Page 1

Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães Escola Básica Pedro Jacques de Magalhães 2012/2013 Professora: Carla Lázaro Disciplina: TIC

Bárbara Carvalhinho nº3 Carolina Pinheiro nº8


Índice ............................................................................................................................................. 2 Introdução ................................................................................................................................. 3 O que é a Violência no namoro? ........................................................................................... 4 Quais as consequências de violência no namoro? ....................................................................... 5 Quais os sinais de alerta de violência no namoro? ................................................................... 6 Estatísticas............................................................................................................................. 7 Conclusão ...................................................................................................................................... 8 Referências Bibliográfica ............................................................................................................ 9

2


Este trabalho faz parte do Projecto de Educação Sexual da Turma (PEST), cujos temas eram a volta da Violência e Abuso físico e sexual. A violência define-se como um acto/comportamento que causa lesão a outra pessoa com o uso de palavras ou na maior parte das vezes com acções que amachucam as pessoas. Também se diz de violência o uso abusivo de poder, tal como o uso de força que pode resultar em:    

Ferimentos Sofrimento Tortura Ou até mesmo a Morte (que felizmente só existem alguns casos assim).

O tema que optámos por tratar foi então Violência no namoro pois queríamos saber mais sobre; como por exemplo o que é mesmo a violência no namoro (quando se trata de violência no namoro), que consequências pode causar a violência no namoro, quais os sinais de alerta em caso de violência no namoro entre outras coisas. Esperamos que no decorrer do nosso trabalho consigam aprender algo novo. “Combata a Violência não finja que não vê”

3


A violência no namoro é um acto de violência, pontual ou contínua, que é identificada através de maus-tratos físicos e psicológicas, mas não só também através de abusos e violências sexuais e por vezes também através de intimidações e humilhações sendo cometida por um dos parceiros da relação quando este exerce poder e controlo sobre o outro. Acontece quando: Os rapazes:     

Sofrem de perturbações psicológicas; Usufruem de álcool e drogas; Pensam que ser masculino é ser agressivo e ser forte; São autoritários (pensam que podem impor respeito); Tem ciúmes possessivos.

As raparigas:   

Acreditam que não podem recuar ter relações sexuais quando o parceiro deseja; Acreditam que são responsáveis pelos problemas da relação; Acreditam ainda que tudo o que o namorado faz é porque a ama.

Em Portugal estima-se que uma em cada quatro jovens é vítima de violência no namoro. A violência no namoro é considerada um crime público punível por lei e integra-se no quadro legal da violência doméstica.

A violência não conhece fronteiras de estratos sociais, faixas etárias, religiões, etnias, etc., e ocorre em todos os casais (hétero e homossexuais).

4


A violência no namoro tem consequências graves, tanto físicas, como mentais e também a nível da saúde. São bastante prejudiciais, muitas vezes resultando em práticas de autodestruição tais como uso de drogas, perda de apetite e emagrecimento excessivo, práticas sexuais de risco, nervosismo, depressão, isolamento e até mesmo o suicídio ou uma gravidez indesejada entre várias outras. Para tratar desses abusos deve-se procurar ajuda ou acabar com a relação o que pode ser bastante difícil.

Mito: “Um rapaz grita ou bate porque gosta da namorada.”

Realidade: Os rapazes que agem dessa forma estão a usar a violência para controlar a namorada. Gostar de alguém quer dizer respeitar a pessoa, ajudar a pessoa, apoiar a pessoa…não a agredindo.

“Ele não é mau… quando bebe uns copitos fica transtornado.”

A violência no namoro não é um acto isolado de descontrolo, nem o álcool é por si só um factor que a explique. Porque é que o agressor, de uma forma geral, mesmo sendo alcoólico, só agride a mulher em vez de outras pessoas?

“Há mulheres que provocam os maridos, não admira que eles se descontrolem .”

O namorado não tem direito de maltratar a mulher quando discorda de alguma atitude ou comportamento da mesma, pois nada justifica os maus – tratos.

5


Alguns sinais de alerta de violência no namoro são por exemplo notas baixas ou até mesmo um abandono de actividades escolares, marcas ou pisadelas inexplicáveis ou com uma explicação sem sentido, desculpas pelo comportamento de seu namorado/namorada e justificando o comportamento do mesmo, mudanças emocionais repentinas entre vários outro sinais, sendo estes os mais significativos.

6


Mudanças com Arte – UMAR  Maio 2010

Dados Estatísticos1 33%de jovens afirmaram ter sido vítimas de violência no namoro. 5%das raparigas e 2% dos rapazes são vítimas de violência física; 25%das raparigas e 24% dos rapazes de violência psicológica. 25% a 35% dos jovens consideram que este tipo de violência não existe nas relações de namoro. 25%a 35% dos rapazes e raparigas estudantes universitários já tinham experienciado comportamentos violentos (físicos e psicológicos) nas relações de namoro.

1

Os dados são referentes a um universo de 413 jovens de idades compreendidas entre os 11 e os 18, média de idades 14 anos.

7


Com este trabalho conseguimos aprender mais acerca da violência, nomeadamente acerca da violência no namoro. Podemos concluir que existem bastantes casos de violência e que esta não só é praticada pelo companheiro (masculino) mas também pela companheira (feminino) apesar de haver menos casos de violência no namoro da parte da mulher. Aprendemos também que esta trás bastantes consequências para a pessoa que sofre deste problema, não só a nível físico mas principalmente a nível psicológico (mental) e de saúde.

"A violência não é força, mas fraqueza. Nunca poderá ser criadora de coisa alguma, apenas destruidora... "

8


Slide Share, Palestra- Violência no namoro (19-11-2012) http://www.slideshare.net/guest18a5ad/palestra-violncia-no-namoro Online 24, Violência no Namoro (19-11-2012) http://www.online24.pt/violencia-no-namoro/ Slide Share, Violência no Namoro (12-11-2012) http://www.slideshare.net/epsdcarlosi/violncia-namoro Psicologia, Violência no Namoro amor ou obsessão? (12-11-2012) http://www.psicologia4u.com/violencia-no-namoro-amor-ou-obsessao/ Violência, Violência no namoro (12-11-2012) http://www.amcv.org.pt/amcv_files/violencia/box_violencianamoro.html Grupo de trabalhadoras, Violência (12-11-2012) http://grupodastrabalhadoras1.pbworks.com/w/page/16263755/o%20que%20%C3%A 9%20viol%C3%AAncia Cacador, Concurso Violência (19-11-2012) http://www.cacador.sc.gov.br/downloads/2006/concurso/violencia.pdf Priberam, Conduta (19-11-2012) http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=conduta UMAR feminismos, Violência (19-11-2012) http://www.umarfeminismos.org/index.php?option=com_content&view=article&id=2 56&Itemid=103 Gerações, Violência no Namoro, (12-11-2012) http://geracoesk.wikispaces.com/Viol%C3%AAncia+no+namoro

9

Projecto de Educação Sexual- Violência no namoro  

Violêcia no namoro