Page 1


EDITORIAL

Ilídio Gonçalves dos Santos Presidente

O MOMENTO DO

BOM EMPRESÁRIO

A

ssinatura de convênio da FENAUTO com o DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito) viabiliza muitas parcerias levando a nossa Federação para novos tempos a partir de 2014, com um potencial muito maior de divulgação de dados e informações estratégicas para os lojistas em parceria com grandes empresas. A FENAUTO alcançará, portanto, novos patamares, tornando viável oferecer maior suporte para as Associações. Além disso, também estão sendo planejados muito mais Encontros por todo o Brasil. O nome da FENAUTO também será consolidado na imprensa, fortalecendo sua imagem diante de autoridades, da sociedade e dos associados. Isso se deve a possibilidade de atender a demanda dos jornalistas por dados oficiais e atualizados do mercado de veículos usados e seminovos. Esta segunda edição de nossa Revista faz parte desses gigantescos esforços para munir o Associado da FENAUTO com a melhor qualidade e informação, que inclui o relato de suas atividades de maior destaque e abre espaço para as Associações também utilizarem esta poderosa ferramenta de comunicação. Enviem-nos regularmente informações sobre suas atividades. Quero agradecer a todos os nossos colaboradores que formam uma equipe de trabalho incansável que, ano a ano, leva a FENAUTO a patamares cada vez mais altos e mais próximos dos anseios dos Associados. Estamos confiantes que com estes novos tempos, com mais informação estratégica e serviços para os negócios, as perspectivas de nossa atuação sejam de otimismo. Integrado a todas essas iniciativas, é com satisfação que anunciamos a realização do 2º Congresso da FENAUTO, que estreita o relacionamento com nossos parceiros em prol das associações e dos associados, divulga a melhor informação pertinente aos nossos negócios e torna realidade cada vez mais significativa a união e organização do mercado de seminovos e usados. Agradecemos a todos que colaboraram para a sua realização. Sejam todos bem-vindos. Acrescento que estamos concluindo esta edição em meados de agosto e novas informações sobre a cobertura do 2º Congresso da FENAUTO que chegarem posteriormente terão destaque em nossa próxima edição. Boa leitura e contem conosco. Ilídio Gonçalves dos Santos Presidente FENAUTO – Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores.

FENAUTO – Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores Rua Deputado João Sussumo Hirata, 940, Cj. 21 The Hill Office - Vila Andrade - São Paulo, SP CEP: 05715-010 – www.fenauto.org.br fenauto@terra.com.br – Tel.: 11 - 4119.8586 Conselho Deliberativo do quadriênio 2009/2013: ILÍDIO GONÇALVES DOS SANTOS, Presidente; FERNANDO VILLELA TOLEDO, 1º Vice-Presidente (AGENCIAUTO/DF); JOSÉ EVERTON FERNANDES, 2º Vice-Presidente (SINDIVEL/CE); ANTONIO CARLOS V. DA SILVA FILHO, VicePresidente Financeiro (ARIVES/ES); ISIO KELNER, Vice-Presidente Financeiro Adjunto (AAVURJ/RJ); MARCELO SOARES GUIMARÃES, Vice-Presidente Administrativo Adjunto; ISNEL LEITE DE ALMEIDA, Vice-Presidente Secretário (AGENCIAUTO/ MT); PEDRO CESAR BEZERRA NETO, Vice-Presidente de Marketing (SINVEP/PB); CLAUDIONOR MOREIRA DA COSTA, Vice-Presidente de Marketing Adjunto (ASSOVEPA/PA); WINICIOS CARLOS DE AGUIAR, Vice-Presidente Assuntos Jurídicos (AGENCIAUTO/GO); VANDERLEY PRIETO; Vice-Presidente Assuntos Jurídicos Adjunto (AGENCIAUTO/AL); PAULO C. MASCARENHAS DE OLIVEIRA, Vice-Presidente de Relações Públicas Adjunto (ASSOVEBA/BA); PAULO ROBERTO DE SOUZA, Vice-Presidente Assuntos Econômicos e Mercadológicos Adjunto (ARIVES/ES); EDSON RODRIGUES SANTOS, Vice-Presidente de Assuntos Econômicos e Mercadológicos Adjunto (QUALIAUTO/RS); ANTONIO DOS SANTOS GOMES, Vice-Presidente de Assuntos do Quadro Associativo (ASSOVEPA/PA); JOSÉ AUGUSTO DOS SANTOS, Vice-Presidente de Assuntos do Quadro Associativo Adjunto (AVESE/SE); SERGIO BATISTA COELHO, Vice-Presidente de Relações Internas (ASSOVEMG/ MG); JOSÉ AUGUSTO TÁVORA DA SILVA, VicePresidente Relações Internas Adjunto (SINDIVEL/ CE). Fenauto: Fáres Darwiche, Superintendente. Sem título-1.indd 1

25-Sep-12 5:46:19 PM

Revista Revenda FENAUTO: publicação da FENAUTO destinada aos Revendedores de Veículos Automotores. Impresso MegaDealer – www.megadealer.com.br - CEO, J.R. Caporal; Editor, Marcelo Nicolósi – jornalistanet@terra.com.br – MTb: 20.959. Serviços Gráficos, C&D Gráfica e Editora – grupoimpressor@terra.com.br – Produção Gráfica: Reginaldo Coelho. O conteúdo de artigos assinados e anúncios é de responsabilidade exclusivaRevenda de seus autores. Fotos: •Divulgação FENAUTO 3


ÍNDICE

2º Congresso FENAUTO e ExpoFENAUTO 2013 06 Associações Este espaço é de todos Divulgue notícias sobre as atividades de sua entidade.

30

08 GPS Notícias em geral O que acontece no mundo da FENAUTO.

www.fenauto.org.br 4 • Revenda FENAUTO Douglas Alexandre

20


0

10 Inovação e Tecnologia Como a internet revolucionou o mercado de carros Artigo de Caio Ribeiro, Gerente Sênior de Classificados e Novos Negócios do MercadoLivre.

12 Banco Pan Está pronto para atender as necessidades dos lojistas Destaca Wilson José Assis Diniz, superintendente de Veículos responsável pelas operações em todo o país.

14 Serasa Experian Portfólio completo para atender ao segmento de veículos usados Ressalta Ricardo Loureiro, Presidente da Serasa Experian e chairman da Experian América Latina.

16 Santander Financiamentos O segmento é estratégico e continuaremos investindo para ampliar a plataforma de produtos e soluções Relata André Novaes, superintendente executivo do Santander Financiamentos.

18 Certificação de Correspondentes A hora chegou Artigo de Francisco Mello, sócio e diretor executivo da Certi Training Treinamento Profissional.

20 2º Congresso FENAUTO e ExpoFENAUTO 2013 Chegou o Momento do Bom Empresário Dias de informações e negócios voltados para os mercados de veículos seminovos e usados.

30 Revenda em Destaque A loja física e a virtual Douglas Alexandre fala sobre a eficácia da internet.

33 Tendência de mercado O carro certo no momento certo O diálogo com Edson Luiz Cruz Zanetti, do Departamento Econômico da FENABRAVE, Elis Maurício Siqueira, Coordenador do Projeto de Informações da FENAUTO e Paulo Engler, da Superintendência da Fenabrave sobre a nova realidade dos negócios do setor.

36 Mercado Os números apurados por FENAUTO/DENATRAN Informações estratégicas para os negócios.

33

37 Consórcio

Zanetti

Siqueira

Paulo

O estreitamento das relações da ABAC com a FENAUTO Entrevista com Paulo Roberto Rossi, Presidente Executivo da Associação

Revenda FENAUTO • 5


AUTO, este espaço é Gestores das associações filiadas à FEN .br notícias e fotos em .com seu. Envie para jornalistanet@terra vância de sua entidade. rele de alta resolução sobre as atividades

ASSOCIAÇÕES

n Arives - Associação de Revendedores de Veículos - VITÓRIA - ES tratégica adotada pela Arives, como forma de aproveitar o potencial do e-commerce para buscar vantagens para os negócios dos comerciantes capixabas, como destacou o vicepresidente da associação, Marcio Meneghim. O comércio eletrônico no Brasil deve movimentar cerca de R$ 43,3 bilhões em 2013, registrando um crescimento de 26% em relação ao ano anterior, de acordo com a E-Consulting, boutique de estratégia e projetos líder em criação, desenvolvimento e implementação de serviços profissionais na web.

Feirão realizado em Colatina.

Para fortalecer comércio no Espírito Santo A integração entre os associados, visando ao fortalecimento da categoria, e a elaboração de um planejamento estratégico para os próximos 10 anos são algumas das metas da nova diretoria da Associação dos Revendedores Independentes de Veículos do Espírito Santo (Arives). Entre outros objetivos está a promoção de cursos e treinamentos, por meio de parcerias com o Sebrae e o Senac. A diretoria da Arives foi escolhida por empresários do segmento de veículos seminovos no final do mês de abril para atuar no biênio 2013-2015. “Pretendemos criar núcleos regionais para discutir necessidades locais e estabelecer

Paulo César Martinelli Sepulcri, novo presidente da Arives.

6 • Revenda FENAUTO

novos acordos com instituições financeiras. Queremos expandir a atuação da Arives no Sul do Estado e fortalecer ainda mais a região Norte”, declarou Paulo César Martinelli Sepulcri, novo presidente da Arives. Uma ação nesse sentido já foi realizada no mês de agosto, com a realização de um feirão de veículos seminovos, em Colatina. O evento, que resultou em uma movimentação em torno de R$ 2 milhões em negócios, teve o apoio da Arives. Outros feirões na Grande Vitória devem ser promovidos pela instituição até o final deste ano.

Parcerias para estimular as vendas A fim de dar mais oportunidades aos comerciantes de potencializarem seus negócios, a Arives fechou parceria comercial com A Tribuna, jornal líder no Estado e 19º maior do País, segundo dados de 2012 do Instituto Verificador de Circulação (IVC). Os associados à associação capixaba agora dispõem de condições diferenciadas para anunciar seus veículos no Classifácil de A Tribuna. Outro acordo importante foi firmado com o site Mercado Livre, plataforma líder em comércio eletrônico na América Latina. A parceria prevê a concessão de descontos às lojas credenciadas que quiserem anunciar seus veículos no meio virtual. Essa foi uma ação es-

Estado tem mil veículos seminovos vendidos por dia O Espírito Santo alcançou, neste ano, uma média de mil veículos seminovos comercializados por dia, entre automóveis, comerciais leves e pesados, motos e outros. O levantamento, com base nos dados da Fenauto/Denatran, considera os negócios realizados nos dias úteis. No acumulado do ano, houve crescimento de 6,3% no comércio de seminovos de janeiro a julho, totalizando 158.879 veículos vendidos, enquanto que, no mesmo período de 2012, foram realizadas 149.460 transferências no Estado. Julho se consolidou como o melhor mês do ano até agora em vendas de seminovos no Espírito Santo. Foram comercializadas 24.548 unidades, um aumento de 8,8% com relação a junho, quando o número de transferências alcançou 22.564. Na visão do presidente da Associação dos Revendedores Independentes de Veículos do Espírito Santo (Arives), Paulo César Martinelli Sepulcri, o mercado de seminovos, embalado pelos preços atrativos dos veículos, começa a retomar o fôlego após um período de retração, provocado pela redução do IPI para carros zero km e restrições na concessão de crédito pelas instituições financeiras.


