Page 1

É GRÁTIS

Pegue o seu!

Limeira e Região

Ano I - número 5

www.jornal4patas.com.br

MARÇO / 2013

Raça X-small (pequenino)

Legalmente

Fashion O cão da raça Chihuahua é um símbolo tradicional de “cão portátil” e o preferido para ser tratado como um bibelô. O mercado pet investe cada vez mais no lançamento de roupas e acessórios para enfeitar os cães de porte pequeno e micro. Uma reportagem exclusiva sobre este assunto será dividida em três partes focando várias visões do tema. Página 5

• Como socorrer um animal atropelado • Novidades em brinquedos pet • Faltam profissionais de banho e tosa • Gato: um animal fascinante • Faça você mesmo biscoitos caseiros As profissionais e proprietárias Luciana (banho e tosa Tia Lu) e Lilian (Canil Kairós) buscando o aperfeiçoamento e aprendizado na área de estética pet, participaram juntas do evento MEGA GROOMING SHOW 2013. Grandes nomes referência da Pet Society como Sérgio Villasanti, Cleyton Muniz, Val Santarem entre outros além da groomer Kitty Dekeensgieter (Bélgica) e Judy Hudson (EUA). Uma das novidades apresentadas foi a Tosa Oriental que será oferecida por nossas empresas além de outras técnicas com excelentes resultados obtidos com produtos da Pet Society.

Reserve já seu anúncio para a próxima edição (15/4 a 15/5) (19) 3033-9776 contato@jornal4patas.com.br

Groomers participantes do evento

Sérgio Vilasanti com Luciana

Lilian com Cleyton Muniz

Veja mais fotos em www.facebook.com/canil.kairos www.facebook.com/luciana.maria.zanotelli

INFORME PUBLICITÁRIO

Veja também

Kitty Dekeensgieter (Bégica)

Judy Hedson (EUA) Luciana (Tia Lu) e Lilian (Canil Kairós)

Av. Dr. Lauro Corrêa da Silva, 4.820 - Bairro da Graminha - Limeira - SP (19) 3011.1957 / 3441.9000

Rua Santa Cecília, 300 - Vila Queiróz - Limeira/SP Fones: (19) 3011-3981 / 8273-6838 / 9223-5905


2

editorial O Jornal 4 patas nesta edição traz novidades. Em primeiro lugar ele abre um novo canal na cidade de Iracemápolis-SP consecutivamente com uma coluna especial no jornal “Tribuna de Iracemápolis”. Uma parceria que tem ótimos planos para o futuro. Também temos anunciantes de Santa Bárbara d´Oeste e Cordeirópolis e isso não deve parar por aí. São empresas do segmento acreditando na força da visibilidade do Jornal 4 patas. Também abrimos um espaço para as “empresas do bem”, fora do segmento pet direto mas que se preocupam com o bem-estar animal. Sobre o conteúdo, iniciamos nesta edição uma série dividida em três partes sobre a humanização de animais. Este tema tão polêmico será discutido entre todas as partes envolvidas desde o adotante até experts da área veterinária, psicólogia e comportamento do mercado fashion (da moda). Nossa missão será apresentar todas as facetas sobre o tema e a conclusão final ficará a cargo de você, leitor. Caso você não consiga um exemplar de nossas edições - pois é comum elas “desaparecerem” rapidamente dos pontos distribuídos - entre em contato por e-mail mencionando qual estabelecimento pet frequenta (nome, endereço, telefone) que deixaremos reservado seu Jornal mensal. Finalizando, agradeço o sucesso que o Jornal 4 patas está conseguindo com apenas 5 edições e estamos trabalhando para que ele sempre contribua com suas matérias para uma melhor relação entre o ser humano, os animais e a natureza. Boa leitura! Fernando Gomes editor executivo

CAPA

Juan veste blusa do Pet Shop Pet Sapeka (19) 3441-2827

Bolsa de transporte pet “Carmen Steffens” (ao fundo)

Fale conosco

(19) 3451-1030

Jornal 4 patas

jornal@revista4patas.com.br

(19) 3033-9776 www.facebook.com.br/jornal4patas Leia e compartilhe esta edição online

www.jornal4patas.com.br

Michele Diniz, instrutora de hipismo da hípica Figueira Ranch (Limeira-SP) com seus pequeninos: o chihuahua JUAN de seis meses e sua companheirinha Ciça, fox paulistinha de 60 dias. Veja o vídeo dos bastidores no site.

O raro Dandie

As matérias assinadas por colaboradores são de inteira responsabilidade técnica dos profissionais e entidades identificados, deixando o Jornal 4 patas isento de opiniões e comentários. Matérias reproduzidas de websites são identificadas e autorizadas pelos seus autores. Sobre os anunciantes, as informações contantes em suas peças publicitárias não possuem qualquer participação direta do Jornal que é imparcial junto ao anunciante, não privilegiando ou favorecendo em matérias não comerciais. As artes criadas pelo Jornal são revisadas e aprovadas pelos patrocinadores.

