Page 1

REVISTA

www.revistabocha.com.br

Edição Especial RS

33

Junho de 2012 R$ 6,00

Sucesso na bocha Campeonatos gaúchos têm participação recorde no primeiro semestre


Ponteando

Trocando Bochas

Nesta Edição...

Davi Lima de Oliveira

Nosso compromisso A Revista Bocha tem como compromisso promover e divulgar a cultura popular da bocha, dando maior cobertura aos eventos oficiais. Para tanto, potencializa e resgata o valor das entidades e atletas credenciados às Federações e Confederações do esporte. Isto incentiva novos atletas, reforça a disciplina e o bom comportamento, valoriza as emoções, gestos e seus significados. Ao fazer isto, denuncia o preconceito, em forma de silêncio, dos grandes meios de comunicação, ao exigir respeito com o segundo esporte mais praticado no Estado. Lembra que o esporte da bocha é um fenômeno cultural que não vem da escola, mas sim de uma tradição passada de pai para filho. Consciência Reflexiva Esta publicação, por tanto, tem a pretensão de ajudar a aguçar e melhorar a consciência reflexiva e coletiva dos amantes da bocha. Ressalta que é possível criarmos as condições objetivas, para melhor divulgar a bocha. Acreditamos na capacidade humana de modificar a realidade, precisamos é gerar novos comportamentos, emoções e significados para vivenciar experiências que o esporte da bocha nós dá. O carpete salvou a bocha Um estudo de consciência como falei acima, proporciona outras aproximações e olhares sobre o crescimento da bocha e o retorno de grandes atividades no Rio Grande do Sul. Refletindo sobre a aplicação da Regra Mundial no Brasil, igualando nossa Bocha ao mundo globalizado onde as partidas são disputadas com mais inteligência e emoções, sem falar e claro, da importância que o carpete deu a este contesto com rapidez e agilides nas disputas das partidas. Dignidade e Consciência Neste contexto, é importante considerar o principio da autodeterminação progressiva que como dirigentes tivemos de assumir, lembrando que fomos capaz de fazer escolhas, e assim, participar da mudança profunda da bocha como protagonista e conviver com alguns que não aceitando mudanças, pararam no tempo, no entanto, somos conscientes que todas as mudanças são sempre traumáticas, mas hoje, tenho certeza que contribuímos com a nossa individualidade para a coletividade da bocha como um todo. A importância da FGB na bocha Nesta edição especial, resaltamos os avanços e modernização da Federação Gaucha de Bocha e sua importância para esse esporte, focamos as matérias em todas as atividades que a Federação esteve presente, como protagonista ou como apoiadora e ainda publicamos uma matéria sobre a bolsa atleta e seu significado na vida dos atletas.

CAPA Bolsa atleta pode beneficiar 13 atletas gaúchos

12 Industrial conquista o tetra na Taça Brasil de Clubes Campeões

06 - Inovações na bocha gaúcha 08 - Regionais em todo Rio Grande 14 - Bochófilas são homenageadas na serra 15 - Vanice é campeã no Individual Feminino 18 - Dia da bocha tem recorde de clubes 20 - Nova Marcação das Canchas 21 - Calendário da Bocha 22 - Imagens do esporte

Expediente Publicação: Editora Margem Esquerda

Periodicidade: Trimestral

Diretores: Mariana Peruffo de Oliveira Natasha Peruffo de Oliveira Davi Lima de Oliveira

Circulação: Nacional

Redação, revisão e editoração: Fernanda Nascimento Laion Espíndula

Impressão: VT Propaganda Tiragem: 3 mil exemplares Edição nº 33 Junho de 2012

Endereço: Rua dos Andradas, 1137, sala 2102 Centro - CEP: 90020-007 Porto Alegre - RS (51) 3026 3856 / (51) 9959 1999 E-mail/Site:

falecom@revistabocha.com.br assinatura@revistabocha.com.br

www.revistabocha.com.br

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br

3


Incentivo

Bolsa atleta na bocha 13 atletas do Rio Grande do Sul estão inscritos no programa do Ministério do Esporte

Gurizada da seleção gaúcha juvenil conquistou o campeonato brasileiro em 2010 e agora aguarda os trâmites para receber o benefício do Bolsa Atleta

Receber um auxílio financeiro mensal do governo federal, durante 12 meses, para jogar bocha. O que parece um sonho está prestes a se tornar realidade para 13 atletas do Rio Grande do Sul, que estão inscritos no Programa Bolsa Atleta, do Ministério do Esporte. Eles estão na primeira etapa do processo e aguardam a análise da documentação para seguir as demais etapas. “O Bolsa Atleta vai ajudar a me dedicar ainda mais ao esporte”, acredita Everson Viana, o Pequeno. Atleta do Bochófilo, de Porto Alegre, ele integrou a seleção gaúcha que conquistou a terceira colocação no brasileiro em 2010. A expectativa de Pequeno em seguir no esporte está dentro da proposta do Bolsa Atleta, segundo o Ministério do Esporte, já que o programa visa dar condições para que os atletas se dediquem ao treinamento esportivo e a participação em

