Issuu on Google+

capa5

7/21/06

10:15 AM

Page 1

MP - MEGA POLO MODA • SHOPPING DE ATACADO

M E GA P O LO M O DA • S H O P P I N G D E ATACA D O Nº 1 • JULHO 2006

AMOR PELA MODA

|

ANO I - Nº 1 • JULHO 2006

AS

CORES DAPRIMAVERA

...E AS LISTRAS,AS BOLAS,OS LACINHOS,AS RENDAS...

• O DIFERENCIAL DA MARCA THEODORA • OS JEANS DE HOLLYWOOD REVISTOS E MAIS...

• AS TENDÊNCIAS EM BOLSAS, CHAPÉUS, MAQUIAGEM, SAPATOS...


Project1

7/21/06

7:30 PM

Page 2


Project1

7/21/06

7:30 PM

Page 3


4-cartadoeditor

7/21/06

12:05 PM

Page 12

CARTA DO EDITOR

Revista MP é uma publicação do Mega Polo Moda Marketing: Juliana Gama Assistentes de Marketing: Renato Frois e Erica Cavalcante Coordenação de produção de moda Alê Duarthe e Flávio Oliveira

Rua Andrade Fernandes, 297 CEP 05449-050 – São Paulo-SP Tel/Fax.: (11) 3023-5509 - E-mail: 4capas@4capas.com.br Projeto Editorial - 4 Capas Editora R E D A Ç Ã O Diretora de Redação - Mariella Lazaretti Diretor de Arte - Fábio Santos Assistente de Arte - Eduardo Galdieri Editora - Marta Barbosa Repórter - Rosane Aubin - rosane@4capas.com.br Colaboraram nesta edição: Texto - Camila Guimarães, Flavinha Viana, Paulo Pompêo Fotos - Fernanda Calfate, Joseti Capusso, Marcia Minillo, Márcio Madeira, Priscila Prade, Roger Engelmann, Sacha, Tadeu Brunelli e Welison Calandria Produção de Moda e Beleza Flávia Viana, Lolô Aranha, Luana Prade e Sator Endo Tratamento de Imagens de moda Vero Marketing PUBLICIDADE Diretor Comercial - Georges Schnyder R. Andrade Fernandes, 297 - Tel/Fax: 11-3023.5509 IMPRESSÃO Plural Gráfica A revista MP é uma publicação dirigida exclusivamente a lojistas de moda de todo o país. Dúvidas, críticas e sugestões pelo e-mail: mp@megapolomoda.com.br A revista não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. As pessoas não listadas no expediente não estão autorizadas a falar em nome da revista ou a retirar qualquer tipo de material sem autorização emitida pela redação ou pela Mega Polo Moda.

UMA PUBLICAÇÃO DEVANGUARDA

esenvolver um novo projeto editorial é como levar à prática um velho sonho. Com a revista MP, como carinhosamente apelidamos a publicação do Mega Polo Moda foi assim: nos desdobramos em horas e horas de trabalho, em reuniões de pauta, sessões de fotos, entrevistas, e eis que tudo isso junto, bem-acabado, se transformou nesta bela revista que chega às suas mãos. É com imenso prazer que a apresentamos a você. Queremos que ela seja um novo canal de comunicação do maior e melhor shopping de atacado e pronta-entrega de moda da cidade. Cartão de visita do bairro do Brás, com 400 lojas distribuídas em 65 mil metros quadrados, o Mega Polo Moda se propõe a estar sempre um passo adiante na vida de seus clientes, abrindo caminho e apontando idéias. Daí termos selecionado para executar este projeto editorial uma equipe de jornalistas, artistas, produtores e fotógrafos da grande imprensa, experientes e dedicados, cuja primordial função é amplificar as informações de moda e servir de guia de tendências e notícias do setor. A cada três meses, uma MP chegará em suas mãos com opiniões, criações e histórias de sucesso das pessoas que pensam a moda do país. São mais de 100 páginas com editoriais de moda, reportagens de gestão de negócios, perfis e entrevistas para um melhor entendimento deste mundo altamente mutante. A revista é o retrato do Mega Polo Moda – um empreendimento moderno, palpitante e competente que oferece serviços e produtos de qualidade, com preços competitivos, além de uma estrutura que garante comodidade e segurança aos seus freqüentadores.

D

Então, reserve a próxima horinha para uma leitura agradável que vai se reverter em ganhos para seu negócio. E tenha mais lucro... Boa leitura!


7/19/06

11:15 AM

Page 1

PH. F.Louza

15798_Anuncio

www.pitangawear.com.br


6-7-SUMARIO

7/21/06

10:10 AM

Page 6

SUMÁRIO

8 RADAR • FASHION RIO E AS TENDÊNCIAS EM BOLSAS, SAPATOS, CHAPÉU E MAQUIAGEM 18 SUCESSO • JOHN GALLIANO,DA DIOR,É O REI DA REBELDIA FASHION 24 ÍCONES • QUATRO CENAS DO CINEMA QUE INSPIRAM VISUAIS COM JEANS 32 ATENDIMENTO • O SEGREDO DOS MELHORES VENDEDORES PARA GANHAR (E NÃO PERDER) O CLIENTE 36 LOJA • O QUE MANTÉM UMA EQUIPE MOTIVADA? VEJA AS DICAS 40 MODA GEOMÉTRICA • CORES BERRANTES E MODELOS COLADOS NO CORPO ILUMINAM A ESTAÇÃO 48 COSTURA FINA • THEODORA, A MARCA JOVEM E CRIATIVA DE RITA WAINER

8

18

32

40

36

24


6-7-SUMARIO

7/21/06

10:10 AM

Page 7

54

72

78

64

82

54 MODA STREET • OS LOOKS QUE VÃO GANHAR AS RUAS NO VERÃO 64 INSPIRAÇÃO • BABADOS, FRUFRUS E PAIXÕES REVELADAS PELA ROUPA 72 TROCANDO EM MIÚDOS • TRADUZIMOS A MODA DO SÃO PAULO FASHION WEEK 78 ESPELHO MEU • CLIENTES DO MEGA POLO MUDAM DE LADO E POSAM DE MODELOS 82 GIRO NA CIDADE • JÁ QUE ESTÁ EM SÃO PAULO, POR QUE NÃO APROVEITA PARA SE DIVERTIR? 88 CADERNO MEGA POLO • OS GUIAS QUE SÃO VERDADEIROS CONSULTORES DE MODA E MUITO MAIS 98 SEM PALAVRAS • UM LOOK QUE DIZ TUDO

88


O QUE ACONTECE EM MODA,BELEZA E ATITUDE AQUI E NO MUNDO

8-16-radarbrasil

7/20/06

1:47 PM

Page 8

RADAR

ALEGRIA, ALEGRIA...

O QUE O FASHION RIO ANTECIPOU DE MODA PRIMAVERA-VERÃO

POR

1 - Mara Mac: o branco total é um dos hits da estação, o minimalismo continua; 2 - TNG: listras horizontais, verticais, transversais... muitas!

8 1

2

FL AVI N HA

VIANA

|

FOTOS

MARC IO

MADEI RA

m país tropical como o nosso, onde todas as estações do ano podem acontecer em um só dia, exige que estejamos a postos para o que der e vier. Por isso as coleções de meia estação chegam com várias opções. Segundo as lições apreendidas no Fashion Rio, que ocorreu em junho na Marina da Glória, é preciso ter à disposição da clientela de minissaias a vestidos longos esvoaçantes e, porque não, sofisticados. O negócio é ter jogo de cintura e saber adequar essas tendências tão esperadas ao estilo e à personalidade de seus compradores, na hora de vender e na hora de comprar também. No Fashion Rio ficou claro que algumas peças, formas e cores permanecem nas coleções. Entre eles, estão o branco total, o pretinho básico, os shorts e as saias - que aliás estão supercurtas. A cintura marcada continua em alta, assim como os vestidos longos de tecidos leves (combinados a uma rasteirinha, fica tudo de bom!). Dentro do circuito das “novidades” estão as listras, as calças mais largas e confortáveis (mas as justas também vão continuar, hein?!), e os tons mais fortes como o vermelho que reinarão soberanos. Na verdade todas essas sugestões são e serão tendências da estação que podem e devem ser providenciadas já, sem erro e medo de ser feliz! Inspire-se nas fotos e corra para encher sua arara...

U


8-16-radarbrasil

7/20/06

1:48 PM

Page 9

3

9 4

5

7

3 - Victor Dzenk: vestidos longos de tecidos leves usados com sandálias baixas e confortáveis. Delícia de verão; 4 - Lenny: listras e transparências; 5 - Juliana Jabour: os shorts curtíssimos vão se estender por todo o verão; 6 - Cantão: a cintura marcada permanece; 7 - Eduardo Suppes: o pretinho é básico, por isso ele sempre será tendência; 8 - Maria Bonita Extra: os vestidinhos ficam: com novas cores e estampas; 9 Walter Rodrigues: o vermelho será soberano, glamoroso e quente como o verão; 10 - Animale: calças mais largas e moles em alta

6

8

10

9


7/20/06

1:50 PM

Page 10

RADAR

8-16-radarbrasil

A

VOLTA POR

CIMA

CHAPÉUS DE PALHA, MULTIFUNCIONAIS E SOFISTICADOS. ESCOLHA O SEU U É P A H C

1 - Complexo B: o masculino com um ar mais “malandro” e despojado; 2 - Animale: mais sofisticado e com ar francês; 3 - TNG: parecido com um quepe militar, só que moderno e confortável

chapéu é um clássico da moda que nos aproxima das origens, das antigas paixões de tempos que já se foram. É um clássico que sempre fará parte da moda mundial. As primeiras modalidades de proteção para cabeça surgiram por volta de 4.000 a.C. no antigo Egito, na Babilônia e na Grécia, quando o uso de faixas na cabeça servia apenas para prender e proteger o cabelo. Os chapéus masculinos saíram na frente no quesito design, ganhando novos formatos entre os séculos XIV e XVI – o que só ocorreu com os modelos femininos do século XVIII. Naquela época, as peças eram desenhadas na cabeça das mulheres. Na última edição do Fashion Rio, ele “desfilou” nas passarelas de algumas marcas em versão redesenhada. A Cantão mostrou um chapéu de palha para ser usado em dias de sol forte, assim como a grife Permanente sugere com suas peças. A carioca Redley brincou com o clássico deixando-o cheio de cores e bastante divertido. A Animale viajou no tempo e apresentou um chapéu que tem origem na sofisticação. A Santa Ephigenia sugere uma peça multifuncional, que tanto vai com um jeans (dia) ou com vestido arrasador (noite). A Complexo B e a TNG preferiram modelos mais adaptados aos tempos modernos e a grife ZIL sugere uma mulher extremamente sofisticada. A dica está dada, agora é só comprar, e adequar ao rosto de sua cliente!

O

10

2

1

3


8-16-radarbrasil

7/20/06

1:51 PM

Page 11

11 4 5 4 - Santa Ephigenia: para ser usado durante o dia, atĂŠ mesmo com um bom jeans; 5 - Permanente; modelito despojado para a praia; 6 - Redley: em tecido, alegre e divertido; 7 - ZIL: para dias de sol, praia, piscina, de forma elegante e sofisticada

7

6


8-16-radarbrasil

7/20/06

1:52 PM

Page 12

RADAR

AOS

SEUS

1

A S

12

P

A

T

O

S

PÉS SALTOS ESTRATOSFÉRICOS E PEITO DO PÉ EM EVIDÊNCIA este verão, olhe bem para os seus pés. Os sapatos aparecem em formas, cores e até tecidos diferentes, e com propostas inovadoras. O salto alto permanece. E o peito do pé ganha detalhes ou fica coberto de couro trabalhado. Aliás, ele sempre vai fazer parte de nossas vidas (com remodelações a cada

N

temporada, claro!) e por um motivo simples: além de deixar a roupa mais elegante, o salto alonga a silhueta feminina. As plataformas também estão de volta, seja em saltos de madeira ou meia pata. E sabe a melhor? Não aposente as botas de inverno ainda. Elas vão continuar, de forma mais leve e divertida, em saltos mais baixos para serem usadas em temperaturas amenas – nunca naquele calorão de 40 graus, hem! Entre as sandálias, as rasteiras ganham seu espaço na estação em que elas se divertem em nossos pés. Diversão que começa pelas cores, berrantes e chamativas como vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, bege, preto e branco.


8-16-radarbrasil

7/20/06

1:53 PM

Page 13

13 4

2

3

5

6

1 - Animale: detalhes no peito do pé à mostra; 2 - Maria Bonita Extra: as sandálias baixinhas e de “cano”, que pode ser ajustado por fivelas, serão as “botas” do verão; 3 Luiza Bonadiman: as plataformas altas de madeira, com saltos por inteiro, prevalecem; 4 - Walter Rodrigues: o salto essencial e o vermelho em alta até mesmo nos sapatos; 5 - Elisa Chanan: plataforma amarrada na perna é um luxo! 6 - Juliana Jabour: as botas baixas e com detalhes como franjinhas podem ser usadas com shorts, saias e vestidos mais curtos


7/21/06

11:54 AM

Page 14

RADAR

8-16-radarbrasil

ROSTO FASHION

A MAQUIAGEM DO VERÃO: AR SAUDÁVEL COM BLUSH E MUITO, MUITO RÍMEL

proposta deste verão é uma maquiagem com muito rímel em pele tratada. Isso significa: um visual saudável. “Acredito cada vez mais em um rosto iluminado”, diz Théo Carias um dos nomes fortes da maquiagem brasileira. “Blush ajuda na tarefa de parecer saudável e o rímel é fundamental para levantar os olhos.” O vermelho na boca também é bem-vindo, mas não para todos. “É um clássico, que não é generoso para todo mundo e para qualquer ocasião: por isso, use com cuidado”.

A

2

1 - Look com pele hidratada e saudável; 2 - O vermelho é um clássico que nunca sai da moda, mas deve ser adequado a cada pessoa, visual e lugar

1


8-16-radarbrasil

7/20/06

1:54 PM

Page 15

15 5 3

4

6

7 3 - Muito rímel e pele bronzeada; 4 - Para noites de festa, olhos com relevo; 5 - Além do gloss e do rímel, um toque de pó iluminador no cantinho dos olhos; 6 - Bato vermelho mais opaco e uma pele bastante limpa; 7 - Lábios levemente rosados reforçam o visual clean


7/21/06

4:38 PM

Page 16

RADAR

Conjunto de camurça com tachas e porta-Ipod bordada, ambos da Doc Dog

CABE TUDO BOLSAS UTÉIS, ELEGANTES E NECESSÁRIAS

las são úteis, elegantes e, na maioria das vezes, funcionais. E quando carregam tudo, que maravilha! Fomos buscar nos desfiles da estação as bolsas que conseguem, ao mesmo tempo, incrementar o visual e levar toda a vida de uma mulher, sem bagunça e sem aperto. A tendência pede acessórios de material flexível, nada que lembre uma mala de viagem, nem uma pasta de negócios. Então, veja a que mais combina com o estilo e as necessidades de suas clientes.

E

O

L

S

A

S

Bolsa de mão com pelúcia e tachas do Dândi Rocker Espaço Fashion

B

8-16-radarbrasil

16


8-16-radarbrasil

7/21/06

4:38 PM

Page 17

Desfile Maria Bonita Extra – Fashion Rio Verão 2006/07


7/20/06

2:01 PM

Page 18

SUCESSO!