A diferença das lojas associadas assovepa Por um cálculo aproximado, existem hoje no Estado do Pará algo em torno de 500 lojas que exercitam a arte de vender veículos. Contudo, um percentual de 40% mantém o comércio de forma totalmente irregular, sem condições de cumprir com as suas obrigações previstas no ordenamento jurídico pátrio. De igual forma, têm-se um percentual considerável de lojas que possuem formação contratual, inscrição estadual e federal (CNPJ), porém, não são associadas Assovepa e, com isso, não seguem o TAC – Termo de Ajustamento de Conduta – assinado por parceria entre Assovepa, PROCON, e com anuência do Ministério Público Estadual, e isso faz uma grande diferença, pois àquelas empresas não credenciadas na Assovepa não possuem compromisso jurídico, e podem alegar desconhecimento da lei obrigacional, a qual segue regras motivadas pelo CDC – Código de Defesa do Consumidor. Segundo divulga a ASSOVEPA, o que parece ser sobra, em verdade é o melhor: são as lojas associadas ASSOVEPA, que são empresas devidamente inscritas nos órgãos municipais, estaduais, e federais, pagam seus impostos, tributos, geram dividendos ao poder público, geram emprego, recolhimentos fiscais e previdenciários, e ainda, possuem suporte técnico e relacionado ao CDC e TAC. Para saber quais as lojas associadas Assovepa não basta ter a placa ou pintura que estão nas entradas das lojas, têm-se ainda o Manual do Proprietário que é dado ao cliente-comprador no momento da transação, e uma visita ao site www. assovepa.com.br onde consta a relação atualizada das lojas, ou seja, as legitimas associadas que oferecem garantia de uma entidade séria, com quase vinte anos de atividade com um único objetivo, servir. No site é possível encontrar as associadas Assovepa, com credibilidade e

Manual de Garantia: Exclusividade Assovepa

respeito, gravem esses nomes, pois delas podem cobrar não somente a garantia de três meses ou três mil km;, o cliente pode cobrar o Manual do Proprietário, bem como, a garantia de comprar um carro revisado, sem “máscaras”, sem falsificação ou adulteração de quilometragem, lojas que seguem o que determina o PROCON por meio do TAC. Vale lembrar que assinar o Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, é assumir o compromisso diante do Poder Judicial de fazer valer sempre o prazer e satisfação do cliente, isso não implica em ser benevolente, em esconder que um veículo usado possui defeitos e deteriorações pelo uso e tempo, ser UMA LOJA ASSOVEPA é agir com trans-

parência, ética, responsabilidade, disciplina, e respeito ao cliente, sempre. Hoje existem facilidades, preços abaixo do mercado, veículos oferecidos com diferentes preços, porém o preço baixo nem sempre é o melhor negócio. Desconfie. A Assovepa é pioneira na Região Norte em oferecer à população a Tabela de Preço de Veículos Seminovos e Usados, sendo um referencial até mesmo a nível nacional. A Assovepa é parceira do DETRAN, todas as lojas Assovepa possuem orientação de antes da compra do veículo que será oferecido à população deve fazer consultas jurídicas e administrativas nos sites: TJE/PA (www. tje.pa.gov.br); TRT 8ª Região (www. trt8.gov.br); Justiça Federal (www.trf1. gov.br); DETRAN (www.detran.pa.gov. br); e Receita Federal (www.receitafederal.gov.br). Estas são medidas para que o consumidor não corra o risco de comprar um veículo hoje e amanhã ter o seu patrimônio bloqueado administrativamente, judicialmente, ou penhorado para pagamento de uma dívida de terceiros, vilões, vendedores de má-fé, que tentam escapar maliciosamente de execuções fiscais e judiciais.

n ASSOVEMG - Associação dos Revendedores de Veículos de MG Bancos e Sindicato

Representantes dos bancos.

Representante do sindicato.

Representantes dos bancos, Itaú, BV, Bradesco e Santander foram recebidos na ASSOVEMG pelo Presidente da associação, Marlon Vieira e Presidente do Conselho Deliberativo, Amarildo José da Silva. A pauta da reunião foi uma possível parceria com os bancos na realização do evento que dará

inicio em Minas Gerais, a capacitação dos lojistas para prevenção da Resolução 3954 do Banco Central. O Presidente da ASSOVEMG, Marlon Vieira, reuniu-se com representantes do Sindicato para apresentar os projetos da associação e continuar parcerias.

Revenda FENAUTO • 7

Fotos, para boa qualidade de impressão devem ter no mínimo 300 dpi. Isso deve ser definido no momento de produzi-las. Algumas fotos estão sendo publicadas com menor qualidade pelo interesse do fato.

n ASSOVEPA – Associação dos Revendedores de Veículos do PArá - pa


GPS

Acrefi e Fenauto Augusto de Almeida Leite (Pancho) - diretor Superintendente ACREFI, explica que a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento foi fundada em 1958 com o objetivo de congregar as empresas do setor, defender seus legítimos interesses, fortalecer as relações entre os associados e promover o desenvolvimento de suas atividades. Em todo esse período, a instituição se manteve fiel aos seus objetivos, procurando adaptá-los às constantes mudanças ocorridas no quadro econômico em geral e nas atividades de financiamentos contribuindo, assim, com o crescimento do País. A Acrefi tem trabalhado, continuamente, em propagar a certificação dos agentes, o treinamento e a divulgação dessa ação em parceria com a FENAUTO. Nosso enten-

Fenauto em Brasília

Douglas Alexandre, Nogueira e Ilídio

O Presidente da Fenauto, Sr. Ilidio G. dos Santos, foi recebido pelo Senador Ciro Nogueira, para a discussão de assuntos pertinentes da categoria. Na oportunidade, o Presidente da Entidade solicitou apoio do Parlamentar para os projetos de interesse da Federação, que estão tramitando na casa.

8 • Revenda FENAUTO

dimento é que a qualificação dos agentes, no futuro, bem como esse movimento voltado ao beneficio do consumidor, impactará em melhoria saudável do sistema financeiro e da concessão de crédito. Segundo ele, o mercado de veículos automotores usados experimentou uma importante retração em anos recentes. Isso ocorreu desde a ampliação do crédito facilitado para os novos nos anos anteriores; e depois, principalmente em 2012, devido aos incentivos fiscais do governo federal para a venda de carros novos. O preço dos novos foi reduzido pelo incentivo fiscal de menor alíquota do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI), contraindo ainda mais a já cadente demanda pelos usados. Nesse contexto, diversas lojas de usados tiveram de revisar seus negócios e algumas chegaram até mesmo a mudar de atividades

Augusto de Almeida Leite

por insuficiência de demanda. Atualmente os sinais começam a indicar ser bem mais favoráveis ao mercado de usados. Primeiramente, porque os financiamentos fáceis e sem entrada para compra dos novos foram abolidos em função da alta inadimplência; e ainda mais dificultados pela exigência de significativo montante de pagamento de entrada no financiamento. Segundo, porque com a ampliação da margem de preço entre o carro novo e usado, este último passou a ser mais atrativo ou mais acessível finan-

VI Encontro Regional A FENAUTO promoveu, no último dia18 de abril, no Rio de Janeiro, mais um Encontro Regional. Em parceria com a AAVURJ - Associação das Agências de Veículos Usados do Rio de Janeiro,

Flagra do encontro

a entidade realizou uma série de palestras com assuntos de interesse da categoria, permitindo a aproximação dos profissionais daquela região e a troca de experiências entre os lojistas.

ceiramente. Por fim, com a alta da inflação e perda de poder aquisitivo da população, os novos ficaram menos acessíveis para o consumidor em geral, que voltou a direcionar-se para a maior acessibilidade do usado, seja em termos de preço significativamente menor com baixa perda de qualidade e ainda pela maior oferta em preços acessíveis. Atualmente, esses fatores combinados já tem sancionado uma maior procura pelos usados que tem no preço seu maior atrativo e possibilidade de acesso imediato; enquanto que os novos já exigem uma poupança prévia para sua compra. A Acrefi, em parceria com a Fenauto, desenvolve ações voltadas para qualificação e treinamento dos agentes. Além disso, divulga em conjunto, os benefícios dessa ação com canais de interlocução da entidade.

Acordo sobre Certificação Ilídio G. dos Santos, Presidente da FENAUTO, ressalta que foi realizado com a ACREFI, CERTI TRAINING, e com os BANCOS que operaram neste mercado acordo em que arcarão com parte substancial dos custos de treinamento/capacitação e de certificação de profissionais. Mais informações e orientações no site da FENAUTO.


Encontro Regional em Belo Horizonte No dia 9 de janeiro a FENAUTO marcou presença no Encontro Regional de Lojistas, realizado em Belo Horizonte (MG). Os representantes das revendas participaram de uma série de palestras e tiveram acesso a novas informações sobre o segmento de veículos seminovos, dados regionalizados do mercado, aspectos vantajosos para o associativismo, necessidade de profissionalização da categoria

e previsões para o desempenho do setor neste ano, além de contarem com a troca de experiências realizada durante o coquetel que finalizou o evento. Na ocasião, o Presidente da FENAUTO, Ilídio Gonçalves dos Santos, ofertou à Diretoria da ASSOVEMG uma placa em reconhecimento ao importante trabalho que a associação vem realizando no sentido de desenvolver ações em parceria com a entidade

para a qualificação constante do segmento. O IV Encontro Regional BH faz parte do planejamento da FENAUTO de se fazer presente por todo o Brasil, em apoio às diversas Associações que compõem a entidade. Além de oferecer a oportunidade de atualizar os lojistas sobre as mais recentes conquistas e ações desenvolvidas pela entidade, os encontros têm como objetivo posicionar a Federação como uma

Ilídio G. dos Santos

organização representativa e forte, porta voz do setor de revendas de automóveis seminovos e usados.

FENAUTO realiza 41ª Convenção A FENAUTO realizou, em Belo Horizonte, no dia 15 de março, a sua 41ª Convenção, reunindo Presidentes das diversas Associações por todo o Brasil, autoridades governamentais e convidados do setor. Durante o encontro, foram discutidos assuntos de relevância para o meio, onde foram apresentados painéis expositivos sobre assuntos como treinamento e certificação, estatísticas de mercado, seguros, organização e participação no II Congresso FENAUTO, aspectos jurídicos da atividade, associativismo e notas fiscais eletrônicas, entre outros. O evento também proporcionou a montagem de grupos de trabalho

entre os participantes para a discussão de aspectos que visam o aprimoramento da atividade e sua projeção no mercado nacional. Entre os diversos convidados e autoridades governamentais, o evento reuniu nomes como Oliveira Santiago, Diretor Presidente do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN); Antonio Augusto Almeida (Pancho), Diretor Superintendente da Associação Nacional das Empresas de Crédito, Financiamento e Investimento (ACREFI); Pier Paolo Bottini, Ex-secretário da Reforma do Judiciário – DF; Nicola Tingas, Economista Chefe da ACREFI; Maurício Veras, Gerente da CETIP; Bartholomeu Ribeiro, Vice-presidente da Acrefi e

Diretor da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN); Julio Carlos de Azevedo Blandy, Diretor do Bradesco; e Fabio Alvim, da Migrate. Na abertura da 41ª Convenção, o Presidente da FENAUTO, Sr. Ilídio dos Santos, e o Presidente da Associação dos Revendedores de Veículos no Estado de Minas Gerais (ASSOVEMG), Sr. Marlon Vieira, apontaram o evento como um dos mais importantes para o segmento de revendas de veículos seminovos, ressaltando a participação maciça de representantes de todo o Brasil para o fortalecimento da entidade e a sua consequente projeção em nível nacional.

Errata Por erro da edição, a frase de destaque da página 12 da Edição 1 desta publicação, acima da foto do Sr. Paulo Roberto Rossi, Presidente da ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios) foi publicada inadequadamente. O correto seria “o consumidor passou a incluir o questionamento sobre a necessidade imediata ou ter o bem desejado”.

FENAUTO realiza 42ª Convenção Nacional em Curitiba A FENAUTO promoveu nos dias 30 e 31 de maio e 1º de junho, em Curitiba (PR), a 42ª edição de sua Convenção Nacional, reunindo representantes das Associações de todo o território nacional. O encontro tem como objetivo discutir diversos temas de interesse da categoria, a partir da apresentação de palestras e workshops com profissionais e autoridades da área.

Revenda FENAUTO • 9


INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Como a internet revolucionou o processo de pesquisar, comparar preços,

comprar e vender carros Até pouco tempo atrás, para comprar e vender um carro era necessário muito tempo e dedicação. Hoje, a internet simplifica e torna mais ágil essa atividade para ambos os lados: proprietários e interessados. caio ribeiro

P

ara conhecer mais sobre os hábitos dos compradores que usam a rede mundial de computadores no processo de decisão e compra de um veículo, nós do MercadoLivre Classificados realizamos uma pesquisa. O resultado foi um estudo que traça um raio X sobre as preferências e comportamentos das pessoas, com base nas suas decisões de compra e venda de carros através das plataformas on-line de classificados no Brasil. Um dos dados que se destaca no estudo sugere que antes de tomar uma decisão a quase totalidade dos brasileiros usam a internet para a comparação de preços de veículos. Em primeiro lugar, a internet é usada para comparar preços (96%), em seguida, pesquisar mais sobre marcas e modelos de veículos (95,5%) e, finalmente, para escolher uma concessionária ou loja (85,5%). A pesquisa apontou ainda o ranking das marcas mais desejadas. Os veículos da Chevrolet são os mais cobiçados, com 12% da preferência dos internautas brasileiros. Na segunda posição aparecem os carros da Hyundai, com 10,5%, seguidos pela Volkswagen, com 10%.

10 • Revenda FENAUTO

Já no momento de comprar o carro dos sonhos, em ordem de importância: 43% consideram a tradição e história da marca na hora de escolher um novo carro e por conhecerem o veículo. Além disso, 41% escolhem marcas que detém os melhores designs e outros 28% preferem escolher o carro por ter um melhor motor. O levantamento aponta ainda que 75% dos respondentes pretendem trocar de carro no período de até um ano. E para esses interessados em trocar de carro, 37% utilizarão o veículo anterior como parte do pagamento, completando a diferença. E só 8% pretende pagar o carro inteiro financiado. Outro dado constatado foi que 69% dos donos de automóveis o utilizam para trabalhar. O mundo online também serve como um termômetro importante para o consumidor na hora de adquirir um carro novo e depois revender. Marcas como Chevrolet, Volkswagen e Fiat são as mais anunciadas na plataforma. Já com relação aos carros mais anunciados o Gol ficou na primeira posição seguido pelo Palio e pelo Uno.

