Issuu on Google+

J o r n a l

B

e

l

é

m

CARLOS AMORIM

Ano V - Número 9 - Junho / 2007 - Belém-PA - unicredbelem@unicredbelem.com.br

Mercado de ferro do Ver-o-Peso, um dos cartões-postais da Metrópole da Amazônia, que recebe os convidados do Sistema Norte Nordeste

Reunião do Conselho de Administração da Unicred Central Norte Nordeste será no Hotel Sagres

Belém é sede do Conad O Conselho de Administração da Unicred Central Norte e Nordeste (Conad) se reúne, pela primeira vez, em Belém, nos dias 4, 5 e 6 de julho, no Hotel Sagres, por ocasião da reunião bimestral de trabalho realizada em uma das capitais das duas regiões. Belém será, portanto, anfitriã do encontro, devendo oferecer aos participantes e seus familiares ou acompanhantes uma estadia prazerosa, também de cunho turístico, com atividades paralelas à reunião do conselho. A reunião do Conad na capital paraense faz parte da programação alusiva aos 15 anos de fundação da Unicred Belém. Estarão em Belém os presidentes das 27 cooperativas de crédito que integram o sistema Unicred Norte Nordeste. “Esta é a primeira vez que o Conselho de Administração se reúne em Belém. Na reunião, serão tratados assuntos relativos ao sistema cooperativista, tais como operações de crédito, taxas de juros, marketing, propaganda, análise do cenário econômico do País, aplica-

ções e investimentos, entre outros temas. E como nós seremos os anfitriões, vai ser uma honra ter todos os presidentes das singulares aqui”, disse o presidente da Unicred Belém, Amaury Dantas. Como a reunião começa na quarta-feira, 4, será organizada uma programação turística para os convidados no sábado, 7. “Nós pretendemos proporcionar um momento de lazer, até para que eles tenham a oportunidade de conhecer a Cidade das Mangueiras, numa programação turística, cultural. Apanhar um barco

no sábado e dar uma volta na orla, com um almoço regional oferecido por nós”, completa o presidente da Unicred Belém. Durante a reunião de trabalho, no entanto, os presidentes das unidades singulares do sistema Unicred vão fazer uma avaliação do desempenho operacional de cada uma delas, o que já faz parte da reunião bimestral realizada pelas cooperativas. O objetivo principal, segundo Amaury Dantas, é fazer uma análise constante do trabalho que está sendo desenvolvido e corrigir quaisquer desvios.

PROGRAMAÇÃO 15 ANOS Abertura da reunião do Conad, no dia 4 de julho, no Hotel Sagres. Solenidade comemorativa aos 15 anos da Unicred Belém, no hotel Belém Hilton, no dia 6 de julho. Lançamento do selo comemorativo aos 15 anos da Unicred Belém. Palestra-show do renomado conferencista Carlos Hilsdorf. Programação turística em Belém a convidados especiais para que possam conhecer a Cidade das Mangueiras e seus encantos, no sábado, 7 de julho.


J o r n a l



Fone: (91) 3073-2000 B

e

l

é

m

Conferencista fará a palestra “Atitudes Vencedoras”

Editorial

Carlos Hilsdorf é atração

Como parte da programação de aniversário da Unicred Belém, um dos maiores conferencistas da atualidade, Carlos Hilsdorf virá a Belém para fazer a palestra-show “Atitudes Vencedoras”. Ele já inclusive fez outras palestras semelhantes para um público superior a duas mil pessoas, esteve ao lado do expresidente da República Fernando Henrique Cardoso, que falou sobre “Perspectivas do Desenvolvimento Brasileiro”, em recente evento realizado em Curitiba (PR). O palestrante é autor do livro intitulado “Atitudes Vencedoras”, que também foi lançado no sistema Braille, para deficientes visuais, em parceria com a Fundação Dorina Nowill.

