Page 1

BioJournal Koppert do Brasil - 2017 Ed. 04


Koppert do Brasil Expediente: Presidente Global: Mr. Paul Koppert Diretoria Brasil: Diretor Industrial: Danilo Pedrazzoli Diretor Comercial: Gustavo Herrmann

Gerente de Comunicação e Marketing: Jaqueline Antonio (Mtb 28,498) Assessor de Imprensa: Alexandre Milanetti (Mtb 25,671) Diagramação: Comunicação Koppert do Brasil - Fernando Leoni / Karina Menegatti / Thiago Manzi Layout: KBV

Contato Koppert do Brasil: Unidade Microbiológicos Cidade: Piracicaba/SP Rodovia Margarida da Graça Martins, Km 17,5 (s/n) Telefone: +55 (19) 3124-3677

Unidade Macrobiológicos

E-mail: comunicacao@koppert.com.br

Cidade: Charqueada/SP

Site: www.koppert.com.br

Via Vicente Verdi, 528 - Distrito Industrial 03

01


Editorial O ano de 2017 será lembrado com um dos mais marcantes na recente e firme trajetória da Koppert no Brasil. E vários fatos e notícias nesta edição do Biojournal demonstram isso. Começamos o ano com nosso diretor comercial Gustavo Herrmann assumindo a presidência da Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio), além do estabelecimento de uma importante parceria com a FAPESP, com foco no desenvolvimento de produtos que garantam o controle de pragas e doenças em diferentes culturas agrícolas, por meio do Controle Biológico. Os investimentos chegarão a R$ 20 milhões ao longo da próxima década. Durante todo o ano também tivemos diversos eventos em comemorações aos 50 anos da Koppert Biological Systems, principalmente na Holanda, incluindo a presença do rei Willem-Alexander. Nesses 12 meses milhares de quilômetros foram cobertos por nossa equipe profissional, em todos os cantos do Brasil, em eventos diversos, onde pudemos demonstrar toda a inovação e tecnologia da Koppert em Controle Biológico para atender todos os perfis de produtores do agronegócio. Entre as novidades, destaque para o lançamento do primeiro bioinseticida para controle do vetor do greening, numa parceria entre nossa empresa, o Fundecitrus e a Esalq/USP. E fechamos o ano em grande estilo, com a Koppert adquirindo a BUG Agentes Biológicos, a empresa brasileira, também sediada em Piracicaba (SP), cujo trabalho em Controle Biológico com macrorganismos ganhou o respeito e referência internacionais nesta década. Com a BUG integrando o Grupo Koppert, temos agora um portfólio completo de soluções em biodefensivos para prover maior produtividade e melhor qualidade na agricultura e horticultura nacionais. Ganhamos todos nós!

02


Gustavo Herrmann, da Koppert, foi eleito o novo presidente da ABCBio A nova diretoria e conselho da ABCBio assumiram num cenário bastante promissor para o segmento de Controle Biológico, uma vez que as recentes análises indicam um crescimento do mercado mundial na ordem de 10% ao ano, enquanto no Brasil as perspectivas mostram expansão média anual ainda maior: 15% para os próximos anos. Tais avaliações foram feitas durante a edição 2016 do Biocontrol Latam, evento realizado em Campinas (SP) e que reuniu os mais renomados especialistas nacionais e internacionais na área de biodefensivos.

Sobre a ABCBio - a Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico foi fundada em 2007 com o objetivo de congregar as empresas do setor, reunindo fabricantes e comerciantes de produtos biológicos, buscando o fortalecimento e a A

Associação

Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio) elegeu em janeiro de 2017 sua nova diretoria e conselho. O novo presidente para o biênio 2017/2018 é o engenheiro agrônomo Gustavo Herrmann, representando a Koppert do Brasil. A chapa, liderada por Herrmann, foi eleita por unanimidade em assembleia que contou com a presença de mais de 60% das empresas associadas.

representatividade do setor em todas as instâncias relacionados com a atividade. Reunindo atualmente 24 empresas, a entidade busca o contínuo aprimoramento organizacional, assim como a modernização e a profissionalização da atividade, com participação ativa na construção do marco regulatório. Todas as ações da entidade são avalizadas por profissionais renomados do mundo acadêmico e seu Comitê Técnico Científico atua nas áreas de parasitoides e predadores, fungos para controle de doenças, bactérias e nematoides

Completam a nova diretoria representantes

entomopatogênicos entre outros. Com todos esses

das empresas Ballagro, Bio Controle, BUG Agentes

predicados, a associação contribui significativamente

Biológicos e Farroupilha Lallemand. O conselho será

para a consolidação de um novo conceito de controle

composto por representantes da Basf, Biocontrol, Ihara,

de pragas na agricultura nacional.