18-22-sucesso

Senhor

extravagância cada temporada, ele se supera. No início de julho, quando apresentou sua coleção outono-inverno 2006-2007 para a Dior no jardim Bois de Boulogne, em Paris, o estilista John Galliano mais uma vez deslumbrou o mundinho fashion. A inspiração era a Renascença italiana. O que seu viu na passarela, ambientada na réplica de um suntuoso jardim toscano, foram vestidos de noite com escamas de ouro, bustiês com detalhes dourados, enfeites de cabeça de cristal, sapatinhos de Cinderela e... braços cobertos por armaduras, como se as modelos fossem guerreiras à la Joana D’Arc, recém-chegadas de outra galáxia. No fim do desfile, o estilista apareceu com um uniforme de astronauta que, segundo ele mesmo, exigiu a ajuda de quatro pessoas para ser vestido. A explicação? “Muitos quadros da Renascença previram a

A

ENTRAR VESTIDO DE ASTRONAUTA NO FIM DO DESFILE É UMA REBELDIA MENOR PARA JOHN GALLIANO, O MESTRE DA IRREVERÊNCIA COM GLAMOUR

18


18-22-sucesso

7/20/06

2:01 PM

Page 19

19 Entrada triunfante no desfile de julho, ocorrido em Paris: “Muitos quadros da Renascença previram a existência de óvnis”

GETTY IMAGES

a


7/20/06

2:02 PM

Page 20

SUCESSO!

18-22-sucesso

Galliano é fantástico,além de ser um artista e um ótimo profissional,sempre fico impressionada com o desenvolvimento de seu império.Ele sempre surpreende com suas coleções que são verdadeiros mandamentos a ser seguidos EMILY SOFIE,MODELO DA ONE MODELS

existência de óvnis”, disse o rebelde, criativo e extravagante criador que renovou a combalida Maison Dior a partir de 1997. Que ele tenha dado um novo fôlego e um sopro de atualidade e frescor à marca, que completava 50 anos à época, não é nada surpreendente. O incrível é que depois de sua primeira coleção o faturamento da grife só tem aumentado, mostrando que mesmo as supostas conservadoras madames que compram os modelos da Dior também são loucas por uma novidade com uma boa pitada de extravagância e loucura. Assinada pelo estilista, a famosa bolsa-sela virou uma verdadeira febre internacional, e os modelos que cria para as coleções de altacostura e para as das linhas prêt-à-porter jamais pegam poeira nas araras. Tão surpreendente quanto suas entradas na passarela sempre a bordo das mais esquisitas fantasias, de piratas e índios a Charles Chaplin e Napoleão, é a vitalidade do estilista nascido em 1960 em Gibraltar, território britânico na costa da Espanha. Além de desenhar pelo menos seis coleções ao ano para a Dior, ele ainda lança novos modelitos de sua marca entre as temporadas. O furor criativo de Juan Carlos Antonio Galliano manifestou-se desde a infância. Seus biógrafos dizem que a mãe espanhola o colocava para dançar flamenco em cima da mesa da cozinha. Aos 6 anos, a família mudou-se para o sul de Londres, onde o pai trabalhava como encanador. Ele e as irmãs Rosemary e Immacula chamavam a atenção por andar sempre impecavelmente bem-vestidos. Com um histórico escolar pouco empolgante, Galliano só começou realmente a chamar a atenção com seu desfile de conclusão de curso na prestigiada Saint Martin School of Art, em 1984. Inspirado na Revolução Francesa, colocou na passarela modelos com enfeites de galhos de árvores nas cabeças e peixes mortos nas mãos, mostrando desde o início o que estava por vir. Dona da Brown’s, Joan Burstein imediatamente ofereceu-lhe a vitri-

20

Acima, com a atriz Charlize Theron no Metropolitan de Nova York; ao lado, com uma de suas musas, Riley Keough, neta de Elvis Presley e garota-propaganda da Dior

ne de sua loja. Mas, mesmo tendo estreado na London Fashion Week já em 1985, Galliano não conseguia ganhar dinheiro com sua marca e decidiu mudar-se para Paris. Lá, enfrentou mais um período de vacas magras, em que chegou a dormir de favor no chão do apartamento de amigos. Isso até encontrar e conquistar a


7/20/06

2:02 PM

Page 21

21

DIVULGAÇÃO

18-22-sucesso


7/20/06

2:03 PM

Page 22

SUCESSO!

18-22-sucesso

22

GETTY IMAGES

todo-poderosa editora-chefe da Vogue americana, Anna Wintour, a mesma que inspirou o best-seller e o filme O Diabo Veste Prada (Editora Record). Ela o apresentou a empresários que financiaram seus desfiles, e logo Galliano despertou a atenção de Bernard Arnault, o chefão do conglomerado de luxo LVMH, dono das marcas Givenchy e Dior, entre outras. Depois de apenas um ano desenhando para a Givenchy, ele passou para a Dior e já começou criando a coleção dos 50 anos da grife. Não podia dar outra. O punk e rebelde vanguardista, com seu bigodinho e corpo desenhado por sessões e sessões de musculação, fez um desfile aclamadíssi-

A modelo Naomi Campbell no seu primeiro desfile de Galliano pela Dior, em 1997: irreverência com estilo

mo, festejado por unir com lampejos de gênio tradição e ousadia. E o mais importante: seus arroubos de loucura não assustaram as senhorinhas na faixa dos 50 anos, tradicionais compradoras da Dior, que souberam ver por baixo das extravagâncias do jovem o corte talhado à perfeição, e os acabamentos charmosos, com picotes, pespontos e rendas. Deu certo: a marca vetusta conseguiu dar seu golpe de marketing, renovando o ambiente criativo, mantendo o público

cativo e conquistando uma nova geração de clientes. De lá para cá, o inventivo e rebelde punk inglês mostrou que sabe como ninguém trazer para o real as mais loucas e delirantes imagens da fantasia e do sonho. Colocou monges shaolins, anões, mendigos, egípcias e gueixas nas passarelas, sempre com um pé no passado e um olho no futuro. Sem medo de errar. “Prefiro o mau gosto à ausência total de gosto” – esse é seu lema.

NA MEDIDA DO GOSTO BRASILEIRO ra início dos anos 1950. As paulistanas mais elegantes ainda tinham de empurrar pesadas malas de rodinhas na volta de suas E viagens à Europa se quisessem desfilar etiquetas de luxo por aqui. E eis que uma miragem surge no deserto. O Masp se vestiu de moda e se transformou no cenário do primeiro desfile da marca Dior no país – isso em 1951. Foi um sonho, já que o Brasil estava fechado para importações e a ocasião não significava a oportunidade de comprar as peças depois. Mas o sucesso foi tão arrasador, e a carinha de “quero-mais” das espectadoras tão marcante, que o próprio Christian Dior autorizou que produtos de sua marca fossem fabricados por aqui – desde que sob a supervisão da matriz em Paris, claro! Mais tarde, a autorização abrangeu também os jeans e, assim, a Dior tornou-se o primeiro grande ícone do glamour internacional a iniciar operações em terras tupiniquins. Com a abertura das importações, as peças Dior deixaram de ser fabricadas no país e passaram a vir direto da Maison francesa. A mudança só fez aumentar o encanto das brasileiras e logo conquistou mulheres na faixa dos 50 anos, endinheiradas e elegantes – público-alvo da marca durante as décadas seguintes. Em 1997, no entanto, uma grande reviravolta mudaria de uma vez por todas o perfil das compradoras da marca. Foi nesse ano que John Galliano assumiu as pranchetas. O primeiro desfile dessa espécie de rebelde da moda arrancou suspiros de espanto e aprovação, simultaneamente. Galliano chegou para mudar conceitos. Imagina que logo o homem da Dior declarou, mais de uma vez, que o brechó é um dos melhores locais para fazer compras. “Ter estilo é saber usar a imaginação”, diz ele. “Você tem de garimpar nos brechós do mesmo jeito que tem de escolher o melhor do luxo.” Aqui no Brasil, a empresa deu um empurrãozinho e tanto no desenvolvimento da nova consumidora Dior – mais jovem, atrevida e não necessariamente milionária. Até hoje as brasileiras são as únicas em todo o mundo que podem parcelar as compras e utilizar o serviço delivery, pelo qual as compradoras recebem as peças em casa ou no trabalho e podem escolher sem pressa. A estratégia deu certo – e a marca não pára de crescer no país. As lojas são apenas duas, ambas em São Paulo, mas nem é preciso comprar uma peça Dior para se sentir usando uma invenção de Galliano. É que muitos estilistas modernos do país – como Alexandre Herchcovitch, Marcelo Sommer e Fause Haten – conseguem mesclar estilo próprio com um quê de Galliano em seus desenhos. Claro, não se trata de cópia. Até porque Galliano não é para se copiar. Ele é inspiração pura!


anuncio

7/21/06

10:45 AM

Page 1

“QUALIDADE DO JARDINS COM PREÇO QUE VOCÊ PODE PAGAR" RUA RODRIGUES DOS SANTOS, 764 • TELS: (11) 3326-8188 | 3227-7220


24-31-icones

7/20/06

2:08 PM

Page 24

24

James Dean em Giant

GETTY IMAGES

ÍCONES DA MODA


7/20/06

2:11 PM

Page 25

25

Das

telas PARA O ARMÁRIO QUATRO LOOKS DE JEANS INSPIRADOS EM PERSONAGENS INESQUECÍVEIS DO CINEMA

cinema nos enche de inspiração... sempre. Por isso, convidamos o crítico mais famoso do país, Rubens Ewald Filho, para escolher quatro personagens que mudaram nossos conceitos sobre o jeans. Quem pode resistir ao look “poucos amigos” de James Dean em Assim Caminha A Humanidade, filme de 1956? E à turma de Grease (1978), com jeans superjusto ao corpo e boas doses de rebeldia e estilo. Marilyn Monroe, a eterna diva, é ícone de beleza e disso ninguém tem dúvida. Em Bus Stop (filme de 1956), no entanto, seu par é quem nos serve de referência: Don Murray é responsável por uma legião de seguidores do jeans escuro e justo na altura do cano da bota. Também no estilo cowboy absolutamente moderno brilhou John Voight, no filme Midnight Cowboy (de 1969). Enfim, aproveite as dicas para vender, mais do que moda, cenas de cinema!

O

ROGER ENGELMANN

24-31-icones

Calça EDWIN Camisa xadrez CIA. YPSOLON


24-31-icones

7/21/06

11:56 AM

Page 26

รCONES DA MODA

Calรงa TRANSPORT Jaqueta BIZARRE

26


24-31-icones

7/21/06

2:10 PM

Page 27

Da esq. para a dir.: Jeff Conaway, Olivia Newton-John, John Travolta e Stockard Channing em Grease

GETTY IMAGES

27


24-31-icones

7/20/06

2:15 PM

Page 28

รCONES DA MODA

28

Calรงa TRANSPORT Camiseta regata FITLAND


7/20/06

2:16 PM

Page 29

GETTY IMAGES

24-31-icones

John Voight e Dustin Hoffman (Ă  esq.) em Midnight Cowboy

29


24-31-icones

7/20/06

2:16 PM

รCONES DA MODA

Calรงa STRUTURA Camisa BIZARRE

30

Page 30


7/20/06

2:17 PM

Page 31

31

Marilyn Monroe e Don Murray em Bus Stop

GETTY IMAGES

24-31-icones


32-35-atendimento

7/20/06

2:22 PM

Page 32

ATENDIMENTO

EQUIPES CAMPEÃS EM BOM ATENDIMENTO DIVIDEM DICAS E SEGREDOS PARA QUE SUA TURMA TAMBÉM SEJA ESPECIAL

SALVE SIMPATIA! POR

CAMI LA

GU IMARÃES

|

FOTOS TADEU

BRU N ELLI

32

uando se procura identificar quais são os principais aspectos que determinam o sucesso de vendas no varejo, a dupla preço e bom atendimento sempre aparece em primeiro lugar. Se, por um lado, o preço de cada mercadoria facilita a compra, é o atendimento que determina o vínculo emocional entre ele e a loja. Ou seja, o relacionamento que surge naqueles minutos de compra é, sim, o fator que mais pesará em sua decisão de voltar outras vezes. Vamos falar então dos elementos que compõem um bom atendimento. Os especialistas de varejo apontam três dimensões nas quais um lojista deve trabalhar para atender às necessidades e aos desejos do cliente: ambiente físico, serviços e contato humano (veja quadro “Três pilares do sucesso”). Desses três, a qualidade do contato humano é determinante. E, por isso, a cordialidade é o primeiro e mais importante fator a ser observado. O consultor de marketing Adalberto Viviani, que é presidente da Concept, agência de comunicação e marketing para o varejo, adverte que é muito importante não confundir a cordialidade com uma coisa padrão. “O cordial está na percepção do cliente e por isso é fundamental ter em mente que ele é quem vai dar o tom da interação e de-

Q


32-35-atendimento

7/20/06

2:22 PM

Page 33

33

Vera Baria à frente da equipe da Jar Mod (Midiã, Lourdes, Eliseu, Michele e Cleide):“Uma pessoa só se sentirá bem atendida se estiver à vontade

terminar o grau de intimidade”, diz. “O vendedor, por sua vez, deve ter uma atitude de constante atenção, o que irá lhe permitir que entre em sintonia com cada pessoa que for atender.” Portanto, deve-se garantir que a cordialidade seja exercida de uma forma natural, sem exageros e sem que se transforme numa reação automática à presença de clientes. Caso contrário, acaba virando motivo de piada, como a de que foi alvo uma locadora de vídeos que obrigava seus atendentes a gritar “bom dia” bem alto a todos os clientes que entrassem, sem

sequer olhar se o sininho da porta avisava a entrada de um ser humano ou um cachorro. Tempos depois a estratégia foi reformulada, claro. A marca de roupas femininas Jar Mod, localizada na ala Polo do Mega Polo Moda, faz exatamente o contrário da locadora de vídeos. Tudo começa num caloroso bom-dia e não termina quando o cliente vai embora. Isso porque cada vendedora tem sob sua responsabilidade uma carteira de clientes, pela qual deve zelar periodicamente. A freqüência dos contatos é supervisionada pela gerente, para garantir que ninguém seja preterido. “No decorrer da semana em que a compra é realizada, a vendedora telefona para saber como os produtos adquiridos estão sendo recebidos pelos clientes do lojista e também para avisar da chegada de novos itens que tenham o seu perfil e possam lhe interessar”, diz Vera Lucia Freitas Baria, a gerente da Jar Mod no Mega Polo. Vera, sempre preocupada em exceder às expectativas daqueles que atende, divide um segredinho de ouro: “Uma pessoa só se sentirá realmente bem atendida se estiver à vontade”, diz. Uma pesquisa realizada pelo Ibope Solutions com os clien-


32-35-atendimento

7/20/06

2:23 PM

Page 34

ATENDIMENTO

A equipe da By and By (da esq. para a dir.), Bel, Ana Cristina, Fran, Marjorie (gerente), Rosana e Cleide: disposição par despencar a prateleria

tes da rede de supermercados Pão de Açúcar confirma o quanto a dica de Vera é preciosa: as entrevistas realizadas em lojas de todo o país revelaram que as atitudes dos vendedores que melhor contribuíam para fazer com o que o cliente se sentisse à vontade e quisesse voltar sempre eram as que transpareciam disponibilidade e dedicação. “O cliente bem atendido é aquele que se sente valorizado, no centro das atenções. O foco do bom vendedor não deve estar em vender uma determinada peça, mas sim em atender à necessidade daquele cliente. A venda vem como conseqüência”, aconselha o professor André Robic, diretor executivo do Instituto Brasileiro de Moda, que tem especialização em comportamento do consumidor pelo Fashion Institute of Technology de Nova York. Robic ressalta que a sensibilidade para identificar que tipo de atendimento o cliente prefere é primordial. “Uma vez identificada, é preciso adequar-se a ela, modulando não apenas a forma de abordagem do vendedor, mas até mesmo a própria estrutura da loja.” Ele cita o exemplo do Boticário para provar o seu ponto. A partir do momento que uma pesquisa identificou que a possibilidade de experimentar os produtos era o atributo mais importante para o consumidor, o layout de todas as lojas foi alterado. Antes, um balcão separava os produtos do cliente e ele só podia experimentá-los se pedisse a uma vendedora. No novo modelo, o cliente tem livre acesso a toda a linha de produtos e as vendedoras ficam à disposição para assessorá-los no que for necessário. Quando observamos o varejo de moda, encontramos a mesma situação: existe o cliente que gosta de explorar as araras sozinho — e a melhor maneira de atendê-lo é deixar claro que pode contar com o vendedor para esclarecer dúvidas ou solicitar tamanhos e cores diferentes — e existe aquele que prefere que lhe mostrem as peças. E é aí que entra outro aspecto muito importante do bom atendimento: conhecer bem o que se vende. Uma boa dica de como garantir que o vendedor domine as informações sobre a coleção é dada por outra gerente de loja do Mega Polo, mostrando que o atacado tem sim experiências importantes para dividir com o varejo. Marjorie Magalhães, da loja de jeanswear e moda jovem By and By, defende que o melhor caminho é colocar a mão na massa. “Estimulo as minhas vendedoras a despencar a prateleira e mostrar toda a grade de cores e de tamanhos. Assim, elas não correm o risco de esquecer de um item.” Renato Gomes, gerente da loja de moda masculina Alan Terrier, também ressalta a necessidade de conhecer a fundo o que se vende. Para ele,

