Issuu on Google+

UNITED COM NOVO HANGAR PARA GRANDES AERONAVES

Boeing anuncia contrato para mais 16 avi천es P-8A Poseidon


CONTEUDO

NOTÍCIAS 16MNMNMNMNM

48MNMNMNMNM

NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM

NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM

56MNMNMNMNM

62MNMNMNMNM

34MNMNMNMNM

NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM

NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM

NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNM

É UMA PUBLICAÇÃO DA EDITORA LANZAZ LTDA. Rua Nova Jerusalém, 830 – conjunto:10 – Tatuapé 03410/000-SÃO PAULO-SP www.lanzaz.com.br EDITOR Franz Gehringer Filho franz@lanzaz.com.br momomomomomomo momomomomomomo momomomomomomo

MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM

EDITORA LANZA’Z

MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM NMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM


CARTAS MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMNMN MNMNMNMNMNMNMNM


CARTAS


AVIAÇÃO COMERCIAL GOL comemora o Dia Internacional da Mulher com dez voos tripulados apenas por mulheres

No Dia Internacional da Mulher, a GOL escalou cinco tripulações exclusivamente femininas em voos que partem de São Paulo em direção a Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba e Navegantes, retornando a capital paulista. Da cadeira de comando até o serviço de bordo, todas serão mulheres. A iniciativa tem alusão ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março. A GOL nomeou sua primeira comandante em 2007. Hoje, de uma média de 1500 pilotos, 24 são mulheres. Destas, 6 são comandantes e 18 são copilotos. “Para nós é um prazer tê-las ocupando cargos predominantemente masculinos. A conquista é constante e a GOL apoia esse crescimento,” disse Marcelo Dutra, diretor de Operações. No campo administrativo também teremos ações especiais. A equipe da diretoria Técnica Operacional, responsável pelo CCO – Centro de Controle das Operações (que inclui escala dos tripulantes, estudo meteorológico de cada voo, controle das aeronaves, entre outras atividades) - terá a maioria mulher no período da tarde. Das 80 posições do turno, 57 serão mulheres. “É uma forma de homenageá-las e, ao mesmo tempo, mostrar o quanto são importantes para nosso time”, disse Pedro Scorza, diretor Técnico Operacional da Companhia.

LUFTAHNSA CONFIRMA O BOEING 747-8 NA ROTA PARA SÃO PAULO

A companhia aérea Lufthansa confirmou que a partir de 29 de março próximo, a rota diária entre Frankfurt e São Paulo vai ser operada com o novo Boeing 747-8. Na primeira classe, os passageiros terão a oportunidade de experimentar um serviço extremamente personalizado juntamente com uma grande variedade de bebidas e comidas de alto padrão. Cada um dos oito assentos reclina totalmente e se transforma em uma cama de 2,07 metros de comprimento e 80 centímetros de largura. A nova classe xecutiva oferece aos passageiros máximo conforto. Ao apertar um botão, os assentos viram camas totalmente horizontais com 1,98 metro de comprimento. Telas de 15 polegadas oferecem um amplo leque de opções de entretenimento individual. Já os assentos da classe econômica também foram aperfeiçoados para garantir uma experiência de viagem confortável com telas individuais e programação on demand. A empresa já está operando 10 aeronaves do tipo.

AZUL ANUNCIA NOVA FREQUENCIA ENTRE CAMPINAS E CASCAVÉL

SOBRE A GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES Companhia Aérea de baixo custo e baixa tarifa da América Latina opera, com as marcas GOL e VARIG, cerca de 910 voos diários para 65 destinos em 10 países na América do Sul, Caribe e Estados Unidos, utilizando uma frota jovem e moderna de aeronaves Boeing 737-700 e 737800Next Generation, as mais seguras, eficientes e econômicas da classe. O programa de relacionamento SMILES permite que seus participantes acumulem milhas e resgatem bilhetes para mais de 560 localidades em todo o mundo, por meio de voos realizados por parceiras aéreas. A companhia possui também o serviço logístico Gollog, que capta e distribui cargas e encomendas em mais 3.500 municípios brasileiros e seis internacionais. Com seu portfolio de produtos e serviços inovadores, a GOL Linhas Aéreas Inteligentes oferece a melhor relação custo-benefício do mercado.

