Page 1

Educação e segurança previnem acidentes!

PASSATEMPOS

BOM PRA CABEÇA


Nesta edição especial de Coquetel, a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais apresentará um conteúdo interativo e divertido para você entender melhor como o Policial Rodoviário Federal é importante para a segurança pública, para o socorro às vítimas e a prevenção de acidentes de trânsito nas estradas e rodovias federais. E não é só isso, o trabalho do PRF também reflete positivamente no crescimento e desenvolvimento do país, pois, menos acidentes de trânsito significam mais verbas para investimento. Sem contar que 70% do Produto Interno Bruto é transportado anualmente pelas rodovias brasileiras, sob a forma de matéria-prima ou produto final, o que ajuda a reforçar a importância do trabalho do PRF. Ao pegar a estrada, colabore com a segurança de todos, pois todo ano o trânsito deixa milhares de vítimas. Portanto, fique de olho nas dicas, seja um cidadão consciente e conte com apoio do PRF, ele está sempre pronto para ajudar. E lembre-se: respeitar o trânsito é respeitar a vida!

Pedro da Silva Cavalcanti

Presidente da FenaPRF


FenaPRF

Caça-palavra

3

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

Conhecendo a Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal é a polícia da União responsável pelo policiamento ostensivo nas rodovias federais. Foi criada em 24 de julho de 1928 e é subordinada ao Ministério da Justiça. Apesar de se apresentar uniformizada, não é uma instituição militar, mas uma instituição policial civil, ostensiva, cuja missão consiste em: garantir a segurança pública, preservando a ordem e a incolumidade das pessoas e do patrimônio, tendo como missão específica o policiamento ostensivo das rodovias federais. Assim, combate o crime nas rodovias federais, monitora e fiscaliza o trânsito de veículos, está presente em todo o território nacional e também atua em conjunto com outros órgãos de segurança pública. Suas competências estão definidas no artigo 144 da Constituição Federal, na Lei nº 9503/1997 – Código de Trânsito Brasileiro – e no Decreto nº 1655/1995. D H F G S D Y N M T M M N L F D M B N L T C D a z i l a c s i f N c i v i l R N G B T R H L S G N T F T R C o M D G G M J D S N N F C D N m C T S N L n B T N R C u G B H o i n o m i r t a p B s G B F N C s C L T S M B T C s N S H S G i R N C L M t R S D C T N S M s D L R R G s L H F B R i C N R R D N L S ã H D M Y H t N R L M N ç R D N T L B R H o T C l a r e d e F L B a F N T G R Y D S R G M D N N C H D M L Y S R D R C D G D L R S F T B R S Y R M T N F T N


4

dominox

coquetel

Preencha o diagrama, respeitando os cruzamentos, com as palavras em destaque no texto.

O que é policiamento ostensivo? Policiamento ostensivo é uma modalidade de exercício da atividade policial, desenvolvida intencionalmente, à mostra, visível – em contraposição ao policiamento velado, secreto. Caracteriza-se pela evidência do trabalho da polícia à população, pelo uso, por exemplo, de viaturas caracterizadas, uniformes, ou até mesmo distintivos capazes de tornar os agentes policiais identificáveis por todos. A atividade de policiar consiste resumidamente em fiscalizar comportamentos e atividades, regular ou manter a ordem pública, reprimindo crimes, contravenções, infrações de trânsito e zelando pelo respeito dos indivíduos à legislação. Tal modalidade de policiamento tem por objetivo principal atingir visibilidade à população, proporcionando o desestímulo de infrações à lei e a sensação de segurança (prevenção contra infrações legais e profilaxia criminal), por demonstrar a força e a presença estatal, além de dar segurança aos próprios agentes em diligências (repressão). Por isso, a PRF está presente em todo o território nacional e conta com uma grande frota de viaturas, composta de veículos de policiamento e resgate, e de aeronaves, também configuradas para as ações de fiscalização e remoção de vítimas de acidentes.


código secreto

FenaPRF

5

Decifre os códigos e descubra qual é o nome do dispositivo simples, que tem a finalidade de proteger os passageiros e os condutores durante os acidentes e evitar ferimentos graves e fatais. Por isso, não deixe de fazer a sua parte e contribua para a paz no trânsito. Use-o e ajude a salvar vidas!