Promip e Stoller. 03


FAPESP e Koppert anunciaram acordo para pesquisas Investimentos previstos chegam a R$ 20 milhões em 10 anos A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de

Pesquisa Aplicada em Controle Biológico, na esfera

São Paulo (FAPESP) e a Koppert do Brasil anunciaram

do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para

em janeiro acordo de cooperação para pesquisas, com

Inovação Tecnológica (PITE), da própria FAPESP. O

foco no desenvolvimento de produtos que garantam

acordo deve impulsionar ainda o desenvolvimento

o controle de pragas e doenças em diferentes culturas

de um modelo em Controle Biológico apropriado às

agrícolas, por meio do Controle Biológico.

características da agricultura nacional, que apresenta

Com duração de 10 anos, o acordo é o primeiro assinado pela Fundação voltado exclusivamente aos temas relacionados ao aprimoramento do Controle

plantios ininterruptos de diferentes culturas em grandes extensões rurais, com o desenvolvimento de novas cultivares e o frequente surgimento de pragas.

Biológico na produção agrícola, com foco de atuação da Koppert, que atualmente mantém, em sua sede em Piracicaba (SP), departamento próprio de Pesquisa e Desenvolvimento, onde uma equipe de pesquisadores busca aperfeiçoar tecnologias em Controle Biológico para a agricultura tropical.

A pesquisa e desenvolvimento em Controle Biológico avançaram muito no Brasil nos últimos anos. No entanto, diferentemente de países de clima temperado, a técnica é aplicada no país em áreas abertas e extensas, fazendo com que sua utilização dependa de alta tecnologia, envolvendo conhecimento,

Ao todo, ao longo da próxima década, serão investidos R$ 20 milhões, divididos em cotas igualitárias pelas duas instituições. A proposta é de que diferentes pesquisas ajudem a desenvolver um sistema voltado para soluções naturais, com o manejo integrado de pragas e doenças na produção agrícola, visando saúde

produtos de alta qualidade e tecnologia de aplicação, características que serão desenvolvidas e coordenadas pelo

novo

Centro.

Nesse

sentido,

as

pesquisas

deverão resultar em maior conhecimento sobre os macrorganismos (insetos e ácaros) e os microrganismos (bactérias, vírus, protozoários e nematoides) presentes na biodiversidade brasileira, com potencial de uso no

do cultivo, sua resistência e produtividade.

controle de pragas e doenças em diferentes culturas. Há

previsão,

inclusive,

de

chamada

de

propostas de pesquisas e a criação de um Centro de 04


Koppert comemorou 50 anos No dia 12 de janeiro de 2017 os dirigentes Paul

a

empresa

começou

a

produzir

organismos

Koppert e Henri Oosthoek anunciaram o aniversário

microbiológicos como fungos e bactérias para cultivo

da empresa durante uma comemoração com os

em campo aberto.

funcionários na sede, localizada em Berkel en Rodenrijs (Holanda). A comemoração foi transmitida ao vivo para todas as subsidiárias ao redor do mundo, entre elas a Koppert do Brasil, em Piracicaba (SP).

Estes organismos aumentam a resiliência das culturas e enriquecem a biodiversidade e os nutrientes do solo. A empresa visualiza isso como um enorme crescimento de mercado.

Ao longo de meio século, a Koppert cresceu

“Os fertilizantes artificiais e a proteção química

e se tornou a líder mundial em cuidado biológico de

das culturas têm desempenhado um papel dominante

culturas protegidas. Desde que o seu fundador Jan

nos últimos anos, o que teve um impacto negativo na

Koppert começou a usar o ácaro predador Phytoseiulus

vida do solo. Isso precisa mudar e fungos e bactérias

persimilis, em 1967, a empresa cresceu e se tornou

realmente podem ajudar”, fala Paul Koppert.

uma multinacional com um faturamento anual de € 190 milhões. Hoje, conta com 1.200 funcionários

“Os microorganismos foram subestimados há

distribuídos em 26 países, incluindo mercados como

muito tempo. Eles oferecem proteção contra doenças

China, Brasil, Estados Unidos e Rússia. A empresa

e pragas, mas também melhoram a saúde e os níveis

também exporta para mais de 90 países.

de nutrientes do solo, permitindo que os produtores reduzam drasticamente o uso de fertilizantes artificiais.

As soluções naturais da Koppert para pragas e

Este é um fator importante na agricultura e na

doenças são usadas em todo o mundo. Recentemente,

horticultura do amanhã”, prevê o presidente mundial da empresa.

05


Na visão institucional, a Koppert acredita

E ele complementa: “Precisamos avançar para a

que o uso de proteção química pode ser reduzido

agricultura e a horticultura que não trabalham contra

consideravelmente no cultivo em campo aberto.

a natureza, mas em harmonia com ela. Resultando em

“Existe uma crescente demanda em todo o mundo

melhores e mais seguros alimentos, com menos pressão

por alimentos de qualidade e seguros”, diz Oosthoek,

sobre o meio ambiente. Essa é a nossa contribuição

membro do Conselho Executivo da empresa.

diária”.

Koppert marcou presença na Showtec 2017

Abrindo o circuito anual de eventos agrícolas, a

visitantes. A Showtec é organizada pela Fundação MS

Koppert esteve presente entre os dias 18 e 20 de janeiro,

em uma área de 120.000 m2 e contou em 2017 com 120

no Showtec, feira voltada ao agronegócio no estado do

expositores.