Ao mesmo tempo, é importante que quem deseje vender um veículo fique atento aos movimento de busca, que nem sempre são os mesmos que os mais anunciados conforme mostra a tabela abaixo:

Veículos mais buscados no Mercado Livre Posição

Modelo

Marca

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Gol Golf Saveiro Civic Corsa Vectra Palio Celta S10 Uno

Volkswagen Volkswagen Volkswagen Honda Chevrolet Chevrolet Fiat Chevrolet Chevrolet Fiat

(Fonte: MercadoLivre Classificados pesquisas realizadas por usuários na plataforma entre janeiro e agosto de 2013)

Os dados aqui apresentados refletem uma fotografia desta nova realidade. A Internet revolucionou o negócio de classificados em si, pois possibilitou aos compradores utilizar recursos, até então inéditos, como imagens e pesquisar o mercado; e aos vendedores de ganhar mais agilidade nas negociações ultrapassando as barreiras das famosas abreviações que eram praxe no passado não tão distante. Estamos diante de uma mudança significativa e cada dia mais presente, a Internet mudou o comportamento das pessoas e as trouxe mais informações para o momento da decisão de negociar uma das paixões nacionais - os carros. Caio Ribeiro Gerente Sênior de Classificados e Novos Negócios do MercadoLivre


Revenda FENAUTO • 11


BANCOS Banco Pan

Pronto para atender as necessidades dos

lojistas Wilson José Assis Diniz é paraibano formado em Administração de Empresas. superintendente de Veículos.

12 • Revenda FENAUTO

I

niciou sua carreira em 1986 na Aymoré financiamentos onde foi superintendente de Veículos e por três anos na BV Financeira também como superintendente de Veículos. Está no Banco PAN desde janeiro de 2012, exercendo o cargo de superintendente de Veículos responsável pelas operações em todo o país. Diniz afirma que o PAN está pronto para atender as necessidades dos lojistas tanto no que se refere ao atendimento do consumidor final quanto na busca de soluções para a viabilização do negócio dele: “hoje nós estamos presentes em todos os estados da federação e contamos com uma força de 1.200 operadores de crédito treinados e preparados para dispensar um atendimento ímpar a todos os nossos parceiros. Nós temos uma equipe dedicada e determinada a fazer do PAN a melhor financeira do país levando até os nossos parceiros so-

luções de negócios que possibilitem um aumento nas vendas e nos resultados”. Diniz explica que entendem que o mercado de usados é essencial para a economia e para a sociedade; “nós incentivamos e apoiamos toda e qualquer ação que tenha por objetivo a continuidade e o fortalecimento desse segmento. O crescimento do segmento de veículos usados é fundamental para o sucesso do nosso negócio, um não existe sem o outro”.

Mercado - O mercado como um

todo vem passando por uma transformação e isso trás, para alguns, uma série de dificuldades e de incertezas, afirma Diniz, “porém, para muitos, essas dificuldades estão sendo encaradas como uma oportunidade de fazer o mesmo de uma forma diferente e com isso ganhar mercado e aumentar os lucros de forma exponencial”. Ele destaca que “inovar é a palavra chave para atravessarmos esse momento e conseguirmos tirar vantagens de um mercado cada dia mais profissionalizado e que exige de nós ainda mais respeito pelo consumidor final e transparência em todas as transações realizadas”. Wilson Diniz ressalta ainda: “o PAN é a melhor opção de parceria porque é voltado para o atendimento dos mercados de forma segmentada e por não medir esforços para garantir as melhores Soluções Para a Sua Vida”. 


kwarup.com

Quem vende multimarcas só precisa de uma para vender mais: PAN Veículos.

O PAN Veículos tem uma equipe dedicada ao atendimento das lojas de multimarcas. Acesse o nosso site, localize a unidade PAN Soluções Para Sua Vida mais próxima e entre em contato para iniciarmos uma parceria. Nossas linhas de financiamento trazem mais facilidades para o cliente e mais oportunidades de negócio para o revendedor. bancopan.com.br

Revenda FENAUTO • 13


SERASA EXPERIAN BANCOS

A Serasa Experian tem portfólio completo para atender AO

segmento de veículos usados

R

icardo Loureiro, Presidente da Serasa Experian e chairman da Experian América Latina, relata que hoje a empresa tem um portfólio bastante completo para atender ao segmento de veículos usados: “nossas soluções para este segmento são focadas na venda de veículos e também para o setor de serviços que é uma importante fonte de receita adicional a este setor de varejo”. Conheça as soluções da Serasa Experian para todo o ciclo de negócios, tanto para pessoa física como jurídica apresentadas por Loureiro: n Prospecção: Mailing inteligente com classificação por tipo de automóvel x consumidor (Luxo, Mediano e Popular) com Geolocalização para definição de parceiros estratégicos da loja (mecânicas e pequenas revendas de peças e acessórios) n Concessão: Solução de análise de crédito automatizada, de acordo com ticket médio da operação – Peças, Acessórios e Veículos, utilizando Plataforma de Decisão, Relatórios e Modelos de Score para mitigação do risco de inadimplências e garantir a aplicação de políticas e controle nas operações. n Cobrança: temos a disposição deste segmento um grande arsenal de ferramentas de cobrança, foco em Localização com utilização do Infobusca e Localizador e também dos produtos da Família Convem: Pefin + Segmentação (collection) + SMS + Limpa Nome/Recuperativo. Fraude - As soluções de prevenção a fraude estão presentes em todas

14 • Revenda FENAUTO

as soluções apresentadas anteriormente, com aplicação filtros de óbito e modelagem estatística usadas em todas as etapas descritas anteriormente Mercado - Neste ano o mercado brasileiro de automóveis atingiu a posição de quarto maior do mundo, informa Loureiro, que comenta: “neste contexto o pais tem recebido investimentos frequentes por parte de montadoras estrangeiras para fixação de suas operações no país. Para a Serasa Experian, este mercado é bastante promissor justamente pelo crescimento obtido nos últimos anos, trata-se de um mercado que vem se se profissionalizando cada vez mais de norte a sul no país, amplamente pulverizado e bastante representativo no PIB da economia Brasileira. Em virtude disso, temos uma estrutura de vendas voltada para o atendimento da cadeia automotiva focada na entre-

ga de soluções para os desafios que este mercado tem para manter o patamar de vendas”. 2013 - Loureiro comenta o ano e suas perspectivas: “observamos um desaquecimento no mercado no 1º. Semestre de 2013, mas Julho apontou uma significativa recuperação no setor de usados. Do ponto de vista de crédito, as revendas de carros usados estão buscando novas maneiras de fazer negócios e em alguns casos até mesmo realizando o financiamento dos veículos com recursos próprios, dada a redução das aprovações dos bancos e financeiras do setor que em parte foram os responsáveis pelo desaquecimento dos usados no primeiro semestre. Para os próximos meses o mercado terá um grande desafio, uma tendência de elevação da taxa de juros e maior controle na concessão de crédito por conta da inadimplência”.

Ricardo Loureiro - Presidente da Serasa

Experian e chairman da Experian América Latina

Ricardo é presidente da Serasa Experian desde dezembro de 2009 e chairman da Experian para a América Latina. Desde 1998 na Serasa Experian, desempenhou as funções de Chief Operating Officer e Diretor de Produtos. Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e pós-graduado em Engenharia da Qualidade pela mesma instituição, possui o grau de mestre em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie. Com mais de 25 anos de experiência em áreas de tecnologia, marketing, vendas e crédito e cobrança, atuou em posições executivas na Credicard e CSU-Cardsystem.


Turbine A Serasa Experian tem soluções específicas para concessionárias e revendedores independentes rentabilizarem seus negócios, desde a venda de veículos até a prestação de serviços de manutenção. Freie os prejuízos de inadimplência e fraudes, acelere suas vendas, turbine-Se com a Serasa Experian.

Para saber mais, acesse serasaexperian.com.br ou ligue 0800 773 7728

Conquiste e fidelize Clientes (ComPra e manutenção)

multiPlique as oPortunidades em negóCios Com veíCulos

amPlie seu volume de negóCios Com frotas


SANTANDER FINANCIAMENTOS

santander

50 anos no mercado O segmento é estratégico e continuaremos investindo para ampliar a plataforma de produtos e soluções.

• Pagamento ágil e eficaz; • Excelente pós -venda; • WebMotors – site de anúncio de veículos, líder de mercado.

André Novaes pontua o cenário atual de mercado:

andré novaes

O

Santander Financiamentos tem sua origem na Aymoré Financiamentos e completa 50 anos no mercado, o que traz toda tradição como grande parceiro do mercado de lojas de veículos no Brasil. Reforça também a tradição, confiança, credibilidade e segurança a seus clientes e parceiros. Agilidade na aprovação do crédito, automação de processos, taxas competitivas, abrangência nacional do atendimento comercial e proximidade no relacionamento com os seus clientes. Esses pontos fazem da marca uma das mais lembradas no Brasil, afirma André Novaes, superintendente executivo do Santander Financiamentos, que complementa: “o trabalho que desenvolvemos consiste em financiar bens ou serviços para nossos clientes, com pagamento a prazo e em condições adequadas às suas necessidades. Para nós, o segmento é estratégico e continuaremos investindo para ampliar a plataforma de produtos e soluções, além de manter a agilidade na aprovação do crédito e ter a melhor equipe de campo. Como ambição para 2013 temos a expectativa de au-

16 • Revenda FENAUTO

mentar o número de parceiros e nos firmar como um dos líderes desse mercado”. Parcerias - Atualmente além das lojas e revendas que atendemos, atuam em parceria com marcas do segmento automotivo: Peugeout, Renault, Citroen, Nissan e a mais nova delas, Hyundai.

Serviços e diferenciais da marca: • Sinônimo de parceria e tradição; • Santander: marca reconhecida como a mais sólida do mundo; • A Financeira: a mais tradicional e referência no mercado de usados, com 50 anos de experiência; • Atendimento diferenciado da concorrência: presença do operador, distribuição geográfica de atendimento que privilegia a agilidade de atendimento, de resposta e pagamento de propostas; • 80% de decisão de crédito automático;

n A produção de veículos ante o cenário econômico atual aponta para um crescimento de 4,5% na produção das montadoras. Este esforço é um reflexo de tentar motivar as ventas de novos, contudo, os dias de estoque já mostram um incremento considerável segundo Fenabrave. n O cenário econômico em 2013 com crescimento do PIB na ordem dos +3,5% (2013 x 2012) não acontecerá. A estimativa atual do PIB para 2013 de 2,3% (Banco Central) porém já há no mercado estimativas abaixo de 2%. n Ante um incremento na Taxa Selic e um crescimento de crédito mais moderado nos bancos públicos os consumidores finais optariam por uma migração na compra de seminovos. n A possibilidade da retirada dos descontos no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para final do ano, incrementa a perspectiva de migração para veículos seminovos. n Para o último mês de jul/13 o Mix de Produção já tem um incremento considerável, que deve continuar neste patamar para o mês de agosto, o potencial para as Financeiras ficará nas faixas de seminovos.


