Page 1


Sumário • Apresentação • Histórico – Fazendo a sua História • Diretoria Nacional • Diretorias Regionais • Representação Nacional • Relatórios - Diretoria Nacional • Celes Nacional • Rio Grande do Sul • Amazonas • São Paulo • Paraná • Pernambuco • Minas Gerais • Rio de Janeiro - Matriz • Distrito Federal • Ceará • Endereços e Contatos


• Agradecimento • Homenagem aos surdos

• Apresentação A trajetória da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis) ao longo de 22 anos em defesa do surdo brasileiro, foi marcada por conquistas históricas. A oficialização em 2002 da Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi um marco nessa causa. Oito anos se passaram desde a oficialização da língua de sinais, mas é notório que no Brasil milhares de surdos ainda vivem as dificuldades de um ensino sem Libras devido à falta de informação. Nosso objetivo é mudar esta realidade. A luta por uma educação de qualidade e pelo reconhecimento da capacidade profissional da pessoa surda foram a tônica da atuação da Feneis no ano de 2009 num esforço sem precedentes para implantar a Libras no processo educacional do surdo. O tema, envolvendo a questão da educação, em especial pelo sonho de um número cada vez maior de surdos nos espaços acadêmicos, foi e está sendo amplamente discutido em todas as regiões onde a Feneis marca presença. Em diversas localidades e para muitos surdos, isso já é uma realidade. É fundamental irmos até os cantos mais distantes desse país propagando a Libras, conscientizando o surdo sobre seus direitos enquanto cidadãos, e despertando-o para avançar em direção a novas conquistas. Nesse relatório, através das atividades da

Feneis em todo o Brasil, é possível observar esforços nesse sentido.

Profª Dra Karin Strobel Diretora-Presidente da Feneis

• Histórico da Feneis – Fazendo sua História A Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos - Feneis começou a ser formada no final da década de 70. Mas precisamente em 1977, como Federação Nacional de Educação e Integração dos Deficientes Auditivos – Feneida. A crescente demanda e complexidade do trabalho levou a diretoria a reestruturar o estatuto da instituição, visando à promoção dos avanços tão sonhado pelo povo surdo. Assim se tornou necessária a representação surda na entidade. Em 16 de maio de 1987, foi organizada uma Assembléia Geral, sendo escolhido o novo nome da entidade: Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos – Feneis, como é conhecida até hoje. Atualmente a Feneis está representada em todo o território nacional, através de escritórios regionais e mais de 100 entidades filiadas, formadas por Associações de Surdos, de Pais e Amigos de Surdos, Escolas e Clínicas especializadas. Outra filiação


importante é com a Federação Mundial dos Surdos (FMS/WFD), com sede na Finlândia. O objetivo da FMS é garantir os direitos culturais, sociais e lingüísticos do surdo no mundo, os representando junto às entidades como: Organização das Nações Unidas (ONU); Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO); Organização dos Estados Americanos (OEA); e Organização Internacional do Trabalho (OIT). Outro grande avanço da Feneis aconteceu com a criação do Centro de Estudos em Libras e Educação de Surdos – Celes, formado com o objetivo de ser um centro de referência para estudos realizados sobre a Língua Brasileira de Sinais e sobre a educação dos surdos. Suas atividades envolvem elaboração de políticas voltadas para a Libras, promoção de cursos de Libras, promoção e apoio a eventos relacionados com a educação dos surdos e suporte para pesquisas e trabalhos desenvolvidos na área de surdez. Algumas das finalidades do Celes são: defesa da Libras como Primeira Língua das comunidades surdas; apresentação à sociedade da necessidade da presença de intérpretes de Libras nos estabelecimentos de ensino freqüentado por surdos; estímulo à criação de escolas de surdos; reunião de grupos de discussões sobre propostas metodológicas e curriculares para a Educação dos Surdos e promoção de intercâmbios permanentes com grupos de pesquisa da área da surdez. Junto ao MEC, a Feneis implementou o Programa Nacional Interiorizando Libras, que cumpre o que rege o Decreto 5626/2005. Faz parte das metas da Feneis uma educação de qualidade, direito de acessibilidade às informações e à conquista de novas oportunidades no mercado de trabalho para os surdos. Um dos principais passos dado pela instituição contou com o incentivo da Coordenadoria Nacional para a Integração de Pessoas Portadoras de Deficiência, do Ministério da Justiça, que permite a efetivação de convênios que visam à inserção do surdo no mercado de trabalho.

Regulamentação da Libras

Um marco na vida do povo surdo brasileiro foi a oficialização e regulamentação da Língua Brasileira de Sinais – Libras como meio de comunicação e expressão. A nova Lei garantiu à comunidade surda uma Educação Especial e o direito a um atendimento adequado em estabelecimentos públicos. Isso significou um grande avanço também no que diz respeito ao ensino da Libras, especialmente no campo acadêmico. Percebese hoje o aumentou do número de estudantes surdos em cursos de graduação e pósgraduação. Isso muito em função ao também crescente número de intérpretes em instituições de ensino superior, dando maiores chances de surdos completarem seus estudos.

Sobre a Feneis A Feneis é uma entidade filantrópica, de cunho civil e sem fins lucrativos, que trabalha para representar as pessoas surdas; tem caráter educacional, assistencial e sóciocultural. Uma das principais ênfases da instituição é fazer ser reconhecida a cultura surda perante a sociedade. A Feneis presta atendimento a surdos, familiares, instituições, organizações governamentais e nãogovernamentais, professores e fonoaudiólogos. Por ser uma entidade que visa à filantropia, a Federação é reconhecida como Utilidade Pública Federal, Estadual e Municipal. Por isso, tem isenção da contribuição do INSS e de encargos sociais. É registrada no Conselho Nacional de Assistência Social e no Ministério da Previdência Social. Anualmente um relatório de atividades é enviado ao Ministério de Justiça para que sejam conferidas as ações executadas. A partir daí é renovado esse benefício. A filantropia da Feneis não se baseia no assistencialismo e na caridade, ela busca fornece condições para o efetivo desenvolvimento dos surdos, dando suporte para esse desenvolvimento e defendendo os direitos da comunidade surda junto aos órgãos oficiais para que essas condições de igualdade sejam garantidas.


A instituição entende que igualdade é a conquista da autonomia, seguida do respeito a cultura e do acesso aos sistemas de saúde, educação, jurídico e a todos os outros setores da vida. Assim a Feneis buscar continuamente os direitos da comunidade surda, visando uma melhor qualidade de vida e incentivando também o uso da Libras como meio de comunicação.

A Feneis se mantém das seguintes formas:

A Feneis também tem como prática o apoio e colaboração as entidades que trabalham com surdos, visando uma ação conjunta em busca de constantes melhorias. Além de incentivar a criação e o desenvolvimento de cursos para surdos e de novas instituições nos moldes das modernas técnicas de atendimento, visando à prevenção, à estimulação precoce, à educação, à profissionalização e à integração da pessoa portadora de surdez e/ou deficiência auditiva.

- uma taxa administrativa é cobrada a partir de cada convênio firmado para prestação de serviços, sendo negociada por contratado e contratante. O valor é geralmente usado em encargos sociais, despesas de manutenção dos Escritórios Regionais, aluguel, funcionários, entre outros;

A Federação organiza e participa de Congressos, Seminários e Cursos buscando sensibilizar os meios de comunicação e incentivar o desenvolvimento de pesquisas. Pois a real conquista dos direitos dos surdos só virá mediante a divulgação da legislação e da própria Língua Brasileira de Sinais.

Administração É de responsabilidade de todos os membros da Diretoria, Conselho Fiscal, Conselho Consultivo e Diretores Regionais o cumprimento e fiscalização das atividades, tanto administrativas quanto financeiras. Esta previsto em estatuto que todos esses integrantes não devem usufruir vantagens ou benefícios para desempenhar essas atividades. Contam nas despesas da Feneis os gastos com: material e funcionários dos Escritórios Regionais, planos de saúde, assessoria jurídica, orientação familiar e visitas domiciliares. Os escritórios que não possuem sede própria ou não conseguiram um local provisório de funcionamento têm o aluguel pago pela Federação. Os constantes eventos realizados, relacionados à problemática da surdez, acontecem por intermédio de patrocínio, divulgação e envio de intérpretes e palestrantes.

- mediante apresentação de projeto, órgãos governamentais ou não-governamentais, repassam recursos. Esses recursos são revertidos para a aquisição de equipamentos, remuneração de profissionais, oferta de cursos, reformas e eventos, com prestação de contas ao término;

- um fundo de reserva é destinado ao pagamento de acerto com funcionários, FGTS, salário de férias, décimo terceiro salário, e outras garantias do trabalhador. Ele é adquirido também através dos convênios e não pode ser utilizado para nenhum outro fim;

Estrutura Organizacional A Feneis é administrada por uma equipe composta pela Diretoria, Conselho Fiscal, Conselho de Administração e Diretores Regionais. Todos os membros estão espalhados pelas várias regiões do país, buscando tornar a representatividade completa. Além disso, sua estrutura física se divide em Matriz, Escritórios Regionais e Centro de Estudos de Libras e Educação de Surdos – Celes. O que a Feneis almeja é poder alcançar o maior número de surdos. No entanto, o Brasil é um país de dimensões continentais e para superar essa dificuldade a descentralização é mais que necessária. Por isso a existência de Escritórios Regionais espalhados por todas as regiões. É impossível estabelecer o mesmo conjunto de ações, já que cada região tem suas particularidades e suas necessidades. Entretanto, as atividades são realizadas com as mesmas diretrizes, definidas por cada diretoria.


Porto Alegre – RS Diretor Regional: Marcelo Silva Lemos Diretora Regional Administrativa: Vânia Elizabeth Chiella Diretora Regional Financeira: Carilissa Dal’Abba

Recife – PE Diretora Regional: Patrícia Cardoso Diretora Regional Financeira: Regilene Soares Dias

Brasília – DF Diretor Regional: Messias Ramos Costa Diretora Regional Administrativa: Edeilce Aparecida Santos Buzar Diretor Regional Financeiro: Amarildo João Espíndola

• Diretoria Nacional Diretor-Presidente: Karin Lílian Strobel Diretor Primeiro Vice-Presidente: Paulo André Martins de Bulhões Diretor Segundo Vice-Presidente: José Arnor de Lima Junior Diretora Administrativa: Shirley Vilhalva Diretor Financeiro e de Planejamento: Josélio Ricardo Nunes Coelho Diretor de Políticas Educacionais: Patrícia Luiza Ferreira Rezende

• Diretorias Regionais

Belo Horizonte – MG Diretor Regional: Kleber Costa Borges Diretor Regional Administrativo: Carlos Eduardo Coelho Sachetto Diretor Regional Financeiro: Antonio Campos de Abreu

São Paulo – SP Diretor Regional: Moryse Vanessa Saruta Diretor Regional Administrativo: Sueli Sakamoto Sabanovaite Diretor Regional Financeiro: Maria Fernanda Parreira Barros


Curitiba – PR Diretora Regional: Elizabeth Favaro

• Conselho de Administração

Diretora Regional Administrativa: Iraci Elzinha Bampi Suzin

José Onofre de Souza;

Diretora Regional Financeira: Márcia Eliza de Pol

Sueli da Silva Brito Flores; Fernando de Miranda Valverde; Max Augusto Cardoso Heeren

Manaus – AM Diretor Regional: Marlon Jorge Silva de Azevedo Diretora Regional Financeira: Waldeth Pinto Matos

Fortaleza – CE Diretor Regional: Francisco Sérvulo Gomes Diretora Regional Administrativa: Mariana Farias Lima Diretor Regional Financeiro: Rafael Nogueira Machado

• Representação Nacional nos Seguintes Órgãos Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (CONADE) Representante: Shirley Vilhalva (Segunda Vice-Presidente da Feneis) Suplente: Antônio Carlos Cardoso (Membro do Conselho Fiscal da Feneis)

Conselho Nacional de Saúde (CNS) Representante: Rita Maestri (Psicologa Pós Graduada em Educação Especial)

• Conselho Fiscal Efetivo

Projeto Interiorizando a Libras Coordenadora: Tanya Amara Felipe (Doutora em Lingüistica e Consultora da Feneis e do MEC)

1º Membro Efetivo e Presidente – Luiz Dinarte Faria 2º Membro Efetivo e Secretário – Ana Regina e Souza Campello

Conselho Nacional de Assistência Social

3º Membro Efetivo – Antônio Carlos Cardoso

João Carlos Carreira Alves, ouvidor da Feneis e membro da Comissão de Reforma do Estatuto da Feneis

Suplentes 1º Membro suplente – Ricardo Morand Góes

Conselho Estadual de Assistência Social

2º Membro suplente – Daniel Antônio Passos

Titular: Paulo André Bulhões (diretor primeiro vice-presidente da Feneis)

3º Membro suplente – Benedito Andrade Neto

Suplente: Leonardo Carvalho


Conselho Municipal de Assistência Social Representante: Kátia Cristina Duarte Mendes (assistente social da Feneis)

Conselho Estadual para Política de Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (CEPDE) Titular: Walcenir Souza Lima; Suplemente: Valéria Fantésia de Abreu (psicóloga da Feneis – RJ)

- participação na Feira Nacional de Reabilitação, Inclusão e -Acessibilidade – REACESS.