Mato Grosso do Sul, onde foram apresentados produtos e serviços ligados ao setor agropecuário, lançamentos,

Conforme análise de Gustavo Herrmann, diretor

“os eventos são

inovações tecnológicas, sistemas de produção, palestras

comercial da Koppert do Brasil,

técnicas e resultados de pesquisas que contribuem para

necessários para que possamos levar a

a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

missão da empresa e divulgar o Sistema

O evento que aconteceu na cidade de Maracajú (160 km de Campo Grande) e recebeu mais de 16 mil

Integrado Koppert, um pacote tecnológico de controle Biológico aos agricultores locais”.

06


Cooperativa Bom Jesus realizou Dia de Campo

O Dia de Campo da Cooperativa Bom Jesus apresentou na cidade da Lapa (PR) as últimas novidades relacionadas à tecnologia de produção agrícola e pecuária. A Koppert esteve lá com seu stand e mostrou aos presentes ao evento informações sobre a tecnologia disponível em Controle Biológico, melhorando a produção e a produtividade nas lavouras. Os produtores rurais também tiveram a oportunidade de conhecer, entre os dias 15 e 17 de fevereiro, lançamentos de máquinas e equipamentos agrícolas.

Copercampos promoveu seu 22º Dia de Campo A Koppert participou do 22º Dia de Campo promovido de 21 a 23 de fevereiro pela Copercampos, em Campos Novos (SC). O evento superou as expectativas, principalmente em relação ao público final presente no campo demonstrativo da cooperativa: mais de 11 mil visitantes.

07


Unidades da Koppert na Europa receberam delegação brasileira

No final de fevereiro, diretores, coordenadores comerciais e clientes da Koppert do Brasil visitaram a matriz da empresa na Holanda. Eles foram recebidos pelo presidente mundial Paul Koppert. Ainda na Europa, o grupo visitou também a Koppert Espanha, onde foram presenteados com ingressos para assistir ao jogo entre Real Madrid e Espanyol de Barcelona,

no

estádio

Santiago

Bernabéu (Madrid). Uma curiosidade sobre este evento, em especial, é que o estádio do Real Madrid tem o gramado cuidado por meio de produtos biológicos Koppert.

08


Koppert esteve na AgroRosário 2017

O Brasil é destaque no cenário mundial na produção de alimentos, fibras, energia e exportador de commodities agrícolas, graças ao desenvolvimento de tecnologias de produção adaptadas às diversas regiões produtoras do país. O oeste da Bahia é uma das áreas que mais cresce nesse cenário e o agronegócio, em especial o segmento produtor de grãos, consolidou nestas terras as culturas da soja, do milho, do algodão e do café. A região do Rosário, localizada às margens da BR-020 (divisa entre a Bahia e Goiás), tem contribuído de modo importante para esse desenvolvimento. E, desde 2013, é sede de uma grande vitrine do agronegócio baiano: a AgroRosário. Em 2017, o evento foi realizado de 9 a 12 de março.

A Koppert esteve presente e contou com excelentes oportunidades para realizar negócios, promover missão e apresentar as novas tecnologias para a produção agrícola nacional. 09


Ribeirão Preto sediou o VI Encontro Cana A Koppert do Brasil esteve presente ao “VI Encontro Cana, substantivo feminino”, realizado no dia 16 de março em Ribeirão Preto (SP), evento voltado para informação e atualização das mulheres do setor sucroalcooleiro.

Mato Grosso teve o Show Safra Prestigiando o parceiro Fundação Rio Verde, em Lucas do Rio Verde (MT), a Koppert participou do Show Safra 2017, organizado entre os dias 20 e 24 de março. O evento tem a concepção de agregar em seu escopo as culturas da safra principal, segunda safra, agricultura familiar, além projetar ser, em curto prazo, a maior feira tecnológica do Mato Grosso.

O Show Safra 2017 é referência na tomada de decisões relacionadas a investimentos em tecnologias, negócios e equipamentos, além de promover o intercâmbio de conhecimento e ser a grande oportunidade para os visitantes conhecerem as tendências de mercado, novas técnicas e novos produtos.

10


Farm Show contou com a Koppert A Farm Show, uma das maiores feiras do

é promovido pelo Sindicato Rural e cujas expectativas

agronegócio doa região Centro Oeste do país, aconteceu

foram superadas em relação ao faturamento, número

em Primavera do Leste (MT) no período de 28 a 31 de

de expositorese público.

março. A Koppert marcou presença neste evento que

Biofábrica da Koppert recebeu visita de parceiros da Agrosistema No dia 27 de abril o presidente mundial da Koppert, Paul Koppert, e o diretor comercial da Koppert do Brasil, Gustavo Herrmann, receberam os parceiros da Agrosistema, de Uberlândia (MG), para uma visita à biofábrica na sede brasileira em Piracicaba (SP).

