Issuu on Google+

Trentino

O Jornal da Colônia Tirolesa de Santa Olímpia ‐ Piracicaba ‐ São Paulo ‐ Brasil

Fevereiro / 2014 Edição Nº XXVI

Sabóia Reprodução de Foto: imagem:João Rodrigo Passarin Foto: Rodrigo Passarin Os jovens se unem para promover a Batukada da Juventude e o Carnaval. Vamos festejar com respeito!!!! Santa Olímpia

PERSONALIDADE

História do Tirol Cristóforo de Spaur

Nosso querido Sr. Egídio Degasperi Nossa história contadas em miúdos. Contando o que nos contam. Por Dorival Correr

P. 02

Batukada promove a união dos jovens Visita ao Príncipe dos Poetas de Piracicaba

Virada Cultural 2014

P. 08

Pe. Gabriel Correr comemora aniversário com belissíma festa em Santa Olímpia


Trentino

Por Dorival Correr

02

Contando o que nos contam FRADE REALIZA UM ESTRANHO PEDILUVIO

Cantinho do Dízimo Existia uma lagoa e nesta lagoa morava um único peixinho. Um dia, ao amanhecer, o peixinho acordou feliz e foi falar com a lagoa. Disse o peixinho: - Lagoa, eu te amo! A lagoa ficou feliz com aquela declaração de amor logo cedo e perguntou: -Peixinho, por que você me ama? O peixinho respondeu: - Ah! Lagoa, eu te amo porque você garante minha vida, me alimenta, me protege, eu te amo por muitos motivos. A lagoa e o peixinho passaram o dia muito feliz. No dia seguinte a lagoa, ao acordar logo cedo, foi falar com o peixinho: - Peixinho, hoje eu queria lhe falar um coisa. O peixinho curioso disse: - Pode falar, lagoa. Então, com muito amor, a lagoa disse: - Peixinho, eu te amo! O peixinho ficou surpreso com aquelas palavras e logo foi perguntando: - Lagoa, por que você me ama? A lagoa responde: Por nada, amo-te pelo prazer de amar! Dever ser assim também com o Dízimo. Devo ser dizimista por amor, amor a Deus e à comunidade. Este é o Dízimo agradável a Deus Arthur Jorge Missionário do Instituto M.E.A.C. Núcleo Campos do Jordão/SP

Convite O Coro Stella Alpina (misto) e o Coro Càneva (masculino) estão recebendo novos integrantes para 2014. Serão todos bem-vindos. Informações : Eduardo Forti (3425-0002) e Marilen Correr (3421-0465 ; 9-9267-1765).

!!!

em icip

t Par

Cursos da Associação Estamos precisando de professores para: Desenho Técnico, AutoCAD e Informática para crianças (8 à 12 anos). Interessados entrar em contato com Mirian Cristina Stenico F. (19) 99239-7690

Já falamos em um nosso artigo recentemente sobre como se comportava nossa gente diante dos fatos da vida. Por ocasião do nascimento de mais uma criança, na ocorrência de uma enfermidade em alguém muito querido, sempre ocorria uma mobilização geral na comunidade. Quando alguém morria acontecia o mesmo ritual: toda a comunidade, do mais velho ao mais jovem, acorria até a residência do falecido, apressadamente, mostrando grande apreensão. A notícia da morte de alguém causava um sentimento de vazio e nos punha a pensar sobre o destino dessa pessoa que acabava de deixar este mundo e partia para a eternidade. O medo do desconhecido provocava arrepios em qualquer um. A formação cristã rígida provocava nas pessoas incertezas sobre o juízo final, a sentença divina, como seria o Purgatório... Na residência do morto não se fazia outra coisa que não fosse rezar. Conversava-se em voz baixa, recitava-se um terço do rosário seguidamente implorando a Deus sua infinita misericórdia para esse irmão que havia partido. Em resposta a ladainha todos exclamavam: orai por ele. A noite, quem ficasse para velar o corpo, seguia o mesmo ritual junto com os demais que ali estivessem; reza, reza e mais reza. Dava a impressão que o falecido estava seriamente em apuros diante do Criador e só com muita oração escaparia de uma terrível sentença final. O viúvo ou a viúva se via obrigado a manter um estado de luto permanente pelo menos por um ano. Se voltasse a casar antes desse prazo poderia causar um escândalo por não respeitar a memória do marido ou da esposa. Quando chegava o carro funerário a tensão aumentava ainda mais. Os modelos de carros funerários antigos só existiam na cor preta e tinham realmente um aspecto aterrador. Nem mesmo a presença de pequenas imagens de anjos incrustadas nas suas laterais conseguia dissimular aquela impressão. Quando algum defunto era velado na comunidade ou na região, todo mundo se locomovia com medo durante a noite. Se possível, não se andava sozinho. Parecia-nos que a alma dessa pessoa estava nos esperando nas esquinas, nos becos, por toda parte. Na missa de 7°dia, quando era possível, pois nem sempre havia celebrante disponível, o clima de velório ainda permanecia. No corredor central da igreja armava-se uma espécie de altar coberto por um paramento de cor preta com uma cruz amarela no centro ladeado por quatro castiçais enormes com quatro velas acesas. As musicas litúrgicas, De Profundis e uma outra conhecida por Die Irae, evocavam a presença de Deus no seu mais extremo rigor. Hoje, felizmente, se tem outra compreensão do mistério da morte: ela é inevitável, mas é compreendida como uma passagem necessária para chegarmos ao reino de Deus onde gozaremos os favores de sua infinita bondade. Dorival Correr