Revenda FENAUTO • 17


Certificação de Correspondentes

“tá chegando a hora!” Muito foi comentado sobre a certificação de correspondentes ao longo do ano, e ouviremos falar muito mais. E para entender melhor este assunto, vamos voltar um pouco no tempo. Francisco Mello Júnior

N

os últimos sete anos, um grande número de brasileiros passou a ter acesso ao financiamento mais barato (crédito) graças à estabilidade econômica. Este aumento no número de financiamentos fez crescer o número de reclamações junto ao Banco Central do Brasil. Este cenário exigiu do Banco Central, medidas para melhorar a qualidade destas operações e reduzir o volume de reclamações. Para isso foi publicada em 25/02/2011 a Resolução 3954. Esta resolução mudou a condição das lojas de carros que oferecem financiamento, que passou de intermediários para correspondentes, oferecendo novas oportunidades de negócio para o lojista e também trazendo responsabilidades que vêm para melhorar, profissionalizar e padronizar o mercado de financiamentos. Algumas medidas já estão em vigor desde 25/02/2012, dentre elas: • Novo contrato de prestação de serviços entre bancos/financeiras e correspondentes; • Funcionário responsável pelo crédito com vínculo empregatício ou contratual; • Uso de crachá contendo o nome da loja, do funcionário e o seu CPF; • Obrigatoriedade de atendimento aos clientes sobre qualquer

18 • Revenda FENAUTO

dúvida relacionada ao financiamento; • Controle da qualidade dos financiamentos enviados pelos correspondentes, realizado pelas instituições financeiras. Mas a medida mais importante desta resolução foi a exigência de certificação para o funcionário responsável pelos financiamentos em cada uma das lojas. Mas afinal o que é a certificação? A certificação é um exame realizado por uma entidade de reconhecida capacidade técnica como a ACREFI ou FEBRABAN, envolvendo temas como a Ética, Ouvidoria, Prevenção à lavagem de Dinheiro, Código de Defesa do Consumidor, Resoluções do Banco Central, Produtos de Crédito e Matemática Financeira. O objetivo é que as lojas de carros tenham pelo menos um funcionário certificado que será responsável: pelo envio da proposta de crédito, tirar dúvidas dos clientes, formalizar o contrato de financiamento e após a formalização responderá pelo atendimento dos contratos de financiamento realizados pela loja. E vale lembrar que este funcionário sai de férias, adoece, falta, etc., é prudente que cada loja tenha pelo menos duas pessoas certificadas. Lembrando que hoje 70% das vendas de automóveis acontecem

por meio de financiamentos e as lojas que não tiverem seus funcionários certificados no prazo estipulado pela resolução, não poderão mais oferecer financiamentos no momento da venda de um veículo e não poderão mais trabalhar com bancos ou financeiras. A resolução foi publicada em 2011 e já se passaram dois anos. O Banco Central por sua vez, começará a exigir a certificação no início de 2014. Portanto as lojas só terão o ano de 2013 para obter as suas certificações. Vale ressaltar que o número de correspondentes só no mercado de veículos usados é estimado em mais de 42.000 correspondentes e quem não se preparar com o curso e prestar o exame de certificação, poderá ficar um bom período sem trabalhar com financiamentos. Além disso, a partir de 2014 terá que realizar todas as vendas à vista ou parcelado com cheques pré-datados, promissórias, etc. aumentando a sua dificuldade de vendas e o seu risco. E como fazer para conseguir a certificação? A recomendação é que você faça um bom curso de preparação e após a sua conclusão, faça o exame de certificação em uma das entidades certificadoras. A imagem abaixo mostra os três passos para você continuar oferecendo financiamentos. Já dizia o poeta, “O tempo não para!” e está passando muito rápido. Procure a associação de revendedores de veículos em seu estado e se informe sobre como elas estão se organizando para os treinamentos e a programação das provas. Não deixe para a última hora, inicie já o seu treinamento e obtenha a sua certificação, antes que seja tarde! Francisco Mello Júnior

sócio e diretor executivo da Certi Training Treinamento Profissional Ltda., empresa que primeiro desenvolveu treinamento de certificação para correspondentes. Informações podem ser obtidas pelos telefones: (11) 3895.8221 e 3804.9221 e-mail: atendimento@certitraining.com.br


2º CONGRESSO FENAUTO

FENAUTO

Chegou o Momento DO

Bom Empresário

De 11 a 13 de setembro, a Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (FENAUTO) realiza o 2º Congresso Nacional de Seminovos e Usados, no Royal Palm Plaza Resort em Campinas (SP).

S

ob o tema central ‘Momento do bom Empresário’, o evento reúne proprietários de lojas e demais profissionais do setor de revendas para discutir as principais questões que norteiam o mercado, como compra e venda de veículos e gestão do negócio. Em paralelo ao Congresso ocorre a ExpoFENAUTO 2013 – feira de produtos, serviços e soluções para as revendas de veículos.

20 • Revenda FENAUTO

Ambientes do Royal Palm Plaza

Fotos: Divulgação

2º CONGRESSO


de Informações confirmadas até meados ão. Qualquer agosto, no fechamento desta ediç ou Feira) ausência ou alteração (Congresso ertura do será informada com destaque na cob evento. Verifique alterações.

EXPO FENAUTO 2013

PROGRAMAÇÃO Quarta-feira, dia 11 de setembro HORÁRIO

19h30

Coquetel de Abertura da ExpoFENAUTO

20h30

Cerimônia de Abertura Oficial do Congresso Jantar de Confraternização

Quinta-feira, dia 12 de setembro HORÁRIO

09h00 09h00 10h30 09h00

COMPRAR BEM

VENDER BEM

Palestra de Abertura: “Faça de sua revenda uma empresa diferenciada” - Luciano Pires Palestra/Entrevista: “Cenário Econômico do Brasil e do Setor de Revendas” - Denise Campos de Toledo (Jovem Pan e SBT) Painelistas: Edson Zanetti (Fenabrave), Elis Maurício Siqueira (Fenauto) e Paulo Engler (Fenabrave)

12h30 12h30

Almoço

14h00

Palestra: “Risco zero na compra” Luis Carlos Rodrigues Neca (Dekra)

17h00 18h30

Coffee-break e visitação à ExpoFENAUTO

11h00

15h30 16h00

ADMINISTRAR BEM

Palestra: “Como se beneficiar das Ferramentas que o Sebrae tem para você” Alberto Ribeiro Vallim (SEBRAE)

Palestra/Entrevista: “Cenário Econômico do Brasil e do Setor de Revendas” Denise Campos de Toledo Painelistas: Edson Zanetti (Fenabrave), Elis Maurício Siqueira (Fenauto) e Paulo Engler (Fenabrave)

Palestra: “Melhores práticas em caminhões”- Luiz Fernando Frota Aragão (Aragão Autos)

Palestra: “Como vender F&I nas lojas multimarcas”- Reinaldo Hagge Jr.

Coffee-break e visitação à ExpoFENAUTO Palestra: “De lojista a concessionário, Painel: “Como fazer os melhores negócios pela Internet” - Painelistas: basta ser empresário”- Luis Curi Danilo Nascimento (Serasa), Elidio José (Chery do Brasil) Quintela (Fox Car) e Marcelo Macedo (Mautos) Mediador: Helder Siqueira (Icarros)

Palestra: “NIADA: saiba como atuam as revendas norte-americanas”J.R.Caporal (Mega Dealer)

Palestra: “Jogadas da Vida - Revender é superar desafios” - Julio Cesar de Souza

Encerramento das atividades de trabalho do dia Noite livre

Sexta-feira, dia 13 de setembro HORÁRIO

COMPRAR BEM

ADMINISTRAR BEM

VENDER BEM

Palestra: “Sistemas a favor de uma boa administração” - José Onofre de Araújo Neto (eCycle)

Painel: “A comercialização de pesados” Antonio Fernando Salomão (Grupo CIAC) e Ricardo Barion (MAN) Mediador: Enilson Sales (Sales7)

Palestra: “Excelência na gestão: desafio dos pequenos negócios” José Carlos Cavalcante (SEBRAE)

Palestra: “O mercado brasileiro de crédito e financiamento de veículos” Ricardo Loureiro (Serasa)

09h00

Palestra: “Como incrementar as suas compras”

10h30

Coffee-break e visitação à ExpoFENAUTO

11h00

Palestra: “Concessionário e lojista. Um depende do outro” - Clodoaldo Paiva Teixeira Filho (Grupo MC)

12h30

Almoço

14h00

Painel: “Empreendedores: exemplos de sucesso empresarial” - Painelista: Marcelo Pires. Mediador: Francisco Mello Jr.(Certi Training)

15h30

Coffee-break e visitação à ExpoFENAUTO

Palestra: “Empresa se faz com Palestra: “Marketing e Vendas para gente... qualificada” - Amos Lee Harris potencializar resultados” Jr. (Universidade Automotiva - UniAuto) Pedro Furquim (Furquim Consulting)

16h00

Palestra de Encerramento: “Atitudes vencedoras na vida e nos negócios” - Carlos Hilsdorf

17h30 20h00

Encerramento da Programação Temática Jantar de Confraternização

21h30

Show e Festa de Encerramento


2º CONGRESSO FENAUTO EXPOFENAUTO 2013

Contem com quem

acredita em vocês E

star próximo dos parceiros comerciais é fundamental para o Itaú Unibanco, pois somos uma instituição comprometida em prosperar mutuamente com aqueles que contam com nossos serviços e operações. A história tem comprovado que o nosso apoio em eventos agrega valor ao negócio e impulsiona o desenvolvimento de estratégias saudáveis. Fomos o Patrocinador Master da primeira edição do Congresso de Seminovos e Usados, promovido pela FENAUTO, em Foz do Iguaçu (PR). Neste ano, em Campinas (SP), estamos mais uma vez apoiando o setor e a cadeia produtiva. A FENAUTO vem representando e defendendo os interesses

da categoria no setor. O mercado de seminovos e usados exerce uma atividade importante para a economia brasileira, movimentado toda a cadeia automotiva - da indústria de autopeças, passando pelas montadoras, até as concessionárias de veículos. Em abril houve o anúncio da manutenção do IPI em 2% até dezembro, o que impactou positivamente o mercado de seminovos. Em 2012 o comércio de veículos usados foi afetado pela redução do IPI, que barateou os veículos novos, tornando-os mais atraentes. Isto provocou a queda dos preços dos usados, cujas vendas oscilaram bastante. O aumento do IPI, antes exonerado, para 2% garantiu que os usados começassem a dar sinais de recuperação. Sem contar que a venda do veículo novo pressupõe a venda do usado. Atualmente o mercado automotivo vive dias de extrema competitividade, este é um setor afortunado e de futuro promissor. Continuaremos com nossa equipe na rua, junto de

Diretor Executivo do Banco Itaú, Luis Fernando Staub

vocês, entendendo as reais necessidades do mercado e encontrando caminhos ágeis e eficazes para atendê-los. Acreditamos em vocês e em toda a cadeia que compõe os seminovos e usados, portanto, contem conosco para alavancar as vendas saudáveis destes veículos. Luís Fernando Staub Diretor-Executivo Itaú Unibanco

Expo FENAUTO 2013 Apoio:

Patrocínio Master ITAÚ

Patrocínio Prata CETIP / CNSEG SERASA

AUTO AVALIAR AUTOWEB BOA VISTA CERTI TRAINING

ÉVORA ICARROS ITURAN KTOOLS

Apoio INSTITUCIONAL: ABAC ORGANIZAÇÃO: PROCÓPIO FERRAZ

22 • Revenda FENAUTO

LINKIE MAPFRE UNIAUTO USEBENS

ACREFI


EXPO FENAUTO 2013

Inovando e trazendo novos benefícios

E

stamos sempre inovando e trazendo novos benefícios aos revendedores de veículos. Este ano temos três grandes produtos com benefícios adicionais que são: n Financiamento: a aprovação de crédito online para os clientes, que está crescendo em até 30% a quantidade de clientes que estamos enviando a nossas revendas, boa parte deles já com o crédito pré aprovado; n  Aplicativo mobile: um produto de alta tecnologia para facilitar a inclusão do estoque das revendas com fotos e vídeos através de um aplicativo para smartphones (iPhone e Android), além de levar toda  a gestão da revenda para o telefone do lojista, facilitando a vida do nosso cliente; n Portal Revenda: muito mais do que uma ferramenta para incluir os carros nos classificados, nossa nova plataforma terá uma abordagem consultiva, ajudando o lojista a extrair o máximo de valor dos anúncios. Ela contará com uma inteligência que analisará automaticamente todos os anúncios, sugerindo melhorias e estratégia de precificação.  Nosso produto principal já muito conhecido da grande maioria das revendas  são os classificados online, onde aproximamos os consumidores das revendas, de maneira muito direta, levando até a loja o cliente que está em momento de compra, acelerando muito o processo de venda. Somos a mídia mais eficiente para o segmento de venda de veículos. Agregado a isto, temos produtos de CRM, site para as revendas, feirões online, sites

mobile, e toda uma linha de produtos construída sempre pensando na eficiência para o comprador e vendedor de veículos. O segmento de veículos está tendo que se adaptar rapidamente a uma nova realidade, muito mais próxima aos mercados mais desenvolvidos, com desvalorização mais rápida dos veículos e competição cada vez maior, inclusive com o segmento de concessionárias atuando cada mais forte com veículos usados. Para se ter ideia, a categoria automotiva na internet no Brasil já tem praticamente a mesma penetração (94,4%) se comparada ao mercado mais desenvolvido do mundo (Estados Unidos).  Entendemos que o revendedor tem que se profissionalizar cada vez mais e se preparar para este novo mercado. De nossa parte, estamos investindo fortemente para criar a Universidade iCarros, para educar e apoiar o máximo possível todos os revendedores na preparação para este novo mercado. Todas as revendas precisam se “internetar” (afinal, 90% das pessoas utilizam a internet no processo de compra de um carro) e ter seus estoques anunciados nos classificados e outras mídias online, mas em especial nos classificados, que é responsável por 56% da audiência do segmento automotivo. E para isto, estamos montando diversos conteúdos de orientação sobre como anunciar corretamente o estoque, com fotos de qualidade,  atualização diária do estoque, a importância da agilidade na resposta aos clientes, e um ponto especialmente crítico: a precificação adequada.