O objetivo é possibilitar a inclusão social de deficientes visuais e permitir seu acesso a esse tipo de obra. Carlos Hilsdrof é economista pósgraduado em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), autor de livros, consultor de empresas e pesquisador do comportamento humano, um dos mais requisitados conferencistas de eventos empresariais do País. Ele já foi palestrante do Congresso Mundial de Administração (Alemanha, 2005), e do Fórum Internacional de Administração (México, 2005), além de ser presença constante em congressos, fóruns e eventos de Recursos Humanos no Brasil e na América Latina. Membro do Conselho da Associação Brasileira de Qualidade de Vida, Carlos Hilsdorf utiliza em suas palestras a metodologia “Maximização da Absorção Conceitual”, uma metodologia de impacto em treinamento e desenvolvimento empresarial idelizada pelo próprio Carlos Hilsdorf.

Com a responsabilidade de ser a sexta do Brasil e a primeira a ser fundada no Norte e Nordeste, a Unicred Belém completa 15 anos no dia 6 de Julho. O pioneirismo e as dificuldades dos primeiros anos são ensinamentos que trouxeram maturidade. Neste número especial, você conhecerá a programação da Festa; poderá ver os depoimentos de Antônio Ferreira Pinho Neto e Rosandro Aranha Montenegro; saber da instalação do Totalcoop, novo sistema de informatização que não deixa nada a dever aos já existentes no mercado financeiro, além das opiniões de cooperados empreendedores como Luiz Paulo Rangel e José Augusto Fernandes Palheta.

Carlos Hilsdorf é um renomado palestrante que já fez a abertura de eventos internacionais

Receber os presidentes das cooperativas irmãs é motivo de imensa honra e alegria. Quando a instituição faz aniversário e vislumbra-se a enorme expectativa de crescimento, na verdade, quem merece parabéns são os Cooperados. Por isso, nossa confiança no amanhã: se até aqui foi bom, certamente, o futuro será muito melhor.

Diretoria

J o r n a l

Diretor-presidente: Amaury Braga Dantas Diretor-administrativo: Carlos Antonio de Lima Amorim Diretor-F inanceiro: Napoleão de Alencar Almeida

B

e

l

é

m

Conselho Administrativo Antonio Cezar Azevedo Neves Antonio Freitas Martins Luiz Otávio Gomes de Souza

Conselho fiscal

Expediente Efetivos: Kathia de Oliveira Harada Célia Lina de Mello Santos Osley Maria Rocha Rodrigues Conselheiros Suplentes: José Acúrcio Gomes Cavalleiro de Macedo Waldenize Nazareth Potter de Carvalho Bezerra Antônio Anselmo Bentes de Oliveira Projeto gráf ico e edição: SETTE - Editora, Comunicação e Design

Rua Boaventura da Silva, 1284 - Térreo. Bairro: Umarizal - CEP: 66060-060 / Belém - PA Fone: (91) 3073-2000/01


J o r n a l

Fone: (91) 3073-2000 B

e

l

é



m

Mudança no estatuto social vai aumentar número de cooperados

Chance para novos sócios A Unicred Belém realizou uma assembléia geral extraordinária, no dia 31 de maio de 2007, na sua sede, para fazer adequações a quatro artigos do seu estatuto social, atendendo recomendações do Banco Central. Na ocasião, a diretoria da Unicred Belém aproveitou também para fazer mais duas alterações no estatuto, por sugestão do Conselho de Administração da cooperativa, ampliando o leque de pessoas que podem se associar à Unicred. A partir de agora, também podem participar da cooperativa os pais, irmãos, sobrinhos, filhos e companheiros (as) dos atuais associados. “Com isso, nós esperamos ampliar ainda mais o número de cooperados”, diz o presidente da Unicred Belém, Amaury Dantas. De acordo com a ata da assembléia geral extraordinária, a primeira alteração proposta pelo Banco Central diz respeito à exclusão da alínea “c” do artigo 12, no título V – Do Balanço, Sobras, Perdas e Fundos Sociais” do Estatuto Social, e a inclusão do parágrafo 6º do artigo 9º, no título IV, que se justifica pela inadequação do assunto tratado no título atual, pois o texto se refere a juros pagos como remuneração do capital próprio, e pelo parágrafo 6º do artigo 9º o título adequado seria “Do Capital Social”. A segunda alteração diz respeito à alteração da alínea “b” do artigo 21, que orienta a exclusão do termo “preferencialmente” do texto sobre o local de realização de assembléia geral. A terceira proposta, também aprovada, altera a citação na alínea “b” do parágrafo 1º do artigo 48, corrigindo a redação que faz referência ao artigo 10º, quando na verdade deveria se referir ao artigo 9º. E a última alteração proposta pelo Banco Central foi do parágrafo 2º do artigo 55, que trata da parceria entre a Unicred Central Norte e Nordeste e suas singulares, onde substitui as expressão “de co-gestão ou administração compartilhada temporária”, que estaria em desacordo com a legislação, por “de acompanhamento de gestão”. Quanto às propostas do Conselho de Administração da própria Unicred