11


Koppert participou da tradicional AgroBrasília A Koppert do Brasil participou entre os dias 16

Atenta às questões de responsabilidade social

e 20 de maio da AgroBrasília - Feira Internacional dos

e ambiental, a Feira teve como tema geral “Transmitir

Cerrados. A empresa, com seu stand de 1.500m2, pôde

Conhecimento Garante Inovação”. Todas as entidades

demonstrar as principais ferramentas para Controle

participantes desenvolveram atividades ligadas à

Biológico, entre elas o Manejo Integrado de Pragas

educação ambiental para todas as idades. A abordagem

(MIP), que tem se disseminado como alternativa para

contribuiu para o fortalecimento da imagem do

uma agricultura mais eficiente e sustentável, ganhando

agronegócio como ente gerador de oportunidades e

adeptos entre os produtores brasileiros mais atentos ao

multiplicador de ideias construtivistas.

desenvolvimento do setor. Um público recorde de 99 mil visitantes esteve presente ao evento, que é realizado pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (CoopaDF).

A AgroBrasília contou com a presença de 430 expositores de diversos segmentos do agronegócio e movimentou R$ 710 milhões em negócios, 20% a mais do que na sua edição anterior.

12


Koppert propôs soluções sustentáveis na Hortitec

Nos

últimos

cinco

anos

a

Koppert

tem

participado da Hortitec, em Holambra (SP). Durante o evento de 2017, os visitantes conheceram o portfólio completo para Controle Biológico oferecido pela Koppert, que fornece ao mercado um sistema integrado de soluções naturais, visando o Manejo Integrado de Pragas (MIP) em sistemas de produção agrícola. Ao examinar previamente os recursos da natureza, a empresa lança mão de seu conhecimento adquirido em cinco décadas de pesquisa para desenvolver métodos e aplicações de alto valor agregado ao adepto de Controle Biológico.

“Somos uma empresa de origem holandesa e estar presente em um evento em uma cidade de comunidade holandesa é muito gratificante. Poder participar da Hortitec nos possibilita comunicar a nossa missão, que é contribuir para a saúde das pessoas e do planeta, em parceria com a natureza, tornando assim, junto com nossos clientes, a agricultura mais saudável, segura e produtiva”, pontua Jaqueline Antonio, coordenadora de Comunicação e Marketing da Koppert do Brasil.

13


Itatiba recebeu a V Convenção de Vendas da Koppert A Koppert do Brasil realizou nos dias 27, 28 e 29

Os

colaboradores

também

participaram

de junho, no Hotel Fazenda Histórico Dona Carolina,

de workshops e atualizações do agronegócio. Entre

em Itatiba (SP), a sua V Convenção de Vendas. O evento

os palestrantes, destaque para Léo Chaves, da dupla

teve a participação dos diretores, coordenadores e

sertaneja Vítor e Léo,que apresentou “O que os palcos

equipe de vendas, que se reuniram com o objetivo de

não contam”, palestra motivacional baseada em sua

analisar os resultados do ano safra 2016/17 e planejar

própria trajetória de vida.

metas e estratégias para a nova safra.

14


15


16


15º SICONBIOL contou com a Koppert

A Koppert esteve presente ao Simpósio de Controle Biológico (SICONBIOL), o principal evento em Controle Biológico da América do Sul e que reúne cientistas, pesquisadores,

educadores,

estudantes

e

outros

profissionais que atuam no segmento.

O

evento

foi

promovido

pela Sociedade

Entomológica do Brasil e na 15ª edição foi realizado pela Unesp (FCAV - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias) e USP (Esalq - Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz) entre os dias 4 e 8 de junho em Ribeirão Preto (SP).

Koppert esteve presente no InsectShow 2017 A Koppert do Brasil participou do 13º Seminário sobre Controle de Pragas da Cana – Insectshow, realizado nos dias 19 e 20 de julho, no Centro de Eventos Ribeirão Shopping, em Ribeirão Preto (SP). O evento teve como objetivo a atualização de profissionais do setor, a divulgação de procedimentos para controle de pragas da cana-de-açúcar e a apresentação de casos de sucesso observados nas usinas com controle químico, biológico e cultural. O seminário reúne todos os anos especialistas, profissionais do agronegócio e pesquisadores para apresentar as recomendações e os últimos progressos das pesquisas de campo e laboratório. A Koppert, representada pelo diretor industrial Danilo Pedrazzoli, apresentou a palestra “Defensivos biológicos em cana-de-açúcar”. No dia 19, a Koppert convidou seus clientes para prestigiar o pesquisador José Roberto Postali Parra (Esalq/USP), que proferiu a palestra “Desafios do Controle Biológico no Brasil”. 17


Koppert foi premiada com o Prêmio MasterCana

O Koppertdo Brasil recebeu no dia 22 de

sucroalcooleiro. A cerimônia foi realizada em Ribeirão

agosto o Prêmio MasterCana. O evento é o mais

Preto (SP) e reuniu 1.000 convidados, entre eles líderes

tradicional no setor de açúcar e etanol no Brasil e há

empresariais, autoridades, fornecedores e outros

28 anos vem reconhecendo o mérito das empresas,

agentes do mercado agro.

pessoas e organizações que se destacam no setor

18


Koppert participou do Fórum de Biodefensivos A Koppert esteve no 1º Fórum Brasileiro de

Em relação ao mercado, embora os consumidores

Biodefensivos, realizado nos dias 29 e 30 de agosto,

não exijam especificamente alimentos geridos com

no Centro de Convenções Pullman, em São Paulo (SP).

