Page 1

Primaz da IEAB na 79ª Convenção Geral da TEC

Igreja Episcopal Anglicana do Brasil - Diocese Meridional

Paróquia de Todos os Santos Rua Bauru, 263 - Canudos - Novo Hamburgo/RS Boletim Paroquial - Agosto de 2018

O Bispo Primaz da IEAB, Revmo. Naudal Alves Gomes, esteve na cidade de Austin, no Estado do Texas, nos Estados Unidos, para presenciar a 79ª Convenção Geral da Igreja Episcopal (The Episcopal Church – TEC), que aconteceu entre os dias 5 e 13 de julho. Foram momentos de profundo diálogo e aprendizado, além de representar a Província do Brasil, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil. A Igreja Episcopal Anglicana do Brasil também esteve representada na Convenção pelo Bispo Mauricio Andrade, Sandra Andrade e Joanildo Burity. O grupo se uniu aos visitantes internacionais com a presença de 12 Primazes, cinco Secretários Provinciais, representante do Escritório da Comunhão Anglicana e bispos, clérigos e leigos da Comunhão Anglicana. Nosso Primaz destaca a forma calorosa

com que ele e os demais visitantes foram recebidos. “A impressionante palavra do Bispo Presidente e as reações positivas do plenário sobre as declarações, afirmações e reflexões, referindo-se a uma Igreja em movimento a serviço das pessoas mais vulneráveis, em defesa dos direitos e justiça. São caminhos que nós da IEAB nos identificamos. O segundo destaque foi ouvir as experiências de missão compartilhadas pelo GEMN, demonstrando entusiasmo na missão que é realizada em diferentes países. E, o terceiro destaque foi ouvir a experiência do Seminário de Virginia que tem uma presença na história da Igreja do Brasil.” Essa foi a primeira viagem internacional que o Bispo Primaz Naudal realizou após sua eleição no 34° Sínodo da IEAB, ocorrido entre os dias 30 de maio e 3 de junho, em Brasília.

Leituras recomendadas para os domingos de agosto (Ano B) 11º Domingo de Pentecostes – Dia 5 Êxodo 16:2-4, 9-15 Efésios 4:1-16 Salmo 78:23-29 João 6:24-35 12º Domingo de Pentecostes – Dia 12 I Reis 19:4-8 Efésios 4:25-5:2 Salmo 34:1-8 João 6:35,41-51

13º Domingo de Pentecostes – Dia 19 Provérbios 9:1-6 Efésios 5:15-20 Salmo 34:9-14 João 6:51-58 14º Domingo de Pentecostes – Dia 26 Josué 24:1-2a,14-18 Efésios 6:10-20 Salmo 34:15-22 João 6:56-69

Espiritualidade e Saúde, Despertando Dons Para Sustentação da Fé

No dia 28 de julho, na nossa Paróquia, foi realizado o Encontro de Espiritualidade e Saúde, Despertando Dons para Sustentação da Fé.

A promoção foi da UMEAB - União das Mulheres Episcopais Anglicanas do Brasil. Um momento importante para a comunidade.

O Santo Batismo

O Santo Batismo é o Sacramento da Iniciação Cristã. Pela Água e o Espírito Santo, a pessoa batizada nasce para uma vida nova e é enxertada no Corpo de Cristo, a Igreja. O batismo cristão é para ser administrado apenas uma única vez. (Loc pg 545) No domingo, dia 5 de agosto, aconteceu o Batizado da Luísa, filha da nossa irmã Scheila e Andrei Lairton Prunes, oportunidade para cada irmã e irmão fazer sua afirmação de fé e serviço.


Os Cristãos são chamados a testemunhar a Esperança Muitas vezes nós cristãos perdemos a coragem de testemunhar o amor de Deus, partilhamos conversas sobre todos os assuntos, mas quando se fala em religião, denominação, deixamos essa tarefa para os irmãos e irmãs evangélicos. Porém, é verdade que o mundo está sedento não de religião, ou denominações, há milhares no mundo inteiro. Mas de testemunho de coragem, de Fé, de profecia, de denúncia e anúncio, das boas novas, da salvação, o mundo está sedento de justiça (imparcial, por favor) e de compaixão. Se hoje fôssemos desafiados a sair do nosso comodismo e ir para as ruas, certamente a palavra que se anunciaria seria esperança! “Esperança é acreditar que alguma coisa muito desejada vai acontecer. A esperança pode ser fundamentada (ou realística) ou baseada em alguma utopia, algo que dificilmente será alcançado.“ Mas nós, pessoas cristãs, encontramos a esperança na confiança em Deus, Senhor da Criação e das nossas vidas, acreditamos que Deus continua enviando ao mundo lideranças