Dinmont Terrier

Apesar de ser retratado em muitas pinturas do século XVII, hoje a raça Dandie Dinmont Terrier é bastante rara. Seus ancestrais são cães rústicos que caçavam lontras, doninhas e viviam na divisa entre a Escócia e a Inglaterra. É reservado, inteligente e brincalhão, ainda que possa ser bastante agressivo com outros cães. Sua pelagem é áspera ao toque e apresenta subpelo macio e cobertura dura. Fisicamente, a caracteristica mais marcante da raça é o topete. Não pode ter: patas brancas e uma movimentação dura, desajeitada e saltitante.

Canil Lion Petit

O Jornal 4 patas é uma publicação da

Fotos: Reprodução

#

(19)


Utilidade pública

Texto parcial: http://www.blacklab.com.br

Adoção responsável exige que tenha sempre em mente a necessidade de manter a saúde do animal sempre em ordem. Os animais são seres que sentem e sofrem como os humanos mas sem a capacidade de verbalizar sua dor. imagem ilustrativa

Procure sempre um veterinário que lhe deixe bem à vontade, que não se importune com suas perguntas, às vezes sem nenhuma lógica, mas que para você são muito importantes e esclarecedoras pois, só assim, você ao passar do tempo poderá entender um pouco de cães e especificamente sobre sua raça. O veterinário deve lhe passar todos as explicações a respeito do diagnóstico de seu cão, deve lhe explicar o tipo de medicação que está prescrevendo, os possíveis efeitos colaterais, e o provável tempo de tratamento. Procure observar a maneira que o veterinário se relaciona com seu pet, assim como os médicos, alguns veterinários tem um dom especial para lidar com seus pacientes, saiba detectar o melhor profissional. É muito importante que seu veterinário o atenda em sua clinica ou a domicílio 24h e que possua equipamentos suficientes para diagnosticar seu cão, sem a interferência de terceiros - existem veterinários que possuem raio-X portátil que é muito útil quando você tem uma suspeita de fratura ou lesão ortopédica. É essencial que possua um telefone no qual possa contatá-lo a qualquer hora rpincipalmente emcaso de emergência onde seu cão comece a passar mal na madrugada e você não fique louco procurando alguém para atendê-lo. Se, por qualquer motivo, a saúde de seu cão lhe inspirar alguma preocupação, siga a regra básica: em caso de dúvida, procure o veterinário. Se seu cão for examinado no estágio inicial da doença, você poupará muitas noites de sono e ajudará fazendo com seu amiguinho(a) não sofra sem necessidade, poupando inclusive dinheiro evitando um estágio avançado tratamento complicado. Um bom veterinário, é como seu médico de família, vale a pena procurar sempre o melhor da sua região.

saúde

Noções básicas de

Dicas de socorro de um animal atropelado

exame clínico animal

Texto parcial extraído do Guia do Técnico Agropecuário “Veterinária e Zootecnia” Millen, Eduardo - Instituto Campineiro de Ensino Agrícola, 1984

Imagem ilustrativa

Saúde animal é um caso sério e saber identificar alguns sintomas irá ajudar muito um tratamento emergencial ou até mesmo adiantar uma parte do trabalho veterinário. IDENTIFICANDO SINTOMAS Você deve notar se os olhos são brilhantes ou apagados e se a cabeça está normalmente erguida. A cabeça e a cauda caídas, assim como as asas nas aves, costumam ser sinais de certas enfermidades. Nos animais de grande porte que não se sentem bem, mostram tendência para afastar-se do rebanho, no pasto e no curral, sempre que o espaço o permitir. Note seu apetite e se aceita a comida de má vontade; a falta de apetite e o vômito após a refeição podem ser os primeiros sinais de uma doença. TEMPERATURA O aspecto geral da pelagem deve ser sadio, atraente, limpo e brilhante, com pelos cerrados, lisos e sem falhas e não formando placas. Os movimentos anormais, diferentes dos costumeiros, podem indicar dor, como acontece nos casos de manqueira, de cólicas, etc.. Um dos dados mais importantes do exame do estado de saúde de um animal é a tomada de temperatura por meio de um termômetro inserido no reto. O aparelho deve ser cuidadosamente introduzido, com uso de vaselina, de modo que o depósito de mercúrio fique em contato com a mucosa do intestino (o reto). Como muitos animais oferecem resistência à tomada de temperatura é conveniente que a operação dure pouco tempo, com o emprego de termômetros clínicos que em trinta segundos marcam a temperatura corretamente. Temperaturas normais nas espécies domésticas

Animal Cão grande Cão pequeno Gato Cavalo Potro Boi Vaca

Temperatura em ºC 37,4 - 39,0 38,0 - 39,0 38,0 - 39,0 37,5 - 38,5 37,5 - 39,0 38,5 - 39,5 37,5 - 39,5

A elevação de temperatura acima do normal indica febre, geralmente caracterizada por outras perturbações, como aceleração do pulso, dos movimentos respiratórios e calafrios.