COUPEC

Quando a comunidade católica de Santa Olímpia pertencia á Paróquia Imaculada Conceição da Vila Rezende, quem nos prestava a assistência religiosa eram os frades capuchinhos. Por longo período, por termos afinidade com eles, por causa do linguajar tirolês, fomos acompanhados espiritualmente pelos abnegados freis da Ordem Franciscana Menor. Entre os religiosos que com freqüência nos visitavam destacava-se frei Paulo de Bologna,conhecido entre nós por frei Paulão. Corpulento, de aspecto severo, olhar penetrante, o religioso se apresentava quase como um torturador para os pobres fiéis. Extremamente escrupuloso, frei Paulão mirava furioso um olhar incandescente para os pobres penitentes que a seus pés iam despejar seus pecados na ânsia desesperada de receber o perdão de Deus. Os pecados que mais abominava eram os cometidos contra o sexto mandamento da lei de Deus, aliás toda a antiga formação religiosa dos tiroleses via nesse mandamento a maior prova da pratica cristã, ignorando muitas vezes que o maior mandamento era amar a Deus e ao irmão. Frei Paulão vivia uma vida interior atribulada, lutando contra as tentações e se mortificando constantemente. Vinha a pé desde a cidade e para lá regressava do mesmo modo. Os motoristas dos caminhões de cana até paravam para lhe oferecer carona, porém ele não aceitava e até esbravejava com os ofertantes.Vale lembrar que esses caminhões nos transportavam até a Vila Belém onde embarcávamos nos ônibus que ligavam Charqueada a Piracicaba. Nem é preciso dizer que ao final da viagem o religioso chegava totalmente extenuado e com seu hábito carregado de poeira da estrada. Houve uma ocasião na qual ele fez a escolha de retornar a cidade vagueando pelas roças e invernadas, tendo ficado entalado em meio a uma barroca onde era abundante o capim gordura. Numa de suas visitas ao bairro de Santana, chegou muito cansado e suado devido ao calor abrasador que fazia. Seu destino final foi a casa de um morador que sempre o acolhia, onde ele iria se alojar e fazer as refeições (e que refeições!: polenta, frango, lingüiça, crauti, etc...). O proprietário dessa casa recentemente havia instalado uma pia na cozinha para facilitar o trabalho da esposa. O franciscano que chegara cansado, acostumado com a recepção, sentindo-se em casa, resolveu lavar os pés para descansá-los um pouco. Sem a menor cerimônia descalçou as sandálias e meteu os pés naquela pia e os lavou com a maior naturalidade. Registre-se que esses frades de natureza complicada eram escalados para nos atender, provavelmente na intenção de desviá-los do trabalho na cidade, onde com certeza não eram benquistos. E foi assim que os pecados dos tiroleses foram expiados a duras penas. Dorival Correr

COUPEC - Usinagem de Peças coupec@ig.com.br (19) 3425-0044


03

Trentino

Parabéns Família

Parabéns!!!

Mais um Tirolês nasceu em 2014. No dia 17 Julinha Menina linda e simpática completa mais de janeiro Luca Arieta Correr será mais um a um aninho no próximo dia 18. aprender e divulgar a cultura do nosso bairro. Parabéns!!! Jean Felipe Todos AGI desejam ao garoto bom de bola feliz aniversário. Mais um ano de vida que se completou no dia 16 de janeiro

O Jornal da Colônia Tirolesa de Santa Olímpia ‐ Piracicaba ‐ São Paulo ‐ Brasil

Trentino Setembro / 2013 Edição Nº XXI

Parabéns bela Pietra, que no próximo dia 24 completa 03 anos de vida. Muitas felicidade, são os votos de sua família !

Nonos em festa!

Querido Ivan Que Deus ilumine seus caminhos e que você continue sendo este exemplo de determinação e amor em tudo o que faz. Somos privilegiados em termos você por perto a todo momento e poucas são as palavras para descrever aquilo que te desejamos. Com amor Aline e Luca.

Jornalista Responsável Fernando Galvão MTB 58854/SP 99677-3808

Parabéns Fernando e Catia

Arte Final & Diagramação Rodrigo D. Passarin 99358-2747 Colaboração: Ismael Degasperi, Thaís M. Stenico Everton Altmayer, Isadora Stenico, Patricia Degasperi, Bianca Forti, Dorival Correr, Elsa Pompermayer, Douglas S., Gilmar Custódio, Rafael Bitencourt.

Parabéns bela Pietra

Tia Catina e Sr. Giotti

No dia 07 fevereiro de 2014, dois lindos nonos de nosso bairro fizeram aniversário. Tia Catina completou 95 anos e o Geno, 85. Parabéns e que vocês dois continuem esbanjando saúde e alegria para toda comunidade de Santa Olímpia.

Rodrigo Stenico

No dia 23, nosso irmão Rodrigo Stenico se consagrou a Deus de forma definitiva. Ele fez os votos de Castidade, Pobreza e Obediência em perpétuo na Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo. Os votos não são castração, mas uma forma plena de liberdade, pois faz do consagrado uma pessoa que quer amar todo ser humano da mesma maneira, que quer se relacionar com os bens materiais de forma desprendida e que quer fazer da sua vontade a vontade de Deus. Sabemos das inúmeras dificuldades que ele encontrará, pois na sociedade contemporânea predomina-se a cultura de morte, o individualismo, o narcisismo, o culto ao dinheiro entre outros males. Por isso, vamos rezar diariamente para que ele consiga ser fiel a sua decisão e possa ser feliz e realizado na sua vocação.

