Page 1

Ano VII - Número 16 - Junho / 2011 - Belém-PA - unicredbelem@unicredbelem.com.br

Intregrantes da Unicred Belém durante a assembleia geral da cooperativa deliberam favoravelmente pela criação do Fundo de Responsabilidade Social

Funcionários públicos federais, estaduais e municipais agora podem participar

Unicred admite servidores Após reforma estatutária aprovada em Assembleia Geral, realizada em 12 de novembro de 2010, e autorizada pelo Banco Central, a partir de 21 de abril de 2011, a Unicred Belém passou a admitir como cooperados os servidores públicos federais, estaduais e municipais da ativa ou aposentados. Trata-se de uma alternativa de participação no cooperativismo de crédito que se apresenta de forma objetiva e pragmática ao funcionalismo público, que terá acesso às melhores taxas de juros do mercado, além de compartilhar os resultados nas sobras. Com a possibilidade de adesão de servidores públicos, a Unicred Belém abre agora um novo leque de crescimento. Também podem participar da cooperativa ascendentes (pai e mãe), cônjuges e descendentes dos servidores. Entre as vantagens que os novos cooperados terão ao aderir à Unicred Belém estão as melhores taxas do mercado para investimentos; os menores juros de empréstimos e, o que é mais importante, o lucro da cooperativa (sobras) é compartilhado entre os cooperados ao final de cada exercício.

Para se cooperar, basta que o servidor público adquira uma cota no valor de R$ 3 mil, que pode ser paga à vista ou parceladamente. No entanto, a partir do pagamento da primeira parcela, ele já passa a ter direito a contrair empréstimos com as menores taxas de juro do mercado. Ao final de cada exercício financeiro, o capital (cota ou cotas) de cada cooperado é remunerado em até 100% da taxa Selic. Do total das sobras brutas, 30% vão obrigatoriamente para os fundos

estatutários e 70% são distribuídos entre os cooperados, proporcionalmente ao seu volume de empréstimos, aplicações e movimentação da conta corrente. “Ou seja, quanto mais ele utiliza a cooperativa, mais ele ganha”, destaca Carlos Amorim, presidente do Conselho de Administração da Unicred Belém. Quanto à destinação das sobras, a última Assembleia Geral decidiu que 50% fossem para a conta corrente e a outra metade para o capital dos cooperados.


Fone: (91) 3073-2000

2

Unicred aprova Fundo de Responsabilidade Social Aprovada na última Assembleia Geral da Unicred Belém uma deliberação de cunho social. Os cooperados aprovaram a destinação de 5% das sobras brutas para a criação de um Fundo de Responsabilidade Social. “Esse fundo vai ficar sob a coordenação do Conselho de Administração, deve ter um regimento próprio e estabelecer critérios próprios para a liberação de recursos. É importante que vai financiar atividades tipo microcrédito ou projetos previamente selecionados”, explicou o presidente da Unicred Belém, Amaury Dantas. “Vai beneficiar quem quer organizar o seu negócio, um vendedor ambulante de frutas, por exemplo, que precisa alugar um ponto, formalizar a sua empresa, comprar um veículo para trazer frutas da Ceasa, precisa de prateleiras, uniforme, en-

Editorial

fim. Ele já está no negócio, mas quer melhorar. Com isso, vai sair da informalidade para a formalidade, passando a contribuir para o INSS e a ter direito à aposentadoria, férias, enfim”, acrescentou Amaury. A Unicred Belém, no entanto, ainda vai regulamentar os critérios e formas de concessão do benefício. “O que nós queremos é fugir da parte assistencialista e filantrópica, que não é papel das empresas e nem das cooperativas. Não vamos adotar creches e nem manter asilos de idosos. Nós não vamos substituir ações que são obrigação do Estado. Queremos possibilitar investimentos, ainda que sejam micro, mas que tenham possibilidade de sucesso e venham trazer o trabalhador informal para a formalidade, para que se estimule a geração de emprego e renda”.

Conforme o leitor poderá observar nos quadros ilustrativos, o crescimento da cooperativa pode ser verificado em todos os indicadores oficiais. Com enorme expectativa, a sede própria está em fase de acabamento:

S O B R A S

E

F U N D O S

terá placas de energia solar; toda água da chuva será reaproveitada; estacionamento inteligente para 40 vagas; iluminação a led e, certamente, será uma agência confortável e segura. Na última assembleia, a diretoria foi reeleita por aclamação, o que nos enche de orgulho pelo trabalho realizado e também de responsabilidade quanto ao futuro.

