{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

FEPI amplia projetos sociais com sucesso! PROJETO SOCIAL DE FUTEBOL

Academia Espaço livre

PROJETO reabilitare

20º ano do curso de Psicologia é comemorado na Semana Acadêmica

FEPI investe em tecnologia adquirindo moderno aparelho de Raio – X para o Centro Veterinário


EDITORIAL Prezados Leitores, Nossa Revista da FEPI tem o objetivo de divulgar as relevantes atividades realizadas por nossos alunos, professores e funcionários em cada semestre. São atividades acadêmicas, cursos e palestras realizadas, seminários, visitas técnicas, participações em seminários, atividades cientí!cas, de produção de conhecimento, de pesquisa, de inovação, notícias de sucesso de ex-alunos, participações e resultados de competições de nossos atletas, além de ações de responsabilidade social desenvolvidas em nossa comunidade. Esperamos que ao lerem nossa Revista da Fepi, !quem tão orgulhosos de nossa atuação quanto nós !camos. Boa leitura!

Profª. Ma. Cidélia Maria Barbosa Lima Reitora do Centro Universitário de Itajubá - FEPI


EXPEDIENTE Direção Geral Profª Ma. Cidélia Maria Barbosa Lima

Coordenação Rosi Alkmin

Arte e Diagramação Alexandre Gomes Ribeiro Antonio Bittencourt Pagotto

Jornalista Responsável Stela Gonçalves / MTB - 61802

Endereço | Contato Av. Dr. Antônio Braga Filho, 687 Bairro Varginha - Itajubá - MG Telefone: (35) 3629-8400 comunicacao@fepi.br


Alunos do 8º período do curso de Ciências Biológicas visitam a cervejaria e destilaria MusA

No dia 26 de outubro de 2019, os alunos do último ano do curso de Ciências Biológicas, realizaram uma visita técnica monitorada à MusA Agroindustrial Ltda, uma empresa tradicional da região, que produz, além de cerveja, gin, cachaça e licores frutados, utilizando frutas da região da Serra da Mantiqueira. A visita possibilitou a visualização prática, dos conteúdos de processos fermentativos industriais relativas à disciplina de Biotecnologia.

“verde”, que após a secagem ou torrefação se tornará o Malte. Foi possível visitar uma plantação de lúpulo, erva aromática, adicionada para corrigir diferenças de sabor na cerveja, além de conhecer o fermento biológico utilizado na receita da cervejaria, que são leveduras da espécie Saccharomyces cerevisiae. Foi possível conhecer também, o bananal que fornece as bananas Os alunos puderam conhecer sobre o processo biotecnológico utilizadas na famosa cachaça de banana. que se utiliza de microrganismos fermentadores para produção do etanol das bebidas. No estudo do processo de fabricação da Os alunos conheceram todas as etapas de produção e cerveja, os alunos aprenderam sobre a germinação da cevada, puderam observar de perto a rotina do biólogo que escolhe como feita para que o próprio grão, produza as enzimas α-amilase e a caminho profissional, a biotecnologia na indústria de alimentos e β-amilase que estimula a liberação dos açúcares, gerando o malte bebidas.

Curso de Ciências Biológicas faz levantamento faunístico e florístico da mata do centro veterinário da FEPI Durante o segundo semestre de 2019, os alunos do 3º e 4° períodos do curso de ciências biológicas, realizaram aulas à campo, com objetivo de catalogar as espécies biológicas do fragmento de mata em frente ao centro veterinário, terreno recém adquirido pelo Centro Universitário de Itajubá-FEPI. O estudo, realizado de forma interdisciplinar, envolveu as disciplinas de Ecologia e Zoologia, com objetivo de obter conhecimento que auxiliará no planejamento das medidas para facilitar a regeneração da área, que de maneira natural, sem interferência humana, pode levar décadas. A atividade aprimorou e desenvolveu habilidades importantes ao profissional que vai a campo, como a coleta de espécimes de plantas, rastreio e observação do comportamento dos animais encontrados no ecossistema natural, procura por impressões de patas que indiquem quais animais se deslocam por ali, prensagem e secagem de amostras de plantas para identificação da espécie, realização de censos de espécies de animais ameaçados e observação de seus padrões de comportamento e interações.

4

Atuar diretamente na natureza é essencial para os cientistas monitorarem adequadamente as transformações ambientais. Totalmente práticas, as aulas permitiram o estudo da fauna e flora, da taxonomia e da sistemática in loco, o que favorece a capacidade de observação e aprendizagem efetiva dos alunos. Após as coletas de dados, que foram realizadas em quatro incursões à campo, foi elaborado um relatório final que trará informações importantes para o conhecimento da biodiversidade da região. Esta experiência prática, será bagagem aos futuros biólogos que almejam atuar na gestão e consultoria ambiental.


Curso de Ciências Biológicas da FEPI participa de distribuição de mudas em ação comemorativa ao Dia da Árvore

No dia 19 de setembro de 2019, os alunos do curso de Ciências Biológicas da FEPI, participaram de uma ação em comemoração ao Dia da Árvore que distribuiu mudas na Praça Jornalista Sebastião Inocêncio (Praça do BPS). O objetivo desse dia é conscientizar sobre a importância da preservação das árvores e das florestas, incentivando a proteção do meio ambiente com atitudes que trazem benefícios à natureza. A ação buscou estimular a reflexão sobre as consequências do desmatamento e realizou a doação de 60 mudas de árvores. Foram doadas mudas de romãzeiras, araucárias, goiabeiras, pitangueiras e amoreiras. A ação foi organizada pelo Grupo Estratégico de Meio Ambiente (GEMA), que conta com a participação de duas exalunas do curso de Ciências Biológicas da FEPI – Patrícia Pereira, que é analista de meio ambiente da empresa Cabelauto® e Letícia de Mendonça Alves, analista de meio ambiente da empresa GE ® – com o apoio da coordenação do curso de Ciências Biológicas da FEPI, foram distribuídos junto das mudas, panfletos sobre as características de cada espécie (nome científico, propriedades medicinais dos frutos e folhas, e instruções de plantio). O dia da árvore é comemorado no dia 21 de setembro, data que antecede o início da primavera, as árvores proporcionam oxigênio e umidade ao ar atmosférico, sombra para os dias de sol e frutos que alimentam aos seres humanos e animais, ajudando na manutenção do equilíbrio do nosso ecossistema.

5


Turma de Ciências Biológicas realiza Minicurso de Birdwatching

Nos dias 23 e 24 de agosto de 2019, o biólogo e ex-aluno do curso de Ciências Biológicas da FEPI Silvander Aparecido Mendes, ministrou um minicurso prático de Birdwatching – Observação de pássaros em ambientes silvestres, em português o termo entre os praticantes da atividade é “Passarinhada”, que seria uma caminhada em trilhas ecológicas com objetivo de procurar espécies endêmicas e raras. Os alunos foram até a estrada da Bartira no município de Delfim Moreira e realizaram uma trilha de nível fácil, que possibilitou a observação de mais de 40 espécies de pássaros diferentes, os alunos puderam realizar o registo fotográfico de algumas e catalogaram as imagens nos aplicativos AVE e no E-bird, internacionalmente utilizados para a atividade de observação de aves. A atividade de observação de aves é considerada de baixo impacto ambiental, e importante para a conservação de aves e tem despontado entre os praticantes de turismo ecológico. O avistamento de aves consiste na coleta de registros visuais ou auditivos de aves, e pode ser realizada a olho nu, ou com auxílio de equipamentos que aumentam a capacidade visual do observador, como binóculos e câmeras fotográficas. A audição é essencial em observação de aves, já que a grande maioria das espécies é sensivelmente mais fácil ouvir do que de ver no primeiro momento. O conhecimento dos observadores de pássaros e as expectativas destes em encontrar e registrar uma grande gama de espécies acaba gerando uma ligação direta entre a biodiversidade da avifauna de uma região com a renda, incentivando a preservação da fauna e flora e também aquisição de conhecimento sobre as mesmas. Um maior número de aves raras e a atração que esse local irá movimentar com o ecoturismo, inclusive internacional podem ser economicamente importantes para a região. Algumas espécies de aves raras são altamente sensíveis a perturbações, e se são raras, normalmente significa que estão ameaçadas de extinção, isso pode ser um contraponto se o avistamento não for feito com os cuidados necessários. No Brasil a observação de pássaros vem se popularizando e os

6

guias de “birdwatching” estão cada vez mais requisitados no acompanhamento de estrangeiros que visitam o país com esse intuito, o nosso país apresenta a maior biodiversidade do mundo e é o segundo, atrás da Colômbia e à frente do Peru, em número de espécies de aves com 1919 espécies de aves já registradas pelos observadores. Na última década o país se destacou por apresentar o maior número de novos registros de espécies nos aplicativos de observação de pássaros. No minicurso os alunos aprenderam sobre o uso consciente de playbacks do canto dos pássaros, sobre como utilizar os aplicativos para “birdwatching”, ecologia das espécies endêmicas da região e puderam realizar a passarinhada guiada. O melhor horário para observação de pássaros é logo pela manhã, os alunos estavam na mata bem cedo, com muito ânimo e foram recompensados com lindas imagens e muito aprendizado.


XV SEBIO – Semana acadêmica do curso de Ciências Biológicas cujo tema foi: “Um olhar biológico sobre o mundo contemporâneo”

A XV SEBIO – Semana Acadêmica do curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário de Itajubá – FEPI aconteceu nos dias 28, 29 e 30/08. A Instituição recebeu alunos, ex-alunos, professores, profissionais e interessados em conhecer mais sobre as Ciências Biológicas. Na abertura da SEBIO a Magnifica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima, destacou a organização da semana acadêmica e a importância de eventos desse tipo para agregar mais ecoturismo no Pantanal Matogrossense. Em seguida, a Psicóloga conhecimentos à formação dos alunos. Andressa Vince, também ex-aluna da FEPI, ministrou a palestra “Como lidar com a depressão e ansiedade na gestão das tarefas de estudo e trabalho”. Na segunda tarde da SEBIO a coordenadora do Curso de Ciências Biológicas, Profª Ma. Laiz Furlan Balioni, ministrou o minicurso: “Cultura celular primária – técnica de preparo e uso como modelo experimental”, abordando uma discussão sobre as alternativas aos modelos animais em experimentação na área biológica, bioética e os protocolos de preparo de culturas celulares primárias de células eucarióticas. Na noite do segundo dia, o Prof. Dr. Ricardo Mendonça Neves dos Santos falou sobre “Palentologia no século XXI: uma ciência do passado?” onde instigou a discussão sobre as aplicações atuais da paleontologia e os trabalhos na bacia de Taubaté. Em seguida, o Prof. Me. José Roberto da Silva Filho ministrou a palestra: “Serpentes”, instruindo sobre as diferenças anatômicas entre as espécies de serpentes venenosas, picada e primeiros socorros, procedimentos que podem auxiliar no trabalho de campo.

Na tarde do primeiro dia da semana acadêmica aconteceu o minicurso, “Ecofisiologia Vegetal”, ministrado pela Profª Dra. Vanessa da Fontoura Custódio que abordou a fisiologia de plantas C3, C4 e CAM e aspectos sobre o trabalho de campo do ecofisiologista vegetal. As 19h aconteceu a palestra de abertura do evento, o Biólogo Mestre e ex-aluno da FEPI, Rafael Albo de Oliveira abrilhantou o evento com sua palestra: “A biologia em Na tarde do dia 30/08 aconteceu no Centro Veterinário da FEPI ambientes selvagens”, contando sua experiência como guia de o minicurso prático: “Manejo de Serpentes” com o prof. Me. José

7


Roberto da Silva Filho, onde os alunos aprenderam as técnicas de contenção e aspectos importantes sobre o manejo. A última noite do evento teve a presença do Prof. Dr. Leopoldo Uberto Ribeiro Junior, mediando uma mesa redonda sobre “Aquecimento global e alterações climáticas”, que contou como a presença da Profª Dra. Michelle Simões Rebiota e o Prof. Dr. Benedito Cláudio da Silva, foram discutidas as alterações atuais no clima, o aquecimento global, gases do efeito estufa e as perspectivas para o clima da com outras expertises e contando um pouco sobre sua cidade de Itajubá e região. experiência na área onde decidiram se especializar, para apresentar seu ponto de vista sobre aspectos que os alunos manifestaram interesse em conhecer mais a fundo, uma vez que os mesmos quem indicam seus temas preferidos para a semana, nas reuniões de colegiado de curso e de organização da SEBIO. “O evento renova o interesse no curso, desperta novas curiosidades e pode inclusive inspirar novos talentos profissionais para continuidade dos estudos em uma pós-graduação. A SEBIO desenvolve novas competências e habilidades, estimulando discussões e favorecendo outras formas de aprendizado, além do cotidiano da sala de aula. Ouvir o depoimento de profissionais que Segundo relato da aluna do curso, Isabelly Modro Silva: “Todos contam suas experiências com paixão pela profissão que os minicursos e palestras foram muito bons, o que tivemos de escolheram, estimula a superar os desafios que por ventura manejo de serpentes foi o que eu mais gostei, o professor nos possam surgir” concluiu a coordenadora. ensinou de forma incrível, não devemos ter medo das serpentes, são animais que somente atacam se ameaçados, aprendemos muito.” Na visão da coordenadora do curso, Profª Laiz Furlan Balioni, a SEBIO é uma oportunidade maravilhosa de discussão de temas relevantes, trazendo profissionais de outras instituições e principalmente nossos ex-alunos,

8


Audiência de conciliação

Audiência de conciliação Simulada, instrução debates e julgamento, realizada pela turma do 5° período sob a orientação da Profª. Isabel Cristina no dia 06/11/2019. O objeto da Audiência foi uma Ação de Alimentos e ao final foi proferida a sentença. Parabéns aos envolvidos!!

