • elAs vão de vestiDInho, eles pegam carona no estilo rapper

Sumario.indd 6

8

24

30

36

28

7/20/07 1:19:46 PM


48

60

66

78

82

88

78 vitrine • o cartão de visita da sua loja 82 medida certa • mulheres que vivem bem com os quilinhos a mais 88 espelho meu • o dia de uma cliente carioca no mega polo moda 92 GIRO NA CIDADE • clientes do mega polo descobrem a capital paulista 96 CALENDÁRIO • os eventos mais importantes de moda no brasil e no mundo 98 SEM PALAVRAS • a irreverência de john galliano

Sumario.indd 7

7/20/07 1:20:01 PM


O QUE ACONTECE EM MODA,BELEZA E ATITUDE AQUI E NO MUNDO

A

RADAR

andré lima

moda da próxima estação traz suavidade, romantismo, pureza e muitas cores. Azul-claro, verde-menta e militar, amarelo, branco e os tons terrosos e rosados vão alegrar as ruas nos dias quentes. O dourado e a prata continuam com força total. Os grandes hits da estação são os minivestidos e os shorts, calças e bermudas com corte de alfaiataria. A modelagem chega mais solta, com mangas em formato tulipa e franzidas no ombro, que dão um ar romântico às peças. A sensualidade vem das blusas de um ombro só, dos decotes tomara-que-caia e do comprimento das saias e vestidos, curtíssimos. Destaque para a cintura alta. Muita gente torce o nariz para a novidade, resgatada dos anos 80. Mas a tendência parece forte. Esteve presente nas coleções que os grandes estilistas brasileiros apresentaram recentemente nos dois maiores eventos de moda do país, a São Paulo Fashion Week e o Fashion Rio. É bom se acostumar.

radarRJFW.indd 8

Verãoemcores Vestido Kintah Sapato Spot Shoes Brinco Acessórios Urbhanos

7/20/07 10:21:45 AM


Isabela Capeto

9

Vestido No Logo Sapato Spot Shoes Carteira Cotton Colors Presilha Acess贸rios Urbhanos

radarRJFW.indd 9

7/20/07 10:22:01 AM


RADAR

forum

10

Blusa Pitanga Short Pitanga Cinto No Logo Sapato Kintah Bolsa Kintah

radarRJFW.indd 10

7/20/07 10:23:00 AM


Untitled-4 1

7/19/07 4:44:26 PM

S h o p p i n g M e g a P o l o M o d a R . B a r ã o d e L a d á r i o , 5 6 6 - 1 º p i s o - l o j a 1 9 7 B r á s S ã o P a u l o S P t e l 11 6 8 8 6 6 3 9 1 - s c a n d a l u @ h o t m a i l . c o m


RADAR

VR man Blusa Umen Calรงa Umen Cinto Umen

12

radarRJFW.indd 12

7/20/07 10:23:39 AM


Untitled-2 1

7/19/07 3:57:48 PM


RADAR

Zigfreda

14

radarRJFW.indd 14

Vestido Montaria Jeans Sapato Kintah Colar e pulseira Kintah

7/20/07 10:24:34 AM


Untitled-2 1

7/19/07 3:57:27 PM


RADAR

16 triton

Vestido Ano 21 Sapato Spot Shoes テ田ulos Triton Brinco e Colar Acessテウrios Urbhanos

radarRJFW.indd 16

7/20/07 10:32:29 AM


Untitled-2 1

7/19/07 3:58:24 PM


RADAR

RADAR

Rio salinas

18

Biqu铆ni Aurea Biquinis Bolsa Aurea Biquinis Pulseira Acess贸rios Urbhanos

radarSPFW.indd 18

7/20/07 10:34:12 AM


Untitled-2 1

7/19/07 3:59:05 PM


RADAR

20 Animale

Calテァa Montaria Jeans Sapato Spot Shoes テ田ulosTriton Pulseira Acessテウrios Urbhanos

radarSPFW.indd 20

7/20/07 10:34:46 AM


Untitled-2 1

7/19/07 3:59:36 PM


RADAR

22

Juliana jabour

Vestido Base Sapato Spot Shoes Colar e Brinco Acess贸rios Urbhanos Bolsa Cotton Colors

radarSPFW.indd 22

7/20/07 10:35:33 AM


TNG

23

Calça, camiseta e boné M@rtt e cinto Umen

radarSPFW.indd 23

7/20/07 10:35:54 AM


ícones da moda

Sotaque paulista

F OTO S : M A R CO S CO R A Z Z A | P R O D U Ç Ã O : L E I L A M A R I A

A

novela Sete Pecados é a cara de São Paulo. Não era para menos. O autor Walcyr Carrasco é paulista de carteirinha. A missão dos figurinistas da novela, Lessa de Lacerda e Lúcia Daddario, era a de retratar vários personagens da metrópole – de patricinhas a moradores da periferia, passando por taxistas e socialites. As roupas estão muito coloridas, com poucas estampas. A discrição de alguns personagens, como a do taxista vivido pelo ator Reynaldo Gianecchini, se contrapõe à sensualidade da protagonista Priscila Fantin, que abusa de decotes e pernas de fora. O Mega Polo Moda criou produções em cima do figurino de alguns personagens. Aproveite as dicas para você e para orientar melhor seus clientes.

priscila fantin

Blusa Kintah, bermuda Ducci, brinco e bracelete Acessórios Urbhanos

icones.indd 24

7/20/07 10:46:00 AM


CLAUDIA RAIA

Blusa Montaria Jeans, 贸culos Triton, sapato Spot Shoes e anel e brinco Acess贸rios Urbhanos

25

icones.indd 25

7/20/07 10:46:31 AM


ícones da moda

26

Reynaldo GIANEcchini E GIOVANNA ANTONELLI

Calça masculina Umen e camisa M@rtt. Blusa feminina Kintah, calça No Logo, sapato Spot Shoes e pulseira Acessórios Urbhanos

icones.indd 26

7/20/07 3:02:20 PM


MARCELO NOVAES E GABRIELA DUARTE

27

icones.indd 27

Camiseta e calรงa masculina Umen. Blusa feminina Penetras, calรงa Montaria Jeans, bolsa Cotton Colors, pulseira, brinco e presilha Acessรณrios Urbhanos

7/20/07 3:04:08 PM


mercado infantil

Tamanho PP, faturamento GG 28

As confecções brasileiras movimentam US$ 5 bilhões por ano. Especialistas dizem que o mercado poderia ser ainda maior se o lojista caprichasse mais no atendimento à criançada

Por Lílian Cunha

S

e você tem criança em casa – principalmente menina – já sabe. Ao contrário do que acontecia nos anos 70, 80 e até nos 90, quando ganhar roupa no aniversário era motivo para bico e choradeira, a garotada hoje não quer mais saber de brinquedos. O presente preferido são roupas, sapatos e acessórios. Graças ao fenômeno, o setor de moda infantil cresce em torno de 8% desde 2002 e movimenta cerca de US$ 5 bilhões por ano. Para garantir a demanda crescente, as grifes lançam um número maior de coleções e abusam da criatividade. Só existe um senão que pode emperrar esse aquecimento: o próprio lojista. "Grande parte dos estabelecimentos não tem preparo ou experiência em comércio. E o mercado infantil precisa de mais qualificação do que se pensa", diz Humberto Rebonato, diretor da Interfeiras Eventos, promotora da Feira Internacional do Setor Infanto-Juvenil/Teen. Em conseqüência disso, de cada dez lojas de artigos infantis que abrem todos os anos, oito fecham em menos de 24 meses. O maior gargalo da atividade é o atendimento. "A criança quer a opinião e a atenção da vendedora, e não a da mãe. Ela quer saber da vendedora se a roupa combina ou não. O palpite da mãe pouco conta", diz Rebonato. Rodrigo Santos, gerente da calçados Bical, um dos maiores fabricantes de sapatos infantis do país, concorda. Ele explica que a mãe só decide a compra para bebês e crianças de até os 2 anos. Entre 3 e 5 anos, a decisão é negociada, a partir daí, a escolha fica exclusivamente na mão da garotada. Os pais só pagam", diz ele. Portanto, vender para criança não é tarefa tão fácil. Ao contrário, é assunto para especialista. Que o diga a estilista Juliana Páffaro, da Pistache & Banana, grife infantil de Santa Bárbara do Oeste (SP). "A garotada está superligada com o que é moda, mais até do que muito vendedor por aí", diz ela, que também já trabalhou para Renner e C&A . É por isso, segundo ela, que a Pistache, assim como muitas outras empresas, não lançam apenas duas coleções por ano: inverno e verão. "São quatro coleções, com outros lançamentos intercalados o ano todo. A criançada quer novidade", diz ela. A mudança de comportamento das crianças fez o mercado se movimentar. Com novidades a todo momento, como querem os pequenos, a produção estourou. O segmento infantil é responsável pela fabricação de aproximadamente 1 bilhão de peças ao ano. “As meninas compram 70% de tudo o que é consumido nesse universo, confirmando a tendência dos lojistas em expor muito mais peças femininas em suas vitrines”, diz Rebonato. Lojas como a Nick Name, na Rua Melo Alves, em São Paulo, sabem disso. Para agradar a meninada e garantir as vendas, a butique não ficou só nas roupinhas. Criou um spa para

criancas.indd 28

crianças, com ofurô e até um salão de beleza com poltronas cor-de-rosa, e luzes nos espelhos, como nos camarins das estrelas da TV. Não é para menos. Segundo os psicólogos, a criança tende a imitar a mãe e as celebridades da mídia. Personagens que fazem muito sucesso, como a gatinha Hello Kit ou a japonesinha Puka, servem de inspiração. O curioso é que todas as crianças, independentemente da classe social, gostam mais ou menos das mesmas tendências. O que muda é a qualidade e o preço dos produtos. Bom para quem souber aproveitar. Afinal, dos 170 milhões de brasileiros, 38,9 milhões são crianças com idades entre zero e 14 anos. Um mercado para gente grande.