• Celes Nacional - Centro de Estudos em Libras e Educação de Surdos O Setor de Educação da Feneis é administrado pelo CELES, que tem atuação nacional, sendo que nos Estados de representação de nossa Entidade há escritórios regionais, em consonância com as atividades dos CELES com o objetivo de ser um centro de referência para estudos realizados sobre a Língua Brasileira de Sinais e sobre a Educação de Surdos. As atividades envolvem implantação de políticas voltadas para o bem-estar da Pessoa Surda, promoção de cursos de Libras, promoção e apoio a eventos relacionados com a educação dos surdos, suporte para trabalhos e pesquisas desenvolvidas na área de surdez.

• Relatórios – Diretoria Nacional - participação em eventos promovidos por entidades e instituições ligadas à questão da educação e desenvolvimento da pessoa surda; - participação da 16ª edição do Fiocruz pra Você, em Maguinhos (RJ). Na ocasião, foram vacinadas mais de 5.000 crianças. Pelo quarto ano a Feneis esteve presente, divulgando a Libras e seus materiais didáticos; - continuidade dos contatos com algumas entidades de representação nacional, que trabalham em defesa da pessoa com deficiência - comemoração do Dia do Surdo. O evento contou mais uma vez com o apoio da FIRJAN, que cedeu sem custos o auditório do SENAI.

Os principais objetivos do CELES são: defesa da Libras como Primeira Língua da comunidade surda, presença de intérpretes de Libras nos estabelecimentos freqüentados por Surdos, estimulação da criação de escolas de surdos, reunião de grupos de discussões sobre propostas metodológicas e curriculares para a Educação dos Surdos e promoção de intercâmbios permanentes com grupos de pesquisa da área da surdez.


- Confecção de Banners, camisetas e Pins para divulgação dos trabalhos da instituição; - Comemorações do Dia do Surdo em conjunto com a Sociedade dos Surdos e Escolas Estaduais e Municipais, com a criação da Semana do Surdo, do dia 19 a 26 de setembro, com uma vasta programação; - Participação nas comemorações do Dia da Criança, no evento Criança na Avenida, com realização de brincadeiras, entregas de panfletos e materiais de divulgação; - Realização do 4º Encontro de Instrutores de Libras; 4º Encontro de Jovens Surdos do RS; - Visitas a diferentes locais em busca de uma nova sede, em virtude do encerramento das atividades da instituição e solicitação do espaço utilizado pela Diretoria da Rede de Ação Social São Manoel; - Encaminhamento de 1.458 solicitações de passe-livre Intermunicipal e Municipal no ano de 2009; - Ministração de aulas nos Cursos e Oficinas de Libras, em Vacaria – Justiça Federal / Escola Mesquita;

• Escritório Regional da Feneis do Rio Grande do Sul CELES Algumas das atividades desenvolvidas pela Feneis/RS:

- Participações em reuniões mensais dos seguintes Conselhos: Condepa, Coepede, Acessibilidade (Faders), TEM, Coras, Orç. Participativo, DRT, Conselho Estadual, Saúde, Rede de Ação Social Salesianos; tendo a representação dos seguintes funcionários da instituição: Isabel Casagrande, Kelen Pazini, Lara Moncay e Ana Paula; - Divulgação das atividades e trabalhos desenvolvidos pela FENEIS/RS, participando do evento Brinque da Redenção, no Parque Farroupilha de Porto Alegre;

- Elaboração de Propostas para Cursos de Libras; - Encaminhamento de profissionais surdos para empresas, como a Panvel, Empal e outros; - Confecção de Relatórios das atividades da FENEIS/RS para Instituição e Órgãos Públicos, como: Coras, Rede de Ação Social Salesianos; bem como Projetos para a Assembléia do RS – Responsabilidade Social; - Convênio fixo com três instituições, somando 86 surdos inseridos no mercado de trabalho e parcerias com Instituições governamentais, e não governamentais.

Na área pedagógica estão em fase de projeto as seguintes atividades:

- Organização dos Cursos de Libras e avaliação das necessidades atuais da


comunidade surda por faixa etária e condição social; - Avaliação e formulação da profissionalização dos surdos e linguagem necessária, com formulação de apostilas de Libras para as oficinas; - Confecção de cartilhas explicativas e palestras para os funcionários surdos conveniados, sobre: etiqueta, comportamento social em comunidades de ouvintes e Integração x Isolacionismo; - Elaboração de Projetos Educacionais, levando em consideração as necessidades da comunidade surda carente, acesso a tecnologias de informação, cursos gratuitos e captura da comunidade surda flutuante;

Cursos de Libras

- Avaliação dos funcionários conveniados em suas atividades, com visitas e avaliações para a formulação de lideranças surdas em ambientes de trabalho e na comunidade; - Elaboração de artes, layout, fluxogramas para produção e divulgação da arte e cultural surda, por meio de cursos e convocações de surdos produtores ou pessoas condições de fazê-lo; (Elaboração de artes e layout, fluxogramas e demais necessidades inclusive da produção e divulgação da arte surda, da produção cultural surda, promovendo cursos e convocações com os surdos produtores ou em condições de fazê-lo).


LOCAL

INÍCIO

TÉRMINO

LOCAL

INÍCIO

TÉRMINO

POA Caxias Caxias

27/05 19/08 21/08

14/11 16/12 12/05

LOCAL

INÍCIO

TÉRMINO

POA

14/03

04/07

CARGA HORÁRIA CARGA HORÁRIA 60 horas 60 horas 60 horas CARGA HORÁRIA 60 horas

UCS

Caxias

18/07

15/12

60 horas

20

UCS

Caxias

17/08

21/12

60 horas

19

UCS

Caxias

20/08

23/12

60 horas

21

UCS

Caxias

17/09

09/09

60 horas

16

FENEIS/MESQUITA BASICO – MÓDULO III FENEIS/MESQUITA UCS UCS UCS

POA

12/08

09/12

16

LOCAL

INÍCIO

TÉRMINO

POA Caxias Caxias Caxias

29/08 19/07 19/08 21/08

05/12 16/12 16/12 18/12

AVANÇADO

LOCAL

INICIO

TERMINO

APADA

Vacaria

28/03

29/09

OFICINAS

LOCAL

INÍCIO

TÉRMINO

INFRAERO VEPPO RODOVIÁRIA JUSTIÇA FEDERAL Total de Cursos/Oficinas

Gravataí

27/11/07

25/03

60 horas CARGA HORÁRIA 60 horas 60 horas 60 horas 60 horas CARGA HORÁRIA 60 horas CARGA HORÁRIA 40 horas

POA

05/05

15/05

20 horas

09

POA

10/06

25/06

42 horas

10

CURSO BÁSICO – MÓDULO I FENEIS/MESQUITA UCS UCS BÁSICO – MÓDULO II FENEIS/MESQUITA

17

Nº ALUNOS Nº ALUNOS 12 17 18 Nº ALUNOS 11

Nº ALUNOS 09 21 16 15 Nº alunos 20 Nº ALUNOS 11


• Escritório Regional da FENEIS de Amazonas

- Palestra sobre a Educação de Surdos no Brasil, feita pelo coordenador Marlon Jorge, em Parintins;

CELES

- Reunião com intérpretes sobre Curso de Capacitação de Intérpretes para atuarem em escola pública;

Algumas das atividades desenvolvida pelo Celes/AM:

- Reunião com instrutores para organizar o Curso de Libras na Escola de Surdos; com professores da Escola Andre Vidal; - Seminário na Escola Augusto Carneiro, com a participação do coordenador Marlon Jorge; - Reunião com Diretora da Escola Especial para Surdos, com a presença do coordenador do Celes; - Realização de palestra sobre Ética para instrutores surdos, no CAS em parceria com a Feneis; - Encaminhamento de 20 surdos para empresas do Distrito Industrial; 8 para treinamento no Senai, curso técnico; 5 para a empresa Moto Honda da Amazônia; 12 para aquisição de passe livre de transporte urbano; - Expedição de 70 declarações de passe livre de transportes urbano; - Reunião com Instrutores surdos no CAS, para planejamento de Curso de Libras para escola de surdos;

- Palestra na faculdade Martha Falcao, com o tema História e Cultura do Surdo, realizada pelo coordenador Marlon Jorge; - Distribuição de panfletos em escolas e faculdades sobre Curso de Libras; - Palestra de conscientização para surdo na escola Municipal André Vidal, pelo coordenador Marlon Jorge; - Entrega de certificados aos alunos que participaram do Curso de Libras básico, realizado no CAS; - Participação no Seminário: Surdez X Implante Coclear, realizada pela Universidade do Amazonas – UEA; - Manifesto em Praça Pública em comemoração ao Dia do Surdo, realizada pela FENEIS, com a participação de surdos, simpatizantes e familiares; - Recepção da Diretora Administrativa, que visitou o Escritório da Feneis/AM. Na ocasião, aconteceu uma reunião com diretores e instrutores; - Realização de encontro no CAS com instrutores e interpretes, para apresentação de balanço sobre as atividades.


• Escritório Regional da Feneis de São Paulo Algumas das atividades desenvolvidas ao longo de 2009:

- Inauguração e Palestra do Curso de Pos Graduação Especialização em Tradução e Interpretação da Lingua de Sinais – Lingua Portuguesa, no auditório da FAAG, em São Paulo;

- Contato entre os coordenadores via e-mail e msn;

- Realização de palestras e treinamento aos funcionários do Call Center da Empresa SAAE, de Guarulhos, sobre Como atender os surdos;

- Criação de equipe de apoio para o Coordenador de São Paulo, voluntários: Carlos Paiva e Sueli Okubo; - Promoveram acessibilidade geral para os surdos, quebrando barreiras e usando diversos tecnologias de comunicação; - Manutenção de contato e participação em ações junto ao Ministerio Publico Federal, CONADE, CORDE, Secretaria de Direitos Humanos e diversos orgãos publicos do Governo; - Reuniões com empresas e e universidades para falar sobre acessibilidade para surdos; palestras em empresas privadas e publicas; como também participação do trabalho de TCC de universitários;

Diretor Regional da Feneis/SP: Neivaldo Augusto Zovico

Algumas das principais atividades desenvolvidas pelo coordenador regional da Feneis/SP:

- Entrevistas e publicação de artigos, com Neivaldo Augusto Zovico, em diversas mídias, tais como: Revista Reação, Revista TIINSIDE, Revista Escola Abril, Jornal Metrô New e no sites www.acessibilidadeparasurdos.blogspot.com e www.portaldosurdo.com; - Reunião sobre o evento Comunicação dos Surdos, que tiveram como palestrantes: Neivaldo Augusto, Carlos Genia e Eduardo Munhoz;