Curso de Direito realiza lives

Sessões de Julgamento simuladas

semanais para interação com alunos

do curso de Direito

Em novo projeto, o Curso de Direito FEPI traz aos discentes a oportunidade de tirarem dúvidas sobre assuntos polêmicos que acometem nossa sociedade. As “lives” são semanais com interação do público (alunos) via redes sociais e com a participação dos professores de diversas áreas de conhecimento.

Na segunda feira, 04/11/2019, foram realizadas Sessões de Julgamento simuladas pelas turmas do 10 ° período A e B sob a orientação da Prof. Isabel Cristina. A atividade faz parte da disciplina de Prática Tributária e contou com Participação do professor Alberto Vizzotto.

9


“Retrocessos Constitucionais” é tema da Aula Magna do curso de Direito O coordenador-adjunto do curso de Direito, Prof. Rodrigo Ferrini da Rocha Costa, agradeceu o palestrante, frisando a excelência da palestra ministrada, o despertamento para a responsabilidade dos profissionais da área e as reflexões trazidas; destacou o empenho dos alunos o que tem refletido no “Estudos mostram a democracia como um pêndulo que evolui e, crescimento do curso. aproximadamente em um período de 30 anos, regride, podemos ver Satisfeita com a palestra, a aluna Bruna Xavier Medeiros essa regressão justamente no período em que estamos e observar uma queda em outros países também, é algo cíclico. Precisamos de disse: “O professor Dr. Flávio Martins, a partir de uma breve unidade quanto aos pontos comuns e não usar nossas divergências análise da atual conjuntura política, nos trouxe várias para nos digladiar, fiscalizar, nos unir contra um constitucionalismo ponderações muito pertinentes no que diz respeito a constituição abusivo, prestar atenção se estamos correndo esse risco e e a sua importância”. estruturar medidas para evitá-lo” advertiu Dr. Flávio. O evento foi gratuito, aberto à comunidade e contou com a Ao final da palestra encorajou o público: “Temos o dever de presença de alunos de todos os períodos do curso, professores e difundir urgentemente, os conhecimentos que possuímos, conhecer ex-alunos. a Constituição pode ser uma questão de vida ou morte (quando nos Prof. Dr. Flávio Martins. Possui Pós-Doutorado em Direito referimos ao direito à saúde por exemplo) e, quem salva uma vida, Constitucional pela Universidade de Santiago de Compostela, salva a humanidade. ” Concluiu o Professor. Doutor em Direito Constitucional pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, autor do livro: “Curso de Direito Constitucional”, da Editora Saraiva.

Oficina Jurídica com Dr. Ângelo Adami No sábado, dia 26/10/2019, o NPJ promoveu uma Oficina Jurídica aos discentes do Curso de Direito com o objetivo de aproximar o aluno da prática da atuação do Advogado no Tribunal do Júri. Tal palestra fora ministrado pelo Advogado atuante na comarca de Itajubá e região, Dr. Ângelo Adami.

10


Posto de Atendimento Pré-Processual é inaugurado devido à parceria entre FEPI e TJMG

A partir do dia 27/09, Itajubá e cidades circunvizinhas contam com uma unidade do PAPRE – Posto de Atendimento PréProcessual, voltada para a conciliação de demandas que ainda não foram judicializadas. A inauguração do PAPRE se deu devido a parceria entre o Centro Universitário de Itajubá e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) por meio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG. Os atendimentos do PAPRE serão realizados no Núcleo de Prática Jurídica – NPJ, ao lado do Auditório Prof. Antônio de Oliveira Rosa, na FEPI, onde foi realizada a cerimônia de inauguração que contou com a presença da Magnífica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima; da 3ª vice-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargadora Mariangela Meyer; da juíza coordenadora do Cejusc local, Luciene Cristina Marassi Cagnin; demais autoridades da região, professores e alunos.

A desembargadora citou a conciliação como uma forma de acelerar processos e chegar a soluções de formas menos conflituosas e mais satisfatórias para as partes envolvidas num processo judicial, enfatizando que o propósito do PAPRE é o de reduzir a excessiva judicialização de demandas, assegurando aos cidadãos, o direito à Justiça.

A juíza Luciene Cristina Marassi Cagnin, classificou a instalação do PAPRE na cidade, como um expressivo avanço. “Há A Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª uma mudança de mentalidade dos operadores do Direito e da Cidélia Maria Barbosa Lima, falou da importância da parceria própria comunidade em relação aos métodos de conciliação e firmada destacando que, por meio do PAPRE, será possível mediação para solucionar conflitos”. contribuir para a sociedade e para a formação dos alunos: “nossos professores e alunos se empenharão para que seja proporcionado As atividades do PAPRE serão acompanhadas pelo TJMG no aos cidadãos um serviço de qualidade, e poderão enriquecer sua que se refere aos mecanismos de conciliação e mediação. Mais formação ao terem um contato mais direto com as técnicas de informações sobre os atendimentos podem ser obtidas por meio resolução de conflitos, é uma honra estabelecer essa parceria com do número: (35) 3629-8444 – Núcleo de Prática Jurídica. o Tribunal de Justiça de Minas Gerais”.

11


Jorge Alexandre Murad, Atleta FEPI surpreendeu-se com a posição na 4ª edição da Corrida do Pastel de Milho O corredor e aluno do curso de Educação Física havia colocado como meta, estar entre os 10 primeiros colocados, tendo em vista que ficou afastado dos treinos e competições por quase um mês devido uma lesão. “Tive o sucesso de concluir a prova em 3° lugar na categoria geral e na modalidade de 5 km de distância, realizei a prova no tempo de 18min e 12seg, um ótimo tempo, minha avaliação final é muito positiva, sem dores, posso voltar a treinar e me preparar para as últimas provas do ano de 2019” concluiu o atleta.

Paulo Souza participa do 3° Pedal Solidário GoBikers O Atleta FEPI e aluno do curso de Educação Física Paulo Souza participou do 3° Pedal Solidário GoBikers, em prol da Associação Filantrópica “Casa do Caminho”, no dia 24/11 em Santa Rita do Sapucaí – MG. O atleta informou que a prova consistiu em um trajeto de 42km e 1.100 de altimetria na lama, pois havia chovido na noite anterior. “Foi um circuito bem desenvolvido e que exigiu muita resistência, terminei a prova em 2h e 49, ficando entre os primeiros” relatou o ciclista que teve problemas mecânicos na bike. “Mesmo com os percalços no caminho considerei o resultado bom. Para o ano de 2020 tenho novidades, pois irei participar de mais provas no MTB (mountain bike) para conseguir ir em mais provas levando o no da FEPI para mais lugares” concluiu.

12


Projeto Academia Espaço livre é iniciado com sucesso Visando melhorar a qualidade de vida da população e diminuir o sedentarismo, o Centro Universitário de Itajubá – FEPI e a Prefeitura Municipal lançaram o projeto Academia Espaço Livre, com a proposta de disponibilizar profissionais de Educação Física formados na FEPI, devidamente registrados no Conselho Federal de Educação Física e, alunos estagiários, para orientarem as pessoas na prática de exercícios em locais públicos da cidade, gratuitamente. Faça parte! O projeto acontece de segunda a sexta-feira das 7h às 9h e das 18h às 20h.

Os locais do projeto são nos seguintes bairros: – Estiva (Parque Municipal) – Santa Rosa (Praça Prof. Eduardo Luís) – Piedade (Praça Sebastião Dias) – Avenida (Praça Dom Bosco), ao lado do Lar da Providência – BPS (Praça Jornalista Inocêncio de Oliveira).

13


Projeto Social Futebol na FEPI

O Centro Universitário de Itajubá – FEPI e a Prefeitura Municipal firmaram acordo de cooperação para proporcionar aulas de futebol gratuitas na Vila Olímpica, no bairro Rebourgeon. As atividades têm orientação de profissionais formados em Educação Física e devidamente registrados no Conselho Regional de Educação Física. As aulas são para o público masculino e feminino, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9h às 11h e das 15h30 às 17h30.

14


Os professores do curso de Educação Física da FEPI publicam pesquisa em Revista de Dano Renal A suplementação de creatina é muita usada entre atletas e praticantes de exercícios para melhora do desempenho, porém alguns profissionais achavam que a suplementação poderia comprometer a função renal. A pesquisa feita pelos profissionais do curso de Educação Física do Centro Universitário de ItajubáFEPI intitulada “Effects of Creatine Supplementation on Renal Function: A Systematic Review and Meta-Analysis” foi publicada na mais importante revista da área de nutrição e dano renal, “Journal of Renal Nutrition”. Os resultados do estudo demonstram que a suplementação de creatina não leva a dano renal. Os achados vão interferir diretamente na prescrição da suplementação da creatina. O estudo já teve vários comentários e compartilhamentos num importante site de Histologia, Fisiologia & Anatomia Humana. Assim, o curso de Educação Física do Centro Universitário de Itajubá-FEPI quer parabenizar os professores e alunos envolvidos no estudo e agradecer a instituição pelo apoio nos trabalhos e publicações.

2º lugar na 3ª Corrida de Rua Zatopek é do Atleta Fepi Jorge Murad Cumprindo o objetivo de melhorar resultados o Atleta Fepi, Jorge Murad, conclui 3ª CORRIDA DE RUA ZATOPEK na segunda posição do pódio. Jorge Alexandre Rocha Murad que também é aluno do curso de Educação Física do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, participou da competição que aconteceu no dia 15/09 e foi surpreendido com um resultado muito melhor do que esperava: “Fui com o objetivo de no mínimo buscar o 5° LUGAR nessa competição, mas concluí a prova em 2° Lugar no quadro geral da categoria de 5 km, com o tempo de 00:19:41, minha melhor colocação desde que iniciei minha trajetória no

esporte, apesar de tudo, sigo com os pés no chão, ciente de todas as dificuldades e de tudo que ainda posso fazer para melhorar e só tenho a agradecer todas pessoas envolvidas nessa missão” concluiu o corredor.

15


Alunos da Fepi assinam renovação do contrato do Programa Bolsa Atleta Os alunos puderam contar sobre o desempenho esportivo e acadêmico no 1º semestre e falaram também das projeções para o segundo semestre. Foram parabenizados pelos membros da Reitoria e incentivados a seguirem destacando-se nos estudos e no esporte. Os integrantes do programa Bolsa Atleta, Pedro Hawthorne (handboll masculino) aluno do curso de Engenharia Civil, Paulo Souza (MTB downhill) e Jorge Murad (corrida de rua), ambos do curso de Educação Física, assinaram, no dia 23/08, o termo de renovação da Bolsa cedida a eles, visando o incentivo ao esporte. Na cerimônia de assinatura da concessão da bolsa, estiveram presentes a Magnífica Reitora do Centro Universitário, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima; o Presidente do Conselho Curador da FEPI, Prof. Erwin Rolf Mádisson Junior e a Pró-Reitora Acadêmica Profª Magda Cristina Nascimento Rochael.

O Atleta Fepi e aluno do curso Educação Física Jorge Alexandre Rocha Murad participou da 1ª Corrida do Engenho em Paraisópolis/MG. Realizada no Bairro da Lagoa a competição foi um grande desafio para o atleta por ser em estrada de terra e contar com longas subidas. “Foi a prova mais difícil que participei este ano, foram 6,77 km de distância, em meio à chuva, barro e serras, tive o tempo de 28min 47seg, obtive apenas a 16ª colocação, mas não saio decepcionado e sim admirado com o nível de participantes que pude presenciar e disputar colocações, com certeza valeu a pena” finalizou o atleta.