A companhia aérea Azul inicia no próximo de 20 de março a terceira frequência direta entre as cidades de Campinas e Cascavel/PR. As passagens para o novo voo já estão disponíveis com tarifas a partir de R$ 185,90. Com a aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil, a nova operação será de segunda a sábado com aeronaves ATR 72600, que transportam até 70 passageiros. Em Campinas, principal hub da companhia, os clientes tem a possibilidade de se conectar a mais de 50 destinos em todo o Brasil.


AVIAÇÃO COMERCIAL MENOS UM CONCORRENTE PARA A EMBRAER ?

Sukhoi Civil Aircraft desmente possibilidade de falência. A fabricante de aeronaves acumulou uma dívida de US$ 2 bilhões e violou os termos de empréstimos. Mas a empresa busca socorro do Estado para incrementar as verbas do programa Sukhoi Superjet e garantir o principal projeto da indústria de aviação russa. A fabricante de aviões de passageiros Superjet, a Sukhoi Civil Aircraft (SCA), desmentiu estar à beira da falência, apesar da crise interna. O jornal “Kommersant” teve acesso a fontes internas que preferiram não ser citadas na matéria. De acordo com os dados da publicação, a SCA acumulou dívidas de 2,1 bilhões de dólares e violou os termos de uma série de empréstimos. Em 2012, por exemplo, a empresa atrasou os pagamentos para o Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento e violou os termos de empréstimo recebido da corporação estatal “Banco de Desenvolvimento e Assuntos Econômicos Externos” (VEB) e do Banco Europeu WestLB. Por meio de uma negociação, a SCA conseguiu que, ao longo de 2013, os bancos não exijam o pagamento antecipado de empréstimos – período que a empresa terá para superar as dificuldades financeiras. Se antes do final do ano a fabricante do Superjet não conseguir o dinheiro , ela terá que decretar moratória sobre os empréstimos.

SUPERJET E SUKHOI O avião de passageiros Superjet foi o primeiro avião projetado e produzido na Rússia, e não na União Soviética. Em 2012, a SCA conseguiu vender 12 aviões Sukhoi Superjet.

A empresa pediu um apoio adicional ao Estado para o programa Sukhoi Superjet (SSJ). A proposta é realocar os recursos do Programa de Metas Federal, que estavam destinados para a implementação da produção da aeronave de transporte de carga AN-70, em favor do SSJ. Outra opção de subsídio adicional para a SCA viria do próprio VEB. Uma das fontes do “Kommersant” sugeriu que o retorno desses recursos poderia ser obtido com a venda de 5% das ações da EADS (estrutura controladora da Airbus SAS), que o VEB comprou em 2007 do Banco VTB. Independente da decisão sobre o futuro da empresa, o departamento de imprensa da SCA adiantou que não há qualquer possibilidade de falência. Oleg Panteleiev, da agência Aviaport, acredita que a fabricante de aeronaves não deve se desenvolver apenas à custa do governo. “Mas o SSJ é um projetopiloto da indústria da aviação russa, por isso, é essencial que a SCA cumpra com as suas obrigações para com os credores, inclusive para manter a credibilidade das partes contratantes internacionais”, acrescentou o especialista. Diante de tal situação, a intervenção do governo por intermédio do banco “parece ter fundamento”.

ETHIAD AIRWAYS REALIZA PRIMEIRO VÔO CO BRASIL PARA ABU DHABI

A Etihad Airways relizou seu primeiro voo direto entre São Paulo e Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, nesse sábado, 1º de junho. O voo decolou do Aeroporto Internacional de Guarulhos às 18h20 no horário local de São Paulo, operado por um Airbus A340-500.A aeronave programada para fazer a rota é um Airbus A340-500 que partirá de São Paulo com 240 assentos divididos em três classes de serviço - 12 na primeira classe Diamond, 28 na classe executiva Executiva Pearl e 200 na classe econômica Coral.