Expediente

DIRETORIA

B

Diretor-presidente: Amaury Braga Dantas Diretor-administrativo: Carlos Antonio de Lima Amorim Diretor-f inanceiro: Napoleão de Alencar Almeida

e

l

é

m

CONSELHO FISCAL

J o r n a l

Conselho Administrativo Antonio Cezar Azevedo Neves Antonio Freitas Martins Luiz Otávio Gomes de Souza Suplentes: Francisco de Assis Guimarães Camacho Jorge Bastos Barroso José Cláudio B. Cordeiro

Efetivos: Célia Lina de Mello Santos Osley Maria Rocha Rodrigues Milena Lúcia Chaves Dias Conselheiros Suplentes: Cláudio Tobias Acatauassu Nunes José Antônio Maués Soraya Berbary Projeto gráf ico e edição: SETTE - Editora, Comunicação e Design 3263-7035/8820-7095 Fotos: fernandosette@gmail.com

Rua Boaventura da Silva, 1284 - Térreo. Bairro: Umarizal - CEP: 66060-060 / Belém - PA Fone: (91) 3073-2000/01


Fone: (91) 3073-2000

3

Prestação de contas de 2010 é apresentada aos cooperados da Unicred Belém

Assembleia Geral aprova gestão No dia 26 de abril, no auditório da Estação Saúde, da Unimed Belém, foi realizada a Assembleia Geral da Unicred Belém para prestação de contas do exercício de 2010 e eleições para Conselho de Administração, Diretoria Executiva e Conselho Fiscal. No exercício de 2010, a cooperativa teve crescimento superior aos índices inflacionários em todos os seus indicadores. Se não, vejamos: os depósitos à vista cresceram 30,42%; os depósitos a prazo, 26,20%; os empréstimos, 11,43%; o capital social cresceu 20% e o patrimônio líquido, 15,19%. E o total de ativos da cooperativa contabilizou R$ 35,9 milhões (veja quadro na página x). Em 2010, foram contratadas 1.148 operações de empréstimos e financiamentos, para as mais diversas finalidades, ao passo que no ano anterior o número de operações chegou a 586. “Portanto, nós mais do que dobramos a realização de operações”, destaca o diretor-presidente da Unicred Belém, Amaury Dantas. No ano passado, o total liberado chegou a R$ 29,277 milhões, o que corresponde a 25,81% do total que foi liberado em onze anos, portanto mais de um quarto do total (Ver quadro da evolução patrimonial na pág. 5 ). Vale lembrar que em 2006, a Unicred Belém emprestou um volume de recursos de apenas R$ 8 milhões. O resultado financeiro

José Haroldo dos Santos Menezes e Carlos Antônio Amorim durante a Assembleia Geral realizada

da Unicred Belém em 2010 foi tão bom que permitiu a construção da sede própria sem que haja nenhuma dívida, estando o cronograma financeiro sendo cumprido dentro do previsível e, ainda, apresentou como resultado sobras da ordem de R$ 2,236 milhões,que remuneraram o capital com R$ 768 mil e sobras brutas de R$ 1,4 milhão à disposição da Assembleia, que determinou a divisão de 50% para a conta corrente e os outros 50% para a conta capital, desconta-

dos os fundos estatutários. Há que se comemorar o volume de empréstimo contablizado nos últimos onze anos, que, em valores históricos, significou R$ 113,431 milhões. Esta foi também uma Assembleia Geral de eleições, onde a Diretoria foi reeleita, o Conselho de Administração renovado, e eleito novo Conselho Fiscal. A ausência de chapas concorrentes motivou a reeleição da diretoria por aclamação, o que significa a aprovação da gestão que vem sendo implementada.

Eleitos os novos conselheiros fiscais Durante a Assembleia Geral, os cooperados elegeram os novos membros que vão integrar o Conselho Fiscal da Unicred Belém. A nomeação dos escolhidos (quadro abaixo), no entanto, ainda depende de homologação do Banco Central. Quanto à direção da cooperativa - e atendendo determinação de governança cooperativa - a Unicred passa agora a ter uma diretoria executiva, dirigida pelo

presidente-executivo, Amaury Dantas, tendo ainda Carlos Amorim e Napoleão Almeida como membros; e um Conselho de Administração, presidido por Carlos Amorim, tendo como membros Cesar Neves, Luiz Otávio de Souza, Antonio Freitas Martins, Francisco Camacho, Ana Lúcia Carvalho dos Santos, Carlos Alberto Nobre Bragança, Dagoberto de Lima e Sérgio Luiz Vasconcelos do Vale.