Assembléia geral realizada na sede da Unicred Belém que fez alterações no estatuto da cooperativa

Belém, foram eliminados os parágrafos 1º, 2º e 3º do artigo 29, da Seção IV - com o objetivo de eliminar duplicidade de critérios exigidos para o desempenho dos cargos sociais, que já constavam literalmente no artigo 47. E a última proposta aprovada se deu em função da demanda de cooperados, relatadas aos membros do Conselho de Administração, visando estender o leque de pessoas que podem se associar à Unicred. As alíneas “d” e “e” tinham a seguinte redação: “d) Excepcionalmente, pessoas jurídicas que tenham por objeto as mesmas ou correlatas ativida-

des econômicas das pessoas físicas associadas; e “e) Pais, cônjuge ou companheiro (a), filhos e dependentes legais, maiores de 18 anos, desde que a proposição seja de iniciativa do cooperado (a) profissional da saúde”. A partir de agora, a redação é a seguinte: d) “Pessoas jurídicas que tenham como sócios, pelo menos uma pessoa física já cooperada”; e “e) Pais, irmãos, cônjuge ou companheiro (a) , filhos, dependentes legais e sobrinhos, desde que a proposição seja de iniciativa do (a) cooperado (a) profissional da área de saúde”. O novo texto eliminou a expressão “maiores de 18 anos”.

Qualquer profissional do setor de saúde que tenha nível superior pode se associar à Unicred Belém. No caso de pessoa física, precisa comprovar identidade profissional e apresentar documentos básicos como Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovantes de residência e de rendimentos. Em seguida, preencherá cadastro com proposta de admissão e de abertura de conta corrente e ficha de matrícula. Já no caso de pessoa jurídica, os documentos para se tornar um cooperado da Unicred Belém são: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), contrato social e/ou alterações, ata de assembléia geral de constituição e de eleição da diretoria e estatuto social, conforme a constituição da empresa, além do faturamento dos últimos doze meses, relação de bens móveis e imóveis, balanço dos dois anos anteriores e de endividamento bancário.

PROFISSIONAIS DE SAÚDE QUE PODEM SE ASSOCIAR À UNICRED BELÉM

Assistentes Sociais, Bioquímicos, Biólogos, Biomédicos, Educadores Físicos, Enfermeiros, Farmacêuticos, Fisioterapeutas, Fonoaudiólogos, Médicos, Médicos Veterinários, Nutricionistas, Odontólogos, Psicólogos, Terapeutas Ocupacionais, Zootecnistas, empresas do ramo de saúde e instituições sem fins lucrativos.


J o r n a l



Fone: (91) 3073-2000 B

e

l

é

m

Os médicos Antônio Pinho Neto e Rosandro Aranha Mo

Depoimentos para a A Unicred Belém festeja no próximo dia 6 de julho seus 15 anos de fundação. Marco deste aniversário, será lançado um selo comemorativo que irá constar de todo o material de expediente e promocional da cooperativa. A Unicred Belém foi a sexta Unicred fundada em todo o Brasil e a primeira do Norte e Nordeste, iniciativa de um grupo de médicos liderados por Antônio Ferreira Pinho Neto, cancerologistachefe da Clínica de Cuidados Paliativos Oncológicos do Hospital