4

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

competições, visando o desenvolvimento pleno de sua carreira. Segundo o presidente da Federação Gaúcha de Bocha, Davi Oliveira, o Bolsa Atleta é mais uma oportunidade de valorização dos atletas e crescimento do esporte. “Isso qualifica os atletas pelas disputas nacionais e internacionais. É uma forma de incentivo”, disse. Para se inscrever no programa o atleta deve ter participado de eventos nacionais ou internacionais e obtido entre a 1ª e a 3ª colocação, representando seu clube, estado ou país. Para o processo seletivo de 2012/1 os candidatos devem ter obtido estas classificações em 2010. Assim, atletas que conquistaram colocações de destaque em 2011 poderão solicitar Bolsa Atleta em 2013. Diversos campeonatos dão direito ao Bolsa Atleta, que pode ser disputados através de participa-

ção nas seleções estaduais ou nacional e também através de títulos nos campeonatos Taça Ouro Masculino e Feminino. Além de Everson, os jovens Maikel Chimanorski de Souza, Ijui, Lucas Dambros, de Passo Fundo, Sandro Lazzari e Vagner Lazzari, de Garibaldi, Pietro DAnieli, Eduardo Matuela e Joel Branchini, de Carlos Barbosa, concorrem a uma bolsa pela participação na seleção juvenil, que conquistou o primeiro lugar no brasileiro de 2010. Os atletas Volnei Branchi, Marco Antonio Nalin, Robson Cavagnolli e Aléssio Jr. Rombaldi, de Garibaldi, Daniel Castro Abruzzi, de Caxias do Sul, estão inscritos por terem obtido a 3ª colocação no Brasileiro de Seleções Masculino. Além deles, os atletas Dyonathas Crivelaro Sacilotto e Lisandra Treiches Rizzon concorrem a bolsas por participação em eventos internacionais.


Incentivo

Atletas reconhecidos na bocha do estado integraram a Seleção Gaúcha Masculina que conquistou a terceira colocação no Brasileiro de Seleções em 2010

Campeonatos que dão direito ao Bolsa Atleta NACIONAIS Taça Brasil de Clubes - Masculino e Feminino Campeonato Brasileiro de Seleções - Masculino e Feminino Campeonato Brasileiro de Seleções Juvenil - Masculino Campeonato Brasileiro de Seleções Master - Masculino e Feminino INTERNACIONAIS Campeonato Mundial de Clubes - Masculino e Feminino Campeonato Mundial de Seleções - Masculino e Feminino Campeonato Mundial de Seleções Juvenil - Masculino Panamericano disputado pela atleta Lizandra, integrante da equipe brasileira

Campeonato Sulamericano de Seleções - Masculino e Feminino

Junho de 2012| www.revistabocha.com.br

5


Identificação de atleta Agora, cada jogador do Rio Grande do Sul tem sua carteira de bochófilo federado Uma identificação para os bochófilos. Desde o início de 2012 a Federação Gaúcha de Bocha inovou e criou uma carteira para os atletas federados na entidade. A novidade substitui a apresentação de fichas no momento dos jogos oficiais e dá mais praticidade e agilidade ao processo. Além disto é uma forma de mostrar ainda mais o orgulho de ser bochófilo.

6

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

“A carteirinha dá um sentido de organização e possibilita que o atleta se apresente como atleta federado em todos os lugares, o que era inviável com as fichas”, afirma o presidente da Federação Gaúcha de Bohca, Davi Lima de Oliveira. Atualmente 210 clubes estão inscritos na Federação Gaúcha de Bocha, que tem 26 mil atletas.


Inovação

Mais e mais novidades no esporte... Federação Gaúcha de Bocha implantou muitas alterações nos últimos dois anos SEDE A maior mudança ocorrida na Federação Gaúcha de Bocha foi a alteração do local sede. Há um ano a entidade saiu da Galeria do Rosário, no centro de Porto Alegre, para uma bela casa no Jardim Botânico. A mudança de ambiente fez com que os bochófilos retornassem para a casa da bocha gaúcha. A alteração ocorreu em função da inadequação do ambiente da Galeria do Rosário para acomodar e receber os amantes do esporte.