16


Alunos do curso de Educação Física tem aula prática de Esportes de Aventura no Pico da Pedra Aguda

O Pico da Pedra Aguda está localizado na Serra da Mantiqueira e a trilha até o cume foi realizada pelos alunos e professor do curso de Educação Física do Centro Universitário de Itajubá-FEPI. A subida no pico, aconteceu durante a prática da disciplina de Esportes de Aventura que apresentou como objetivo vivenciar técnicas de trekking, essenciais para o desempenho esportivo, recreativo e segurança em subidas. É importante destacar, que a prática no curso de Educação Física é essencial para a formação de um profissional competente e capaz de sobressair no mercado de trabalho.

17


Semana do curso de Educação Física discute integração entre saúde e esporte

A XI Semana do curso de Educação Física do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, foi realizada nos dias 28, 29 e 30/08 e contou com profissionais de várias áreas ligadas ao esporte e saúde visando instruir os alunos em atividades práticas e colaborar com a formação deles também por meio conteúdos técnicos e científicos. Na abertura do evento a Magnífica Reitora do Centro Universitário, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima declarou: “É sempre um prazer prestigiar os eventos do curso e ver a excelência com que tudo foi preparado, o planejamento é muito importante e algo imprescindível para terem sucesso na carreira e em vários aspectos da vida. Além disso, a organização do evento é parte de uma disciplina do curso, e vocês desempenharam o bem-estar físico e mental, temos que nos questionar como trabalho de forma brilhante”. profissionais da saúde se temos contribuído para a insatisfação A palestra de abertura: Nutrição esportiva – Expectativa x crônica dos pacientes insistindo em padrões irreais”. Realidade, ministrada pela nutricionista Andréa Tiengo, trouxe aos Ainda no primeiro dia do evento após o coffe-break, Tiago alunos princípios da nutrição esportiva esclarecendo que ela não existe sem atividade física e visa melhoria de desempenho. E Marques de Rezende falou sobre “Avaliação do esforço com as esclareceu: “Dietas Low carb e jejum intermitente, são estratégias mudanças de direção e trajetórias curvilíneas: Uma abordagem utilizadas em casos específicos, não uma receita milagrosa e que experimental em praticantes de modalidades coletivas”, se aplica a todo mundo. Não é simplesmente cortando alimentos destacando a importância desses estudos principalmente na que os resultados vão vir, é comendo certo” e alertou: “Saúde, é prevenção de lesões. E encerrando o primeiro dia, após a palestra “Futebol: Pedagogia do Esporte” ministrada por Gabriel Campos foi realizada uma Oficina de Futsal. No segundo dia da semana acadêmica, “Análise de desempenho em equipes de futebol” foi o assunto trazido por Maurício Marinho e, em seguida, “Estrutura e organização do treinamento pelo modelo de sinos – um atendimento aplicado aos esportes de combate” foi abordado por Rafael Júlio Fachina. À noite, os alunos aprenderam mais sobre treinamento funcional para corrida em uma oficina ministrada por Gabriel Margotti Graciani. Fechando a semana do curso mais sobre treinamento funcional foi abordado, dessa vez como preparação para a

18


modalidade Triathlon. Gabriel Margotti Graciani, mostrou exemplos de exercícios e a importância e eficiência do treinamento na melhoria de desempenho e prevenção de lesões. A última palestra da XI Semana Acadêmica foi sobre os benefícios da Psicomotricidade para o esporte, Cristiane Amaral de Souza, explicou fundamentos básicos da Psicomotricidade e como aplicála ao esporte, relatando e expondo casos reais em que os ganhos foram visíveis e mudaram para melhor, a vida de crianças. Jonas Henrique Santos, aluno do curso que ajudou na organização do evento, falou do desafio e do quanto foi enriquecedor fazer parte dessa edição da Semana Acadêmica: “É interessante estar envolvido, ver o empenho e dedicação de todos os colegas em prol do evento, é o que tem feito com que cresça a cada ano”. conhecimentos muito diversificados, certamente todos que participaram saíram enriquecidos com muita informação “Parabenizo os alunos pela organização, o Prof. Me. Silvio relevante” concluiu o coordenador do curso, Prof. Dr. Alexandre de César Cristóvão por assessorá-los, foram debatidos Souza e Silva.

Jorge Murad comemora 5º lugar no Circuito Ncor de Corrida de Rua Mesmo com fortes oponentes e dificuldades no percurso, Jorge Alexandre Rocha Murad, Atleta Fepi e aluno do curso de Educação Física do Centro Universi-tário de Itajubá – FEPI alcançou a 5º colocação na corrida Ncor, que aconteceu no dia 04/08 no Kartódromo de Itajubá – MG.

Disputando a prova com 80 participantes, Jorge concluiu os 5 km em 20 minutos e 36 segundos. “Ciente das dificuldades busquei entregar o melhor de mim, foram mais de 30 duas de treinamento para chegar nessa competição e conseguir um bom resultado, digo mais forte para os novos desafios que virão”. Concluiu o atleta.

Jorge Murad conclui Corrida do Soldado na 6ª colocação O Atleta Fepi Jorge Alexandre Rocha Murad participou da 2ª segundos, desta vez, tive edição da Corrida do Soldado, organizada pelo 4° Batalhão de conhecimento de novos adversário Engenharia de Combate de Itajubá, no dia 18/08. que me mostraram o quanto tenho que melhorar. Tenho um objetivo Jorge que também é aluno do curso de Educação Física do em longo prazo que me permite Centro Universitário de Itajubá – FEPI relatou que, embora não oscilações, mas vou seguir tenha ficado entre os cinco primeiros competidores, dado o nível batalhando, treinando e dando o dos demais corredores, a 6ª colocação no quadro geral, na meu máximo dia a após dia para eu consiga alcançar todos objetivos categoria 5 km foi um bom resultado. propostos por mim e por todos “Concluí a prova em 6° Lugar com o tempo de 19 minutos e 25 meus apoiadores” finalizou o atleta.

19


Curso de Engenharia Civil firma parceria com a Prefeitura para implantação do Projeto Avançar Cidades

O Centro Universitário de Itajubá – FEPI por meio do curso de Engenharia Civil e a Prefeitura Municipal de Itajubá firmaram uma parceria visando implantar o Projeto “Avançar Cidades – Mobilidade Urbana”. De julho a dezembro de 2019, cinco professores e oito alunos (do 8º ao 10º período) do curso trabalharam para transformar um pré-projeto já existente, em um completo projeto Michel ainda comenta: “Ficamos felizes e surpresos por de execução visando melhorias quanto a acessibilidade, receber devolutivas tão positivas, por ser nosso primeiro projeto drenagem, sinalização e pavimentação em algumas ruas e desse porte. Foi uma experiência muito positiva para todos nós”. avenidas de Itajubá. Aprendizado na prática. O resultado do projeto executivo superou as expectativas conforme relato do coordenador do curso, Prof. Me. Demarcus Werdine, “foi um ganho muito grande para o curso e para os alunos, eles puderam colocar na prática muitos conteúdos vistos ao longo do curso e se superaram entregando um trabalho de muita qualidade, o qual será revertido em ganhos para a população”. Programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana. Tem como objetivo melhorar a circulação das pessoas nos ambientes urbanos por meio do financiamento de ações de mobilidade urbana voltadas à qualificação viária, ao transporte público coletivo sobre pneus, ao transporte não motorizado e à elaboração Michel Henry Bacelar Souza, um dos alunos que integrou a de planos de mobilidade urbana e de projetos executivos. equipe, relatou que o “Avançar Cidades” abrangeu várias áreas e foi bem completo: “Trabalhamos no planejamento do projeto e na parte prática, com medições e visitas às áreas que precisam passar por melhorias. A equipe foi bem versátil, tivemos um ótimo suporte dos professores, cada um pôde ajudar conforme suas especialidades. Foi muito enriquecedor! Também tivemos contato com a equipe da Secretaria de Obras e do DETRANIT Departamento de Trânsito de Itajubá”.

20


FEPI recebe visita dos ex-alunos do curso de Engenharia Civil - Turma 1984

21


Seminário “O Mercado de Commodities Agrícolas”

econômicos que privilegiassem algumas das commodities agrícolas. Os alunos do 7º período do curso de Engenharia de Produção, do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, na disciplina de A produção dos boletins deu-se a partir da formação de Economia, sob a orientação do prof. Dr. Antônio Suerlilton equipes e definição da commodity agrícola a ser trabalhada. Barbosa da Silva, mergulharam no mercado mundial de Assim, quatro boletins foram produzidos abordando as seguintes commodities. commodities: café, milho, petróleo e carne bovina. As commodities – ou commodity, no singular – é uma expressão do inglês que se difundiu no linguajar econômico para fazer referência a um determinado bem ou produto de origem primária comercializado nas bolsas de mercadorias e valores de todo o mundo e que possui um grande valor comercial e estratégico. Geralmente, trata-se de recursos minerais, vegetais ou agrícolas, tais como o petróleo, o carvão mineral, a soja, a cana-de-açúcar entre outros.

Permearam os boletins informações sobre produção e consumo, elasticidade renda e preço, custos de produção, impactos ambientais, estrutura de mercado, questões tributárias, subsídios, comercio internacional e projeções de mercado.

Segundo o prof. Antônio Silva, o Seminário “O Mercados de Commodities Agrícolas” contribuiu para ampliar e qualificar a discussão, ao tratar o tema a partir de várias dimensões (tecnológica, sustentabilidade ambiental, balanço de pagamentos, O objetivo dessa imersão foi a produção de boletins eficiência e produtividade, empresarial e política governamental).

22


Painel Empreendedorismo e Marketing: Conversando com empreendedores itajubenses

No dia 26 de novembro de 2019, aconteceu, na FEPI, o I Painel de empreendedorismo e marketing: conversando com empreendedores itajubenses. Nesta 1ª edição, o “Painel empreendedorismo e marketing: conversando com empreendedores itajubenses” evidenciou a expertise de empreendedores em uma conversa sobre oportunidades de negócio, dificuldades e caminhos para a superação dos momentos de crise.

implementado nas disciplinas de Empreendedorismo e Marketing, ministradas pelo professor Dr. Antônio Silva, no curso de Engenharia de Produção. Na ocasião, os alunos fizeram a entrega dos planos de negócio e marketing aos empreendedores com empreendimentos localizados em comunidades nas quais residem os alunos. Em parceria com o Sebrae, representada pela técnica local, a

senhora Andresa Cristina da Silva, o Evento contou com a presença de 22 empreendedores dos diversos setores da atividade econômica de Itajubá. Para o prof. Antônio Silva, o Painel foi muito relevante para os alunos, que pensam em abrir seu próprio negócio, por ter sido um momento de relato sobre experiências, bem e mal sucedidas, em liderança, gestão, marketing e vendas, sob a ótica de empresários experientes e atuantes em diferentes mercados.

O Painel contou com quatro rodas de conversa com empreendedores locais de diferentes setores da atividade econômica. O Evento marcou o fechamento do Projeto “Plano de Negócios: a comunidade local em foco”,

23


VI Seprod – Semana do Curso de Engenharia de Produção

24


Plano de Negócios: a comunidade local em foco

Os alunos do 9º período do Curso de Engenharia de Produção, do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, deram início ao Projeto “Plano de Negócios: a comunidade local em foco”. O objetivo do Projeto é contemplar pequenos empreendedores com o desenvolvimento de um plano de negócios. Assim, tais empreendimentos, localizados em comunidades nas quais residem os alunos, terão a oportunidade de ampliarem seus negócios, haja vista o plano de negócio ser uma das formas mais eficientes para planejar um novo investimento, minimizar os riscos, analisar a viabilidade da expansão do negócio e auxiliar na gestão da empresa. Por meio do Projeto “Plano de Negócios: a comunidade local em foco”, os alunos desenvolverão óticas específicas na apreciação de determinados negócios no intuito de antecipar situações e descobrir quais decisões podem ser tomadas para que os objetivos empresarias sejam alcançados no futuro.

Como primeira atividade concreta do projeto, os alunos elaboraram o Business Model Canvas, de cada empreendimento objeto de estudo, possibilitando assim uma visão sistêmica do negócio. O Projeto “Plano de Negócios: a comunidade local em foco” é parte da disciplina Empreendedorismo, ministrada pelo professor Dr. Antônio Suerlilton Barbosa da Silva.