TODOS JUNTOS

Regras de ouro das equipes campeãs de atendimento • | Jamais julgar o cliente por sua aparência. O tratamento deve ser o mesmo para todos. • | Exercer o tempo todo a sensibilidade para identificar o estilo de cada cliente e que tipo de tratamento ele prefere. • | Conhecer a fundo o perfil, as necessidades e os atributos que são valorizados por cada cliente, sabendo identificar dentro na linha de produtos da loja as peças que são indispensáveis a esse perfil. Para isso é preciso aprender a ouvir o cliente e exercitar a capacidade de observação. • | Jamais perder a paciência e o bom humor. • | Ser criativo em tempos de crise ou de baixa sazonalidade e experimentar novas abordagens para continuar vendendo. FONTES DO MERCADO

34


32-35-atendimento

7/20/06

2:24 PM

Page 35

35

Renato Gomes, da Alan Terrier:“Um bom vendedor precisa conhecer o cliente”

esse conhecimento deve ultrapassar os itens da coleção da loja em que se trabalha: “Um bom vendedor deve saber reconhecer os atributos que cada cliente valoriza e para isso tem de entender de acabamentos, tecidos, estilos, marcas e tendências”. Quanto mais conhecimento, mais segurança para destacar o que a marca que vende tem de melhor. Uma pesquisa qualitativa realizada pelo Instituto Brasileiro de Moda no ano passado confirma a relevância da dica de Gomes. Quatro grupos de mulheres executivas e empresárias foram ouvidos pela equipe de estudiosos sobre hábitos de compra e atributos que mais valorizam. O vendedor que atua como um consultor de moda, demonstrando conhecimento das tendências e casando-as às preferências do consumidor não só fazia com que essas mulheres comprassem mais, mas também era o principal fator de fidelização. Elas afirmavam voltar a uma determinada loja simplesmente porque sabiam que aquele vendedor estaria ali para orientá-las. Por fim, além de todo o conhecimento técnico, uma outra característica completa o perfil do vendedor campeão de atendimento — ter prazer em lidar com o público. Renato Gomes, da

Alan Terrier, que está no ramo há 17 anos, lembra que “todo bom vendedor deve sempre ter em mente que ali, do outro lado do balcão, está um ser humano, que gosta acima de tudo de ser tratado com carinho”. Esse prazer em interagir com pessoas se reflete, inevitavelmente, num atendimento bem-humorado, leve, em que não se medem esforços para satisfazer o cliente. Uma das regras da By and By é que se o cliente tiver dúvida sobre o caimento ou mesmo sobre o quanto uma peça realmente combina com a outra, a vendedora faz papel de modelo e prova as roupas para o cliente ver. E desse processo devem participar todas as vendedoras. “Mais do que respeitar o estilo de vender de cada uma, é preciso que todas se ajudem o tempo todo”, diz a gerente da loja, Marjorie. O exemplo da By and By reforça o que todos os consultores de varejo não se cansam de repetir: uma equipe coesa, com um nível de atendimento único, é essencial. “Cada um da equipe tem uma qualidade especial e a cooperação entre eles no diaa-dia faz desse grupo o melhor com o qual já trabalhei em nove anos de profissão”, comemora Marjorie. Vera, da Jar Mod, concorda: “No fundo, o que conta mesmo é o conjunto. Não adiantaria ter uma vendedora campeã e outras de desempenho mediano. Aqui todas são nota 10 e o tempo todo uma puxa a outra para cima”.

TRÊS PILARES DO SUCESSO

O que o lojista precisa pensar para atender bem AMBIENTE FÍSICO

SERVIÇOS

CONTATO HUMANO

Deve proporcionar conforto ao cliente e seus elementos podem ser utilizados como estímulos à visitação

Precisa incluir todo material e informação que possa orientar o cliente sobre aquele produto isoladamente e também sobre suas ocasiões de uso, formas de combinar, cuidados especiais etc.

Ponto primordial para uma boa equipe: deve ser utilizado para facilitar o processo de compra, permitindo que o cliente se familiarize com o produtos e também com a proposta da loja

FONTE: CENTRO DE EXCELÊNCIA EM VAREJO DA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DE SÃO PAULO


7/20/06

2:31 PM

Page 36

IMAGEM REPRODUÇÃO

LOJA

36-39-equipe

36


36-39-equipe

7/20/06

2:32 PM

Page 37

De dentro

37 CONHEÇA ALGUNS CUIDADOS QUE PODEM AJUDAR NA DURA TAREFA DE MOTIVAR AS EQUIPES DE VENDAS

pra fora POR CAMILA GUIMARÃES | FOTOS MARCIA MINILLO

s livros de psicologia definem motivação como sendo o desejo que está por trás de uma determinada ação. A teoria diz ainda que esse desejo é guiado pela busca por experiências que sejam positivas emocionalmente. E justo por ser um fenômeno determinado pelas emoções de cada indivíduo é que motivar uma pessoa é um objetivo que não se atinge assim fácil: o que anima alguns pode justamente desmotivar outros, por uma simples questão de estilo pessoal. A professora Cecília Whitaker Bergamini, que dá aulas de comportamento organizacional e recursos humanos, é coordenadora de um curso de especialização em motivação e liderança na Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Autora de diversos livros — dentre eles, Motivação nas Organizações, da Editora Atlas —, ela é categórica ao afirmar que ninguém motiva ninguém, principalmente se para isso procurar se valer de prêmios e punições. Isso porque a

O

verdadeira motivação nasce de necessidades interiores e não de fatores externos: “Não há fórmulas que ofereçam soluções fáceis para motivar quem quer que seja. O único caminho possível é o de saber liberar a motivação que cada um já traz dentro de si”, ensina Cecília. Sendo assim, qual será o melhor caminho a seguir para que os vendedores no varejo se sintam constantemente motivados? De acordo com os psicólogos que estudam o assunto, a principal fonte de motivação é a possibilidade que um indivíduo tem de aprimorar suas habilidades naturais. Fernando Lucena, presidente e principal consultor do Grupo Friedman (rede americana de treinamento para equipes de vendas no varejo presente no Brasil desde o início da década de 1990), concorda. Ele defende que “para que se sinta motivado, primeiro um profissional precisa se sentir capaz de desempenhar bem seu papel”. Por isso, o processo de motivação de um vendedor só é possível se ele for bem selecionado e bem treinado. O passo fundamental é escolher vendedores cujo perfil case bem com o perfil da loja. Se você coloca uma garota superclássica para vender roupas para skatistas, ela provavelmente vai ter maior dificuldade e se frustrar muito mais do que uma outra que tenha afinidade com o estilo e conheça o que esse nicho valoriza. Antes de ca-


7/20/06

2:34 PM

Page 38

LOJA

36-39-equipe

O consultor Fernando Lucena entre dois vendedores em treinamento: “É importante ter normas justas que se apliquem a toda a equipe”

38 sar estilos, porém, é importante identificar o quanto a atividade de vendas se adequa aos anseios profissionais daquela pessoa. Por trás do clássico discurso “eu não sou vendedor, eu estou vendedor” existe uma dura realidade: a atividade de vendas ainda é, muitas vezes, encarada como algo temporário, apenas um emprego e não uma profissão. E, como a motivação depende em boa parte de um sentimento de identificação com a profissão que se exerce, só é possível trabalhar a de um vendedor a partir do momento que ele se assumir como tal — e se sentir bem com isso. Podemos usar um exemplo pitoresco para ilustrar a importância da identificação com o que se faz, que seria algo muito próximo do que é chamado de vocação: “Imagine que existem dois tipos de candidato a uma vaga cujo perfil ideal seria bem representado pela figura de um tigre. Digamos que um desses candidatos seja um gato e outro, uma anta. Se bem treinado, um gato pode chegar muito próximo de um tigre. Uma anta, não”. Espaço O segundo passo é o de garantir condições favoráveis para que o profissional de vendas desenvolva seu trabalho. É o consultor Fernando Lucena quem diz quais são exatamente essas condições: “As metas e os indicadores de desempenho devem ser bem definidos e informados ao vendedor desde o momento de sua contratação. É importante ter

normas justas e claras, que se apliquem a toda a equipe. Por fim, os bons desempenhos devem ser reconhecidos e premiados”. Nesse aspecto é de suma importância que as premiações sejam proporcionais ao desempenho e que as metas sejam possíveis de serem alcançadas. A consultora de marketing Sandra Maria Martini, que também é professora no curso de moda da Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, fornece boas idéias de como as metas podem ser estabelecidas de maneira que seja estimulante para os vendedores. “É fundamental que os profissionais possam participar do processo de acordo com o qual as metas são estabelecidas, tendo a oportunidade de dar suas idéias e de falar sobre o que, de acordo com sua experi-


36-39-equipe

7/20/06

2:35 PM

Page 39

SETE LIÇÕES DE MOTIVAÇÃO

1. A criação de uma equipe vence-

dora começa pela seleção. Tente selecionar vendedores que tenham algo em comum com o perfil da loja.

2.

Dê possibilidade para que o vendedor aprimore suas habilidades naturais, oferecendo treinamento e cursos sempre que possível.

3. Garanta condições favorá-

veis para que o vendedor desenvolva seu trabalho. Como? Garantindo um bom produto, uma loja atrativa e preços compatíveis com seu consumidor.

4.

As metas e os indicadores de desempenho devem ser bem definidos e informados ao vendedor desde o momento de sua contratação.

5.

Incentive a participação dos funcionários. Escute suas idéias e sugestões de soluções de problemas, e mantenha um canal aberto para queixas.

6.

FONTES DO MERCADO

As metas pessoais são essenciais para que um vendedor se mantenha motivado. Comissão por venda ainda é a melhor estratégia para o comércio.

39 ência, funciona ou não.” Para Sandra, ao dar a oportunidade de o vendedor estabelecer, em conjunto com seu superior, a medida de seu próximo desafio, transmite-se ao profissional uma mensagem de confiança e estímulo adicional ao sentimento de equipe. “É claro que isso não deve significar uma inversão na hierarquia”, ressalva a professora, destacando que o papel do superior, nesse momento, “deve ser muito semelhante ao de um treinador, que estimula o atleta a se superar sempre.” E o processo participativo não precisa se restringir à definição das metas. Ele pode ser estendido para uma estrutura em que cada vendedor tenha não apenas os objetivos de vendas individuais, mas também marcas conjuntas que devam ser alcançadas por toda a equipe. Dessa maneira, estimula-se a cooperação, ameniza-se a competição pouco saudável e ajuda-se a fortalecer o senso de equipe ao mesmo tempo em que se desenvolve as capacidades individuais. As metas pessoais são essenciais para que um vendedor se mantenha motivado. “A contabilização das vendas não são prejudiciais ao espírito de equipe. Muito pelo contrário, são o critério mais justo para mensurar a contribuição de cada um e ainda dão visibilidade a profissionais que podem servir como fonte de inspiração para quem quer crescer e melhorar”, diz Fernando Lucena. Aí entra o trabalho de supervisão que deve ser realizado pelo gerente e, mais esporadicamente, pelo proprietário da loja. No dia-a-dia, o gerente deve conversar com cada vendedor sobre os aspectos positivos e também sobre aqueles que ainda precisam ser lapidados em seu processo de venda. Já o proprietário, deve sempre mostrar que percebe os avanços de cada um e que os valoriza. Esse reconhecimento do proprietário deve vir não apenas sob a forma de elogios, mas também de um plano de carreira. Não há nada mais motivante para um profissional interessado em crescer do que ter certeza de que existem degraus que ele pode galgar dentro daquela empresa, ainda que isso signifique ser promovido de vendedor júnior para vendedor sênior ou mesmo assumir novas responsabilidades administrativas.

7.

Não espere os problemas para exercer o papel de supervisor. Manter-se sempre próximo do negócio e da equipe ajuda a perceber conflitos muito antes deles se transformarem em crise.

Uma seleção bem-feita e muito treinamento garantem uma equipe forte e lucrativa


TOMSOBRETOM

40-47-tomsobretom

7/20/06

3:28 PM

Page 40

GEOMETRIA TROPICAL

CONCEITOS SE FUNDEM EM LISTRAS,CÍRCULOS E CORES SATURADAS FOTOS: SACHA | PRODUÇÃO: LOLÔ ARANHA | MAQUIAGEM: BETINA SCHÜTZE


A

40-47-tomsobretom

7/20/06

3:30 PM

Page 41

Casaco OWBEX FASHION Mai么, chap茅u e meia acervo do stylist

41


7/20/06

3:31 PM

TOMSOBRETOM

40-47-tomsobretom

Maiô ROSA ROSÊ Cinto JENNY’S STONE Colar e pulseiras INTOUCH BIJOUX Short e meias acervo do stylist

Page 42


40-47-tomsobretom

7/20/06

3:32 PM

Page 43

43 Short jeans 5a GERAÇÃO Blusa listrada e camisa de bolas DUCCI


7/20/06

3:33 PM

Page 44

TOMSOBRETOM

40-47-tomsobretom

44 Mini-saia jeans ALFÂNDEGA Coletinho jeans 5a GERAÇÃO Blusa, meia e cinto acervo do stylist


40-47-tomsobretom

7/20/06

3:33 PM

Page 45


7/20/06

TOMSOBRETOM

40-47-tomsobretom

Maiô ROSA ROSÊ Camisa e gravata UMEN

46

3:34 PM

Page 46


40-47-tomsobretom

7/20/06

3:35 PM

Page 47

Maiô ROSA ROSÊ Blusa DUCCI Brinco INTOUCH BIJOUX Cinto JENNY’S STONE Bermuda 5a GERAÇÃO


TE A 7/20/06

2:58 PM

Page 48

COSTURA FINA

48-53-c-fina

ALINHAVO COM

R

À FRENTE DA THEODORA, RITA WAINER MOSTRA QUE IDADE NÃO É DOCUMENTO QUANDO SE BUSCA UM SONHO

POR ROSANE AUBIN | FOTOS JOSETI CAPUSSO

ntrar em uma das lojas Theodora já é uma experiência. Enfeites de porcelana daqueles que decoravam as paredes da casa da sua avó se misturam a pequenas imagens de São Jorge, livros customizados, lindos e irresistíveis, e vendedoras simpáticas na medida certa... E as roupas, ah, as roupas são um oásis para olhos cansados de vitrines em que tudo é igual, de tecidos a estampas e cortes. Se você visitar um dos espaços da marca em São Paulo pode ter a sorte de topar com a estilista em pessoa atendendo aos clientes e deixando todo mundo à vontade. Esse pode ser o primeiro passo para conhecer o mundo de Theodora, a grife que a jovem Rita Wainer, de 28 anos, conseguiu colocar na passarela do Fashion Rio, segundo mais importante evento de moda do país, em apenas quatro anos. Uma trajetória que pode servir de exemplo para quem deseja vencer no mundo da moda, seja numa grife exclusiva e destinada a um grupo seleto ou em empresas que têm como foco grandes mercados.