A

C

D

E

G

I

N

O

R

S

T

U

w

h

4

Q

G

J

t

1

6

9

0

-

h J t0 1

4Q

9 Q G- 6 w t h w

Ç


6

coquetel

Policial Rodoviário Federal, uma nobre missão! Principais atribuições legais dos Policiais Rodoviários Federais: • Fiscalizar mais de 70 mil quilômetros de rodovias e estradas federais em todo o país, zelando pela vida daqueles que utilizam a malha viária federal para exercer o direito constitucional da livre locomoção. • Fiscalizar o transporte de produtos perigosos, cargas superdimensionadas, transporte nacional e internacional de passageiros e cargas, serviços de escolta e o excesso de peso. • Zelar pelo cumprimento do CTB (Código de Trânsito Brasileiro). • Prevenir e reprimir os abusos, como excesso de velocidade e embriaguez ao volante, e prestar atendimento e socorro às vítimas de acidentes. • Combater todo tipo de crime, em especial, prevenir e reprimir o tráfico de armas e de drogas, assaltos a ônibus e roubos de cargas, furto e roubo de veículos, tráfico de seres humanos, exploração sexual de menores, trabalho escravo, contrabando, pirataria, descaminho e crimes contra o meio ambiente. O Dia do Policial Rodoviário Federal é comemorado em 23 de julho, pois nesse dia, no ano de 1935, foi criado o primeiro quadro de policiais da atual Polícia Rodoviária Federal. A carreira de Policial Rodoviário Federal está definida conforme a Lei nº 9654/2008.


FenaPRF

labirinto

7

O Policial Rodoviรกrio Federal existe para servi-lo e guiรก-lo em seu caminho com seguranรงa. Percorra o labirinto que todo motorista deve seguir para chegar ao seu destino e confira durante o percurso dicas que deveremos sempre nos lembrar.


8

coquetel

Bebida alcoólica e direção não combinam! Você sabia que cerca de 98% dos acidentes no trânsito acontecem por causa de negligência por parte dos pedestres e motoristas e 30% dos acidentes acontecem por causa do uso de bebidas alcoólicas? Por esse motivo, a lei n° 11.705, também chamada de “Lei Seca”, foi criada em junho de 2008 e tem a importante missão de punir severamente àqueles que dirigem alcoolizados, o que contribui para a paz, tranquilidade e segurança no trânsito. Respeite as regras estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro, faça a sua parte e ajude a salvar vidas. Agora que você já conhece um pouco mais sobre o trabalho do Policial Rodoviário Federal, lembre-se de que para ter uma viagem segura, você deve usar o cinto de segurança, ficar de olho na sinalização, respeitar a velocidade máxima das vias e não dirigir sob efeito de bebida alcoólica ou drogas. Veja abaixo que tipo de punição é dada para os motoristas que são pegos dirigindo embriagados. Ação

Infrator

Conduzir veículo sob efeito de álcool (de 0,1 a Condutor 0,29 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões) Conduzir veículo (igual ou superior a 0,3 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões)

Condutor

Legislação

Penalidades e Medidas

Artigo 165 do CTB

Infração – gravíssima; Penalidade – multa e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses. Medida Administrativa – retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado e recolhimento da CNH

Artigo 306 do CTB

Além das penalidades da infração de trânsito para o artigo 165 (acima): Detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.