25


Semana Acadêmica do curso de Engenharia Elétrica abordou aspectos práticos da profissão

A Semana do curso de Engenharia Elétrica promoveu entre os dias 27 a 29/11 minicursos e palestras que focaram na prática da profissão. Participaram da abertura, a Magnífica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª. Cidélia Maria Barbosa Lima; o Coordenador do curso, Prof. Tiago Rodrigues; professores e alunos. “Quais competências o mercado espera de você” foi a palestra de abertura, ministrada pelo analista de Recursos Humanos da Helibras, Emanoel Marcos Ferreira, que mencionou sobre comportamentos e características profissionais mais requisitadas por recrutadores, como pró-atividade e busca constante pelo aperfeiçoamento. No segundo dia de evento, o Engenheiro Denício Andrade Coelho da “Conecte Solar” apresentou as oportunidades relacionadas à energia fotovoltaica e destacou o quanto esse mercado é promissor. Além da palestra, o Eng. Denício também ministrou o minicurso: “Energia Fotovoltaica - Mercado & Oportunidades”. Encerrando o evento, o Engenheiro Eletricista e ex-aluno, formado na primeira turma de Engenharia Elétrica da FEPI, Rodrigo Quaresma da Silva, relatou sua experiência como Engenheiro de Soluções. Além das palestras, a Semana da Engenharia Elétrica contou com quatro minicursos, em variadas áreas do conhecimento.

26


Aluno do Centro Universitário de Itajubá – FEPI apresenta trabalho científico na XIII Conferência de PCH, Mercado e Meio Ambiente

Em 07 de agosto de 2019, na cidade de Curitiba – PR, aconteceu a XIII Conferência de Pequenas Centrais Hidrelétricas, Mercado e Meio Ambiente. O evento, contou com a participação de diversos agentes do setor, composto por investidores, pesquisadores, técnicos, agentes do mercado e provedores de soluções e tecnologias. A aluno do 10° período do curso de Engenharia Elétrica do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Cauan Eric Barbosa Vaz, apresentou o trabalho “Análise de viabilidade econômica para recapacitação de uma central de geração hidrelétrica”. Em relato, o aluno destaca que “Foi uma satisfação imensa trocar informações com pessoas tão gabaritadas, podendo compartilhar os resultados do trabalho de pesquisa desenvolvido”. Nesta pesquisa, o aluno Cauan foi orientado pelos professores Me. João Alves da Silva Neto e Me. Bruno de Nadai Nascimento. A coordenação do curso de engenharia elétrica, parabeniza a todos os envolvidos.

Alunos do Curso de Engenharia Elétrica da FEPI visitam à Subestação de Energia – SE Itajubá 3 Os alunos do Curso de Engenharia Elétrica do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, acompanhados pelo Prof. Me. Bruno de Nadai Nascimento, realizaram visita técnica à Subestação de Energia – SE Itajubá 3, dia 08 de maio de 2019. Segundo o coordenador do curso, Prof. Tiago Rodrigues, esta visita permitiu aos alunos conhecer um pouco mais as instalações e equipamentos típicos do Sistema Elétrico de Potência – SEP, importante área de atuação para àqueles formados em Engenharia Elétrica. A SE Itajubá 3 é uma referência para o sistema elétrico regional, ela conecta os municípios de Poços de Caldas, Itajubá e Cachoeira Paulista, através do SIN – Sistema Interligado Nacional, na tensão de 500kV.

27


Alunos do curso de Engenharia Elétrica realizam visita técnica à CGH Itajubá Energia S.A.

No dia 31 de agosto, alunos do curso de Engenharia Elétrica do responsabilidade da empresa Hy Brazil Energia S.A. Centro Universitário de Itajubá – FEPI, realizaram visita técnica à Central Geradora Hidroelétrica – CGH Itajubá Energia S.A., A visita foi guiada pelo analista de planejamento e controle acompanhados pelo Prof. Dr. Leopoldo Uberto Ribeiro Junior, para ambiental, Eng. Bruno Dias Souza, da empresa GMW Engenharia aprimorar os conhecimentos relativos à construção de uma CGH. Ltda., parceira no empreendimento. A obra está em fase de conclusão e, segundo o Prof. Dr. Leopoldo Uberto, “Nesta visita os Depois de concluída, a CGH Itajubá irá gerar energia elétrica discentes puderam verificar aspectos construtivos, montagem por meio de um aproveitamento hidrelétrico, no Ribeirão Sabará, eletromecânica e ações de mitigação dos impactos ambientais”. na divisa dos munícipios de Itajubá e Maria da Fé. O Todas estas experiências de grande valia na formação dos futuros empreendimento terá capacidade instalada de 2 MW, e está sob engenheiros.

INFORMAÇÕES: Secretaria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão WhatsApp: 98802-1348

28

Tel.: (35) 3629-8434

clif@fepi.br

pos.diretoria@fepi.br


Semana do curso de Engenharia Mecânica inova com projeto de incentivo à leitura

Do dia 02 a 04/10 foi realizada mais uma edição da Semana Acadêmica do curso de Engenharia Mecânica do Centro Universitário de Itajubá-FEPI, que além das palestras sobre assuntos atuais relacionados às inovações tecnológicas, contou com outra novidade, o Projeto de Incentivo à leitura.

nossa comunicação verbal e escrita, nossa imaginação é estimulada, temos maior suporte profissional, desenvolvemos habilidades que nos diferenciam no mercado; não há nada a perder e muito a ganhar, leitura melhora tudo, aproveitem esse novo projeto, espero que todos participem” disse a Reitora. O coordenador do curso, Prof. Dr. Márcio de Oliveira agradeceu os palestrantes, o apoio da instituição e frisou a riqueza das palestras: “A programação da semana acadêmica foi elaborada cuidadosamente com o propósito de apontar para os alunos o caminho que devem trilhar para se prepararem para o futuro e, refletirem sobre qual será a atitude tomada a partir de hoje, para se tornarem bons profissionais”.

A Magnifica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima, participou da abertura do evento e em sua fala, elogiou a condução do curso e incentivou os alunos A primeira palestra da Semana Acadêmica foi ministrada pelo a prestigiarem os eventos acadêmicos: “essa é uma forma de crescermos, termos acesso às novidades”. E convocou os alunos Engenheiro Thiago Deotti Carvalho, ele falou sobre o que o para o Projeto de Incentivo à leitura: “Com a leitura melhoramos mercado espera dos novos profissionais, citou as competências necessárias para o ingresso na “Society 5.0” – ambiente social onde serão resolvidos problemas sociais e desafios do cotidiano, incorporando as inovações da quarta revolução industrial (IoT, Big Data, Inteligência Artificial e Robótica) em todas as indústrias e na vida social. Após o coffee break o Prof. André Mancilha abordou a importância da inteligência emocional como diferencial num

29


minicursos foram disponibilizados aos alunos: Fundamentos do Processo de Retificação; Energias Renováveis Aplicadas à Engenharia Mecânica; Processos de Fabricação do Circuito Integrado – A presença da Mecânica; Ferramentas estatísticas para tomada de decisão; Simulação e prática Eletrohidráulica; mercado de trabalho cada vez mais competitivo: “assim como as Análise térmica em Componentes Mecânicos; Introdução ao competências técnicas podem ser aprendidas, a inteligência Simulink; Controle de Sistemas Eletrohidráulicos e Introdução a análise estrutural via Ansys Student. emocional pode e precisa ser desenvolvida”. Conforme relatou o aluno Douglas Roberto a semana acadêmica foi válida pois levou os alunos à importantes reflexões. “O que aprendi sobre indústria 4.0 e sociedade 5.0 me fez pensar muito sobre como me preparar como profissional e cidadão; o projeto de leitura também foi muito interessante, mostrou a importância da pró-atividade”. No segundo dia do evento, Prof. Dr. Túlio André Paiva, ministrou a palestra: Análise térmica em Componentes Mecânicos. Ao longo dos três dias da semana acadêmica, nove

Alunos do curso de Engenharia Mecânica participam de projeto de incentivo à leitura Estamos vivendo a era do conhecimento, da tecnologia e a da pessoas Altamente Eficazes”, do autor Stephen R. Covey, que inovação e a Engenharia faz parte inevitavelmente deste avanço. destaca temas importantes para a transformação pessoal e profissional do futuro engenheiro. A humanidade sempre lançou mão da Engenharia para suprir suas necessidades do dia a dia, sendo sinônimo de desenvolvimento, portanto, para que o curso de Engenharia entregue bons engenheiros à sociedade é preciso repensar sua prática, refletir sobre seu processo de ensino/aprendizagem e criar novas metodologias para construção de um novo profissional. Pensando nisto, o curso de Engenharia Mecânica do Centro Universitário de Itajubá – FEPI vem desenvolvendo Projeto de Leitura com seus alunos. É bom destacar que, diante da grande concorrência do Projeto que tem como objetivo, incentivar o hábito de leitura, mercado de trabalho é preciso que o aluno se empenhe em desenvolver o raciocínio lógico; estimular a criatividade, a demonstrar sua qualificação e competência, de contribuir efetivamente em resolver problemas, e para isso precisa imaginação e o senso crítico. desenvolver uma boa comunicação oral e escrita, que somente Este ano os alunos do curso leram o livro “ Os 7 Hábitos das por meio da leitura o aluno é capaz de adquirir.

30


Aluno do curso de Engenharia Mecânica participa do 40º BrAVIC A Profª. Lidiane Gomes, orientadora do aluno do curso de Engenharia Mecânica do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Fhilipe Henrique Mendes, o parabeniza pelo seu trabalho e empenho. Sempre muito interessado e dedicado, resultou na participação da 40ª edição do Congresso de renome Internacional: BrAVIC – Brazilian Congress on Vacuum Applications in Industry and Science. A professora comentou que nos últimos anos tem-se buscado desenvolver materiais que sejam economicamente viáveis e ao mesmo tempo correspondam às novas exigências tecnológicas. Neste sentido, os materiais compósitos despontam como uma alternativa para serem utilizados em diversas aplicações. Neste trabalho analisou-se as propriedades mecânicas e características de fratura frente aos carregamentos de tração e compressão da resina epóxi reforçado com fibra de vidro-E. O Coordenador do curso de Engenharia Mecânica, Prof. Marcio de Oliveira também parabeniza o aluno Fhilipe, bem como sua orientadora, Profª. Lidiane, pelo trabalho publicado no Congresso.

MAIS INFORMAÇÕES: (35) 3629-8434 (35) 9 8802-1348 pos.diretoria@fepi.br

31


Aluna do curso de Farmácia é aprovada em mestrado na Unifei dois anos seguidos na área de Bromatologia e Análises Clínicas. “A experiência na monitoria aumentou ainda mais meu amor pela instituição e pela profissão”. Raquel iniciará na nova etapa de seus estudos na primeira semana de agosto, e para quem deseja trilhar esse caminho ela aconselhou: “Ter sido aprovada no mestrado me fez acreditar que tudo que se busca com empenho, dedicação e compro-metimento pode ser alcançado. Aos futuros colegas de profissão, sugiro que aproveitem as oportunidades oferecidas pela instituição, temos grandes professores, laboratórios excelentes. O suporte oferecido pela FEPI me fez Formada em 2018, Raquel optou por fazer mestrado visando a oportunidade de crescer chegar até aqui”. profissionalmente e devido seu interesse pela docência. “A FEPI é uma instituição de excelência, acolhedora e que motiva seus O coordenador do curso de Farmácia, Prof. Valdomiro Vagner alunos e professores a crescerem; eu via em meus professores o de Souza destacou: “ É com grande alegria que recebemos a prazer em lecionar e sonho com a possibilidade de um dia em notícia da apro-vação de nossa colega de profissão e ex-aluna, poder lecionar nesta instituição”disse. Raquel. Nos sentimos honrados com a sua aprovação. É merecido! Parabéns e que essa notícia maravilhosa motive Em sua trajetória na graduação, a ex-aluna foi monitora por nossos alunos a estudarem cada vez mais” concluiu. Raquel Fernandes Nunes e Vilas Boas, ex-aluna do curso de Farmácia do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, foi selecionada no mestrado na área de Engenharia em Biomateriais na Unifei – Universidade Federal de Itajubá.