Ofir Loyola, que trabalha com pacientes terminais tanto no hospital quanto em domicílio. Quando a Unicred Belém foi fundada, Antônio Pinho Neto era também presidente da Unimed Belém e da Federação das Unimeds da Amazônia Oriental, vice-presidente da Unimed Norte Nordeste e conselheiro da Unimed Brasil. A Unicred Belém foi fundada no dia 6 de julho de 1992, com a participação de 57 médicos, todos à época cooperados da Unimed Belém. A fundação da cooperativa, segundo Antônio Pinho, se deveu ao momento econômico que o País atravessava, com inflação galopante e juros astronômicos, que fazia com que os empreendimentos perdessem muito dinheiro, principalmente com juros bancários, e sobretudo pela necessidade de maior gerenciamento e gestão dos recursos do Sistema Unimed, que é de trabalho e não de crédito . “Nós tínhamos contato bem grande com o pessoal do resto do Brasil, e o que se verificou é que as cooperativas Unimeds cresceram muito e tinham um volume muito grande de economia e dependiam

sempre de pagar juros bancários em algumas liberações. Naquela altura, a Unimed Belém estava começando a vender planos de saúde”, lembra Antônio Pinho. Havia entraves jurídicos e burocráticos para a criação de cooperativas no País naquela época. “Naquela altura, para constituir uma cooperativa de economia e crédito mútuo, a Lei 5.764, que criou as cooperativas no Brasil, era muito mais voltada para a agricultura. Então, mesmo as cooperativas de crédito eram, ou ligadas às cooperativas agrícolas mistas, ou então às cooperativas agrícolas chamadas ‘caixas de economia’. O Sistema Financeiro as impedia de funcionar, porque elas eram assim consideradas uma ‘economia paralela’, que não era gerida pelo Banco Central. Então, o BC começou a ter ingerência sobre a criação de cooperativas”, lembra. Mesmo com a Lei 5.764 e as exigências do BC, as cooperativas tinham que ser submetidas à aprovação do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e quando se submetia ao registro na Junta Comercial, a burocracia era imensa. Lembra o médico Antônio Pinho que uma das pessoas que mais colaborou para a fundação da Unicred Belém foi o médico Erivaldo de Jesus Araújo, atual presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB-Pará) e do Sescoop. “Uma outra pessoa que eu me lembro que colaborou muito foi um funcionário do Banco Central, de sobrenome Cubas, de-

Pioneirismo F U N D A D O R E S

d A

U N I C R E D

B E L É M

Antonio Ferreira Pinho Neto, Augusto Cesar de Assis Dias, João Fonseca Gouveia, Mario Herculano Marinho Silva, José Guilherme da Silva Tabosa, Antonio Maria Silva da Conceição, Arthur Auto do Nascimento Neto, Ana Maria Vita Lamarão, Antonio Anselmo Bentes de Oliveira, Aldenora Oliveira de Mesquita, Benedito Pedro Resque de Oliveira, Cecília Viana Nahum Pinho, Célia Lina de Mello Santos, Célia Regina Gonçalves Medeiros, Erivaldo de Jesus Araújo, Elma Fernandes Salame, Edson Pontes Cardoso, Fernando Otávio Quaresma Cavalcante, Fabiano de Assunção Oliveira, Francy Ester Queiroz de Paula, José Carlos Martins Leão, José Antonio Cordero da Silva, José Cláudio de Barros Cordeiro, José João Soares Neiva Neto, João Batista Alves Júnior, Maria Graziela Comarú Gouveia, Maria de Nazaré Paes Loureiro, Maria Rita de Cássia Costa Monteiro, Merian Bentes Loureiro, Maria Célia de Moraes, Maria José Canthé Pandolfo, Mônica Teixeira Chaves, Maria de Nazaré Pinheiro Bastos, Maria Silvia Martins Comarú Leal, Maria Marcina Dourado da Fonseca, Norma Suely dos Santos, Paulo Sérgio Monteiro dos Santos, Paulo Roberto Alves de Amorim, Rosângela Brandão Monteiro, Rosa Marilda Figueiredo da Conceição, Roberto Amorim de Menezes, Raimundo Nonato Costa de Viveiros, Regina das Graças Bastos Alves Moura, Syglia de Nazaré Ribeiro Hoyos, Suely Couto da Silva Cabral, Sonia Fátima da Silva Moreira, Sérgio Alonso Ferreira Rocha, Suzana Paula Nascimento, Hélio Franco de Macêdo Júnior, Jorge Pinheiro Loureiro do Amaral, Janete Serruya Bentes, Valdecir Manoel Afonso Palhares, Vânia Maria Patelo Colares, Vera Maria de Barros Meireles, Vera Lúcia de Mesquita, Waldemar Maués da Costa e Waldir Araújo Cardoso.