Os números do setor • O segmento de moda infantil ocupa

uma fatia equivalente a 15% do total do mercado de vestuário no Brasil. • Crescimento em média anual de 8% ao ano. • Aproximadamente 1 bilhão de peças infantis são produzidas anualmente. • Confecções para meninas representam 70% do total de peças vendidas. • Dos 170 milhões de brasileiros, 38,9 milhões são crianças com idades entre zero e 14 anos. • 80% das crianças brasileiras influenciam os pais no momento da compra. FONTE: Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção

7/20/07 1:39:27 PM


Pequenas peruas Luiza, uma linda mestiça de São Paulo, sabe que é bonita. E cuida de sua beleza: vai duas vezes por semana ao salão de beleza. Faz pé, mão, cachinhos no cabelo, e também gosta de fazer penteados com pequenas presilhas. O que surpreende, na história de Luiza, é que ela não é nenhuma modelo, nem mesmo uma moça ou adolescente. É apenas uma menina de 4 anos. Só que como a esmagadora maioria das meninas de hoje em dia ela também é "peruinha". O termo já virou moda e serve para designar as meninas que adoram rosa, têm uma superpreocupação com a aparência e não saem de casa sem se maquiar ou passar gel nos cabelos. "Eu sou perua, mas acho que a Luiza é pior", diz sua mãe, a enfermeira de 34 anos, Rosilene Geraldo Yamamura. "Ela não é muito de boneca, a não ser que seja a Barbie. O negócio dela é ficar experimentando várias roupas, a tarde toda", diz a mãe. "Quando ela termina, está superenfeitada. Olha para mim e pergunta: não fiquei linda, mãe?” Assim como Luiza, entre ir a um parquinho ou passar horas no salão de beleza, as meninas modernas ficam com a segunda opção. Tomar sorvete com a vovó ou ir ao shopping ver as vitrines e as últimas tendências da moda? Claro que ir ao shopping ganha disparado. Quando estão em casa, não brincam mais de casinha ou de escolinha. O negócio agora é pegar o salto alto das mães e fazer desfiles de moda imaginários. Aniversário em casa ou em buffet infantil? Isso é coisa para quem tem menos de 4 anos. Meninas como Luiza fazem festa no cabeleireiro e até em lojas de roupa. "As meninas querem ser mulheres cada vez mais cedo", alerta a psicóloga Isabelly Giotto. Para ela, o comportamento das

criancas.indd 29

Por que as meninas de hoje se preocupam tanto com a aparência?

29

peruinhas de hoje é normal. "Não há nada de errado na menina querer se vestir e se maquiar como a mãe. Copiar um modelo adulto é saudável, faz parte da infância." Mas porque as crianças de hoje são tão peruas e muito mais ligadas à aparência que as meninas de uma ou duas gerações atrás? Simples: porque as mães também são mais peruas, mais vaidosas e mais consumistas. "É pura questão de imitação", diz Isabelly. Mas as pequenas peruas de hoje – assim como as de ontem – não imitam apenas as mães. Na escola, por exemplo, a criança que não estiver em sintonia com as coleguinhas corre o sério risco de ficar isolada. Fora a pressão dos iguais, há um grande apelo das celebridades da mídia. "Isso também acontecia nos anos 80. Mas, naquela época, a mídia se restringia às novelas da Globo. Hoje, além das novelas, há a música, a internet, as revistas. Há muito mais celebridades para copiar. E as mais copiadas são as que mais aparecem, as mais glamorosas", diz Juliana Páffaro, estilista da grife infantil Pistache & Banana. Atualmente, qualquer garotinha de 6 anos sabe mexer na internet, tem páginas pessoais em sites de relacionamento como o Orkut (muitas têm até blog) e fala com os amiguinhos pelo Messenger. Todas conhecem – e sabem a letra de cor – músicas de bandas como Black Eyed Peas e de cantoras como Jenniffer Lopez, Beyoncé e Britney Spears. Elas adoram ir a shows, como o da banda mexicana Rebeldes, que atraiu 50 mil pessoas ao estádio do Morumbi, em 2005. Com toda essa bagagem, é natural que as meninas de hoje sejam superinformadas e tomem elas mesmas a decisão do que querem ou não comprar. O que fica ainda mais fácil se os pais não forem tão antenados como elas. Mas há um perigo nisso. "Criança não é um miniadulto", diz a psicóloga Isabelly. "Embora seja muito decidida, ela não tem discernimento para fazer suas próprias escolhas." Resta aos pais colocarem freios nessa história, mas sabendo que estão lidando com gente muita bem informada. "A chave é dizer não com argumento", diz a especialista.

7/20/07 1:39:29 PM


sucesso

chi c que por

excelência À frente da grife Huis Clos há 30 anos, Clô Orozco é a própria elegância. E condena a vulgaridade na moda brasileira Por Iva Oliveira |

fotos Joseti Capusso

30

Sucesso.indd 30

7/20/07 10:54:53 AM


i

A estilista e empresária Clô Orozco posa no showroom de sua fábrica em São Paulo

31

C

lô Orozco, ou Clotilde Maria Orozco de Garcia, fala com voz baixa e suave, caminha com passos comedidos e é elegante nos gestos. Até quando usa uma sandália da marca Havaianas, como a que aparece na foto, é chique. “Sou low profile”, admite ela, com a certeza de que também faz roupa – que leva a marca Huis Clos – para uma mulher discreta. Mas não irrite a estilista ao dizer que seus modelos são clássicos. “Faço roupa com conceito, inteligente, sem seguir os modismos”, define ela, há 30 anos no mercado brasileiro justamente por esse diferencial. “Não esperava chegar tão longe”, afirma Clô, ao fazer um balanço dessas três décadas. “As coisas foram acontecendo e me sinto realizada. Não acumulei riqueza. Até porque, no Brasil, infelizmente, só 2% da população consegue consumir moda”, diz. “Acho que se tivesse feito o meu trabalho num país desenvolvido teria mais reconhecimento e mais dinheiro, mas estou feliz assim.” “O próximo passo é exportar, mas ainda é muito complicado porque vou competir com designers que têm melhores condições em todos os sentidos, até mesmo no que se refere à matériaprima, ou seja, na qualidade dos tecidos e acabamento”, afirma ela. Porém, o caminho já foi aberto. “Tenho clientes fortes em Madri (Espanha), Boston e Chicago (Estados Unidos) e Londres (Inglaterra). Vendo em multimarcas nesses lugares”, conta.

Sucesso.indd 31

7/20/07 10:54:55 AM


sucesso

32 Sucesso.indd 32

7/20/07 10:55:22 AM


33

A sensualidade da mulher brasileira já está no seu tom de pele, no jeito de andar... Tenho achado tudo excessivo Clô Orozco COMEÇO POR ACASO Clô estudava Sociologia e Política na USP, gostava de Jean-Paul Sartre – tanto que o nome de sua grife é o mesmo de uma peça do filósofo –, era engajada politicamente e fazia camisetas de batique. Não imaginava que gostava de moda. “É engraçado porque, quando criança, adorava desenhar casas e não roupas”, diz, rindo. “Mas fazia aquelas plantas mesmo, com a divisão dos cômodos (risos). Deve ser por isso que as minhas peças hoje têm essa composição arquitetônica”, observa. “Minha mãe (Carmela) se espantava com os meus comentários. Quando a gente visitava alguém, eu ficava falando sobre a cor dos rodapés, da estampa da cortina...”, completa. Foi com a tia Lídia (irmã de sua mãe) que Clô começou de fato a costurar. “Ela e uma outra tia minha, a Mariquita, tinham um ateliê de alta-

Corte impecável e tecidos nobres são as marcas da grife Huis Clos

Sucesso.indd 33

costura na Rua Augusta (no bairro dos Jardins, em São Paulo) e aprendi com elas.” Clô chegou a ter uma loja com uma amiga na Rua Pamplona, também nos Jardins, antes de abrir a primeira Huis Clos na sofisticada Rua Doutor Mário Ferraz, no Itaim. Sempre irrequieta, Clô também estudou teatro na Associação Cristã de Moços (ACM), sem pensar, no entanto, em seguir carreira. “Era muito tímida e meu primo, Roberto Orozco (já falecido), me incentivou a fazer o curso. Mas, naquele tempo, era muito difícil sobreviver com o teatro e resolvi que não queria aquilo para mim”, afirma. De lá para cá, além da Huis Clos, a estilista criou outras etiquetas: a Maria Garcia, a Clô Orozco e a Huis Clos, (assim mesmo, com uma vírgula, para indicar pausa e diferenciar da grifemãe). “Tenho cinco lojas em São Paulo (em endereços badalados como a Rua Oscar Freire e Shopping Iguatemi), uma no Rio e outra em Brasília.” VULGARIDADE NA MODA Clô Orozco sempre leu na cartilha da famosa estilista Coco Chanel, para quem a sensualidade não está na rou-

7/20/07 10:55:27 AM


SUCESSO

34 Como a roupa da Huis Clos é muito clean, os acessórios ganham destaque

Sucesso.indd 34

pa, mas no gesto. “Por isso tenho o cuidado de fazer modelos que não caiam no vulgar. Nas minhas criações, um decote pode acontecer ou não. A roupa é que tem de provocar isso”, explica Clô, torcendo o nariz para a sensualidade forçada. Os decotes, nas peças de Clô Orozco, aparecem, na maioria das vezes, nas costas. “Acho o dorso feminino deslumbrante. Trabalhar as costas é mais inusitado. De repente, a mulher vira e aparece um decote lindo”, pondera. “Não que eu seja contra o decote na frente, mas ele tem de acontecer.” Na opinião da estilista, existe hoje uma vulgaridade na moda. “A sensualidade da mulher brasileira já está no seu tom de pele, no jeito de andar... Tenho achado tudo muito excessivo”, diz Clô, para quem as brasileiras têm-se aproximado das mexicanas. “Para mim, quanto mais cool, melhor.” A mulher contemporânea tem de estar vestida para todas as ocasiões, por isso precisa de uma roupa funcio-

nal, porém chique. “É aquele tipo de mulher que vai para o trabalho e tem uma vernissage ou coquetel à noite.” As celebridades que vestem Huis Clos Clô Orozco encontrou em personalidades como a apresentadora Marília Gabriela e a atriz Camila Morgado os modelos ideais para usar as suas criações. “Com a Gabi foi uma grande coincidência, porque ela já gostava da minha roupa e um dia, ao conversarmos, percebemos que a sintonia era perfeita”, conta Clô. “Admiro a Marília pela sua inteligência e a minha roupa cai muito bem nela. É uma mulher moderna, inteligente, cheia de vida, que não quer uma roupa clássica, que vai envelhecê-la, mas também não pode vestir uma roupa de garotinha, senão vai parecer boba.” “Camila Morgado combina com nosso estilo porque é uma atriz de personalidade, que escolhe os papéis que faz. Tem uma postura profissional interessante”, explica Clô. “Ela se identificou com a roupa e a gente achou bacana. Isso ajuda a firmar nossa marca”, conclui.

7/20/07 10:55:51 AM


Lojas_edicao_04.indd 96

7/20/07 3:00:20 PM


MODA VERÃO

36

UM

PARIS

PAPARAZZOEM

VERÃO, CALOR E A CIDADE LUZ A SEUS PÉS! E QUANDO

FOTOS: JORGE FIGUEIREDO S. | ESTILO: CAROLINA TARSITANO | PRODUÇÃO: EBONY | MODELOS DOUGLAS E JULIA (FORD)

a capital da moda, a ordem é valorizar as formas com calças skinny da cintura para baixo e abusar da sobreposição de peças soltas em tops de malha. Além disso, basta lançar mão dos óculos retrô, das sandálias exuberantes e das bolsas enormes, para que qualquer mulher se sinta uma legítima parisiense. Em combinações pra lá de chiques, as roupas do Mega Polo Moda foram à Europa passear às margens do Sena.

moda_1.indd 36

7/20/07 11:48:36 AM


VOCÊ MENOS ESPERA, UM ADMIRADOR ESTÁ À ESPREITA...