O batizado de Luísa

No domingo, dia 5 de agosto, aconteceu o Batizado da menininha Luísa, filha da nossa irmã Scheila e Andrei Lairton Prunes. O Ofício do Batismo é sempre uma ótima oportunidade a toda congregação paroquial renovar os seus votos. Que Deus abençoe a Luísa e todos os seus familiares.

para restaurar o mundo. Elas são os luzeiros que precisamos descobrir, especialmente neste ano que seremos bombardeados por políticos com falsas promessas. Os cristãos na narrativa de Atos dos Apóstolos, mesmo sendo perseguidos, não deixam de testemunhar, a comunidade reconhece que a perseguição é a prova de que o testemunho deles é autêntico. Quem são os que são autênticos, quais as lideranças que nos representam na construção de um mundo melhor, de uma sociedade justa, de uma cidade onde reine a segurança e a paz? “Todos, então, ficaram cheios do Espírito Santo, e, com coragem anunciavam a palavra de Deus.” (Atos 4.31) Oremos para que o Senhor ilumine nossas mentes, renove a esperança no ser humano, e acabe com as nossas desesperanças. Texto da Revdª Carmen Etel Alves Gomes, publicado no livro Sementes de Meditações Diárias: Compaixão e Justiça Social, por Igreja Episcopal Anglicana do Brasil e Diocese Meridional.

O primeiro Bispo Episcopal brasileiro Um pouco de História da IEAB, neste mês em que lembramos o Bispo Athalicio Teodoro Pithan Athalicio Teodoro Pithan nasceu em Santa Maria/RS. Foi para o Colégio Cruzeiro do Sul em Porto Alegre onde se formou em Ciências e Letras, em 1918. Foi professor e secretário desse Colégio durante alguns anos. Cursou a Faculdade de Filosofia e Letras do Rio de Janeiro. Em 1921, ingressou em nosso Seminário Teológico, em Porto Alegre. Em 1924 foi ordenado diácono pelo Bispo Kinsolving. Serviu mais dois anos no Cruzeiro e foi elevado ao presbiterado pelo Bispo Thomas e por ele nomeado pároco da Igreja do Crucificado em Bagé/RS. Em 1931 bacharelou-se em Direito pela Universidade de La Salle nos Estados Unidos. Em 1937 representou a Igreja Brasileira na Convenção Geral reunida nos Estados Unidos. Nessa viagem recebeu o título de “Doutor em Teologia” (honoris causa) do Seminário Episcopal de Virgínia, Estados Unidos. Eleito para o Episcopado Sufragâneo, Pithan foi solenemente sagrado Bispo no dia 21 de abril de 1940. Em 1924, a Convenção Geral dividiu a Igreja no Brasil em três Dioceses. Pithan assume as

funções de diocesano da Diocese Meridional até 1956 quando se aposentou por motivo de saúde. Presidiu a 1ª reunião do Sínodo recém criado com a divisão em Dioceses, em abril de 1952, na Catedral da Santíssima Trindade em Porto Alegre/ RS. Escreveu entre outras obras: “História da Literatura Brasileira”, “O Romantismo e a Poesia brasileira”, “Labaredas (poesias)”, “Curso bíblico (2 volumes)”, “Meditações”, “Caminhos da Fé”, “O Divino Mestre”, “Lendas e Alegorias”, “Treze anos na Paróquia de Bagé”. Faleceu no Rio de Janeiro, mas foi sepultado em Porto Alegre. “A vida é uma bênção; a imortalidade uma dádiva do céu” (Meditações). (Texto extraido do blog da Paróquia da Virgem Maria-DM.)

Paróquia de Todos os Santos  

Boletim Paroquial - Agosto 2018, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Paróquia de Todos os Santos - Novo Hamburgo/RS

Paróquia de Todos os Santos  

Boletim Paroquial - Agosto 2018, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Paróquia de Todos os Santos - Novo Hamburgo/RS

Advertisement