No dia 12 de fevereiro de 2014, o casal Fernando e Catia completam 3 anos de união matrimonial. Parabéns e Muitas Felicidades!!!! Parabéns

Curta e compartilhe informações atualizadas de Santa Olímpia

As matérias assinadas são de inteira responsabilidade do autor. O conteúdo dos anúncios publicados são de inteira responsabilidade das empresas que os publicam

Impressão: A Tribuna Distribuição: Direcionada Tiragem: 1000 exemplares

jornalotiroles@gmail.com

Teodosio S t e n i c o completa mais um ano de vida neste dia 15 de fevereiro

Sr. Geno e sua esposa Sra. Iracema

PORTÕES AUTOMÁTICOS - ALARMES - CERCAS ELÉTRICAS - CIRCUITO FECHADO DE TV Fone: (19) 3927.3929 / 3035-3929 - Cel: (19) 9781.6527 Rua Dona Eugênia, 511 - São Dimas

betoportao@hotmail.com

Rodrigo entre os avós Sr. Tarcísio e Dª Nena


04

Trentino

Visita ao Príncipe dos Poetas de Piracicaba Nos primeiros dias de 2014, precisamente no dia 04/01, eu e nosso amigo Everton Altmayer fomos fazer uma visita a uma ilustre personalidade de nossa colônia tirolesa e de nossa cidade. Esse senhor é o Príncipe dos Poetas de Piracicaba, o Sr. Lino Vitti. Sentando na sua cadeira na sala de visitas, Lino nos contou várias histórias sobre Santana e Santa Olímpia de antigamente. Um senhor que, do alto de seus 93 anos, fala de maneira rebuscada e até sabe usar o computador, com o qual escreve suas tão conhecidas poesias. Apesar de podermos encontrar várias biografias Por Adriano Perina desse ilustre senhor pela internet, as quais mostram seus inúmeros trabalhos com a escrita e nos órgãos públicos de nossa cidade, em nossa conversa quisemos saber um pouco mais sobre as lembranças de sua infância na Colônia Tirolesa de Piracicaba. Em uma dessas memórias, Lino nos contou sobre a capelinha de Santa Cruz, que existia no Caiapiá, sobre a qual o Dorival Correr escreveu em uma de suas histórias, e a qual servia como parada e abrigo aos viajantes que por aqui passavam. Em sua sala, há uma pintura recordando essa capelinha. No desenrolar da conversa, Lino se lembrou dos tempos de escola e da infância vivida na comunidade, contando com carinho das suas caçadas e das cevas que fazia pelas capoeiras com seus amigos de Santana e de Santa Olímpia, e dos tempos de seminário que compartilhou com amigos como o Egídio Degasperi, o qual visita até hoje aos domingos.

Visita de Everton Altmayer e Leonardo Degasperi ao Tirolês Sr. Lino Vitti, O Principe dos Poetas de Piracicaba É com imenso prazer que a equipe do Jornal O Tirolês publicará mensalmente as preciosas linhas escritas por nosso Príncipe dos Poetas de Piracicaba. Agradecemos muito sua colaboração Sr. Lino Vitti

MINHA POBRE PARTICIPAÇÃO Lino Vitti (Príncipe dos poetas de Piracicaba)

Capelinha de Santa Cruz - Caiapiá Ao saber que entendíamos o dialeto, Lino começou a falar em tirolês e nos contou de seus avós, Angelo (Angel) Vitti e Giorgio (Zorz) Vitti, de seu bisavô Bortolo e de outros vèci de Santana daqueles tempos, que tinham grande orgulho por serem Tiroleses e demonstravam profunda reverência pela figura do Imperador austríaco Francesco Giuseppe, o qual também era muito admirado pelos nossos nonos. Aos treze anos, Lino Vitti foi para o seminário e, posteriormente, seus pais que moravam no “grupo”, ao lado da atual escola, mudaram-se para o centro de Piracicaba. No entanto, sempre mantiveram o contato com seus parentes em Santana e em Santa Olímpia e sua recordação de infância nos mostra a Santana de sti ani (antigamente), simples, pequena e feliz, como também era nossa Santa Olímpia. Foi uma manhã muito agradável, ainda mais por poder começar o ano novo com uma visita dessas, na qual pudemos conversar com alguém tão experiente e instruído, e conhecer um pouco mais sobre nossa identidade e história. Leonardo Degasperi

Convidado a colaborar para este mensário, produto da cultura jornalística dos intelectuais de Santa Olímpia, faço-o iniciando com esta crônica, misto de saudade e dever. Saudade, porque nasci por aquelas paragens, exatamente onde hoje se localiza o prédio do grupo escolar que distribui saber aos moradores não só do mencionado bairro, mas aos de Santana, Fazenda Negri, Glória, Boavinha e redondezas. Devo lembrar a figura de meu pai, José Vitti (Bépi) praticamente dono da idéia da construção de um prédio para o grupo escolar, acolhida de imediato por todos os moradores e aprovada pela Delegacia de Ensino de Piracicaba. Tudo, ao que indicava, recebida e louvada pelas famílias que veriam empurrada para longe a ignorância e incultura. Dever, porque é obrigação de quem recebeu as possibilidades de ser hoje um “Príncipe dos Poetas de Piracicaba”, um jornalista, aposentado do JORNAL DE Piracicaba e como Diretor da Secretaria da Câmara de Vereadores também da nossa cidade, santuário de cultura e onde florescem escolas famosas mundialmente, como a Luiz de Queiroz, – dever repito – que não pode ser ignorado nem jogado para trás. E se alguma cultura eu tenho e procuro repassar, devo-a sem dúvida aos primeiros mestres de escola: dona Josefina, dona Mercedes, seu Euclides Orsi, dona Helena, Dona Valdomira, Prof. Paternack, aos diretores João Pecorari, e novamente prof. Euclides de Orsi, e ao zeloso servente meu caríssimo pai José Vitti, zelador daquele santuário escolar que desde 1923 até hoje distribuiu toneladas de ensinamentos a centenas e centenas aos chamados “tiroleses”. Devo certamente àqueles mestres o que hoje sou: príncipe dos poetas, autor de 7 livros de contos e poesia, aposentado em alto cargo do Poder Legislativo Piracicabano e como redator do Jornal de Piracicaba, jornalista amador, e ( agradeço a Deus)chefe de família cristão e feliz. Se os amigos me aceitarem como colaborador deste mensário valioso, sobretudo porque vem da singeleza e simplicidade da roça, prometo aparecer por estas belas e tradicionais páginas onde é manifesta a grandeza daqueles que amam as letras, a história, a cultura, a vida, os irmãos e irmãs em Cristo . E de certo, se o olhar que vem do Alto não deixar de me cobrir com a sua luz e inspiração, espero dos cultos leitores desta manifestação jornalística, a bem dizer, da roça, a graça de ser lido e compreendido e talvez ansiosos por nova colaboração. “Sia fata, lodata e eternamente exaltata, la volontá de Dio sopra tutte lê cose”.