Julia veste calça jeans BY AND BY. Cinto, tênis, óculos e regata, vintage

moda_1.indd 37

7/20/07 11:48:41 AM


moda verão

38

Julia veste top listrado Idio’s Surf Line. Macacão, óculos e demais acessórios vintage são do acervo da produção

moda_1.indd 38

7/20/07 11:04:37 AM


39

moda_1.indd 39

7/20/07 11:04:39 AM


moda ver達o

40 moda_1.indd 40

7/20/07 11:05:31 AM


Julia veste camisa de cetim By and By e vestido Malagueta. Tênis e faixa do acervo da produção

moda_1.indd 41

7/20/07 11:05:32 AM


moda verão

Julia passeia na ChampsÉlysées com vestido CRZ e sandália Melissa. Cinto, pulseira e bolsa, do acervo da produção

42 moda_1.indd 42

7/20/07 11:06:05 AM


Calça jeans Edwin, vestido indiano e sandália escrava, do acervo da produção

moda_1.indd 43

7/20/07 11:06:07 AM


moda verão

44 Aqui a modelo veste bermuda jeans Dust, lenço Alexander Mcqueen, bolsa, tricô e sandália, do acervo da produção

moda_1.indd 44

7/20/07 11:06:40 AM


Julia usa vestido de cetim preto Pitanga, camiseta de malha Skenn, calça estampada de onça Union, acessório de cabeça Samuel Cirnanski, bolsa vintage e sandálias do acervo da produção Douglas veste camisa Cia. Ypslon, calça April 77 by Collete, tênis Vans, chapéu Missoni e gravata e cinto do acervo da produção

moda_1.indd 45

45

7/20/07 11:06:43 AM


moda verão moda_1.indd 46

Julia veste calça jeans Skenn, biquíni com detalhe em lurex Bambu, faixa de cetim Pitanga e cinto vintage dourado, do acervo da produção

46

Douglas veste camisa Cia. Ypslon, calça jeans Edwin e cinto de lona Kothos

7/20/07 11:07:11 AM


Untitled-1 1

7/19/07 3:24:25 PM


MODA VERÃO

UH FOTOS: JORGE FIGUEIREDO S. | ESTILO: CAROLINA TARSITANO | PRODUÇÃO: EBONY | MODELO GABRIELA DIANUI (FORD)

48

LA LÁ

ESTAMPAS GEOMÉTRICAS, CORES VIVAS E O DOMÍNIO DOS MICROS E MINIVESTIDOS SÃO A GRANDE SENSAÇÃO DA PRÓXIMA ESTAÇÃO EM PARIS OU AQUI

moda_2.indd 48

7/20/07 1:00:53 PM


Minivestido Q'LINDA, tênis REEBOK e pulseira do acervo da produção

moda_2.indd 49

7/20/07 1:01:01 PM


moda ver茫o

50 Microvestido Nabiran, 贸culos vintage

moda_2.indd 50

7/20/07 11:13:41 AM


Untitled-1 1

7/19/07 3:22:12 PM


moda ver達o moda_2.indd 52

Top Q'linda

7/20/07 11:14:00 AM


WWW.KITTENS.COM.BR

Untitled-2 1

7/19/07 4:13:08 PM


moda ver達o

54 moda_2.indd 54

7/20/07 11:14:22 AM


55 55

Maiô Aurea Biquinis, short Oficina & CO, tênis Diesel e viseira do acervo da produção

moda_2.indd 55

7/20/07 11:14:26 AM


moda ver達o moda_2.indd 56

7/20/07 11:14:48 AM


57 Vestido Collins

moda_2.indd 57

7/20/07 11:14:51 AM


moda ver達o Vestido Malagueta

moda_2.indd 58

58 7/20/07 11:15:06 AM


Untitled-1 2

7/19/07 3:48:39 PM


das

costura fina

mago Resinas Por Janaina Medeiros

Carlos Alberto Sobral fala sobre o sucesso de seus coloridíssimos acessórios em resina de poliéster que há mais de duas décadas fascinam o mundo da moda e rendem badaladas parcerias internacionais com Valentino, Agnès B. e Karl Lagerfeld

60 costura_fina.indd 60

|

fotos fernanda fernandes

C

inco lojas na cidade do Rio de Janeiro, duas nas turísticas Búzios e Paraty, sem falar em dois endereços em Paris. Franquias nos estados de Pernambuco e Natal e em Portugal. Distribuidores na Austrália, Nova Zelândia, Suíça, Alemanha, Itália, Inglaterra, Irlanda, Dinamarca e nos Estados Unidos. Essa é a extensão do império da Sobral, badaladíssima grife de acessórios em resina de poliéster que começou timidamente pelas mãos do premiado designer Carlos Alberto Sobral, 56 anos. Nos anos 70, ele vendia suas peças pelas ruas do Rio e queria ser grande. Mas nem ele imaginava chegar tão longe. Hoje presente em editoriais de moda das principais revistas do segmento no mundo, além de parcerias com grandes estilistas de renome internacional, a Sobral tem de recusar convites para ampliar ainda mais as suas fronteiras. Tudo para conseguir abastecer bem seus compradores e clientes com a produção semiartesanal de acessórios que acontece na Baixada Fluminense. Ainda mais a partir de 2008, quando pretende inaugurar duas filiais em São Paulo: uma no Aeroporto de Guarulhos, outra na elegante Rua Oscar Freire. Mas Sobral, o criador, não tem pressa em aumentar a Sobral, sua criatura. Está mais preocupado em dar vazão à inspiração para seus coloridíssimos colares, brincos, pulseiras, anéis, prendedores de cabelo e chaveiros disputados por fashionistas do mundo inteiro. Quem o vê na simplicidade dos gestos e do modo de se vestir dificilmente pode imaginar que se trata do Mago das Resinas, como é conhecido internacionalmente. Talvez seja esse o segredo do seu sucesso, acrescido da empolgação de um iniciante.

7/20/07 11:31:14 AM


Carlos Alberto Sobral: descoberta da resina de poliéster, na década de 70, norteou toda a carreira do designer carioca. A versatilidade da matéria-prima, derivada do petróleo, permite a criação de objetos que se confundem com a madeira, o marfim, o carvão...

61 costura_fina.indd 61

Nascido em Itaperuna (RJ) e criado em Nova Iguaçu (RJ), Sobral cursou somente um período da Faculdade de Belas Artes na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em 1976 encontrou uma paixão que mudaria a sua vida: a resina de poliéster. Derivada do petróleo, tem a grande vantagem de poder parecer-se com outros materiais, como pedra preciosa, madeira, marfim, carvão, âmbar ou baquelite. Ainda na década de 70 já atuava como ghost-designer das principais grifes de moda do Brasil. Em 1981, sem conhecer a língua francesa ou ter qualquer contato na França, resolveu partir para uma viagem de negócios a Paris. No ano seguinte estava lá novamente, dessa vez fazendo vendas que mudariam sua história. Uma delas para o designer Marc Labat – que mais tarde apresentaria Sobral ao estilista Valentino, o que rendeu uma parceria. Em 1988 e 1989 Valentino enviou sedas de suas coleções para Sobral, que a encapsulava na resina para fabricar os acessórios dos desfiles. Daí foi um passo para virar o novo queridinho da moda. Basta dar uma olhada no seu currículo: foram cinco prêmios L’Étoile de Mode do Salão Bijohrca – Éclat de Mode Paris, principal feira internacional de acessórios. Em 2001 abriu sua primeira filial em Paris e, desde então, conquistou definitivamente clientes no mundo todo com a brasilidade de suas peças. Por isso mesmo faz questão de morar no Rio e, três vezes por semana, reabastecer sua inspiração nas fábricas e lojas. Trocar experiências com funcionários, distribuidores e clientes é o principal termômetro para sua marca. Afinal, como o próprio Sobral lembra, moda não é ciência – e sim arte. Portanto, se deve sobretudo observá-la e senti-la, muito mais que defini-la.

7/20/07 11:31:22 AM


costura fina

62

Criatividade: num momento de crise, a grife decidiu reciclar resina e lançou a linha Pop Art, com peças como a banqueta (abaixo, à dir.), e vários acessórios

É com essa filosofia que o criador começa este ano um de seus maiores desafios: sua primeira coleção sincronizada com os lançamentos em Paris. Isso significa antecipar em mais de um ano as tendências que serão ditadas nas passarelas européias. Paralelamente, Sobral acaba de fechar com a prestigiada grife francesa Agnès B. o lançamento de um anel assinado por ele. E está em negociações adiantadas para firmar uma parceria com um dos maiores estilistas mundiais: Karl Lagerfeld, da Maison Chanel. Entre um telefonema e outro para Paris, Carlos Alberto Sobral nos recebeu na recém-inaugurada filial no bairro de Ipanema, no Rio, a terceira loja no bairro carioca. Confira. Como foi sua entrada no mundo da moda nos anos 70? Copiava as tendências da moda internacional, como todos. As pessoas chegavam do exterior e traziam as tendências. Ainda não tinha a minha marca própria e fazia coleção de acessórios para as principais marcas do Brasil. Era um ghost-designer e isso me ensinou. Cada um desses clientes que me encomendavam uma coleção eram grandes mestres. E entre estes, o Valentino, já nos anos 80. São duas lojas próprias em Paris e vários distribuidores e franquias pelo resto do mundo. Como controla e administra essa estrutura? O nosso contato é muito estreito. Tenho pouquíssimas pessoas. E eu nem tenho muita produção. Ela é semi-artesanal e feita em Nova Iguaçu. Então não adianta ficar só espalhando. Agora mesmo recusei um representante no Japão e outro na Espanha. De que forma esses representantes chegam até você? São pessoas que se apaixonam pelo produto, que vêem e querem trabalhar. E chegaram primeiro, chegaram quando a gente estava começando. Hoje tem aí uma fila, que nem anda. Só quando tiver produção suficiente para atender

costura_fina.indd 62

7/20/07 11:21:24 AM


63 à demanda desses que já estão comigo e houver sobra. Senão não tem por que colocar outro para criar problema. Em 1988 você faturou 1 milhão de dólares e, cinco anos depois, zerou seus lucros por causa da invasão de produtos chineses. Como driblou essa concorrência desleal? Essa concorrência me obrigou, como toda dificuldade, a criar músculos. Não posso fazer no preço deles porque a China tem práticas ilegais de trabalho. O único modo de competir contra essa estrutura é a criatividade. O talento é um diferencial. Sou obrigado a lançar novas coleções e a me reinventar. Para antecipar o que vai acontecer, você tem de colocar muito dinheiro e acreditar muito em si e no mercado.

costura_fina.indd 63

Hoje, com a internet, o mercado da moda está mais vulnerável a cópias? Quando era ghost-designer, o Brasil era um mercado muito fechado. As pessoas vinham do exterior e quem chegava primeiro com o modelo se tornava o seu dono. Assim era o mercado brasileiro. Mas ainda hoje tem muitos que posam de criador e a única coisa que fazem é copiar. Muitas vezes nem mudam a cor. Com a internet, copiam mais rápido ainda. Já aconteceu de encontrar uma cópia de peça sua em mercados populares do Rio e de São Paulo, como Saara, 25 de Março ou Brás? Ah, toda hora! Mas até acho um elogio. O meu jogo é outro, jogo na velocidade. Nem eu mesmo consigo copiar todo o mix de