AVIAÇÃO COMERCIAL COPA VAI VOAR MAIS NO BRASIL

A Copa Airlines anunciou planos para servir mais cidades brasileiras. A companhia já opera quatro frequências semanais para o Aeroporto de Guarulhos (SP), duas para o Aeroporto do Galeão (RJ), Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília e Manaus (um voo diário) e Recife (quatro por semana). Não foram ainda anunciadas quais cidades serão também servidas no futuro .

FIREFLY RECEBE SEU PRIMEIRO ATR 72600

Firefly, operadora subsidiária da Malaysia Airlines recebeu o seu primeiro ATR 72-600. A aeronave é a primeira das 20 aeronaves de nova geração compradas da ATR, além de 16 opções, firmadas em dezembro de 2.012 pela Malaysia Airlines. A Firefly opera atualmente 12 ATR 72-500s, e com a chegada do novo ATR 72600s, irá triplicar a sua frota de aeronaves ATR 72, elevando o total para mais de 30 aeronaves.

Com esta expansão significativa da frota, a Firefly vai aumentar rapidamente a sua capacidade de sua rede doméstica e aumentar as frequências de voos em rotas para os principais destinos , Subang, Penang, Kota Bahru e Johor Bahru. A companhia aérea também será capaz de aumentar a sua oferta a nível regional assegurando aos seus clientes a melhor conectividade dentro da rede ASEAN, especialmente, Indonésia, Tailândia e Singapura, reforçando, assim, a posição de Firefly nestes mercados e rotas comerciais importantes. A nova geração ATR- 600s são equipados com um novo layout da cabine, com janelas e bagageiros maiores . Além das vantagens de desempenho e maior conforto, essas aeronaves oferecem uma maior flexibilidade operacional para a companhia aérea. Estamos muito contentes e felizes de receber nosso novo avião. Nossa frota de ATR 72, nos permitiu desenvolver uma rede única de alta freqüência de Subang, Penang, Kota Bahru e Johor Bahru. Indonésia, Malásia, Tailândia e comunidades do Triângulo de Crescimento, a sua população e economia também vão capitalizar sobre este importante investimento ", diz Inácio Ong, Chief Executive Officer da Firefly. "Estamos muito orgulhosos de que a nova aeronave ATR está aqui para lançar a expansão da frota da Firefly, ", disse Filippo Bagnato, CEO da ATR." É muito bom ver o ATR 72s desempenhar um papel fundamental no sucesso da Firefly. A companhia aérea está confiando exclusivamente no ATR 72s para expandir seus negócios e sua presença como um importante fator da aviação regional no Sudeste Asiático. A parceria está sendo muito proveitosa, e Firefly pode definitivamente beneficiar-se das muitas vantagens da aeronave ATR. "Ele acrescentou:" Estamos muito satisfeitos em apresentar hoje a aeronave ATR 72-600 de última geração para o mercado da Malásia . Esta aeronave oferece as melhores economia de funcionamento comprada com qualquer outra aeronave de sua categoria, bem como a sua primeira classe, design de interiores e de cabine ".


AVIAÇÃO COMERCIAL EMPRESA TUNISIANA COMPRA TREZ A320Neo

O A320neo é oferecido como uma opção para a Família A320 e incorpora motores mais eficientes e novos dispositivos de ponta de asa "Sharklet" grandes, que juntos vão entregar até 15 por cento na economia de combustível. No final de Junho de 2013, pedidos firmes para os NEO situou-se em 2245 a partir de 40 clientes, tornando-se o mais vendido avião comercial de sempre e sublinhando a sua posição de liderança no mercado, com cerca de 60 por cento de market share.