DIVINO PAI ETERNO O Santuário Basílica do Divino Pai Eterno representa um pedacinho do céu no coração do Brasil. Um lugar sagrado onde Deus se comunica com os homens. Espaço acolhedor que revela de maneira singular o amor misericordioso do Senhor. Em Trindade (GO), a Casa do Pai representa a fé dos fiéis em uma emocionante devoção que começou por volta de 1840.

Todos os anos Odila Correr Passarin e Odete Correr Licere, organizam excursões para Trindade (GO). ``Para o conforto de todos, a longa viagem é realizada durante a noite em ônibus especiais e confortáveis``explica Odila.

A próxima excursão será de 23 à 26 de maio de 2014 e os interessados podem entrar em contato pelos telefones (19) 3421.8967 / 3423.2928.

Construa, reforme ou amplie seu imóvel

CONSTRUCARD Rua Nilo Peçanha, 636 - Vila Sônia - Piracicaba - São Paulo


05

Por Fernado Galvão Fotos Fernando Galvão

Nesta edição, “O Tirolês do Mês” traz uma matéria para lá de especial com um nono muito simpático. Trabalhou na lavoura, tentou ser padre e tem muita história engraçada. Conheça um pouco mais de Egídio Degasperi de 89 anos.

Quando chegamos à sua frente e perguntamos se está tudo bem, ele é categórico e responde. “Não! Velho e sem dinheiro, como haveria de estar bom?”. Uma brincadeira de um dos mais simpáticos e alegres nonos de Santa Olímpia. Como todos os nonos, trabalhou na lavoura e tentou ser padre, mas se lembra de um Padre Italiano, bem invocado, de nome Olímpio Olivieri. “Me mandou embora por nada. Estava há três anos. Acho que tinha vocação para ser padre, mas ele não deixou. Eu era só um pouco sapeca e por isso vivia lavando pratos como castigo”, recorda Egídio. Com o fim do sonho, retornou para a lavoura e para Santa Olímpia. No bairro foi muito feliz e em uma das festas conheceu

“Tenho que vigiar os dois bares, pois são dos meus filhos. Vou num bar e tomo um copinho, no outro mais um copinho e por ai vai”

sua esposa Elisa. São 67 anos de casados, somando 13 filhos, 13 netos e um bisneto. “Aqui tenho tudo o que preciso. Minha casa, a família e meu vinho”, comenta. Na época de “vacas magras” foi trabalhar no Pará em uma mineradora de Volframita (minério de tungstato de ferro e manganês). Dormia no meio da selva. No tempo de folga, bebia e cantava. A assombração da floresta, no entanto, era a temida onça. “De noite ouvíamos o ronco do bichano. Cheguei e vê-la umas três vezes. Duas pardas e uma onça pintada”, afirma. Foram quatro meses no meio do mato, até que foi picado pelo mosquito palha, pegou Leishmaniose e voltou para casa. Amante da leitura e do teatro se juntou aos amigos Chico, Nilo, Cob e Fideles para fazer arte em Santa Olímpia. “Eram grandes apresentações. O bairro não tinha muito divertimento e nossos teatros eram verdadeiras atrações. Lotava de gente. Era mágico”. Ele lembra que antigamente havia só quatro festas. Duas em Santa Olímpia e duas em Santana. “Hoje tudo é muito diferente. Crescemos, o bairro ficou mais rico e temos condição de sair e ir para outros lugares. Mas nossas festas continuam sendo especiais”, garante Egídio, que não perde uma festa e adora uma cantoria. Atualmente, o encontramos sempre na praça, tomando seu vinho e conversando com os amigos. “Tenho que vigiar os dois bares, pois são dos meus filhos. Vou num bar e tomo um copinho, no outro mais um copinho e por ai vai”, se diverte.

XV de Piracicaba e os Tiroleses Moradores de Santa Olímpia são apaixonados por futebol, principalmente pelo XV de Piracicaba. Na foto, é possível ver os tiroleses na Vila Belmiro, na estreia da equipe no Campeonato Paulista de Futebol 2014. Na outra foto, Genésio Forti e Edval Correr, trabalhando de gandula nos jogos do XV no Barão da Serra Negra.

Você que ganhar uma camisa do XV de Piracicaba? Todo mês o Jornal O Tirolês em parceria com a Deffende, realiza um sorteio de uma camisa do XV de Piracicaba. Partcipem!!! Colaborem e Boa Sorte!!! Confira a vencedora do mês de janeiro na página 11.