Controle Biológico, a demanda por alimentos mais

O diretor comercial Gustavo Herrmann abriu o Fórum

naturais, saudáveis, sustentáveis e orgânicos está

como presidente da Associação Brasileira das Empresas

crescendo. Desta forma, tanto os mercados doméstico

de Controle Biológico (ABCBio), enquanto Sjoerd

e internacional, principalmente, pressionam para a

Van der Ent, gerente de Pesquisa & Desenvolvimento

redução dos resíduos químicos nos alimentos, o que

Micro da Koppert Holanda, ministrou a palestra

implica na adoção de insumos alternativos, como é o

“Desafios no desenvolvimento de soluções efetivas e

caso dos biodefensivos.

economicamente viáveis”.

Além de todas as vantagens que os biodefensivos

O crescimento global do uso de biodefensivos tem

oferecem aos elos da cadeia e ao agronegócio como um

evidenciado a importância da adoção desta ferramenta

todo, eles também são benéficos para o meio ambiente

de proteção na agricultura do Brasil. De 2005 a 2014,

e para a saúde humana.

as vendas do mercado de Controle Biológico cresceram de U$500 milhões para U$ 2 bilhões e a projeção é que este número dobre até 2020. Os biodefensivos são importantes para todos os agentes das cadeias produtivas, nas culturas

Os temas apresentados no evento foram considerados determinantes para o fortalecimento do Controle Biológico, sendo eles os aspectos regulatórios, desenvolvimento, tecnologia, MIP, percepção dos produtores e mercado consumidor.

agrícolas e até mesmo no gado, devido aos inúmeros benefícios que oferecem. Produtores que optam por usar biodenfensivos têm muitas vantagens em termos de segurança e flexibilidade na aplicação. O Controle Biológico também complementa produtos químicos no Manejo Integrado de Pragas (MIP), minimizando a resistência às pragas em diferentes culturas. No caso de frutas, vegetais e ornamentais, o Controle Biológico é muitas vezes a principal escolha para a proteção das culturas. Em relação às principais vantagens para a indústria, o desenvolvimento de um novo produto biológico é consideravelmente menor que o de um produto químico, e o uso de biológicos também pode servir para prolongar a vida útil do próprio produto químico. Sjoerd Van der Ent, manager R&D Microbiology da Koppert Biological Systems 19


Autoridades visitaram stand da Koppert na EsalqShow

O stand da Koppert ficou pequeno para receber tantos convidados durante a EsalqShow, em

(IB), Marcelo Zanchi (diretor de

Piracicaba (SP). Entre eles, destaque para as presenças

marketing da Arysta Life Science)

de Arnaldo Jardim, secretário de Estado da Agricultura

e Gustavo Herrmann (diretor

e Abastecimento de São Paulo; Roberto Rodrigues, ex-ministro

da

Agricultura

(2002/2006)

e

atual

coordenador de agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (FGV); e Antônio Batista Filho, diretor geral do Instituto Biológico (IB).

comercial da Koppert do Brasil). Foram discutidos os desafios para o sucesso dos bioinseticidas microbianos, a relação entre a qualidade na produção dos biodefensivos e a estabilidade de controle, além da integração de tecnologias como

O evento, que aconteceu nos dias 10 e 11

ferramenta essencial no manejo de resistência.

de outubro, contou com as principais lideranças envolvidas com o agronegócio, desde pesquisa até mercados. Através de palestras, debates e outras atividades, foram promovidas iniciativas que visam dar agilidade em benefícios para a sociedade, levando aos participantes as últimas tendências, novas ideias, produtos e serviços. Agtech Valley Summit - No dia 11, integrando a EsalqShow, foi realizado o Agtech Valley Summit. Um dos temas abordados foi o Controle Biológico de Pragas e Doenças por meio de palestras, mesas redondas e debates.

A palestra principal desse painel foi ministrada pelo pesquisador José Roberto Postali Parra (Esalq/ USP), que debateu o tema com Antônio Batista Filho 20


Rei da Holanda prestigiou seminário dos 50 anos da Koppert

Todas as centenas de convidados e funcionários

pessoal. Em seguida, a cientista da empresa Sandra

ficaram em pé e aplaudiram quando o rei holandês

de Weert falou sobre a necessidade de se envolver e

Willem-Alexander

encorajou o público a criar redes globais.

entrou,

em

companhia

dos

membros do conselho executivo da Koppert, para abrir o Seminário Internacional do Jubileu dos 50

Entre os palestrantes estavam o produtor de

anos da empresa, realizado na matriz na Holanda

batatas holandês Jacob Van den Borne, que utiliza

durante o mês de outubro. Esse foi o início inspirador

alta tecnologia para maior produção e explicando ao

para uma série de palestras que estimularam ideias

público que a mesma é crucial para levar a natureza de

inovadoras

volta à agricultura.

apresentadas

por

especialistas

em

horticultura e agricultura do mundo todo, entre eles clientes, funcionários e membros da família Koppert.