J o r n a l

Fone: (91) 3073-2000 B

e

l

é



m

ontenegro falam sobre o início do empreendimento

a história da Unicred signado pela gerência do Banco Central para acompanhar a gente”, acrescenta. Mas nem tudo são flores. Antônio Pinho argumenta que além das dificuldades jurídicas e macroeconômicas, havia ainda os episódios da política médica que desencadearam crises nas Unimeds com reflexos também nas Unicreds. “A Unimed do Brasil quebrou, aí foi criada a Aliança. A Unimed Brasil saiu da Federação. Até então era somente Cooperativa de Economia e Cré-

dito Mútuo dos Médicos do Pará. Inicia-se o Banco Cooperativo, que tempos depois foi extinto pelo Collor de Melo, por isso as cooperativas perdiam muito dinheiro e ainda eram prejudicadas em sua organização. Vieram ainda os planos Collor, Plano Bresser e uma série de outros, até acertarmos com o Plano Real para controle da inflação e estabilização da moeda”, observa. Os 15 anos de fundação da Unicred Belém são marcantes para Antônio Pinho,

que se orgulha da condição de fundador da cooperativa, embora esteja afastado dos cargos de direção tanto da Unimed como da Unicred, dedicando-se exclusivamente à Medicina. Destaca, ainda, o trabalho de Carlos Amorim, sem esquecer de parabenizar também o atual presidente da Unicred Belém, o médico Amaury Dantas, pelo trabalho que desenvolveu na condição de ex-diretor-administrativo e agora como presidente da Unicred Belém.

o incentivo na hora certa Segundo depoimento do médico Rosandro Aranha Montenegro, “no ano de 1999 a Diretoria Executiva da Unicred Central Norte Nordeste era composta pelos Drs. Reginaldo Tavares de Albuquerque – Presidente, Wilson Ribeiro de Morais, Diretor Administrativo, e por mim, que estava na Diretoria Financeira. “A Unicred Belém havia enfrentado sérias dificuldades e tinha um patrimônio negativo de R$ 335 mil, mostrava sinais de poucas perspectivas de continuar sua atividades por imensas dificuldades financeiras, quase impossível de se encontrar pessoas que quisessem enfrentar o desafio de recuperar sua credibilidade e fazê-la crescer. “Preocupado com o alto risco de Belém ter que fechar suas portas, em reunião da Diretoria Executiva da Central, fui incumbido pelos colegas para ir àquela cidade com a nobre missão de fazer uma apresentação do Sistema Unicred visando encontrar um médico que se dispusesse a assumir a Presidência daquela Cooperativa de Crédito Mútuo dos Médicos - da Cidade das Mangueiras. “A reunião foi articulada pelo amigo e companheiro Roberto Cavalcanti, Presidente da Federação das Unimed’s da Amazônia Oriental, na época, no auditório do Hotel Sagres. E para minha

surpresa, com auditório lotado. “Após muita discussão, o Dr. Carlos Amorim demonstrou interesse e preocupação. Médico e economista, respeitado por todos, era a pessoa ideal para assumir a Presidência da Cooperativa. Caso aceitasse, mostramos todos os obstáculos e desafios que iria enfrentar, a começar pela formação de nova Diretoria Executiva e Conselho de Administração, mesmo contando com todo apoio da Central Norte Nordeste. O Dr. Amorim, serenamente, nos disse que toparia assumir a Presidência da singular. Lembro-me os nomes de alguns companheiros, a exemplo do Maurício Cezar, Amaury Braga e Antonio de Freitas Martins, que Amorim convocou para iniciarem o processo de transformação daquela Unicred. “Com muita garra, determinação irmanada, liderada pelo seu Presidente, foram tomadas medidas duras e corretivas na busca incessante de recuperar os créditos e fazer crescer a credibilidade da cooperativa com admissão de novos cooperados, abrindo linhas de créditos e serviços que passaram a atender à sua realidade. “Amorim é o mestre da paciência, e ajudado por seus companheiros de responsabilidade, colocava a Unicred nos