Conselho Fiscal Eleito para 2011 - 2012 Conselheiros Efetivos

Conselheiros Suplentes

Dr. José Silvério Nunes Fonseca

Dr. Fábio Vasconcelos Frazão

Dr. José Antonio de Jesus Maués

Dra. Osley Maria Rocha Rodrigues

Dra. Célia Lina Cunha de Mello

Dra. Linda Guimarães Pacheco

Luiz Paulo Rangel vota para o Conselho Fiscal


4

Fone: (91) 3073-2000

Unicred Belém chega a

1.500 cooperados 1600 1400

1.444 1.320

1200 1000 800

1.033

1.183

851

600 400 200 0

2006

2007

2008

2009

2010

1.488 na data do edital

E

m 2006, a Unicred Belém tinha 851 cooperados. Na dia da Assembleia Geral, o número de cooperados era de 1.488. De lá para cá, houve um crescimento regular e hoje esse número ultrapassa 1.500. “Portanto, o nosso crescimento registrado ainda é tímido, diante do universo de profissionais de saúde que temos em Belém e no Pará - pois são mais de 60 mil profissionais de saúde de nível superior no Estado, e nós

Utilização do limite de forma consciente Com relação ao cheque especial, a Unicred Belém disponibilizou para os ses cooperados, através da somatória do limite ofertado, R$ 7,2 milhões, “mas os cooperados só estavam utilizando R$ 1,5 milhão. Essa utilização corresponde a 20,60%. O Banco Central determina que a utilização não seja maior do que 30%. Portanto, nós estamos absolutamente dentro das normas do Banco Central”, ressalta Amary Dantas, presidente da Unicred.

temos apenas pouco mais de 1.500 na Unicred. O nosso crescimento depende do poder de convencimento, do diálogo, porque a nossa propaganda é mais boca a boca, do que com a mídia aberta, que não nos interessa, porque, além do custo ser muito elevado, nosso objetivo não é atingir o público de um modo geral, mas apenas os profissionais de saúde de nível superior e os servidores públicos”, diz Amaury Dantas, presidente da Unicred Belém.

C H E Q U E

Ao estratificar as categorias que fazem parte da Unicred Belém, tem-se hoje que 62% são médicos; 12,5% são odontólogos, seguindo-se parentes dos cooperados e pessoas jurídicas. Embora no gráfico acima o número de cooperados seja 1.444, no dia 24 de maio a Unicred admitiu o seu cooperado de número 1.500, destaca o diretor financeiro Napoleão de Alencar Almeida. A meta é chegar a 31 de dezembro com pelo menos dois mil cooperados, ou seja, crescer 33%.

E S P E C I A L


Fone: (91) 3073-2000

5

Todos os indicadores econômico-financeiros demonstram resultados positivos em 2010

Crescimento da Cooperativa

A

Unicred Belém registrou crescimento de 30.42% nos depósitos à vista em 2010. Já os depósitos a prazo cresceram 26%. No quesito empréstimos, a evolução foi de 11,43%; em capital, 20%; e em patrimônio líquido, 15,19%. OPERAÇÕES CONTRATADAS EM 2010 1.148 Operações

R$29.159.359,00 Vale destacar que, historicamente, ao longo dos últimos onze anos, a Unicred Belém emprestou R$ 113.4 milhões, o que significa espetacular fomento para as atividades profissionais dos cooperados e significativo empreendimento social.

Q

uanto ao capital social, em 2006 a cooperativa tinha R$ 2,724 milhões, mas em 31 de dezembro de 2010 esse número saltou para R$ 7,490 milhões, com a participação direta dos cooperados, seja pela integralização obrigatória da cota única, que continua sendo de R$ 3 mil - que pode ser feita em até 30 parcelas de R$ 100 por mês -, ou de acordo com as integralizações espontâneas, quando um cooperado, de livre vontade, resolve aplicar no seu capital. Este foi o índice mais bem remunerado, em 2010, de acordo com a Selic. “Nenhum banco remunerou com essa valorização o capital de seus associados”, revelou Dantas.

O

patrimônio líquido da Unicred Belém também cresceu, passando de R$ 3.559 no final de 2006, para R$ 9.582 milhões em 31 de dezembro de 2010. Segundo os parâmetros do Banco Central, as cooperativas que ultrapassam a marca de R$ 10 milhões de patrimônio líquido deixam de ser médias e passam a ser grandes cooperativas de crédito. Os dados do gráfico ao lado foram apresentados na Assembleia Geral e correspondem à contabilidade de 31 de dezembro de 2010. Entretanto, em abril de 2011 a cooperativa contabilizou R$ 10,02 milhões. “Logo, já somos considerados uma grande cooperativa”, disse o conselheiro Antônio Freitas Martins.