E

48


48-53-c-fina

7/20/06

2:59 PM

Page 49

49 Uma olhada atenta nas araras revela que a estilista é bem-sucedida na sua principal preocupação na hora de fazer moda: "Um tecido bom, um bom acabamento e uma boa idéia". Por boa idéia, no caso dela, entende-se um investimento preciso em estampas exclusivas, de borboletas, gatos e linhas geométricas lindas, um diferencial que revela a formação em artes plásticas na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap). Uma formação, aliás, inusitada para alguém que parece ter tanto talento para gerenciar negócios e criar novas alternativas

para firmar sua marca, estratégias que nem sempre constam das inúmeras cartilhas que pretendem ensinar empresários a se dar bem no mundo dos negócios. Tudo começou quando Rita, ainda na faculdade, resolveu vender as roupas que criava e costurava para os colegas. Sem dinheiro para divulgação, decidiu chamar os amigos e os amigos dos amigos para um bazar por e-mail, esse meio de informação a que hoje muita gente tem acesso e não custa nada. Vendeu tudo. E decidiu criar a sua grife, batizando-a com o nome de sua gata vira-lata. Era dezembro de 2001. Menos de dois anos depois, em 2003, já desfilava na Semana de Moda Casa dos Criadores, uma espécie de degrau para a São Paulo Fashion Week ou para a Fashion Rio. No mesmo ano, abriu sua primeira lojinha, na moderna Galeria Ouro Fino. De lá para cá foram muitos projetos, incluindo a criação de uniformes para casas noturnas e restaurantes badalados da capital paulista, e uma parceria com a Melissa, para a qual criou roupas e acessórios. Em março de 2006 inaugurou sua nova loja, um sobradinho na Rua Tinhorão, onde vende, cria e executa suas peças, escreve seu blog

Rita: “Acho engraçado como minha marca deu certo, porque eu não segui estratégia”


COSTURA FINA

48-53-c-fina

7/20/06

3:00 PM

Page 50

Detalhes da loja e das estampas (abaixo): tudo passa pelas mãos da Rita

Em véspera de desfile,sempre acho que vai dar tudo errado. Tomo calmante,fico lesada e acho que não vai ninguém (www.theodora.com.br) e os boletins Visões de Theodora. Finalmente, a consagração: "A Theodora agora é coisa de gente grande, e entrou no mercado com uma roupa de personalidade e bons preços", festejou a colunista Érika Palomino depois de assistir ao desfile da grife no Fashion Rio, dia 10 de junho. Toda a imprensa especializada fez coro, saudando-a como a melhor surpresa do evento. Além desse sucesso conceitual, as roupas da Theodora também parecem ter caído nas graças dos consumidores. São vendidas em Tóquio, Barcelona, Paris, Milão e em várias multimarcas espalhadas pelo Brasil. E as liquidações promovidas pelas duas lojas paulistanas também podem ser consideradas uma medida do sucesso: em menos de uma semana, poucas peças sobram nas araras. Rita garante que não consegue definir o perfil de seus consumidores: "Quando eu acho que descobri, muda tudo". Mas dá para imaginar só de olhar para as roupas. São pessoas bem informadas, que buscam algo diferente, com identidade – o que ela, aliás, tem de sobra. "Liberdade. Esse é o passaporte que credencia as criações leves, suaves e com atitude propostas por Rita Wainer", analisa Tarcísio D’Almeida, professor de moda da Faculdade Santa Marcelina. E a facilidade de criar novas linguagens começa desde a etiqueta das roupas, que tem a seguinte descrição: "Esta peça foi feita manualmente com amor. Agora é com você. Cuide e lave com carinho". A estilista tem uma intimidade inesperada com as palavras, mas uma boa olhada na sua árvore genealógica explica tudo. Avô: Samuel Wainer, fundador do jornal Última Hora. A facilidade com a escrita fica clara no seu

blog, em que relata seu dia-a-dia no trabalho, inspirações e aspirações, e também no livro I’m Not Alone, lançado pela Fina Flor. Voltando à genealogia: Pinky é filha de Danuza Leão, posicionada ao lado de Samuel na árvore da família. O que explica o interesse por moda, afinal Danuza faz parte da história da moda brasileira. É uma espécie de Gisele Bündchen de sua época: foi a primeira modelo brasileira a ser contratada por uma maison de alta-costura francesa. Rita reconhece a influência da família em suas escolhas, e sabe da sorte de ter tido um empurrão rumo à independência. "Na minha família não tem moleza", conta a estilista. "Rita sempre gostou de moda. Aprendeu a costurar muito cedo. Pediu uma máquina e aprendeu a costurar com a empregada. Passava horas desenhando roupas, modelos... E sempre teve muita personalidade para se vestir ", conta a mãe, Pinky Wainer. E aí chegamos ao principal ingrediente da receita de sucesso da Theodora: "Tenho uma paixão enorme pelo que faço", diz ela, que faz questão de cuidar de tudo. "Se eu escolho a cor das paredes da loja? Não só escolho como pinto", brinca. A seguir, uma conversa franca e divertida com a jovem estilista, cujo sonho é:


48-53-c-fina

7/20/06

3:00 PM

Page 51

51 ria e a minha foi assim. Tive de me virar com minha criatividade, porque não tinha feito faculdade, sou autodidata. Ainda bem que deu certo. Você se define como artista, em vez de estilista. Como lida com as questões práticas do negócio? É complicado passar da criação para a administração? Complicadíssimo. É um tombo atrás do outro. Mas hoje consegui formar uma equipe legal, onde cada um faz o que sabe. Não dá para querer fazer tudo. A gente vai ficando mais esperta, né? Você parece trabalhar cercada de pessoas amigas. Em algum momento isso atrapalhou? Não, muito pelo contrário. Eu admiro e confio nos meus amigos, e eles me conhecem. Mas, antes de serem meus amigos, são profissionais incríveis. Tenho sorte quanto a isso. E o astral é muito melhor. Todo mundo bota o coração na parada. E quem não é amigo vira. A gente é meio hippie nesse sentido. A gente se emociona. Você consegue fazer o papel de chefe, que cobra e tem autoridade, com facilidade? Acho que sim. Ao mesmo tempo, tento manter um ambiente legal e deixo bem claro para a minha equipe que todo mundo é igualmente importante, que eu não faço nada sozinha, e que sem eles nada seria possível. Acha importante fazer ações de marketing ou publicidade? Faço meu marketing com o que eu tenho, mas nunca investi nisso, até porque não tenho verba. Como surgiu a idéia de começar a divulgar a sua grife por meio de e-mails? Não tinha opção. Foi a falta de grana que me fez pensar em alternativas que pudessem dar resultado. Foi a vontade que eu tinha de que minha marca desse certo. E o seu blog? Acha que pode estar inventando uma nova forma de divulgação? Acho que é um caminho para ter contato com as pessoas que gostam da marca. Não quero ser nunca inatingível, não quero ficar metida porque falaram bem do meu trabalho ou porque vendi para o exterior ou para algum famoso. O blog é democrático, é uma forma de estar perto de quem me ajuda. São as pessoas comuns que gostam da Theodora que me permitem fazer o resto. Tenho o maior carinho pelos meus clientes. Oito pessoas trabalham no ateliê da Rua Tinhorão

"Quero que meu cabelo cresça em linha reta e de uma cor só. Aí eu vou fazer uma trança daquelas que a Frida Kahlo usava que dá a volta na cabeça." Fácil, para quem já conseguiu o mais difícil: fazer sucesso no mundo da moda. Você teve uma trajetória muito diferente na hora de criar a sua marca. Acha que o mais importante para a criação de uma grife é ter estilo e identidade pessoal? Não. Acho que cada um tem a sua histó-

Muita literatura, cursos, oficinas e seminários tentam ensinar a criar e firmar uma marca. E, no entanto, parece que as iniciativas vencedoras são um pouco como a sua, completamente novas e inéditas. O que você acha disso? Eu acho engraçada a forma como a minha marca deu certo. Porque não segui nenhuma estratégia, não tinha experiência e nunca achei que estava tendo uma idéia genial. Mas tenho uma paixão enorme pelo que faço, desde sempre. Não desprezo nenhuma oportunidade, porque a gente nunca sabe o que vai acontecer depois. O que eu acho é que cada um deve seguir sua intuição e cada cliente, cada pessoa que se interessa pelo meu trabalho é importante igual. E cada pessoa que veste uma roupa minha merece todo o meu amor, porque a roupa anda, e vai longe, sozinha. Você tem uma formação e atua em artes plásticas, gosta de literatura, escreve... Como concilia tudo isso com a administração de suas lojas? Tem facilidade de


COSTURA FINA

48-53-c-fina

7/20/06

3:01 PM

Page 52

transitar entre esse mundo mais do imaginário e o mundo prático? Mais ou menos. Acho que desde os meus 20 anos vivo para o meu trabalho. Tenho 28 agora, acho que estou mais madura e me vejo cansada de tanto sonho. Porque a vida prática nos coloca no chão. São oito anos sem tirar férias! Já perdi muito namorado por causa disso, muita festa, muito almoço de família. Ando pensando nisso. Acho que dá para chegar a um meio-termo, senão você enlouquece. Tirei o computador da minha casa. O que dá mais trabalho: criar uma nova coleção, lidar com questões administrativas ou com as pessoas que prestam serviços para você? Para mim, criar uma coleção é fácil. Muito fácil. O resto não. Exige disciplina, e eu não tenho muita. Você cuida de detalhes mais práticos, como escolher a cor da parede da sua loja? Ou prefere delegar isso a outras pessoas? Escolher a cor? Eu mesma pinto! Cuido de tudo, mas tento delegar também. Só que, se eu não gosto, não vai. A sua mãe é artista plástica, a sua avó foi modelo e é uma personalidade conhecida no mundo da moda. Até que ponto elas influenciam seu trabalho?

Elas são a família que eu tenho. Mas tenho pai, seis irmãos, outra avó que mora no meu prédio, amigos da vida toda. Todos influenciaram na minha vida e nas minhas escolhas. Ser famoso ou não, não muda nada. Acha que teria a mesma maturidade se não tivesse esse background familiar? Difícil falar da vida que você não teve. Meus pais me educaram de uma forma muito livre, e praticamente me ensinaram a ser independente. Na minha família não tem moleza. Eles me respeitam por ser independente, por ter conseguido minhas coisas sozinha. E isso me dá força. Ninguém ficou me incentivando a ser estilista, a ser artista. Meu pai sempre disse que eu seria uma ótima arquiteta, mas eu tive liberdade para ser o que quisesse. E

52

Tenho muito orgulho da vida profissional de minha filha.É talentosa,claro,mas soma ao talento a responsabilidade do negócio PINKY WAINER – ARTISTA PLÁSTICA


48-53-c-fina

7/21/06

11:59 AM

Page 53

Cenas do desfile no Fashion Rio: aplausos e elogios da crítica

53 da pessoa mais pela roupa do que pela cara, eu imagino a vida dela, a personalidade, pelas roupas que ela veste. Quais as principais qualidades de uma boa roupa? Um tecido bom, um bom acabamento e uma boa idéia.

fui. Saí de casa aos 17 anos, voltei aos 18, saí de novo aos 19 e nunca mais voltei. Eles sempre me apoiaram. Ninguém se mete, mas eu sei que eles estarão comigo se precisar de qualquer coisa. Se fosse escolher um estilista para trabalhar com você, qual seriam as principais qualidades dele(a)? Eu acabei de contratar uma estilista para me ajudar no comercial. Não estava mais dando conta de cuidar de duas lojas. Ela foi minha assistente por dois anos, foi embora e voltou agora. Acho importante que ela entenda como funciona minha cabeça. E ela entende. E qual o defeito inadmissível? Não entender o espírito da marca. Além de se inspirar na literatura e nas artes plásticas, você faz outros tipos de pesquisa? Estou sempre pesquisando, mas a minha inspiração vem da vida real. Meus amigos, meu namorado, o universo ao meu redor. Observa a forma com que as pessoas se vestem? O que chama sua atenção? O tempo todo! Só penso nisso! Lembro

O que é brega? E o que é chique? Vixe, brega é quem é arrogante, chique é ser inteligente (risos). Você tem algum ícone no mundo da moda? Jane Birkin (atriz e cantora britânica) quando casada com Serge Gainsbourg (cantor e compositor francês). Queria que todo mundo fosse daquela forma. Qual a sua peça preferida entre as que já criou? E qual a que menos gosta? Não sei responder. Não acho que eu seja uma grande estilista de peças construídas e tal, acho que eu sou boa de criar um universo, no conjunto. Como você costuma se vestir? Onde compra suas roupas e acessórios? Cada vez mais simples. Eu adoro jeans, roupas de brechó. Amo o brechó Juicy by Liquor, que fica na Rua Tietê (região central de São Paulo), e gosto da Zara e do Marc Jacobs. Acredita que o período em que trabalhou na Cavalera e na Lucy in the Sky foram importantes para sua formação? Acho que foi bom para entender as re-

lações pessoais dentro do trabalho. Eu fui estagiária, não tinha muito contato com o trabalho criativo, mas aprendi com a Thais Losso (antiga estilista da Cavalera), por exemplo, a fazer tudo com amor e tratar bem uma equipe. Como é o um dia típico na sua vida? Acordo tarde. Chego ao trabalho depois das 13 horas. Aqui cuido mais da burocracia, dos projetos, das lojas, de organizar o pessoal, metas, estamparia. Chego em casa umas 9 da noite, desenho, faço as estampas, vejo novela e durmo às 3 da manhã. E você poderia descrever um dia de véspera de desfile? Nossa, que nervoso! Sempre acho que vai dar tudo errado. Minha equipe já sabe que na véspera do desfile não sirvo para nada. O que eu fiz, está feito. Fico torcendo para acabar logo e para que dê tudo certo, tomo calmante, fico lesada e sempre acho que não vai ninguém. O que, na minha paranóia, é bom porque vai dar errado mesmo... Aí depois dá tudo certo, eu quero ir embora dormir e fico pensando “nunca mais”, até a próxima estação... Que conselho daria a alguém que pretende seguir a carreira de estilista e ter sucesso com moda? Se joga! ENDEREÇOS: Galeria Ouro Fino. Rua Augusta, 2.690, loja 206 - 1o andar – Tel. 3082-9624 Rua Tinhorão, 72 – Tel. 3825-5876


3:42 PM

Page 54

APRENDA AQUI COMO TIRAR PROVEITO DAS PEÇAS DA ESTAÇÃO NA MODA DE RUA

7/20/06

MODA STREET

54-62-modastreet

DE

54

PARAR O

TRÂNSITO

PRODUTOR DE MODA – SATOR ENDO | ASSISTENTE DE PRODUÇÃO – RASSYO BRESSAN | FOTÓGRAFO – ROGER ENGELMANN | ASSISTENTE DO FOTÓGRAFO – RICARDO YOSHIMOTO | MAQUIADOR – WAGNER RIBEIRO (BLZ) | MODELOS – SILVIO REIS E MARCELA ALDRA (ONE MODELS BRAZIL)


O

54-62-modastreet

7/20/06

3:42 PM

Page 55

Ela usa bolero QUATSI, short branco MALAGUETA, cinto CELINA DE PAULA, sapato SPOT SHOES e acessórios SECRETS Ele usa camisa WKA e sunga APNÉIA Acessórios: ACERVO PESSOAL

55


7/20/06

MODA STREET

54-62-modastreet

Ela usa vestido de renda MERCADO NEGRO Ele usa calรงa BIOTWO e jaqueta BIZARRE

56

3:43 PM

Page 56


54-62-modastreet

7/20/06

3:43 PM

Page 57

57 Ela usa calça DAS MENINAS, top LUCKY RED, sandália SPOT SHOES, brincos SECRETS e colar MAGNIFICAT BIJOUX Ele usa jeans DUST, cueca STRUTURA, regata FITLAND, chapéu VOLUNTEER e acessórios JOLY