por Denise Dechen*

1- Se o animal - no caso um cão - não estiver sangrando ou vomitando, é interessante amordaçá-lo. Isso impedirá que ele morda a quem estiver ajudando-o, comportamento comum para um animal com dor; 2- Havendo sangue, vômito ou secreções na boca, ele não deve ser amordaçado, porque nesse caso poderá aspirar o próprio vômito e morrer asfixiado, tampouco se estiver inconsciente; 3- É importante que o animal tenha as vias aéreas livres para respiração e a boca não deve estar obstruída; 4- Sempre carregue o animal na posição horizontal, para evitar a piora do seu estado; 5- As áreas lesadas não devem ser manipuladas; 6- Havendo hemorragia, a região deve ser pressionada para tentar conter o sangramento; 7- Havendo fratura, não tocar na região; se a fratura estiver exposta, é necessário cobri-la para evitar contaminações; 8- Carregue o bichinho no colo ou no banco do carro, na posição horizontal, tentando fazê-lo permanecer quieto, mas sem imobilizá-lo. 9- Feito isso, o melhor amigo nessa hora, é o médico veterinário. Ele é o profissional a quem se deve entregar o animal para receber os melhores cuidados. 10- Se for você o atropelador, por favor, não abandone-o à própria sorte. * Denise Dechen, autora do Blog DICAS PELUDAS, faz uma cuidadosa pesquisa e seleciona sempre para seus leitores as melhores dicas de cuidados com seu pet. http://dicaspeludas.blogspot.com

imagem ilustrativa

Como escolher seu veterinário

3


4

alimentação

O que são os nutrientes? Na embalagem das rações industrializadas estão especificados todos os nutrientes que ela contém.

Receita de petiscos caseiros Fonte/Foto: www.portaldacinofilia.com.br

INGREDIENTES 250 gr de farinha de trigo 125 gr de farinha de soja 60 gr de fubá 1 colher (chá) de farinha de osso (ou equiv. de 750 mg de cálcio) 125 gr. de sementes de girassol ou de abóbora 1/2 colher (chá) de alho em pó (opcional) PREPARO Misture todos estes ingredientes e, em seguida, misture separadamente: 1 colher (sopa) de melaço ½ litro de leite misturado com 2 ovos Posteriormente, combine tudo com a outra mistura. Deve ser uma massa dura. Vire a massa sobre uma superfície enfarinhada e sove por alguns minutos. Deixe a massa descansar por uma hora ou mais. Abra a massa com um rolo e corte-as em formas desejadas. Asse em forno por 30 minutos. Desligue o forno e deixe os biscoitos esfriarem antes de servir ao seu animal. OFEREÇA PETISCOS COM MODERAÇÃO PARA EVITAR OBESIDADE E OUTROS DANOS A SAÚDE DE SEU ANIMAL.

Todos os seres vivos precisam de se alimentar. Os cães dependem dos seus donos para ter uma dieta diária perfeitamente equilibrada. Cerca de 50 nutrientes são considerados essenciais para os cães e a qualidade de uma determinada ração é baseada em quanto ela resolve e se encaixa no quebra-cabeça altamente complexo da nutrição canina. Deve-se observar o aspecto de raça, porte, idade e quadro clínico de saúde. 1. O porte do cão - obviamente um Chihuahua de dois quilos não terá a mesma dieta que um São Bernardo de 80 quilos; 2. A condição fisiológica do cão - necessidades alimentares são influenciadas pelo crescimento, gestação, amamentação, atividade física e velhice; 3. A saúde do cão - em muitos casos, a nutrição tornou-se uma ferramenta importante no tratamento clínico das doenças. Consulte sempre um veterinário ou nutricionista animal para adequar a alimentação ao seu pet. Os donos de cães atletas ou de trabalho já sabem a importância da nutrição mas vamos falar apenas dos elementos básicos, para uma boa compreensão de todos os elementos necessários para criar uma dieta nutricionalmente bem equilibrada.

Água Pode parecer desnecessário listar a água como nutriente, mas é importante lembrar que enquanto um organismo pode passar semanas sem comer, não pode sobreviver mais do que três dias sem beber. O corpo de um cão é composto por 2/3 de água e todos seus tecidos são banhados em água. Músculos, por exemplo, têm 80% de água no seu peso. Proteína As proteínas têm valor nutricional, mas servem na sua maioria como blocos de construção para os ossos, músculos, estruturas nervosas, etc. Em suma, é tudo o que um cão precisa para sobreviver. É importante lembrar que um alimento rico em proteína não é necessariamente rico em qualidade. Assim, o tipo de proteína usada em uma ração em particular deve ser levado em conta. Gorduras Seu papel principal é produzir energia na forma de calorias. O conteúdo calórico de uma ração baseia-se mais ou menos na quantidade de gordura que contém.

Nunca poderá ser substituído pela ração diária

ÁCIDOS GORDOS ESSENCIAIS Essencial pois o corpo de um cão não pode sintetizá-las e precisa de obtê-las através da dieta. Ômega-6: A deficiência nesse tipo de ácido deixa a pele seca, causa descamação, alopecia (queda de pelos) e pelagem sem brilho.