Depois de finalizadas as palestras, foram realizados

Martin Koppert, da terceira geração da família, relembrou a história de 50 anos da empresa de forma 21

16

apresentaram

lançamentos projetos

de

startups

diferenciados

tais

que como


monitoramento de insetos usando sensores, detecção

Todos os membros da família Koppert receberam

precoce de insetos pela internet, análise de dados para

também uma edição do Livro Comemorativo dos 50

tomada de decisão, transparência na cadeia alimentar,

anos da empresa.

dados de clima para a África e microrganismos como novo desafio agrícola. Ao final do seminário, Paul e Peter Koppert, além de Henri Oosthoek, agradeceram ao público presente.

“Estamos gratos por termos todos vocês aqui compartilhando esse dia especial. E estamos muito agradecidos também com a presença do rei”, destacou Paul Koppert. “Nós devemos assumir a responsabilidade pelo nosso sonho de trabalhar rumo a uma agricultura 100% sustentável”, completou Oosthoek.

22


Koppert compareceu em premiação de cafeicultores A

Koppert

participou

como

parceira

da

Associação de Cafés Especiais da Alta Mogiana, da 15ª edição do Concurso de Qualidade do Café da Região da Alta Mogiana. O evento foi realizado no dia 11 de outubro em Franca (SP). A premiação é destaque importante para a cafeicultura regional, principalmente para os produtores. Confira os premiados e as notas obtidas na Categoria Natural: 1º Anderson Minamihara - Franca (SP) - 93,8 2º Cássio Gonçalves Correa - Cássia (MG) - 92,25 3ª Maria Helena DumontAdams - Batatais (SP) - 90,96 4º José Ricardo Cunha - Ribeirão Corrente (SP) - 90,46 5ª Maria Leonor Correa - Cássia (MG) - 89,75

Koppert Biological Systems relançou obra de Willem Ravensberg Foi relançado pela Koppert, no dia 24 de outubro, o livro Knowing and recognizing, de Willem Ravensberg, durante a Annual Biocontrol Industry Meeting (ABIM), em Basel (Suíça). Publicado pela primeira vez há 25 anos e revisado em 2003, a última edição (443 páginas) inclui 700 fotografias e dezenas de ilustrações de pragas, doenças e soluções naturais. “A

Koppert

acredita

que

compartilhar

conhecimento pode desempenhar um papel importante no sentido de alcançar uma horticultura e agricultura 100% sustentáveis. Este livro de referência ajudará a empresa a projetar esse aspecto do nosso trabalho”, afirmou Paul Koppert, presidente mundial da Koppert. 23


Koppert teve destaque principal em horticultura nos Países Baixos A Koppert foi nomeada a principal empresa de

O Hillenraad mapeia os desenvolvimentos

horticultura dos Países Baixos pelo Hillenraad 100. O

ocorridos no setor a cada ano e a Koppert recebeu o

ranking foi anunciado no dia 3 de novembro, durante

prêmio graças à alta avaliação qualitativa. A empresa

a cerimônia de premiação Hortigala, na Riviera de

é considerada pelo Comitê de Peritos como excelente.

Diergaarde Blijdorp, em Rotterdam (Holanda).

São avaliados aspectos como visão, estratégia, potencial de crescimento, poder de inovação e sustentabilidade.

Os dirigentes Paul Koppert e Henri Oosthoek receberam o prêmio. “Nosso

primeiro lugar é uma grande honra e nos faz ter ainda mais energia. Somos envolvidos de forma permanente com a agricultura e horticultura 100% sustentáveis em todo o mundo”, disse Oosthoek. “Trabalhamos com a natureza há 50 anos para tornar a agricultura e a horticultura mais saudáveis e sustentáveis. Vemos esse prêmio como um importante reconhecimento”, analisou Koppert.

O relatório do júri revelou ainda que

Koppert

Biological

Systems,

“a

como

ninguém, conhece o mercado biológico e o caminho entre a produção em larga escala até a parte comercial. Em suma, as ênfases na inovação e na Pesquisa e Desenvolvimento são imensas, dado o fluxo de novas tecnologias como a Bee Vision. Significativamente, a intenção do novo departamento de Desenvolvimento Agronômico é colocar todas essas notícias no mercado. Agora como número um”. 24


Koppert Day tem corrida e caminhada

A empresa promoveu, durante o Koppert Day,

O

objetivo

principal

do

encontro

foi

a

atividades de corrida e caminhada no dia 2 de dezembro

confraternização com os amigos de trabalho e a

em Piracicaba (SP). O evento foi realizado no bairro

conscientização para prática de exercícios físicos. Na

Nova Piracicaba, com a caminhada tendo percurso de

corrida podium a vencedora na categoria feminina foi

4 km e a corrida 5 km, ambas precedidas por trabalho

Juliana Souza Longatto, enquanto que no masculino

de alongamento. Os participantes também tiveram

Herison Jhonne Aparecido de Andrade ficou com o

café da manhã durante a integração e hidratação nas

primeiro lugar.

atividades.