TABELA DE JOGOS A ampliação da tabela de jogos proporciona maior visibilidade, clareza e credibilidade para os campeonatos. Com a tabela ampliada todos po-

Mudanças que beneficiam dem acompanhar as diversas etapas dos jogos e saber onde acontece cada disputa.

INSCRIÇÕES A antecipação da data para a inscrição e a divulgação da relação de clubes inscritos em cada campeonato tem dado transparência para as disputas.

JANELA DE TRANSFERÊNCIA A implantação da janela de transferências possibilitou um maior regramento para as alterações de clubes. Agora, as transferências podem ser realizadas em dois períodos do ano: após o último campeonato estadual até o dia 31 de maio do ano seguinte e entre 15 e 31 de agosto.

LIVRO DE REGRAS A impressão e distribuição de Livro de Regras faz com que cada vez mais as regras do esporte sejam conhecidos por praticantes e simpatizantes

JORNAL DA FEDERAÇÃO O QUE AINDA ESTÁ POR VIR Entre os projetos da diretoria da Federação Gaúcha de Bocha está a viabilização de uma loja na entidade e a implantação de um sistema online com registro de todos os atletas e acessível ao público. Ambos os projetos já estão em andamento.

O Jornal da Federação é um espaço para divulgação dos eventos e ações da entidade, além de servir como prestação de contas da FGB.

Junho de 2012| www.revistabocha.com.br

7


Regionais

Santa Lúcia conquista a região da Serra

Santa Lúcia venceu o campeonato depois de derrotar o Rio Branco na final (1). Três Lagoas terminou em terceiro lugar (2) e São Cristóvão ficou em quarto (3)

O mês de junho foi marcado no calendário da bocha pelas competições regionais no Rio Grande do Sul. Três importantes pólos da bocha realizaram suas disputas entre os dias 16 e 17 do mês: as regiões da Serra, Metropolitana e Noroeste. (a de Passo Fundo será realizada no fim do mês). Na Serra, ocorreu edição de número 19 da disputa regional. A competição sagrou o Santa Lúcia, de Caxias do Sul, como campeão. O time caxiense venceu o Braço Forte, de Carlos Barbosa, na final. Com isso, a equipe barbosense terminou o campeonato na segunda posição. O Três Lagoas, de Garibaldi, e o São Cristóvão, de Nova Prata, chegeram até a semifinal da disputa. A partida para definir o terceiro lugar foi vencida pelo Três Lagoas. O São Cristóvão ficou com o quarto lugar.

8

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

1

3

2


Regionais

La Salle fatura primeira edição do Metropolitano

La Salle, de Canoas, venceu a primeira edição do campeonato, realizado em junho

A primeira edição do Regional Metropolitano foi realizado entre os dias 16 e 17 de junho. Na estreia da competição, quem se deu melhor foi o clube La Salle, de Canoas. A equipe conquistou o título da competição ao vencer o Bochófilo, de

Porto Alegre, na final da competição. Em terceiro lugar ficou o time do Caça e Pesca, também de Canoas. O clube ganhou a terceira posição depois de bater o clube 5 de Maio, de Esteio, que ficou em quarto.

Campeonato teve o apoio da Fundergs

Torneio comemora aniversário de Marau Aconteceu entre os dias 10 e 11 de março um torneio de bocha em comemoração aos 57 anos de emancipação do município de Marau. A vencedora da competição foi a equipe catarinense Elevadores Castelo, de Criciúma. O Santa Lúcia, de Caxias do Sul, terminou na segunda colocação. Em terceiro lugar ficou o AABB, de Venâncio Aires, seguido pelo Grêmio Esportivo Liberdade, da cidade sede. Estiveram presentes na abertura o prefeito municipal Vilmar Perin Zanchin, o presidente da Federação Gaúcha de Bocha, Davi Lima de Oliveira, do Grêmio Esportivo Liberdade, Rodrigo Confortin, e o do Clube União Juvenil, Dário Sozo.

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br

9


Regionais

É tetra, é tetra, é tetra Equipe da casa conquista Regional de Trios do Três Lagoas e é o único vencedor da disputa

Equipe de Garibaldi manteve a tradição de vitórias no campeonato. Carmo Clube e Az de Ouro (abaixo), ficaram com segundo e terceiro lugar O clube Três Lagoas de Garibaldi sagrouse tetracampeão no 4º Campeonato Regional de Trios do Três Lagoas. A equipe conquistou o título superando no triangular final as equipes caxienses do Carmo Clube e Az de Ouro. O campeonato teve a participação de 33 equipes das cidades serranas de Garibaldi, Caxias do Sul, Carlos Barbosa, Veranópolis e Vila Flores.