caça-palavra

FenaPRF

9

Dirigir é incompatível com o hábito de beber Estudos científicos comprovam que a ingestão de álcool provoca perda de reflexos, confusão mental e diminuição da noção de distância. A vítima de desastre de trânsito resiste menos tempo aos ferimentos, já que as hemorragias quase sempre são fatais. Não há, atualmente, limite considerado “seguro” para dirigir após ingerir bebida alcoólica. A absorção e metabolização do álcool dependem de diversos fatores, como sexo, peso corporal, tipo de bebida e ingestão de alimentos, de forma que não existem parâmetros confiáveis. O fato é que toda e qualquer quantidade de álcool ingerida será detectada em exame legal. Quando beber, combine com amigos, marido ou esposa, entregue a chave de seu veículo ou espere, pelo menos, 12 horas, antes de retornar ao volante. Lembre-se, beber e dirigir não é apenas infração, é crime de trânsito. H R N S N C T S T T N R C M N N R C B B R S R D L C R i M E x Y N S L C N i B L D D T S L G R M F N C Y F C T l a t n e m R C Y C F S L N N H D R F R G C T T g F R T N r T L L a T a l c o o l i c a R e S T R L e N F N d N F M C F C H N D M Y s B N R s s T N M i N N M B R H F B L T D t G T N i i F S D b R D T B T H L N H R C ã B F N a s T L T e T T r e f l e x o s M o R T R t t R R L b N R G Y T N R F B S N B G N C a e T R G F F T C H M F M D a m i g o s Y f R B R R d i r i g i r L D F F T T Y D F F


10

coquetel

Dicas para uma viagem mais segura Conheça o seu trajeto: Estude a melhor rota antes de pegar a estrada e evite levar objetos soltos no interior do veículo. Informe sempre o seu planejamento de viagem a alguém de sua confiança. Faça manutenções regularmente: A falta de cuidados mecânicos com o veículo causa o dobro dos acidentes provocados por ultrapassagens proibidas. Use sempre o cinto de segurança: Usar o cinto de segurança reduz em até 70% as chances de o condutor ou passageiro sofrerem algum tipo de lesão em caso de acidente. É por isso que seu uso é obrigatório, mesmo no banco de trás. Não use o celular quando estiver dirigindo: Usar o telefone ao dirigir é uma das infrações de trânsito mais cometidas pelos motoristas. Bluetooth, fones de ouvido e outros equipamentos similares também são proibidos porque tiram a atenção do motorista. O mesmo vale para o SMS. Ler uma pequena mensagem de texto com o carro a 60 km/h equivale a percorrer 76 metros às cegas e as chances de colisão aumentam 23 vezes durante a digitação da mensagem. Use o celular somente com o veículo parado. Acenda os faróis, mesmo durante o dia: Isto não é obrigatório, mas circular com o carro de faróis acesos, mesmo durante o dia, aumenta a visibilidade do veículo em até 60% e pode evitar vários tipos de acidentes. Mantenha distância segura do veículo da frente, respeite os limites de velocidade e a sinalização da via: Não tenha pressa, você vai chegar. Observe sempre a sinalização viária, ela quer lhe dizer algo importante. Evite dirigir sob chuva forte ou à noite. Se cansou, pare e descanse! Cuidados na hora de ultrapassar: Nunca ultrapasse em locais proibidos. A maioria dos acidentes nas rodovias ocorre em linha reta e durante ultrapassagens. Redobre a atenção também nas curvas horizontais e verticais (lombadas). Fique vivo! Outro veículo pode vir em sua direção ultrapassando em local proibido. E, ao ultrapassar, sempre use as setas. Em caso de emergência, ligue 191: Sempre que precisar de ajuda ou ver qualquer atitude estranha ao longo da rodovia federal, ligue 191, este é o número da Polícia Rodoviária Federal.


FenaPRF

jogo dos erros

11

Os Policiais Rodoviários Federais têm o imenso prazer de contribuir para um trânsito mais seguro, o que ajuda a garantir o direito de ir e vir com conforto, segurança e responsabilidade. Como você é um(a) motorista que pratica técnicas de direção defensiva, observe as duas cenas a seguir e encontre SETE erros entre elas.