- Realização de palestras sobre: Tecnologia para Comunicação dos Surdos, Cadê Nosso Direito?, no auditório da Unifai; na Prefeitura de São Paulo; Como atender os surdos, para funcionários do Call Center da Empresa SUPERGASBRÁS do Rio de Janeiro; Como atender os surdos, para funcionários do Call Center do BANCO BIC BANCO de São Paulo; Atendimento aos consumidores surdos com diversas formas de comunicação, no Seminário de Call Center, na Associação Americana de Comércio; - Reunião para iniciar contratação de instrutores credenciados na Prefeitura, com cursos em diversos níveis, 40, 120 e 180 horas; - Audiencia sobre Organização das entidades filantrópicas; - Participação no Programa Gangorra, do Canal São Paulo, sobre desfile de surdos na Escola de Samba; - Reuniões sobre desenvolvimento de material didático para Curso de Libras; e implantação do curso em empresas; - Reunião em parceria com as Casas Bahia, para divulgação aos surdos de vagas na empresa e de Curso de LIBRAS para funcionários; - Reunião sobre projeto de Lei para acessibilidade para surdos na cidade de São Paulo, com a Assessora Parlamentar Paula Galeano; - Reunião sobre organização de futebol de salão, com a participação de diversas associações de surdos, durante a feira REATECH, na sede da Feneis/SP, com Julio Cesar de Souza do Projeto Jogadas da Vida; - Reunião com Denise Guaraldo Torello Viera, Socia Diretora da Empresa


Interagente, sobre a parceria com a Feneis/SP para realização do Curso de LIBRAS; - Reunião com Gisele de Oliveira Romão, Coordenadora de Extensão da UNG, sobre o Curso de LIBRAS, na Universidade de Guarulhos e parceria com a Feneis/SP; - Reunião com a Coordenadora do DRE – Delegacia Regional de Ensino da Pirituba, sobre contratação de interpretes de LIBRAS para o Ensino Médio; - Participação em exposição no Pavilhão de Imigrantes, na cidade de São Paulo; Evento de Acessibilidade, Siga esta Idéia e lançamento do livro do ex-jogador que ficou surdo Julio Cesar, no Clube Corinthians em São Paulo; - Reunião sobre o curso de LIBRAS em extensão e parceria da FENEIS, contratação de professores de LIBRAS na Universidade de Guarulhos; - Reunião para iniciar o Curso de LIBRAS na Delegacia de Ensino de Taboão da Serra; e no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, com contratação de 100 funcionários surdos; - Reunião sobre contratação de interpretes de LIBRAS, pela organização não governamental ETHOS; - Reunião com Adriana da Silva Fernandes, Procuradora da Republica e dos Direitos Humanos, sobre acessibilidade; - Festa de 55 anos da Associação dos Surdos de São Paulo, com a presença do coordenador da Feneis/SP e Shirley Vilhalva, Diretora Administrativa da Feneis; - Reunião sobre a proposta do Curso de LIBRAS para funcionários do Governo, na sede de SEDPED; - Visita ao CIAB – Febraban, no Hotel Transamérica, em São Paulo; - Reunião sobre acessibilidade para surdos em Call Center, com Diretores da Empresa de Call Center e piloto surdo da kart Edson, sobre qual é a melhor tecnologia para atender os surdos que é o videofone;

- Reunião sobre o trabalho de interprete de LIBRAS no videofone; - Reunião sobre a acessibilidade dos surdos no curso de informática, com Cleubi Poletti – BL2/ Inclusão Digital; - Reunião sobre Projeto para Curso de Especialização para Interpretes de LIBRAS e Guias Interpretes, na sede da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiencia – SEDPED; - Realização da palestra O Direito do Cidadão Surdo, no Tribunal Regional do Trabalho; - Reunião sobre nova tecnologia videofone na empresa Genia; - Reunião com o Deputado Bruno Covas e Cesar Gontijo, Secretário do PSDB, para criação do novo núcleo dos surdos para a política; - Reunião na ESPRO – Associação Ensino Social Profissionalizante, para divulgar e ajudar os surdos a participareem do curso e ter o primeiro emprego na Feneis/SP; - Participação na Audiência do Plano Diretor Estratégica, com os vereadores na cidade de São Paulo; - Reunião para a preparação do II Congresso Nacional de Inclusão Social do Negro Surdo; - Participação na reunião da Federação Paulista Desportiva de Surdos, sobre a preparação para nova eleição e campeonatos para o ano 2010; - Realização da palestra Os Direitos de Cidadão Surdo e sua Nova Tecnologia, no Auditório da CEADA em Campo Grande – MS; - Reunião na Derdic para preparação da divulgação da passeata “O Direito do Surdo de estudar em Escolas de Surdos; - Realização da palestra Dia Nacional do Surdo e a História da nossa luta nacional, no SESC Vila Mariana para alunos surdos da Rede Municipal de São Paulo; - Participação da Passeata Dia do Surdo – O Direito do Surdo de estudar em Escolas de Surdos;


- Presença na abertura do IV Festival Esportivo e Cultural dos Alunos Surdos da Rede Municipal de Ensino, no Ginásio do SESC – Interlagos, em São Paulo; - Realização da palestra e Treinamento aos funcionários do Call Center da Empresa SICREDI RS, sobre Como atender os surdos; - Fundação da nova Associação Novo Lar de Idosos para Deficientes Auditivos, na cidade de São Paulo; - Reunião para convidar os surdos a participarem do experimento da TV Digital Acessivel e participação efetiva de diversos surdos na Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiencia; - Participação e colaboração no evento de abertura sobre II Congresso Nacional de Inclusão Social do Negro Surdo; - Participação no Grupo de Estudos: A Atuação do Interprete de Língua de Sinais no Teatro, realizado pela Secretaria da Cultura e Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida – SMPED; - Realização de palestra e treinamento para funcionários do Call Center da Seguradora Zurich Minas Brasil Seguros, em Belo Horizonte; Acessibilidade para Surdos, na Feira Cultural do Instituto Santa Teresinha; - Encontro Nacional dos Surdos Acadêmicos e Profissionais, no Teatro SESI – Rio de Janeiro, coma presença de Moryse Vanessa Saruta, diretora da Feneis/SP; - Realização de palestra e treinamento para funcionários do Call Center do Banco Luso Brasileiro, em São Paulo; para funcionários do Call Center do Banco Cruzeiro do Sul, Rio de Janeiro; - Reunião com Marcelo M. Sartor – VoiceLinx, para fazer o treinamento de funcionários do Call Center; - Reunião sobre FONE FÁCIL, com demonstração sobre o funcionamento; - Visitação ao Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com

deficiência, na Exposição WTC, em São Paulo; - Participação no Grupo de Estudos: A Atuação do Interprete de Língua de Sinais no Teatro, realizado pela Secretaria da Cultura e Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida – SMPED; - Reunião com Luciana Gimenes, Coordenadora de Letras da UNICID, sobre como planejar o curso de LIBRAS dentro da Faculdade e indicação de professores surdos; - Realização de teste do CELIG – Central de Libras, Interpretes e Guias-Interpretes na Subprefeitura da Sé, São Paulo; - Reunião para avaliação e criticas sobre CELIG – Central de LIBRAS, Interpretes e Guias-Interpretes na sede da SMPED – Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, em São Paulo; - Presença na Cerimônia da Comemoração da Jubileu de Prata da Fundação do Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência e entrega Certificado de Honra ao Mérito;

Setor de Comunicação Algumas das atividades realizadas pelo setor:

- Divulgação da Reatech, VIII Feira Internacional de Reabilitação e Tecnologias em Reabilitação e Inclusão”; - Participação Reatech, por meio de stand, em parceria com a empresa Oi Celular. No evento aconteceram: divulgação de cursos para surdos e ouvintes; vendas de material didático, inclusão e camisetas com estampas em LIBRAS; - Continuidade das atividades do grupo de comunicação do Yahoo, que dá acesso aos eventos, fórum de discussão e outros, contando com 327 membros;


Setor de Contabilidade & Gestão de ADM – SECONT Gestor de ADM/SP: Gérson Lima de Almeida

Associação Paulista de Municípios Avon Cosméticos Ltda Benedita Agência Marketing & Entretenimento Ltda Brasil Ltda

Algumas das principais atividades realizadas pelo setor:

Brava Consultoria e Sistemas S/A Colgate Palmolive Industrial Ltda

- Supervisão da Feneis/SP e orientação aos setores da instituição;

Condomínio Edifício Leblon

- Assessoria ao diretor regional, com acompanhamento em reuniões;

Editora Moderna Ltda

- Elaboração dos balancetes, verificação de contas, extratos, pagamentos, transferências, folha de salários, folha de autônomos, emissão de recibos e notas fiscais;

Setor de Intérprete Algumas das atividades realizadas pelo setor:

- Participação na Reatech; - Assinatura de Convênios com as Prefeituras de São Paulo e de Campinas; - Organização e preparação de projetos, visando melhorar a qualidades e a postura dos intérpretes; entrevistas com candidatos a participar do corpo de intérpretes da instituição; apoio da voluntária Andréa Venancino;

Conselho Regional de Psicologia da 6ª Região

Escola de Gente Comunicação em Inclusão Faculdade de Filosofia – USP Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico GET Marketing e Comunicação Grupo IBMEC Educacional S.A. Hipercard Banco Múltiplo SA Hotel Fazenda Vale Suiço Ltda Lavoro Produções Artísticas Ltda Monsanto do Brasil Onze Marketing Comunicação SIS Ltda PMSP – Diretoria Regional de Jaçanã/Tremembé PMSP – Diretoria Regional de Pirituba Prefeitura Municipal de Campinas

Relação das empresas que solicitaram orçamento de prestação de serviços de intérprete: Accenture Brasil Ltda Ação Educativa Assessoria Pesquisa e Informação Antonio Floriano Pereira Pesaro, Vereador Apsen Farmacêutica Ltda You Can Trust Comunicação Ltda

PSOL – Partido Socialismo e Liberdade Serasa SA Stilgraf Artes Gráficas & Editora Ltda Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A Uniethos - Formação e Desenvolvimento da Gestão Social Responsável


Setor de Curso Algumas das principais atividades desenvolvidas pelo setor: - Apoio na avaliação de intérpretes para futura contratação; - Acompanhamento a visitantes Universitários, com esclarecimento de dúvidas freqüentes em relação à comunidade e cultura surda; - Apresentação dos livros e acervo para pesquisa da biblioteca da FENEIS/SP; - Emissão de certificados de Curso de Libras e Oficina de Libras; - Atuação como intérprete nas reuniões de Diretoria de Ensino, Empresas, CAPE, Associações, Secretária da Pessoa Portadora de Deficiência e reunião com o Presidente da Confederação Brasileira de Desportos dos Surdos, Marcus Vinicius Calixto.


• Escritório Regional da Feneis do Paraná Algumas das atividades desenvolvidas ao longo de 2009:

Para o professor ser admitido em sala de aula com alunos inclusos, deverão apresentar uma declaração fornecida pela Feneis informando sua aprovação pela banca. Diante disso, a Feneis realizou de março a dezembro dez bancas de provas para intérpretes com o seguinte resultado:

Números de bancas realizados: 12 Aprovados como intérpretes: 24 Aprovados como Apoio Pedagógico: 57 Reprovadas:71

- Fiscalização do espaço físico dos cursos observando a limpeza das salas de aula, banheiros, materiais utilizados pelos instrutores nas aulas, iluminação e ventilação das salas; - Contato com instrutores para entrega do resultado final dos alunos, lista de presença e resultados da avaliação; - Envio de correspondências para universidades do Paraná, com objetivo de ouvintes em lugar dos Surdos para o Ensino de Libras, além dos intérpretes que trabalham sem certificação. Como o Decreto assegura esse direito, a Feneis enviou um alerta e se não cumprido será entrado com um mandado de segurança contra as instituições fora da Lei; Realização de cursos de Libras nas instalações da Feneis, e na região metropolitana, por meio de parcerias com escolas e empresas.

Total de pessoas atendidas:152

Parcerias Oficinas

Foram firmadas parcerias com as seguintes instituições:

- Oficina de Teatro com o ator surdo Rimar Romano e com crianças surdas; - Preparatório para o Prolibras.

Trabalhos Realizados - Visitas domiciliares; - Orientação aos familiares;

- Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Apucarana e Norte do Paraná (APASAP); Associação Comunitária de Apoio ao Centro Pontagrossense de Reabilitação Auditiva e da Fala (ACAP CEPRAF GENY RIBAS); - Associação de Pais e Amigos de Ibiporã;

- Acompanhamento no Conselho Tutelar;

- Associação de Pais a Amigos dos Surdos de Foz do Iguaçu (APASFI);

- Encaminhamento a vaga de empregos;

- Victoria Cursos e Idiomas;

- Palestras de formação;

- Faculdade Vizivale.