trilhos do crescimento, expandindo os negócios, trazendo a cada dia novos cooperados, que, motivados pelos resultados e serviços prestados, ajudavam espontaneamente divulgando a Unicred nos órgãos representativos de classe, no CRM, no Sindicato, na Médico-cirúrgica, enfim, no seio da comunidade. “Hoje, a Unicred Belém apresenta um balanço de números pujantes, com sobras no exercício de 2006 de mais de hum milhão de reais, com um patrimônio líquido de três milhões e duzentos mil reais, estendendo suas ações a todos os profissionais de saúde, saindo de 117 cooperados em 1999 para 920 em 2007, ampliando seus benefícios aos cooperados. “Além de exemplo nacional, a Unicred Belém possui hoje um lugar de destaque no Sistema Unicred Norte Nordeste. Tudo isso só foi possível graças à confiança, audácia e ao empreendorismo do amigo Amorim e demais companheiros, a quem dedicamos o nosso reconhecimento pela credibilidade existente hoje na cooperativa, com patrimônio pertencente aos seus cooperados do Pará”. Por tudo isso, Rosandro Montenegro, atual diretor financeiro da Unicred Central Norte Nordeste, parabeniza a cooperativa: “Salve os 15 anos da Unicred Belém!”,


J o r n a l



Fone: (91) 3073-2000 B

e

l

é

m

Sistema Totalcoop implantado se assemelha ao dos bancos modernos

Cooperado já tem acesso on line Uma equipe de contadores e técnicos de informática da Unicred Central Norte Nordeste esteve em Belém em maio passado para implantar na Unicred Belém o sistema Totalcoop, que equipara o sistema da cooperativa ao de qualquer banco moderno. Com isso, os cooperados terão acesso on line a toda a sua movimentação financeira, saldos, extratos, operações de crédito etc. Os módulos estão sendo implantados progressivamente e vão permitir ainda que a contabilidade da Unicred Belém fique centralizada on line na Unicred Central Norte e Nordeste, em João Pessoa (PB). O trabalho de desenvolvimento do sistema começou a ser feito em 2005, o que demanda tempo, já que o funcionamento da cooperativa se assemelha ao de uma instituição financeira, “mas como para cooperativas de crédito os procedimentos não são iguais aos dos bancos, então nós temos que adaptar alguns procedimentos”. A primeira etapa desse trabalho deverá estar concluída até dezembro deste ano. A segunda, de gerenciamento, deve começar em janeiro ou fevereiro de 2008, devendo ser mais rápida. O trabalho também conta com uma equipe de suporte, não só de contadores, mas também de pessoal da área de informática para lidar com a automação bancária “e toda a parte de retaguarda, empréstimos, aplicações financeiras, conta corrente, e a contabilidade está integrando esses módulos para poder fechar o balanço direitinho”, diz o contador Antônio Augusto de Almeida Filho. O técnico James Grisi Corrêa, coor-

O cooperado Antônio Cerejo consulta o novo sistema informatizado, na sede da Unicred Belém

denador da área de suporte de informática da Unicred Central Norte Nordeste, que também integra a equipe que implanta o sistema Totalcoop na Unicred Belém, disse que o trabalho de mudança do sistema leva geralmente em torno de uma semana. Quanto à descentralização da contabilidade, o contador Antônio Augusto de Almeida Filho diz que a Unicred Belém já participava dessa centralização e que o trabalho consistiu apenas em mudar o sistema. Hoje, segundo o técnico, as Unicreds singulares precisam enviar a documentação contábil para a Central Norte Nordeste, em João Pessoa. Com o

trabalho de centralização proporcionado pelo sistema Totalcoop, a própria Central terá acesso on line a esses dados. “O Totalcoop vai melhorar o acompanhamento gerencial, porque aqui eles vão ter a possibilidade de ver qual o crescimento da cooperativa, qual a rentabilidade que estão tendo em real-time. Já tem condição de ver a qualquer momento a posição do balancete”, explica. A equipe que veio a Belém constituiu-se por quatro pessoas - duas da parte técnica, James Grisi Corrêa e Gladson Carvalho, e outras duas da área contábil, Antônio Augusto de Almeida Filho e Marcelina Félix.

