Page 1

LOREM IPSUM DOLOR SIT AMET CONTUR *editado em 14/02/2014


Programa de Sanidade dos Aviários Após a saída de um lote, o aviário deverá ser preparado para a recepção de novas aves (pintainhos). Deve ser assegurado que o local esteja limpo, sem a presença de aves e animais domésticos cumprindo o

procedimento de todos dentro / todos fora. Durante este período devem ser realizados os procedimentos de fermentação de cama (limpeza e desinfecção) do galpão e dos equipamentos.

Após a saída de um lote, o aviário deverá ser preparado para a recepção de novas aves.

saída de lote

limpeza do local

fermentação de cama

limpeza do equipamento


6.4 Limpeza dos reservatórios e caixas d’água de bebida e medicamento Os reservatórios de abastecimento do aviário devem ser lavados e desinfectados no mínimo uma vez ao ano. Recomenda-se que os res-

ervatórios possuam capacidade para atender 24 horas de consumo, abastecendo constantemente os bebedouros.

Reservatório Quantidade de aves

Mínimo

Até 12.000

5.000 L

12.001 à 14.500

7.500 L

15.000 à 18.000

10.000 L

18.500 à 24.000

15.000 L

Acima de 25.000

20.000 L


8.2 Manejo de 21 dias até pré-abate O objetivo do manejo nesta fase é de proporcionar o maior conforto possível

Os comedouros devem estar regulados entre 05 e 07 cm de altura (sistema manual de abastecimento) em relação à cama. Diariamente o funcionário deve estimular o consumo de ração mexendo os comedouros várias vezes caso a temperatura esteja mais amena ou quando necessário o estímulo de consumo. O sistema de bebedouros deve ser mantido de acordo com o tipo (pendular ou nipple). No caso do sistema tipo pendular, recomendase à altura do dorso da ave

para as aves, favorecendo o desempenho final do lote antes do abate.


LOREM IPSUM

LOREM IPSUM

LOREM IPSUM

LOREM IPSUM

LOREM IPSUM


Rastreabilidade Para obter êxito em toda a cadeia da produção, são necessários controles e registros que garantam a rastreabilidade desde a obtenção dos pintainhos, ração e medicamentos administrados até a entrega da ave na plataforma de abate, conferindo segurança ao produto final permitindo a rastreabilidade total. Caso ocorra algum problema, a rastreabilidade permite que sejam facilmente localizados e corrigidos. Os pintainhos possuem número de lote, facilitando o controle e rastreabilidade do lote alojado. O rastreamento é realizado pelo Relatório de Entrega e de Vacinas que são emitidos pelo incubatório, através desses documentos é possível rastrear desde à


origem da matriz até o nascimento do pintainho. O fornecimento de ração é proveniente de fábrica registrada no MAPA que segue o manual de Boas Práticas de Fabricação (BPF), conforme Instrução Normativa nº 04, de 23 de Março de 2007. Os produtos utiliza-

dos na fabricação de ração seguem legislação vigente e são mantidos procedimentos de rastreabilidade quanto à seu uso. Os ingredientes são analisados frequentemente garantindo a inocuidade do produto final. As rações fornecidas são balanceadas de acor-

Para obter êxito em toda a cadeia da produção, são necessários controles e registros que garantam a rastreabilidade do com a fase de crescimento da ave (pré-inicial, inicial, crescimento e final). Na fase final em específico, é proibido o uso de medicamentos, ou seja, são livres de antibióticos, anticoccidiostáticos e melhoradores de crescimento. saída de lote

limpeza do equipamento


Uma inciativa :

14 capa  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you