7/20/07 11:21:31 AM


costura fina

64 produtos que tenho na loja. Se quisesse copiar tudo, não teria como. É uma estrutura cara, mas é forte. O meu grande salto a partir de 2001 foi lançar na França. Tive de antecipar as criações em um ano para dar tempo de produzir e acompanhar o calendário internacional da moda. E como chega essa informação do que vai ser tendência com as coleções daqui um ano? Acabei de contratar uma designer que se formou com o Lagerfeld e atua numa das maiores redes de bijuterias do mundo, que trabalha com um ano de antecedência. Mas moda não é ciência, moda é arte, não tem lógica e não há como se dizer qual exatamente vai ser a tendência. É um exercício de futurologia, não tem como se prever, você acerta em alguns e erra em outros. Quantas coleções lança a cada estação? Para pulverizar esse risco, que é enorme, assumo mais custos. E, em vez de criar uma coleção, crio normalmente dez coleções. Destas, duas ou três vão muito bem, duas ou três vão mais ou menos, e duas ou três vão mal. É comum a reedição de coleções antigas? As peças de ponta acabam virando clássicos e criam um acervo que estamos sempre repondo. Como a pulseira Senhor do Bonfim, a tiarinha, a linha Pop Art, o colar Mila, entre outros. São produtos que temos de ter sempre. E teve alguma linha que você não apostava muito e deu certo? Um sucesso inesperado foi o da linha Pop Art. Ela começou com a reciclagem da resina. Numa das muitas quebradas que tivemos, não tínhamos dinheiro para comprar resina nova e começamos a usar resina velha. Ela foi feita do lixo e virou um sucesso tão grande que hoje tenho de produzir lixo para fazer

costura_fina.indd 64

Artista ouve os clientes para criar peças exclusivas, como a cadeira acima

essa linha. Mas, na época, era o lixo que havia. E era só o que tínhamos. E isso acabou reerguendo a empresa. Por que está na contramão do mercado e não investe em lojas de shopping? Fiquei meio traumatizado com shopping. Tive uma experiência no Iguatemi do Rio Grande do Sul, da qual não gostei. Hoje sou até convidado por vários shoppings que querem a minha loja, mas tenho outras prioridades. Acho que o aeroporto me serve melhor. A violência não te intimida a ter loja em rua? No Rio nunca quebraram a minha vitrine. Em Paris, com as recentes manifestações socialistas pró-Ségo-

7/20/07 11:21:58 AM


65 lene deram uma pedrada lá e quebraram. Vivo no Rio e sei como é essa violência. Mas sei o quanto a mídia aumenta. Violência acontece em todas as cidades do mundo. O que o diferencia dos outros criadores? O criador em geral é muito ciumento com suas criações, eu não. Se você me der uma boa idéia, vou agradecer e colocar em marcha. E é por isso que a coleção fica boa. Porque eu escuto. Escuto quem vende, quem compra, todo mundo. Se você não conversa com o outro, não descobre certos detalhes. Por exemplo, aqui no Brasil a nossa tiara é um sucesso. Nunca vendi nenhuma na França. Sabe por quê? Porque o cabelo da francesa é muito fino. Elas não querem que diminua ainda mais o volume. Como ia descobrir se não escutasse? E qual o diferencial da resina de poliéster? A tendência da moda é sempre um

mistério. A resina esteve muito em moda quando comecei. Depois saiu de moda, de 1990 até 2000, mas continuei fabricando. Fiquei sendo quase que o único fabricante porque todo mundo desistiu. Sempre fui apaixonado pela resina, acho que é impossível fazer acessórios mais belos sem ela. A resina tem um toque, um charme e um acabamento que nenhum outro plástico tem. A brasileira sabe usar acessórios? Apesar de todas as mazelas, o brasileiro sabe enfeitar-se de modo elegante e alegre. Mesmo quando abusa, sabe fazer. Até mesmo pela nossa miscigenação, acaba dando um caldo muito interessante. Desde que cheguei em Paris, mesmo antes de fazer um negócio mais qualificado, eles percebiam que tinha o sol do Brasil, que tinha a alegria do Brasil dentro daquele trabalho. Eles fazem As peças coisas muito chiques e finas, mas têm aquele olhar austero. do artista abusam das formas e das cores

Então essa brasilidade seria mais um valor agregado à marca Sobral? Exatamente. Para você fazer esse salto de planejar a moda para daqui a um ano e meio, só informação e estudo não resolvem. Porque você está fazendo o que ainda não existiu. Então é obrigado a realmente acreditar em si mesmo. É uma questão de fé, religiosidade e, até, da sorte e intuição. E quem é que dá essas respostas? A nossa cultura. Quais são os próximos passos da Sobral na moda internacional? Estou fazendo uma coleção com uma grife muito importante na França, a Agnès B. Acabei de fazer um anel e vamos assinar juntos. E estou para fechar um acordo com o Lagerfeld. Agnès B. já está certo, o anel já está seguindo e deve estar no mercado na próxima estação. E o Lagerfeld está 99% certo de assinarmos juntos. Como garante a qualidade das peças que produz? Cuidando do bem-estar da minha equipe. São 130 funcionários que contam com médicos, acupuntura, shiatsu, aulas de dança de salão, cursos de línguas (inglês e francês), plano de aposentadoria e auxílio na aquisição da casa própria. A nossa produção é semi-artesanal e o trabalho manual é imprescindível. Para chegar ao nível de qualidade que temos, não adianta um inspetor de qualidade. Tem de ter uma equipe envolvida e que ama o que faz. E o jeito de fazer amar não é com palavras vazias. Você tem de dar retorno. Não custa tanto em termos de investimento, aumenta a produtividade e ainda dá um prazer humano imenso.

costura_fina.indd 65

7/20/07 11:22:05 AM


MODA INFANTO-JUVENIL Isabela usa blusa de meia-malha Club Soda, legging Maria Mole e sandรกlia de plรกstico 775

moda_criancas.indd 66

7/20/07 11:35:23 AM


A

CORES BRINCADEIRADAS

FOTOS: WELISON CALANDRIA | ESTILO: LOLÔ ARANHA | MODELOS CAROL, ISABELA E CAIO

VERDE, ROSA, AZUL E LILÁS INVADEM AS VITRINES INFANTIS. OS MENINOS VÃO CURTIR A INFLUÊNCIA DOS RAPPERS NAS ROUPAS. AS MENINAS VÃO ADORAR O CONFORTO DOS LEGGINGS E DOS VESTIDINHOS SOLTOS

moda_criancas.indd 67

7/20/07 11:35:27 AM


MODA INFANTO-JUVENIL

68

Caio usa camiseta de malha e colete de moletom com capuz Pitukinha, calça de sarja Alphabeto e tênis, acervo da produção

moda_criancas.indd 68

7/20/07 11:35:49 AM


69

Carol usa conjuntinho de blusa de algodรฃo e calรงa de sarja Maria Mole, cinto e acessรณrios Newdecy e sandรกlia de plรกstico 775

moda_criancas.indd 69

7/20/07 11:35:52 AM


MODA INFANTO-JUVENIL Caio usa conjunto de bermuda e camiseta Pitukinha e tênis, acervo da produção. Carol usa calça de sarja e blusa de algodão Alphabeto e sandália 775

moda_criancas.indd 70

7/20/07 11:36:16 AM


71 moda_criancas.indd 71

7/20/07 11:36:20 AM


MODA INFANTO-JUVENIL Caio usa conjunto de camiseta de malha, camisa de algodão e bermuda Peepoca e tênis, acervo da produção

72 moda_criancas.indd 72

7/20/07 11:36:37 AM


73

Isabela usa vestidinho estampado de tricoline de algodรฃo PICCHU BABY, bermuda ciclista de lycra verde Shemil, bolsa NewDecy e sandรกlia de plรกstico 775

moda_criancas.indd 73

7/20/07 11:36:40 AM


MODA INFANTO-JUVENIL moda_criancas.indd 74

74 Caio usa camiseta de malha e camisa de tricoline de algodão ALPHABETO com bermuda de sarja PITUKINHA, tênis do acervo da produção. Isabela usa conjuntinho de algodão e sarja ALPHABETO, sandália 775

7/20/07 11:36:58 AM


75

Carol usa vestidinho princesa balone rosa de viscose e tiara e chinelinho NEWDECY

moda_criancas.indd 75

7/20/07 11:36:59 AM


MODA INFANTO-JUVENIL

Carol usa um conjuntinho de blusa lilás e calça de algodão CLUB Soda, pulseira de elástico e fitas de cetim Newdecy e sandália de plástico 775

moda_criancas.indd 76

7/20/07 11:37:24 AM


BiR么 EXPRESS Untitled-3 1

MEGA POLO MODA

Ala Polo - 2潞 Piso - Loja 240 Tel.: (11) 6618-2972 7/19/07 4:40:15 PM


vitrines

78

Garantia

vendas

Por Iva Oliveira

boas

de

Saber expor os produtos de sua loja é mais do que meio caminho andado para que o consumidor entre e compre

Q

ue atire a primeira pedra quem nunca passou horas andando num shopping olhando vitrines. E também quem consegue sair de lá de mãos vazias. A maioria sempre acaba comprando alguma coisa. “Uma boa vitrine é responsável por 50% a 70% da venda”, diz Heloisa Omine, docente de Comunicação Integrada e Visual Merchandising do curso de Vitrinismo do Senac São Paulo. Concorda com ela o instrutor do curso de Decoração de Vitrine do Senac de Curitiba (PR), Agnaldo Yansen, vitrinista há mais de 20 anos. “Se o consumidor parar na frente da vitrine, 50% da venda já está garantida”, afirma Yansen. Os outros 20% vão depender de como a vitrine foi montada.

vitrines.indd 78

Uma boa vitrine é responsável por até 70% das vendas

7/20/07 11:40:38 AM


79

Quanto mais variedade de produtos expostos, melhor

“A vitrine é o resumo da loja, as principais propostas têm de estar lá, bem como a maneira de usar as peças”, ensina Heloisa Omine. “Pode-se colocar, por exemplo, uma camiseta ou camisa com o casaco por cima.” Mas, mais importante que isso, é a variedade dos produtos. “Quando olha para uma vitrine, o cliente tem de ter a sensação de que vai encontrar tudo o que precisa naquela loja”, afirma Heloisa. Aprofundando-se na questão, o proprietário do Arena Bureaux de Estilo, Norberto Arena, lembra das mensagens que devem estar embutidas numa vitrine. “O cliente pensa assim: este cara está entendendo os meus desejos, está vendendo o que eu estou querendo comprar?”, observa o estilista. “Quando o consumidor quer muito alguma coisa, não se preocupa com o quanto custa”, acredita. O bom profissional de vitrinismo deve acompanhar as tendências de moda e trabalhar com o tema da estação. “Ele deve observar as cores, atitudes, sensações e trabalhar o design de acordo com isso. Não basta colocar uma foto atrás dos manequins”, ensina. “O vitrinista tem de estar atento ao ambiente do tema para poder escolher os objetos que vai usar. No próximo verão, por exemplo, vai aparecer muito a África. O vitrinista bem informado sabe que é o deserto africano com seus camelos e não o leopardo, a exuberância.”

vitrines.indd 79

Como fazer

“Basicamente, uma boa vitrine tem de ter um tema; ser verbalizada (indicar preços, promoções, condições de pagamento etc.); ter decoração adequada com a estação ou com uma data especial (ex: Dia das Mães, Natal); foco de atração através de um banner; iluminação clara; e ser trocada regularmente”, resume Agnaldo Yansen. Heloisa Omine assina embaixo as dicas do colega. Lembra ainda do cuidado com os manequins, que devem estar sempre em bom estado de conservação, as cores que devem ser usadas na decoração e a forma: bidimensionais (aquelas que são abertas atrás) e tridimensionais (fechadas).