10

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012


Regionais

Sucesso no noroeste Regional de bocha tem participação de 24 equipes e consagra Pejuçarense como campeão

O Clube Recreativo Pejuçarense sediou nos dias 26 e 27 de maio o 2º Torneio Regional de Bocha. Participaram deste torneio várias delegações esportivas dos municípios de Bozano, Ijuí, Panambi, Carazinho, Palmeira das Missões, Cruz Alta e Tupanciretã. A competição contou com o expressivo número de 24 equipes e os jogos foram realizados nas canchas da cidade e comunidades do inte-

rior. O torneio começou com a disputa da “Taça da Amizade” pela parte da manhã de sábado, dia 26, no individual conforme a tradição neste tipo de evento e o representante do município de Ijuí José Pedroso, da equipe Burtet, acabou levando a Taça ao bater o representante de Tupanciretã, Velci José Daggios, da equipe Sacarrolha. A programação do evento se desenvolveu de

forma descentralizada nas canchas que foram escolhidas como sedes das partidas. Nestes locais aconteceu a definição da fase classificatória e das quartas-de-final. Os jogos de encerramento da competição ficaram destinados para o domingo, dia 27, nas canchas do Clube Recreativo Pejuçarense, reunindo além dos atletas um grande público apreciador desta modalidade esportiva. Após a realização de 36 jogos, os títulos de campeão e vice-campeão do torneio acabaram ficando em Pejuçara, com a conquista do 1º lugar pela equipe do CRP “C” e o de segundo lugar com o trio do CRP “A”. A equipe Burtet “A”, de Ijuí, ficou em terceiro lugar e Sociedade Balneária de Panambi, em quarto. Durante a solenidade de entrega de premiação estiveram presentes, autoridades locais como o prefeito Leonir Perlin e o presidente da Câmara Joel Valandro, mais o Presidente da Federação Gaúcha de Bocha Davi Lima de Oliveira, o Deputado Estadual Pedro Westphalen e o Vice-presidente da Região 7 da FGB Gentil Garzella.


Bocha Nacional e Internacional

Grêmio Industrial chega ao tetracampeonato

O Grêmio Industrial de Santa Catarina conquistou pela quarta vez consecutiva a Taça Brasil de Clubes Feminino, realizado em Garibaldi, no clube Integração. A disputa da 13ª edição ocorreu entre os dias 27, 28 e 29 de abril deste ano e teve cinco estados representados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Paraná e Minas Gerais. A final foi uma disputa entre equipes do oeste catarinense, das cidades de Chapecó e Timbó. Quem se deu melhor na decisão foi o chapecoense. Em segundo lugar ficou o clube Timbó. O terceiro lugar foi conquis-

tado pelo Rio Branco, de Cachoeira do Sul. A quarta colocação terminou com o Blumenauense Caça e Tiro, de Blumenau. A premiação, ocorreu logo após o término dos confrontos, na mesma sede do Integração. Estiveram presentes o presidente da Câmara de Vereadores, representando o poder legislativo, Jorge Alberton, que fez a entrega de premiação as vencedores, na companhia do presidente da Liga Garibaldense de Bocha (LGB), Roberto Ghilardi, do prefeito de Garibaldi, Cirano Cisilotto, do presidente da Confederação Brasileira de Bocha e Bolão, Walques Ba-

Brasil é vice em Campeonato Internacional de Zerbin, no Chile O Brasil conquistou o vice-campeonato no VII Campeonato Internacional de Bocha – Copa Orlando Ansaldo, realizado em LImache, no Chile. A dupla formada por Diego Brock Szcsepaniak e Maicon Massignan obteve o resultado em um estilo que é pouco praticado no Bra-

12

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

sil, o Zerbin. Os jogos foram realizados entre os dais 24 e 25 de março. Além de Diego e Maicon, a delegação brasileira foi formada por Gerson José Schmelling, Felipe Inácio Nardi Roncato, Marcos Brackman Goldmeyer e chefiada por Walques Batista dos Santos.

tista dos Santos, e do presidente da Federação Gaúcha de Bocha, Davi Oliveira. Segundo Ghilardi, mandatário da LGB, o município de Garibaldi vive um momento especial na bocha. No ano passado, sediou o Campeonato Brasileiro masculino e, neste ano, o feminino. Ele salientou que as mulheres estão conquistando cada vez mais espaço nessa modalidade esportiva. Já o presidente da Confederação Brasileira de Bocha, Walques Batista, afirmou que o campeonato foi excepcional e contou com as principais atletas do país.