BOEING E TURKISH AIRLINES ASSINAM COMPRA DE CINCO 777-300ERs

Syphax Airlines, uma nova companhia aérea baseada em Tunísia, confirmou sua ordem de compra de três A320neo. A ordem é a primeira vez que um veículo baseado Africano ordenou as NEO e marca um avanço significativo para a Airbus em um dos mercados de mais rápido desenvolvimento do mundo. Syphax também ordenou três aeronaves A320ceo. A aeronave será equipada com motores CFM. "Syphax Airlines está focada em continuar a crescer a sua Tunísia, Norte da África e rotas da Europa, e uma expansão de sua rede para a Ásia e América do Norte, através de seus centros de conexões em Túnis e Sfax, oferecendo aos passageiros um serviço de luxo", disse o presidente e diretor Syphax geral, Mohamed Frikha. " Adicionando o A320neo à nossa frota significa que podemos alcançar todos estes objetivos enquanto beneficia de uma economia de combustível de 15 por cento e rentabilidade. “ "Agradecemos Syphax Airlines para a sua confiança na Airbus e por ser a primeira operadora Africano para colocar uma ordem para nossas aeronaves NEO", disse John Leahy, Diretor de Operações, Clientes. "Estamos ansiosos para ver aeronaves A320neo operacional da Syphax perfeitamente ao lado de sua atual frota de A320, oferecendo a eles a poupança através da manutenção reduzida e custos de formação de pilotos, como resultado do alto grau de comunalidade entre os modelos de aeronaves.“ A companhia aérea já opera dois A319 e três A320 aeronaves e em breve irá começar a operar um arrendado A330-200.

A Boeing e a Turkish Airlines anunciaram uma encomenda de cinco novas aeronaves 777-300ER (Extended Range), um negócio que pela tabela de preços representaria uma transação de 1,6 bilhão de dólares. A companhia aérea turca exerceu as opções de cinco 777-300ERs anunciadas pela primeira vez em dezembro de 2012 como parte de um pedido firme anterior de 15 novas 777-300ERs. Com isso, a Turkish Airlines passa a ter 20 aeronaves 777-300ERs encomendadas à Boeing. “Eleita a ‘Melhor companhia aérea da Europa’* nos últimos 3 anos e dona de uma rede global que lhe garante um posto entre as maiores companhias aéreas do mundo, a Turkish Airlines vem reforçando sua posição e vigor com investimentos substanciais e números de crescimento à medida que dá continuidade à sua expansão", diz Temel Kotil, PhD e CEO da Turkish Airlines. “Acreditamos que a compra dessas novas aeronaves – um passo importante para que possamos atender a necessidade de expansão de nossa frota – estreitará ainda mais nosso relacionamento com a Boeing.”


AVIAÇÃO COMERCIAL A frota atual da Turkish Airlines inclui 12 aeronaves 777-300ER, a primeira delas entregue pela Boeing em outubro de 2010. Na ocasião, a 777-300ER contribuiu expressivamente para o crescimento expressivo da Turkish Airlines em rotas de longa distância. “Nos últimos anos, a Turkish Airlines constatou, em primeira mão, o desempenho excepcional da 777300ER, que oferece um nível inigualável de economia, confiabilidade e conforto ao voar" diz Todd Nelp, vicepresidente de vendas para a Europa da Boeing Aviação Comercial. “O fato de a Turkish Airlines, uma das companhias aéreas líderes do mundo, ter optado novamente pela 777-300ER para compor sua frota de longa distância é um testemunho em favor desta aeronave espetacular.” O 777-300ER é capaz de acomodar até 386 passageiros, na configuração de três classes, e tem um alcance máximo de 7.930 milhas náuticas (14.685 quilômetros). Atualmente, a Turkish Airlines opera rotas para mais de 220 cidades, em 99 países. Em março de 2013, a companhia aérea recebeu sua 100ª entrega direta da Boeing, fabricante também dos jatos 737 NextGeneration e 777-300ER presentes em sua frota. Com o anúncio de hoje, a Turkish Airlines passa a ter mais de 100 aeronaves Boeing encomendadas, dos modelos 737 Next-Generation, 737 MAX e 777-300ER