- Encontros de Estudos;

- Participação nas reuniões do Conselho Estadual dos Portadores de Deficiência (COEDE);

- Acompanhamento judiciais com Interpretes; - Encaminhamento de advogados Voluntários na defesa do Surdo;


Comemorações Em 26 de julho, conforme Lei n°15658/2007 de 02/10/2007, foi criado o Dia do Intérprete. Nesse dia foi organizado um encontro de confraternização em comemoração a oficialização do Dia do interprete no Paraná com todos os profissionais ligados a Feneis.

Em 26 de setembro foi realizado encontro para comemorar o Dia do Surdo com participação de ouvintes e surdos.

Manifestação Em julho, a comunidade surda do Paraná elaborou um manifesto dos Surdos em defesa da obrigatoriedade da Língua Brasileira de Sinais nas escolas. O preconceito e a discriminação contra os Surdos é cada vez maior e chega ao ponto de assistirmos, recentemente, professores se recusando a trabalhar com alunos surdos em escolas regulares, publicas e privadas, alem da possibilidade de termos escolas para surdos fechados.

A comunidade surda paranaense ficou indignada! Com isso uniram-se as forças para exigir o cumprimento dos direitos assegurados na Lei de Libras desde da educação até o ensino Superior. O documento reivindicou: - O direito à comunicação e ao ensino da Libras nas escolas freqüentadas por surdos; - O ensino do português como segunda língua, com processos avaliativos que respeitem nossa diferença lingüística; - Educação bilíngue em todas as escolas de educação básica freqüentadas por alunos surdos! - Concurso Público e contratação imediata de professores surdos para atuar nas escolas; - Inclusão da Disciplina de Libras nos cursos de formação de professores, nas universidades públicas e privadas, ministradas preferencialmente por professores Surdos; - Intérpretes de Libras e profissionais capacitados para a comunicação com surdos, nos serviços públicos e locais de trabalho dos surdos.


• Escritório Regional da Feneis de Pernambuco Em 2009, trabalhamos junto com as Parcerias do DPI-Japão e JICA-Japão para realizar o Projeto Tampopo – Educação de HIV/AIDS para pessoas com Deficiências e Analfabetas, que estão financiando as atividades do projeto. O mesmo está disponibilizando para a Feneis duas salas para elaboração de outros projetos e curso de Libras, tornando cada vez mais possível a realização de diversas atividades em favor da Feneis/Celes-PE. O Tampopo tem outros parceiros como a Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, que oferece o apoio de técnicos de saúde para capacitar os surdos multiplicadores a atuarem nos municipios de Pernambuco. Com a ajuda destes parceiros, conseguimos realizar diversas atividades, entre elas: - 1º Seminário do Projeto Tampopo com o tema Nada sobre nós, Sem nós, que reuniu mais de 220 pessoas para o lançamento do projeto Tampopo e divulgação do trabalho da Feneis/Celes-PE; - Oficinas com temas variados como Saúde, DSTs, HIV/AIDS, Relação Sexual, Diversidade, Direitos Humanos, Violência, Sistema Único de Saude (SUS); - Criação de material visual de desenho e filmagem para facilitar a comunicação e o entendimento do público alvo; - Elaboração do dicionário de saúde com palavras técnicas em Libras; - Apresentação de teatro, voltado para orientação do público surdo e ouvinte em relação à prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis; - Participação dos membros da equipe do projeto em seminários, congressos, oficinas e debates políticos para promover direitos dos surdos por meio da divulgação do projeto; Foram estabelecidos importantes contatos com ONG’s e instituições públicas por intermédio do Projeto Tampopo. Entre os programas que surgiram a partir deste programa social listamos: - FIG (Formar, integrar, garantir) – Busca garantir a inclusão das pessoas com

deficiência, portadoras do HIV, em serviços de saúde sexual e reprodutiva, em Pernambuco. O trabalho acontece em parceria com FENEIS-PE, Serviço Internacional (IS) e o Grupo de Trabalho Posithivos (GTP+); - Projeto Identidade Surda – Pretende promover a melhoria da educação, por meio de parceria entre a FENEIS-PE e a Secretaria de Educação; - Prática de projeto, realizado uma vez por semana na Feneis/Celes-PE – Reúne mais de 700 pessoas por ano. O projeto é resultado de parceria entre a FENEIS-PE, o Serviço Internacional (IS) e a UNESCO. O escritório também lançou o livro e o DVD Elabolação de Projeto e está recebendo solicitações para promover oficinas e seminários nas cidades e estados do Nordeste. Em 2009, a realização de passeata, que já acontecia em anos anteriores, ganhou o apoio do Ministério Público, por meio do Núcleo da Diversidade Pública. A manifestação se tornou mais forte e significativa, reunindo mais de 700 pessoas, um número considerado bastante expressivo pelos organizadores do movimento. A manifestação reuniu mais de 700 pessoas. Também registramos o interesse da comunidade surda pelos assuntos discutidos nas reuniões semanais de terça-feira. Esses encontros, que eram apenas casuais, se transformaram em momentos de discussões efetivas e troca de opiniões entre surdos. Eles se reúnem em várias regiões do estado e fora dele, fortalecendo a comunidade. Outros objetivos da Feneis/Celes-PE são incentivar a criação das Associações de Surdos em Pernambuco e dar suporte administrativo para o bom funcionamento dessas atividades A diretora regional financeira e o Coordenador Administrativo do Projeto Tampopo Sobre Acessibilidade e Direitos de Surdos mobilizam a comunidade surda para fundar uma nova Associação de Surdos nos moldes da existente em Caruaru (ASC). A prática de projeto, no qual participantes Surdos contaram com a ajuda de voluntários para preparar e criar o desenho do Projeto Sonho dos Surdos, resultou no sucesso do


lançamento do Livro & DVD O Sonho dos Surdos. O guia para elaboração de projetos, Feneis/Celes-PE com parceria da UNESCOMatriz na França, Serviço Internacional na Inglaterra (IS), Pessoas com Deficiência Internacional (DPI) do Japão e Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA). Após esta etapa, todos os surdos trabalharam no preparo da filmagem e desenho para o livro junto com o DVD. Esta atividade começou no mês de janeiro e continuou até outubro.

Curso de Libras Em 2009, foram ministrados cursos de nível básico com carga horária de 120 horas aula, dividida em módulos de 40 horas aula. A escolha do(s) módulo(s) a ser cursado ficou a critério do cursista. A parceria da Associação dos Portadores da Pessoa com Deficiência em Limoeiro (APDL) promoveu diversos cursos básicos, intermediários e avançados. Ao todo, foram realizados sete cursos e três mini-cursos de Libras em nível básico com incentivo a Oficina de Prolibras para Surdos com parcerias, incluindo o interior do Estado de Pernambuco. O público alvo dos cursos foram fonoaudiólogos, pedagogos, professores, psicólogos, terapeutas ocupacionais, estudantes de licenciaturas, familiares, funcionários da empresas e demais interessados. Os cursos puderam ser ministrados por módulos ou completos; Desenvolvemos projetos para aperfeiçoamento, pesquisa de mercado de trabalho, e promoção do encaminhamento profissional dos instrutores de língua de sinais A finalidade é possibilitar ao profissional o pleno exercício de suas profissões. A Feneis em Pernambuco realizou pesquisa de dados com base no Censo estadual, apurado no ano 2000. De acordo com os dados, em Pernambuco há quase 330 mil surdos. Somente na Região Metropolitana do Recife os números giram em torno de 40 mil. Veja os dados: Em Pernambuco: População Total – 7.855,015 Percentual de P.D. – 17,4 % Total de P.D. – 1.365.334 Sendo: Surdos – 329,845

Por Área de Deficiência: Deficiência Visual – 48,10 % Surdos – 16,7 % Deficiência Mental – 8,3 % Deficiência Motora – 22,91 % Deficiência Física – 4,10 %

IS – Serviço Internacional A cooperante da IS trabalhou com a equipe da prática do projeto, todas as terças-feiras. As atividades se concentraram nas áreas de capacitação profissional e de fortalecmento institucionais da Feneis-PE. A previsão é de que por ano o número de participantes chegue a 700. A equipe da prática de projeto desenvolveu ainda o projeto Sonho dos Surdos, continuando a multiplicar conhecimentos e valorizando a importância da participação de todos nas comunidades.


• Escritório Regional da Feneis de Minas Gerais

- Reunião com os instrutores do Celes para preparar a programação do Dia dos Surdos

Centro Verbotonal

- Doação de 2 aparelhos celulares para sorteio no Dia dos Surdos

O Escritório Regional da Feneis funciona na sede do Centro Verbotonal de Minas Gerais. É uma entidade que trabalha com a reabilitação da audição e da fala de crianças surdas por meio da estimulação da comunicação em Libras. A metodologia consiste em orientar as famílias e os alunos surdos sobre a importância das Libras e de sua aprendizagem. A partir daí, a criança é estimulada a usar a fala. Atualmente há 18 crianças e adolescentes que desenvolvem trabalhos e são atendidas por fonoaudiólogos, psicológicos e instrutores de Libras. Muitas destas crianças têm gratuidade no atendimento, de acordo com a situação financeira.

Atividades do Diretor Regional:

- Apresentação da candidata à coordenação do Celes, Thais M. Abreu - Participação na eleição da coordenadora do Celes - Reunião para futura parceria com o Grupo Vias do Saber, editora do livro Bocas Mexedeiras, para promoção de palestras, seminários e outros - Recebimento de doações do TJMG (computadores usados, mesas, armários) - Entrevistas sobre surdez para Corde, com Antônio Campos - Reunião com a Loteria Mineira para doação de computadores novos - Reunião com o Ministério do Trabalho para procedimento de Rede Inclusão - Assinatura de contrato de criação do programa de gestão de pessoas - Viagem à cidade de Ibirité para resolver caso de um surdo que foi preso

- Reunião com o diretor nacional financeiro, Josélio Nunes Coelho, para detalhes financeiros - Recepção de 6 pessoas, entre elas, surdos que vieram da Alemanha visitar a Feneis/MG - Participação na festa comemorativa do Dia dos Surdos no TRT e no IPSEMG Hospital - Ministração da palestra Ser surdo – Lutas e Conquistas no 1º Encontro Comemorativo do Dia dos Surdos, realizado no auditório do Colégio Tiradentes da PMMG - Homenagem ao Dia Mundial dos Surdos na Câmara Municipal dos Vereadores de Minas Gerais - Envio de telegrama parabenizando os 30 anos de fundação do Cesba - Visitação ao Museu da OI, juntamente com as crianças do Centro Verbotonal de MG - Reunião com a Ulbra para futura parceria - Reunião com a Claro para futura parceria - Parceria com HOSTDEAF para aluguel do site www.feneismg.org.br - Entrevista com UFMG sobre Políticas Públicas para Surdos - Reunião com as Associações para proposta de faculdade para surdos - Reunião com a coordenadora do Celes/MG, Thais Magalhães Abreu, que solicitou seu desligamento da coordenação, deixando o cargo disponível - Recepção de 2 surdos da cidade de Poços de Caldas, que vieram visitar a Feneis para se informarem a respeito da criação de uma Associação de Surdos e promoção de palestras


- Reunião com os instrutores, estando presente: a diretoria da Feneis/MG; a diretora de Políticas Educacionais, Patrícia; e a assessora nacional do Celes, Elaine Bulhões. Na reunião foi eleita a nova coordenadora do Celes/MG, Edelaine Lima Pinto - Reuniões diversas com o Setor de RH para resolução de pendências nos contratos

Atividades Desenvolvidas nos Setores:

O Escritório Regional da Feneis em Minas Gerais conta com uma equipe de trabalho dividida em 4 setores, que são responsáveis pelas atividades diárias e internas, além do trabalho da diretoria local.