54-62-modastreet

7/20/06

3:44 PM

Page 58

MODA STREET

Ela usa regata PITANGA, short CHINTY’S, sapato SPOT SHOES, brincos e pulseiras SECRETS Ele usa jeans EDWIN, camiseta FALL BACK e tênis ASICS

58


54-62-modastreet

7/20/06

3:45 PM

Page 59

59

Ela usa vestido CELINA DE PAULA, pulseiras RACESSORY e SECRETS, colar MAGNIFICAT BIJOUX Ele usa camiseta TUTTI TANTO, short ACERVO PESSOAL, boné STRUTURA, tênis ASICS e munhequeira ACERVO PESSOAL


7/20/06

3:45 PM

MODA STREET

54-62-modastreet

Ela usa calça LIA RABELLO, camiseta DUST, brincos e colar MAGNIFICAT BIJOUX, sandália SPOT SHOES Ele usa jeans TRANSPORT, pólo FALL BACK, cinto de lona STRUTURA e tênis ASICS

60

Page 60


54-62-modastreet

61

7/20/06

3:45 PM

Page 61

Ela usa jeans PACIFIC BLUE, camiseta estonada DUST, fios de seda RACESSORY, brincos SECRETS e sandália JORGE ALEX Ele usa jeans VAKKO, camiseta beringela UMEN, camisa xadrez BIOTWO, tênis ASICS e acessórios JOLY


7/20/06

3:46 PM

Page 62

MODA STREET

54-62-modastreet

62 Ela usa short jeans VAKKO, camiseta LU AND LU, brinco RACESSORY, colar e pulseiras GUSTY & RILLY, cinto INTOUCH BIJOUX e sandália SPOT SHOES Ele usa bermuda jeans GUZZ, camiseta vermelha UMEN, camisa xadrez STRUTURA e tênis ASICS


Project1

7/21/06

10:39 AM

Page 1


INSPIRAÇÃO

64-71-inspiracaov2

7/20/06

3:53 PM

Page 64

UM SUSPIRO DO

PASSADO A PRIMAVERA CHEGA ROMÂNTICA, COM TRANSPARÊNCIAS, LACINHOS E PAIXÃO

64


64-71-inspiracaov2

7/20/06

3:55 PM

Page 65

Vestido Dior de tricô e bolero EMPÓRIO E.M Peep toe poá SPOT SHOES

FOTOS: PRISCILA PRADE WWW.PRISCILAPRADE.COM.BR | COORDENAÇÃO E EDIÇÃO DE MODA: LUANA PRADE WWW.LUANAPRADE.COM.BR | PRODUÇÃO DE OBJETOS: LUANA PRADE | MAQUIAGEM E CABELO: ROBERTO FERNANDES | MODELO: CAROLINA RESTON – LEQUIPE AGENCE | AGRADECIMENTOS: RECAMIE, CÔMODA, TELEFONE E GRAMOFONE – OBJETOS DE CENA – (11) 3258-6054 | POLTRONA, BAÚ E CADEIRA COM ESTOFADO FLORAL – PRIVILEGIO SÔNIA MONTIANI (11) 3891-1288/(11) 3062-5820 WWW.PRIVILEGIOONLINE.COM.BR | FLORES DE TECIDO DIVA – (19) 3756-3755


7/20/06

4:01 PM

Page 66

INSPIRAÇÃO

64-71-inspiracaov2

Saia e blusa 5a GERAÇÃO Sutiã Coleção Micena HORA DAS MEIAS Faixa CABOCLA BY DADU Plataforma SPOT SHOES

66


64-71-inspiracaov2

7/21/06

2:41 PM

Vestido com faixa na cintura KAFIÉ Colar, cristais e flor de fuxico STRASS Pulseira TATTINHA

Page 67


7/20/06

4:03 PM

Page 68

INSPIRAÇÃO

64-71-inspiracaov2

Camisa com renda e short CHC Faixa de cintura GUSTY & RILLY Bolsa de mão TACTIC’S Sapato SPOT SHOES Colar e brincos TATTINHA

68


64-71-inspiracaov2

7/20/06

4:03 PM

Page 69

Short Q’LINDA Camiseta DHANA BY JANKENPÔ Jaqueta DAS MENINAS Sapatilha SPOT SHOES Bolsa GUSTY & RILLY


7/20/06

4:05 PM

Page 70

INSPIRAÇÃO

64-71-inspiracaov2

Saia e camiseta LA MAGIE Colares e brincos GUSTY & RILLY

70


64-71-inspiracaov2

7/20/06

4:05 PM

Page 71

Blusa e casaquinho de tricô EMPÓRIO E.M

ONDE ENCONTRAR: CABOCLA BY DADU – LOJAS 85/86 – TÉRREO/MEGA – TELS.: (11) 6886-6467/6886-6509 | CHC – LOJA 26 – TÉRREO/POLO – TELS.: (11) 6692-0075/6096-6126 |DAS MENINAS – LOJA 235 – 20 PISO/POLO – TEL.: (11) 6692-5959 | DHANA BY JANKENPÔ – LOJA 413 – 40 PISO/POLO – TEL.: (11) 3311-2955 | EMPÓRIO E.M – LOJA 331 – 30 PISO/POLO – TELS.: (11) 6698-0583/6292-4628 | GUSTY & RILLY – LOJA 325 – 30 PISO/POLO – TELS.: (11) 6693-1164/6692-6899 | HORA DAS MEIAS – LOJA 340 – 30 PISO/POLO – TEL.: (11) 6694-3023 | KAFIÉ – LOJA 39 – TÉRREO/POLO – TEL.: (11) 6695-0451 | LA MAGIE – LOJA 437 – 40 PISO/POLO – TEL.: (11) 6618-1602/6692-6958 | Q’ LINDA – LOJA 332 – 30 PISO/POLO – TELS.: (11) 3311-2922/6698-7109 | 5a GERAÇÃO – LOJAS 93/94 – TÉRREO/MEGA – TEL.: (11) 6886-6338 | SPOT SHOES – LOJAS 284/285/286 – 20 PISO/MEGA – TEL.: (11) 6886-6471 | STRASS – LOJA 424 – 40 PISO/POLO – TELS.: (11) 3311-2954/6694-6916 | TACTIC’S – LOJA 43 – TÉRREO/POLO – TELS.: (11) 3311-2796/6695-2881 | TATTINHA – LOJA 429 – 40 PISO/POLO – TELS.: (11) 6291-1096/6692-4343


TROCANDOEMMIÚDOS

72-77-trocandomiudos-v2SA

7/20/06

2:47 PM

Page 72

P S

O QUE VAI SAIR DAS PASSARELAS PARA AS VITRINES (E ARMÁRIOS) DO BRASIL

FW P O R

TRADUZIDO

F L AV I N H A

V I A N A

F OTO S

D I VU LGAÇ ÃO

E

F E R N A N DA

C A L FAT

julgar pelo clima de festa dos bastidores, muita gente pode pensar que o São Paulo Fashion Week (SPFW) é uma grande celebração. Em parte, é verdade. Mas o SPFW também é o maior evento de moda da América Latina. Profissionais do país inteiro fecham negócios, conhecem marcas e, principalmente, se atualizam com o que deve ganhar as vitrines (e ruas) do Brasil na próxima estação. Em uma semana, 45 grifes mostraram suas propostas e apostas. Porém, do que foi visto na passarela, em que você pode apostar sem erro? É natural que nem tudo seja novidade, e nem tudo ganhe os guarda-roupas. Muitas vezes o que se apresenta ali naqueles dez minutos de glamour são apenas referências e inspirações. Selecionamos alguns looks que realmente nos dizem alguma coisa. A seguir, aprenda que lições tirar dos desfiles e como transformar isso em opções de compra que vão ganhar o seu cliente.

A

72

|


72-77-trocandomiudos-v2SA

7/20/06

2:47 PM

Page 73

Jardineira jeans | A jardineira da marca Zoomp pode ser usada de diversas formas e uma delas é com uma camiseta básica e um tênis bastante confortável como o velho Allstar. O caimento do jeans é importante. Essa é uma das apostas do verão!

73 Vestidos estampados | Os vestidos são indispensáveis no verão, isso a gente já sabe. Nessa estação, a ordem é: quanto mais curto, melhor. Ponto para os modelos coloridos e estampados de tecidos leves, como esse apresentado pela Sais. Se o dia não estiver escaldante, você pode usar com bermudas ou calça jeans também.


TROCANDOEMMIÚDOS

72-77-trocandomiudos-v2SA

7/20/06

2:48 PM

Page 74

Bolerinho e estampas A moda também é diversão, por isso aposte na idéia da Zigfreda. Nada combina por completo, mas todas as peças conversam entre si. O bolerinho segue em frente, permanecendo na vitrine. Esse da foto tem manguinha meio bufante e vai bem com shortinho, saia, calça e até mesmo com vestidos: a escolha é toda sua.

Vestido transparente O visual é lindo, mas inviável para o uso diário. Em vez de nada por baixo, esse vestido assinado por Patrícia Vieira pode ser usado com uma calça de corte de alfaiataria e um lindo sutiã ou um body cor da pele. O cinto do mesmo tom da sandália não dá margens a erros, principalmente se usado com uma peça de cor clara, como nesse caso.

74

Tomara-que-caia | A grife Água de Coco apresenta uma peça que fácil ganhará as ruas. A blusinha tomaraque-caia estampada é um clássico dos dias de calor, que reinventada se transforma no par perfeito para o bom e velho jeans (calça, short ou saia). A estampa faz toda a diferença e é a cara do verão. Pode apostar sem medo!


72-77-trocandomiudos-v2SA

7/20/06

2:49 PM

Page 75

Short curtinho | O short continua, como bem prevê o estilista Fause Haten. Para compor, prefira as regatas em cores mais claras de malha e uma sandália de meio salto ou até mesmo uma rasteirinha. É o típico visual elegante e sem complicações. Para complementar, acessórios como colares rústicos e brincos.

Casaco 3/4 O casaco sequinho de Isabela Capeto, com corte de alfaiataria e manga 3/4, é a prova que esse tipo de peça continuará reinando. E por que não usá-lo com um jeans ou uma alfaiataria reta e seca? Para dar um ar de mais sofisticação, aposte no scarpin ou na sandália, a mesma que a modelo está usando no desfile!

Boné na cabeça O boné deixou de ser um acessório masculino há muito tempo. As passarelas revelam que ele continuará em alta no verão, desde que combine com a personalidade de quem está usando. Proponha à sua cliente o uso do boné com jeans e camiseta, saia e short curtinho e vestidos leves. No desfile da Forum, o boné completa o look de passeio, com bermuda e camisa folgadonas, para quem não abre mão do estilo, nem do conforto.

75


TROCANDOEMMIÚDOS

72-77-trocandomiudos-v2SA

7/20/06

2:50 PM

Page 76

Branco total | Esse visual da Iódice é perfeito. Ele resume as tendências da estação: pernas de fora, branco total e tecido esvoaçante. No máximo, complemente com alguns colares e pulseiras rústicas. Se o dia não estiver tão quente assim, pode usar com uma calça jeans justinha.

76

Cores cruas Cores cruas são sempre um charme no verão. Pode apostar no look de Lorenzo Merlino por inteiro. Ele traduz a tendência de cores únicas no visual. Mas, se quiser, também pode dar mais destaque à calça com uma baby look e sandália rasteirinha. Se a ocasião pedir um pouco mais de sobriedade, componha com um scarpin de salto bem alto, uma camisa de tom escuro e um cinto fininho. Para a noite, pode abusar no brilho e nas sobreposições.


72-77-trocandomiudos-v2SA

7/20/06

2:51 PM

Page 77

Laranja berrante O visual proposto pela Triton é a cara do verão. Laranja e vermelho prometem ser as cores berrantes da vez. Esse look também fica perfeito com uma sandália baixa ou rasteira, um belo rabo- de-cavalo e uma corrente um pouco mais levinha no pescoço. As pulseiras ajudam a dar o colorido com cara de praia.

77

Calça reta A calça reta e sequinha de tecido preta da estilista Érika Ikezilli é uma peçachave, que pode ir do trabalho à festa. O look proposto no desfile é vencedor: sobreposição, cor vermelha e sandália de salto alto. O scarpin pode dar um ar sofisticado. Recomende o look para as clientes que procuram roupas que a acompanhem do trabalho ao happy hour.


78-81-espelhomeu

7/20/04

2:18 PM

Page 78

ESPELHO MEU

ELES DISTRIBUEM MODA

CONVIDAMOS CLIENTES DO MEGA POLO MODA PARA MUDAR DE LADO E VIVER UMA MANHÃ DE MODELOS. E ELES MOSTRARAM QUE SABEM MAIS DO QUE VENDER

1

78


78-81-espelhomeu

7/20/04

2:19 PM

Page 79

1. Elisângela de Paula, da Sanches e Martins – Cuiabá (MT): vestido Kafié; 2. Conceição Garbin Brunetti, da Brunetti Modas Catanduva (SP): calça New Island e camisa Aktuell; 3. Roberto Oliveira, da loja Censura Livre - Campos de Goitacazes (RJ): camisa Pierre Cardin para Union Street e calça Edwin; 4. Simone Tiago Santos, da Caterine Righi Modas – São Caetano (SP): look Aktuell

3

2

79 4


78-81-espelhomeu

7/20/04

2:19 PM

Page 80

ESPELHO MEU

1. Maria Lúcia Mazaro Abdala, da Gata Modas Urupês (SP): vestido New Island; 2. Marli Loebens, da Gussy Comércio de Confecção Novo Hamburgo (RS): blusa Aktuell e calça Montanic; 3. Luciana Rangel Bastos, da Luciana Rangel Modas - Campos de Goitacazes (RJ): calça e camisa Pink Love; 4. Reila Maria Rodrigues, da loja Spassus Mineiros (GO): vestido Pura Emoção e bolero New Island; 5. Rosane Minetto, 40 anos, da Rose Modas - Cerro Largo (RS): look Katraca

1

80

2


78-81-espelhomeu

7/20/04

2:20 PM

Page 81

81 3

4

5


82-87-gironacidade

7/20/04

2:23 PM

Page 82

GIRONACIDADE

O QUE SÃO PAULO OFERECE DE MELHOR

ARQUITETURA

E

HISTÓRIA

M

U

S

E

U

O MEMORIAL DO IMIGRANTE É UMA ÓTIMA OPÇÃO PARA UMA TARDE DE

o fim do século 19, a constante chegada de imigrantes ao estado de São Paulo exigiu a construção de um alojamento que servisse como primeiro endereço para esses viajantes. A hospedaria abrigava grupos de recém-chegados por até oito dias. E ali eles começavam a traçar seu futuro no Novo Mundo. Foi assim até 1978, quando a hospedaria recebeu o último grupo de imigrantes. Quatro anos depois, o prédio localizado na Mooca foi tombado como patrimônio arquitetônico – fazendo justiça ao projeto em forma de “E” assinado por Antonio Martins Haussler – e ganhou um papel ainda mais nobre: manter viva a memória do período de imigração. Inaugurado em 1998, o Memorial do Imigrante ocupa parte da antiga Hospedaria de Imigrantes. O Museu da Imigração tem fotos, móveis, máquinas e maquetes que remontam esse momento da nossa história e nos ajudam a entender a variedade de sotaques e traços físicos da população paulista. Aos domingos, adultos e crianças podem fazer um passeio de trem enquanto escutam a história da antiga ferrovia Railway, por

N

onde vieram os primeiros estrangeiros. Uma vez por ano, normalmente nos últimos fins de semana de junho, ocorre a Festa do Imigrante. O evento põe em evidência as tradições, danças e comidas típicas de 19 países – entre eles Portugal, Espanha, Peru, Japão, Líbano e Grécia. Se você é descendente de imigrante, vai gostar de conhecer a sala com totens e terminais de computador onde é possível, com algumas tecladas, fazer consultas sobre a chegada de imigrantes. Nessa mesma sala, você poderá assistir trechos dos depoimentos gravados, ver fotos da chegada e ter acesso a dados estatísticos sobre imigração. Reserve uma tarde para conhecer sem pressa o Memorial do Imigrante. No mínimo, serão momentos agradáveis, com muita história e ares do passado. MEMORIAL DO IMIGRANTE Rua Visconte de Parnaíba, 1.316, Mooca, tel. (11) 6693-0917 De terça a domingo, das 10 às 17 horas Ingressos: R$ 4 (adulto) e R$ 2 (crianças); grátis para menores de 7 e maiores de 60 anos; R$ 4 a R$ 7 (trem)


82-87-gironacidade

7/20/04

2:24 PM

Page 83

83 Esculturas que lembram as nacionalidades dos imigrantes (acima e Ă  dir.) e fachada do memorial (abaixo): antiga hospedaria que se transformou em museu

CULTURA,COM GOSTO DE PASSADO


82-87-gironacidade

7/20/04

4:39 PM

Page 84

A

O QUE SÃO PAULO OFERECE DE MELHOR

S

GIRONACIDADE

L

O

J

PRATELEIRAS DE BACCO

GUIA DE COMPRAS COM AS MELHORES LOJAS DE VINHO DE SÃO PAULO

irou moda. Ou será tendência? O certo é que é cada dia maior o número de importadoras de vinho e outros apaixonados pela bebida que abrem seus próprios pontos-de-venda em São Paulo. Essas lojas, além de lindas, são uma tentação para os que sabem apreciar uma boa taça. Então, aproveite que está em Sampa e tenha uma tarde em nome de Bacco – com o cartão de crédito à mão, esteja avisado! Para você não se perder por aí preparamos um pequeno roteiro das melhores lojas de vinho da cidade.