ILFC ASSINA ACORDO FINAL PARA COMPRA DEATÉ 100 E-JETS DA EMBRAER

A EMBRAER Avia��ão Comercial e a INTERNATIONAL LEASE FINANCE CORPORATION (ILFC), líder global no mercado de leasing e revenda de jatos para companhias aéreas, assinaram um acordo final para a venda firme de 50 jatos E-Jets E2, sendo 25 E190-E2 e 25 E195-E2. O pedido firme tem um valor estimado de USD 2,85 bilhões, a preço de lista. O contrato, anunciado como Carta de Intenções (Letter of Intent – LOI) durante o último Paris Air Show, em junho, também contempla opções para 25 E190-E2 e 25 E195E2 adicionais, o que eleva o potencial do pedido para até 100 aviões. Os E-Jets E2 representam o compromisso da Embraer de investir continuamente na sua linha de jatos comerciais e na liderança do mercado de 70 a 130 assentos. Os três novos aviões (E175-E2, E190-E2, E195-E2) são designados “E2”, que significa uma mudança geracional em tecnologia que foi incorporada ao projeto. Cada um dos três aviões tem a versatilidade para uma gama de configurações de classe única ou multi-classe para atender às necessidades dos operadores. A cabine das aeronaves tem um novo conceito de design que oferecerá um padrão ainda melhor de conforto e uma experiência excepcional aos passageiros. Motores de última geração, em conjunto com novas asas aerodinamicamente avançadas, controles de voo totalmente fly-by-wire e avanços em outros sistemas resultarão em melhorias de dois dígitos no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões e ruído externo. A primeira entrega de um dos E-Jets E2 (o E190-E2) está prevista para o primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2 em 2020. Mais de 950 E-Jets foram entregues até o momento. Atualmente, 65 clientes de 45 países adicionaram os E-Jets da Embraer às suas frotas.


AVIAÇÃO GERAL


AVIAÇÃO GERAL


AVIAÇÃO EXECUTIVA


AVIAÇÃO EXECUTIVA


AVIAÇÃO MILITAR EMBRAER E BOEING FAZEM PARCERIA PARA PROMOVER E VENDER O JATO CARGUEIRO

O anúncio feito hoje reforça o amplo acordo de cooperação que a Boeing e a Embraer firmaram em 2012. As empresas estão colaborando nas áreas de eficiência e segurança de voo, pesquisa e tecnologia, produtos de defesa e biocombustíveis sustentáveis para a aviação. “O nosso relacionamento com a Embraer continua a crescer e demonstra o nosso compromisso com o Brasil”, disse Chris Raymond, Vice-Presidente de Estratégia e Desenvolvimento de Negócios da Boeing Defense, Space & Security, hoje, no Paris Air Show. “O KC-390 complementa o nosso portfólio de mobilidade, oferecendo uma aeronave versátil e de custo acessível.”

A Embraer e a Boeing estão formando uma parceria para a promoção e a venda do KC-390 da Embraer – aeronave multi-missão de transporte militar de médio porte e reabastecimento aéreo com capacidades avançadas.

Conforme o acordo, a Boeing irá liderar as campanhas de vendas do KC-390, oferecendo também suporte e treinamento, nos EUA, no Reino Unido e em mercados selecionados do Oriente Médio. A Embraer irá fabricar a aeronave e colaborar nas vendas, suporte e treinamento. “O KC-390 é uma aeronave extremamente capaz e que continua a atrair o interesse de várias nações e a experiência da Boeing no campo do transporte militar é ideal para uma parceria no mercado internacional”, disse Luiz Carlos Aguiar, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “Este acordo fortalece o nível de cooperação entre ambas as empresas e as indústrias de defesa do Brasil e dos Estados Unidos.” O KC-390, projeto contratado pela Força Aérea Brasileira (FAB), em 2009, é a maior aeronave a ser fabricada no Brasil e estabelece novos padrões em termos de desempenho, carga, capacidade, flexibilidade e custos de ciclo de vida. As estimativas iniciais do mercado potencial para o KC-390 são de aproximadamente 700 aeronaves, mas esse número poderá aumentar com a inclusão de novos mercados. A aeronave já concluiu a Revisão Crítica de Projeto (CDR) e o desenvolvimento está dentro do cronograma previsto.