Secretaria e Recepção O Setor de Recepção e Secretaria faz o registro de atendimento ao público e encaminhamento para os setores solicitados. No total foram atendidas 3.646 pessoas. Além disso, realiza atividades como: digitação de ofícios; cotação de materiais a serem comprados; reserva de passagens e hotéis para a diretoria; ligações para o Centro Verbotonal; arquivamento de documentos, entre outras.

Pessoal Cada vez mais a legislação vigente tem sido cumprida, e por meio da Lei n° 8.666/93, que trata dos processos de licitação, o acesso dos surdos a órgãos públicos torna-se possível. Existe também a Lei 8.333/94, que trata de entidades filantrópicas sem fins lucrativos, que prestam serviços ou fornecem mão-de-obra de pessoas com deficiência, favorecendo a inserção dos surdos no mercado de trabalho. Além de todo o serviço rotineiro do setor de Gestão de Pessoas, são realizados trabalhos de recrutamento, seleção, acompanhamento, treinamento, visitas às empresas contratantes

e orientação aos 688 funcionários da Feneis, distribuídos em 14 contratos. Desse total, 517 permanecem como funcionários, tendo ocorrido 171 demissões. A Feneis/BH mantém contrato com as seguintes empresas: Beprem – Beneficência da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte; BHTRANS (Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte); Fiocruz (F. Osvaldo Cruz/Centro de Pesquisa René Rachou); IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária); Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária); IPSEMG (Instituto da Previdência e Serviços do E. de Minas Gerais); Justiça Federal de Primeiro Grau – Minas Gerais; TRT - Tribunal Regional do Trabalho (Capital e interior); CRM – Conselho Regional de Medicina; DER – Departamento de Estrada de Rodagem do E. Minas Gerais; Policia Civil (Detran e Instituto de Identificação); IGAM – Instituto Mineiro de Gestão das Águas; Instituto de Terras do Estado de Minas Gerais; Centro Verbo Tonal de Minas Gerais Os convênios são de responsabilidade dos diretores regionais da Feneis e da equipe dos Setores de Recursos Humanos – Pessoa e Financeiro, que perceberam a necessidade de intervenção da Feneis junto ao desemprego, a dificuldade dos surdos em relação a concursos, a exploração dos surdos como escravos, entre outros. Além disso, é importante a constante orientação e estímulo aos jovens surdos para que estejam preparados para o primeiro emprego. Outro convênio que trouxe grande benefício para a comunidade surda foi a parceria com o Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais – TRT, onde 155 colaboradores foram contratados para trabalharem na capital e nas cidades do interior de Minas Gerais. Vejam as cidades que possuem colaboradores da Feneis/TRT: Alfenas, Araçuaí, Araguari, Araxá, Belo Horizonte, Betim, Bom Despacho, Caxambu, Contagem, Coronel Fabriciano, Curvelo, Formiga, Governador Valadares, Guaxupé, Itabira, Iturama, João Monlevade, Juiz de Fora, Lavras, Matozinhos, Monte Azul, Montes Claros, Muriaé, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Pirapora, Poços de Caldas, Ponte Nova, Pouso Alegre, Ribeirão das Neves, Sabará,


Santa Luzia, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Três Corações, Uberaba, Uberlândia, Varginha.

Assistência Social No âmbito da assistência social, a Feneis atua eliminando as barreiras de comunicação. Assim, encaminha intérpretes de Libras a hospitais, delegacias, seminários, escolas, universidades, audiências jurídicas, reuniões de pais, acompanhamentos em empresas e onde houver demanda. Em relação aos familiares dos surdos, são feitas orientações no sentido de promover a aceitação da surdez e uso de Libras, bem como reconhecer a capacidade do surdo de ser cidadão e de exercer seus direitos e deveres. Passe-livre: Quanto ao transporte, existe o passe-livre para os surdos e deficientes auditivos, oferecido pela Empresa de Transportes de Belo Horizonte (BHTRANS). O benefício é concedido através de um exame de Audiometria, que constata o grau da surdez, e de uma avaliação sócioeconômica. A Feneis também tem despesas com vale-transportes para intérpretes e coordenadores de nossas empresas parceiras, e também com surdos que possam ter algum problema com o seu cartão. Atendimento de Orientação e Psicológico: A Feneis disponibiliza atendimento psicológico para surdos que tenham problemas de comunicação, de desentendimento com seus familiares, ou sofram algum tipo de discriminação e violência. Muitos surdos sofrem com o preconceito, são assediados e agredidos fisicamente em seu ambiente de trabalho, na sociedade, nas escolas e às vezes em suas próprias famílias. Mais informações sobre esse assunto no site www.assediomoral.org.br.

Setor Financeiro - Responsáveis pela abertura de conta no banco - Resolve problemas de funcionários com suas contas no banco. Ex.: empréstimos bancários com cancelamento de conta, saldos devedores, etc

- Gera mensalmente a folha de pagamento dos funcionários do escritório e das empresas contratantes - Efetua o envio de salários para que os mesmos possam ser processados pelo banco - Faz mensalmente a distribuição de vale transporte e ticket refeição - Efetua a admissão e demissão dos funcionários. Caso tenham mais de um ano, um funcionário do setor o acompanha ao sindicato para homologação - Mensalmente são efetuados os repasses para as empresas contratantes, para que possam efetuar o pagamento para a FENEIS/ MG - Solicita a confecção de cartão de ponto eletrônico, que são controlados semanalmente pelo escritório - Inclusão e Exclusão de funcionários no Convênio Médico - Impressão dos demonstrativos de salário e esclarecimentos dos mesmos, de acordo com a necessidade dos funcionários - Atende as empresas contratantes com as suas respectivas dúvidas - Atende as empresas que não possuem vínculos com o escritório, mas que precisam de informações sobre cadastros dos funcionários - Emite cartões e folhas de ponto para as empresas contratantes que não possuem o ponto eletrônico - Emite crachás para os funcionários recémcontratados; - Emite documentos para afastamentos acima de 15 dias, em caso de doença, acidente de trabalho, licença maternidade - Atualiza sempre todos os programas que são utilizados pelo setor - Organiza documentos da contabilidade da filial BH, faz balancetes e balanço - Faz relatórios, planilhas e gráficos para reunião de diretoria


- Elabora as planilhas de apuração da freqüência mensal e emissão de Notas

- Orienta a diretoria quanto à situação econômica e financeira da Feneis

Fiscais, para os convênios;

- Acompanha as mudanças na legislação para orientação aos demais funcionários

- Faz pagamentos de instrutores de Libras e outros cursos - Emite notas fiscais para cursos de Libras e outros - Paga INSS, FGTS, CAGED, DES, PIS e IRF nos seus respectivos programas - Controla os pagamentos dos convênios de acordo com os extratos semanais - Imprimi pela Internet as certidões como: CRF (inclusive indo à CEF para solucionar problemas referentes a CRF), CND, Certidão Negativa de Débito - Atende ligações para tirar dúvidas a respeito de salário, n.º PIS, etc. - Telefona para bancos, resolvendo problemas relacionados a funcionários ou mesmo do escritório - Telefona para os funcionários, quando se faz necessário o comparecimento dos mesmos no escritório - Paga as contas mensais, envia correspondências para o correio, separa o trabalho para o mensageiro - Calcula e compra vale transporte e ticket mensalmente, resolve problemas de cartão de vale transporte dos funcionários - Atende as solicitações de compras, correspondências e outras necessidades do Celes - Renovação de contratos, contata empresas para novos contratos, emiti documentação necessária para os mesmos - Analisa a viabilidade de contratos - Participa de reuniões com gestores dos contratos - Elabora e revisa correspondências expedidas - Solicita manutenção no escritório e nos equipamentos, quando necessário

CELES O Setor de Educação e Cultura é administrado pelo Celes – Centro de Estudos em Libras e Educação dos Surdos. O Celes foi constituído com o objetivo de ser um centro de referência para estudos realizados sobre a Língua Brasileira de Sinais (Libras) e sobre a educação dos surdos. Suas atividades envolvem elaboração de políticas voltadas para Libras, promoção de cursos de Libras, promoção e apoio a eventos relacionados com a educação dos surdos, e suporte para trabalhos e pesquisas desenvolvidas na área de surdez. Dentre as suas finalidades estão: a defesa das Libras como primeira língua da comunidade surda; apresentação à sociedade da necessidade da presença de intérpretes de Libras nos estabelecimentos de ensino frequentado por surdos; estímulo da criação de escolas de surdos; reunião de grupos de discussões sobre propostas metodológicas e curriculares para a Educação dos Surdos; e promoção de intercâmbios permanentes com grupos de pesquisa da área da surdez. Durante o ano, sob a coordenação de Thais Magalhães Abreu, foram ministrados cursos de Libras na sede da Feneis/MG, na região metropolitana de Belo Horizonte e nas cidades do interior de Minas Gerais, por meio de parcerias com escolas, faculdades, prefeituras e empresas.


CURSOS:

FENEIS

OFICINAS

INTERIOR

TOTAL

Número de Turmas

6

4

10

20

Número de Instrutores

4

4

5

13

Número de Alunos

105

39

188

332

Atividades Internas do CELES:

- Novos contratos com empresas - Analisar a viabilidade de contratos

- Agenda de reuniões, palestras, entrevistas e eventos

- Contato com instrutores para pagamento de ISS

- Controle de ofícios e e-mail recebidos e respondidos

- Confecção da folha de presença

- Auxílio ao setor de contabilidade com interpretações - Confecção da folha de pagamento dos instrutores para o setor financeiro - Envio de comprovante de depósito dos cursos mensalmente para o setor financeiro - Planejamento dos calendários dos cursos por semestre - Planejamento dos calendários de oficinas de Libras nos convênios da Feneis e empresas privadas

- Confecção dos certificados e declarações para os alunos - Confecção e emissão de fichas de avaliação dos alunos do curso para os instrutores - Confecção e emissão da ficha de cadastro para novos instrutores - Confecção e emissão de boletos bancários - Controle de emissão de nota fiscal para parceiras - Confecção e emissão de Manual do Instrutor para cada instrutor contratado

- Promoção de curso intensivo para o Prolibras

- Confecção e emissão de Manual do Aluno para cada aluno matriculado

- Divulgação dos Cursos;

- Confecção de apostilas para oficinas nas empresas conforme contexto de trabalho da referida empresa

- Controle administrativo do curso (calendário, frequência, pagamentos) - Cadastro dos alunos candidatos ao curso; - Cadastro dos instrutores - Contratos dos alunos para o curso da Feneis - Contrato para instituições - Contratação de instrutores

- Cálculo dos pagamentos dos instrutores dos cursos - Contato com instrutores para entrega do resultado final dos alunos, lista de presença e provas - Controle financeiro dos pagamentos dos cursos através da distribuição de boletos bancários para os alunos


- Cobrança de débito através de carta para alunos inadimplentes - Controle manual dos pagamentos dos alunos da Feneis - Controle de compra e distribuição de livros, DVD’s, bolsas e blusas; - Providenciar documentação necessária para novas parcerias com empresas - Fiscalização do espaço físico dos cursos, observando a limpeza das salas de aula, banheiros, material utilizado pelos instrutores nas aulas, iluminação e ventilação das salas - Xerox de provas. - Curso de Libras: No dia 5 de dezembro do corrente ano, encerrou o curso básico Libras em Contexto, realizado pela parceria entre Secretaria Municipal de Educação e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE de Carangola/MG), em contrato com a Celes e a Feneis/MG. Este curso foi ministrado pelo instrutor Rogério Teixeira de Carvalho e teve duração de 180h, distribuídas em três módulos de 60h cada. O curso teve início em agosto de 2008 e capacitou 19 profissionais, sendo 9 da APAE, um do Banco do Brasil, um do Fórum e 8 da Rede Municipal de Educação. O curso teve por objetivo apoiar e incentivar a formação profissional de professores e demais profissionais ligados ao atendimento público, para a aprendizagem e utilização da língua brasileira de sinais em sala de aula (como língua de instrução e como componente curricular) e nos demais ambientes de trabalho.