7/20/07 11:40:43 AM


vitrines

“Hoje usa-se muito o fundo vazado para que o consumidor enxergue a loja como um todo. Um bom recurso é o fundo móvel, que pode ser utilizado em lançamento de coleção ou em liquidações, quando é bom fechar. Passados cerca de 15 dias, ele pode ser retirado”, diz a professora. “Para vitrines temáticas (como Dia dos Namorados) também é conveniente que se feche.” O brasileiro costuma gostar mais de vitrines abertas porque, como se diz popularmente, tem os olhos na ponta dos dedos. As lojas usam tanto vitrine com fundo fechado como aberto

vitrines.indd 80

Sofisticado x popular

Uma boa vitrine deve atender às necessidades do cliente. “Vitrine tem de vender”, reforça Agnaldo Yansen. Por

isso, o perfil do consumidor deve ser analisado em primeiro lugar. “As vitrines populares podem ser mais carregadas – ter papel picado, por exemplo”, ensina Yansen. Já as mais sofisticadas são mais limpas. Para confirmar essa teoria, basta dar uma volta na Rua Oscar Freire, em São Paulo, uma das mais fashions do país. A maioria das vitrines expõe os produtos sem muito rebuscamento. Há, até mesmo, como no caso da Clube Chocolate, vitrines fechadas. “Sou vitrinista da loja há três anos. Trabalho o conceito de acordo com a história da coleção. A arquitetura da vitrine foi concebida para dar a impressão de que lá dentro o consumidor vai encontrar um outro mundo”, explica Maria Rocha Miranda, vitrinista

7/20/07 11:41:06 AM


É SEMPRE BOM LEMBRAR...

Iluminação é fundamental e a vitrine tem de ser versátil. O ideal é ter spots flexíveis que mudam a direção, ora para o piso, ora para o teto. Nunca voltar o spot para o vidro, para não ofuscar a visão do cliente, e nunca deixar lâmpada queimada. Manequim é essencial para mostrar o caimento da roupa e pode influenciar o cliente a levar mais peças. O manequim deve ter um bom estado de conservação: não pode estar descascado e sua aparência tem de ser boa. As pessoas se projetam nos manequins. Na medida do possível, o manequim deve trazer a exposição completa das roupas e acessórios (bolsa, sapato, cinto). O piso tem de ser avaliado porque os modelos não podem ser expostos diretamente do chão. Pode haver necessidade de colocar um suporte mais alto, de cerca de 40 centímetros. Também pode-se optar por colocar um pedaço de tecido embaixo como um tapete. Cores: se as peças expostas na vitrine são em cores neutras, podese abusar dos tons na decoração e vice-versa. Neste inverno, por exemplo, muitas lojas exploraram o tema dos anos 80, que já possui muito brilho. Então, o fundo deve ser neutro, um pouco mais para o escuro. O mesmo conselho se aplica para as formas geométricas.

a brasileira Sylvia demetresco, autora de Vitrinas entre – vistas, leva o know-how brasileiro para paris

81

da sofisticada marca. “Acho que no caso da vitrine fechada fica mais fácil criar um cenário, uma história”, completa. A grife espanhola Zara foi citada pelos entrevistados como um bom exemplo de vitrine. “Ela é feita de forma assimétrica e é trocada com bastante freqüência”, observa Yansen. “A Renner também tem investido bastante em vitrine”, afirma Heloisa Omine.

VitriNES MuNdo afora

Sylvia Demetresco, doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), é um dos nomes mais respeitados quando o assunto é vitrinismo. Não só na teoria, mas na prática também. Mesmo morando na França, Sylvia continua criando vitrines para muitas empresas brasileiras e multinacionais. No seu currículo estão as vitrines no Brasil e no exterior dos relógios Rolex e Natura em Paris. E em São Paulo Rhodia, Santa Marina, Santista, Bunge, Avon, Relógios Dumont, entre muitas outras.

vitrines.indd 81

7/20/07 11:41:15 AM


MEDIDA CERTA

“Todos têm algo de bonito, basta conseguir reconhecer e se aproveitar disso com muito charme” Tatiana Szeles, chef de cozinha

82

materia_gordinhas.indd 82

7/20/07 11:51:23 AM


ELAS NÃO CABEM NOS MOLDES DE BELEZA IMPOSTOS PELO MUNDO DA MODA. MAIS CHEINHAS QUE O CONVENCIONAL, DESAFIAM REGRAS E DÃO UMA AULA DE COMO VIVER BEM SEM TER DE SEGUIR A CARTILHA DOS OUTROS

MULHERES DE

VERDADE POR DENISE RAMIRO | FOTOS SERGIO COIMBRA

Q

ual o segredo do filme Diário de Bridget Jones, um dos maiores sucessos de bilheteria dos últimos tempos? Simples, ele fala de uma mulher real, aquela que a gente vê na rua, no cinema, no metrô, no supermercado, em qualquer lugar. Aquela que come uma massa com gosto e encara uma feijoada com caipirinha no fim de semana sem nenhuma culpa. Mas o que mais seduz o público feminino na história é o fato de que mesmo cometendo todos esses “pecados”, a protagonista, interpretada pela atriz Reneé Zellweger – ela engordou 14 quilos para fazer o papel –, ainda se dá bem no final. Com seu jeito autêntico, às vezes meio neurótico, consegue colocar dois pretendentes aos seus pés. Conto de fadas? Pode até ser, mas levanta a moral da mulherada que vive brigando com a balança. Ou seja, a maioria de nós.

materia_gordinhas.indd 83

7/20/07 11:51:25 AM


medida certa

De olho nesse universo promissor das mulheres “normais”, a marca de produtos de beleza Dove resolveu levantar essa bandeira. A idéia tomou corpo a partir de uma pesquisa encomendada pela empresa, em 2004, com a intenção de desvendar o que as mulheres pensam sobre a beleza. Depois de ouvir 3.200 mulheres de dez países, entre 18 e 64 anos, ficou surpresa com o resultado. “A maioria das mulheres está satisfeita com sua vida e seu bem-estar e não busca necessariamente um padrão de beleza estabelecido”, diz Natalie Kochmann, gerente de marketing da Dove. Com as informações em mãos, a multinacional americana lançou uma campanha mundial com mulheres de verdade, deixando de lado as lindas e maravilhosas modelos que desfilam pelas passarelas internacionais e estampam as mais conceituadas revistas de moda. Resultado: explosão de vendas em Nova York, Londres, Paris e no Brasil, onde a venda de produtos Dove superou os 200%. “A campanha é um sucesso por refletir a realidade da verdadeira mulher moderna, que vive, trabalha, educa os filhos e gosta de se sentir bonita do jeito que é”, diz o brasileiro Sérgio Amado, chairman mundial da Ogilvy, agência de publicidade responsável pela campanha internacional da Dove. Ao interpretar de forma tão bem-sucedida a alma feminina, a Dove chegou como um contraponto à ditadura da magreza imposta pelo mundo da moda, que só faz as mulheres de verdade sofrerem. A sommeliere paulistana Eliana Araújo é uma das vítimas. Ela conta que durante oito anos tirou todos os espelhos de casa, até os de maquiagem, sem conseguir encará-los. Até que um belo dia

84 materia_gordinhas.indd 84

7/20/07 11:44:26 AM


85

“Nunca fui insultada por ser gordinha. Ao contrário, sempre namorei os homens que eu quis. ” Carolina Miranda, produtora

materia_gordinhas.indd 85

7/20/07 11:44:51 AM


MEDIDA CERTA

86

“Seria legal conseguir entrar numa Forum da vida e poder sair de lá com uma roupa” Eliana Araújo, sommeliere

materia_gordinhas.indd 86

7/20/07 11:45:59 AM


Eliana abriu o elevador do prédio onde mora e deu de cara consigo mesma. O condomínio havia decidido colocar um espelho ali. “Tomei um choque. Vi uma mulher e não mais uma adolescente”, lembra. Mas isso tudo valeu para que a sommeliere voltasse a se gostar e a mudar de vida. Trocou de profissão – depois de trabalhar com estética e informática, se encontrou no mundo dos vinhos – e passou a se produzir melhor. Uma tarefa árdua. Afinal, poucas grifes têm peças em tamanho fora do padrão. “Seria legal conseguir entrar numa Forum da vida e poder sair de lá com uma roupa”, diz Eliana. “Ainda não temos a compreensão do pessoal da moda.” Carolina Miranda, 33 anos, que o diga. Produtora de gastronomia e de moda, quando não está criando uma mesa maravilhosa está vestindo mulheres magérrimas com roupas que não encontra no seu manequim 44/46. “A mídia influencia na ditadura da magreza e isso tem de mudar. Existem pessoas obesas no mundo todo. Acho que já mudou um pouco, as mulheres não têm mais vergonha de pedir uma calça 48”, diz Carolina. “Mas ainda falta roupa transada para as gordinhas. A moda é muito senhora, muito careta. Não existe cinto para a cintura da gordinha”, queixa-se. Carolina conta que sempre foi gordinha e ficou neurótica uma época por isso. Tomou muito remédio, inclusive injeção de enzima, que quase lhe custou todos os dentes da boca. Até que há seis anos uma fatalidade – sua mãe teve leucemia e morreu em dez dias – mudou a sua forma de pensar. Carolina abandonou os regimes radicais e agora acha que

o importante é ter saúde e encontrar a felicidade. Ela garante que é feliz com seus 77 quilos e 1,61 metro de altura. “Nunca fui insultada por ser gordinha. Ao contrário, sempre namorei os homens que eu quis. Acho que como a gente come mais carboidrato, fica mais caliente (risos).” É dessa forma que a badalada chef de cozinha Tatiana Szeles lida com os quilinhos a “mais”. Ela acha uma “bobagem” a ditadura da magreza. “Todos têm algo de bonito, basta conseguir reconhecer e se aproveitar disso com muito charme”, ensina. No caso dela,

os cuidados maiores vão para o cabelo. “Gosto muito de transar o meu cabelo de maneira diferente, assim como caprichar nos acessórios, como cinto, tênis, colares, brincos, relógios...”. Preconceito? Ela diz que não tem problema com isso. Mas lembra com humor o dia em que estava numa agência dos Correios e a atendente perguntou se ela estava grávida. “Fiquei branca e chocada”, conta. Mas tudo foi contornado quando Tatiana percebeu que estava na fila especial para grávidas, idosos etc. Depois do equívoco, tudo voltou ao normal. Ou melhor, ao não-convencional.