Bolão A Confederação Brasileira de Bocha e Bolão realizou quatro campeonatos de Bolão 23, neste primeiro semestre de 2012. Confira a relação de clubes participantes e os resultados 3º Campeonato Brasileiro de Clubes - Masc - Bolão 23 7 a 10 de junho | Porto Alegre (RS)

3º Campeonato Brasileiro de Clubes - Master Fem. - Bolão 23 3 a 6 de maio |Lajeado (RS)

CLUBES INSCRITOS

CLUBES INSCRITOS

Sociedade Ginástica Porto Alegre (RS)

Sociedade Thalia (PR)

Clube Altético Montese (SC)

Sociedade Recreativa Ipiranga (RS)

Soc. União Assist. e Cult. Bom Progresso (RS) Avenida Tênis Clube (PR)

Sociedade Benificente Operário (SC)

Clube Esp. Sete de Setembro (RS)

Sociedade de Canto Lyra (RS)

Clube Esp. Recreativo Cultural 25 de Julho (SC) Soc Ginástica Hamburgo Velho (RS)

C. de Pesca, Caça e Tiro Caramuru (SC)

Clube Recreativo e Esportivo São Martinho (RS) Sociedade Sertanejo Esporte Clube (SC)

Assoc. Recreativa Desportiva Liberdade (SC)

CTG Gaudérios do Oeste (PR)

Corinthians Sport Club (RS)

Sociedade Glória de Joinville (SC)

Clube Olímpico de Maringá (PR)

Sociedade Esportiva Recreativa Atalaia (PR) Sociedade Esp. Rec. Progresso (SC)

Clube dos Quinze (RS)

Paraná Clube (PR)

AACC Marechal Cândido Rondon (PR)

Sociedade Ginástica Porto Alegre (RS)

América Pontagrossense Futebol Clube (PR)

C. de Caça e Tiro 1º de Julho (SC)

Clube Atlético Baependi (SC)

Prefeitura Municipal de Nova Santa Rosa (PR)

Sociedade Ginástica Novo Hamburgo (RS)

RESULTADO FINAL

RESULTADO FINAL

1º S. Ginástica Porto Alegre (RS)

178,5

1º Clube dos Quinze (RS)

175,4

2º S. U. A. C. Bom Progresso (RS)

177,5

2º Clube Altético Montese (SC)

169,1

3º Corinthians Sport Club (RS)

177

3º Sociedade Benificente Operário (SC)

169,1

5º Campeonato Brasileiro de Clubes - Master Masc - Bolão 23 24 a 27 de maio | Porto Alegre (RS)

Campeonato Brasileiro da Melhor Idade - Masc. - Bolão 23 13 de maio |Schroeder (SC)

CLUBES INSCRITOS

CLUBES INSCRITOS

Sociedade Ginástica Porto Alegre (RS) Soc. União Afucoper Ceriluz (RS) Clube Mocidade Bailante (RS) Esporte Clube União Forquetense (RS) Assoc. SulRiograndense dos Viajantes Com. (RS) Clube Esportivo Sete de Setembro (RS) Clube Urca de Curitiba (PR)

Assoc. dos Bolonistas de Quedas do Sociedade Atiradores 23 de Setembro (SC) Iguaçú (PR) Sociedade Esportiva Rec Cultural Salto do CTG Gaudérios do Oeste (PR) Norte (SC) Sociedade Esportiva Rec. Cult. Salto do Associaçao Esportiva Recreativa Vitoria (SC) Norte (SC)

Sociedade Esportiva Cultual 19 de Março (PR) Sociedade Recreativa Alvorada (SC) Clube Esportivo Floresta (SC)

Sociedade Glória de Joinville (SC)

Esporte Clube Uniao Forquetense (RS)

Clube de Caça e Tiro Dias Velho (SC) Clube de Caça e Tiro Itoupavazinho (SC)

Sociedade Esportiva Recreativa Albertinense (SC) America Pontagrossense Futebol Clube (PR)

Sociedade Esportiva Flamengo (RS)

Clube Atlético Baependi (SC)

Sociedade Esportiva Recreativa Atalaia (PR) RESULTADO FINAL

RESULTADO FINAL 1º Sociedade Atiradores 23 de Setembro (SC)

Clube Mocidade Bailante (RS)

174,6

Soc. União Afucoper Ceriluz (RS)

172,7

2º Soc. Esportiva Rec Cultural Salto do Norte (SC) 873

Sociedade Ginástica Porto Alegre (RS)

171,4

3º Associaçao Esportiva Recreativa Vitoria (SC)

876

866

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br

13


Homenagens

Na bocha para sempre Taça NR de Bocha homenageia as atletas Neusa Foppa Agatti e Raquel Aparecida Gross Atletas, parentes, amigas, apaixonadas pela bocha. Estas são algumas das características do trio que conquistou a 1ª Taça NR de Bocha Feminina pelo clube Três Lagoas, de Garibaldi. Vanice, Edith e Milena levaram após vencer duas partidas no triangular disputado com Braço Forte e Integração, de Carlos Barbosa e Garibaldi, respectivamente. Ao todo, 14 equi-

pes participaram da disputa, realizada entre os dias 26 e 27 de maio, em Garibaldi. A Taça NR de Bocha foi uma homenagem às Neusa Foppa Agatti e Raquel Aparecida Gross, falecidas em um acidente automobilístico em novembro de 2009, quando se dirigiam à um campeonato de bocha em Passo Fundo.