Alunas do Curso de Farmácia da FEPI publicam resumo em simpósio As alunas Lazara Luana Costa e Vanessa Abreu dos Santos participaram do II Simpósio de Iniciação Científica na Universidade Federal de Itajubá UNIFEI. Elas apresentaram um trabalho intitulado: Vesículas Sintéticas Inteligentes: Construção e Estudo do Comportamento Frente a Estímulos Externos. O orientador do trabalho, prof. Dr. Valdomiro Vagner salientou a importância da iniciação científica para o crescimento profissional das acadêmicas: “É interessante que elas saiam e conheçam outras possibilidades. Puderam conhecer outras linhas de pesquisa, fazer contatos e representar nossa querida FEPI”. Segunda as alunas, participar do Simpósio foi uma boa oportunidade para entrar em contato com ideias diferentes, perspectivas de outras áreas, garantindo a troca de experiência aumentando o conhecimento pessoal. A comunidade FEPI parabeniza as discentes pelo trabalho.

32


Iniciativa de alunos do curso de Fisioterapia arrecada 300kg de alimentos para Vila Vicentina Além de todo o conteúdo aprendido por meio do VI Simpósio de Fisioterapia Respiratória e Tabagismo, os alunos puderam exercer a solidariedade arrecadando donativos para a Instituição de Longa Permanência de Idosos – Vila Vicentina, como parte da inscrição no evento que foi realizado no Centro Universitário de Itajubá – FEPI. A entrega das doações à Vila Vicentina foi realizada no sábado dia 21/09 e, segundo relato da membro da Liga Acadêmica de Fisioterapia Respiratória e Tabagismo, Joyce Mara de Souza, é a primeira vez que fazem esse tipo de ação e a experiência foi muito válida: “Eles gostaram muito, estavam precisando bastante, por fazermos estágio lá temos a oportunidade de ver de perto o quanto a demanda deles é grande e as ajudas são necessárias; queremos manter essas iniciativas de sempre ajudá-los, não apenas com os atendimentos, mas com esse tipo de campanha também, foi muito gratificante”.

Como ajudar. Interessados em fazer doações à Vila Vicentina podem entrar em contato pelo telefone: (35) 3622-3194

O Coordenador do curso de Fisioterapia, Prof. Dr. Luis Henrique Sales Oliveira elogiou a iniciativa dos estudantes ressaltando a importância do desenvolvimento global do aluno: “Esse é o profissional que queremos formar, comprometido com o social extrapolando somente a competência técnica e se envolvendo com as demais necessidades da população”. Parceria. Há mais de uma década anos o curso de Fisioterapia realiza atendimentos nas áreas de Fisioterapia Respiratória e Gerontologia na Vila Vicentina; por meio dos estágios, os alunos podem praticar os conteúdos aprendidos na teoria, além de aguçar a sensibilidade e empatia necessárias no atendimento ao público.

33


Parceria entre FEPI e Centro Municipal de Reabilitação proporciona aumento do número de atendimentos à população

A FEPI – Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá assinou o acordo de cooperação com a Prefeitura Municipal de Itajubá para fornecer mão de obra de Professores e estagiários para trabalhar no Centro Municipal de Reabilitação de Fisioterapia. Desde o dia 23/09 quatro alunas do curso de Fisioterapia da FEPI, e professores, passaram a integrar a equipe do Centro Municipal de Reabilitação. A estimativa é de que a parceria resulte em um aumento de 30% dos atendimentos à população. A iniciativa do projeto se deu por meio do Coordenador do curso de Fisioterapia, Prof. Dr. Luis Henrique Sales Oliveira e o Secretário de Saúde Prof. Dr. Nilo César do Vale Baracho. Sobre a

oportunidade de os alunos terem esse contato com a população, podendo contribuir para o município o coordenador do curso declarou: “que uma das preocupações da FEPI é auxiliar a comunidade ao qual está inserida, e o curso de Fisioterapia participa ativamente destas ações, com uma média anual aproximada de 15000 atendimentos fisioterapêuticos via serviço público de saúde em Itajubá e cidades vizinhas. Para a FEPI a qualidade dos atendimentos realizados pelo curso de Fisioterapia, por meio dos alunos supervisionados por seus professores não é somente vista como diferencial e sim como uma oportunidade que o curso tem de se inserir na contribuição sociocomunitária que lhe é esperada de forma ativa”. A qualidade do atendimento prestado tem sido bastante elogiada pelos pacientes, como confirmou a sra. Maria Aparecida dos Santos Marinho: “O atendimento é muito bom, estou no meio do tratamento e já estou recuperando o movimento dos pés, que estavam atrofiados, e sentido menos dores, melhorei bastante”. Sobre a importância de prestar um serviço de qualidade para a comunidade, a Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima completou: “Um dos objetivos do Centro Universitário de Itajubá é a extensão de suas atividades à Comunidade, utilizando os conhecimentos adquiridos pelos

34


alunos em trabalhos necessários para a região. Neste Acordo de Cooperação todos são beneficiados, a Prefeitura Municipal de Itajubá, que pode ampliar o atendimento à população, os alunos e professores do Centro Universitário de Itajubá, que podem aplicar e aprimorar conhecimentos, e a Comunidade da região, que terá melhoria de sua qualidade de vida.” A experiência tem sido enriquecedora conforme comentou o Prof. Dr. José Dilermando Costa Júnior, que tem orientado os alunos com outros dois professores do curso: “Essa iniciativa tem sido muito positiva para os alunos pois permite que exerçam as atividades práticas de forma muito melhor, mais aprofundada, porém, o ganho não é apenas a aplicação dos conhecimentos técnicos, mas esse contato com pessoas diferentes e a vivência da realidade da profissão”. O professor elogiou o espaço e a receptividade da equipe que já atuava no Centro de Reabilitação e sobre suas expectativas declarou: “esperamos que essa parceria se prolongue por muitos anos, pois todos ganham, alunos, professores, profissionais e principalmente, a comunidade”. Sobre a parceria, a Fisioterapeuta, Mylvia Faria Pereira, disse: “toda parceria é bem-vinda principalmente quando o objetivo final é a humanização e valorização do paciente e seu bem-estar”. Tainara Nielly Alves, aluna do 7º período do curso declarou: “Tem sido uma experiência maravilhosa, é gratificante ver o paciente chegar com dor e sair feliz recuperado, sem nenhuma queixa, os professores dispostos a nos ajudar, dando todo apoio, estamos gostando muito”.

Centro Municipal de Reabilitação Atendimento Presencial: Rua João Antônio Pereira, 469, Varginha Telefone: 35 3622-0446 Horário de Funcionamento: das 07h às 17h. Dias de atendimento: segunda, quarta e sexta-feira.

35


VI Simpósio Fisioterapia Respiratória e Tabagismo é sucesso de público

No dia 04/09 a Liga de Fisioterapia Respiratória e Tabagismo do Centro Universitário de Itajubá – FEPI realizou o IV simpósio que, assim como as edições anteriores, foi sucesso de público, contando com 88 alunos do curso. O Simpósio contou com três palestras sendo a primeira delas “Mobilização Precoce e Recursos Tecnológicos em Pacientes Graves” ministrada pela Fisioterapeuta e ex-aluna da FEPI Vivian Cruz. Além de falar sobre os recursos, a forma de utilizá-los e expor fotografias dos procedimentos e aparelhos utilizados, Vivian relatou a experiência de ingressar em um curso de especialização em uma instituição de grande porte como a Unicamp – Universidade de Campinas. “No início achei que teria muita dificuldade, tive receio de não acompanhar os demais alunos, mas fui surpreendida positivamente, minha experiência aqui na FEPI, com os eventos, participação nas ligas acadêmicas e toda a estrutura que o curso oferece foram diferenciais que têm me ajudado muito, o curso não deixa a desejar em nada, pelo contrário, nos prepara muito bem para desafios maiores”. Na sequência a Fisioterapeuta Juliana Rezende Valadares falou sobre “Técnicas Atuais e Convencionais de Fisioterapia Respiratória – Evidências Científicas” e fechando o Simpósio, o Fisioterapeuta Juscelino Sérgio Amâncio falou sobre “Fisioterapia na Síndrome pós Doença Crítica Crônica”. Na visão da Presidente da Liga de Fisioterapia Respiratória e Tabagismo, Amanda Sales, foi muito gratificante organizar o

36

evento: “Ver que toda nossa dedicação trouxe ótimos resultados, proporcionado novos conhecimentos e saber que ainda ajudaremos quem precisa é recompensador! Tivemos grande ajuda da nossa Orientadora, Professora Pâmela Camila Pereira e nosso coordenador, Professor Luís Henrique Sales Oliveira, que nos ajudaram sobre como prosseguir e organizar tudo. Arrecadamos uma boa quantia de alimentos (318Kg), que serão doados para a Vila Vicentina; tivemos ótimos retornos dos alunos e professores que participaram do evento. Só queremos agradecer a todos que participaram, alunos, professores, palestrantes e patrocinadores, sem vocês não teríamos conseguido”.

O coordenador do curso, Prof. Dr. Luís Henrique Sales Oliveira destacou “eventos com esse perfil solidário fazem com que o aluno se preocupe mais com o papel social que o profissional de saúde necessita ter. O melhor de tudo, é que no curso de Fisioterapia da FEPI o que se propõe com finalidade científica, voluntária ou social é abraçado pelos alunos de forma ímpar, e isso nos motiva cada vez mais. Parabenizo os palestrantes de quem tive o privilégio de ser professor, todos os integrantes da LAFREST e demais alunos participantes. ”


Alunas do curso de Fisioterapia apresentam trabalhos científicos em Congressos de Saúde no 2º semestre Alunas do curso de Fisioterapia participaram do XXVII Congresso Estétika e XXIII Encontro Latino Americano de Iniciação Científica (XXIII INIC) neste segundo semestre de 2019. Foram apresentados de forma pôsteres o total 9 trabalhos que são frutos do desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) das alunas elaborados no decorrer do semestre. A divulgação científica é uma ótima oportunidade de não somente agregar experiências, conhecimentos ou se envolver experiências profissionais e proporcionar estímulos para novas com temáticas novas, mas também para o acadêmico fazer novos pesquisas científicas. São valores curriculares imprescindíveis contatos, com futuros colegas de profissão, afim de transmitir suas para a formação do aluno.

37


Professoras e alunos do Curso de Letras participam de Encontro Internacional sobre Estudos da Linguagem

Alunos e as professoras do Curso de Letras da Fepi – Centro Universitário de Itajubá participaram do VIII Encontro de Estudos da Linguagem e do VII Encontro Internacional de Estudos da Linguagem realizados em Pouso Alegre, no mês de outubro.

transformação. O desenvolvimento dessas pesquisas científicas é uma evidência do empenho de alunos e professoras do Curso de As pesquisas apresentadas neste evento de referência Letras que buscam constantemente um embasamento científico nacional promovem reflexões sobre os diferentes fenômenos da visando tornar suas práticas pedagógicas cada vez mais Linguagem, buscando fortalecer a reflexão crítica das diversas eficientes. formas de produção no âmbito das Ciências da Linguagem. Para a aluna Thaís Gabriela “a experiência de participar de Os alunos: Liliane da Silva, Thaís Cristina, Thaís Gabriela, eventos acadêmicos é sempre muito enriquecedora”. João Lucas e as professoras Dra. Stella Maris Rodrigues Simões e O Centro Universitário de Itajubá – FEPI, por meio da Dra. Alba Helena Fernandes Caldas apresentaram relevantes coordenação do Curso de Letras, parabeniza a todos os pesquisas relacionadas aos Estudos da Linguagem na pesquisadores, alunos e professores, que apresentaram suas compreensão da sociedade e na proposta de vias para a sua pesquisas neste Encontro de Estudos da Linguagem.

Ex-aluno do Curso de Letras defendeu sua tese de Doutorado Ex-aluno Curso de Letras do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Frederico Campean, defendeu a tese de Doutorado intitulada “O discurso Bolsonarista e a desconstrução do Brasil”. Frederico teve como orientadora a referência mundial em Análise do Discurso, Professora Dra. Eni Orlandi. A defesa aconteceu dia 27 de agosto, na Unicamp, universidade em que o aluno cursou o Doutorado. Sua banca de arguição teve a participação da professora da Fepi, Dra. Giuliana Capistrano, professora do aluno na graduação. Nosso corpo docente parabeniza e deseja ao ex-aluno um futuro promissor em sua jornada acadêmica. O curso de Letras do Centro Universitário de Itajubá – FEPI deseja-lhe muito mais sucesso!

38

Banca de defesa. Da esquerda para a direita: Prof. Dr. Helson Flávio da Silva Sobrinho (UFAL); Profª. Drª. Giuliana Capistrano (FEPI); Profa. Dra. Eni Orlandi (Unicamp); Acadêmico Frederico Campean; Profa. Dra. Débora Massmann (UFAL) e Profa. Dra. Claúdia Pfeiffer (Unicamp).