Conselhos profissionais O Conselho de Administração da Unicred Belém se reuniu, no dia 25 de abril, com represenantes de conselhos profissionais de Enfermagem, Educação Física, Biomedicina, Fonoaudiologia e Medicina Veterinária, entre outros da área de saúde, em um aprazível café da

manhã, no Buffet José Fernandes. Na ocasião, foi feita uma apresentação sobre qual o papel que a Unicred Belém deve desempenhar e a gama de serviços que a cooperativa oferece. Participaram do evento os seguintes representantes de conselhos pro-

fissionais: Napoleão de Alencar Almeida (Biomedicina), Maria da Conceição Costa Filgueiras (Educação Física), Antônio Marcos Freire Gomes (Enfermagem), Márcia Regina Salomão (Fonoaudiologia) e Edson Brito Ladislau (Medicina Veterinária).


J o r n a l

Fone: (91) 3073-2000 B

e

l

é



m

Promoção das Mães é sucesso Dia das Mães

A promoção da Unicred Belém por ocasião do Dia das Mães foi, mais uma vez, sucesso, oferecendo aos seus cooperados empréstimos a uma taxa de juros de 1,89% ao mês, portanto abaixo do valor de mercado, com prazo de 12 meses para pagamento. O limite máximo de empréstimo foi de R$ 3 mil. O balanço da promoção aponta um total de empréstimos de R$ 170 mil, com um total de 59 contratos fechados.

Cartrace Monitoramento de veículos via satélite GPS contra roubos, assaltos e seqüestros. Apenas R$ 1.280,00, mais tarifa de manutenção.

Computador A Unicred Belém oferece aos seus associados a promoçãoPlug & Play, com financiamento

para a compra de equipamentos de informática a juros abaixo da taxa de mercado. O pacote inclui uma CPU AMD Athlon XP 2000, com monitor de 15 polegadas colorido, digital; 256 MB de memória RAM DDR, HD de 40 GB, gravadora de CD, estabilizador e impressora HP Deskjet 3535, além de mesa-rack. Pode ser pago à vista ou financiado em 12 ou 24 vezes. A Plug & Play também oferece notebook Toshiba A60-S 156, com processador Celeron 2.8 GHZ, memória de 256 MB, HD de 40 GB, modem + rede, gravadora de CD/DVD, rede de 10/100 e sem fio 802.11G, tela de 15 polegadas TFT, com o Windows X). À vista ou parcelado com as menores taxas do mercado.

Imposto de Renda O cooperado da Unicred Belém pode antecipar em até 80% da sua restituição do Imposto de Renda a juro de 1,99% ao mês; taxa menor que a de mercado e paga somente quando receber a restituição da Receita Federal. O

imposto a ser pago também pode ser financiado em até 12 parcelas, com desembolso imediato para pagamento do imposto devido, num prazo maior que o da Receita Federal.

Outros benefícios Antecipação de produção creditada na Unicred; Antecipação de salário, 13º e férias; Viagens a trabalho ou turismo; Cursos, congressos e seminários; Financiamentos para aquisição de veículos, construção de clínicas, laboratórios, hospitais etc.; Financiamento para aquisição de máquinas e equipamentos ou pagamento de impostos; Desconto de cheques; Tratamento de saúde, odontológico e diárias hospitalares; Crédito pessoal para fins diversos.

Segunda turma Unicred conclui MBA No último dia 9 de junho, formouse em Fortaleza (CE) a segunda turma de MBA em Cooperativismo de Crédito, composta por integrantes do Sistema Regional Norte Nordeste, entre os quais o presidente da Unicred Belém, Amaury Dantas. A cerimônia de conclusão do curso foi com uma festa de formatura no Buffet La Maison Dunas. O curso foi oferecido numa parceria entre o Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Universidade Federal do Ceará (Cetred-UFCE) e a Unicred Central Norte Nordeste, idealizadora do projeto, com o objetivo de qualificar tecnicamente seus dirigentes e incentivar o cooperati-

Amaury Dantas foi um dos concluintes do curso de Gestão e Cooperativismo de Crédito

vismo de crédito no País, conferindo mais capacitação e profissionalismo

àqueles que trabalham na gestão de cooperativas de crédito no Brasil.