25


Koppert esteve em evento do Grupo Idea

Foi realizado no dia 6 de dezembro, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto (SP), o 16º Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira. Idealizado

pelo

Grupo

Idea,

o

evento

abordou novas tecnologias que melhoram a

produtividade,

novas

ferramentas

de

manejo, modelos de gestão e perspectivas de

mercado

da

cana-de-açúcar.

O diretor industrial da Koppert do Brasil, Danilo Pedrazzoli, ministrou a palestra inaugural com o tema

“Impacto da nova geração de biológicos na produtividade do setor canavieiro - quebrando paradigmas”. Ele ressaltou, através de resultados técnicos, a eficiência do Controle Biológico no incremento da produtividade na cultura da cana.


Lançado o primeiro bioinseticida para controle do vetor do greening O psilídeo, quando suga a seiva de uma planta doente para se alimentar, serve como transmissor da bactéria causadora da doença, propagando o greening nas lavouras. Essa é a doença mais severa que atinge os citros em todo o mundo, uma vez que as plantas contaminadas não podem ser curadas. Com o intuito de levar conhecimento adquirido nos laboratórios para o campo, a pesquisa e o desenvolvimento do produto foram frutos da parceira da Esalq/USP, do Fundecitrus e da Koppert. Os estudos, conduzidos durante sete anos pelo pesquisador Ítalo Delalibera Júnior (Esalq), resultaram na seleção do fungo entomopatogênico

Isaria

fumosorosea.

“É

uma grande conquista. É o primeiro produto biológico à base de Isaria fumosorosea no Brasil e existem poucos no mundo. É uma ferramenta com grande potencial e que vem contribuir muito A notícia do lançamento primeiro

com o setor da citricultura”, analisa o pesquisador.

do

bioinseticida

A

Koppert

apresenta

assim

a

primeira

para controle do vetor do greening foi comunicada

alternativa biológica para o controle do psilídeo D.

pelo gerente do Fundo de Defesa da Citricultura

Citri com o nome comercial de Challenger. O inseticida

(Fundecitrus), Juliano Ayres, no dia 7 de dezembro, em

microbiológico é ideal para o Manejo Integrado de

Araraquara (SP), durante a Comemoração dos 40 anos

Pragas (MIP), é registrado (nº 28.617) pelo Ministério da

da Instituição. O bioinseticida é o agente de controle

Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e possui

do psilídeo Diaphorina citri, vetor das bactérias

uma moderna formulação em suspensão concentrada,

causadoras do greening ou huanglongbing (HLB),

que garante a máxima performance desde o momento

doença causada pelas bactérias CandidatusLiberibacter

da diluição em água, preparo do tanque e até o contato

spp, CandidatusLiberibacterasiaticus e Candidatus-

com tegumento do inseto garantindo que as gotículas

Liberibacteramericanus, que afetam todos os citros

fiquem aderidas ao mesmo, iniciando assim o processo

(laranja, limão e tangerina).

de infecção.

27


A atuação do fungo é realizada através do contato direto com seu alvo. Os conídios do fungo Isaria fumosorosea, após a pulverização, são depositados

em pragas secundárias da citricultura”, revela Pedrazzoli.

sobre o alvo, aderindo ao tegumento do inseto, iniciando seu processo de germinação, produzindo um complexo de enzimas que atuam na degradação do tegumento do inseto, permitindo com que o fungo penetre em seu hospedeiro.

O produto também pode ser associado à Tamarixia

seu processo de desenvolvimento onde também segue na liberação de enzimas e metabólitos que levam o inseto à morte. Em seguida, o fungo inicia o processo

parasitoide

inimigo

natural

do psilídeo Diaphorina citri ,o qual o Fundecitrus produz em sua biofábrica inaugurada em março de 2015.

Uma vez no interior do inseto, o fungo continua

radiata,

“O objetivo do Fundecitrus é

contribuir com o manejo sustentável de

HLB,

proporcionando

um

meio

natural para redução da população de

de extrusão, colonizando desta vez a parte externa do

psilídeo e, consequentemente, diminuir

inseto, onde comumente o mesmo fica recoberto com

a necessidade de pulverizações nos

uma fina e pulverulenta camada de conídios de tom

pomares”, ressalta Ayres.

rosáceo, confirmando assim a morte do inseto pelo fungo Isaria fumosorosea. Tanto ninfas quanto adultos são susceptíveis a ação do fungo. Para o diretor industrial da Koppert, Danilo Pedrazzoli, outro importante ponto a ser considerado é a compatibilidade do produto Challenger com defensivos químicos contidos na lista de Produção Integrada dos Citros (PIC), do MAPA, demonstrando que tecnologia biológica do novo produto poder ser consorciada a campo com outras metodologias de controle de pragas, o que novamente evidencia a importância do MIP no manejo de resistência ao psilídeo. Por se tratar de um produto biológico, não são deixados resíduos e nem há necessidade de tempo de carência, pois o ingrediente ativo (Isaria fumosorosea) não é acumulativo em folhas e frutos.