12

dominox

coquetel

Dicas para os motociclistas Use sempre capacete. Este item de segurança é o único obrigatório por lei. Luvas, jaquetas e botas também se tornam importantes na proteção do condutor. É preciso lembrar que lugar de capacete é na cabeça e carregar, por exemplo, o equipamento no cotovelo é motivo para multa. A regra também é aplicada ao garupa. Segundo o Código de Trânsito, os passageiros de motocicletas, motonetas e ciclomotores só poderão ser transportados em carro lateral acoplado aos veículos ou em assento suplementar atrás do condutor e devem estar usando vestuário de proteção. Porém, é proibido “carregar na garupa” criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança. A pilotagem defensiva e o uso racional do veículo também são ótimas companhias.


código secreto

FenaPRF

13

Você sabia que inúmeros acidentes de trânsito acontecem todos os dias envolvendo motociclistas? É por isso que devemos ter o comportamento adequado, não transportar crianças menores de sete anos, praticar a pilotagem defensiva e ter muito cuidado para ajudar a salvar vidas e reduzir o alto índice de acidentes. Decifre os códigos e descubra o que deve ser usado durante a pilotagem por ser indispensável e garantir uma maior proteção em casos de acidentes. Alguns dos seus principais itens são: capacete com viseira, luvas, calça e jaqueta, óculos de proteção, calçado fechado ou botas.

A w

C h

D 4

E Q

G G

I J

M N O P Q R t 1 6 9 0 -

Q 0'J 9 w t Q 1A 6 =

4 Q

= Q G '- w 1 h w

Ç

S =

T A

U '


14

dominox

coquetel

De olho nos pequenos passageiros! Para transportar o pequeno passageiro com amor, cuidado, segurança e carinho, é preciso ter uma atenção especial, pois ele, além de ser o bem mais precioso e indefeso de uma família, também possui o corpo ainda em formação e, por isso, muito delicado. É por esse motivo que o condutor deve obedecer a algumas regras específicas. Entre as regras estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), estão: Crianças menores de 10 anos devem ser transportadas no banco traseiro dos veículos e usar cinto de segurança (individual) ou sistema de retenção equivalente (cadeirinha), além disso, em veículos que possuem apenas o banco da frente, como picapes de cabine simples, é permitido que a locomoção de menores de 10 anos seja realizada neste banco, com cinto ou sistema de segurança apropriado (cadeirinha) e se o veículo exceder a capacidade de lotação no banco de trás, a legislação permite o transporte daquele que tiver maior estatura no banco dianteiro. Atenção! É válido ressaltar que o ato de transportar crianças em veículos automotores, desrespeitando as normas estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro, é considerado infração gravíssima, com penalidade de multa e inclusão de pontos no prontuário da carteira de habilitação, além de o veículo ficar retido até que a criança seja acomodada corretamente.


FenaPRF

caça-palavra

15

Sou criança e quero ajudar! Você sabia que a sinalização no trânsito existe para que se tenha uma organização entre pedestres e veículos nas vias terrestres? Para isso, você deve ajudar o seu pai e a sua mãe a respeitarem os sinais luminosos, verticais, sonoros e gestuais que são encontrados ao longo das vias, pois eles são responsáveis por regularizar, advertir, orientar, informar e controlar o trânsito. Faça a sua parte, pois é desde pequeno que se aprende a respeitar a vida. Dê o exemplo para os mais velhos e fiscalize-os com atitudes corretas e lembre-se de que você pode ajudar o seu responsável a ser um ótimo condutor! Veja como você pode ajudar: • Sempre mostre e pergunte o significado das placas de trânsito para quem estiver dirigindo. Durante a viagem, isto pode virar uma gostosa brincadeira. Veja quem sabe mais, papai ou mamãe! • Sempre peça para o condutor respeitar os limites de velocidade e evitar de parar no acostamento. É muito mais seguro parar em locais apropriados, como estabelecimentos comercias ou postos da Polícia Rodoviária Federal. • Sente-se sempre no banco traseiro, use o cinto de segurança, não coloque partes do corpo para fora do veículo e não viaje com a janela toda aberta. Mantenha a porta sempre travada e nunca a abra com o veículo em movimento. Estas dicas são muito importantes para a sua segurança. G R R l Y L M N B H M D T s Y B D M T s S N R T u C M Y H F s o h l e v N N t R i T C r a m r o f n i R T F N g F B T r N a H G R M i B C B R F L D T R u B S L a M u T H v T n S R H R s a t e r r o c R n L t F D i B o M N R L N R R N N a R N N s S s H N a T s t r a s e i r o D n D C N i N e H C g S o M T B D D N R C C ç F M N t D g H R e T s H M r i t r e v d a M M G o D D D R m C T M G T M T D C N L R M L R H M T R