Variações linguísticas e o ensino de Língua Portuguesa é tema da XVIII Seletras Na Semana Acadêmica do curso de Letras – Seletras, alunos, professores, ex-alunos e convidados puderam aprofundar conhecimentos relacionados à Língua Portuguesa. O evento aconteceu dos dias 07 a 09/10, no Centro Universitário de Itajubá – FEPI. A palestra de abertura abordou o tema da Seletras: “Variações linguísticas e o ensino de Língua Portuguesa: práticas docentes idealizadas e realizadas”, ministrada pela Profª Drª. Adriana Cintra de Carvalho Pinto. “A 18ª Seletras foi um grande sucesso, nos três dias de evento, os alunos puderam aprender muito sobre a prática docente, as variações linguísticas, a lexicografia e conhecerem mais sobre a carreira docente, encerramos com uma palestra de comunicação eficiente em sala de aula, ministrada pelo Prof. André Mancilha; tenho certeza de que os alunos, convidados e ex-aunos tiveram oportunidades de adquirirem novas experiências e novos conhecimentos”. Destacou a coordenadora do curso, Profª Ma. Patrícia de Lucas Caldeira Rocha.

minicursos: “O que é uma palavra? Um percurso da Lexicografia até os Softwares de Extração Automática de palavras?” ministrada pela Profª Pâmela Teixeira Ribeiro; “Variação Linguística e Avaliação Social” ministrada pelo Prof. André Poltronieri Santos e “Jovem também é professor de língua portuguesa: aspectos teóricos da Gramática Sistêmico-Funcional e do Sistema de Avaliatividade” ministrada pelo Prof. Alex Júnior Bilhoto Faria.

A relevância do evento foi confirmada pela aluna Karla Viviane Serpa Ferreira: “A semana de Letras significou muito para mim, as palestras foram incríveis, certamente nos proporcionaram uma nova visão para quando estivermos em sala de aula, tivemos acesso a teorias e práticas linguísticas e pedagógicas que nos incentivam a buscar a excelência no trabalho com os alunos que teremos em breve” disse a aluna. Além das duas palestras, a semana contou com três

39


Alunos de Medicina Veterinária realizam palestras sobre prevenção de doenças

Os alunos do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, que cursam a disciplina de Zoonoses e Saúde Pública, ministrada pela Professora Rosane Marquês de Resende, realizaram palestras em escolas dos municípios de Itajubá e Piranguinho com intuito de conscientizar crianças e adolescentes sobre às principais doenças transmitidas dos animais aos seres humanos, as chamadas zoonoses. Durante as palestras, os graduandos em Medicina O Médico Veterinário tem papel importante na saúde única, o Veterinária do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, transmitiram aos estudantes das escolas visitadas qual visa cuidar da saúde dos animais objetivando a saúde informações sobre as formas de prevenção e controle das humana. Parabéns a todos os alunos e à professora envolvidos no desenvolvimento desse importante trabalho social! principais zoonoses.

40


Projeto Integrador do curso de Medicina Veterinária instrui cerca de 470 produtores rurais e seus familiares O Centro Universitário de Itajubá – FEPI, por meio da disciplina de Projeto Integrador: Bioestatística e Extensão Rural do curso de Medicina Veterinária, realizou um ciclo de palestras direcionadas aos produtores rurais dos municípios de Wenceslau Brás, Pedralva, Maria da Fé, Cristina, Conceição das Pedras, Delfim Moreira e Itajubá, no período de 03 de outubro a 21 de novembro de 2019 e atingindo um total de 470 pessoas. O objetivo das palestras foi transmitir conhecimentos técnicos e práticos aos produtores rurais, facilitando assim, sua vida de campo. VI DIA DE CAMPO – AGRICULTURA FAMILIAR O VI Dia de Campo para Agricultura Familiar iniciou com uma oração e apresentação dos responsáveis pelo evento. O primeiro tema da apresentação pela EMATER- MG foi sobre a Patrulha Agrícola Municipal, logo após os trabalhos da Secretaria Municipal A Samambaia do campo é uma planta perene, herbácea, de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Piranguçu, foi invasora das pastagens. A prática de queimadas facilita a sua abordado o tema “Programa Municipal de Correção de Solo “. proliferação. Outro fator que auxilia no seu desenvolvimento são solos que possuem pH baixo, pobres em fósforo e arenosos. É Após as apresentações iniciamos o evento, nas uma planta com alta toxidade, onde a intoxicação pode levar ao apresentações dos alunos os produtores rurais foram distribuídos aparecimento de algumas enfermidades sendo elas: Síndrome de acordo com as quatro estações, dividas em cores: amarelo, Hemorrágica Aguda (SHA), Hematúria Enzoótica Bovina (HEB) ou vermelho, azul e verde. presença de Carcinoma no Sistema Digestório e Urinário do animal. Não há tratamento para essa afecção. Sendo a melhor As estações e seus respectivos temas foram: forma de evitar a doença a prevenção da proliferação da Samambaia, por meio do manejo correto das pastagens, Estação 1 - Intoxicação Por Samambaia adubação do solo e vistoria contínua da área onde o animal se encontra. Estação 2 - Morfologia da Vaca Funcional Uma vaca de leite funcional é aquela que tem uma boa produção aliada a pequenos índices de problemas de saúde, uma

41


oportunidade de vender o seu produto para nenhuma empresa que utilize da compra do leite, por isso a importância do seguimentos corretos das normativas garantem a contínua melhoria de sua produção. Estação 4 - Criação de Bezerras e Novilhas Leiteiras vaca resistente, longeva, que suporte várias lactações e tenha um baixo custo de manutenção, garantindo assim mais lucro ao produtor rural. Como vaca funcional para a região de Piranguçu, foi escolhida a raça Girolando, pois é um animal mais resistente e forte, que se adapta melhor no modelo de produção da região, o extensivo (somente a pasto) e o semiextensivo (pasto mais suplementação no cocho). Para avaliar se uma vaca é funcional devem ser analisados diversos parâmetros, como exemplo: o úbere que determinará se a vaca será longeva, aprumos e força que garante que a vaca consiga ir em busca de seu alimento, garupa que auxilia em um parto mais fácil e sem complicações, entre diversos outros parâmetros. É de suma importância a escolha de animais funcionais para propriedade, assim o produtor consegue diminuir os índices de problemas de parto, retenção de placenta, gastos com medicamentos e aumento da produtividade, tendo como resultado um maior lucro.

Estação 3 - Instruções Normativas N° 76 e 77 As Instruções Normativas 76 e 77 trazem muitas novidades para todas as etapas produtiva do leite, desde a produção até os critérios finais da qualidade do leite. Elas foram publicadas no dia 30 de novembro de 2018 e entraram em vigor na passagem de maio para junho de 2019. Os proprietários que não se atentarem aos parâmetros das novas instruções normativas, não terão a

42

A diarreia é um distúrbio no qual as fezes se apresentam com maior concentração de água e menor conteúdo de matéria seca. Essa enfermidade é causada por anormalidades da peristalse, geralmente associadas com anormalidades da segmentação, ou o aumento dos movimentos peristálticos diminuindo o trânsito intestinal, fazendo com que o tempo de absorção de água seja insuficiente. Sendo assim, uma forma de evitar a perda econômica e o prejuízo da produção é a colostragem correta e também o manejo das bezerras. Desta forma, o colostro é o primeiro leite que as bezerras devem consumir, pois neste está presente os anticorpos da mãe, os quais irão fazer a defesa do organismo da bezerra até que seu sistema imunológico esteja pronto. Além disso, vai auxiliar na maturação do estômago das bezerras, fazendo com que o rumem se desenvolva e atinja a maturidade, possibilitando assim o fechamento da goteira esofágica. A grande importância em uma higienização adequada do local onde os animais ficaram, a fim de evitar que outras doenças se disseminem e também para que ocorra um bem estar destes animais culminando em uma melhor produção futura e diminuindo riscos de prejuízos futuros.


FEPI investe em tecnologia adquirindo moderno aparelho de Raio – X para o Centro Veterinário

Maior eficiência nos diagnósticos por imagem, rapidez e segurança nos exames, estes são alguns dos ganhos que os alunos do curso de Medicina Veterinária terão com a aquisição do novo e moderno aparelho de Raio – X entregue a eles na tarde de segunda-feira (30/09). Na entrega oficial do equipamento aos alunos, a Magnífica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima, contou como se deu a aquisição do novo equipamento: “Nós não queríamos simplesmente trocar o equipamento antigo sem nos certificar de que não era possível recuperá-lo, como o investimento nessa tecnologia inovadora em radiologia foi bem alto, era necessário um estudo maior, decidimos comprar o equipamento que certamente será muito útil e vai agregar muito no aprendizado dos alunos”. Também presente na entrega oficial do equipamento, a PróReitora Acadêmica Profª Magda Cristina Nascimento Rochael salientou: “Desejamos que aproveitem bastante esse equipamento, façam bom uso dele, que acompanhados pelos professores, criem as habilidades e competências necessárias para manuseá-lo, de forma que tornem-se profissionais cada vez mais preparados e com diferenciais importantes para o mercado de trabalho”.

necessários para utilização do aparelho e dos cuidados com segurança. A expectativa dos alunos quanto às novas possibilidades que o equipamento trará é grande, como contou o Natan Felipe da Silva, estudante do 10º período: “É uma ótima aquisição para o curso, certamente nos ajudará bastante pois facilitará o diagnóstico devido à precisão e à nitidez das imagens”. O coordenador do curso, Prof. Aécio Silveira Raymundy agradeceu o empenho da Reitoria em proporcionar melhorias constantes no curso. Para receber o novo equipamento, a sala de radiologia também foi adequada, sendo ampliada e recebendo pintura adequada (resistente à radiação), além da compra de protetores de chumbo para corpo, mãos e tireóide, enfim, todos os equipamentos necessários para garantir a segurança de professores e alunos, preocupação constante da FEPI.

O Engenheiro Eletrônico, Marcelo Villela de Lima, representante da empresa que forneceu o equipamento explicou que a capacidade do novo Raio-X do Centro Veterinário tem enorme precisão sobretudo para ser utilizado em animais de grande porte e que a FEPI é pioneira na região, por investir na área. “Essa é a única instituição da região que possui esse equipamento de ponta, há algumas poucas que já o possuem ainda não estão com ambientes adequados para colocá-lo em operação” disse Marcelo, que falou também dos cuidados

43


Semana Acadêmica de Medicina Veterinária mobiliza alunos em diversas atividades acadêmicas

Entre os dias 03 a 05/09 aconteceu no Centro Universitário de Itajubá – FEPI, mais uma edição da SEMEV – Semana Acadêmica do Curso de Medicina Veterinária, que marcou as comemorações de 14 anos do curso. A história do curso foi abordada na palestra ministrada pelo Prof. Rodolfo Malagó, fotos e principais realizações do curso de Medicina Veterinária foram expostas. Em seguida, o Prof. Dr. Sérgio da Silva Rocha Júnior falou sobre: “Exame clínico no sistema locomotor de equinos”; mostrou como é realizado o diagnóstico de claudicação, a inspeção durante os movimentos do animal, e os graus de claudicação, foram alguns dos tópicos Na cerimônia de abertura a Reitora, Profª Cidélia Maria abordados. Barbosa Lima exclamou: “Parabenizo a organização, é nítido o cuidado com que o evento foi preparado, a quantidade dos No segundo dia da SEMEV, o Biólogo Jomar Zatti falou sobre o trabalhos inscritos na I Mostra de Trabalhos Técnico-Científicos e Programa Nacional de controle da raiva dos Herbívoros e, em a alegria de vocês, essa semana é exatamente para isso, é uma seguida, a Médica Veterinária Cássia Corrêa ministrou a palestra: satisfação ver o empenho das ligas acadêmicas, os professores “Neoplasias Mamárias em cadelas e gatas” expondo o que há de envolvidos, palestrantes e ao coordenador do curso; com 14 anos novo na área. de existência o curso mostra a que veio, formando profissionais de excelência”. No último dia do evento, o Prof. Dr. Pedro Ivo Sodré Amaral falou sobre “Atualidades em bem-estar animal de produção”, O coordenador do curso, Prof. Aécio Silveira Raymundy, encerrando o ciclo de palestras o Prof. Dr. Venilton José Siqueira também agradeceu todos os envolvidos destacando a parceria e o ministrou a palestra “Técnicas Operatórias e Cirurgias apoio dos professores e alunos. “Esse evento é fruto do trabalho Experimentais – Perspectivas e Desafios” dessa equipe unida, forte, que desempenha o melhor trabalho. Nossos alunos são o motivo de tudo que temos feitos, vocês “Essa edição da SEMEV foi incrível, com diversas atividades alunos devem assumir cada dia mais o papel de protagonistas do que abrangeram todas as áreas de interesse dos alunos, a I curso.” Mostra trabalhos Técnico-Científicos também foi bastante importante para expormos nossos trabalhos, ” relatou a aluna Larissa Cerqueira Barbosa. A SEMEV contou com uma ampla programação, ao todo foram 6 palestras, 7 minicursos, 63 trabalhos foram expostos na I Mostra de Trabalhos Técnico-Científicos, além disso, nos intervalos entre as palestras, durante o coffee break, os alunos do curso comandaram o momento cultural com apresentações musicais.