Nutrientes Essenciais Para alimentar bem um cão, o dono precisa de ter o conhecimento da importância e do papel de cada nutriente. Nutrientes e suas fontes: Fibras - grãos bem cozidos (arroz, macarrão, milho, trigo). Evite: batata, pão, grãos crus. Proteínas - Carne , ovos cozidos, leite (se o cão reage bem), queijo. Evite: restos com muitos nervos (crua ou levemente cozida), peixe cozidos, ovos crus, peixe cru. Amido - Vegetais verdes (ervilhas, cenouras, verduras cozidas, pequenas quantidades de farelo de trigo). Evite: repolho, cebola, nabo. Gorduras - Gorduras animais (sebo, banha de porco e gordura de frango), óleos vegetais (soja, milho, borragem). Evite: gorduras mofadas ou cozidas. Vitaminas e minerais - Ossos de base, carbonato de cálcio, suplementos minerais, leveduras (vitaminas), derivados de leite (cálcio). Evite: Qualquer excesso de suplementos. Um nutriente é um elemento simples que deve ser incluído na dieta canina numa quantidade que ajudará a manter a saúde do cão. Todos os dias, os cães necessitam de 50 nutrientes essenciais pois cada um tem um papel importante e os seus corpos não podem sintetizá-los.

Ômega-3: Encontradas principalmente em óleos de peixes, têm o importante papel na preservação de membranas celulares e funcionamento dos sistemas nervoso e imunológico. OUTROS NUTRIENTES Hidratos de Carbono | Amido | Fibras | Minerais | Vitaminas | Prebióticos (FOS) | Probióticos CONCLUSÃO Procure alimenta seu cão com ração industrializada independente da sua classificação (premium, super premium, etc.) pois todas são nutricialmente equilibradas para oferecer tudo que seu cão precisa para ser saudável e disposto. Evite ou elimine o ato de oferecer restos de alimentos caseiros condimentados pois são prejudiciais ao sistema digestivo do animal. Com uma alimentação equilibrada você irá melhorar a saúde do seu pet e aumentar sua expectativa de vida.

Fonte parcial: Enciclopédia Aniwa

#

Alimentação FELINA Gatos não podem comer chocolate, porque contém ácido oxálico que impede a absorção de cálcio. Além disso contém teobromina, um alcalóide tóxico para felinos. Aliás, gatos são muito sensíveis a várias substâncias, então nunca dê nenhum alimento ou medicamento antes de consultar seu veterinário.

Dica Um animal bem alimentado é um amigo feliz. Forneça alimentos apropriados, de acordo com a espécie e a idade do animal. Os adultos devem ser alimentados duas vezes ao dia e os filhotes de quatro a seis vezes ao dia. Mantenha sempre a água limpa e fresca à disposição. Recolha os restos de alimentos do comedouro do animal, evitando, assim a proliferação de ratos, baratas e formigas.


Um cão portátil

5

cão celebridade Série “Legalmente fashion” (parte 1)

9 entre 10 celebridades americanas (e algumas brasileiras) não abrem mão desta miniatura que pode ser levada a qualquer lugar em sua bolsa de grife (ou não). O caso mais clássico é da milionária Paris Hilton - herdeira de uma rede de hotéis - que tem como marketing pessoal ser protetora de animais e está sempre posando com um cãozinho desta raça.

EU E MINHA CHIHUAHUA Arquivo pessoal

Sobre a raça Chihuahua A origem deste pequenino cão é controversa, o fato é que o nome deriva de um estado mexicano, quanto aos seus ancestrais existem algumas teorias, alguns especialistas acreditam que a raça originou-se de cães vindos da Espanha que acasalaram com cães da América central, outros dizem que mini cães vindos da China foram misturados aos cães mexicanos, enfim, o que se sabe é que esses pequeninos foram levados para os EUA por volta de 1850. Outro fato triste e controverso é que alguns acreditam que eles eram utilizados para sacrifícios. Sempre forma animais de companhia, desde a sua primeira função. Sua expectativa de vida gira em torno de 12 a 14 anos e seu peso varia de 1 a 3 kg e sua altura entre 15 a 23 cm. Existem duas variedades de chihuahua, uma de pelo longo e outra de pelo curto. Os exemplares de pelagem longa a possuem mais comprida e ondulada que a de pelagem curta que é macia e brilhante, podendo variar de cor bastante sendo as mais comuns o fulvo, o palha, castanho, azul aço, prateado e algumas combinações entre elas. Seu focinho é curto e pontiagudo, suas pernas e garupa são bem musculosas. São excelentes animais para apartamento, não suportam o frio, não necessitam de longos espaços ou mesmo grande quantidade diária de exercício, são atrevidos e brincalhões. Texto escrito pela Dra. Elaine Pessuto médica veterinária, professora e proprietária do CETAC Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária www.cetacvet.com.br

Pamela Bobice com sua pequena “Lady”.