Helder Carlos Sanches Siqueira

Este ponto da precificação, entendemos ser um pouco mais complexo e muito crítico para todas as revendas, pois com a transparência atual e enormes estoques de usados disponíveis nos classificados, os consumidores conhecem muito bem as características e preços dos veículos em que estão interessados. A consequência disto é que o preço do carro já está definido pelo mercado e é de conhecimento do consumidor. Isto faz com que as revendas tenham que ser muito mais criteriosas com os preços que vão pagar para compor seus estoques, e ter um acompanhamento diário da variação dos preços dos carros anunciados para que não percam competitividade em suas regiões. Neste caso também estamos desenvolvendo ferramentas para auxiliar os empresários do segmento, e também conteúdo educativo para apoiá-los na evolução de suas equipes para esta nova realidade de mercado. Helder Carlos Sanches Siqueira

Superintendente comercial, gerenciando a equipe de vendas do iCarros

Revenda FENAUTO • 23


2º CONGRESSO FENAUTO

InfoAuto Pagamentos e Sistema Nacional de Gravames (SNG)

A

Cetip apresentará aos participantes do 2º Congresso da Fenauto produtos e serviços que promovem agilidade, eficiência e segurança nas principais etapas do ciclo de financiamento de veículos. Nossas soluções beneficiam revendas, agentes financeiros e o cliente final. Quase metade do volume de carros financiados no país é de seminovos, o que demonstra a relevância deste segmento no país. Entre as soluções que apresentaremos ao público do 2º Congresso Fenauto estão o Cetip | InfoAuto Pagamentos e

Iroilton Medeiros

o Sistema Nacional de Gravames (SNG). Por meio do InfoAuto Pagamentos, os agentes credores têm um processo padronizado e automatizado para realizar a verificação e

validação da garantia e a liberação do financiamento, de acordo com parâmetros ajustados às condições de aprovação de crédito estabelecidas por eles, além de promover assertividade na precificação do veículo financiado. Já o SNG é um dos serviços mais importantes para o Sistema Financeiro, ao permitir às instituições financeiras ter a custódia do bem dado como garantia da operação de financiamento do veículo, por meio do registro eletrônico e eficiente de um gravame. Iroilton Medeiros Diretor Comercial e de Produtos da Unidade de Financiamentos da Cetip

Boa Vista lança o CertoCar

D

estaca três pacotes de consulta compostos pelos módulos de pesquisa CertoCar chamados de: CertoCar Débitos, CertoCar Procedência e CertoCar Completo. Cada pacote tem a composição de bases de informações veiculares e registros de dados históricos do veículo pesquisado, adequando-se a necessidade do cliente. CertoCar é um serviço completo e diferenciado de consultas a informações de veículos automotores, essencial para empresas que em suas transações comerciais envolvam veículos,

24 • Revenda FENAUTO

confirmação dos dados do veículo para compra e venda, Redução de fraude, Avaliação e precificação dos veículos, Validação de procedência na recepção, Preenchimento automático de propostas, entre outros. Nos módulos que compõem o produto temos: Renavam (bin – registro do veículo), débitos estaduais (multas), ocorrências de roubo e furto, dpvat,  Gravame,  sinistro,  decodificador de chassi,

precificador, base de leilão, chassi x motor,  crlvs adulterados, entre outras soluções customizadas aos clientes. As formas de acesso são: Via web, pesquisas em lotes, máquina a máquina ou adequando-se a plataforma do cliente. Marco Rosseto Especialista em Produto Veículos na Boa Vista Serviços


EXPO FENAUTO 2013

Conheça o novo layout e os serviços Autoweb

A

autoweb está lançando o novo layout do sistema autoweb com uma versão 3.0 (mobile). A empresa disponibiliza uma série de recursos tecnológicos para o revendedor de veículos, isto inclui os seguintes módulos: • Comercial: Uma ferramenta capaz de gerenciar todo o processo de compra, consignação e venda de veículos, trazendo automaticamente todo o controle de estoque, contratos e recibos pré-elaborados, gestão de comissão, controle de custos e despesas do veículo e um fechamento financeiro prático e simples de visualizar. • Nota Fiscal Eletrônica: Através deste módulo é possível emitir uma NF-e em apenas 7 segundos, isto porque o sistema é totalmente integrado com o estoque e traz todas as informações do veículo e do cliente instantaneamente. • Financeiro: Toda empresa precisa de um controle financeiro simples e prático para poder ter um gerenciamento eficaz, com base nestes preceitos desenvolvemos uma plataforma que é possível gerenciar todos as contas a receber e a pagar em apenas uma tela. • Documentação: A digitalização de documentos é imprescindível para empresas que buscam a organização de arquivos, com isto a autoweb não só desenvolveu um processo de digitalização como o acompanhamento do documento no Despachante, consultas e marcações de vistorias dentro do sistema, consulta de débitos entre outros itens muito importantes para uma gestão eficaz de documentos. • Radar Online: Com o crescimento das vendas online, é imprescindível estar nos principais classificados de veículos do país, mas

como fazer isto manualmente em cada site? Esta resposta a autoweb tem desde o início de suas atividades, que foi em 2006, buscando estar sempre à frente do mercado a autoweb foi a primeira empresa a sincronizar anúncios de veículos eletrônicamente com a WebMotors, hoje temos mais de 20 sites parceiros que a revenda poderá usufruir desta facilidade de apenas um clique, colocar seus anúncios com total segurança e agilidade. Além destes módulos a autoweb fornece ao revendedor total suporte e consultoria para melhorar seus processos internos e com isto conquistamos mais de 400 clientes ativos em todo o país. A autoweb identificou que o mercado de revenda de veículos era esquecido das grandes empresas de tecnologia, com isto buscou uma forma de adequar a sua estrutura para atender esta demanda com extrema dedicação e assertividade, pois acreditamos no potencial de crescimento da categoria. O consumidor valoriza cada vez mais a possibilidade de escolher qual o melhor canal de sua compra.

Hoje, não é raro um processo que envolva duas ou mais plataformas de relacionamento com o cliente. Conhecido como Radar Online – ou atendimento multicanal – este conceito está no centro de uma nova frente estratégica da autoweb, especializada em software de gestão para revenda de veículos multimarcas. O Radar Online é um negócio ainda pouco conhecido para as revendas de veículos como um todo. Mas, sem dúvida, em três anos esse será um dos pilares do crescimento do setor e, por consequência, da autoweb. Nos últimos dois anos, boa parte dos investimentos da empresa foram direcionados às tecnologias relacionadas ao Radar Online. Em outra ponta, a autoweb investiu em uma série de recursos novos. Um dos pontos que favoreceram a evolução nessa área foi a incorporação de novas tecnologias que trazem ao revendedor muito mais agilidade e praticidade em publicar anúncios online e gerenciar as propostas de e-mails em apenas uma única plataforma. Um ponto a ser destacado são os recursos destinados a vendedores e gerentes web, que permitem que eles tenham em mãos o histórico de relacionamento daquele determinado cliente, assim como estoque virtual, entre outros recursos. A ideia é apresentar ao revendedor de veículos cada comprador como um cliente único, independente de qual canal é utilizado. Samuel Cortez Operações & Negócios

Revenda FENAUTO • 25


2º CONGRESSO FENAUTO

Empresa se faz com gente... qualificada

A

mais comum das discussões em qualquer evento empresarial, congresso setorial ou numa roda de bar, é a seguinte: “Emprego, tem. Vagas em aberto, também. Oportunidade de trabalho, idem. O que falta é gente, principalmente, qualificada”. Apenas preencher vagas ou simplesmente dar empregos, todo empresário sabe que pode ser muito mais caro do que deixar do jeito que está. É preferível até fechar um posto de trabalho do que ter um trabalhador mau posto. Este é um problema que não afeta somente o segmento de revendas de veículos usados, é um problema crônico que afeta todos os setores econômicos do Brasil, seja público ou privado.

Mais exigências a cada dia No setor automotivo em geral, inclusive nas concessionárias e, principalmente, no negócio de veículos usados, a situação é crítica e com tendências a piorar. Cada dia aumenta o nível de exigências em competência e de especialização em áreas do conhecimento e, por consequência, a necessidade de gente mais qualificada e comprometida com os objetivos da empresa. Entre as várias mudanças ocorridas nestes últimos anos, não somente atitudinais, mas, também, socioeconômicas e legais, o destaque é para o Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que deu aos clientes plenos poderes para exigir o que imaginam que podem exigir, fazendo com que o vendedor de veículos, obrigatoriamente, venha a tornar-se um expert em direitos e deveres,

26 • Revenda FENAUTO

quase um advogado. Outro exemplo mais recente é que não basta ser um simples vendedor de veículos, é preciso ser também correspondente bancário e entender tudo sobre o mundo financeiro, além do intrincado universo automobilístico.

Vendedores de veículos: Espécie em extinção Com tudo isso acontecendo, faltando desde motoristas profissionais até engenheiros, importando médicos, reprovando bacharéis em direito e exigindo certificação dos vendedores, fica a sensação que em breve vai faltar gente, pois todo CPF vai virar CNPJ e que os bons profissionais vão entrar para a lista do IBAMA: espécie em extinção. O ideal é promover a preservação e iniciar a criação em cativeiro, ou melhor, (desculpem-me a paró-

dia) é cada empresa repensar sobre sua estrutura organizacional, estabelecer uma estratégia para manter seus funcionários, desde que se proponham a evoluir, absorver e reciclar conceitos e obter qualificação. Também é preciso pensar em buscar gente nova, treinar e formar novos talentos, dar oportunidade para desenvolver coloboradores com visão empreendedora, os quais à sua semelhança, possam se adaptar aos novos tempos e expandir os negócios de sua empresa. Como qualificar, onde buscar o conteúdo, qual a metodologia, quais cursos, qual investimento, quem cuida do plano de carreira profissional? Estes são alguns dos motivos que deram origem a Universidade Automotiva – UniAuto: Qualificar gente para fazer... empresas.

Cursos livres on-line para vendas de veículos UniAuto é um site de educação, que disponibiliza cursos livres¹ on-line de qualificação profissional com certificação, exclusivos para o setor automotivo. Para o segmento de revendas de veículos usados, a Universidade Automotiva destaca quatro cursos direcionados para o pessoal de vendas e atendimento das lojas: Técnicas de Vendas e Negociações, Apresentação passo a passo de veículos, Demonstração Dinâmica (test-drive) e Entrega Explicativa. Os cursos são recomendados para pessoas interessadas em evoluir, aprimorar suas competências e habilidades profissionais, reciclar conceitos e ampliar seus níveis de conhecimento. Também, indicados para aqueles que queiram ingressar nesse mercado de


EXPO FENAUTO 2013

A forma mais simples de comprar veículos para seu estoque!

www.universidadeautomotiva.com.br trabalho e necessitam de formação básica específica.

Cursos modulares /facilidades

Os cursos são estruturados e aplicados de forma modular, ou seja, dependendo da extensão do conteúdo, são divididos em 2, 4, 6, 8 e até 10 módulos. Cada módulo é criteriosamente elaborado de maneira didática e com carga horária adequada para facilitar a aprendizagem por etapas bem definidas e, também, para favorecer o acesso dos alunos aos cursos, permitindo que venham a se inscrever e cursar módulo a módulo, favorecendo a condição de investimento gradativo (opções de pagamento no cartão de crédito, boleto bancário ou transferência entre contas).

Início Imediato / Certificado

Ao se inscrever e pagar (não há mensalidade ou outras despesas), o aluno recebe uma senha/ login e inicia imediatamente o curso, pois não depende de formação de grupos ou turmas, não tem hora, dia, nem local preestabelecido para estudar e não há necessidade de locomover-se para participar de qualquer atividade presencial, basta estar conectado a internet,

seja por um PC, notebook, tablet ou smartphone. Ao finalizar o curso, o aluno receberá, pelo correio, sem nenhuma despesa adicional, o Certificado de Conclusão do Curso.

Livros e e-books

A Universidade Automotiva UniAuto, também comercializa livros e e-books no formato PDF, com temas relacionados ao setor automotivo, que poderão ser adquiridos diretamente no e-commerce do site.

A

uto Avaliar é uma forma simples e revolucionária para que o Revendedor/Lojista participe do repasse de veículos seminovos das concessionárias. De maneira simples e transparente: a concessionária anuncia o veículo que deseja vender, a revenda multimarca escolhe os veículos que lhe interessam e fazem a sua avaliação. A melhor avaliação ficará com o veículo. Acesse www. autoavaliar.com.br e faça o seu cadastro e boas compras!

Benefícios Corporativos/ Qualificação Empresas e entidades direta e indiretamente envolvidas ou interessadas no setor automotivo poderão tornar-se agentes multiplicadores e facilitadores da formação e qualificação de seus próprios colaboradores e dos funcionários de seus parceiros de negócios, utilizando uma das modalidades disponibilizadas pela Universidade Automotiva - UniAuto: Bolsa Corporativa de Estudos, Estudos Patrocinados e a estruturação e implementação de Universidades Corporativas. Amos Lee Harris Júnior Diretor das empresas Aval Consultoria, Treinamento e Eventos Ltda., Aval Editora Ltda. e Universidade Automotiva – UniAuto

¹ Livres. Liberados para todas as pessoas, independentemente do nível de escolaridade e faixa etária. Regulamentado conforme lei nº 9.394 de 20 de Dezembro de 1996 (DOU 23.12.96) Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

A

abac, em sintonia com o mercado de veículos seminovos e usados, participa pela segunda vez do congresso da fenauto, com a certeza de que a relação entre os consórcios e revendedores está cada vez mais integrada e apresenta excelentes perspectivas de negócios e oportunidades. Considerado como mecanismo atraente de oferta de crédito ao consumidor, o consórcio poderá não somente incrementar as vendas, mas trazer novas receitas e bons resultados para esse importante setor. Por isso a presença do segmento consorcial neste congresso, consolidando ainda mais a estreita parceria entre abac e Fenauto! Leia matéria especial sobre a abac na página 37 desta edição.