Comunicação A visibilidade da Feneis na mídia tem sido cada vez maior. A presença em debates televisivos, sites, agências, jornais impressos e espaços para programas em Libras refletem resultados positivos. Foram noticiadas matérias nos seguintes veículos: Estado de Minas, O Tempo, Diário da Tarde, Jornal de Minas Gerais, Hoje em Dia, Super, Aqui, Jornal do Ônibus, Internet comunitária, Jornal Visual, Rede Minas, TV Globo, TV Alterosa e diversas rádios em Belo Horizonte. O apoio dos meios de

comunicação tem promovido a acessibilidade na comunicação dos surdos por meio de conquistas como: TV Minas: Os surdos mineiros podem acompanhar o telejornal Jornal Visual, através da TV Minas (Fundação Educativa e Cultura de Minas Gerais). Propaganda: A Lei 9139/2006 dispõe sobre o uso obrigatório da Língua Brasileira de Sinais em veiculação de propaganda oficial. A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte fez campanha de divulgação de incentivo ao uso da legenda com português e da janela com intérprete de Libras. Legenda Oculta no Brasil: Este painel enfatiza a importância da participação ativa do público surdo na luta pela garantia da qualidade da legenda oculta (CC) na televisão brasileira. Internet: O novo site da Feneis/MG viabilizou a comunicação dos surdos de todos os países, possibilitando o entrosamento e o intercâmbio de informações. Celular – Mensagem / Torpedo: A Claro ofereceu, a preço de custo, mensagens de celular e envio de torpedos, facilitando a comunicação dos surdos. Cumprimento da Lei: Instituições governamentais e não governamentais também contam com a legenda ou janela em Libras para informações diversas sobre educação, saúde, esporte, etc. Alguns bancos também passaram a utilizar legendas em português em suas propagandas televisivas. Jornal do Ônibus: O Jornal do Ônibus é o veículo de comunicação da Prefeitura de Belo Horizonte com 1,5 milhões de usuários/dia do Sistema de Transporte Coletivo da cidade. Em cada edição do jornal são veiculadas notícias de trânsito e transporte, projetos executados pela Prefeitura, campanhas de saúde. Diante disso, a Feneis solicitou à BHTRANS apoio na divulgação de vagas de emprego para surdos e deficientes auditivos, por meio de seus cartazes nos ônibus coletivos. O resultado desta parceria foi positivo, pois recebemos mais de 68 pessoas com deficiência auditiva.


Cultura: Neste ano, a Feneis participou de palestras, conferências e reuniões com temas diversos relacionados à área da surdez. Os diretores participaram de cerimônias em alguns convênios e tiveram a oportunidade de conhecer melhor o surdo em seu ambiente de trabalho. Surdos de vários estados brasileiros se emprenharam na promoção de encontros, buscando fomentar a cultura e a identidade surda no Estado. Vejam abaixo alguns eventos: - Dia dos Surdos em Belo Horizonte: A Feneism, através do Celes/MG, organizou juntamente com a ASMG, SSBH, CBDS, UFMG, PUC-MG, CEFET-MG, INES, Pastoral dos Surdos e Grupo Vias do Saber, o Primeiro Encontro Comemorativo do Dia dos Surdos. Com o tem O Ser Surdo – Lutas e Conquistas, o evento foi realizado no Auditório do Colégio Tiradentes, da PMMG, e contou com a participação de mais de 500 pessoas, entre elas, surdas e ouvintes. Na ocasião, foram ministradas palestras com temas variados, apresentações teatrais e sorteios de brindes. Os patrocinados foram: Lojas Redes, OI, Auto Escola Milenium, Caixa Econômica Federal, Vita Derm, O Boticário, Vias do Saber, Grupo Educacional Facinter, INES e o vereador Leonardo Mattos. - Comemoração do Dia dos Surdos no Hospital IPSEMG: A comemoração contou com a participação dos diretores regionais, Kleber e Antonio, da coordenadora intérprete da Feneis, Veronika Abrão e funcionários prestigiados por tempo de trabalho desde o início do convênio Feneis/Ipsemg. - Dia Internacional do Surdo: Organizado pela Pastoral dos Surdos, por meio do vereador Wellington Magalhães (PMN), o evento foi realizado no dia 30 de setembro de 2009, na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Na ocasião, os diretores da Feneis foram prestigiados pelos trabalhos desenvolvidos na comunidade surda mineira. - Missa do Dia Nacional dos Surdos: Realizada pela Pastoral dos Surdos de Belo Horizonte, celebrada por Dom Joaquim Giobani Mol e Padre Agnaldo. - Comemoração do Dia Nacional dos Surdos no TRT-MG: O Dia Nacional dos Surdos foi

comemorado no dia 28 de setembro de 2009, no TRT-MG, em uma solenidade que reuniu a administração do Tribunal e os jovens da Feneis, que prestam serviços nas Varas do Trabalho da capital e interior do estado. O convênio entre o TRT e a Feneis, assinado em 2006, consiste na contratação de jovens, de 18 a 31 anos, com deficiência auditiva, para trabalharem como autuadores. Atualmente, a parceria abrange 151 jovens que prestam serviços nas 40 varas da capital e em 78 do interior. - Comemoração do Dia Nacional de Libras: A Feneis/MG, através de seus diretores, incentivou um projeto de lei que institui o Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais – Libras (Projeto de Lei n° PL 6.428/2009), que foi aprovado.

Eventos - Entrevista para Rede Globo – MGTV: O diretor regional, Kleber Costa Borges, participou de entrevista para o MGTV mostrando a dificuldade que a comunidade surda enfrenta para se locomover em uma cidade grande como Belo Horizonte. - Dia Internacional das Pessoas com Deficiência: A Prefeitura de Belo Horizonte, através da Secretaria Municipal Adjunta de Direitos de Cidadania/Coordenadoria de Direitos das Pessoas Portadoras de Deficiência, apoiou organizações de pessoas com deficiência como a Fundação Dom Bosco, Família Down, APAE/BH, Grupo de Teatro Crepúsculo e FENEIS. No dia 3 de novembro organizaram juntas uma caminhada pela Praça da Liberdade em comemoração ao Dia Internacional de Pessoas com Deficiência. - Entrevista para Rede Minas: O diretor regional, Kleber Costa Borges, foi entrevistado pelo Jornal Visual sobre o tema da inclusão escolar do surdo. - Pesquisa para UFMG: O diretor regional, Kleber Costa Borges participou da pesquisa de políticas públicas da UFMG, buscando esclarecer o envolvimento do sujeito surdo com a sociedade.


- Pesquisa para o Corpo de Bombeiros: Visita de um cadete do Corpo de Bombeiros, que na ocasião avaliou o atendimento do mesmo à comunidade surda, verificando que o número 193 precisa de adaptação para atendimento dos surdos em situações de risco. - Recepção de Surdos da Alemanha: A Feneis recebeu surdos que vieram da Alemanha com o propósito de conhecer os trabalhos realizados com os surdos de diversas cidades.


• Escritório Regional da Feneis do Rio de Janeiro - Matriz Recursos Humanos A equipe multidisciplinar do Setor de Desenvolvimento em Recursos Humanos, composta por psicólogos, assistente social e secretária, para estruturar a metodologia de trabalho para o ano vigente, baseando-se nas metas alcançadas em 2008. - o planejamento de 2009 manteve as prioridades estabelecidas no ano anterior, baseadas nas áreas da educação, informação, comportamento, liderança, treinamento, ampliação dos benefícios nos convênios, qualificação e requalificação profissional, recrutamento, seleção e promoção; atuação política – Conselho Estadual e Municipal, novos convênios, elaboração de projetos, acompanhamento de licenciados e acidentados, execução de Seminário, e implementação do trabalho com famílias acrescentando o atendimento Clínico Psicológico para o surdo; - Deu continuidade ao trabalho realizado no ano de 2008, com a finalidade de englobar Bio Psico-social e Cultural, envolvendo funcionários, surdos ou ouvintes, os gestores dos contratos já existentes, viabilizando também as comunidades surdas e seus familiares que não pertencem ao quadro da FENEIS; - a metodologia utilizada não sofreu modificação, pois as metas estabelecidas anteriormente foram alcançadas, sendo elas: o acompanhamento e suporte aos funcionários da Feneis e suas respectivas chefias no âmbito do treinamento e intervenções; palestras educativas, utilizando recursos tecnológicos e didáticos (slide, datashow, DVD, cartilhas informativas etc), bem como acompanhamento hospitalar e residencial, agendamento no INSS, encaminhamento para cursos (informática e Libras) e para o ensino regular; - as dinâmicas utilizadas melhoraram o desempenho dos funcionários no trabalho e a boa relação entre chefias e funcionários; aumentando a auto-estima, acessibilidade à informação; divulgando sobre a importância da comunicação através da Libras dando apoio no âmbito emocional às famílias dos

funcionários surdos acidentados ou com problemas de saúde graves; - expansão, através da terceirização, de novos convênios com órgãos governamentais tanto do Município do Rio de Janeiro como de outros também, ampliando o acesso ao mercado de trabalho para outros surdos; - êxito de trabalhos com os convênios com a Secretaria de Estado e Cultura e a Fundação Casa França Brasil, estando em andamento convênio com o Tribunal Regional do Trabalho – TRT; - expansão da atuação do Setor de Recursos Humanos através da consultoria, Devido aos convênios firmados a Feneis - RJ atualmente emprega mais de 600 pessoas surdas no mercado de trabalho em diversas áreas. Alguns dos convênios parceiros são: DATAPREV e suas Unidades no Cosme Velho e Botafogo; ENINCO, matriz e filial; FIOCRUZ e seus Postos de Serviços: BIOMANGUINHOS, DIRAC, DIPLAN, INCQS, IOC, IFF, CECAL, DIREH, ENSP, EPSVJ, IPEC, PRESIDÊNCI e CICT; Secretaria Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência - SMPD (antiga FUNLAR), nas unidades em Campo Grande e Vila Isabel; Instituto de Resseguros do Brasil - IRB; Instituto Vital Brasil – IVB; Jardim Zoológico – RIO ZOO; Secretaria de Trabalho e Renda – SETRAB; Secretaria de Obras – SEOBRAS; DIZ FERRAMENTARIA; RIOLUZ Botafogo e seus distritos: DAF/GT, DIM/1ºGR, DIM/2ªGR, DIM/3ªGR, DIM/4ªGR, DIM/5ªGR, DIM/6ªGR, DIM/7ªGR, DAF/GM, Padre Miguel, DAF/GIL-1, DAF/GIL-1.2; Instituto Nacional de Educação dos Surdos – INES e seus departamentos: ISBE, DETEP e Manutenção; Secretaria do Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços – SEDEIS, em vigor desde agosto de 2007; Companhia Estadual de Habitação do Rio de Janeiro – CEHAB, em vigor desde agosto de 2007 (setor de limpeza); e o Setor de Arquivo, em vigor desde setembro de 2007; Líder em Serviço de Alimentação - GRSA e Secretaria de Estado e Cultura.


Atividades desenvolvidas: I - Atendimentos: solicitação de emprego, atendimentos individuais, admissões, demissões, orientações, entrevistas (seleção), encaminhamentos, entre outros II – Atividades Externas: reuniões com funcionários lotados nas empresas parceiras e com chefias, acompanhamento e avaliação de funcionários, participação em eventos, seminários, reuniões em órgãos e Conselhos em que a Feneis tem assento, entre outras

- envio de propostas para patrocínio da filmagem e edição de DVD’s; - pedido de apoio à Fundação Oswaldo Cruz para a divulgação do Dia do Surdo; - cobertura do Seminário do Dia do Surdo, realizado no SENAI; - acompanhamento de entrevistas realizadas em emissoras de TV sobre assuntos relacionados à surdez. - Manutenção do Site da Feneis a partir de meados do ano

Comunicação O Setor de Comunicação tem como objetivo aprimorar as relações entre a sociedade, instituições públicas, privadas, funcionários e clientes, além de trazer uma cobertura sobre o que acontece na comunidade surda através dos nossos veículos de comunicação. Entre os veículos estão, a Revista da FENEIS, que tem como fundamento divulgar as mais diversas áreas e aspectos existentes desta Comunidade, através de entrevistas, fatos do mundo dos surdos e notícias desta Instituição e o site que apresenta uma configuração simples e de fácil navegação. Tem entre seus objetivos fazer a seleção de notícias e informações de interesse geral. O site da Feneis mantém links permanentes com os principais sites de interesse da comunidade surda.