OS MAIS FAMOSOS CHIHUAHUAS Fonte: Adoro Cinema - Fotos: Reprodução

Na próxima edição

O mercado investe em bem-estar e segurança

Legalmente loira 1 e 2 (Legally Blonde) Produção: FOX

PERDIDO PRÁ CACHORRO (Beverly Hills Chihuahua) Produção: Disney

SINOPSE: Elle Woods (Reese Whiterspoon) é uma garota que tem tudo que possa querer. Ela é a presidente da fraternidade de onde estuda, Miss Junho no calendário do campus e, além disso, uma loira natural. Mas seu Elle tem um problema que incomoda seu namorado: ela é fútil demais. Ele passa a namorar uma nova garota. Elle, que não se dá por vencida e decide estudar Direito e provar sua inteligência. Na versão 2 ela se mostra uma grande ativista de proteção animal focando o tema sobre cobais de laboratório lutando para impedir os testes em animais.

Sinopse: Chloe é uma cadela Chihuahua totalmente “patricinha” de Beverly Hills, mimada ao extremo por sua dona. Papi é o Chihuahua do jardineiro que só tem olhos e focinho para Chloe que não lhe dá a menor atenção. Um dia, porém, Chloe é sequestrada durante uma viagem ao México e, longe de sua dona, enfrenta o perigoso Doberman Diablo e seu dono. Para isso Chloe conta com a ajuda de outros cães e, inclusive Papi, que viaja para salvar sua amada. Também disponível “Perdido prá cachorro 2 e 3” em DVD

Fotos: Reprodução

1

2

3

Celebridades

4

5

6

1- Paris Hilton 2 - Britney Spears 3 - Adrien Brody do filme “O pianista” 4 - Demi Moore 5- Jorge Garcia do seriado “Lost” (a chihuahua da foto faleceu vítima de atropelamento) 6- A brasileira Glória Pires flagrada com o seu em um shopping (foto: Daniel Delmiro/ AgNews)

ALIMENTAÇÃO (pet food) E ACESSÓRIOS CORRETOS É muito importante pensar no bem estar do animal e utilizar produtos adequados para sua alimentação. Muitas empresas disponibilizam rações especiais para cada raça e porte de cão. Consulte seu veterinário ou o vendedor de sua loja que poderão sugerir a ração mais adequada para seu animal. ALEGORIAS E ADEREÇOS O mesmo podemos dizer sobre os acessórios que se adaptam melhor ao porte do seu bichinho de estimação. Usar uma coleira errada pode causar transtornos físicos e até psicológicos no comportamento do

animal. Um exemplo é a coleira peitoral que permite maior mobilidade e liberdade ao cão mas, sem um adestramento básico, poderá alterar seu comportamento em seus comandos. Roupas também são acessórios adequados para raças pequenas de pelo baixo mas não são indicadas para os animais peludos (cães e gatos). Elas devem ser limitadas apenas no inverno, em dias e regiões de temperatura muito baixa. Precisam ser retiradas quando permanecer em ambiente quente. Use sempre o bom senso pensando no conforto dele.

Mais populares em países frios, os sapatinhos para cães geram polêmica. Mas tudo depende da ótica. Em alguns casos eles são recomendados tais como alergia ou em clima muito frio. Algumas versões dizem não aquecer as patas. Mas todos devem ser retirados após um período pois a pata canina precisa respirar naturalmente, segundo a recomendação de veterinários

Não use os sapatinhos por vaidade pessoal pois podem gerar pododermatites além de prejudicar a postura e equilíbrio do animal.


coluna do bem

6

natureza

Parte 1 http://hypescience.com

Espaço reservado para ONG´s, grupos de proteção e assuntos relacionados a solidariedade para com os animais abandonados e defesa do meio ambiente.

Concorra a esta bolsa de transporte pet com apenas R$ 7,00

Fernando Gomes - Jonal 4 patas

NO MUNDO REAL Foi amplamente divulgado na mídia nacional o caso de uma falsa protetora de animais que eutanasiava os animais que inocentemente eram doados por pessoas comuns. Mas como agir nos casos de doação ou colaboração em dinheiro? Pesquisando e conhecendo o receptor, seja ele ONG, grupo ou qualquer pessoa que promova uma ação de solidariedade. Se for doar algum animal - mesmo para pessoas comuns - procure acompanhar eventualmente como ele está sendo tratado. NO MUNDO VIRTUAL Antes de abrir a carteira, conheça o site, blog, página ou perfil de rede social de quem está arrecadando dinheiro para a causa. Veja se os contatos telefônicos ou eletrônicos são válidos e se, em outra ação de solidariedade, foi divulgado a prestação de contas. Cuidado com perfis falsos que podem ser desmascarados em uma pequena pesquisa de sua idoneidade (mesmo que virtual). Não vamos deixar os animais pagarem mais essa conta e morrerem por uma ação involuntária de nós mesmos. Veja no site do Jornal 4 patas algumas ONGs com link direto para blog ou perfil no Facebook. E ajude sempre que puder pois o que vale são os resultados e finais felizes.