Revenda FENAUTO • 27


2º CONGRESSO FENAUTO

Um portal de Serviços para Lojistas/Revendedores

A

Ituran em parceira com a Évora Corretora de Seguros apresenta ao mercado de seminovos um portal de serviços para os lojistas/revendedores de veículos onde eles terão vários produtos/serviços para oferecerem aos seus clientes. Um destes produtos será o Seguro Seminovos 24 horas. Este seguro tem por objetivo ser o mais barato do Brasil, uma alternativa para o cliente, podendo chegar à um custo 50% menor do que os seguros de automóveis tradicionais, garantindo cobertura para as maiores preocupações de quem tem um carro: roubo ou furto, contando ainda com serviços de Assistência 24 horas. Este seguro é fruto de uma parceira da ITURAN com as seguradoras BB/MAPFRE e Cardif (seguradora do Grupo BNP Paribas, 6º maior banco do mundo). É oferecido aos Lojistas/Revendedores de veículos usados um portfolio de produtos/ serviços exclusivos. O Seguro Seminovos 24horas é uma excelente alternativa para o cliente por ter um preço bastante atrativo e não ter analise de perfil, ou

seja, não é levado em consideração para formação do preço do seguro itens como: área de circulação do veículo, idade do segurado, ano de fabricação do veículo, quantidade de condutores, etc. Além disso, não há análise de SERASA do cliente. Este produto tem como cobertura a perda total decorrente do Roubo ou Furto. Caso o veículo seja roubado ou furtado e não seja recuperado pela Ituran, a seguradora fará uma indenização ao segurado em 100% do valor do veículo (Tabela Fipe). Além disso, é oferecido ao cliente como benefício adicional, 05 acionamentos de assistência 24horas que inclui: Guincho, pane eletromecânica, pane seca (falta de combustível), troca de pneu e transporte alternativo. Para que o cliente esteja segurado faz-se necessário que seja instalado e ativado um rastreador da Ituran em seu veículo. Este produto estará disponível para compras, exclusivamente, através dos Lojistas/Revendas cadastrados no Portal Seminovos 24horas e a compra poderá ser feita através de Cartão de Crédito em até 6x sem juros ou boleto bancário.

KTOOLS

Leia entrevista com Elis Maurício Siqueria na página 33 desta edição. 100

Leia artigo da Certi Training na página 18 desta edição.

95 75

25

Roberto Posternak Gerente Comercial Nacional Graduado em Administração de Empresas e Pós Graduado em Gestão de Serviços

• CNSEG • LINKIE • MAPFRE • USEBENS

5

SERASA

ACREFI

Leia reportagem na página 14 desta edição.

Leia reportagem na seção GPS desta edição.

28 • Revenda FENAUTO

A Ituran considera o mercado de seminovos como sendo um dos principais consumidores deste produto, uma vez que os seguros tradicionais fazem análise de perfil e levam em consideração o ano do veículo. Quanto mais antigo o modelo do veículo, mais caro fica o seguro tradicional. O Nosso produto por não fazer análise de perfil, oferece o mesmo valor de seguro para veículos até 15 anos de fabricação, não fazendo diferenciação de preço para o mesmo modelo de veículo com anos diferentes.

0

Leia cobertura na próxima edição.


EXPO FENAUTO 2013

Revenda FENAUTO • 29


REVENDA EM DESTAQUE

D

Fotos: Divulgação

ouglas Alexandre é proprietário de sete empresas, quatro lojas de veículos denominadas “FEIRÃO DO AUTOMÓVEL”, cuja matriz fica no centro/sul da cidade e as outras 3 (três) lojas no SHOPP SHOW AUTO MALL; uma Emplacadora “VUM AUTEMPLAC”; uma produtora de feirões e eventos “DA PRODUÇÕES”; e um site “botepreco.com: www.botepreco.com”, que já é hoje referência na região que compreende PIAUÍ, MARANHÃO e parte do CEARÁ. O site, que está iniciando sua expansão no modelo de franquias, opera com a intermediação de negociação de veículos, trabalhando de forma inovadora e adequada os clientes oriundos da internet, o que faz por meio de poderosa ferramen-

douglas alexandre e a revolução da internet no Piauí “SEMPRE FUI CAMPEÃO DE VENDAS DE CARROS USADOS EM MINHA CIDADE E AGORA COM A INTERNET QUERO SER CAMPEÃO BRASIL” ta administrativa online e método diferenciado. Assim, interligando de forma segura e profissional os maiores elos do mercado de seminovos: quem quer comprar e quem quer vender, o site tem obtido crescimento acelerado e já corresponde a mais de 60% do faturamento das empresas, o que afirma que tem sido fundamental em época de baixa no mercado. As empresas são sediadas na Cidade de Teresina e atendem ao grande mercado da região que envolve todo o Piauí, parte centro-oeste do Maranhão e centro-leste do Ceará e, graças ao poder da in-

30 • Revenda FENAUTO

ternet, também estão atingindo mercados de todo o Brasil. A cidade sede das empresas, capital do Estado do Piauí, se localiza no ponto mais estratégico do nordeste do Brasil e possui aproximadamente um milhão de habitantes. Conhecida nacionalmente por ser uma cidade tranquila e muito organizada, tem consolidado forte crescimento nos últimos anos, especialmente nas áreas de saúde, educação e comércio, o que a tornou o polo de desenvolvimento da área Meio Norte do país, contando a região ainda com grande desenvolvimento agrícola na plantação

de grãos na parte sul, um dos maiores celeiros do país atualmente, e também com forte desenvolvimento turístico na parte ao norte.

O início “Sempre fui precoce em minha vida, iniciei o ensino superior muito cedo, com 17 anos já fazia Engenharia Mecânica em São Luís”, conta Douglas que depois fez mais quatro cursos: Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Matemática e, por último, Administração e Marketing. Aos 18 anos era bancário do Banco Auxiliar e aos 19 já era representante propagandista do laboratório Wellcome/ICI, no qual foi campeão Brasil em vendas por vários meses consecutivos. Chegando aos 20 anos, passou em concurso para ser representante de uma multinacional do setor de autopeças, a Wurth do Brasil Peças de Fixação Ltda., em que ficou por


cinco anos e, mesmo  trabalhando no estado mais pobre do Brasil à época, foi também campeão Brasil  por vários meses.  Num determinado momento, recebeu um carro da empresa, um gol furgão que passou a usar, e, como possuía um Chevette, decidiu vende-lo por um valor “x”: “com esse mesmo valor, consegui dois dias depois comprar outro carro dois anos mais novo e melhor conservado. Logo em seguida, o vendeu com um bom lucro e seguiu comprando e vendendo paralelamente à função de representante da WURTH. “Com o tempo, abandonei a função de representante e, juntando o lucro das vendas e a boa comissão que recebia da empresa, coloquei uma loja chamada “Fixar

Ferramentas”, em que vendia mais produtos de fixação”, conta. Entretanto, foi vendo que o lucro dos carros dava menos trabalho e era bem melhor. Então vendeu a loja de ferramenta e fundou a primeira loja de carro “Fixar Veículos”: “aproveitei o nome pois fazia muito marketing em TV com a empresa de ferramenta e este já estava bastante conhecido, mesmo com pouco tempo de existência”. A Fixar Veículos iniciou suas atividades em 1995, e, utilizando forte e inovadora estratégia de marketing, conseguiu crescer rápido. Com menos de cinco anos de existência já era um grupo com doze empresas: oito lojas de carros, na capital e nas principais cidades do interior; uma emplacadora; uma locadora; uma corretora de seguros; e uma concessionária de motos Yamaha! Em sua caminhada chegou a vender 350 carros por mês e faturar

em media seis milhões só com venda de veículos, “mas tivemos que fazer uma reengenharia na empresa para superar muitas crises que passamos ao longo desses 18 anos e muita coisa mudou!! Criamos então

uma nova empresa com uma nova marca chamada “Feirão do Automóvel”, que já existe há dez anos, e em 2012 lançamos o site “botepreco.com”, que é hoje referência em todo estado do Piaui, Maranhão e parte do Ceará”.       

A evolução        Os negócios evoluíram muito rapidamente devido a sua INOVAÇÃO e estratégias de investimento SEMPRE em PUBLICIDADE e MARKETING de forma agressiva, tanto externo como endomarketing, “que nos diferenciam bastante das demais empresas do mercado”. Investiram muito nos maiores veículos da mídia local, jornais, rádios, TVs e portais de internet, “chegamos, por exemplo, a ter um dos programas de maior audiência do Estado transmitido semanalmente ao vivo em nossos feirões, conjugando a programação de au-

ditório com promoções relâmpagos e leilões de veículos”. Quanto ao endomarketing, fizeram sempre reuniões mensais com premiações e troféus aos campeões de venda, promoções internas semanais e diárias com premiações diversas, como viagens ao GP de Fórmula 1, congressos, entre outros, “Um exemplo é que mandamos cinco colaboradores nossos para o Congresso Fenauto de 2012 e em 2013 estamos levando sete”. Ele complementa: “como dito, além do marketing, nosso grande diferencial sempre foi a inovação, buscando sempre estar à frente do mercado com novas formas de vender carro, o que temos feito nos últimos anos principalmente através da internet”.

Há dez anos iniciaram um classificado online chamado VUM - Veículos Usados no Mercado. Redirecionando o projeto para o setor de grande potencial que é a intermediação da negociação de veículos, lançaram há quase dois anos o projeto botepreco.com, “site que tem feito nossas empresas baterem recordes de vendas num período ruim de mercado, através da potencialização de suas atividades tradicionais com a utilização de forma eficiente dos benefícios proporcionados pela internet, como uma maior captação de clientes e possibilidade de estoque ilimitado, permitindo ainda diversificação de fontes de renda, tais quais, venda de anúncios e ferramentas de acesso a outros lojistas parceiros”. Como sabem hoje, grande maioria dos clientes pesquisa na internet antes de comprar seu veículo. Entretanto as lojas de seminovos que operam com demais sites exis-

Revenda FENAUTO • 31


REVENDA EM DESTAQUE CIAUTO-PI: “essa associação ainda precisa de muito trabalho, pois, depois de ter saído da presidência há dez anos atrás, voltamos agora reiniciando um novo trabalho como presidente e com a certeza de que traremos muitos projetos e vantagens para os nossos associados, já estamos inclusive fechando uma sala comercial no Shopp Show Auto Mall para nossa nova sede”.

tentes no mercado tem encontrado grande dificuldade em transformar seus anúncios em vendas, o que se constitui o grande diferencial do Botepreço. Além disso, o site conta com marketing agressivo e inovador que além dos tradicionais anúncios pela internet, conta com campanhas envolvendo vários parceiros como postos de gasolina, portais regionais, lojistas parceiros, entre outros. Com a estruturação do modelo o site ganhou grande força regional face aos concorrentes nacionais e consolidou suas atividades proporcionando o atual momento de expansão no modelo inovador de franquias no segmento automotivo com baixo investimento, pouco risco e alto potencial de lucro: “o nosso objetivo é até final de 2015 já termos cem pontos espalhados pelo Brasil !!!”

2013 Douglas acredita que o pior da crise do setor em 2012 já passou e que voltará a crescer, “mas sou realista, nada vai fazer voltar  como era antes, então para quem quiser sobreviver no “novo” mercado de veículos usados vai ter que INOVAR, fazer diferente, criar, se adaptar à nova realidade”.

Internet

Desafios Douglas revela que o grande problema das lojas de carro costuma ser a administração do estoque, pois este representa um alto risco de capital face às oscilações do mercado: “durante muito tempo em nossas empresas insistimos nesse modelo, o que, devido a nossa grande estrutura, nos custou fortes prejuízos em períodos de crise econômica. Além disso, amargamos perdas com a dificuldade de controle e manutenção de estoque, o que implicava em custos elevadíssimos. Nossa solução encontrada para diminuir os riscos foi focar no modelo de intermediação, no qual consolidamos experiência e desenvolvemos a ferramenta do Botepreço.com, que nos tem possibilitado grande potencial de expansão a baixo custo e risco, pois não trabalhamos com estoque e possuímos um variedade praticamente ilimitada de produtos em oferta”. Outras dificuldades foram as constantes crises do mercado de seminovos nos últimos anos, o que

32 • Revenda FENAUTO

tem conseguido superar por meio do aproveitamento de forma eficiente dos clientes oriundos da internet. Ele detalha: “inicialmente, quando começamos a anunciar nos sites tradicionais, tínhamos  assim como as demais empresas do ramo, grande dificuldade de positivar em vendas os clientes virtuais. Assim, utilizamos nossa experiência para desenvolver poderosa ferramenta administrativa online que, aliada a método inovador de trabalho, nos tem proporcionado um alto percentual de conversão em vendas”.  