AVIAÇÃO MILITAR


AVIAÇÃO EXPERIMENTAL


AVIAÇÃO EXPERIMENTAL


ASAS ROTATIVA EC225 RETOMA AS OPERAÇÕES

Os helicópteros EC225 da Eurocopter retomam as operações após aprovação das medidas de prevenção e detecção desenvolvidas pelo fabricante. A aeronave estava proibida de voar sobre a água desde o ano passado após incidentes com o Super Puma no Mar do Norte. A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) validou as soluções de segurança e a resolução final para as falhas do eixo da caixa de transmissão principal em dois modelos EC225 que operavam no Mar do Norte, além de aprovar as modificações no sistema de lubrificação de emergência da caixa de transmissão principal.

A autoridade de Aviação Civil do Reino Unido suspendeu as restrições operacionais impostas para esse helicóptero seguida pela Autoridade de Aviação Civil da Noruega. "Estou convencido de que as medidas projetadas e aprovadas são corretas, permitindo um retorno seguro ao serviço de toda a frota", disse Guillaume Faury, presidente e CEO da Eurocopter.


ASAS ROTATIVA


CARGA AÉREA


CARGA AÉREA


AEROCLUBES


AEROPORTOS

GRU AIRPORT INAUGURA DATA CENTER E CENTRO DE CONTROLE DE TI

O GRU Airport inaugurou um novo Centro de Processamento de Dados (Data Center) e o Centro de Controle (GCC), iniciativas que colocam o aeroporto em um novo patamar em gerenciamento de Tecnologia da Informação e qualidade de serviços. O Data Center é um moderno centro de processamento de dados que reunirá os sistemas responsáveis pela operação e administração de todo o complexo aeroportuário. O novo recurso permitirá o funcionamento pleno e contínuo de softwares vitais para manter o aeroporto em atividade. Por esse motivo, estará instalado em uma sala-cofre, ambiente que garante proteção aos equipamentos contra fogo, calor, gases corrosivos, arrombamento, acesso indevido, ente outros problemas. O projeto de infraestrutura evita também interrupções nas operações de TI e nos serviços prestados aos usuários. A obra total tem 500 m2 e foi desenvolvida pela empresa Aceco TI. O Aeroporto Internacional de São Paulo é o primeiro do País a contar com uma sala-cofre. “Essa tecnologia está entre as mais modernas e seguras do mundo, bastante utilizada pelo sistema financeiro em outros aeroportos internacionais. Considerando que o aeroporto funciona 24 horas por dia, é essencial ter um sistema robusto, que garanta uma operação sem interrupções e capaz de mitigar eventuais riscos”, destaca o diretor de TI do GRU Airporto, Luiz Ritzmann. Em complemento aos avanços tecnológicos trazidos pelo Data Center, o GCC é um espaço equipado com monitores que concentram informações sobre a execução de todos os sistemas mantidos pelo novo centro de gerenciamento. Dados de desempenho poderão ser monitorados ininterruptamente. O local também inclui uma sala de crise, planejada para permitir a discussão e implementação de soluções rápidas na ocorrência de situações atípicas.


AEROPORTOS


MANUTENÇÃO


MANUTENÇÃO


ESPECIAL


ESPECIAL


ESPECIAL


ESPECIAL


HISTÓRIA DA AVIAÇÃO


HISTÓRIA DA AVIAÇÃO


TURISMO


TURISMO


AGENDA


Aviation worldwide