“Estamos muito satisfeitos em poder oferecer ao citricultor uma ferramenta sustentável que reduz o risco de seleção do psilídeo D. Citri, o que o torna resistente a inseticidas químicos. Estamos continuando a pesquisa e acreditamos que ele possa ter controle 28


Koppert do Brasil registra 11 produtos A subsidiária da Koppert no Brasil teve um grande ano em 2017 com o registro de 11 novos produtos, ampliando o seu portfólio para 21 produtos no total.

“Esses registros são um grande marco para a Koppert do Brasil pois agora nós temos um portfolio de soluções biológicas mais completo para oferecer aos produtores” afirma Ricardo Machado, Gerente de Assuntos Regulatórios da Koppert do Brasil. Assim como em outras partes do mundo, a legislação brasileira foi elaborada para produtos

“Nós estamos trabalhando via ABCbio – Associação Brasileira de Controle Biológico – para minimizar os problemas de registro e consertar as lacunas na legislação, mas ainda temos um longo caminho a percorrer”, acrescenta Ricardo. Os 11 novos registros incluem diferentes espécies de fungos, ácaros e parasitoides; o mais importante dentre eles é o fungo Isaria fumosorosea. Esse é o primeiro registro desta espécie no Brasil e irá permitir à Koppert o alcance de novos mercados, como o Citros. O registro desse produto demorou quatro anos.

químicos. O registro de produtos biológicos

A Koppert do Brasil ainda possui um total de 29

é relativamente novo no Brasil e as autoridades ainda

produtos que estão em diferentes fases do processos

estão aprendendo como avaliar esse tipo de produto.

de registro.

29


BUG Agentes Biológicos é agora uma empresa do Grupo Koppert A

holandesa

Koppert

Biological

Systems

anunciou no dia 18 de dezembro o fechamento do acordo de compra da BUG Agentes Biológicos, empresa brasileira igualmente especializada na produção e comercialização de agentes de Controle Biológico de pragas agrícolas. Ambas as empresas, sediadas em Piracicaba (SP), se caracterizam pela vanguarda mundial da inovação deste segmento da Biotecnologia, que cresce em média 15% ao ano no Brasil, sendo que a taxa individual da Koppert e da BUG atingiu 30% nos últimos cinco anos. Nesta safra 2017/2018, mais de 1,5 milhão de hectares de diversas culturas da agricultura nacional serão tratadas com Controle Biológico, exclusivamente ou por Manejo Integrado de Pragas. A compra da BUG pela Koppert foi selada com a presença em São Paulo (SP) do presidente mundial

A empresa possui, além da matriz em Piracicaba,

da empresa holandesa, Paul Koppert. “A aquisição

outra unidade em Charqueada (SP), contabilizando um

representa um importante passo para o grupo

total de 95 colaboradores. O faturamento da BUG em

Koppert, especialmente fortalecendo nossa posição

2017 deve chegar a R$ 15 milhões no mercado de cana-

em macrorganismos no Brasil”, explicou Koppert. Os

de-açúcar. E a empresa prepara um grande lançamento

sócios-fundadores da BUG, Diogo Carvalho e Heraldo

de um novo produto para o mercado de grãos em 2018,

Negri, representaram a empresa brasileira no encontro.

revolucionário no manejo integrado de percevejospraga.

Fundada na Holanda em 1967, a Koppert é líder no mercado internacional de proteção biológica de

Para o diretor comercial da Koppert do Brasil,

culturas agrícolas, atuando com inovação em Controle

Gustavo Herrmann, “é um desafio motivador criar

Biológico (com organismos macro e microbiológicos),

novos conceitos de comercialização e demonstração de

polinização

e

resultados de defensivos macrobiológicos no mercado

tecnologia de monitoramento e fundada na aplicação.

nacional. Com a BUG, nossa empresa ganha a expertise

natural,

tratamento

de

sementes

necessária para tal empreitada”. A empresa está no Brasil há seis anos, possui 1.400 colaboradores em 26 países e deve fechar este

Para o diretor industrial da Koppert do Brasil,

ano com um faturamento global de aproximadamente

Danilo Pedrazzoli, “a aquisição representa a expansão

€ 200 milhões.

de um negócio com alto potencial no mercado de Controle Biológico tropical, onde serão aplicados os

A BUG foi criada em 2001, sendo pioneira no

país

em

Controle

Biológico

e

conhecimentos adquiridos pela Koppert nos últimos 50

reconhecida

anos em produção em larga escala de macrorganismos,

internacionalmente por seu trabalho inovador com

o DNA da empresa, em uma estrutura pronta para

macrorganismos na agricultura profissional.

serem implementados”. 30


KOPPERT E BUG VISÃO MACRO DA CANA-DE-AÇÚCAR Há 50 anos a Koppert Biological Systems trabalha em parceria com a natureza tornando a agricultura mais segura e produtiva. Com a aquisição da Bug Agentes Biológicos, reforça seu DNA na pesquisa e produção de macrobiológicos no Brasil.

Biojournal 2017  

Anuário Koppert do Brasil - BioJournal 2017

Biojournal 2017  

Anuário Koppert do Brasil - BioJournal 2017

Advertisement