A SEMEV de 2019 atingiu o objetivo de proporcionar aos alunos e professores: momento de confraternização, comemoração e muito aprendizado. A participação em massa dos alunos na organização da SEMEV foi o diferencial na Semana Acadêmica deste ano. Parabéns para os alunos do Curso de medicina veterinária.

44


FEPI realiza entrega de cestas básicas aos detentos que prestam serviços no Centro Veterinário

A Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá – FEPI realizou no dia 22/08 a entrega de cestas básicas para seis internos que cumprem pena no presídio da cidade e que, há um mês, prestam serviços no Centro Veterinário da Instituição. Por meio da parceria estabelecida os detentos têm tido a oportunidade de, diariamente, reconstruírem suas vidas prelo trabalho prestado e a convivência com professores, funcionários e alunos.

“Agradecemos a instituição e os servidores, por essa parceria, por terem aberto essa oportunidade, acreditarem no nosso trabalho, realmente é importante, estamos colhendo os primeiros frutos desse trabalho, foi mantido todo o combinado, esse olhar diferenciado nesse processo de ressocialização e reintegração é importante demais” disse o diretor de Atendimento e Socialização Leandro Rodrigues Palma.

Na entrega das cestas o Presidente da Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá, e Vice-Reitor do Centro Universitário, Prof. Erwin Rolf Mádisson Júnior declarou: “Decidimos trabalhar em parceria com o sistema prisional e tem sido um sucesso. Em nome da FEPI agradecemos o trabalho executado. Não temos nada a reclamar, o trabalho tem sido exemplar. A cesta básica doada mensalmente é uma singela forma de reconhecer o que está sendo feito. Errar todos erram, temos que reconhecer os erros, arcar com as consequências e não tornar a repeti-los”. Dirigindose aos internos disse: “Espero que quando retornarem para vida em sociedade dediquem-se ao trabalho e a família. Queremos encontrá-los andando na rua de cabeça erguida. Estamos orgulhosos de vocês, o serviço foi de primeira qualidade. ”

Os internos agradeceram pelo tratamento e a oportunidade, destacando que foram bem recebidos desde o primeiro dia de trabalho. Projeto de ressocialização. Uma comissão composta por servidores da Segurança, Serviço Social, Saúde, Direção, Psicologia, Produção, Jurídico e Inteligência seleciona os detentos para o trabalho externo; pelo serviço prestado eles recebem ¾ do salário mínimo e remição de pena, a cada três dias trabalhados, um é abatido da pena. Ao longo do trabalho a comissão supervisiona o comportamento e desempenho de cada um dos internos.

45


JUPED promove reflexões sobre a Educação frente aos desafios da atualidade

Do dia 07 a 09 de outubro, aconteceu no Centro Universitário de Itajubá – FEPI, a Jornada Universitária de Pedagogia – JUPED, que teve como tema: “A Educação frente aos desafios da atualidade” e foi abordado em palestras, oficinas e apresentações culturais.

diversidade de necessidades dentro do espaço escolar é muito grande, sendo assim é preciso desenvolver habilidades para lidar com as diferenças individuais, sociais e culturais, oferecendo o melhor para cada aluno. Por isso, o curso de Pedagogia é uma oportunidade para aprimorar práticas pedagógicas e construir novos conhecimentos”. A Prof.ª Ma. Maria Salete Pereira Santos que ministrou a palestra: “Diversidade: o caminho para (trans)formação do fazer pedagógico – empreendendo na educação de qualidade” e proporcionou uma reflexão aos alunos: “Como podemos agir no cenário da diversidade honrando à docência como escolha profissional?” Tal questionamento levou os alunos a pensarem na futura profissão e suas responsabilidades diante de uma sociedade cada vez mais plural.

A Pró-Reitora Acadêmica do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Prof.ª Ma. Magda Cristina Nascimento Rochael salientou, na abertura da JUPED, a importância da educação na melhoria da A aluna Edilaine de Oliveira Santos, do 6º Período de sociedade, dizendo que: “Apenas quem está todos os dias dentro Pedagogia, deu seu depoimento dizendo que a JUPED abordou de sala sabe quantos desafios precisamos vencer para que o temas pertinentes e atuais, que precisam ser discutidos no processo de ensino e aprendizagem realmente aconteça. A

46


cotidiano das salas de aula de formação de professores. Ainda completou dizendo que a palestra da Prof.ª Maria Salete foi muito marcante e lhe passou a seguinte mensagem: “mais do que desejar uma educação multicultural, é necessário encontrar no outro o que nós temos, ou seja, a cultura do outro que há em mim”. Além da palestra, Prof.ª Maria Salete realizou a oficina “Diversidade na Literatura Infantil”, confeccionou com os alunos a “Abayomia”, uma boneca negra, cujo significado da palavra em ioruba é: aquele que traz felicidade ou alegria. O nome serve para meninos ou meninas indistintamente. A origem da boneca se deu na época da escravidão. As mulheres negras faziam bonecas com pedaços de suas saias, com o intuito de acalmar e trazer alegria para as crianças, nos navios negreiros. Esta oficina despertou nos alunos a sensibilidade para lidar com novas culturas. A Base Nacional Comum Curricular – BNCC, documento homologado pelo MEC, em 2017, foi outro tema abordado na JUPED, devido sua importância para os profissionais da educação, pois o mesmo serve de referência para nortear o desenvolvimento de aprendizagens dos alunos da Educação Básica. A Prof.ª Ma. Ana Cristina Ayres Mota, diretora do Colégio FEPI, foi convidada para explanar o assunto na palestra “BNCC: contexto e diretrizes para os professores”. Agradecendo a todos que fizeram parte e colaboraram para que o evento fosse um sucesso, a coordenadora do curso, Prof.ª Ana Carolina Carneiro Lopes, destacou o empenho dos alunos que abrilhantaram a semana com a apresentação cultural do Projeto “Viva a Leitura Viva” que tratou da magia da literatura infantil na arte de aprender. Também ressaltou a qualidade das palestras e disse que: “Muitas reflexões e mensagens importantes foram transmitidas nesses dias, certamente contribuíram para construção do conhecimento dos alunos do curso”.

47


Fepi sedia “Dia D” evento voltado à inclusão profissional da pessoa com deficiência e reabilitados do INSS

No dia 25 de outubro, foi realizado, pela primeira vez em Itajubá, o Dia “D” da Inclusão Social das Pessoas com Deficiência e dos Beneficiários Reabilitados do INSS – Instituto Nacional do Seguro Social. A Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá – FEPI sediou o evento realizado pela Prefeitura Municipal de Itajubá, Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e INSS.

informação e proporcionar diálogo entre empresa e candidato que possua alguma deficiência. Foram feitas oficinas de currículo e orientação para entrevista de emprego, com as alunas do curso de Psicologia do Centro Universitário de Itajubá – FEPI; divulgação de vagas de emprego; aferição de pressão arterial; apresentação de trabalhos realizados pelas instituições do município e a palestra: “Pessoa com Deficiência e Trabalho – O que minha empresa precisa saber sobre inclusão” ministrada O principal objetivo do “Dia D” foi o de promover acesso à pela Psicóloga Kethulinn Maia Franco.

48


IV Mostra de Práticas do Curso de Psicologia

No dia 28/11, aconteceu no a IV Mostra de Práticas do curso de Diversas práticas foram expostas, como apresentações de Psicologia do Centro Universitário de Itajubá – FEPI. música, projetos integradores e projetos de pesquisa. Conforme relato da Professora responsável pelo projeto, Regina Célia Teixeira, “esse ano foi diferenciado pois contou com a participação de muitos alunos e foram integradas, outras atividades práticas além dos estágios, para mostrarmos mais o que o curso de psicologia faz na prática, inspirando os alunos”. Participante da mostra desde o início do curso, Yasmin Harume Pinheiro do 10º período destacou a importância da Mostra de Prática: “Para quem está começando é interessante para que saibam o que acontecerá nos estágios que estão por vir e, para quem está passando ou já passou por estágios, é uma rica troca de experiências que certamente acrescenta muito na nossa prática profissional” concluiu a aluna.

49


20º ano do curso de Psicologia é comemorado na Semana Acadêmica

Psicologia e Práticas emergentes: desafios contemporâneos; com essa temática, o Curso de Psicologia do Centro Universitário de Itajubá – FEPI realizou, de 21 a 23 de agosto, a Semana Acadêmica comemorou o aniversário de 20 anos do curso. Com assuntos voltados às áreas de interesse dos alunos, o evento proporcionou também, a integração do curso com a comunidade, sendo aberto para ex-alunos e profissionais da área. “É sempre um prazer estar com os alunos em eventos, mas este certamente é especial pela comemoração de 20 anos do curso, que todos esses anos tem formado profissionais respeitados no mercado e confirmado na prática, sua qualidade” disse a Magnifica Reitora, Profª Ma. Cidélia Maria Barbosa Lima que emocionou-se relembrando a origem do curso, os primeiros coordenadores, e professores que colaboraram com sua criação.

tão especiais que fizeram e fazem parte do curso, agradeço aos gestores, professores, e alunos por essa história com momentos de muita aprendizagem e afeto”. Em seguida, exibiu um vídeo com fotos dos eventos principais e de todas as turmas que se formaram ao longo desses 20 anos.

A palestra de abertura, ministrada pelo Prof. Dr. Aidecivaldo A Coordenadora do Curso de Psicologia, Profª Drª Rosana Fernandes de Jesus. Falou das “Contribuições da Psicologia na Mohallem declarou: “É um com muita honra recebemos pessoas sociedade contemporânea: reflexões e desafios”, destacando o papel do psicólogo ante a uma sociedade cada vez mais ansiosa, que exige o máximo de rapidez nas respostas e soluções, não necessariamente, respeitando o tempo do próprio corpo assimilar o conflito vivido. “Nosso desafio é desconstruir o senso comum, cabe a ciência fazer a retomada da criatividade, ideias préconcebidas são prejudiciais” E complementou: “os conflitos da humanidade continuam os mesmos basicamente, só que potencializados, aumentando nosso desafio enquanto profissionais da saúde, precisamos acolher as diferenças para saber como lidar com elas”. E em seguida, os presentes puderam

50


participar de um coquetel em comemoração ao aniversário do curso. No segundo dia da semana acadêmica, o Psicólogo e Psicanalista, ex-aluno da FEPI, Renne Nunes, levou os alunos a reflexões sobre “Um estado crônico de infelicidade e os tempos modernos. Após Renne, Louise Campos também ex-aluna da instituição, relatou sua experiência atuando no CRAS – Centro de Em todos os dias do evento, no intervalo para o coffee break os Referência em Assistência Social citando os desafios, alunos do curso puderam se expressar por meio da arte, expondo perspectivas e impasses. fotografias, pinturas, poemas, danças e músicas. “Psicologia e práticas emergentes: um diálogo entre a ética e a epistemologia”, foi a palestra ministrada pelo Psicólogo Reinaldo da Silva Júnior, membro do CRP – Conselho Regional de Psicologia. Ele elogiou a postura da FEPI em abrir as portas para o conselho, promovendo debates e reflexões importantes para o crescimento do curso. A Profª Drª Carine Naldi Sawtschenko encerrou o ciclo de palestras falando sobre o Plantão psicológico em Fenomenologia Daseinsanalítica: território de desconstrução. Além das palestras ocorreram minicursos: Psicossomática, Arteterapia e Mal-estar na Civilização: emoção, pensamento e elaboração. A semana acadêmica foi organizada por uma comissão formada por alunos de vários períodos do curso. “Foi um prazer fazer parte disso e poder promover um evento tão rico, com temas atuais e tão diversificados, sugeridos pelos colegas; crescemos em vários aspectos” disse Juliana Zaroni Pinto, presidente da comissão.