08

Trentino

Cultura

Por Rafael Bitencourt

SEMAC abre inscrições para Palco 2 da Virada Cultural Paulista 2014 Mais uma vez palco contemplará bandas e artistas de Piracicaba na grande maratona cultural A SEMAC (Secretaria Municipal da Ação Cultural) recebe a partir do dia 03/02 materiais de bandas e artistas piracicabanos interessados em se apresentar no Palco 2 do Engenho Central na Virada Cultural Paulista 2014, que acontece em maio deste ano. Os interessados devem enviar à sede da SEMAC (no Engenho Central), portfólio contendo currículo da banda ou artista, CD(s), DVD(s), fotos, cartazes, programas, links e quaisquer outros materiais ilustrativos que demonstrem a sua atuação. O período de inscrições vai de 03 a 28 de fevereiro, de segunda a sexta-feira das 9h às 16h. “O Palco 2 da Virada Cultural Paulista em Piracicaba é uma experiência incrível, em que artistas locais dividem espaço com artistas consagrados, que se apresentam no Palco 1. É algo que vem dando muito certo e, por isso, daremos continuidade em 2014. Em todas as edições temos selecionado bandas e artistas de nossa cidade com trabalho destacado, que vêm proporcionando grandes shows no evento. A expectativa para esse ano é de manter esses ótimos indicadores”, afirma a secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese. As bandas e artistas serão selecionados pela equipe organizadora da Virada Cultural Paulista 2014 e haverá ajuda de custo simbólica para os que se apresentarem. Os critérios de seleção serão os seguintes: prioridade para trabalhos com teor autoral; ser de Piracicaba e apresentar material que demonstre continuidade possível em sua trajetória; que tenham estilos afins à programação e público-alvo estabelecidos pela Secretaria de Estado da Cultura para o Palco 1; prioridade às bandas e artistas que não se apresentaram na Virada Cultural Paulista nos anos anteriores. Os materiais de bandas e artistas devem ser entregues na sede da Semac (avenida Maurice Allain, 454, Engenho Central). Para mais informações o telefone é (19) 3403-2600. PALCO 2 EM 2013 – Além das atrações do Palco 1 do Engenho Central – definidas pela Secretaria de Estado da Cultura –, para valorizar ainda mais os artistas piracicabanos, além de disseminar a cultura local, o Engenho Central contou mais uma vez na última edição da Virada, em 2013, o Palco 2, com grandes atrações musicais locais. Naquele ano, se apresentaram Marcio Sartório, Kilohertz, Caibro Rock, Ricardo Leoni, Magnéticos e Grupo Cantoá. O Palco 2 da Virada Cultural Paulista no Engenho Central foi criado em 2011 com o objetivo de contemplar os artistas piracicabanos. RECORDE DE PÚBLICO – Em 2013, Piracicaba garantiu o primeiro lugar em público entre os 27 municípios que sediaram a Virada Cultural Paulista, evento do Governo do Estado de São Paulo, com execução da APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) e correalização da SEMAC (Secretaria Municipal da Ação Cultural). Segundo números divulgados pela organização do evento, foram 164 mil pessoas presentes nas 90 atrações gratuitas, que aconteceram das 18h do sábado (25 de maio) às 18h do domingo (26 de maio) na cidade. SERVIÇO Os materiais de bandas e artistas interessados em participar do Palco 2 da Virada Cultural Paulista em 2014 devem ser entregues na sede da SEMAC (avenida Maurice Allain, 454, Engenho Central) de 03 a 28 de fevereiro de 2013, de segunda e sexta-feira das 9h às 16h. Para mais informações o telefone é (19) 3403-2600.

Os Magnéticos e Kilohertz foram atrações do Palco 2 em 2013

Fotos: Bolly Vieria

Associação de Santa Olímpia Embora publicado na edição do jornal “O Tirolês” do mês de fevereiro de 2013, alguns moradores estavam questionando que não sabiam os nomes dos componentes da atual Associação do bairro. Desta forma, este periódico traz, novamente, quem é quem na entidade. MEMBROS DA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DE SANTA OLÍMPIA 2013/2014

Presidente: Valdemar Correr; Vice-Presidente: Daniel José Forti Tesoureiro: Edilson Stenico Secretária: Ana Clara Degasperi Stenico Diretor de Patrimônio: Bernardo Pompermayer Diretor de Cultura: Adão Aparecido de Souza Cruz Diretor Social: Júlio César Marangoni de Souza Diretor de Esportes: Claudinei José Forti Suplente: Rinaldo Christofolletti Suplente: Valéria Correr Suplente: Marina Cristina Soares Stenico Fiscal: Adalberto Stenico, Evair Correr, Lilian Chistofolletti Cardoso Colaboradores na área cultural: Valeria Correr e Fabiana Correr Barreto Cruz Colaboradores na área social: Rinaldo Cristofolletti e Arnaldo Stenico Colaboradores na área esportiva: Ariovaldo Correr e Denilson Luiz Nazato

Placas indicativas A Prefeitura de Piracicaba atendeu a um pedido da Associação de Santa Olímpia e instalou algumas placas indicando bares, restaurantes e pontos turísticos do bairro. As placas estão em três línguas, além do português, o inglês e o dialeto tirolês. Alguns moradores reclamaram da altura que as placas foram instaladas, principalmente na praça central, fato que pode gerar acidentes com as crianças que ali brincam. Borrachas nas quinas devem ser colocadas para minimizar o problema.