87

materia_gordinhas.indd 87

7/20/07 11:46:17 AM


ESPELHO MEU

UM DIA NO

MEGA POLO MODA CLIENTES DO MEGA POLO MODA REVELAM SEU TALENTO COMO MODELOS E POSAM PARA O NOSSO FOTÓGRAFO NUM INTERVALO DAS COMPRAS

PAULA ROSALBA VESTE ROUPAS DA GRIFE REGINA SALOMÃO • MAQUIAGEM: ALEX CARDOSO • FOTOS: JOSETE CAPUSSO

A

cada dois meses, a carioca Paula Rosalba vem fazer compras no Mega Polo Moda para abastecer sua loja no Rio de Janeiro, localizada na Barra, um dos endereços mais cobiçados da Cidade Maravilhosa. “Costumo ficar dois dias. Aí durmo no hotel do Mega Polo”, conta. No shopping, ela tem um atendimento diferenciado, que vai do transporte e almoço gratuito ao direito de ter uma atendente sempre a seu lado. No caso, a simpática Beatriz Moreira, a Bia. “Tenho a loja no Barra Garden há nove anos e aqui costumo encontrar tudo que preciso. Até a Rede Globo me procura para pegar roupas. Eles usaram uns vestidos para o quadro Dança dos Famosos do Faustão”, fala Paula, empolgadamente. Descontraída, Paula diz que tem intuição, que entra numa loja do Mega Polo Moda e já sabe quais os itens que vão vender. Adora comprar vestidos de noite para as suas clientes e diz que fazem o maior sucesso.

espelhomeu.indd 88

7/20/07 12:01:30 PM


Paula Rosalba tem “olho clínico” e sabe as peças que vão vender. No detalhe, short de Regina Salomão

w

Sempre atenta, a cliente do Mega Polo confere as tendências e compara com as peças da marca Lia Rabelo

espelhomeu.indd 89

89

7/20/07 12:01:51 PM


ESPELHO MEU

Paula gosta das estampas psicodélicas da CVL Jeans e do casaquinho da Santíssima

Ao centro, com a atendente Bia. À esquerda, pausa para o almoço no restaurante Theodora e olhando vitrine da AHA (acima, à dir.) e cuidando do visual no Ricardo Ganzarolli Estética e Cabelo

espelhomeu.indd 90

7/20/07 12:02:47 PM


Hora de ir embora: a cliente deixa o hotel do Mega Polo e pega a van do shopping rumo ao aeroporto

91

espelhomeu.indd 91

7/20/07 12:02:54 PM


GIRONACIDADE

O QUE São paulo oferece de melhor

A guia e as clientes do Mega Polo passaram por uma sessão de beleza, passearam pela cidade e jantaram no restaurante Spadaccino

São Paulo é brilho, cultura e gastronomia. Prazeres

Uma noite na capital paulista 92 gironacidade.indd 92

A

vida dos guias e clientes do Mega Polo Moda não é fácil, afinal eles viajam às vezes mais de 30 horas para chegar ao centro de compras, em São Paulo. Porém, sempre sobra um tempinho para o lazer. “Eu gosto de sair. Já fui assistir ao Fantasma da Ópera, no Teatro Abril, e a algumas churrascarias”, contou a guia Soraia de Souza Menezes, de Itabuna (BA), que participou do Giro desta edição. O passeio estava marcado para ter início às 19 horas, mas, antes, Soraia, Aracy Souza, Tatiane Silva e Maria Rita de Cássia Gualberto passaram por uma sessão de beleza. Claro que se atrasaram! Todas deram um tapa no visual no salão Ricardo Ganzarolli Estética e Cabelo, no Mega Polo, sob os cuidados do próprio Ricardo, do maquiador Edson Ázara e dos cabeleireiros Gláucia Souza Brito e Marcos de Almeida. O passeio começou pelo Theatro Municipal, iluminadíssimo à noite. Depois seguiu para a Rua Avanhandava, uma travessa da Rua Augusta, no centro da cidade, que se transformou num charmoso boulevard. A Avenida Paulista não poderia faltar no roteiro, nem o Museu de

7/20/07 12:06:57 PM

q


93 Abaixo, da direita para a esquerda, Tatiane Silva, Aracy Souza, Maria Rita de Cássia e Soraia Menezes se divertem no Masp. Ao lado, em frente ao Municipal

que uma guia e três clientes do Mega Polo Moda experimentaram com curiosidade Arte Moderna de São Paulo (Masp). E, para fechar, um delicioso jantar no ristorante e rosticceria Spadaccino, na Vila Madalena. Serviço Theatro Municipal: Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Centro. Tel.: (11) 3223-3022/Bilheteria: (11) 3222-8698. Não deixe de ver: Balé da Cidade de São Paulo, a partir de 16/8. Ingressos: R$ 5 a R$ 15. Masp: Avenida Paulista, 1578. Tel.: (11) 3251-5644. Não perca: Exposição Toulouse-Lautrec – O artista do instante. Ingressos R$ 15 e R$ 7 estudantes (UNE, Umes) – Clube Folha: R$ 7 – Clube do Assinante do Estadão: R$ 7 – grátis para menores de 10 anos e maiores de 60. Informações sobre horários no site masp.uol.com.br Ristorante e Rosticceria Spadaccino: Rua Mourato Coelho, 1267, Vila Madalena. Tel.: (11) 3032-8605. O melhor da culinária italiana. Aberto de segunda a sábado das 10 às 21 horas e aos domingos até 14 horas. Créditos roupas: Aracy Souza veste roupas da Girraz. Maria Rita de Cássia veste blusa e legging da Babita. Tatiane Silva veste Pitanga. Soraia veste blusa e calça da Ano 21.

gironacidade.indd 93

7/20/07 12:07:18 PM


mega polo

Confira as novas LOJAS inauguradas no Mega Polo Moda 3ª Visão – 211 – 2o Polo – 3311–2708 Alphabeto – 425/426 – 4o Polo – 3311-2955 / 3311–2945 B Rock Jeans – 036 – Térreo Polo 3311–2812 Contemporânya – 307 – 3o Polo – 3311–2887 Cor da Pele – 140 – 1o Polo – 3311–2838 Curt'isso – 063 – Térreo Mega – 6886–6313 Dilary – 312 – 3o Polo – 3311–2892 Dog Leg – 240 – 2o Polo – 3311–2879 / 6618–2972 Ellen Brook – 263 – 2o Mega – 6886–6407 / 6886–6586 Ester Esteves – 335 – 3o Polo – 3311–2925 / 6693–9999 Eva Bella – 095– Térreo Mega – 6886–6339 / 6886–6518 Girraz Plus – 303 – 3o Polo – 3311–2883 GTV – 438 – 4o Polo – 3311–2968 Iconos – 160 – 1o Polo – 6886–6354 / 6886–6534 lorane – 237/238 – 2o Polo – 3311–2876 / 3311–2877 K' Bags – 434 – 4o Polo – 3311–2797 Kintah – 026 – Térreo Polo – 3311–2779 / 6618–1404 Kittens – 097 – Térreo Mega – 6886–6341 / 6886–6520 Nina Menina – 432 – 4o Polo – 3311–2962 / 6695–1042 Nino Daniele – 005 – Térreo Polo – 6291–2988 Peep Girls – 034 – Térreo Polo – 3311–2787 / 6694–0435 Peepoca – 420 – 4o Polo – 3311–2950 / 6692–9161 Pitanga – 297 – 2o Mega – 6886–6439 Santa Argola – 221 – 2o Polo – 3311–2860 / 6693–1453 Signs – 116 – 1o Polo – 3311–2814 Skenn – 413/414 – 4º Polo – 3311–2945 / 3311–2946 Swayze – 102 – 1o Polo – 3311–2776 / 6695–1465 Sweet Girls – 423 – 4º Polo – 3311–2953 Thamidi – 255 – 2o Mega – 6886–6398 / 6886–6578 Trip Side – 065 – Térreo Mega – 6886–6315 / 6886–6487 Union – 190 – 1o Mega – 6886–6384 / 6886–6564 VLC – 130 – 1o Polo – 3311–2828 Yeda Nolasco – 318 – 3o Polo – 3311–2898 Em Breve no Mega Polo Moda Amapola – 159 – 1o Mega Biotipo – 272 – 2o Mega Brazilian Fit – 338 – 3o Polo Buzzy – 210 – 2o Polo Denúncia – 178 – 1º Polo Exuberance – 339/339A – 3o Polo Ixia – 137 – 1o Polo K–695 – 290 – 2o Polo Lady Rock – 117 – 1o Polo Luxo – 002 – Térreo Polo Moranguinho – 431 – 4o Polo Side Way – 151 – 1o Mega Suris – 326 – 3o Polo Trimix – 021 – Térreo Polo Lojas 775 – 428 – 4o Polo – 6096–5438/6692–9318 775 Eyewear – 169 – 1o Mega – 6886–6363 Abside – 319A – 3o Polo – 6693–6613 Absolutti Tricot – 179 – 1o Mega – 6886–6373 Acessórios Urbhanos – 292 – 2o Mega – 6886– 6434/6886–6716 Adjiman – 133 – 1o Polo – 6618–2549/6292–9994 AHA – 123/124 – 1o Polo – 6693–4800/6698–5361 Aktoo’s – 057 – Térreo/Mega – 6886–6307/6886–6479