V

84 MELHORES UVAS NO BRÁS em é preciso sair do Brás para se perder entre prateleiras de vinho: a WorldWine Store fica a poucos minutos do Mega Polo Moda. A loja – pensada para atender o padrão mais exigente dos apreciadores de vinhos – mantém um estoque de raridades e exemplares de grandes vinhedos. A WorldWine vende mais de 1.500 rótulos vindos das mais respeitadas regiões vinícolas do mundo, como Itália, França, Chile, Portugal e Argentina. Ainda tem um espaço para degustação e venda de produtos alimentícios importados pela La Pastina.

N

CASARÃO NO ITAIM sse é o típico exemplo de importadora (no caso, a Zahil) que abriu loja recentemente. Além de ser um showroom para seus rótulos, a loja tem servido para estreitar relações com os clientes, e em grande estilo. A Wine House fica numa espaçosa casa localizada no Itaim Bibi, com direito até a jardim. Nas estantes, as garrafas estão expostas ao lado de uma ficha com todas as informações relevantes. Os vinhos escolhidos não saem dali – são retiradas da adega climatizada.

E

WINE HOUSE Rua Manuel Guedes, 294 – Itaim Bibi – (11) 3071-2900 De segunda a sexta-feira, das 9 às 20 horas; sábados até às 18 horas

WORLDWINE Rua da Alfândega, 182 – Brás (11) 3315-7477 De segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas; sábados até às 15 horas


Project2

7/21/06

11:01 AM

Page 1


82-87-gironacidade

7/21/06

2:32 PM

Page 86

GIRONACIDADE

O QUE SÃO PAULO OFERECE DE MELHOR

86

R

E

S

T

A

U

R

A

N

T

E

S

ALMOÇO NO CLIMA DASLUZETE provável que muitos amantes da boa comida jamais cheguem perto do Leopolldina, apenas pelo fato de ele estar dentro da intimidadora Daslu. Grande bobagem. O programa ali é outro – e é bacana. Comer no Leopolldina significa fazer um passeio legal; do mesmo tipo que fazemos sem dramas de consciência quando vamos tomar chá na Gallerie Lafayette. A Daslu é realmente linda e garante metade do sucesso do passeio. O restaurante funciona como o centro nervoso do lugar, onde os consumidores podem ver e ser vistos. Só serve almoço (de segunda a sexta-feira, das 12 às 15 horas), o que admite um cardápio mais relaxado, animado por mulheres maquiadas e felizes, além de alguns engravatados. Em nossa visita crítica, a espera foi de 1h15, embora a recepcionista, muito simpática, tivesse garantido que não ultrapassaria 20 minutos. Mas naquele entorno, quem tem pressa? Aproveita-se para fazer umas comprinhas, o que também é possível, e sem se endividar até 2007. O restaurante é bonito, claro e bem decorado, como todas as casas com a mão abençoada de Giancarlo Bolla (La Tambouille, O Leopolldo, Bar des Arts), coproprietário do lugar. Há uma área envidraçada imitando um gazebo, paredes de treliça branca, estátuas com ar oriental pós-moderno. São três mesas de bufê. O sistema não poderia ser diferente: o desfile no trajeto até os pratos é fundamental e, ao redor da mesa, as pessoas trocam beijos e batem papo. Há muitas opções a 60 reais. Sorte sua se, naquele dia, na parte das saladas, tiver em uma das travessas o mil-folhas de salmão – uma real delicadeza de camadas intercaladas do peixe, de queijo cremoso e caviar na cobertura. No entanto, quem conhece os bufês do Bar des Arts espera um pouco mais em delícias frias.

É

Cardápio diversificado e clima de festa no restaurante que fica na Daslu

Aí vem a segunda mesa. Há pelo menos oito opções de comida quente: de ravióli recheado a jambalaia, de filé mignon com molho escuro a peixes com amêndoas. Fique com as massas, o forte de Bolla. Ninguém está ali para comer muito mesmo: alguém canta parabéns na última mesa do gazebo, babás cuidam de crianças... A mesa de doces: bela apresentação, mas com nada bom demais ou ruim demais. Se há crítica a fazer vai para a distração com os detalhes, esses malditos detalhes, que nesse ambiente de charme e elegância destoam muito mais – do açucareiro de prata com açúcar caindo pelas beiradas, da espera por um garfo que leva muitos minutos para chegar, dos garçons suando e desaparecendo permanentemente. Felizmente, a casa está bombando, mas parece que a brigada é menor do que efetivamente é preciso. A carta de vinhos também poderia ser mais abrangente. Uma taça de Veuve Clicquot custa 72 reais; um vinho chileno Caliterra custa 100 reais. Os vinhos servidos em taça (de 19 a 23 reais) ficam estacionados em uma mesa próxima aos réchauds, lugar quente demais até para o serviço em taças. Vale aqui o toque para melhorar essa situação. Mas vá lá, a festa compensa as eventuais falhas. Ah! E o controvertido valet park de 30 reais, é cortesia da casa. Resumo: é programa imperdível – até mesmo para quem tem apenas algumas horinhas livres em São Paulo. Se tiver pressa, faça reserva. LEOPOLLDINA Primeiro andar da loja Daslu Avenida Chedid Jafet, 131 Só abre para almoço


82-87-gironacidade

7/21/06

2:32 PM

Page 87

gócio, Bernard Roca e a casa ganhou alguma adaptação – uma carta de vinhos mais complexa, por exemplo. Mas o bom se repete: a viagem de sensações e aromas da cozinha milenar tailandesa. O menu degustação é composto de seis entradas, cinco pratos principais, arroz branco de acompanhamento e uma sobremesa, a R$ 79,00 por pessoa. É um preço absolutamente modesto pelo banquete que se abre à sua frente. Nele brilham pedaços de frango temperado envoltos em folha de baithoy, o frango com castanhas e os camarões com curry verde e legumes. Quanto aos currys, conseguem ser ao mesmo tempo conter suaves odores e pimentas escaldantes. Há três tipos de curry (um mais forte que o outro) compostos com base em misturas de especiarias que vêm especialmente da Tailândia, onde há profissionais exímios na arte de combinar ervas e temperos. A comida tai costuma ser servida com chá ou cerveja, mas não se intimide de pedir ajuda ao sommelier Fenando Bonfim. Um riesling bem gelado garante ótima harmonização.

VIAGEM PELA ESSÊNCIA TAILANDESA

ito cozinheiros tailandeses, um menu de 60 pratos, quinto restaurante da mesma rede no mundo. O restaurante Thai Garden inaugurado há alguns meses na Avenida 9 de Julho impressiona com superlativos, mas na verdade seu charme está nos detalhes. Os talheres, uma introdução ocidental incorporada pela cultura do país, são esculpidos sob medida. Elegantes objetos tailandeses trazidos de Bangcoc impressionam logo que a hostess com as mãos postas abre a gigantesca porta. No andar superior, as mesas estão acima de um piso de madeira escura, de modo que as pernas dos comensais desaparecem sob as almofadas dos assentos. Delicados arranjos pontuam a simplicidade das linhas orientais e a luz se espraia dando ao lugar certo mistério sensual. Os sócios Emilio Carcur e a chef tailandesa Tasanai-Phian-o-Pas começaram a receita de sucesso em Madri, em 1995, depois a repetiram em Barcelona, na Cidade do México e em Casablanca. Em São Paulo, um sócio novo entrou no ne-

THAI GARDENS Av. 9 de Julho, 5871 Tel. 11- 3073.1507 - CC: todos Não abre no domingo para o jantar

87

O

Sabores tai: picantes e suaves


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:32 PM

Page 88

MEGA POLO

SIGA A TRILHA DELAS

DEZENAS DE GUIAS TRAZEM TODA SEMANA COMPRADORES DE TODO O PAÍS AO MEGA POLO. CONHEÇA AGORA ALGUNS QUE, MAIS QUE TRANSPORTAR, SÃO VERDADEIROS ASSESSORES DE COMPRAS

á várias formas de chegar ao Mega Polo Moda. Para quem vem de longe, a maneira mais prática e segura é fazendo parte dos grupos organizados por alguma das muitas agências de turismo que operam nesse circuito. E uma vez dentro de um desses ônibus, você vai logo perceber que o guia lá na frente é bem mais que um cicerone nessa viagem. Os guias cadastrados pelo Mega Polo Moda são uma espécie de consultores informais de compras. Eles conhecem bem as lojas do shopping e estão sempre prontos a dar uma opinião ao cliente. Alguns fazem até promoções, isentando da tarifa de passagem os melhores compradores. A seguir, apresentamos alguns desses personagens indispensáveis.

H

Sem domingo e com novos amigos

Marlene Raupp, com look Seiki: “Conheço todas as lojas daqui”

Há quase quatro anos, Marlene Raupp não tem domingo de folga. É que todo primeiro dia da semana ela sai para 18 horas de viagem até São Paulo. Na terça à noite, faz o caminho de volta. E na semana seguinte, repete o percurso. “Não me canso”, conta. “Gosto do meu trabalho.” Ou seja, são 36 horas dentro de um ônibus, toda semana. Ela é responsável em trazer o grupo que sai de Campo Bom, no Rio Grande do Sul. A partir de sua cidade, o ônibus pára em outras no caminho, como Pelotas, Porto Alegre e Alegrete. Quando vem gente nova no grupo, Marlene coloca em prática seu ponto forte. “Conheço todas as lojas daqui, posso indicar por tipo de produção e até por preço”, diz. Uma ajuda e tanto que mesmo os compradores mais experientes não dispensam. E sabe o que é melhor? Marlene fez amigos entre os viajantes. “Quando eles chegam pela primeira vez ficam sempre bem impressionados com a estrutura do Mega Polo Moda e passam a confiar de verdade nas minhas opiniões.” Agência Expand Tour – (51) 5971-1962

Ana Valéria veste calça jeans e blusa New Island: “Gosto que me vejam como representante do Mega Polo”

Mais conforto e mais segurança Ana Valéria dos Santos já freqüenta o Brás muito antes de existir o Mega Polo Moda. “Sei bem como ficou mais fácil nossa vida com esse shopping”, diz a guia, que está no mercado há mais de 26 anos. “Imagina que não tínhamos segurança quando os ônibus ficavam na rua e os problemas eram muitos.” Coisa do passado. Ana anda sempre com um catálogo do Mega Polo Moda na bolsa. Em Campos de Goitacazes, cidade do Rio de Janeiro onde mora, ela costuma visitar lojistas e apresentar a opção de compras. Dessa forma, vem garantindo lotação total (22 passageiros) na viagem de nove horas que faz uma vez por semana. “Alguns clientes vêm todas as semanas e sempre comigo.” Por que será? A própria fluminense dá uma dica: “Estou sempre disposta a assessorá-los e gosto que me vejam como uma representante do Mega Polo Moda em Campos de Goitacazes”. (27) 2734-8772


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:32 PM

Page 89

89 Ela paga a passagem

Informações sempre à mão

Todos querem comodidade

Lúcia Batista Serradini é uma veterana no Mega Polo Moda. Ela circula por esses corredores desde a inauguração, sempre acompanhada de empresários do interior de São Paulo. É responsável pelos grupos que vêm de São José do Rio Preto e região. Faz o trajeto duas vezes por semana. Quando não está assessorando algum de seus clientes nas compras, Lúcia gosta de circular pelo shopping, olhando vitrines e conhecendo as novidades. Assim, quando um comprador de seu grupo tem dúvidas, ela está lá pondo em prática seu papel de guia. Para vencer a concorrência, Lúcia mantém uma promoção para lá de tentadora: o cliente que comprar mais de 3 mil reais não paga a passagem. Ou seja, uma economia de 85 reais. “Tem gente do meu grupo que nunca paga pelo transporte”, conta. “E também nunca troca de guia, claro.” Gimenez Turismo – (17) 3236-3692

Na bolsa de trabalho de Leila Salgado de Oliveira tem sempre um catálogo do Mega Polo Moda. É que esse é seu método de trabalho: andar pelas ruas de Franca, no interior paulista, seguindo as indicações dos clientes e apresentando o shopping do Brás. “Nem todo mundo do interior sabe que existe essa estrutura aqui”, conta. “E, às vezes, deixa de vir porque pensa que vai ser um tormento fazer compras.” Leila, que está há dez anos na profissão, sabe muito bem quanta coisa mudou desde a inauguração do shopping. “Até o número de clientes aumentou.” Leila já tem mais de 300 cadastrados e faz cerca de três viagens por semana. E que argumento ela usa para convencê-los que aqui é o melhor lugar? “Enumero as marcas, falo da segurança, do conforto e das opções de boas compras que eles têm aqui.” (16) 9121-6247

De loja em loja. É assim que Dorilce Moisés Silva faz para ampliar sua rede de clientes em Cuiabá, de onde sai todos os domingos para uma viagem de 24 horas em direção a São Paulo. Quando não está por aqui, ela está trabalhando na divulgação do seu serviço. Dorilce tem mais de 200 compradores cadastrados. E olha que ela está na profissão há apenas um ano e meio. “Esse viajante que vem de tão longe faz questão de bons produtos e bons preços”, conta. “Por isso, sempre trago para o Mega Polo Moda.” Dorilce sabe que muitos clientes acabam decidindo por seu serviço de transporte por um motivo básico: comodidade. “Os que não conhecem não acreditam que podem resolver a vida num só lugar, com segurança e conforto”, diz. “E quando eles vêm uma vez, nunca mais deixam de vir.” Doanny Tour – (65) 3623-0820

Lúcia Serradini veste calça Naif e camiseta Pink Love: “Promoção para os melhores compradores”

Leila de Oliveira veste Volume 1: “Mais clientes depois da inauguração do Mega Polo”

Dorilce Silva veste saia Seiki e camiseta Katraca:“A palavrachave é conforto”


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:34 PM

Page 90

MEGA POLO

90

MEGA ESTRUTURA O MEGA POLO MODA INVESTE PARA VOCÊ TER SEMPRE CONFORTO E SEGURANÇA


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:35 PM

Page 91

á se vão 14 anos de história e o Mega Polo Moda está na sua melhor forma. Isso porque sempre investiu em conforto e qualidade. Por isso, o Mega Polo Moda é o único shopping da região do Brás que pode oferecer, além do melhor mix da região, serviços que garantem comodidade e segurança aos seus freqüentadores. Veja aqui o que você pode dispor, hoje e sempre, no Mega Polo Moda.