Associação

A associação do Piauí existe há mais de vinte anos e no início chamava-se APRAVE, e agora AGEN-

Para Douglas, muito se fala de internet como a “salvação” para qualquer negócio: “e, para vendas de carros, a internet também vai ser, ou melhor, já é FUNDAMENTAL , mas tem particularidades que NENHUM segmento tem. Vendo isso criamos o site botepreco.com que tem detalhes adaptados ao nosso negócio e que faz a ligação do VIRTUAL com O REAL! Se alguém falar pra você “vou comprar um carro usado pela internet” você não acredita que isso seria ou será possível, mas hoje, com o formato que criamos, isso não só é possível como traz grandes vantagens para o consumidor comprador que tem acesso fácil, rápido e com comodidade ao maior banco de dados de veículos da região, bem como ao consumidor vendedor, que consegue ofertar seu carro a mais de 30 mil clientes por mês e nós, através de nosso método e sistema, conseguimos trabalhá-los de forma adequada a concretizar negociações. Ou seja, ISSO É POSSÍVEL SIM! Comprar carro usado por internet já é uma realidade !!!”


Tendência de mercado

Fotos: Divulgação

Zenetti

Siqueira

Paulo

A Revista Revenda FENAUTO dialogou em meados de agosto passado com Edson Luiz Cruz Zanetti, do Departamento Econômico da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), Elis Maurício Siqueira, Coordenador do Projeto de Informações da FENAUTO (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores) e Paulo Engler, da Superintendência da Fenabrave. Leia a seguir o depoimento destes especialistas sobre o passado recente e as expectativas para o mercado de carros seminovos e usados.

A escolha do tema “O Momento do Bom Empresário” para o 2º Congresso FENAUTO Siqueira: “Nós focamos o tema do 2º Congresso da FENAUTO no momento do bom empresário, cujo conceito é: quem sabe comprar bem e administrar bem, vende bem. Essas variáveis estão na mão do empresário, diferentemente do mercado de carro zero que tem a interveniência da

montadora, das promoções e da competitividade que afeta grandes projetos”. Zanetti: “além disso, as montadoras ditam a sua margem, para atingir resultados”.

Mercado em 2013 até agosto Zanetti: “Antes de falar do mercado de usados, devemos falar do mercado de novos porque existe

uma correlação entre um e outro. O mercado de novos para 2013 deve fechar positivo com crescimento de cerca de 2,5%, análise feita até o momento, porém o grande divisor de águas será agora no final de agosto, início de setembro, quando precisaremos analisar o comportamento da economia. A indústria informa resultados mais positivos em consequência de que ela vive de produção. O grande problema hoje enfrentado pelas concessionárias são as limitações ao financiamento

Revenda FENAUTO • 33


BANCOS Tendência de mercado de veículos, e isso também interfere diretamente no mercado de usados. Os bancos têm as carteiras e as análises de risco. Ultimamente, pela dificuldade de captação internacional, eles se tornaram mais rígidos na sua análise de crédito e os prazos que concedem também não são tão flexíveis. A taxa de juros está com tendência de alta, o que faz com que a expectativa do comprador também oscile, mas este ano fechará positiva, 2,4 – 2,5%, talvez um pouco menos a depender muito da movimentação da nossa economia até o final de ano, que ela não mexa tanto com o índice de confiança do consumidor. Comparando, o ano passado foi difícil nos primeiros meses, porém, com o plano do governo que determinou a implantação da retirada do IPI e o impacto que teve quando foi anunciado o fim desse benefício, as pessoas acabaram indo às compras. Isso resultou que tivemos um agosto que foi recorde dos recordes, 400 mil veículos comercializados no mês, nunca houve isso na história. Como esse mercado é cíclico, ou seja para se comprar um novo você vende o usado, que muitas vezes é moeda de troca, se o ramo de novos cresce o de usados acompanha. A gente não pode deixar de pensar que o mercado de usados oscila em média entre 2,5 – 2,7 para cada novo emplacado. O mercado de usados também deve ter uma alta nesse período. A questão toda é o carro certo no momento certo, esse é o divisor de águas no mercado de usados. O mercado de usados é muito agressivo na primeira faixa (seminovos) que envolve de 1 até 3 anos de fabricação (a partir daí é considerado carro usado). Essa primeira faixa é bem competitiva, porque você tem o giro dos frotistas e a competitividade natural - por ser ainda um carro praticamente novo. Esse é o chamado mercado vermelho, onde tem o “sangue” da negociação, o que libera os mais antigos para uma negociação mais tranquila.

34 • Revenda FENAUTO

Para seminovo não se tem tantos problemas com o financiamento, já com os carros entre cinco e sete anos de fabricação começam as restrições de financiamento porque o banco quer financiar um bem rentável, que lhe dê segurança, garantia. Os carros com idade superior a oito anos são negociados mais livremente porque normalmente é negociado em dinheiro. É um mercado “quente”, onde o dinheiro entra até mais fácil. A questão toda é o risco de adequação, por isso a gente fala do veículo certo no momento certo. O empresário, para ter resultados, nesse nicho, vai ter que deixar um pouco o felling e começar a trabalhar com técnicas, informação. O lojista precisará saber o que o mercado realmente quer, e às vezes não é aquilo com o que ele gosta de operar, mas para ter lucro não se pode ter vergonha de buscar alternativas, isso é inerente ao negócio. Ele precisará operar com aquilo que o mercado está procurando no momento.

Inadimplência Zanetti: “Os bancos corrigiram as condições de financiamento e a inadimplência está lentamente voltando a índices mais aceitáveis. Essa postura acarretou em uma consequência importante para o revendedor de veículos de usados; os bancos, no auge de financiamento de crédito, remuneravam muito bem o serviço que a revenda prestava no ponto de venda de veículos. Quando os bancos tiveram a margem reduzida pela redução da Selic, pela imposição de taxas mais baixas pelas instituições oficiais e por esse movimento de correção da inadimplência, fizeram refletir na remuneração que eles tinham para oferecer aos lojistas, que em muitos casos chegaram próximas a zero. O lojista teve que voltar aos tempos de antigamente, quando se ganhava dinheiro na compra e na venda de carro. As outras receitas passaram a ser marginais”.

Preços Zanetti: “Se aumentar a oferta de zero, aumenta a oferta de usado, e o que vai acontecer? Vai cair o preço. No começo do ano, informou um estudo do IBGE que os veículos novos perderam 5,68% de valor durante o ano de 2012 e os usados perderam 11%, exatamente porque começaram a ficar excessivamente ofertados. Isso significa que se têm melhores preços para o consumidor final. E o lojista que vive da compra e da venda tem de saber manter a velocidade de giro e conseguir acompanhar essa dinâmica de preço. Assim, ele vai continuar ganhando dinheiro porque os volumes vêm aumentando, mas a dinâmica de mercado mudou. O mercado de seminovos começou a crescer mais lentamente, o de usados cresce mais rápido. O mercado ficou mais complexo do que era. Há dez anos havia cinco fabricantes de veículos, hoje há 17. O lojista tem que se informar sobre onde está a possibilidade de lucro e isso envolve condições como o interesse de mercado sobre o carro oferecido como parte do valor de compra. E isso varia, inclusive de região para região. Se o empresário tiver esse tipo de informação, terá uma noção de quanto tempo ficará com determinado modelo de carro estocado e saberá que se passar da média estará perdendo dinheiro. Essas e outras informações estão sendo trabalhadas na FENAUTO para repasse ao lojista para que ele possa traçar suas estratégias de forma apropriada ao seu negócio. Já temos um banco de dados bom e estamos desenvolvendo técnicas para poder dar aos associados FENAUTO, a um custo muito baixo, acesso a informação que vai ajuda-lo a gerir o seu dia a dia melhor.

Personalizado Siqueira: “O carro depois, de zero, começa a ser personalizado


positiva e negativamente pelo seu dono, tanto pela instalação de acessórios, como pelo estilo de uso mais cuidadoso ou mais agressivo, se faz ou não a manutenção do carro, e tudo isso influi no maior ou menor preço do veículo. Essa é uma técnica que muitos lojistas já têm bem apurada, mas mesmo nesse campo existe um conjunto de informações que podem ajudar. Exemplos: histórico de revisão e se o proprietário fez ou não um eventual recall. Há mais uma série de outras questões que ajudam o lojista a avaliar melhor o veículo. Existem também as diferenças regionais de preço. São visões e dinâmicas de mercado que podem ser acompanhadas e estudadas e passadas para o revendedor. O nosso objetivo é realizar essas avaliações econômicas tanto macro quanto microeconômicas para dar ao lojista ferramentas para ele trabalhar. Até pouco tempo atrás os serviços agregados que poderiam ser oferecidos para o consumidor final, como garantia estendida, seguros e até o próprio financiamento e facilitações do mesmo, eram aspectos que traziam boa remuneração para o revendedor. Ainda trazem alguma remuneração, mas agora o grande ganho dele vai ser em administrar melhor o básico, ou seja, o tempo que o carro pode ficar no estoque, quanto custa este estoque, etc. São técnicas que ele poderá aplicar em seu negócio na medida em que tiver dados disponíveis. O objetivo é proporcionar um bom e justo negócio tanto para quem vende como para quem compra, que a compra não seja uma angústia, mas a realização de um desejo.

Mercado Paulo: “o mercado de usado até o mês de julho teve uma alta em torno de 5%, mas de agosto a dezembro há algumas incertezas macroeconômicas, então não é possível afirmar que o mercado continuará com esta robustez. Deve haver

um recuo, mas estável com relação ao ano passado, com ligeira alta. O crescimento vem muito forte nos últimos anos, e se nós tivermos uma pequena parada agora, mesmo assim estacionaremos em um volume muito alto de vendas, cerca de 3 milhões e 700 mil veículos, considerando automóveis e comerciais leves, novos. O momento é de cautela por dois motivos, o primeiro é conseguir uma safra boa de compradores com aprovação de crédito e o segundo é ficar atento às movimentações de preços do mercado. Desde meados para o final de 2011 tivemos queda significativa do preço do carro usado. Muitos lojistas não conseguiram enxergar isso e acabaram ficando com estoques gigantescos”.

Liquidez Zanetti: “é o que se quer dizer com o veículo certo no momento certo, hoje é preciso buscar a liquidez. Acrescenta-se que a partir de fevereiro de 2014, a categoria de revendedores de veículos novos e usados passará a ser correspondente bancário por resolução do Banco Central. Com isso, o banco não vai mais manter dentro das lojas o chamado `pastinha`. O responsável legal pelo encaminhamento do finan-

ciamento passa a ser o lojista que, portanto, precisa estar muito bem preparado e certificado. Se não estiver certificado não vai conseguir encaminhar financiamento para a rede bancária. Isso vai agregar custos ao lojista e trará responsabilidades. Inclusive, o lojista poderá ser fiscalizado. E, sem dúvida nenhuma, aquelas remunerações que existiam pelo agenciamento dos contratos diminuíram brutalmente desde 2011. O segundo negócio que havia dentro da loja, o chamado F&I, minguou. Agora, temos de reaprender a vender carro e isso vale tanto para novos como para usados. Além disso, nos últimos anos tivemos a formalização da Pessoa Jurídica com o SPED Fiscal, o SPED contábil, a Nota Fiscal eletrônica e a folha de pagamento digital. E com a entrada da figura do correspondente bancário é essencial que tenhamos a formalização das operações, contabilmente, fiscalmente e através de controles internos. É necessário investir em informática e em inteligência de mercado. A internet está aí. Os grandes negociadores de veículos já estão em nossa porta. Só vai sobreviver quem estiver devidamente antenado, informado e formalizado”.

FENAUTO Siqueira: “o grande sonho que estamos cultivando na FENAUTO junto a seus associados é desenvolvermos e começarmos a trabalhar com novas ferramentas de boas práticas que levem o lojista a ter resultados positivos legitimamente. Estamos desenvolvendo ferramentas para tornar a atividade mais nobre e rentável para quem está dentro desse mercado e que leve a uma barreira a quem quiser entrar no ramo na forma da necessidade de ter de aprender mais sobre o negócio, até para satisfazer plenamente ao consumidor final. Estamos dando os primeiros passos nesse sentido”.