Programação Cultural de Piracicaba ‐ FEVEREIRO 2014 De 03 a 07 de fevereiro Movimentação Cultural. Inscrições para oficinas em 2014. Local: Centros Culturais. Informações: 3403-2606 Dia 07, sexta-feira Exposição. “Conexão” - Luiz Gobeth (aquarelas), Roger Gobeth (desenhos). Local: Pinacoteca Municipal. Horário: segunda a sexta das 8h às 17h, sábados e domingos das 14h às 18h. Visitação: até 02/03 Dia 07, sexta-feira Música. Noite das Tradições. Local: Largo dos Pescadores. Horário: 21h Dia 15, sábado Exposição. 1ª Exposição Nacional - Arte sobre Caixa de Fósforo. Local: Casa do Povoador. Abertura: 09h. Horário: de segunda a sexta das 8h às 17h; sábados, domingos e feriados das 8h às 18h. Visitação: até 15/03 Dia 16, domingo Exposição. Sarau Musical “Influência do Jazz – Músicas Brasileiras”. Local: Museu Prudente de Moraes. Horário: 10h Dia 18, terça-feira Sarau Literário Piracicabano em Homenagem a Gilberto Gil e Maestro Osvaldo Nogueira. Local: Museu Prudente de Moraes. Horário: 19h30 Dia 28, sexta-feira Música. Carnaval das Marchinhas. Local: Largo dos Pescadores. Horário: 21h Confira a programação completa no site www.piracicaba.sp.gov.br

Tradição, Sabor e Cultura (19) 99185.8268 (19) 98191.9172 www.cafetirol.com.br Tradição, Sabor e Cultura

Trabalho e Sucesso!!!


09

Trentino

História do Tirol Cristóforo de Spaur

Christopher von Spaur

Bressanone (Brixen)

Prof. Everton Altmayer

Conheceremos nesta edição Cristoforo di Sporo ou Christopher von Spaur (1543 – 1613), bispo de Bressanone (Brixen), um conhecido personagem do Tirol. Nasceu em Burgstall e seu pai, Ulrich von Spaur, era capitão de Val di Non e Val di Sole (no atual Trentino). Sua mãe, Catarina von Madutz (Madruzzo) era irmã do renomado bispo de Trento, Cristóforo Madruzzo, que teve grande influência na educação e formação do sobrinho, levando-o por várias vezes a Roma, onde conheceu pessoalmente o papa. Aos 15 anos, Cristóforo de Spaur estudava junto aos Jesuítas em Louvain e, mesmo jovem, recebeu as ordens menores. Em 1559, com 16 anos, era cônego de Trento e Bressanone e, aos 22, trabalhava na catedral como comissário (vale lembrar que, naquela época, as pessoas eram muito mais “maduras” e o que hoje se conhece por adolescência era um conceito que sequer existia). Em 1570 foi ordenado padre e, em 1873, encontrava-se em Salzburgo onde foi ordenado bispo. No mesmo ano, assumiu a cátedra de Estrassburgo (hoje na França) e, após, assumiu a diocese de Gurk. Cristóforo tornou-se um homem culto, modesto e de uma austeridade indiscutível. Em 1575, participou de uma audiência com o Papa Gregório XIII. Dois anos depois, assumiu o governo da cidade de Graz (Áustria), onde trabalhou arduamente para frear a expansão do protestantismo que influenciava vários nobres (vale lembrar que, naquela época, quando um governante ou rei se convertia a determinada religião, ele obrigada toda a população de seu reino a se converter também). Em 1578, Spaur viajou até Roma para apoiar o plano do arquiduque Carlos da Áustria, que queria construir dioceses na Gorízia e demais terras sob o domínio austríaco. O Papa Clemente VIII manifestou seu interesse em eleger Cristóforo cardeal, mas este, em sua modéstia, negou o convite. Em 1601, Spaur foi eleito bispo de Bressanone/Brixen, renunciando dois anos depois ao cargo de bispo de Gurk. Ali, trabalhou junto ao bispo de Trento para que o Tirol ficasse livre da expansão do protestantismo e se destacou por sua piedade em favor dos pobres, doentes e necessitados. Faleceu em 1513 e foi sepultado na cripta da catedral local.

Notícias de Trento

La nossa parlada... Sti ani... Sti ani, quando eren tüti mateloti, magnaven polenta, luganega e brö brusà. Na volta en stimana ei fregoloti, per tüti no ghe n'era mai assà. Se eren, come dir, ma si.. poreti, eren almanco padroni de noialtri stessi e nol ghe mancava per lecar ei slefi galoni de galet, canederli e strangolapreti. Me nona, me ricordo, la fogava ndra le brase con na bachetela, e entant la smissiava la polenta gh'era la carne a böir ntela padela. Quande che la nona ne ciamava tüti ei matelòti ei se binava. Prima de magnar, na orazion e dopo l'era la festa del magnon! Se però qualche ròsco 'l retelava guadagnava subit el scorpelon perché la pöra nona la ne ensegnava che se anca poreti, mai fai malon! Adès che la storia l'èi cambiada, che no ghè pu ne fam ne patimenti me toca magnar poìna e panada... perche ensema ai ani l'èi nadi anca ei denti!

SANTA O LÍ M PIA

O calendário 2014 ilustrado com fotos dos nonos e nonas de Santa Olímpia foi notícia nos principais jornais de Trento, Jornal Adige e Jornal Trentino e também na revista Trentini nel Mondo. O calendário foi produzido através da parceria do Circolo Trentino, Igreja e Associação de Santa Olímpia, as fotos foram produzidas pelos fotógrafos Emerson Passarin e Rodrigo Passarin também responsável pelo projeto gráfico.

CALHAS ‐ CONDUTORES ‐ COIFAS

3421‐1648 / 99466‐2229 Av. Cristovão Colombo, 2148 - São Vicente - Piracicaba - SP ( Em frente ao portão da Klabin)

Fone: (19)

3402.6199

Rua São José, 477 - Centro terraplena.eng@terra.com.br

LOCAÇÃO DE MÁQUINAS E CAMINHÕES BASCULANTE


Trentino

Ciclistas em Santa Olímpia

Turismo

Mais de 120 ciclistas de várias regiões do estado visitaram o bairro de Santa Olímpia no último domingo, 09. Os esportitas percorreram 75km e escolheram Santa Olímpia como um dos pontos de descanso. Em nome do grupo, Edinho Fernandes, agradeceu a receptividade dos tiroleses e se disse surpreso com as belezas do bairro. “Em nome do grupo “Pedal no Mato” de Iracemápolis, quero dizer que a recepção de vocês foi fantástica. Já era de se esperar. Todos os bikers, de várias cidades da região, incluindo pessoas de São Paulo, adoraram. A maioria não conhecia o bairro e a tradição de vocês. Parecíamos estar em outro país quando chegamos em Santa Olímpia. Era perceptível no rosto de cada ciclista a surpresa e satisfação que compensou todo esforço e cansaço”, disse Fernandes.