J

Acesso fácil São 500 vagas cobertas para carros, além de um terminal rodoviário exclusivo, com capacidade para receber 40 ônibus. Para quem chega de uma longa viagem, vestiários com chuveiros e mezanino VIP garantem os momentos de descanso. Os guias também têm um dormitório exclusivo para eles. No shopping, cinco escadas rolantes, 20 elevadores e sete esteiras rolantes garantem que você transite com conforto em todas as alas.

O Mega Polo Moda ainda tem um serviço de segurança com monitoramento eletrônico 24 horas e pessoal altamente treinado. Para os casos de emergência, pronto atendimento médico com UTI móvel. O Mega Polo Moda possui também um heliponto com sala VIP e um moderno centro empresarial.

Superhotel Quem vem de longe ou quem pretende prolongar a estada em São Paulo pode dispor da comodidade de se hospedar dentro do complexo Mega Polo Moda. O Superhotel tem 136 apartamentos – com capacidade para 300 pessoas – todos com TV a cabo, frigobar, internet de banda larga (wireless) e ar-condicionado central. Se sua idéia é fazer uma reunião com fornecedores conte com o espaço de eventos e convenções. E antes do seguir para uma ótima noite de sono dê uma passada na sala de cinema e na praça de alimentação.

Os visitantes contam com UTI móvel, hotel e serviços de vans

91


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:36 PM

Page 92

MEGA POLO

92 Andar de serviços O Mega Polo Moda foi pensado para facilitar a sua vida. Por isso, além das lojas com as marcas mais vantajosas do mercado, você pode aproveitar a ida para resolver questões de banco ou mesmo planejar as próximas férias. O andar de serviços do Mega Polo Moda possui uma praça de alimentação, agência de turismo, loja de cosmético, lotérica, agência de câmbio, agências bancárias e caixas eletrônicos, cabeleireiros e podólogo, loja de informática e outros quiosques de serviços.

Centro de Convenções O Centro de Convenções do Mega Polo Moda é ideal para convenções, treinamentos e reuniões. Possui 480 metros quadrados de área, que está dividida em três salas moduláveis e com capacidade para receber até 600 pessoas simultaneamente. O

espaço, além de ter uma localização privilegiada, já está estruturado para receber grandes eventos, com completa rede telefônica, internet banda larga, controle individual de ar-condicionado, toaletes exclusivos, além de amplo foyer para realização de brunchs e coquetéis.

Centro Empresarial Dentro da área do complexo Mega Polo Moda, o Centro Empresarial é o endereço de importantes escritórios. Tem a localização perfeita para quem quer manter a proximidade do mais importante shopping de moda do Brás. Há várias opções de sala, com plantas e tamanhos diferentes. O que todas têm em comum é a infra-estrutura de apoio completa e moderna, que inclui TV, vídeo, computadores, equipamento de videoconferência, projetor, DVD e projetor multimídia.

O andar de serviços tem agências bancárias e de câmbio. No Centro Empresarial, salas de escritórios com completa infra-estrutura


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:37 PM

Page 93

ESCRITÓRIO EM GRANDE ESTILO O que o Centro Empresarial do Mega Polo Moda oferece: • | sistema de segurança, central de monitoramento e controle em todos os setores com tecnologia de última geração; • | 4 andares acima do shopping; • | 800 m2 de área para locação por andar; • | elevadores exclusivos; • | controle eletrônico de acesso; • | pontos para ar-condicionado; • | sistema automatizado de prevenção de incêndio; • | gerador de energia; • | internet de banda larga; • | telefonia; • | estacionamento rotativo; • | 2 salas de reunião com • | recursos audiovisuais; • | heliponto com sala VIP.

93


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:38 PM

Page 94

MEGA POLO

L O J A S 5a Geração –093/094 – Térreo/Mega – 6886-6338/6886-6468 5a Geração – 112/113 – 1o Polo – 6698-0769 775 – 428 – 4o Polo – 6096-5438/6692-9318 775 Eyewear – 169 – 1o Mega – 6886-6363 Abbe – 312 – 3o Polo – 3311-2892/6618-5801 Absolutti Tricot – 179 – 1o Mega – 6886-6373 Adjiman – 133 – 1o Polo – 6618-2549/6292-9994 AHA – 123/124 – 1o Polo – 6693-4800/6698-5361 Aktoo’s – 057 - Térreo/Mega – 6886-6307/6886-6479 Aktuell – 217 – 2o Polo – 6695-1172 Alan Terrier – 239 – 2o Polo – 6096-5552/6096-4337 Alfândega – 090 – Térreo/Mega – 6886-6335 All Large Fashion – 295 – 2o Mega – 6886-6437/6886-6719 Amarras – 208 – 2o Polo – 3311-2847/3311-2901 Andrad’s Acessórios – 315 – 3o Polo – 6096-3997 Anistia – 257 – 2o Mega – 6886-6401/6886-6580 Anjo D’Água – 411 – 4o Polo – 3311-2943/6693-7626 Annamaria – 021A – Térreo/Polo – 3311-2770/6694-0107 Ano 2I – 222 – 2o Polo – 3311-2861/6694-7641 Ano 2I – 299 – 2o Mega – 6886-6441/3329-9699 Apnéia – 407 – 4o Polo – 3311-2939/6692-3212 Área – 101 – 1o Polo – 6695-9519 Illuminati – 114 – 1o Polo – 3311-2789/3311-2733 Áurea Biquínis – 216 – 2o Polo – 6693-4680/6096-7835 Babita – 324 – 3o Polo – 6693-4870 Bambú Moda Praia – 336A – 3o Polo – 3311-2931/6694-2762 Bebesh – 027 – Térreo/Polo – 6695-2670/6291-5857 Beccaria – 089 – Térreo/Mega – 6886-6334 Beija Modas – 157 – 1o Mega – 6886-6531/6886-6351 Belinda – 104/105 – 1o Polo – 3311-2802/3311-2803 Bella Mari – 319 – 3o Polo – 3311-2978/6096-3751 Bem Bolado – 184 – 1o Mega – 6886-6378 Beth Souza – 318 – 3o Polo – 3311-2898 Bidysea Brasil – 258 – 2o Mega – 6886-6402/6886-6581 Big Seven – 099A – Térreo/Mega – 6886-6343 Biotwo – 265 – 2o Mega – 6886-6409/6886-6588 Birô – 098/099 – Térreo/Mega – 6886-6469/6886-6522 Birô – 338/339A – 3o Polo – 3311-2980/6692-3855 Bizarre – 021 – Térreo/Polo – 3311-2772/6693-9358 Bloomie’s – 201 – 2o Polo – 3311-2840/3311-2762 Bob Fashion – 264 – 2o Mega – 6886-6408/6886-6587 Borame – 180 – 1o Mega – 6886-6774/6886-6554 Br Blue – 291 – 2o Mega – 6886-6433/6886-6715 Breno Rio – 176 – 1o Mega – 6886-6370/6886-6550 By and By – 204/205 – 2o Polo – 3311-2843/6692-9324 Byzance – 004 – Térreo/Polo – 6697-2048/3311-2753 Cabocla – 085/086 – Térreo/Mega – 6886-6467/6886-6509 Cabloca by Dadu – 430 – 4o Polo – 3311-2960 Camisaria Osse – 172 – 1o Mega – 6886-6366/6886-6546 Canar Jeans – 007 – Térreo/Polo – 6694-8171/6096-2265 Cashier – 033 – Térreo/Polo – 6692-1092/3311-8627 Cechiq – 296 – 2o Mega – 6886-6438 Celina de Paula – 181 – 1o Mega – 6886-6375/6886-6555

Celina de Paula Moda Mineira – 431 – 4o Polo – 66947708/6694-7074 Chassi – 183 – 1o Mega – 6886-6377 CHC – 026 – Térreo/Polo – 6692-0075/6096-6126 Cia. Ypslon – 037/ 038 – Térreo/Polo – 3311-2791 Cleuzette – 317 – 3o Polo – 3311-2897/6695-0134 Click Lone – 151 – 1o Mega – 6886-6345/6886-6525 Club Soda – 433 – 4o Polo – 3311-2963/6693-0935 Collins – 110 – 1o Polo – 6618-5334 Confraria – 115 – 1o Polo – 3311-2811/6692-5893 Corpo Justo – 337 – 3o Polo – 6692-5319 Cotton Colors – 023 – Térreo/Polo – 6692-8131/6292-9206 Cotton Colors Acessórios – 074 – Térreo/Mega – 68866323/6886-6496 Cotton Colors Extra – 081/082 – Térreo/Mega – 68866328/6886-6466 Couro 18 – 260 – 2o Mega – 6886-6404/6886-6583 Couros Brasil – 436A – 4o Polo – 3311-2972/6697-2706 Criatiff – 220 – 2o Polo – 3311-2859 CVL Jeans – 083/084 – Térreo/Mega – 68866329/6886-6330 D & A – 059 – Térreo/Mega – 6886-6309/6886-6481 Das Meninas – 235 – 2o Polo – 6692-5959 Dezon – 132 – 1o Polo – 6292-5751/3311-2830 Dhana by Jankenpô – 413 – 4o Polo – 3311-2955 Dias Boas – 158 – 1o Mega – 6886-6352 Disparate – 279 – 2o Mega – 6886-6423/3329-9959 Diu Day’s – 406 – 4o Polo – 6291-2901/6291-2638 Dolp's – 088 – Térreo/Mega – 6886-6333/6886-6511 Dot Com – 432 – 4o Polo – 6096-3281 Ducci – 274 – 2o Mega – 6886-6418/6886-6597 Dust – 054 – Térreo/Mega – 6886-6304/6886-6476 Eclipse Lunar – 301 – 3o Polo – 3311-2881/6692-0043 Ecoh Bijoux – 134 – 1o Polo – 6695-1061 Edwin – 079/080 – Térreo/Mega – 6886-6327/6886-6502 Ekolos – 061 – Térreo/Mega – 6886-6311/6886-6483 Elaine Henrique – 316 – 3o Polo – 6292-7483 Empório E.M – 331 – 3o Polo – 6698-0583/6292-4628 Equipage – 261 – 2o Mega – 6886-6405/6886-6584 Equus – 009 – Térreo/Polo – 3311-2756/6292-3953 Esquire – 055 – Térreo/Mega – 6886-6305/6886-6477 Esquire – 122 – 1o Polo – 3311-2820/6096-8013 Estratosfera – 234 – 2o Polo – 3311-2873/6618-5168 Fall Back – 188 – 1o Mega – 6886-6382/6886-6562 Fatto – 210 – 2o Polo – 6693-2472 Fima Tricot – 221 – 2o Polo – 3311-2860/6693-0549 Fima Tricot – 252 – 2o Mega – 6886-6395/6886-6575 Fima Tricot – 504 – Cobertura/Polo – 3311-2860 Fitland – 193 – 1o Mega – 6886-6387/6886-6567 Flexível – 232 – 2o Polo – 6694-4089 Frizz – 137 – 1o Polo – 6694-6550 Full Stop – 092 – Térreo/Mega – 6886-6337/6886-6515 FX2/Saint Lorinser – 198 – 1o Mega – 6886-6392 Gazzy – 015/015A – Térreo/Polo – 6292-1659/6692-4001 Geração Brasil by Bigú – 436 – 4o Polo – 6693-3898

Girraz – 270 – 2o Mega – 6886-6414 Girraz Plus – 319A – 3o Polo – 3311-2981 Gli Amici – 434 – 4o Polo – 6694-0997 Gotinha de Ouro – 289 – 2o Mega – 6886-6431 Guignon – 174 – 1o Mega – 6886-6368/6886-6548 Gup’s Jeans – 011 – Térreo/Polo – 6693-0491/6096-8277 Gusty & Rilly – 325 – 3o Polo – 6693-1164/6692-6899 Guzz – 019A/019B – Térreo/Polo – 6096-2247/6693-8656 Hamuche – 010 – Térreo/Polo – 6618-1654 Handara – 031/032 – Térreo/Polo – 6692-1274 Hap Girls – 410 – 4o Polo – 6693-9968 Hard Country – 002 – Térreo/Polo – 3311-2751/6698-7749 Hora das Meias – 340 – 3o Polo – 6694-3023 Idio’s – 125/126 – 1o Polo – 6292-1158/6693-6098 Illuminati – 275 – 2o Mega – 6886-6419/6886-6598 Indecent – 014 – Térreo/Polo – 6693-0223/6694-0303 Infini – 162 – 1o Mega – 6886-6356 Infinity – 111 – 1o Polo – 6096-2196 Inicial A – 164 – 1o Mega – 6886-6538/6886-6358 Inossent – 070 – Térreo/Mega – 6886-6320/6886-6493 Inossent Acessórios – 297 – 2o Mega – 6886-6439/6886-6721 Inquérito – 403 – 4o Polo – 3311-2935 Intouch Bijoux – 136 – 1o Polo – 6292-8483 Izzat – 168 – 1o Mega – 6886-6362/6886-6542 Izzy Amiel – 287 – 2o Mega – 6886-6429/3285-2970 Jar-Mod – 022 – Térreo/Polo – 3311-2771/6693-0502 Jean Darrot – 310 – 3o Polo – 3311-2890/6694-6924 Jenny’s Stone – 069 – Térreo/Mega – 6886-6491 Jes – 427 – 4o Polo – 3311-2957 Joy... BR 363 – 077/078 – Térreo/Mega – 68866464/6886-6499 Jucy Moda Minas – 108 – 1o Polo – 3311-2806/6693-2218 Juicy 21 – 273 – 2o Mega – 6886-6417/6886-6596 Kafié – 035/039 – Térreo/Polo – 6693-1165 Karmel – 302 – 3o Polo – 3311-2882 Katharina Brasil – 311 – 3o Polo – 3311-2891/6695-2112 Katraca Rio – 213 – 2o Polo – 3311-2852/6695-9285 Kidstok – 435 – 4o Polo – 3311-2965 Kissaman – 293 – 2o Mega – 6886-6435 Kittens – 203 – 2o Polo – 6694-5208/6096-2714 Kothos – 019 – Térreo/Polo – 6692-5418/6618-2535 Kothos – 064 – Térreo/Mega – 6886-6314/6886-6486 La Magie – 437 – 4o Polo – 6618-1602/6692-6958 Land Religion – 131 – 1o Polo – 6618-1151 Lara – 412 – 4o Polo – 3311-2944 Legas Design – 161 – 1o Mega – 6886-6355/6886-6535 Lemier Jeans – 012 – Térreo/Polo – 6693-6757/6291-5721 Lia Rabello – 328 – 3o Polo – 6694-8797/3311-2918 Limelight – 102 – 1o Polo – 6292-4950/6618-5480 Limelight – 278 – 2o Mega – 6886-6422/6886-6702 Lipolis Bambini – 420 – 4o Polo – 6692-9693 Líquido – 075 – Térreo/Mega – 6886-6324/6886-6497 Líquido Casual Wear – 185 – 1o Mega – 6886-6379 Liza – 321 – 3o Polo – 6692-2458/6693-8232 Lola Paola – 135 – 1o Polo – 3311-2833/6292-9054