Revenda FENAUTO • 35


MERCADO BANCOS

Os números FENAUTO/DENATRAN Evoluç‹o das Vendas ¥ Segmento evolução das vendas segmento (só semi-novos e usados) (S— •Semi-novos e Usados) 2013 Segmento Tipo de Veículo

Julho

2013 X 2012

Junho

∆%

Julho de 2013

Julho de 2012

Acum 2013

∆%

Acum 2012

∆%

Auto

690.401

624.079

10,6

690.401

664.217

3,9

4.373.687

4.212.793

3,8

Comercial Leve

149.931

135.530

10,6

149.931

130.191

15,2

920.075

819.284

12,3

Com. Pesado Motos Outros

Total Brasil

31.482

28.929

8,8

31.482

29.927

5,2

197.997

192.176

3,0

225.951

198.813

13,7

225.951

202.151

11,8

1.421.163

1.322.351

7,5

7.570

6.558

15,4

7.570

14.437 -47,6

46.800

993.909 11,2

1.105.335

1.040.923

6,2

6.959.722

6.643.564

4,8

48.058

47.315

1,6

47.998

45.194

6,2

1.105.335

Média por dia Útil

48.058

49.695

-3,3

96.960 -51,7

Evoluç‹o das Vendas ¥ Tempo de Uso

evolução das vendas(S— • tempo de uso (só semi-novos e usados) Semi-novos e Usados) 2013 Fonte: Fenauto / Denatran  

Tempo de Uso

Julho

2013 X 2012

Junho

∆%

Julho de 2013

Julho de 2012

∆%

Acum 2013

Acum 2012

∆%

Semi-novos (0 a 3 anos)

247.809

216.731

14,3

247.809

240.124

3,2

1.429.104

1.401.172

2,0

Usados (4 a 12 anos)

568.557

515.738

10,2

568.557

527.960

7,7

3.701.699

3.461.112

7,0

Velhinhos (13 e + anos) Total Brasil Total Brasil

288.969

261.440

10,5

288.969

272.839

5,9

1.828.919

1.781.280

993.909 11,2

1.105.335

1.040.923

6,2

6.959.722

6.643.564

1.105.335

Evoluç‹o das Vendas ¥ Regi›es

2,7

2 4,8 /7

evolução das vendas • regiões (só semi-novos e usados) (S— Semi-novos e Usados) 2013 Fonte: Fenauto / Denatran  

Região IBGE

Julho

2013 X 2012

Junho

∆%

Julho de 2013

Julho de 2012

∆%

Acum 2013

Acum 2012

∆%

Região Sul

252.729

235.585

7,3

252.729

244.723

3,3

1.642.220

1.622.184

Região Sudeste

562.270

519.286

8,3

562.270

533.026

5,5

3.511.204

3.366.331

4,3

92.982

83.413

11,5

92.982

87.785

5,9

587.694

556.947

5,5

156.250

119.727

30,5

156.250

137.802

13,4

976.697

873.536

11,8

41.098

35.884

14,5

41.098

37.587

9,3

241.887

993.895 11,2

1.105.329

1.040.923

6,2

6.959.702

224.5664 / 7,7 7

Região Centro-Oeste Região Nordeste Região Norte Total Brasil

Total Brasil

1.105.329

6.643.564

1,2

4,8

modelos mais vendidos • comerciaisLeves leves Modelos Mais Vendidos ¥ Comerciais

modelos mais vendidos¥• Auto auto Modelos Mais Vendidos

(só(S— semi-novos e usados) Semi-novos e Usados)

(só (Só semi-novos e usados) Semi-novos e Usados)

Fonte: Fenauto / Denatran

Julho de 2013

% s/ Total

Ranking

Julho de 2013

% s/ Total

1

GOL

98.784

14,31

1

STRADA

19.020

12,69

2

UNO

58.404

8,46

2

SAVEIRO

15.909

10,61

3

PALIO

54.008

7,82

3

ECOSPORT

11.856

7,91

4

CORSA

33.102

4,79

4

S10

10.138

6,76

Total Brasil CELTA 5

30.531

4,42

5

KOMBI

8.064

5,38

6

CORSA SEDAN

25.091

3,63

6

HILUX

6.792

4,53

7

FIESTA

19.932

2,89

7

MONTANA

6.746

4,50

8

FOX

19.208

2,78

8

FIORINO

5.359

3,57

9

SIENA

18.253

2,64

9

L200

4.839

3,23

KA

13.141

1,90

10

RANGER

4.422

2,95

Outros

319.947

46,34

Outros

56.786

37,87

Total

690.401

100,00

Total

149.931

100,00

Ranking

10

Modelo

Modelo

3/7

MODELOS MAIS VENDIDOS • MOTOS Modelos Mais Vendidos ¥ Motos

Fonte: Fenauto / Denatran

Fonte: Fenauto / Denatran

(Só Semi-novos e Usados) (só semi-novos e usados)

Ranking Total Brasil

Total Brasil

5/7

Julho de 2013

% s/ Total

1

CG150

50.653

22,42

2

CG 125

49.711

22,00

3

BIZ

19.682

8,71

4

NXR150

17.063

7,55

5

YBR 125

10.310

4,56

6

CBX 250 TWISTE

9.064

4,01

7

C100

8.714

3,86

8

CB 300R

5.612

2,48

9

POP 100

4.412

1,95

FAZER 250

4.159

1,84

Outros

46.571

20,61

Total

225.951

100,00

10

Modelo

6/7

Fonte: Fenauto / Denatran

36 • Revenda FENAUTO Total Brasil

7/7


CONSÓRCIO

ABAC e FENAUTO: O estreitamento das relações Paulo Roberto Rossi é Presidente Executivo da ABAC - Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, entidade em que atua há 23 anos.

F

ormado em direito em 1984 pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, iniciou sua carreira na entidade como Assessor Jurídico, na Área de Atendimento ao Consumidor, e exerceu as funções de Gerente Técnico-Jurídico, Gerente Geral, Diretor Superintendente e Superintendente. Atuou ainda como SecretárioGeral da AIACO - Associação Internacional de Administradoras de Consórcios, entidade de classe que reúne associações de administradoras sediadas em diversos países. A carreira de Paulo Rossi foi marcada pela forte atuação no segmento consorcial, no qual conquistou prestígio profissional. Desde maio/2006, exerce também a função de Conselheiro da Associação Comercial de São Paulo – Distrital Norte. A ABAC - Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios é uma entidade de classe sem fins econômicos que representa as empresas que atuam no sistema de consórcios em todo o território nacional. Fundada no final da década de 1960, a instituição tem desempenhado um papel essencial no aperfeiçoamento do sistema, atuando como interlocutora da classe perante autoridades competentes e consorciados.

Ao congregar as administradoras de consórcios com a finalidade de representá-las, defender os direitos e interesses coletivos e individuais, estimular o intercâmbio, cooperar no desenvolvimento de novas técnicas, funcionar em caráter de órgão consultivo e de assessoramento, zelar pelo cumprimento dos princípios éticos, estimular o desenvolvimento do sistema de consórcios, A ABAC tem procurado ainda divulgar institucional e permanentemente essa modalidade de autofinanciamento genuinamente nacional, conscientizando consumidores e empresários sobre as suas características e relevância. Rossi concedeu entrevista para a Revista Revenda FENAUTO. Revista Revenda FENAUTO: qual a importância do Consórcio para o mercado de seminovos e usados? Paulo Roberto Rossi: ao lembrar o crescimento, principalmente da classe C nos diversos segmento econômicos, observa-se que a presença do consórcio, mecanismo que viabiliza historicamente a aquisição de todos os tipos de veículos, é crescente e constante, tal como demonstram os resultados das pesquisas feitas pela QUORUM BRA-

SIL, desde 2006 até 2012, por solicitação da ABAC. Essas camadas da população vêm demonstrando que planejar já faz parte das suas vidas e que a experiência de comprar de forma parcelada, muito comum no comércio de eletrodomésticos, realizadas nas principais redes varejistas em diversos segmentos, pode ser aplicada para os veículos, especialmente nos seminovos e usados, sem medo de errar. Ao considerar o nome ou CPF como verdadeiro pratrimônio, pessoas da classe C procuram estar em dia com suas contas pessoais ou familiares, evitando negativação, provocando como consequência baixa inadimplência, como mostram levantamentos feitos nesse nível social. Desta forma, o consórcio, ao fazer parte desse mercado de consumo, confirma sua importância

Revenda FENAUTO • 37


CONSÓRCIO tanto para o comprador como para as revendas. Tendo em vista que o sistema garante ampla liberdade de escolha ao consumidor, as revendas podem focar suas ações também em consorciados contemplados que ainda não adquiriram seus veículos, trazendo, assim, a perspectiva de multiplicação de receitas, fidelização de clientes e, consequentemente, bons negócios. FENAUTO: faça, por gentileza, um balanço do Consórcio para este mercado nos últimos seis meses? Rossi: é difícil dividir a participação dos consórcios entre veículos novos e veículos seminovos e usados. Não há meio de quantificar, visto que a flexibilidade da carta de crédito permite a aquisição de qualquer veículo automotor, independente da idade. FENAUTO: quais as perspectivas para os próximos seis meses? Rossi: falar do futuro, quando vivenciamos momentos de incertezas na economia é difícil. Contudo, os consórcios de veículos leves, que reúne automóveis, camionetas e utilitários, cresceram mais de 20% em participantes no primeiro semestre e as perspectivas são de continuidade de bons resultados. Considerando ainda que houve mais 17% de novas adesões e quase 10% mais de contemplações, pode-se esperar continuidade de bons resultados até o final do ano possivelmente entre 5% e 7%, para todo o sistema de consórcios, tal como havíamos previsto no início de 2013. FENAUTO: Quais os planos da ABAC para o setor? Rossi: o estreitamento das relações da ABAC com a FENAUTO favorece a consolidação dos consórcios no mercado de seminovos

38 • Revenda FENAUTO

e usados como mecanismo viável e interessante ao estímulo de novos negócios. Na medida em que empresários do setor passem a focar, em seus objetivos, parcerias com administradoras de consórcios, tanto para viabilizar a venda de cotas como a entrega de veículos por ocasião das contemplações, certamente poderá aproveitar as ações feitas pela ABAC junto ao consumidor por meio da mídia, de cursos, publicações, do conteúdo do site e de eventos promovidos pela entidade. A propósito, é importante destacar seu principal Encontro Anual, o CONAC - Congresso Nacional das Administradoras de Consórcios. No próximo ano, será realizada a 36ª edição, nos dias 9 a 11 de abril, em Atibaia - SP, no Bourbon Convention & Spa Resort Atibaia. FENAUTO: quais os objetivos da ABAC durante o Congresso da Fenauto? Rossi: o objetivo é estreitar as relações com a FENAUTO e consolidar os consórcios no mercado de seminovos e usados, como mecanismo viável e interessante ao estímulo de novos negócios. Na medida em que empresários do setor passem a focar, em seus objetivos, parcerias com administradoras de consórcios, tanto para viabilizar a venda de cotas como a entrega de veículos por ocasião das contemplações certamente poderão aproveitar as ações feitas pela ABAC junto ao consumidor por meio da mídia, bem como de cur-

A média anual de contemplações de automóveis subiu de 7,8% (2009) para 13,4% (até junho de 2013) PAULO ROBERTO ROSSI

sos, publicações, do conteúdo do site e de eventos promovidos pela entidade, destaque para o CONAC. FENAUTO: acrescente o que mais desejar. Rossi: o perfil do consumidor, anteriormente estimulado ao consumo imediato, passou a incluir em suas decisões de compra de bens ou contratação de serviços um questionamento sobre a necessidade imediata ou não de ter o bem desejado. Para muitos, a mudança de comportamento transformou o impulso de compra em planejamento. Por essa razão, o elevado número de novas cotas vendidas, 1,3 milhões só no primeiro semestre deste ano, é a constatação da potencialidade setorial. Há um destino bem traçado dentro do contexto do investimento. Quem poupa para comprar um bem, por exemplo, sabe que o fruto de seu compromisso será atingido, quando contemplado, e já pode começar a sonhar novamente com outro veículo, atualizando a idade do bem, sempre conquistando e agregando patrimônio. Nos últimos anos (2009 até junho de 2013), as contemplações de veículos automotores em geral somaram mais de quatro milhões de negócios. A média anual de contemplações de automóveis subiu de 7,8% (2009) para 13,4% (até junho de 2013) de participação nas vendas do mercado interno. Diante desse cenário, é possível afirmar que, na história dos 50 anos do sistema de consórcios, o instrumento tem se consolidado como de inclusão social e de indutor da economia, presente nos mais variados níveis da comercialização de veículos, tanto novos como seminovos ou usados. Daí a sua importância reconhecida por milhões de consumidores como oportunidade para bons negócios para quem atua nesse mercado.  


DM9

BANCOS

As melhores opções de carro você tem. Conte com o crédito do Itaú para vender bem. Sujeito a análise de crédito.

Itaú Financiamento de Veículos. O crédito mais rápido e consciente do mercado. Na hora da escolha do carro, sua orientação é fundamental. Com o financiamento, é da mesma forma. No Itaú, você tem a resposta do crédito do seu cliente em segundos para que ele saia de carro novo, inclusive nos fins de semana. Aproveite para divulgar os carros da sua revenda no iCarros para milhões de compradores online.

Aproveite e divulgue os carros da sua revenda no iCarros para milhões de compradores online. www.icarros.com.br

40 • Revenda FENAUTO

Itaú. Feito para você.

Revista fenauto 2ano2ed  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you