O trio formado por mãe, filha e sobrinha empolgou a torcida e conquistou o título do campeonato

Familiares das homenageadas acompanharam toda a disputa (acima). Triangular final contou com grandes partidas

Fenachim é do São Cristóvão

Clube superou trio de paulistas e canoenses no triangular final, disputado em Venâncio Aires

14

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

O São Cristóvão, de Nova Prata, conquistou o Campeonato Fenachim, realizado durante as comemorações da Festa Nacional do Chimarrão, em Venâncio Aires. O clubes pratense levantou a Taça no triangular final disputado com Pinheiros, de São Paulo e LaSalle, de Canoas, que conquistaram a segunda e terceira colocação, respectivamente. Ao todo, 20 equipes participaram da disputa. O atleta Vava foi escolhido como melhor ponteiro da competição e Balin recebeu o troféu destaque.


Individual Feminino

Vanice, do Três Lagoas, é a melhor atleta do RS

Vanice (na esquerda) ficou com o título do campeonato. Em segundo lugar ficou Salete (no detalhe à dir.)

A atleta Vanice, do clube Três Lagoas de Garibaldi, precisou superar outras 21 candidatas para conquistar o 12º Campeonato Estadual Individual Feminino. Este é o primeiro título da equipe na competição. Para Vanice, o troféu tem um sabor especial. Em 2011 ela ficou na segunda colocação do campeonato. Naquela ocasião, a atleta defendeu a camisa do clube Bochófilo de Porto Alegre. A competição ocorreu em Caxias o Sul, entre os dias 19 e 20 de maio. A Federação Gaúcha de Bocha dedicou uma atenção especial ao campeonato, já que deseja fomentar o esporte entre o público feminino. Na final, Vanice enfrentou Salete, do Integração, vencendo apenas na última jogada. A decisão foi dramática em Caxias do Sul. A terceira colocação ficou com a jovem Milena, do Três Lagoas. Já o quarto lugar foi conquistado por Michele, do Bochófilo.

Troféus foram elogiados na competição. Na cor rosa, os prêmios conquistaram as atletas de bocha no Estado. Melhor para Vanice, que levou o principal para casa

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br

15


Metropolitanos

Bochófilo arranca bem na disputa do Metropolitano Os atletas do bochófilo fizeram uma festa dupla no Torneio Início Veterano e Torneio Início Livre do Campeonato Metropolitano 2012 ao conquistar os títulos, após vencer o Independente no Livre e o Riograndense no Veterano. O bom nível das partidas marcou a disputa, que deu a largada para o Metropolitano 2012. Oito clubes participam do Metropolitano 2012, que tem jogos nas categorias Veterano, Master e Simples. Os jogos do primeiro turno Veterano já se encerraram e as disputas seguem em todas as categorias, nas quintas-feiras e sábados, em canchas de Porto Alegre e Guaíba

Bochófilo já venceu o Metropolitano 2011 e vem com toda a força para faturar a disputa de 2012. Equipe está na primeira colocação

Grandes disputas no Vale dos Sinos A Liga do Vale dos Sinos de Bocha realizou o Torneio Início do Campeonato Série A e Veterano, com sede nos clubes Canto Lira e 5 de Maio. No Série A o campeão foi o clube Caça e Pesca, com segundo lugar para Canto Lyra e terceiro o LaSalle. Já o veterao teve como campeão o LaSalle, o segundo colocado Caça e Pesca e em terceiro o 5 de Maio.

16

Caça e Pesca venceu o campeonato na categoria A (foto a esquerda) e o La Salle foi o campeão na disputa ocorrida entre veteranos

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012


Torneio dos Presidentes

Torneio dos Presidentes reúne 41 dirigentes O atleta Valdir conquistou o título de melhor dirigente da bocha gaúcha, ao levar para casa o troféu do 20º Torneio dos Presidentes. O representante do clube Bochófilo levantou a taça do torneio após superar 40 adversários. A segunda colocação ficou com Avelino, do Carmo Clube. Em terceiro lugar ficou Angelo, da Liga Caxiense de Bocha. A quarta posição foi conquistada por Serginho, da Associação do Vale dos Sinos. O campeonato aconteceu entre os dias 17 e 18 de março, nas canchas de Caxias do Sul. Além dos jogos, teve como destaque a reunião entre os dirigentes que definiu os procedimentos que serão adotados pela Federação Gaúcha de Bocha em 2012.