aquecimento global no planeta Você provavelmente já ouviu sobre as consequências terríveis do aquecimento global no planeta: em breve, tudo pode acontecer, até não haver mais vida na Terra. Mas nem é preciso esperar tanto tempo: a mudança climática já está causando estragos em alguns pontos do planeta. Confira os resultados do aquecimento global na Terra:

Ajudar, sempre, mas TODO CUIDADO É POUCO Conforme divulgamos na edição anterior com o texto de Milena Pacheco - voluntária da ALPA, as redes sociais estão contribuindo na ajuda aos animais achados, perdidos, abandonados e vítimas de maus-tratos. Muitos resultados positivos com adoção e solidariedade financeira minimizam a falta de apoio governamental para a causa animal comum no Planeta. ONG´s e Grupos de Proteção oficiais ou não, se empenham em realizar um trabalho voluntário muitas vezes não reconhecido. A palavra voluntário não pode ser associada a uma obrigatoriedade. Mas, também, como em qualquer grupo carente, muita gente se aproveita da boa ação do povo brasileiro com o famoso “jeitinho de se dar bem”.

10 resultados surpreendentes do

Ligue para (19) 3033-9776 e compre a edição 8 da Revista 4 patas. Você receberá um cupom numerado para concorrer ao sorteio pela Loteria Federal. São apenas 200 números e você colabora com R$500 para a campanha abaixo.

1 – CRIANDO INCÊNDIOS Além de estar derretendo geleiras e criando furacões mais intensos, cientistas têm relacionado as chamas desenfreadas com temperaturas mais quentes e derretimento precoce de gelo. Quando a primavera chega cedo e desencadeia um derretimento, áreas florestais tornam-se mais secas e permanecem assim por mais tempo, aumentando a chance de incêndios. 2 – RUINDO RUÍNAS Em todo o mundo, templos, assentamentos antigos e outros artefatos permanecem como monumentos do passado de civilizações, que até agora têm resistido ao teste do tempo. Mas os efeitos imediatos do aquecimento global podem, finalmente, danificar locais insubstituíveis. Inundações atribuídas ao aquecimento global já danificaram um local de 600 anos, Sukhothai, que foi a capital de um reino tailandês.

A Editora 4 patas - Revista e Jornal iniciou uma campanha que conta com a ajuda de todos para angariar o valor base de R$ 2.000,00 que serão totalmente utilizados para custear o máximo de cirurgias em cães e gatos carentes. COMO COLABORAR Pela Internet: Entre no site www.revista4patas. com.br e clique no banner (idem acima). Ao clicar no logotipo “Vakinha” será redirecionado ao site www.vakinha.com.br que é uma empresa que administra e torna transparente a campanha. Clique no botão CONTRIBUA JÁ, preencha um pequeno formulário e escolha o valor (a partir de R$5,00) e forma de pagamento (boleto/cartão de crédito). Após o processamento do site, sua colaboração ficará registrada e você poderá acompanhar a evolução das arrecadações.

Utilidade pública Atendimento do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Limeira-SP Consultas: 2ª a 6ª feira período da manhã: 8h às 9 h Período tarde: 13h30 às 14h30 Adoção de animais e RGA (microchip) 2ª a 6ª feira das 9h às 11h30 e das 13h às 15h30 Telefones: (19) 3441-3548 / 3451-3546

empresas do bem

3 – MONTANHAS MAIORES Os Alpes e outras cadeias de montanhas sofreram um surto de crescimento gradual ao longo do século passado, graças ao derretimento das geleiras em cima delas. Por milhares de anos, o peso destes glaciares tem pressionado contra a superfície da Terra, fazendo com que as montanhas “diminuam”. Conforme as geleiras derretem, este peso é elevado. Como o aquecimento global aumenta o derretimento dessas geleiras, as montanhas estão “crescendo” mais rápido. 4 – SATÉLITES MAIS RÁPIDOS As emissões de dióxido de carbono têm efeitos que vão até o espaço. O ar na camada mais externa da atmosfera é muito fino, mesmo assim, as moléculas de ar criam um “arrasto” que torna os satélites mais lentos, exigindo que engenheiros periodicamente os impulsionem de volta para suas órbitas adequadas. Mas a quantidade de dióxido de carbono lá em cima está aumentando. E, enquanto as moléculas de dióxido de carbono na atmosfera mais baixa liberam energia na forma de calor quando colidem, assim aquecendo o ar, as moléculas esparsas na alta atmosfera colidem com menor frequência e tendem a “dispersar” sua energia, resfriando o ar em torno delas; assim, o ar “se acomoda”, e a atmosfera menos densa cria menos arrasto.

...continua na próxima edição 5 – A prática de Darwin: os mais adaptados sobreviverão 6 – Descongelamento do permafrost 7 – Desaparecimento de lagos 8 – O ártico floresce 9 – Mudança de habitat 10 – Alergias piores

Válido para Limeira e região

Eu apoio a causa animal e a natureza Empresas fora do segmento pet que acreditam em um mundo melhor para a vida no Planeta. Está provado que é cada vez mais comum as pessoas se interessarem por assuntos relacio-

nados ao universo pet, aquarismo, observação de pássaros e principalmente abordagens sobre natureza e meio ambiente. Se, tanto sua filosofia pessoal quanto empre-

DIVULGUE SUA MARCA, PRODUTO OU SERVIÇO E SEJA VISTO POR UM PÚBLICO VARIADO, FORMADOR DE OPINIÃO. contato@jornal4patas.com.br (19) 3033-9776

sarial apresentam esse foco, entre em contato para saber como patrocinar esta página solidária e informativa. Consulte outros formatos de espaço para sua propaganda.