Intérpretes (SEINT)

Local

Total de Atendimentos

Atendimento Bancário

860

Audiência

55

Conselho Estadual

18

Conselho Municipal

42

Defensoria Pública

38

Empresas Conveniadas

112

Atividades realizadas:

INSS

54

- elaboração e distribuição trimestral da Revista da Feneis até setembro/2009;

Individual

200

Jurídico Feneis

161

Médico

81

RH Feneis

520

Conferências

85

Gravações

10

Telefonemas para Surdos

1731

Total

3967

- distribuição de material de divulgação através de correspondências recebidas; - contato com empresas conveniadas à Feneis; - recepção de visitantes e estudantes da área da surdez, esclarecendo as atividades e apresentando as dependências da Federação; - clipagem e organização de matérias sobre surdos, instituições e temas ligados a Surdez; - controle, organização e arquivo dos materiais recebidos, tais como: jornais, folders, revistas, livros e folhetos;


Bairros da Cidade do Rio de Janeiro: Ramos, Cascadura, Jardim Botânico, Castelo, Centro, Estácio de Sá, Santa Cruz, Taquara, Campo Grande, Méier, Bangu, Madureira, Olaria, Pavuna; Municípios do Estado do Rio de Janeiro: Niterói, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Belford Roxo, Itaboraí, São João de Meriti, Petropolis, Duque de Caxias; Locais onde foram realizados os eventos e palestras em 2009: Educacionais – INES (Instituto Nacional de Educação dos Surdos); UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro); UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Jurídico – Tribunal de Justiça; Defensoria Pública; Delegacia da Mulher; NUPONDE (Defensoria Pública) Empresas Privadas – Oi; Telefonia; Light S/A; C&A Bancos – CEF (Caixa Econômica Federal); Banco do Brasil Convênios – Dataprev; Rio Luz; Instituto Vital Brasil; SMPD (Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência); Secretaria de Obras do Estado do Rio de Janeiro; Secretaria do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro; Ciad (Centro Integrado de Apoio ao Deficiência); FIOCRUZ (Fundação Oswaldo Cruz); IFF (Instituto Fernandes Figueira); Sociedades Michelin S/A; SETRAB (Secretaria Estadual de Trabalho e Renda); Conselho Cepde (Conselho Estadual de Políticas de Integração da Pessoa com Deficiência); Comdef (Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência)

Cabe ressaltar que entre esses eventos e palestras estão compreendidos assuntos como acessibilidade de pessoas com deficiência, congressos de níveis nacionais, premiações, homenagens, SIPAT’s (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho), etc... O SEINT também foi cotado para realizar serviços de interpretação em vídeo para TVE. Equipe de intérpretes que atuaram em 2009: Evandro Oliveira – Janeiro à Maio; Fátima Furriel – Abril à Dezembro; Jorge Luiz – Janeiro à Dezembro; Alexandre Melo – Janeiro à Dezembro; Aline Fernandes – Dezembro à Janeiro; Beatriz Corrêa –Janeiro à Dezembro; Danielle Nascimento – Janeiro à Fevereiro; Vitor Santana- Janeiro à Julho (lotado nas Sociedades Michelin S/A); Luis Marques – Janeiro à Dezembro; Isaac Gomes – Janeiro à Dezembro; Luana – Junho à Dezembro; Camila Soares – Junho e Julho ( Feneis ) Agosto á Dezembro (lotada nas Sociedades Michelin S/A); Felipe Giraud – Agosto à Dezembro; Alexsander Pimentel – Setembro à Dezembro Intérpretes contratados: Felipe Giraud, Alexsander Pimentel, Fátima Furriel

Estatísticas Em relação ao ano de 2008, quando realizamos 2.481 atendimentos, o ano de 2009 teve um aumento de 37,45%, totalizando 3.967 atendimentos.

Atividade Social – Alcoólicos Anônimos; IASERJ (Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro); ARPEF (Associação de Reabilitação e Pesquisa Fonoaudiológica); INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) Órgãos Públicos Diversos – DETRAN/RJ (Departamento Estadual de Trânsito do Rio de Janeiro); CEDAE (Companhia Estadual de Águas e Esgotos); Suderj (Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro); TV Brasil

CELES Curso de Libras: com o objetivo de difundir o uso da Língua Brasileira de Sinais – Libras à comunidade. O Curso Básico de Libras,


oferecido pelo Feneis, tem em média duração de onze a doze meses, num total de três módulos I, II, III; Cada módulo com a carga horária de 60 horas / aulas. As turmas têm aulas, geralmente uma vez por semana: manhã, tarde, noite. No ano de 2009, foram contemplados em cursos dirigidos pela Feneis RJ, em média 300 pessoas. Esses dados são referentes aos cursos de: Libras para ouvintes, Português, Libras para Surdos e treinamento e conversação. Curso de Libras para Surdos: Ultrapassando a concepção de deficiência como uma limitação do aluno, as novas propostas educacionais presentes em muitas práticas pedagógicas e de gestão permitem constatar os avanços da inclusão para a melhoria do processo educacional e promoção da acessibilidade. Desse modo, a escola se constitui como o espaço preferencial para o desenvolvimento de competências, possibilitando aos alunos emancipação e autonomia. No entanto, para que o aluno surdo seja verdadeiramente incluído em qualquer ambiente é necessário que este tenha acesso à comunicação plena. Assim, a Feneis proporciona cursos de Libras direcionadas aos Surdos que não adquiriram sua língua materna no processo natural. O curso de Libras para Surdos é baseado em uma perspectiva de relações entre desenvolvimento e aprendizagem no que representa a aquisição da linguagem para interação do individuo com o mundo. Curso de Português: com objetivo de apoiar e fortalecer as novas Políticas Públicas de Educação, a proposta do Curso de Português reflete a ampla discussão realizada nos diversos fóruns educacionais sobre o Ensino de Português como língua de instrução para surdos, as conquistas do movimento, bem como os avanços dos marcos legais e da área pedagógica. O curso é livre e proporciona às pessoas surdas acesso ao ensino de qualidade e gratuito, em igualdade de condições para com as demais pessoas na comunidade em que vivem, levando em conta as seguintes considerações: A) Adaptações para as necessidades individuais dos alunos; B) Pessoas surdas recebam o apoio necessário, com vistas a facilitar a educação para inserção no âmbito do sistema educacional geral. Parcerias: Durante o ano de 2009 o CELES firmou parceria com as seguintes instituições:

Centrais Elétricas Brasileiras S.A. ELETROBRAS, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI e Grupo Provider Soluções Tecnológicas LTDA PROVIDER. Bolsas: As solicitações de Bolsas para cursos realizados em nossa entidade devem ser encaminhadas ao setor de RH, com antecedência mínima de 30 dias. O formulário para indicação do bolsista, bem como as instruções de preenchimento, será atribuído aqueles que passarem pela entrevista previa com um dos representantes de RH. Todos os cursos destinados às pessoas surdas foram ministrados com inserção gratuita dos alunos. Cursos e serviços: - Programa de Cursos in Company Feneis: capacitação, atualização e investimento em pessoas são fundamentais para tornar uma empresa competitiva no cenário de grande concorrência que existe atualmente. O mercado reconhece e valoriza organizações que primam pela qualidade e se esforçam para oferecer o que há de melhor em produtos e serviços. Assim, a Feneis desenvolve serviços de consultoria, assessoria e educação corporativa a organizações públicas, privadas e outros. O In Company oferece atendimento personalizado e descentralizado e tem a garantia da qualidade Feneis, o que significa tranqüilidade na coordenação de propostas, com registros, controles e certificação garantida. Primando por ofertar serviços customizados, trabalham com grande flexibilidade para definição de carga horária, conteúdos, datas, horários e locais para realização dos treinamentos. As atividades podem acontecer em qualquer ponto do Estado do Rio de Janeiro, de acordo com a solicitação da empresa. Este Programa foi com objetivo atender às demandas e necessidades de treinamento, atualização e reciclagem de recursos humanos das empresas da região. Atende às diferentes empresas do setor industrial, do comércio e serviços, oferecendo cursos dentro da própria estrutura da empresa que facilitam o acesso dos funcionários a novos conhecimentos e


tecnologias para uso e difusão da Libras. As empresas que participaram destes intentos foram: Centrais Elétricas Brasileiras S.A. ELETROBRAS, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI e Grupo Provider Soluções Tecnológicas LTDA PROVIDER. Curso de preparação para utilização LIBRAS visando à capacitação na comunicação dos colaboradores para a inclusão de profissionais com deficiência auditiva. Por meio de um curso oferecido nas empresas, aberto a todos os colaboradores, no qual serão ministrados conhecimentos e expressões utilizadas no uso eficiente para comunicação. Módulo composto de cento e vinte horas, com o objetivo de iniciar e desenvolver o processo de aprendizagem de sinais, com a possibilidade gradativa de aumento de carga horária conforme a solicitação da empresa.

metropolitana de Belo Horizonte e nas cidades do interior de Minas Gerais, através de parcerias com escolas, faculdades, prefeituras e empresas. Abaixo quadro ilustrativo:

CURSOS: FENEIS

IN COMPANY

TOTAL

Número 08 de Turmas

05

13

Número 144 de Alunos

56

202

Número 04 de Instrutores

02

06

Atividades Internas:

- Palestra de Sensibilização: com a apresentação da Feneis, trabalhando os principais aspectos relacionados aos paradigmas e preconceitos enfrentados na busca da inclusão.

Agenda de reuniões, palestras, entrevistas e eventos;

Visa sensibilizar o público interno (gestores, colaboradores e gerência) para a adoção de um comportamento receptivo, que facilite a integração dos novos funcionários com o mundo dos Surdos.

Confecção da Folha de Pagamento dos Instrutores para o Setor de Contabilidade;

Permite a reavaliação de modelos, garantindo a contratação de profissionais com deficiência, pautados em sua eficiência, produtividade e desenvolvimento pessoal e de carreira. - Intérprete de Libras: Setor de Intérprete e tradutores de Libras/ Língua Portuguesa é articulado conforme a solicitação e a necessidade das empresas e agências de recrutamento e seleção, palestras e outros.

Controle de Ofícios e E-mail recebidos e respondidos;

Envio de comprovante de depósito dos cursos mensalmente para o Setor de Contabilidade; Planejamento dos Calendários dos Cursos por semestre; Planejamento dos Calendários de Oficinas de Libras nos Convênios da FENEIS e empresas privadas; Promoção de Curso Intensivo para o PROLIBRAS;

Designando intérpretes de LIBRAS para auxílio em entrevistas de recrutamento e seleção, bem como na integração inicial do candidato.

Divulgação dos Cursos e oficinas;

De acordo com a demanda das empresas solicitantes.

Cadastro dos Alunos Candidatos ao Curso;

Durante o ano de 2008, foram ministrados cursos de Libras dentro da Feneis, na região

Controle Administrativo do Curso (calendário, freqüência, pagamentos);

Cadastro dos Instrutores;


Contratos dos Alunos para o Curso da FENEIS;

Confecção de documentação necessária para novas parcerias com empresas;

Contrato para Instituições;

Contatar empresas para novos contratos,

Supervisão e manutenção dos espaços físicos dos cursos observando a limpeza das salas de aula, banheiros, material utilizado pelos instrutores nas aulas e iluminação e ventilação das salas;

Analisar a viabilidade de contratos;

Fotocópias de avaliações.