Lojas_edicao_04.indd 94

Aktuell – 217 – 2o Polo – 6695–1172 Alan Terrier – 239 – 2o Polo – 6096–5552/6096–4337 All Large Fashion – 295 – 2o Mega – 6886–6437/6886–6719 Amarras – 208 – 2o Polo – 3311–2847/3311–2901 Andrad’s Acessórios – 315 – 3o Polo – 6096–3997 Ângela Junqueira – 320 – 3o Polo – 3311–2910 Anistia – 257 – 2o Mega – 6886–6401/6886–6580 Anjo D’Água – 411 – 4o Polo – 3311–2943/6693–7626 Ano 2I – 222 – 2o Polo – 3311–2861/6694–7641 Ano 2I – 299 – 2o Mega – 6886–6441/3329–9699 Apnéia – 407 – 4o Polo – 3311–2939/6692–3212 Área – 101 – 1o Polo – 6695–9519 Áurea Biquínis – 216 – 2o Polo – 6693–4680/6096–7835 Babita – 324 – 3o Polo – 6693–4870 Balada – 231 – 2o Polo – 3311–2870 Bambú Moda Praia – 336A – 3o Polo – 3311–2931/6694–2762 Base – 033 – Térreo Polo – 3311–2786/6694–0107 Beccaria – 089 – Térreo/Mega – 6886–6334 Beija Modas – 157 – 1o Mega – 6886–6531/6886–6351 Belinda – 104/105 – 1o Polo – 3311–2802/3311–2803 Bella Mari – 319 – 3o Polo – 3311–2978/6096–3751 Bella Rapariga – 193 – 1o Mega – 6886–6387/6886–6567 Bem Bolado – 184 – 1o Mega – 6886–6378 Bidysea Brasil – 258 – 2o Mega – 6886–6402/6886–6581 Big Seven – 99A – Térreo/Mega – 6886–6343 Biotwo – 265 – 2o Mega – 6886–6409/6886–6588 Bloomie’s – 201 – 2o Polo – 3311–2840/3311–2762 Borame – 180 – 1o Mega – 6886–6774/6886–6554 Br Blue – 291 – 2o Mega – 6886–6433/6886–6715 Brascol – 266/267/268/269 – 2o Mega – 6886– 5800/6886–3801 Breno Rio – 176 – 1o Mega – 6886–6370/6886–6550 By and By – 204/205 – 2o Polo – 3311–2843/6692–9324 Byzance – 004 – Térreo/Polo – 6697–2048/3311–2753 Cabocla – 085/086 – Térreo/Mega – 6886–6467/6886–6509 Cabocla – 430 – 4o Polo – 3311–2960 Camisaria Osse – 172 – 1o Mega – 6886–6366/6886–6546 Canar Jeans – 007 – Térreo/Polo – 6694–8171/6096–2265 Cechiq – 296 – 2o Mega – 6886–6438 Celina de Paula – 181 – 1o Mega – 6886–6375/6886–6555 Cess – 209 – 2o Polo – 3311–2780 / 6692–6268 Chá Verde – 191 – Mega – 6886–6565 Chassi – 183 – 1o Mega – 6886–6377 Cia. Ypslon – 037/ 038 – Térreo/Polo – 3311–2791 Cláudia Rabello – 008 – Térreo/Polo – 3311-2903/6692-9883 Club Soda – 433 – 4o Polo – 3311–2963/6693–0935 Collins – 110 – 1o Polo – 6618–5334 Confraria – 115 – 1o Polo – 3311–2811/6692–5893 Corpo Justo – 337 – 3o Polo – 6692–5319 Cotton Colors – 023 – Térreo/Polo – 6692–8131/6292–9206 Cotton Colors Acessórios – 074 – Térreo/Mega – 6886– 6323/6886–6496 Cotton Colors Extra – 081/082 – Térreo/Mega – 6886– 6328/6886–6466 Couro 18 – 260 – 2o Mega – 6886–6404/6886–6583 Creatore/Juicy 21 – 273 – 2o Mega – 6886–6417/6886–6596 Criatiff – 220 – 2o Polo – 3311–2859 CRZ – 280/281 – 2o Mega – 6886–6705/6886–6425 CVL Jeans – 083/084 – Térreo/Mega – 6886–6329/6886–6330 D & A – 059 – Térreo/Mega – 6886–6309/6886–6481 Das Meninas – 235 – 2o Polo – 6692–5959 Dezon – 132 – 1o Polo – 6292–5751/3311–2830 Dias Boas – 158 – 1o Mega – 6886–6352

Disparate – 279 – 2o Mega – 6886–6423/3329–9959 Diu Day’s – 406 – 4o Polo – 6291–2901/6291–2638 Dolps – 088 – Térreo/Mega – 6886–6333/6886–6511 Donna Moça – 087 – Térreo/Mega –6886–6332/6886–6510 Ducci – 274 – 2o Mega – 6886–6418/6886–6597 Dust – 054 – Térreo/Mega – 6886–6304/6886–6476 Eclipse Lunar – 301 – 3o Polo – 3311–2881/6692–0043 Ecoh Bijoux – 134 – 1o Polo – 6695–1061 Edwin – 079/080 – Térreo/Mega – 6886–6327/6886–6502 Ekolos – 061 – Térreo/Mega – 6886–6311/6886–6483 Empório E.M – 331 – 3o Polo – 6698–0583/6292–4628 Equipage – 261 – 2o Mega – 6886–6405/6886–6584 Equus – 009 – Térreo/Polo – 3311–2756/6292–3953 Esquire – 055 – Térreo/Mega – 6886–6305/6886–6477 Esquire – 122 – 1o Polo – 3311–2820/6096–8013 Estratosfera – 234 – 2o Polo – 3311–2873/6618–5168 Faena – 075 – Térreo Mega – 6886–6497 Fall Back – 188 – 1o Mega – 6886–6382/6886–6562 Fima Tricot – 252 –2º Polo – 6886-6395 / 6886-6575 Flexível – 232 – 2o Polo – 6694–4089 Floris e Bueno – 153 – 1o Mega – 6886–6527 Full Stop – 092 – Térreo/Mega – 6886–6337/6886–6515 FX2/Saint Lorinser – 198 – 1o Mega – 6886–6392 Gas Cat – 114 – 1o Polo – 3311–2789 Gazzy – 015/015A – Térreo/Polo – 6292–1659/6692–4001 Geração Brasil – 436 – 4o Polo – 6693–3898 Girraz – 270 – 2o Mega – 6886–6414 Gotinha de Ouro – 289 – 2o Mega – 6886–6431 Grande Porte Morena – 308 – 3o Polo – 6692–9752 Guignon – 174 – 1o Mega – 6886–6368/6886–6548 Gup’s Jeans – 011 – Térreo/Polo – 6693–0491/6096–8277 Gusty & Rilly – 325 – 3o Polo – 6693–1164/6692–6899 Guzz – 128 – 1o Polo – 6096–2247/6693–8656 Hamuche – 010 – Térreo/Polo – 6618–1654 Handara – 031/032 – Térreo/Polo – 6692–1274 Hap Girls – 410 – 4o Polo – 6693–9968 Hora das Meias – 340 – 3o Polo – 6694–3023 Hy Fly – 404 – 4o Polo – 3311–2934 Idio’s – 125/126 – 1o Polo – 6292–1158/6693–6098 Illuminati – 275 – 2o Mega – 6886–6419/6886–6598 Indecent – 014 – Térreo/Polo – 6693–0223/6694–0303 Infini – 162 – 1o Mega – 6886–6356 Infinity – 111 – 1o Polo – 6096–2196 Inicial A – 164 – 1o Mega – 6886–6538/6886–6358 Inossent – 070 – Térreo/Mega – 6886–6320/6886–6493 Inquérito – 403 – 4o Polo – 3311–2935 Intouch Bijoux – 136 – 1o Polo – 6292–8483 Izzat – 167/168 – 1o Mega – 6886–6362/6886–6542 Izzy Amiel – 287 – 2o Mega – 6886–6429/3285–2970 Jar–Mod – 022 – Térreo/Polo – 3311–2771/6693–0502 Jenny’s Stone – 069 – Térreo/Mega – 6886–6491 Jes – 427 – 4o Polo – 3311–2957 Joy... BR 363 – 077/078 – Térreo/Mega – 6886–6464/ 6886–6499 Jucy Moda Minas – 108 – 1o Polo – 3311–2806/6693–2218 Kafié – 035/039 – Térreo/Polo – 6693–1165 Karmel – 302 – 3o Polo – 3311–2882 Karona – 136A – 1o Polo – 3311–2839 Katharina Brasil – 311 – 3o Polo – 3311–2891/6695–2112 Katraca Rio – 213 – 2o Polo – 3311–2852/6695–9285 Kidstok – 435 – 4o Polo – 3311–2965 Kissaman – 293 – 2o Mega – 6886–6435 Kittens – 203 – 2o Polo – 6694–5208/6096–2714

7/20/07 2:55:49 PM


95 Kothos – 064 – Térreo/Mega – 6886–6314/6886–6486 La Magie – 437 – 4o Polo – 6618–1602/6692–6958 Land Religion – 131 – 1o Polo – 6618–1151 Le Kinthé – 225/226 – 2o Polo – 3311–2864 Legas Design – 161 – 1o Mega – 6886–6355/6886–6535 Lemier Jeans – 012 – Térreo/Polo – 6693–6757/6291–5721 Lia Rabello – 328 – 3o Polo – 6694–8797/3311–2918 Limelight – 101 – 1o Polo – 6697–2674 / 6695–9519 Limelight – 278 – 2o Mega – 6886–6422/6886–6702 Liza – 321 – 3o Polo – 6692–2458/6693–8232 Local Surf – 090 – Térreo Mega – 6886–6513 Lu and Lu – 224 – 2o Polo – 6618–5272/3311–2863 Lucky Red – 309 – 3o Polo – 3311–2889 Lugivian – 165 – 1o Mega – 6886–6359 M@rtt – 294 – 2o Mega – 6886–6386/6886–6566 Mac Milan – 129 – 1o Polo – 6291–9913/6292–1276 Magnificat Bijoux – 187 – 1o Mega – 6886–6381/6886–6561 Malagueta – 166 – 1o Mega – 6886–6360 Marcia Barbieri – 439 – 4o Polo – 6692–5238 Maria Giovana – 254 – 2o Mega – 6886–6397 Maria Mole – 404 – 4o Polo – 3311–2936/3311–2964 Mary Halp – 264 – 2o Mega – 6886–6408/6886–6587 Mckinny – 182 – 1o Mega – 6886–6376 Mercado Negro – 214 – 2o Polo – 6692–2588/3311–2853 MGF Minhagrife – 177 – 1o Mega – 6886–6371/6886–6551 Miliore – 212 – 2o Polo – 6695–0992/3311–2851 Minas Center – 154 – 1o Mega – 6886–6361/6886–6541 Mister King by Cia. Ypslon – 194/195 – 1o Mega – 6886–6389 MK 2000 – 288 – 2o Mega – 6886–6430/6886–6712 MsP – 228/229 – 2o Polo – 6695–8505/6694–9155 Nabiran – 233 – 2o Polo – 6693–4526 Naif – 283 – 2o Mega – 6886–6707/3227–0011 Negra Flor – 175 – 1o Mega – 6886–6369 New Island by Montaria Jeans – 029A/030 – Térreo/ Polo – 3311–2778 Newdecy Acessórios – 405 – 4o Polo – 3311–2937 No Logo – 192 – 1o Mega – 6886–6436 Nutrisport – 109 – 1o Polo – 6096–6286/3311–2807 Off World – 066 – Terréo/Mega – 6886–6385/6886–6565 Offício – 013 – Térreo/Polo – 3311–2760 Oficina & Cia. – 282 – 2o Mega – 6886–6426/6886–6706 Osse – 172 – 1o Mega – 6886–6366/6886–6546 Pacific Blue – 017 – Térreo/Polo – 6694–5675/6618–3200 Pacific Blue – 415/416/417 – 4o Polo – 6692–0268 Papel Mania – 170 – 1o Mega – 6886–6364 Patricia Cristal – 310 – 3o Polo – 3311–2890 Penetras – 34 – Térreo/Polo – 3311–2787 Pequena Eva – 175 – 1o Mega – 6886–6379/6886–6559 Pérola Oriental – 305 – 3o Polo – 3311–2885 Pêssego Tricot – 189 – 1o Mega – 6886–6383 Pichú Baby – 422 – 4o Polo – 3227–5041 Pick by Nick – 001 – Térreo/Polo – 6692–4712/3311–2949 Pick by Nick – 329 – 3o Polo – 3311–2919/6692–8764 Pick by Nick Infantil – 071 – Térreo/Mega – 6886–6321/6886–6493