Feliz 2014

10

Nossa Senhora Aparecida Thaís M. Stenico A Nossa Senhora Aparecida está peregrinando por Piracicaba e chegou ao bairro no último dia 11 de fevereiro sendo recebida com muita festa pelos moradores. Ao longo da semana teve, todos os dias, a benção especial. Ela fica em Santa Olímpia até o dia 16, quando será levada para a paróquia Imaculada Coração de Maria na Paulicéia.

Núcleo Comercial Tirolês Empresário de Piracicaba receberam no último dia 03 de fevereiro a vista do economista Washington José Pereira Marciano, gerente-executivo da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi). Na ocasião Marciano falou sobre o Projeto Empreender, que está chegando na cidade e tem o objetivo de apoiar o micro empreendedor. Ele explicou que o projeto será montado praticamente pelos empresários do bairro. “Aqui em Santa Olímpia temos um núcleo multi-setorial , ou seja, são vária atuações diferentes voltadas ao serviço. Esse grupo irá ver suas necessidades e vamos buscar cursos de aprimoramento. Estamos também disponibilizando nossa estrutura no centro da cidade”, explicou. Para o empresário de Santana e Santa Olímpia fazer parte do “Projeto Empreender” basta frequentar as reunião quinzenais no núcleo empresarial. Marciano afirma o curso é gratuito e não se faz necessário ser sócio da Acipi. “Queremos ajudar na evolução do comercio de nossa cidade. Não podemos estagnar. Santa Olímpia e Santana tem um potencial incrível para o comercio e principalmente o turismo rural, basta se qualificar e organizar”, afirma. Interessados podem comparecer na próxima reunião marcada para o dia 17 de fevereiro, às 19h30, no Bar da Márcia (Cucagna Secos & Molhados). O que é o “Núcleo Comercial Tirolês” A ideia da criação surgiu a partir da necessidade dos comerciantes de se posicionarem diante da sociedade local, diante do poder público, a fim de buscar melhorias na infraestrutura do bairro e principalmente para melhorar a visão comercial perante o publico alvo, através de ações e estratégias promovidas pelas parcerias com a Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Secretaria de Turismo de Piracicaba (Setur), Secretaria do Trabalho e Renda (Semtre), entre outros. MISSÃO: Promover a todos os empresários, dos bairros de Santa Olímpia e Santana, ações de melhorias empresariais , promovendo o comércio local através de orientações , divulgação da cultura local, oportunidade de negócios e parcerias. VISÃO: Fazer do núcleo uma organização referencia no apoio empresarial para os bairros Santana e Santa Olímpia, para que essas empresas possam se estabelecer localmente e serem competitivas em seus negócios. VALORES: União, prover a manutenção da cultura local, comprometimento, ética, inovação, busca pela qualidade constante, preocupação com o meio ambiente e trabalho com o social.

Ouçam os tambores, sinta a terra tremer, nem precisa perguntar pra saber que estamos chegando! Veja a bagunça, o barulho, entoamos nosso canto de liberdade! Esse é nosso jeito de ser, de mudar as coisas, e – mesmo desacreditados – acreditamos e lutamos por nossos sonhos, e continuaremos a gritar, a cantar, a bater pés e panelas, o mundo tem que nos ouvir. Ei, levante-se! O tempo é curto, e passar o dia todo na cama, reclamando e lamentando, não vai mudar o fato de que as coisas não estão bem. Abra-se para a vida, questione, não tenha medo, todos precisam te conhecer, saber o que você sente. Seus problemas não são só seus, estamos aqui pra compartilhá-los. Não adianta brigar com o vento quando é preciso enfrentar os moinhos. Olhar os moinhos também não ajuda. É preciso levantar, erguer sua espada e, apesar dos que te chamam de louco, enfrentar tudo aquilo que te aflige, vamos lutar! Somos como pássaros novos, precisamos aprender a voar, e não de uma gaiola que nos mantenha seguros, pois em algum momento os protetores deverão partir, e quem irá nos alimentar? De que terá servido tanta proteção, se no final morreremos presos, com fome e desamparados? Precisamos abrir nossas asas, fazer nossas escolhas e assumir as consequências... Precisamos de lições, mas queremos construir nossos próprios caminhos, sem gaiolas. Somos jovens, sim. Incontroláveis, sonhadores, anarquistas e contestadores. Estamos aqui pra fazer a diferença, mesmo que ela nem sempre agrade. Mudar incomoda, dá trabalho e exige esforço demais, mas é necessário fazer diferente, a mudança é necessária quando as coisas não estão bem. Errar e acertar são riscos da vida, não da juventude. Então tirem as vendas e abram bem os Torneio de Bocha seus olhos, pois estamos nos libertando, e já é tarde demais pra manter o controle. Se quiser nos siga, ou fique apenas observando e, em algum momento, tudo já será novo, diferente. Viemos pra mudar o mundo e é isso o que vamos fazer, custe o preço que nos custar, pagaremos moeda a moeda.