Contratação de Instrutores;

Contato com instrutores para pagamento de ISS; Confecção da Folha de Presença; Confecção dos Certificados e Declarações para os Alunos; Confecção e emissão de Fichas de Avaliação dos alunos do Curso para os instrutores; Confecção e Emissão da Ficha de Cadastro para novos Instrutores; Confecção e Emissão de Boletos Bancários; Controle de Emissão de Nota Fiscal para parceiras; Confecção e emissão de Manual do Instrutor para cada instrutor contratado; Confecção e emissão de Manual do Aluno para cada aluno matriculado; Confecção de apostilas para Oficinas nas empresas conforme contexto de trabalho da referida empresa; Cálculo dos pagamentos dos instrutores dos cursos; Cobrança junto aos instrutores para entrega do Resultado Final dos Alunos, lista de presença e avaliações; Controle financeiro dos pagamentos dos cursos através da distribuição de boletos bancários para os alunos; Cobrança de débito através de carta para alunos inadimplentes; Controle Manual dos Pagamentos dos Alunos da FENEIS; Controle de Compra e Distribuição de Livros, DVD’s, Bolsas e Blusas;

Eventos No decorrer do ano de 2009 o CELES pode estar presente prestigiando os seguintes eventos: Dia do Surdo na Fiocruz e na Dataprev/RJ; Primeiro Encontro da Apil/RJ; Primeiro Encontro Nacional de Surdos Acadêmicos/RJ; Sipat Biomanguinhos (Fiocruz – RJ); Aula Inaugural no SESC; Palestras de sensibilização; Feira muito especial; Dia do Surdo, no Senai.


• Escritório Regional da Feneis do Distrito Federal A administração do Escritório do Distrito Federal desenvolveu ao longo do ano de 2009 diversas atividades como seminários e reuniões.

Eventos - Participação em diversos eventos envolvendo a questão da surdez.

CELES Atividades desenvolvidas no decorrer do ano de 2009 pelo Celes: - inúmeras reuniões na Câmara Legislativa, para contrato de professores da Secretaria de Educação do Distrito Federal; Radiobrás, sobre intérprete e a Feneis-DF; na Secretária de Educação Especial, sobre contrato temporal e concurso; CORDE e FAPED,

para visita à FENEIS e sobre o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência; Empresa Rybená, sobre a Classificação Indicativa em Libras; Empresa Giraffas, visando parcerias; representantes na Legenda Nacional; Secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, falando sobre acessibilidade; e Secretaria de Cultural, para falar sobre filmes com legenda; entre outras; - participação em votações do Ministério Público - Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CODDEDE/GDF; no I Fórum Nacional de Acessibilidade em Aeroportos em Brasília/DF; no evento Dia Nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência; na organização do I Fórum de Debate dos Surdos; no IV Seminário de Comemoração pelo Dia do Surdo, palestrando Messias Ramos Costa, Diretor Regional da FeneisDF; representantes da instituição participaram da I e II Marcha das Pessoas com Deficiência do DF; e do diretor Regional e financeiro Amarildo João Espíndola no II Seminário de Pedagogia Surda; entre outros.

• Escritório Regional da Feneis do Ceará Principais atividades desenvolvidas pelo escritório no decorrer do ano de 2009


Eventos

CELES

- organização e promoção do eventos e palestras, além de envolvimento em processos e mobilizações pela educação do surdo cearense

A Feneis - CE dispõe apenas do primeiro nível (Módulo I, II e III) do Curso de Língua Brasileira de Sinais - Libras. Estes são dispostos em três módulos, que compõem uma carga horária total de 180h/a, distribuídas igualmente em cada módulo, que apresenta 60h/a.

- debates sobre os mecanismos de isenção pela fiscalização da Delegacia Regional do Trabalho - DRT, cadastramento das entidades qualificadas em formações técnicoprofissionais e o cumprimento das cotas de inserção de pessoas com deficiência e aprendizes pelas empresas cearenses;

Reuniões - com famílias de surdos a cerca dos benefícios, problemas envolvendo a questão da interação no trabalho, em salas de aula, e na sociedade de um modo geral. - Com Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos – Apada; e outras. - com o Secretário de Educação na Secretaria de Ação Social para a discussão de políticas públicas; - com empresas e entidades governamentais para a apresentação e discussão do projeto do Curso de Libras para funcionários; - com empresas e entidades não governamentais (associações) interessadas em promover e ser parceria, no Curso de Libras para o público em geral; - semanais entre a diretoria; - com o quadro de instrutores para esclarecimentos e políticas da Feneis; - com as empresas parceiras para esclarecimentos sobre as políticas da Federação; - mensais com a Associação dos Surdos do Ceará – ASCE e

As aulas são ministradas, preferencialmente aos sábados conforme a demanda, e acontecem nas instalações do instituto Cearense de Educação dos Surdos – ICES, no horário das 14h às 17h, podendo se alterado conforme negociação com a turma. Durante o ano de 2009 as aulas foram no prédio da Associação dos Surdos do Ceará ASCE. O Setor de Cursos é responsável pela indicação dos instrutores qualificados e disponíveis a cada turma, organização do material a ser distribuído, montagem do calendário de aulas de cada módulo, esclarecimentos sobre o manual do aluno e dúvidas que apareçam no decorrer do curso; contato e avaliação dos instrutores e dos cursos; auxílio no planejamento e preenchimento da planilha de resultados de notas dos instrutores. - Cursos no interior do Estado: Quixadá Está sendo mantida a turma de Módulo I nº 52, criada em uma Escola Especial do município de Quixadá, e, composta, em sua maioria, por profissionais que trabalham com surdos. - Parcerias: Curso Ótimo de Línguas mantém uma parceria com a Feneis para promover cursos de Libras com a coordenação pedagógica. Para isso foi organizado um contrato baseado nos modelos dispostos pela matriz, onde a empresa se obriga a repassar de 15% a 20% do valor arrecado por aluno (dependendo da quantidade de turmas formadas) à entidade. A divulgação desta parceria acontece pela cidade; APAE de Limoeiro do Norte - Desde o ano anterior é mantida uma parceria com a associação de Excepcionais de Limoeiro do Norte - APAE, a fim de promover uma oficina de Libras para profissionais que trabalham em uma escola especial da cidade.


Intérpretes

Pesquisa

- Realização de reuniões com os intérpretes para discutir e solucionar dificuldades em geral, bem como debater o aprimoramento do trabalho de interpretação e informar as modificações ocorridas na Feneis;

O Setor de Pesquisa é responsável pela organização de todo o material que é disponibilizado no Curso de Libras, como: apostilas de apoio (sinais regionais), apostilas para oficinas de sensibilização, provas, exercícios etc.

- realização de reuniões com a Associação de Profissionais Intérpretes e Tradutores de Língua de Sinais do Ceará - APILCE; - interpretações voluntárias em vários espaços, tais como: reuniões do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência, explicação pelo CELES aos novos alunos ouvintes do curso de Libras, audiências criminais, cursos e provas de legislação do DETRAN, seminários, casamentos, eventos culturais entre outros; - interpretação em audiências de instrução criminal para acusado surdo; - reuniões da ASCE, APADA e Feneis que ocorrem mensalmente; - reuniões com órgãos públicos.

Instrutores Este ano foram realizadas diversas reuniões de instrutores, que têm por objetivo trocar experiências e divulgar informações sobre surdos envolvendo temas como: a ética, desenvolvimento do trabalho como instrutor; organização de eventos, esclarecimentos sobre documentações etc. - reuniões frequentes entre instrutores para discutir a metodologia de ensino da Libras; - treinamento individual de instrutores em áreas específicas de interesse de cada um por meio de palestras, seminários, cursos etc.

Este setor pesquisa sinais regionais e divulga os resultados entre os instrutores que são multiplicadores naturais destes novos conhecimentos. Além disso, os membros deste setor tiram as dúvidas dos instrutores acerca do uso de determinados sinais, utilização das apostilas e do material Kit Libras em Contexto e auxílio no planejamento de dinâmicas a serem usados nas aulas.

Secretaria É responsável pelo atendimento de todas as pessoas que procuram a instituição pela mais diversas razões: informações sobre a surdez, a cultura surda, cursos de Libras, contratação de intérpretes etc. Além disso, são atribuições da secretaria: - envio, recebimento, elaboração e encaminhamento de correspondências e ofícios via fax, e-mail ou correio; - manutenção de arquivos, quadros e planilhas de organização interna; - matrículas, controle e recebimento de receitas provenientes dos cursos de Libras e da venda de material; - auxílio no pagamento da remuneração dos intérpretes e instrutores em eventos, das despesas, composição do balanço e em serviços bancários; - promoção de cursos de Libras, incentivando a divulgação quando possível em locais públicos ou em eventos onde a Feneis é convidada a participar , estando presente o secretário.


• Endereços e Contatos FENEIS – Rio de Janeiro Rua Santa Sofia, 139 – Tijuca – Rio de Janeiro – 20540-090 Tel: (21) 2567-4800 / 2567-4880 Fax: (21) 2284-7462 Tdd: (21) 2568-7176 diretoriarj@feneis.org.br

FENEIS – Minas Gerais Rua Albita, 144 – Cruzeiro – Belo Horizonte 30310 -160 Telefax: (31) 3225-0088 feneis@feneis.com.br celesfeneis@terra.com.br

FENEIS – Rio Grande do Sul Avenida Getúlio Vargas, nº 1181 – Niterói – Canoas – 92110-330 Estação do Trensurb: Niterói Tels: (51) 3321-4244/ (51) 3328-6765 Fax: (51) 3321-4334 feneisrs@terra.com.br

FENEIS – São Paulo Rua das Azaléas, 138 – Mirandópolis – São Paulo – 04049-010 Tels: (11) 2574-9148/ (11) 2574-9149/ (11) 2574-9151/ (11) 2574-9152 Fax: (11) 5549-3798 feneis.sp@feneis.org.br

FENEIS – Pernambuco Rua José de Alencar nº44 – Ed. Ambassador, sala 04 – Boa Vista – Recife 50070-030 Telefax: (81) 3222-4958 feneispesurdos@hotmail.com

FENEIS – Distrito Federal SCS Quadra 01, Edifício Márcia, Bloco L, sala 701 – Brasília – 70300-500 Telefax: (61) 3224-1677 feneis-df@ig.com.br

FENEIS – Amazonas Av. Jornalista Humberto Calderaro Filho, 903 – B – Adrianópolis – Manaus 69057-021 Telefax: (92) 3642-4148

FENEIS – Ceará Av. Bezerra de Menezes, 549 – São Geraldo Fortaleza – 60325-000 Telefax: (85) 3283-9126 feneisce@veloxmail.com.br

FENEIS – Paraná Rua Alferes Poli, 1910 – Rebouças – Curitiba 80220-050 Telefax: (41) 3334-6577 feneis.pr@bol.com.br FENEIS – Santa Catarina Rua José Boiteux, 53, Centro - Florianópolis Telefax: (48) 3225-9246 feneissc@yahoo.com.br


• Agradecimento A Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos, Feneis, agradece aos profissionais, colaboradores e amigos que a ajudaram a realizar programas e projetos em prol dos surdos no ano de 2009. Tivemos desafios e muitas conquistas, que com certeza gradativamente vão fazendo diferença na vida da comunidade surda do Brasil, complementando os trabalhos que foram realizados até hoje. Confiamos que da mesma forma que temos sido perseverantes em nossos projetos ao longo desses anos, colheremos os frutos desse trabalho. As atividades de 2009 findaram, mas temos o ano de 2010 inteiro pela frente para novos desafios. Para isso, gostaríamos de contar com a participação de todos que até aqui se aliaram à Feneis e aos seus propósitos de qualidade de vida e bemestar para o surdo em todo o país.

O concerto da sinfonia universal Liga nações e estende laços...

Brasil da “Sociedade Inclusiva” Com a FENEIS cedendo espaço Faz da Língua Brasileira de Sinais Sua regência num só compasso...

Num ritmo de freqüência medida Que consagra o dever e integração A igualdade, justiça e respeito São os direitos do cidadão.

Federação que associa e irmana Comunicando-se ela se fez Na educação da Comunidade Surda Na integração do mundo à FENEIS!

Esta Federação Nacional De instrumento de medida Os sinais são intensificados À entrada e à saída...

• Poema em homenagem aos surdos do Brasil Se para a arte e a cultura As fronteiras não existem Na linguagem e expressão São barreiras que resistem...

Os Surdos Brasileiros retumbam Em marcha... um... dois... três...

(Autor Desconhecido)

O propósito das Línguas Enriquece a comunicação No uso dos Sinais Progresso da civilização.

O sentimento democrático Respeita os fins do Estado Promove relações humanas Em resultado desejado.

Se é no ar que transmite o som Se é Deus que enche os espaços

www.feneis.org.br

Feneis Relatório 2009  
Advertisement