Lojas_edicao_04.indd 95

Pink Love – 202 – 2o Polo – 6692–8465/6618–5988 Pinoducci – 206 – 2o Polo – 6695–0232/6096–3099 Pitanga – 218/219 – 2o Polo – 6695–9982/3311–2857 Pitukinha – 439A – 4o Polo – 3311–2971 Pixel – 072/073 – Térreo/Mega – 6886–6322/6886–6494 Pocoloco – 018 – Térreo/Polo – 3311–2767/6693–8061 Ponto a Ponto – 106/107 – 1o Polo – 3311–2804/6694–3888 Post Moda – 060 – Térreo/Mega – 6886–6310/6886–6482 Program – 322/323 – 3o Polo – 6695–9326/3311–2912 Pura Emoção – 199 – 1o Mega – 6886–6393/6886–6573 Pura Emoção – 236/236A – 2o Polo – 3311–2875/6618–2085 Q’Linda – 332 – 3o Polo – 3311–2922 Racessory – 186 – 1o Mega – 6886–6380 Razon Jeans – 051 – Térreo/Mega – 6886–6301 Recruta – 067 – Térreo/Mega – 6886–6317/6886–6700 Red Goose – 424 – 4o Polo – 3311–2954 Regina Salomão – 139 – 1o Polo – 3311–2837/6291–7254 Requinte Modas – 440 – 4o Polo – 3311–2970 Retrato Falado – 138 – 1o Polo – 3311–2836 Revanche – 006/040 – Térreo/Polo – 3311–2755/3311–2763 Rima Makdesi – 68 – Térreo/Mega – 6886–6318/6886–6490 Rose & Blue – 330 – 3o Polo – 3311–2920 Rutilan – 230 – 2o Polo – 6695–0463 Santa Mania – 304 – 3o Polo – 3311–2884/6694–9418 Santíssima – 096 – Térreo/Mega – 6886–6340/6886–6519 Sativa – 121 – 1o Polo – 3311–2819 Sea Marine – 256 – 2o Mega – 6886–6399/6886–6579 Seiki Nitrogen – 056 – Térreo/Mega – 6886–6306/6886–6478 Seiki Nitrogen – 118/119/120 – 1o Polo – 6292–6759/6692–8699 Shemil – 419 – 4o Polo – 3311–2974/6695–1698 Sheron by Drop’s – 334 – 3o Polo – 6698–7738 Sheslaine – 259 – 2o Mega – 6886–6403 Shine Everyday Fashion – 333 – 3o Polo – 3311– 2925/6292–5060 Shopping Rio – 027 – Térreo Polo – 3311–2850/6692–5876 Sigbol – 506 – Cobertura Polo – 6692–1554 Sky Top – 127/128 – 1o Polo – 6096–4505 Sol e Energia – 313 – 3o Polo – 3311–2893/6098–8753 Sônia Baek – 028/029 – Térreo/Polo – 6693–8174/6693–8478 Sônia Baek – 076 – Térreo/Mega – 6886–6325/6886–6498 Sônia Baek – 327 – 3o Polo – 6695–7851/3311–2917 Soulier – 156 – 1o Mega – 6886–6350/6886–6530 Spaghetti – 271 – 2o Mega – 6886–6415/6886–6594 Spot Shoes – 284/285/286 – 2º Mega – 6886–6471 Stupdog – 152 – 1o Mega – 6886–6346 T.N.T. Brasil – 041 – Térreo/Polo – 6693–6823/6694–2545 Tactic’s – 043 – Térreo/Polo – 3311–2796/6695–2881 Talento – 314 – 3o Polo – 6692–8177/6292–1368 Tanfys – 019 – Térreo Polo – 6692–5418 / 6618–2535 Tao 7 by Balliza Fashion – 155 – 1o Mega – 6886–6529 Tattinha – 429 – 4o Polo – 6291–1096 TomBoy – 058 – Térreo/Mega – 6886–6308/6886–6480 Trama Tricô – 421 – 4o Polo – 6692–9344/3311–2866 Traquinage – 103 – 1o Polo – 6692–9492 Tribo Carioca – 163 – 1o Mega – 6886–6357/6886–6537

Tricomix – 227 – 2o Polo – 3311–2951 Tricomix – 298 – 2o Mega – 6886–6440 Trippyz Jeans – 173 – 1o Mega – 6886–6367/6886–6547 Triton – 215 – 2o Polo – 6692–2943/6694–0810 Tropy Jeans – 401 – 4o Polo – 6618–4960 Umen – 024 – Térreo/Polo – 6693–8200/6291–7539 Under You – 171 – 1o Mega – 6886–6365/6886–6545 Union Street – 223 – 2o Polo – 3311–2862/6291–4129 Unison/Diffuse – 062 – Térreo/Mega – 6886–6312/6886–6484 Urban Race – 251 – 2o Polo – 6886–6394/6886–6574 Vakko – 025 – Térreo/Polo – 3311–2783/6693–4046 Valente – 408/409 – 4o Polo – 6291–4682/6692–3765 Vall Modas – 306 – 3o Polo – 6618–1786 Versão A – 276 – 2o Mega – 6886–6420/6886–6599 Vesty Brazil – 135 – 1o Polo – 3311–2815/6692–3437 Via Sampa – 091 – Térreo/Mega – 6886–6336/6886–6514 Vida Bela – 052 – Térreo/Mega – 6886–6302/6886–6474 Vitrine & Cia. – 196 – 1o Mega – 6886–6570 VLC – 063 – Térreo/Mega – 6886–6313/6886–6485 Vol.1 – 197 – 1o Mega – 6886–6391 WKA – 262 – 2o Mega – 6886–6406/6886–6585 Wytcher/Owbex – 042 – Térreo Polo – 6697–3122 Xicaloca – 277 – 2o Mega – 6886–6421/6886–6701 XTC – 207 – 2o Polo – 3311–2846 XXL – 253 – 2o Mega – 6886–6396/6886–6576 Zune Jeans – 053 – Térreo/Mega – 6886–6303/6886–6475 SERVIÇOS E ALIMENTAÇÃO Abravest – 511 – Cobertura/Polo – 3311–2989/3311–2994 Action Câmbio – 372 – 3o Mega – 3229–1096 Arena Bureax de Estilo – 508/509/510 – Cobertura/Polo – 3311-2996 / 6695-1027 Cobertura/Polo – 3311–2996/6695–1027 Banco do Brasil – 356 – 3o Mega – 6886–6447 Bank Service – 368 – 3o Mega – 6886–6458/6886–6741 Café Mania – 605 – Térreo/Polo – 6292–3323 Café Cidade – Q .01 – Térreo/Mega – 6886–6344 Casa de Massas São Pedro – 362 – 3o Mega – 6886–6452 Casa do Pão de Queijo – 361 – 3o Mega – 6886–6451 Casa Líbano – 363 ­– 3o Mega – 6886–6453/6886–6736 Birô Express – 359 – 3o Mega – 6886–6449 CVC Brás – 367 – 3o Mega – 6886–3800/6886–6758 Giraffa’s – 364 – 3o Mega – 6886–6454/6886–6737 HSBC – 371 – 3o Mega – 3227–6410 O Doce da Moça – 365/366 – 3o Mega – 6886–6455/6886–6738 Quiosque de Fotos – 637 – Térreo/Polo – 3311–2737 Quiosque de Papelaria – 609 – Térreo/Polo – 6292–1102 Recoloq – Recolocações e Treinamento – 507 – Cobertura/ Polo – 3311–2995 Restaurante Recanto da Fazenda – 503 – Cobertura/Polo – 6291–5914 Revity Cosméticos – 369 – 3o Mega – 6886–6459 Ricardo Ganzarolli – Estética e Cabelo – 357/358 – 3o Mega – 6886–6448 Tô Rico Loterias – 370 – 3o Mega – 6886–6460 Yerevan – 505 – Cobertura Polo – 3311–2993

7/20/07 2:55:50 PM


2007 calendário agosto 9

Quinta-feira

Bijóias SP - 39º Salão de Bijuterias, Folheados, Prata e Acessórios de Moda 9 e 10 de agosto Lançamento primavera-verão de bijuterias, jóias folheadas, prata, matéria-prima e acessórios de moda. Local: Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca – São Paulo – SP. www.masi-bijoias.com.br

4ª Feira de Pequenos Negócios do Conjunto Ceará 9 a 11 de agosto Traz confecção, artesanato, bijuterias, couro, crochê, calçados, produtos de beleza. Local: Pólo de Lazer Luiz Gonzaga Conjunto Ceará – Fortaleza – CE. E-mail: katialuna@ce.sebrae.com.br

setembro quinta-feira

5

Domingo

16

Sábado

22

Domingo

30

Semana de Moda de Nova York Apresenta até o dia 12 a coleção primavera-verão 2008, com mais de 80 de desfiles, entre nomes desconhecidos e ícones da moda mundial. Calvin Klein, Oscar de la Renta, Zac Posen e Marc Jacobs estão confirmados.

Semana de Moda de Londres Previsão: 16 a 23 de setembro O evento londrino vai apresentar a coleção primavera-verão. Conhecida pela ousadia e vanguardismo, a Semana de Moda de Londres vem apostando nos talentos estrangeiros. Na edição primavera-verão passada, brilhou o talento do italiano Giorgio Armani, da dupla Basso and Brooke e do veterano Paul Smith.

Semana de Moda de Milão Primavera-verão 2008 A grande atração do evento, que ocorre até o dia 29, é a marca Prada, a mais desejada e copiada no mundo da moda. Mas o luxuoso prêt-à-porter italiano, com seus cortes impecáveis, também chama a atenção, assim como os acessórios de Fendi, Dolce&Gabanna, Gianni Versace, Roberto Cavalli e Giorgio Armani.

Semana de Moda de Paris 30 de setembro a 8 de outubro A capital francesa continua ditando a tendência mundial. A semana prêt-à-porter parisiense traz alguns dos nomes mais tradicionais da moda mundial, como Chanel, Balenciaga, Christian Dior e Givenchy, e marcas contemporâneas do peso da Alexander McQueen e Viktor & Rolf.

outubro 23

Terça-feira

Ceará Summer Fashion – 23ª Feira da Moda no Ceará Cerca de 70 expositores mostrarão até o dia 26 as novidades em moda íntima, praia e infantil, jeans, máquinas. Parque de Exposições da Maraponga, Fortaleza – CE. Informações no www.marapongamartmoda.com.br/fmf ou pelo email feiras@marapongamartmoda.com.br

2º Salão do Jeans Confecções em jeans, tecidos, lavanderia, aviamentos e serviços serão apresentados de 23 a 26 de outubro por 70 expositores. O salão será aberto ao público, com bilheteria, das 10h às 18h. Parque de Exposições Maraponga - Fortaleza – CE. Informações no site: www.marapongamartmoda.com.br/fmf ou pelo e-mail: feiras@marapongamartmoda.com.br

Calendario.indd 96

7/20/07 12:20:04 PM


Untitled-1 1

7/19/07 3:32:35 PM


sem palavras

A ousadia de John Galliano para a primavera 2007, em evento parisiense

98 Sem_palavras.indd 98

7/20/07 12:12:02 PM


Untitled-2 1

7/19/07 4:24:59 PM


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Untitled-2 1

7/19/07 4:16:02 PM


Revista Mega Polo nº4