16

caça-palavra

coquetel

Dicas de como se comportar em caso de acidente de trânsito Você cuidou, se preveniu, prestou atenção, mas não adiantou: se envolveu em um acidente de trânsito. E agora, o que fazer? É preciso tirar o carro da pista? Posso remover as vítimas? Essas dúvidas são comuns a muitos motoristas, mesmo para os mais experientes. Para as situações descritas acima, existem regras de trânsito a serem seguidas, que não chegam a ser nenhuma novidade. Mas por desconhecimento ou falta de informações sobre os desdobramentos dos acidentes, muitos condutores acabam se portando de maneira inadequada após um acidente de trânsito. Esse é o caso, principalmente, dos motoristas que têm medo de remover o veículo do local do acidente e perder a cobertura do seguro. Para as seguradoras, a investigação em caso de sinistro vai além do momento em que ocorreu a colisão. As partes envolvidas são ouvidas, os estragos nos carros, avaliados e outras técnicas são usadas para garantir a indenização do segurado. Qualquer reclamação sobre a atuação das seguradoras pode ser feita no site da Superintendência de Seguros Privados – SUSEP, www.susep.gov.br. Então vamos às dicas:


FenaPRF

17

1) Se o acidente tem apenas danos materiais, ou seja, ninguém ficou ferido, se for possível, o certo é tirar o veículo da pista o mais rápido possível. O artigo 178 do CTB prevê uma autuação a fim de priorizar a segurança e fluidez da via. 2) Se há vítimas, o certo é prestar os primeiros socorros, mas nunca retirar do local do acidente pessoas que possam estar com ferimentos graves. Sempre acione a PRF (191) e o Samu (192) . A pessoa ferida, com corte, com possível membro quebrado, tem de ser retirada e removida por especialistas. 3) Quando você estiver dirigindo pela rodovia e se deparar com um acidente, é importante sinalizar que está reduzindo a velocidade e que vai ser preciso parar. Mantenha o pisca-alerta ligado para evitar acidentes; no caso de rodovia bloqueada, vá para o acostamento para evitar que alguém bata na traseira do seu veículo. 4) A curiosidade muitas vezes é a causa de outros acidentes, então, havendo passagem, policiais e socorristas no local, evite parar ou reduzir a velocidade. Muitas vezes, as pessoas querem tirar fotos para postar nas redes sociais e acabam causando outros acidentes ou sendo multadas por isso. 5) Em qualquer circunstância, o Policial Rodoviário Federal irá registrar a ocorrência e confeccionar, para fins legais, o BAT — Boletim de Acidente de Trânsito, que ficará disponível para os envolvidos, ou representantes legais, no site www.dprf.gov.br. s e t n e d i c a C C D D M Y c a r r o s e M M T R Y N N G N N H N D S T L M Y M o t B a T R m s a r o d a r u g e s C l B n n T u D c e R C M T H Y M L C R R L a S a e M t G o m S a h n e t n a M B N N i M d i T u N l b T F L v i t i m a s H S c R C r N a Y i r C D D R H N N Y N L C H i S H e L ç L s o D N Y H r a t i v e C D l M H p L ã L ã N a d i r e f S Y p e s s o a s x B o C o T F F R H C S T C R N Y T P L R e B R D M N N s o r u g e S R F H H T F S D a r u t r e b o c F F T R u o t s e r p


soluções desta revista

18

coquetel

4

3 a z i l a c s i f c i v i l o J m n u o i n o m i r t a p s s s i t s s i ã t ç o l a r e d e F a