Título do torneio foi conquistado por Valdir, do Bochófilo (foto à esquerda). Na direita, o campeão com demais vencedores: Avelino (2º), Angelo (3º) e Serginho (4º)

Além da competição e confratermização entre os dirigentes da bocha gaúcha, o Torneio dos Presidentes serviu para definir as ações da Federação Gaúcha de Bocha em 2012. Durante a disputa, os mandatários de clubes e ligas realizaram reunião para encaminhar decisões para o ano

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br

17


Dia da bocha

Rio Branco conquista Dia da Bocha recorde

Campeonato teve participação de 57 equipes e foi um dos maiores dos últimos anos Homenagem ao seu Rosa Como forma de homenagear Pedro Rosa, conhecido como seu Rosa, pela dedicação empenhada ao esporte, o Campeonato Estadual instituiu o troféu rotativo seu Rosa. Foi uma maneira que a Federação Gaúcha de Bocha encontrou para agradecer todo o trabalho do ex-dirigente da bocha.

Rio Branco conquistou o título da edição deste ano ao superar o Santa Lúcia na final da competição

O clube Rio Branco de Garibaldi foi o vencedor do 39º Campeonato Estadual Dia da Bocha, realizado entre os dias 2 e 3 de junho. A competição é uma homenagem ao esporte e foi realizado neste ano em Garibaldi. Na segunda posição ficou o Santa Lúcia, de Caxias do Sul. O São Cristóvão, de Nova Prata, terminou em terceiro, ao vencer o Carmo Clube, de Caxias. Ao todo, 57 trios participaram da disputa, que foi uma das maiores de todos os tempos.

Em terceiro lugar ficou o São Cristóvão

18

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

Santa Lúcia ficou em segundo lugar do campeonato

Carmo Clube terminou na quarta colocação


Campeonatos

São Cristóvão conquista Taça Prefeito de Bocha O clube São Cristóvão venceu a Taça Prefeito, realizada em Nova Prata entre os meses de abril e maio. A competição reuniu seis clubes da cidade, que disputaram jogos em sistema de turno e returno. Os jogos finais aconteceram na Socieda-

de Bochófila Pratense. O Clube Esportivo e Cultural São Cristóvão conquistou o título de campeão ao vencer no trio e na simples o Caravágio. Na oportunidade, os vencedores receberam medalhas e troféus por suas conquistas.

Três praianos, três títulos: Três Lagoas O clube Três Lagoas, de Garibaldi, conquistou o tricampeonato do 3º Campeonato Praiano. Invencível no campeonato litorâneo, o clube da serra está muito a vontade com a combinação de calor, praia e bocha. Além do título de 2012, os garibaldenses levam para casa o troféu rotativo e mostram que vem com tudo para mais um ano de títulos. Na final, o campeão brasileiro venceu os catarinenses do Elevadores Castelo. A terceira colocação ficou com os Contabilistas e em quarto lugar o clube União de Moços Católicos. O Praiano 2012 reuniu 40 equipes do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, entre os dias 14 de janeiro e 25 de fevereiro. A sede do evento foi o clube Sociedade Amigos de Areias Brancas, a SAAB, de Areias Brancas.

Santa Lúcia tem a melhor Dupla Veterana O clube Santa Lúcia, de Caxias do Sul, venceu a primeira edição do Campeonato Estadual de Duplas, realizado entre os dias 16 e 17 de junho, em Porto Alegre. Na final, a dupla superou o Caça e Pesca, de Canoas. Na terceira colocação ficou o Rio Branco, de Garibaldi, e em quarto lugar o 5 de Maio, de Esteio. No total, 28 duplas se inscreveram para o campeonato.

Dupla campeã levou o troféu para Caxias do Sul

Entre belas disputas e grandes partidas de bocha a confraternização de quem joga há muito tempo

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br

19


Imagens da bocha

Esporte atrai multidão em suas competições O esporte da bocha tem atraído cada vez mais torcedores e clubes em suas competições. Tanto que a presença da torcida é grande nos principais jogos, em campeonatos internacionais, nacionais e estaduais. A Revista Bocha separou imagens de competições que encheram as quadras nos últimos anos.