11

Trentino

Esporte

Noz Pecã ‐ Também uma árvore rara 1º Torneio de futebol ‐ 2014

Será realizado nos dias 16/02 e 23/02 o 1º Torneio de Futebol de Santa Olímpia 2014 Por Adriano Perina promovido pela Equipe de esporte da Associação dos Moradores. Os jogos foram definidos através de sorteio com os representantes de cada equipe participante : 16/02 – 14:00 hrs. : Boca Juniors x Santa Olímpia (1º Jogo) 16/02 – 15:30 hrs. : Guerreiros do Monte x Maceió (2º Jogo) 23/02 – 14:00 hrs. : Perdedores do 1º e 2º jogo 23/02 – 15:30 hrs. : Vencedores do 1º e 2º jogo Os prêmios serão troféus para o 1º, 2º e 3º lugar.

1º Torneio de Voleibol de areia – 2014 A equipe de esporte da Associação de Moradores convida a comunidade a participar do 1º torneio de voleibol de areia que será realizado nos dias 16/02 e 23/02 das 9:30 até as 12:00 hrs na praça esportiva Simão Stenico. As equipes serão por duplas e deverão dar seus nomes para Claudinei, Delão ou para o Ari. A competição será por eliminatórias. Os prêmios serão troféus para o 1º, 2º e 3º lugar. As inscrições serão até dia 14/02. A Faixa etária dos competidores será dos 10 aos 12 anos; 13 aos 15 anos e a partir dos 16 anos. As duplas podem ser mistas. Pedimos a todos que participem para que assim possamos promover novos esportes no nosso bairro, além do futebol.

8ª Copa Rio das Pedras de Futebol de base 2014 Tem início no próximo dia 15 e o time do União Trentina terá representantes nas categorias sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17. As partidas serão disputadas no Estádio Municipal de Rio das Pedras. Boa sorte aos jovens atletas tiroleses.

Camisa do XV Vanilda Sousa foi a grande sorteada na rifa da camisa do XV no mês de janeiro. Quem recebeu o manto alvinegro foram suas filhas e neto. Parabéns! Continue contribuindo com a rifa em prol do Jornal “O Tirolês”.

Promoção de Volta as Aulas. Sócios do Circolo Trentino apresentando carteirinha tem 10% de desconto na compra de Material Escolar a vista. Temos uniforme da Escola Samuel de Castro Neves.

(19) 3425-0640 (19) 3425-0188

Por Gilmar Custódio Com a publicação do texto sobre a árvore imensa, localizada na parte alta do nosso bairro, muitas pessoas passam olhando para o alto, admirando‐a, outras me cumprimentaram pela sensibilidade em descrevê‐la, outras no entanto me corrigiram dizendo se tratar na verdade de uma Noz Pecã, confesso que desconheço este tipo árvore, mas por se tratar de pessoas com profundo conhecimento em botânica, devo aceitar que a mesma é realmente uma nogueira, mas isso não muda em nada a minha admiração por ela, pois parodiando e mudando um pouco a letra da musica da Cássia Eller, digo ‐ Eu sou poeta e não conheço a verdade. A quem diga que já houve outros exemplares plantados em nossa comunidade, mas devido suas raízes serem enormes, com medo que as mesma danificassem suas casas, elas foram cortadas. Só espero que esta em questão não venha atingir a minha residência.

Água O bairro de Santa Olímpia sofre com a falta de água há muito tempo. Em janeiro, o jornal entrou em contato com a Gazeta de Piracicaba e conseguimos uma matéria falando sobre o problema, que foi publicada no dia 15 de janeiro. A maior dificuldade está na parte mais alta do bairro. A falta de válvulas de retenção na canalização das duas caixas d´água faz com que a água desça rapidamente para a parte de baixo do bairro, deixando a parte de cima, muitas vezes sem água. Outro fator é que a canalização ultrapassada na parte antiga do bairro faz com que muita água seja desperdiçada. Segundo o presidente da Associação de

Santa Olímpia, Valdemar Correr, contatos frequentes com o Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae) estão sendo feitos para tentar solucionar os problemas.

Susto em Santana Na noite do último dia 27 de janeiro, o bairro de Santana levou um grande susto. Um vendaval derrubou árvores e destelhou casas. Segundo o Corpo De Bombeiros não houve feridos, apenas danos materiais. Foto: Cris Vitti

Fone: (19) 3425-0056

(19) 3435-9457 | 3435-9443 deffende@deffende.com.br Rua Visconde do Rio Branco, 801 Bairro Alto - Piracicaba / SP


12

Trentino

Padre Gabriel

Fotos: Fernando Galvão

Por Ismael Degasperi Comemoramos com a comunidade no dia 12 de janeiro, a festa de aniversário do nosso querido Padre Gabriel Correr. Há muito tempo que não se fazia realidade, o encontro de tantos sobrinhos e parentes, para uma festa tão alegre e bonita. Figura carismática, autentico e justo, Pe Gabriel sempre foi um lutador e grande trabalhador na busca de suas ideais. Como professor lecionando para leigos, até hoje há alunos que o procuram para conselhos e por amizade. Queremos agradecer a todos que nos ajudaram a tornar aquele dia tão agradável.

CREPAN INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ARTEFATOS DE CIMENTO MATERIAIS ELÉTRICOS E HIDRÁULICOS

FONE: (19) 3425-1842

FAX: (19) 3425-2804

POSTES DE ENTRADA DE ENERGIA, LAJES PRÉ FABRICADAS, MOURÕES PARA RANCHO, PÉRGOLAS, ALAMBRADOS, ANÉIS PARA POÇOS, TANQUE MOTORIZADO, TUBOS DE CONCRETO, VASOS E OUTROS ARTIGOS DE CIMENTO

www.crepan.com.br

-

crepan@ig.com.br

RODOVIA PIRACICABA / CHARQUEADA, KM 175 - SANTA TEREZINHA - PIRACICABA - SP

www.viacaostenico.com.br Santa Olímpia - Piracicaba - São Paulo (19) 3425-0030


Fevereiro de 2014