Pintassilgo na gaiola só com autorização do Ibama Vivem mais tempo em cativeiro do que em liberdade, se bem tratados. Chegam a viver por mais de 20 anos.

O pintassilgo é uma ave bastante conhecida, já que se trata de uma espécie de relativamente fácil identificação. A sua máscara preta, presente apenas nos machos, bem como as manchas amarelas nas asas, fazem do pintassilgo uma ave bastante colorida e com um Colaborou com esta matéria o Sr. Ernesto, padrão facilmente reconhecível, criador autorizado mesmo em voo. As fêmeas tem a pelo Ibama. Contato direto pelo telefone cabeça e lado inferior oliváceos. (19) 3443-2070 Os jovens machos com poucos meses já apresentam pintas pretas na cabeça. Durante a primavera, pode ser observado cantando no alto de árvores, antenas, postes e telhados. No inverno agrega-se frequentemente em bandos de dimensões consideráveis, que podem juntar centenas de aves. Além de seu canto característico, pousado ou em vôo, imita o canto de outras aves. Ele é subdividido em espécies sendo a maioria tidas como silvestres (aquisição só com autorização do Ibama) e exóticas com comércio livre.

SILVESTRE “Não incentive o tráfico de animais. Se for comprar, procure criadores autorizados e sérios.”

A espécie Tarim Venezuelano é tida como exótica com liberdade de comercialização. O valor médio de um pássaro de criador gira em torno de R$ 400,00. Evite “criadores” com aves em valores abaixo do mercado pois a chance de ser um traficante de animais é grande.

EXÓTICO

IRACEMÁPOLIS-SP

7

gato por Melika Nicolau - veterinária e criadora

Um animal FASCINANTE Porque possui muitas habilidades e é conhecido pela sua autonomia e independência, hoje sabe-se que são amigos carinhosos, dóceis e muito apegados ao dono. O gato-doméstico, por seu caráter independente, aceita a coabitação do homem mas não abandona nenhuma de suas características de animal livre. Sai à hora que lhe convém, deita-se onde quer, come o que gosta, aceita nossas carícias quando lhe agradam, mas recusa-as quando as irritam. E nos recompensa com sua beleza e sua graciosidade. A socialização do filhote começa a partir da segunda semana de vida e termina por volta da sétima semana. É importante que seus sentidos e inteligência sejam estimulados. Para que os gatos possam ter uma convivência harmoniosa com os humanos é importante que tenham contato conosco desde filhotes, colocando no colo, fazendo carinho. Apesar dos gatos não entenderem a linguagem humana, são muito sensíveis a linguagem corporal e às suas atitudes. Consegue entender todos os sentimentos (alegria ou tristeza) e consegue até mesmo antecipar o que você irá fazer. Para se expressar, o gato usa um vocabulário bem diversificado cheio de miados, ruídos, assobios, gritos, espirros e sopros variados, capazes de expressar prazer, pesar, desprezo, medo, cólera, ameaça, namoro, etc. A maioria dos gatos emite um som muito especial para saudar o dono, e todos sabem que um gato satisfeito ronrona. O miado é dirigido exclusivamente às pessoas e nunca aos outros gatos. RONRONAR - Quando um gato ronrona é a sua manifestação de muita satisfação. A forma de ronronar varia de um gato para outro, existem animais que fazem barulhos mais altos, outros mais baixos mas esta diferenças são apenas físicas e não correspondem a níveis de satisfação. ESFREGAR-SE - Os gatos quando passam com o corpo pelas pernas do dono liberam odores, só perceptíveis pelos outros gatos, que indicam que a pessoa lhe pertence. Isso representa que o gato gosta tanto do seu dono que anuncia a sua posse a todos os outros gatos que possam existir nas redondezas, mesmo que não existam outros gatos na casa. DORMIR MUITO - Os gatos dormem muitas horas, um gato quando tem a segurança suficiente para dormir, pode aproveitá-la ao máximo, eles passam a maior parte do dia dormindo (o sono pode ocupar dois terços do dia, pelo menos umas 10 a 12 horas).Esse hábito é muito normal e saudável. BALANÇAR A CAUDA - Os gatos quando estão realmente assustados ou prontos para o ataque ficam com os pelos eriçados e balançam a cauda para parecerem muitos mais ameaçadores aos inimigos, pois ficam com um tamanho muito superior, pelo menos, visualmente. ACORDAR A NOITE - Os gatos são animais de hábitos noturnos, sua visão é desenvolvida para ver com pouca luz e para se camuflarem na noite. Apesar de poderem adaptar os seus hábitos aos dos humanos, os gatos são animais mais ativos ao nascer e pôr-do-sol. Isto deve-se ao fato de a maior parte dos roedores, a principal fonte de alimento para os gatos, possuir também esse hábito. ROLAR - Indica tanto que o gato não tem a intenção de atacar quanto que está submisso, embora a submissão felina indique mais afeição que obediência. Os gatos são animais de estimação cuja confiança e afeto precisam ser conquistados pelo dono, portanto o bom convívio depende somente de nós, oferecendo sempre condições saudáveis para que seu animal de estimação, seja ele qual for, tenha uma ótima qualidade de vida.