20

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012


Calendário

Dias pra jogar Bocha Confira os próximos campeonatos da Confederação e da Federação Gaúcha de Bocha Masculino DATA

CAMPEONATO

LOCAL

30/6 e 1/7

19º Campeonato Estadual Individual

Garibaldi

21 e 22 de julho

35º Campeonato Estadual de Duplas

Porto Alegre

29 e 30 de setembro

68º Taça Prata de Equipes

Nova Prata

10 e 11 de novembro

2º Taça Campeões Estaduais

Praia

24 e 25 de novembro

68º Taça Ouro de Equipes

Passo Fundo

Feminino DATA

CAMPEONATO

LOCAL

7 e 8 de julho

23º Campeonato Estadual de Duplas

Porto Alegre

28 e 29 de julho

22º Campeonato Estadual de Trios

Carlos Barbosa

24º Taça Ouro de Equipes

Marau

10 e 11 de novembro

Veterano DATA 4 e 5 de agosto 18 e 19 de setembro 25 e 26 de agosto

CAMPEONATO

LOCAL

7º Campeonato Estadual de Trios

Veranópolis

2º Campeonato Estadual Individual

Garibaldi

20º Taça Ouro de Equipes

Novo Hamburgo

Juvenil DATA 11 e 12 de agosto

CAMPEONATO

LOCAL

1º Campeonato Individual

Nova Prata

Livre DATA

CAMPEONATO

LOCAL

14 e 15 de julho

23º Estadual de Duplas Mistas

Garibaldi

6 e 7 de outubro

2º Campeonato Estadual Pai e Filho

Carlos Barbosa

Nacional e Internacional DATA

CAMPEONATO

LOCAL

Brasileiro de Seleções Juvenil - Masculino

Capinzal (SC)

Brasileiro de Seleções Masculino

Chapecó (SC)

18 e 22 de setembro

Campeonato Mundial Juvenil

Eybens - França

23 e 27 de setembro

Campeonato Mundial Feminino

Mersin - Turquia

20 e 22 de julho 2 e 5 de agosto

21

Junho de 2012 | www.revistabocha.com.br


Regras

Veja como ficou a nova marcação das canchas À direita, imagem mostra as distâncias corretas conforme o regulamento oficial adotado pela Federação Gaúcha de Bocha. O artigo que trata dos limites das canchas está abaixo Art. 2º OS LIMITES DO JOGO E A MARCAÇÃO DAS CANCHAS e) Para igualar as canchas de bocha com dimensões de 24m de comprimento e 4m de largura, com às canchas de dimensões 26.50m de comprimento e 4 de largura, dentro do previsto na regra mundial, veja as configurações abaixo: (Figura 2). As cabeceiras e indicam o limite mais atrasado permitido aos jogadores para o lançamento das bochas; I)As linhas A e A’ (1m) representam o limite máximo regulamentar para a colocação do bolim em jogo; II)As linhas B e B” (4m) correspondem ao limite máximo permitido para o lançamento do bolim, para a jogada a ponto e para a jogada de rafa, podendo nela pisar com o pé de apoio e ultrapassar com o pé que estiver no ar no momento do lançamento (rafa); III)As linhas C e C’ (7m) representam o limite máximo para o lançamento da bocha de tiro (bochada), podendo nela pisar com o pé de apoio e ultrapassar com o pé que estiver no ar(contrapasso) no momento do lançamento; IV)As linhas D e D’ (9m) indicam a distância mínima do pique da bocha na jogada de rafa (não podendo atingila), distância máxima para cada jogador acompanhar o bolim e a bocha na jogada

22

www.revistabocha.com.br | Junho de 2012

a ponto (somente a primeira, já que a segunda é livre). Na individual, o jogador somente poderá ultrapassar essa linha após jogar todas as suas bochas, salvo nas jogadas de rafa e de tiro ou, ainda, para observar o jogo de perto (uma vez na jogada-mão), desde que devidamente autorizado pelo árbitro; V)A linha E (meio da cancha 13,25m) corresponde ao limite mínimo de distância para colocar o bolim em jogo, sendo também o limite máximo para cada jogador acompanhar a jogada de rafa e a de tiro (na primeira bola, já que a segunda é livre – dupla e trio). Na individual, o jogador somente poderá ultrapassar essa linha após jogar todas as suas bochas ou, ainda, para observar o jogo de perto (uma vez na jogada-mão), desde que devidamente autorizado pelo árbitro; VI)No início de cada partida o bolim deve ser colocado na posição “P”. VII)É permitido rafar qualquer bocha situada após a linha C (7m) oposta. VIII)O bolim, pode ser rafado somente após as linhas E. IX) Uma bocha poderá ser rafada dentro da zona de tiro quando se encontrar em situação de “berçário” , ou seja, uma ditância menor ou igual a 13cm do bolim. Na zona de tiro esta regra não pode, entretando, ser aplicada para o caso de duas bochas.


(51) 3452-3890


Revista Bocha 33  

Uma publicação impressa e online produzida pela Editora Margem Esquerda que traz as principais notícias do mundo da bocha, Nesta edição espe...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you