J o r n a l

Fone: (91) 3073-2000 B

Lucro retorna para o cooperado Segundo o médico Luiz Paulo Rangel, a Unicred Belém tem uma grande importância para a categoria médica porque permite a alavancagem do progresso dos médicos de Belém por apresentar diversas vantagens para a categoria. “Nós mesmos temos utilizado bastante recursos de financiamento da Unicred, que nos bancos teria uma imensa dificuldade burocrática, e nós temos alavancado com muita facilidade recursos da Unicred para fazer a melhoria e progresso do Hospital do Coração”, disse. Para os novos empreendedores, Luiz Paulo Rangel aconselha que sigam o exemplo: “Os equipamentos hoje em dia importados têm um preço bastante satisfatório, mas o que verificamos é às vezes que temos dificuldade de financiamento, com juros bancários muito elevados. E a Unicred tem uma vantagem insuperável: uma parte do resultado do lucro retorna para o cooperado, como aconteceu este ano, com a distribuição expressiva de sobras, ou seja, uma parte do que foi pago com juros representa um lucro que

á

l

é

m

pidas

Simpósio Com o tema “Promoção à Saúde e Meio Ambiente”, a Unicred Central Norte Nordeste e a Confederação das Unimeds do Norte Nordeste promovem entre os dias 5 e 7 de setembro próximos o XII Simpósio de Cooperativismo de Crédito, a XIX Convenção Regional das Unimeds do Norte Nordeste e o XVI Encontro da Mulher Unimediana.

Poupança

Luiz Paulo Rangel: Unicred é apoio financeiro

volta para a mão dos cooperados. Primeiro: o progresso da Unicred representa o nosso próprio progresso, porque as nossas cotas são valorizadas; segundo, do resultado operacional, uma parte volta para o bolso do cooperado; e terceiro, ela representou, a todo instante, de forma sistemática, um apoio financeiro que às vezes temos dificuldades nos bancos”.

Venha Você também...

O médico José Augusto Palheta destaca a importância da Unicred com alguns simples questionamentos: “O que você acha de ser ‘dono’ de uma instituição financeira, ou seja , participar do lucro de toda movimentação financeira, seja ela de empréstimos, tarifas ou aplicações e, no final do ano, estes lucros retornarem para a sua conta bancária?” “O que você acha de uma cooperativa que lhe possibilite fazer antecipações, capital de giro, taxas bancárias, pagamentos de contas, financiamentos mais baratos do que qualquer banco e, lembre-se, você ainda ganha em cima de todo este valor movimentado?”. “O que você acha de uma cooperativa que ajude o profissional a organizar e gerenciar sua clínica ou seu consultório, através de sua equipe de gerentes competentes? Hoje, 100% de minha movimentação financeira é feita na Unicred”. José Augusto Palheta agradece, por-

R

e

A recente resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) que altera o cálculo da Taxa Referencial (TR) reduzirá o rendimento das cadernetas de poupança caso os juros permaneçam caindo. Aliás, o que vem acontecendo poderá estimular maior depósito a prazo nas cooperativas de crédito. Na Unicred Belém, a partir de R$ 1.000 (mil reais), a remuneração da aplicação é de 90% do CDI. Porém, para quem aplicar mais de R$ 5 mil, remunerase 91%; e assim progressivamente, até 102%.

Estação Ananindeua

No dia 18 de junho, a Unimed-Belém inaugurou a Estação Saúde-Ananindeua. Trata-se de uma loja com departamento comercial voltada para o melhor atendimento de usuários e cooperados.

Prêmio 2007

O cooperado José Magalhães Neto foi um dos profissionais distinguidos com o Prêmio Brasil Medicina/2007, no mês de abril, no Hotel Transamérica, em São Paulo.

Encontro dos CRMs José Augusto Palheta destaca pontos positivos

tanto, à Unicred, pelo apoio administrativo e financeiro que proporciona aos seus Cooperados e faz um convite para todos os profissionais de saúde: “Vamos nos organizar financeiramente. Venha você também para a Unicred Belém”.

Aconteceu entre os dias 20 e 23 de junho, em Belém, o XIII Encontro dos Conselhos Regionais de Medicina do Norte e Centro-Oeste. Saúde indígena, perícia médica, telemedicina e procedimentos eletivos do SUS foram alguns dos temas abordados.


Unicred Belém