P A T R I M Ô N I O

L Í Q U I D O


6

Fone: (91) 3073-2000

Área do terrace e hall do auditório do prédio em construção e a fachada (abaixo) com a marca

Nova sede já está em fase final O diretor administrativo da Unicred Belém, Carlos Amorim, fez uma breve apresentação de slides das instalações da nova sede da cooperativa durante a Assembleia Geral. A sede contará com placas de energia solar, rede de abastecimento de energia elétrica da Celpa, mas também vai dispor de gerador próprio de energia. Quanto ao abastecimento de água, a direção optou por um sistema ecologicamente correto, que terá água da Cosanpa, mas também cisternas com aproveitamento e reciclagem de água da chuva para o suprimento de lavatórios, banheiros e sanitários. A obra já está quase concluída. A previsão, no entanto, é de que a energia solar captada seja suficiente para abastecer até 40% do consumo total, por meio de placas especiais instaladas no telhado, fabricadas na Argentina, com garantia de 20 anos de vida útil. Ressalte-se ainda que será o primeiro prédio de Belém totalmente iluminado por lâmpadas led. l A expectativa é de que a nova sede já esteja funcionando no segundo semestre.

“Mas nós não temos urgência, não temos pressa, temos que fazer direito e dentro de nossas posses e das regras do Banco Central. O mais importante é que será

uma agência financeira ecologicamente correta, com objetivo de oferecer o máximo de segurança e conforto para todos os usuários”, diz Carlos Amorim.


Fone: (91) 3073-2000

7

PRODUTOS E SERVIÇOS PARA O COOPERADO Antecipação do IR

O cooperado da Unicred-Belém recebeu antecipadamente R$ 114.285,84 de sua restituição do Imposto de Renda declarado, correspondente a 2010, pagando taxa de juros menor que a média do mercado. E paga somente quando receber a restituição da Receita Federal. Esse tipo de operação vem obtendo excelente receptividade junto aos cooperados. Outra possibilidade é financiarmos o pagamento do imposto devido, facilitando saldar os tributos devidos.

O que mais você pode financiar: » Antecipação de produção creditada na Unicred » Antecipação de salário, 13º e férias » Viagens a trabalho ou turismo » Cursos, congressos e seminários » Aquisição de veículos, construção de clínicas, laboratórios, hospitais etc. » Aquisição de máquinas e equipamentos ou pagamento de impostos » Desconto de cheques e duplicatas » Tratamento de saúde, odontológico e diárias hospitalares » Crédito pessoal para fins diversos

Quem pode se cooperar A Unicred Belém ampliou o seu leque de cooperados. Hoje, não apenas médicos, mas qualquer profissional do setor de saúde que tenha nível superior e servidores públicos em geral podem se associar à cooperativa. No caso de pessoa física, precisa comprovar identidade profissional e apresentar documentos básicos como Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovantes de residência e de rendimentos e a declaração do Imposto de Renda do último exercício. Em seguida, preencherá cadastro com proposta de admissão e de abertura de conta corrente e ficha de matrícula. Já no caso de pessoa jurídica, os documentos para se tornar um cooperado da Unicred

Belém são: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), contrato social e/ou alterações, ata de assembleia geral de constituição e de eleição da diretoria e estatuto social, conforme a constituição da empresa, além do faturamento dos últimos doze meses, relação de bens móveis e imóveis, balanço dos dois anos anteriores e de endividamento bancário.

Estamos de portas abertas para:

Assistentes Sociais Bioquímicos Biólogos Biomédicos Educadores Físicos Enfermeiros Farmacêuticos Fisioterapeutas Fonoaudiólogos Médicos Médicos Veterinários Nutricionistas Odontólogos Psicólogos Funcionários públicos Terapeutas Ocupacionais Zootecnistas Empresas do Ramo de Saúde Instituições sem fins lucrativos

Os novos cartões de crédito

Boas-vindas aos novos cooperados!

» » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » »

Fernanda Trindade de Araújo Laila Cristina Neves Morhy Alexander Johann Tyll Esther Castello Branco de Mello Hospital São Vicente Ltda. Remo Rodrigues Carneiro Dental Center Serv Odonto Ltda. Rutecléa da Costa Oliveira Eurico Leão de Barros Correa Neto João Serednicki - Hospital Maluf Marcos Gabbay Belicha Cynthia do Socorro Melo de Souza do Vale Laboratório Bio-Diagnóstico Lorena Jassé Santos Lorena de Paula Pimenta Amaral Amilde Maria Penna Pádua Rafael Maia de Sousa Wilder Santana Sampaio Jacob Luís Nicolela Brena Luciana Miranda Nicolela Carvalho Lanna Cristina Lisboa da Silva Mora May Meira de Melo Emmanuel Augusto Maia Lima Wilson da Silva Machado Maria Lúcia de Oliveira Nóbrega Marcos Jayme Benitha Belicha Luís Eduardo Werneck de Carvalho Waner Josefa de Queiroz Moura Marcos César Viana Calandrini Carlos Alberto Borges Cordeiro Ivete Vasconcelos Costa D & D Riker Serviços Médicos Andrea Marilene Vasconcelos Gama

Cartões e caixa eletrônico

A Unicred Belém já dispõe de novos cartões de crédito com as bandeiras Visa, nas categorias electro, classic e gold. A cooperativa oferece caixas eletrônicos nas unidades da Unimed de Bastista Campos, da Doca de Souza Franco e da Boaventura da Silva.


8

Fone: (91) 3073-2000

Unicred Belém é cada vez mais um bom negócio para os profissionais de saúde

Cooperados atestam crescimento O médico dermatologista Francisco Norat é cooperado da Unicred Belém há cerca de seis anos. Ao longo desse tempo, ele destaca a eficiência com que a cooperativa tem sido administrada, ficando bastante satisfeito com os resultados obtidos. Para ele, o cooperativismo, principalmente na área médica, tem sido um bom investimento para os profissionais. Entre as realizações de maior importância da atual administração da Unicred Belém, ele cita a construção da nova sede, na travessa Humaitá. “Um empreendimento arrojado que vai melhorar o atendimento ao cooperado. A cooperativa cresceu demais. Eu sou uma pessoa que participa bem, vou lá quase diariamente, e a cada dia vejo o crescimento da cooperativa”, salienta. Francisco Norat também participa das assembléias gerais da Unicred Belém, especialmente das duas

Francisco Norat acompanha quase que diariamente os resultados positivos alcançados pela Unicred

últimas. Ele conta que não pôde participar das outras porque estava viajando. Para o médico, o trabalho desenvolvido pela atual diretoria é importante porque a cooperativa vem registrando a cada ano ín-

dices maiores de crescimento. Ele também ressalta a vantagem de investir na Unicred Belém, “não somente com relação às boas taxas de juros, mas também no que diz respeito à distribuição das sobras”.

Odontólogo destaca resultados positivos da gestão O odontólogo Armando Chermont é cooperado da Unicred Belém há cerca de dez anos, juntamente com a sua esposa, a médica Aurimery Chermont. Durante todo esse tempo, vem assistindo de perto ao crescimento da cooperativa e se diz satisfeito com os resultados. “A gente vê o crescimento da Unicred. Daqui a pouco estão inaugurando a sede nova. Eu praticamente vi a Unicred começar e depois organizar uma estrutura muito mais poderosa do que quando iniciou. A gente vê crescimento e segurança porque o profissional da área de saúde, um profissional diferenciado, tem agora um local onde pode realizar as atividades bancárias do dia a dia com muito mais vantagens”, salienta. Entre essas atividades, Armando Chermont destaca a possibilidade de se

Armando Chermont enfatiza a segurança que a Unicred Belém proporciona aos seus cooperados

fazer aplicações, solicitar empréstimos, enfim, “tudo o que o banco faz, com juros menores, e com uma liberdade maior, já que a cooperativa tem uma linha grande

R Campanha das Mães é sucesso

A campanha do Dia das Mães, lançada pela Unicred Belém, registrou a assinatura de 59 contratos, no valor total de R$ 335.340,00, a juros abaixo das taxas praticadas no mercado financeiro.

Á

P

I

D

A

OCB incentiva a criação da Frencoop

de financiamento: automóveis, consultórios, investimentos. E no final do ano o que sobra é rateado entre os cooperados de forma compartilhada”, acrescenta.

S

Congregando parlamentares em defesa do desenvolvimento do cooperativismo no Pará, foi criada a Frencoop-PA (Frente Cooperativista do Estado do Pará) para proposição da Lei do Cooperativismo no Estado.

Boas-vindas aos servidores

Com muita alegria, registramos para a história que o primeiro servidor público a se cooperar na Unicred Belém foi Emmanuel Augusto Maia Lima, servidor do Estado. Em seu nome, damos as boasvindas a todos os demais servidores.

UNICRED - BELÉM  

Criação do layout e diagramação por Fernando Sette

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you