5

7 Cinto de Segurança

9 c r i m e i l a t n e m g r a a l c o o l i c a e e d s s s i t i i b ã a s e r e f l e x o s o t t b a e a m i g o s f d i r i g i r

11

3 2 3 8 / $ d ( 1 ; 7 , 1 ) 5 ( 5 ) 2 5 $ & 1 5 ( 6 * , 6 0 & 5 , 0 ( 6 , 7 6 2 2 9

® 2

) , $ d ¯ ( 6 & $ $ 7 ( / , = $ , $ 7 8 5 $

9 ( , & 8 / 2 6


soluções desta revista

FenaPRF

13

12

* $ 5 8 3 $

19

6 & 2 7 2 9 ( * 0 8 5 $ & , 2 1 $ 1 d & $ 3 $

/ 2 / 7 $ 6 / 6 ( 1 & ( 7 2

3 & $ 5 5 2 2 7 ( 7 ( d ® 2 (

14

6 , 6 7 ( 0 ( 0 * & 5 $ 8 , 5 2 $ ) 5 ( 1 7 ( d 3 $ 6 6 $

) $ ' 0 , , $ 1 d $ 6 / 1 , 0 2 7 , 9 $ ( & $ % , 1 ( 5 * ( , 5 2

& 2 ' , * 2

Equipamentos de segurança

15 l s s u s o h l e v t i r a m r o f n i g r a i u a u v n s a t e r r o c n t i o a s s a s t r a s e i r o n i e g o ç t g e s r i t r e v d a o m

16-17 s e t n e d i c a c a r r o s e o t a m s a r o d a r u g e s l n n u c e a a e t o m a h n e t n a M i d i u l b v i t i m a s c r a i r i e ç s o r a t i v e l p ã ã a d i r e f p e s s o a s x o o P e s o r u g e S a r u t r e b o c u o t s e r p

Todas as marcas contidas nesta publicação bem como os direitos autorais incidentes são reservados e protegidos pelas Leis nº 9.279/96 e nº 9.610/98. É proibida a reprodução total ou parcial, por quaisquer meios, sem autorização prévia, por escrito, da editora.

FenaPRF Revista produzida pela ediouro/coquetel

Diretor Executivo: Rogério Ventura Diretor Editorial: Henrique Ramos Diretor de Novos Negócios: Mauro Bentes

Representante Comercial Brasília: Marketing 10 – José Hevaldo – (061)3326-0110/(061)3964-1075/(061)9229-0727 Projeto gráfico: 1amais Mais informações sobre projetos especiais: Contato – (21) 3882-8315


Dirija com atenção e faça sempre uma boa viagem! A FenaPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, é uma entidade de classe, fundada em 1992, que congrega todos os Sindicatos estaduais (SINPRFs) que representam a categoria em todo o País. O objetivo desta edição especial é conscientizar a sociedade sobre a importância do trabalho do Policial Rodoviário Federal para a segurança de todos. A FenaPRF também defende um serviço público acessível e de qualidade para toda a sociedade. www.fenaprf.org.br www.facebook.com/fenaprf www.youtube.com/fenaprf

www.twitter.com/fenaprf www.flickr.com/fenaprf faleconosco@fenaprf.org.br

FenaPRF - Revista Coquetel 2013  

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) lançou, em dezembro de 2013, em parceria com a editora Ediouro, uma edição...