88-95-cadernoMP

7/20/04

2:40 PM

Page 95

95 Lu and Lu – 224 – 2o Polo – 6618-5272/3311-2863 Lucky Red – 309 – 3o Polo – 3311-2889 Lugivian – 165 – 1o Mega – 6886-6359 M@rtt – 192 – 1o Mega – 6886-6386 Mac Milan – 129 – 1o Polo – 6291-9913/6292-1276 Magnificat Bijoux – 187 – 1o Mega – 6886-6381/6886-6561 Malagueta – 166 – 1o Mega – 6886-6360 Marcia Barbieri – 439 – 4o Polo – 6692-5238 Maria Mole e Peepoca – 404 – 4o Polo 3311-2936/3311-2964 Marta Barbosa – 333 – 3o Polo – 6292-7808/3311-2923 Mckinny – 116 – 1o Polo – 6618-3448 Mckinny – 182 – 1o Mega – 6886-6376 Mercado Negro – 214 – 2o Polo – 6692-2588/3311-2853 MGF Minhagrife – 177 – 1o Mega – 6886-6371/6886-6551 Miliore – 212 – 2o Polo – 6695-0992/3311-2851 Minas Center – 167 – 1o Mega – 6886-6361/6886-6541 Miss Chic – 160 – 1o Mega – 6886-6534 Mister King by Cia. Ypslon – 194/195 – 1o Mega – 6886-6389 MK 2000 – 288 – 2o Mega – 6886-6430/6886-6712 Mônica Sanches – 339 – 3º Polo – 3311-2929 MSP – 228/229 – 2o Polo – 6695-8505/6694-9155 Nabiran – 233 – 2o Polo – 6693-4526 Naif – 283 – 2o Mega – 6886-6707/3227-0011 Negra Flor – 175 – 1o Mega – 6886-6369 New Island by Montaria Jeans – 029A/030 – Térreo/Polo – 3311-2778 Newdecy Acessórios – 405 – 4o Polo – 3311-2937 Nutrisport – 109 – 1o Polo – 6096-6286/3311-2807 Nutrisport/CRZ – 280/281 – 2o Mega – 68866705/6886-6425 Off World – 191 – 1o Mega – 6886-6385/6886-6565 Offício – 013 – Térreo/Polo – 3311-2760 Pacific Blue – 017 – Térreo/Polo – 6694-5675/6618-3200 Pacific Blue – 415/416/417 – 4o Polo – 6692-0268 Papel Mania – 170 – 1o Mega – 6886-6364 Parada Obrigatória – 336 – 3o Polo – 6292-7790 Passos de Minas – 414 – 4o Polo – 6694-8585/6291-8324 Pérola Oriental – 305 – 3o Polo – 3311-2885 Pêssego Tricot – 189 – 1o Mega – 6886-6383 Pichú Baby – 422 – 4o Polo – 3227-5041 Pick by Nick – 001 – Térreo/Polo – 6692-4712/3311-2949 Pick by Nick – 329 – 3o Polo – 3311-2919/6692-8764 Pick by Nick Infantil – 071 – Térreo/Mega – 68866321/6886-6493 Pink Love – 202 – 2o Polo – 6692-8465/6618-5988 Pinoducci – 206 – 2o Polo – 6695-0232/6096-3099 Piponzinho – 251 – 2o Mega – 6886-6394/6886-6574 Pitanga – 218/219 – 2o Polo – 6695-9982/3311-2857 Pitukinha – 439A – 4o Polo – 3311-2971 Pixel – 072/073 – Térreo/Mega – 6886-6322/6886-6494 Pocoloco – 018 – Térreo/Polo – 3311-2767/6693-8061 Ponto a Ponto – 106/107 – 1o Polo – 3311-2804/6694-3888 Ponto de Luz Morena – 308 – 3o Polo – 6692-9752 Post Moda – 060 – Térreo/Mega – 6886-6310/6886-6482

Privilegius – 240 – 2o Polo – 3311-2879/6692-6782 Program – 322/323 – 3o Polo – 6695-9326/3311-2912 Pura Emoção – 199 – 1o Mega – 6886-6393/6886-6573 Pura Emoção – 236/236A – 2o Polo – 3311-2875/6618-2085 Q’Linda – 332 – 3o Polo – 3311-2922 Racessory – 186 – 1o Mega – 6886-6380 Raje Jeans – 095 – Térreo/Mega – 6886-6339 Razon Jeans – 051 – Térreo/Mega – 6886-6301 Recruta – 067 – Térreo/Mega – 6886-6317/6886-6700 Regina Salomão – 139 – 1o Polo – 3311-2837/6291-7254 Requinte Modas – 440 – 4o Polo – 3311-2970 Retrato Falado – 138 – 1o Polo – 3311-2836 Revanche – 006/040 – Térreo/Polo – 3311-2755/3311-2763 Rosa Rosê – 303 – 3o Polo – 3311-2883 Rutilan – 230 – 2o Polo – 6695-0463 Saera – 097 – Térreo Mega – 6886-6341/6886-6520 Santa Mania – 304 – 3o Polo – 3311-2884/6694-9418 Santíssima – 096 – Térreo/Mega – 6886-6340/6886-6519 Sativa – 121 – 1o Polo – 3311-2819 Sea Marine – 256 – 2o Mega – 6886-6399/6886-6579 Secrets – 159 – 1o Mega – 6886-6353 Seiki Nitrogen – 056 – Térreo/Mega – 6886-6306/6886-6478 Seiki Nitrogen – 118/119/120 – 1o Polo – 62926759/6692-8699 Shemil – 419 – 4o Polo – 3311-2974/6695-1698 Sheron by Drop’s – 334 – 3o Polo – 6698-7738 Sheslaine – 259 – 2o Mega – 6886-6403 Shine Everyday Fashion – 335 – 3o Polo – 33112925/6292-5060 Shopping Rio – 209 – 2o Polo – 3311-2850/6692-5876 Sky Top – 127/128 – 1o Polo – 6096-4505 Sônia Baek – 028/029 – Térreo/Polo – 6693-8174/6693-8478 Sônia Baek – 076 – Térreo/Mega – 6886-6325/6886-6498 Sônia Baek – 327 – 3o Polo – 6695-7851/3311-2917 Soulier – 156 – 1o Mega – 6886-6350/6886-6530 Spaghetti – 271 – 2o Mega – 6886-6415/6886-6594 Spot Shoes – 284/285/286 – 2o Mega – 6886-6471 Strass – 424 – 4o Polo – 3311-2954/6694-6916 Strutura – 294 – 2o Mega – 6886-6436 T.N.T. Brasil – 041 – Térreo/Polo – 6693-6823/6694-2545 T.N.T. Brasil – 130 – 1o Polo – 3311-2828/6694-2545 Tactic’s – 043 – Térreo/Polo – 3311-2796/6695-2881 Talento – 314 – 3o Polo – 6692-8177/6292-1368 Tao 7 by Balliza Fashion – 155 – 1o Mega – 6886-6529 Tattinha – 429 – 4o Polo – 6291-1096 Tipo Brasil – 207 – 2o Polo – 6695-9724/3311-2846 TomBoy – 058 – Térreo/Mega – 6886-6308/6886-6480 Trama Tricô – 421 – 4o Polo – 6692-9344/3311-2866 Transport – 211 – 2o Polo – 3311-2849/6693-2472 Traquinage – 103 – 1o Polo – 6692-9492 Tricomix – 227 – 2o Polo – 3311-2951 Tricomix – 298 – 2o Mega – 6886-6440 Trippyz Jeans – 173 – 1o Mega – 6886-6367/6886-6547

Tutti Tanto – 272 – 2o Mega – 6886-6416 Ultra Girl – 190 – 1o Mega – 6886-6384 Umen – 024 – Térreo/Polo – 6693-8200/6291-7539 Union Street – 223 – 2o Polo – 3311-2862/6291-4129 Unison/Diffuse – 062 – Térreo/Mega – 6886-6312/6886-6484 Vakko – 025 – Térreo/Polo – 3311-2783/6693-4046 Valente – 408/409 – 4o Polo – 6291-4682/6692-3765 Vall Modas – 306 – 3o Polo – 6618-1786 Versão A – 276 – 2o Mega – 6886-6420/6886-6599 Vesty Brazil – 117 – 1o Polo – 3311-2815/6692-3437 Via Sampa – 091 – Térreo/Mega – 6886-6336/6886-6514 Victoria Falcão Moda Evangélica – 140 – 2o Polo – 6291-1112/3311-2838 Vida Bela – 052 – Térreo/Mega – 6886-6302/6886-6474 Vitrage – 005 – Térreo/Polo – 6694-0978 Vitrine & Cia. – 196 – 1o Mega – 6886-6570 VLC – 063 – Térreo/Mega – 6886-6313/6886-6485 Vol.1 – 197 – 1o Mega – 6886-6391 WKA – 015B/016A/B – Térreo/Polo – 6693-2807/6096-4785 WKA – 262 – 2o Mega – 6886-6406/6886-6585 Wytcher/Owbex – 042 – Térreo/Polo – 6697-3122 Xicaloca – 277 – 2o Mega – 6886-6421/6886-6701 Zune Jeans – 053 – Térreo/Mega – 6886-6303/6886-6475 S E R V I Ç O S

E

A L I M E N TA Ç Ã O

Action Câmbio – 372 - 3o Mega - 3229-1096 Arena Bureaux de Estilos – 508/509/510 – Cobertura/Polo – 3311-2996/6695-1027 Banco do Brasil – 356 – 3o Mega – 6886-6447 Café Cidade – 605 – Térreo/Polo – 6292-3323 Café Cidade – 701 – Térreo/Mega – 6886-6344 Casa do Pão de Queijo – 361 – 3o Mega – 6886-6451 CVC Brás – 367 – 3o Mega – 6886-3800/6886-6758 Giraffas – 364 – 3o Mega – 6886-6454/6886-6737 H2G Quiosque Claro – 3o Mega – 6886-6450 H2G Tecnologia – 360 – 3o Mega – 6886-6450/6886-6733 HSBC – 371 – 3o Mega – 3227-6410 Lanches Mitiko – 505 – Cobertura/Polo – 3311-2993 O Doce da Moça – 365/366 – 3o Mega – 6886-6455/6886-6738 Quiosque de Fotos – 637 – Térreo/Polo – 3311-2737 Quiosque de Papelaria – 609 – Térreo/Polo – 6292-1102 Recoloq – Recolocações e Treinamento – Cobertura/Polo – 3311-2995 Restaurante Recanto da Fazenda – 503 – Cobertura/Polo - 6291-5914 Revistaria Super Mega – Térreo/Mega Revity Cosméticos – 369 – 3o Mega – 6886-6459 Ricardo Ganzarolli – Estética e Cabelo – 357/358 – 3o Mega – 6886-6448

Triton – 215 – 2o Polo – 6692-2943/6694-0810

Tô Rico Loterias – 370 – 3o Mega – 6886-6460

Tropy Jeans – 401 – 4 Polo – 6618-4960

Vitrô Restaurante - 351 a 355 - 3o Mega - 6886-6725

o


96-97-calendario

7/20/04

2:43 PM

Page 96

2006 AGOSTO

CALENDÁRIO

T 1

Q 2

Q 17

S 18

Q 3

S 4

S 19

Cerca de 150 dos mais importantes produtores do Brasil expõem seus lançamentos na Feira Nacional da Indústria de Jóias, Relógios e Afins (Feninjer), entre os dias 5 e 8, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. www.feninjer.com.br D 20

S 21

S 5 T 22

D 6

S 7

T 8

Q 23

Q 24

S 25

Considerada a quinta maior feira do mundo no gênero e a principal da América Latina, a House & Gift Fair South América vai até o dia 22 no Expo Center Norte São Paulo. Os lojistas contarão com seis salões e produtos que vão de eletrodomésticos a tecidos e cristais, com mais de 900 expositores. Site: www.grafitefeiras.com.br

SETEMBRO

S 8 S2 S 1

T 19

A feira de lingerie e moda praia Lyon, Mode City, na cidade francesa até o dia 4, terá entre os vários expositores brasileiros as marcas Salinas e Cia. Marítima. Uma boa oportunidade de descobrir o que as mulheres do Hemisfério Norte vão usar no verão. www.lyonmodecity.com

D 3

S 4

Q 20

Q 21

T 5

Q 6

S 22

Q 7

S 23

A badalada Fashion Week de Nova York atrai toda a atenção da imprensa de moda internacional até o dia 15. As coleções dos brasileiros Alexandre Herchcovitch (foto), Carlos Miéle e da grife Rosa Chá dividem a atenção com os renomados Marc Jacobs, Donna Karan, Calvin Klein, Ralph Lauren e Michael Kors. www.olympusfashionweek.com

OUTUBRO

Estréia no Brasil o esperado O Diabo Veste Prada, baseado no livro homônimo de Lauren Weisberger e estrelado por Meryl Streep. A oscarizada atriz interpreta a poderosa e autoritária editora da Vogue americana, Anna Wintour. O livro foi escrito pela antiga assistente, que sofreu todo tipo de humilhações da temida editora e ganha as telas na pele da atriz Anne Hathaway.

D 1

S 2

T 3

Q 4

Q 5

S 6

S 7

D 8

S 9

S 20

S 21

D 22

S 23

T 24

Q 25

Q 26

S 27

As semanas de moda multiplicaram-se pelo mundo, mas Paris continua sendo a meca do universo fashion mundial. Os desfiles de prêt-à-porter feminino primavera-verão 2007 terão estrelas como Chanel, Balenciaga, Christian Dior, Givenchy, Alexander McQueen e Viktor & Rolf , até o dia 9. Walter Rodrigues representa o Brasil. www.modemonline.com


96-97-calendario

Q 9

S 26

7/20/04

2:43 PM

Page 97

A Bijóias SP, Salão de Bijuterias, Folheados, Prata e Acessórios de Moda apresenta as coleções primavera-verão das principais marcas do setor nos dias 10 e 11. No Frei Caneca Shopping & Convention Center. Tel. 3862-2700

Q 10

S 11

S 12

D 13

S 14

T 15

D 27

S 28

T 29

Q 30

Q 31

S 16

D 17

S 9

D 10

S 11

T 12

Q 13

Q 14

S 15

D 24

S 25

T 26

Q 27

Q 28

S 29

S 30

23 de agosto - A Cosmoprof/Cosmética chega à sua 16a edição firmando-se como a mais importante feira de beleza da América Latina. Reúne a indústria de produtos cosméticos, perfumaria, matérias-primas, embalagens, estética e cabelo, além de contar com performances de cabeleireiros e maquiadores. Até o dia 26, das 10 às 19 horas, no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi, na zona norte de São Paulo. www.cosmoprofcosmetica.com.br

Até o dia 22 de setembro, a London Fashion Week exibe as coleções primavera-verão 2007 na capital britânica. Entre as principais grifes estão Paul Smith, Clements Ribeiro, e Betty Jackson. www.londonfashionweek.co.uk

Q 16

S 18

A Semana de Moda de Milão tem como estrela a grife Prada, uma das mais desejadas e copiadas do mundo. O evento, que vai até o dia 1o de outubro, tem entre os destaques as marcas Dolce & Gabanna, Gianni Versace, Roberto Cavalli, Giorgio Armani, Fendi e Miu-Miu.

T 10

Q 11

Q 12

S 13

S 28

D 29

S 30

T 31

S 14

D 15

S 16

T 17

Q 18

Uma vez a cada semestre, o evento Senac Moda e Informação traz tudo o que há de novo no mundo fashion por meio de palestras, exposições e caderno de produtos. Mais de 1.500 donos de confecções de todo o país costumam participar do encontro, um apanhado das tendências da estação nos principais pólos do mundo, como Paris, Milão, Nova York e Barcelona. www.senac.com.br

Q 19


98-sempalavras

7/20/04

4:01 PM

Page 12

SEM PALAVRAS

98

Animale – Fashion Rio Verão 2006/07


anuncio 2

7/20/04

4:29 PM

Page 1

Boa comida, boa bebida e boa leitura

Uma boa dica para pessoas como você, que sabem viver os prazeres que a vida proporciona: leia, todo mês, a revista PRAZERES

DA

MESA. Ela traz o que acontece de mais

interessante no mundo da gastronomia: reportagens saborosas, receitas aprimoradas, dicas de restaurantes. E o caderno de vinhos mais respeitado do país. Revista PRAZERES DA MESA. O prazer é todo seu.


Project2

7/21/06

7:53 PM

Page 1


Revista Mega Polo nº1