O Jornal 4 patas foi gentilmente acolhido pela cidade de Iracemápolis e passa, a partir desta edição, a circular no segmento pet, banca de jornal central e pontos de grande circulação de pessoas. Contrate nosso plano de marketing através de e-mail ou telefones (veja na página 2).


raça exótica

NOVIDADESpet

8

Um “mini” Husky Siberiano

Fotos: Reprodução

Olá! Meu nome é Amanda, sou consultora de vendas de produtos para pets além de criadora de cães da raça Lhasa Apso. Confira aqui as novidades e curiosidades em produtos para seu melhor amigo.

Brinquedos para cães Hiperativos Estamos sempre procurando entreter nossos pequenos companheiros, com algo novo que existe no mercado, principalmente se esse “amigo” for excessivamente carente, com síndrome de separação, isto é, quando o tutor sai, o pequeno não consegue se adaptar em ficar sozinho o dia todo ou até por poucas horas. Resultado: Ao chegar a casa, a família é sempre surpreendida com algo de errado que seu cãozinho aprontou. Almofadas destruídas, pé de mesa roído ou objetos comidos espalhados pela casa. O pior de tudo isso, nem é tanto pelo bem material perdido, mas este comportamento é completamente nocivo para o próprio cão gerando assim, uma série de problemas de saúde e compulsividade. Existe também aqueles que não são hiperativos, mas que adoram destruir brinquedos ao invés de brincar. Me deparei com essa situação quando fui visitar minha tia e ela me contou que meu primo havia comprado no exterior, um brinquedo em forma de lagosta, que ele dizia ser “indestrutível” para sua pequena dachshund. Entregou o brinquedo a ela e saiu para ir até a padaria. Assim que voltou, havia pernas de lagosta pela casa toda! Encontrei no mercado - dentre muitos brinquedos alguns que achei bem interessantes.

Alaskan Klee Kai Origem Esse cão foi desenvolvido por Linda S. Spurlin, Wasilla, Alaska e por sua família para ser uma versão de tamanho reduzido do Husky Siberiano. A partir do começo da década de 70 até 1988, os Spurlins cuidadosamente selecionaram cães para determinar uma altura padrão, aparência e saúde. Seu nome era originalmente “Klee Kai of Alaska” mas - em 1995 - foi mudado para “Alaskan Klee Kai”. A senhora Spurlin criou o nome “Klee Kai”. Ele foi reconhecido pela United Kennel Club em 1º de janeiro de 1997. Características O Alaskan Klee Kai tem uma cabeça em forma de cunha caracterizando uma impressionante máscara na face, ouvidos aguçados e um pelo duplo. O comprimento do corpo é ligeiramente maior que a altura. A cauda é curvada acima das costas ou para o lado quando o cachorro está alerta ou em movimento. A aparência do Alaskan Klee Kai reflete a herança da raça do Norte. A mais distintiva característica do Alaskan é a máscara facial que pode ser claramente visível devido ao contraste de cores, sendo que a máscara cheia da face é muito desejável. Variedade Toy: até 32,5 cm Miniatura: de 32,5 cm a 37,5 cm Padrão: de 37,5 cm a 42,5 cm Comportamento O Alaskan Klee Kai é muito curioso, ativo, rápido e ágil. Sua lealdade e atenção fazem dele um ex-

#

celente cão de guarda apesar do seu pequeno tamanho. Enquanto é afetuoso com os membros da família, o Alaskan é reservado com os estranhos e em situações não–familiares.

Bola Porta Petisco esta bola é vazada nos dois lados, própria para colocar um osso palito ou um bifinho. O pequeno fica super interessado em tentar tirar o petisco da bola, quando consegue comer ambos os lados, passa horas tentando tirar o restante que sobrou no meio.

Bola “pulga”, porta petisco essa é bem animada! Além de ser porta petisco, por ter uma abertura em cima onde podem ser colocados alguns grãos de ração ou pedacinhos de outro petisco, quando jogada ao chão, esta pinga em vários ângulos diferentes, fazendo com que o peludo se interesse ainda mais em pegá-la.

Brinquedos resistentes feitos de nylon – São alguns brinquedos que são sucesso nos Estados Unidos e Europa e que recentemente foi lançado no Brasil, esse literalmente são projetados para os pequenos “boquinhas nervosas”.

Caso tenha alguma dúvida, fale comigo por e-mail: amandapenedo@gmail.com

Jornal4patas-5  

Chihuahua

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you