51


Semana do curso de Sistemas de Informação conta com duas palestras e quatro minicursos

coordenador e professores do curso pelo empenho na condução dos processos de aprendizado dos alunos.

A Semana Acadêmica dos cursos de Sistemas de Informação do Centro Universitário de Itajubá – FEPI aconteceu nos dias 25, 26 e 27/09 e contou com temas relacionados à inovação tecnológica e oportunizou aos alunos acesso a minicursos nas áreas de construção de aplicativos, segurança de dados entre outros. Saudando os alunos e convidados, a Magnifica Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima declarou: “Faço questão de estar com vocês, é fundamental participar desse tipo de evento, não só como alunos, mas depois de formados, para manterem-se sempre atualizados, principalmente vocês, uma das áreas que mais se atualiza e com mais rapidez”. A Reitora aproveitou a ocasião para parabenizar o

O coordenador do curso de Sistemas de Informação, Prof. André Duarte falou do momento atual, de inovação e tecnologia em todas as áreas: “Nessa semana do curso em especial, foi discutido massivamente inovação, tenho visto que empresas tem preferido terceirizar serviços na área de tecnologia, contratando uma startup por exemplo, algo que precisamos estar atentos e por isso essa proposta de prepará-los para montar um negócio próprio, vender uma ideia”, concluiu o coordenador frisando que o que é produzido pelos alunos, tem muita qualidade e, por isso, muito potencial de mercado. A palestra de abertura foi: “Ambiente de inovação e oportunidades na região e no país” ministrada por uma consultora do Sebrae, em seguida Felipe Galvão falou sobre como partir do campo das ideias para abertura de Startaps. Conforme relatou o aluno, Gabriel Machado, o evento foi motivador: “Eu gostei muito da semana do curso tanto dos minicursos quanto das palestras, em especial a que abordou o tema Startups, pude agregar muitos conhecimentos e fiquei mais motivado a me formar e continuar meu caminho”. Além das palestras, a semana do curso contou com minicursos: Construção de aplicativos com Android Studio; Desenvolvendo uma arquitetura Blockchain para aplicações distribuídas; Minicurso Desenvolvimento de aplicações fullstack com .Net core e React e Scrum na prática: projetos ágeis.

52


Terapias complementares são tema de trabalho de alunas do curso deTecnologia em Estética e Cosmética

Terapias como: Pindas, Cromoterapia, Aroma terapia, Argilas, O Ministério da Saúde tem comprovado a eficácia das terapias Massagem com Bambu foram algumas apresentadas pelas do alternativas e sobre a experiência de aprendizado a aluna Lídia curso de Estética e Cosmética do Centro Universitário de Itajubá – Moreira Santos relatou: “Além de todo o conhecimento que nem FEPI no dia 28/11. imaginávamos adquirir, pudemos nos integrar mais com outros e prestar o serviço de divulgar essas terapias e seus benefícios para A eficácia das terapias tem tido tanto reconhecimento, que elas os colegas que vieram prestigiar nossas apresentações” finalizou foram incorporadas ao hall de atendimentos do SUS – Sistema a aluna. Único de Saúde, conforme relatou a Professora, Profª. Valdirene Mendes que ministra a disciplina Projeto Integrador. Sobre o A coordenadora o curso de Estética e Cosmética parabenizou empenho das alunas ela disse: “Foram maravilhosas as as alunas confirmando a importância de experiências de apresentações, 90% do que foi tratado em sala elas não aprendizagem que poderão melhor norteá-las e prepara-las para o conheciam, mesmo as que já trabalham na área; elas realmente futuro profissional. Além de acreditar que a junção teórico-prática entenderam a importância das terapias alternativas, para a saúde soma na construção do conhecimento, tão importante na vida mental e física, trabalhando o indivíduo como um todo”. acadêmica das alunas.

53


FEPI recebe Missão Uberaba

nit

No dia 11 de novembro de 2019, o Centro Universitário de Itajubá – FEPI, em parceria com o Sebrae Itajubá, recebeu a visita de um grupo de empresários da cidade de Uberaba/MG. Nessa recepção, os participantes da Missão Uberaba conheceram, além do Campus, o FEPILab, haja vista a FEPI ser um dos elementos do Ecossistema de Inovação e Empreendedorismo de Itajubá. Atualmente, Itajubá, com história marcada pela criatividade, empreendedorismo e inovação, ocupa o 7º lugar no ranking de Desenvolvimento Municipal de Minas Gerais, além de ser considerada uma das mais prósperas cidades do Estado, um celeiro de ideias e projetos, devido à forte vocação do município na área de ciência e tecnologia. Outro fator relevante para esta cidade sul-mineira é o potencial de geração de novos negócios inovadores e tecnológicos, promovidos pelo trabalho das incubadoras de empresas. Ademais, Itajubá contempla três instituições de proteção da tecnologia, sendo uma delas a FEPI, por meio do NIT-FEPI. Tudo isso faz de Itajubá e suas instituições modelo de referência, estando constantemente sob o foco de outras regiões interessadas em desenvolver seus ecossistemas de inovação.

54


III Seminário de Pós-Graduação debate formação continuada, emprego e empregabilidade

PÓS

Graduação

tanto poder ao problema, mas definir outro vetor comparativo, focado na inteligência emocional, valorização da iniciativa, capacitação técnica”. No período da tarde, os alunos foram instigados a desenvolver e externar habilidades mencionados nas palestras por meio de um wokshop prático: Desenvolvimento de produto e Debriefing. No dia 24 de agosto de 2019, aconteceu no Centro Universitário de Itajubá – FEPI, a 3ª edição do Seminário de PósGraduação. Neste ano o seminário abordou o tema com dinamismo e atividades práticas, discutindo a importância da especialização num mercado em retração e contextualizando às projeções futuras. Na palestra de abertura do evento, o Prof. Luiz Carvalho Neto falou de “Habilidades para o mercado de trabalho”, advertindo que, segundo dados do Fórum Mundial de Economia, cerca de 65% dos trabalhos que conhecemos hoje, daqui há dez anos não existirão mais, contextualizando com as mudanças que o mercado sofreu a cada revolução: “Não se sabe ao certo os rumos do mercado, tudo o que temos são projeções; inevitavelmente algumas vagas serão extintas, em compensação outras serão criadas para os que estiverem atentos às novas exigências do mercado. No entanto há alguns pontos em comum nas projeções, como por exemplo: valorização de profissionais criativos, que sabem inovar, dominar línguas estrangeiras e saber utilizar novas tecnologias”. Após o coffee break, o Prof. André Mancilha ministrou a palestra: “Desmistificando o mercado de trabalho”, ele falou da diferença entre as gerações e o que isso tem refletido no perfil dos profissionais, conduziu reflexões sobre as referências que têm formado nossas inspirações, relacionando às bases que transformam o profissional. “Em um mundo de transformação veloz, estar satisfeito é entregar-se ao acaso. Não devemos dar

Para a aluna do curso Docência no Ensino Superior, Natalie: “O seminário ajudou a pensar diferente, ampliar conhecimentos, levando informações relevantes para a vida profissional, certamente uma experiência incrível que a FEPI tem proporcionado para nós”. “Temos o objetivo de, além de mostrar aspectos do mercado de trabalho, habilidades, competências que precisam ser adquiridas, promover a socialização dos alunos, tendo em vista que são cursos de pós-graduação em várias áreas, podendo trocar experiências e conhecimentos” destacou a Reitora do Centro Universitário de Itajubá – FEPI, Profª Cidélia Maria Barbosa Lima. Sobre o evento a Pró-Reitora Acadêmica, Profª Magda Cristina Nascimento Rochael destacou: “Passou o tempo em que a conclusão do ensino superior era garantia de empregabilidade, hoje o profissional precisa se capacitar cada vez mais, atento a isso o Centro Universitário de Itajubá, proporciona opções para uma educação continuada”. Encerrando o Seminário o Diretor de Pós-Graduação, Prof. Dr. João Éderson Corrêa, salientou: “Os alunos tiveram oportunidade de fazer um networking acadêmico e profissional, através de um conteúdo relevante e atualizado, boas discussões e diferentes pontos de vista, colaborando para o desenvolvimento de uma formação acadêmica completa.

55


Cerimônia de entrega de certificados dos cursos de extensão gratuito do FEPILAB

EXTENSÃO Na sexta-feira (09/08) foi realizada, no Centro Universitário de Itajubá – FEPI, a entrega de certificados dos cursos de extensão: “Incrementar a produtividade do setor de usinagem por meio de ferramenta estatística” e “Aplicação de ferramenta estatística para atender um requisito de qualidade no processo de usinagem”. Os cursos ministrados no 1º semestre desse ano, fazem parte do projeto da FEPI para acrescentar conhecimentos extras aos alunos dos cursos de graduação, nas áreas de engenharia, gratuitamente, fora do horário das aulas e, com isso, aproveitar a estrutura dos laboratórios para melhor capacitar os alunos para o mercado de trabalho, segundo destacou o Prof. Erwin Rolf Mádisson Junior. Um dos instrutores dos cursos, Prof. Dr. Luís Felipe dos Santos Carollo, agradeceu o empenho dos alunos, frisando a importância de aproveitarem as oportunidades oferecidas pela instituição. O Prof. Dr. João Éderson Corrêa anunciou que ainda em agosto, outra turma será iniciada, e essas ações são oportunidades únicas de aplicar na prática conhecimentos obtidos anteriormente, apenas na teoria.

56

Na visão do aluno do curso de Engenharia Mecânica, Pedro Henrique Diniz, foi muito interessante fazer o curso: “É algo que podemos acrescentar no currículo, o engenheiro precisa conhecer não apenas a teoria mas a prática também, recomendo, foram quatro semanas muito produtivas” declarou.


Educação 4.0 é abordada no VI Seminário de Capacitação Docente

competências para cumprirem seu papel na sociedade” salientou a Pró-Reitora Acadêmica, Profª Magda Cristina Nascimento Rochael, na abertura do evento.

O VI Seminário de Capacitação Docente promovido pelo Centro Universitário de Itajubá – FEPI, no dia 02 e 03/07/19, teve como objetivo refletir temas atuais relacionados à educação; Educação 4.0 e as mudanças na prática docente foi o assunto discutido. “Quem está todos os dias na sala de aula sabe dos desafios enfrentados e vencidos, cada aluno tem uma bagagem diferente, isso exige dos professores estratégias para que possam então, lidar com maestria frente a cada situação encontrada. Sendo assim, a formação continuada torna-se uma ferramenta fundamental, capaz de contribuir para o aprimoramento do trabalho docente, fortalecendo a relação entre os professores e os saberes científicos-pedagógicos. A educação continuada é fundamental, precisamos constantemente resinificar a aprendizagem, desenvolvendo nos alunos capacidades e

Em seguida, o Prof. Cassiano Zeferino de Carvalho Neto ministrou a palestra: Educação 4.0: Gestão e Docência com inovação em Educação Superior, discorreu sobre as principais mudanças entre as gerações e as alterações nas formas de aprendizagem, o que exige mais dos professores, afinal, precisam ensinar uma geração com características muito diferentes das deles. “Todas as revoluções impactaram significativamente a educação, a tecnologia não é uma rival, mas uma importante aliada”. Prof. Cassiano defendeu a convergência entre as áreas para facilitar a compreensão dos alunos: “A aprendizagem precisa ser significativa, ter relação com a realidade e envolver contextualização, nós produzimos conhecimentos quando resolvemos problemas”. No segundo dia do Seminário de Capacitação Docente o Prof. Henrique Carivaldo de Miranda Neto ministrou a palestra “A Prática Docente sem rodeios: quem são e o que fazem os bons professores”. De forma descontraída levou os professores a importantes reflexões, ao relatar situações de sua carreira como professor e Pró-Reitor Acadêmico. “O conteúdo que o professor tem é um pretexto, ele está na instituição para desenvolver habilidades e competências. Bem sabemos que sala de aula não é para qualquer um, se falharmos no ensino superior estamos comprometendo a formação profissional do aluno, nossa responsabilidade é enorme, não podemos nos afastar da autocrítica, precisamos ter em mente que a educação não evolui com professores mal preparados” concluiu. No encerramento das palestras os professores de todos os cursos de graduação da FEPI participaram de um café onde puderam conversar com colegas de outras áreas e com os palestrantes.

57


XVII SIPAT

58

XVII Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho


Núcleo de Pesquisa Institucional - NUPI

Acesse e confira: h‫ּמ‬p://bit.ly/2DIJv5T

59


Profile for Centro Universitário de Itajubá - FEPI

Informativo 2 Semestre  

Informativo 2 Semestre  

Advertisement