Page 1

FENACELBRA ESCLARECIMENTOS SOBRE OS PRODUTOS SEM GLÚTEN DA VITAO A FENACELBRA fez contato com a VITAO. Estamos divulgando nas redes sociais o material recebido, para conhecimento de todos. Como já foi informado pela Empresa, a. linha de cookies e granolas sem glúten não será mais produzida em ambiente controlado, deixando de ser apta para celíacos. Passará a ter o aviso no rótulo de “Contém glúten”. As embalagens que ainda se encontram no mercado e que tem a inscrição “Não contém glúten” são seguras e aptas para celíacos, comprovado através de testes de quantificação de glúten feitos em laboratório. E-mail enviado pela FENACELBRA à Empresa VITAO, de Curitiba- PR, em 17/09/2013. Senhores, Somos a FENACELBRA- Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil. Esta semana recebemos várias solicitações à respeito dos produtos sem glúten produzidos por esta empresa. O aviso que consta nas embalagens, de produção feita em ambiente onde se manipula glúten, geralmente usada nas empresas que querem alertar para os riscos da contaminação cruzada, assustou a comunidade celíaca. Os celíacos já não acreditam mais na rotulagem " Não contém glúten" dos produtos VITAO disponíveis nas prateleiras. Pedem à Fenacelbra uma posição sobre o ocorrido e mesmo uma medida judicial, caso estes produtos estejam com uma quantificação de glúten acima dos 20 ppm recomendados pelo Codex Alimentarius, que o Brasil segue. Em contato telefônico com o SAC, a nutricionista Fernanda nos esclareceu que todos os lotes no mercado tem os laudos de isenção de glúten e que não há perigo para os consumidores celíacos. No momento, para tranquilidade de nossos associados e consumidores destes produtos, gostaríamos de ter acesso a estes laudos. Aguardamos um posicionamento da empresa com o desejo que a situação seja em breve esclarecida. Att


RESPOSTA DA VITAO 19/09/2013 À Fenacelbra Com satisfação atendemos sua solicitação de informações e esclarecimentos sobre nossa linha de produtos. Agradecemos a oportunidade que a conceituada FENACELBRA- Federação Nacional Das Associações de Celíacos e a ACELBRA - Associação de Celíacos do Brasil-RJ nos concede, para explicarmos nossa produção desta linha de produtos. Produzimos a linha de cookies e granolas “não contem glúten” na mesma linha de produção dos produtos que contem glúten, assim como a maioria das empresas. Paramos a linha de produção dos produtos que contem glútem, nas quintas-feiras ( 1 vez ao mês ), e não produzimos nenhuma linha de produtos nos próximos 3 dias. Na segunda-feira, fazemos a higienização completa de todos os equipamentos, paredes, pisos, tetos, utilitários e outros itens utilizados, com uniformes exclusivos para esta limpeza. Após esta higienização completa, iniciamos a produção da linha dos produtos que “não contem glúten”, com todos os colaboradores utilizando uniformes exclusivos e devidamente higienizados em lavanderia externa apropriada, e embalados individualmente, para a linha dos produtos que “não contem glúten”, inclusive os calçados do uniforme. Normalmente produzimos todos os itens desta linha em aproximadamente 48 horas. Estocamos em local exclusivo todos os lotes oriundos destas 48 horas de produção. Coletamos amostras de cada lote produzido, de cada produto, e realizamos o teste internamente em nosso laboratório. Confirmando que os lotes estão abaixo de 20 ppm, coletamos novamente amostra destes lotes, e encaminhamos para novo teste em laboratório externo. Após a confirmação do laboratório externo, de que os lotes estão abaixo de 20 ppm, liberamos a comercialização destes lotes. Encaminho, em anexo, os comprovantes dos testes dos lotes, de nossa ultima produção, do laboratório externo. Em caso de algum lote com valores acima de 20 ppm, somos obrigados a descartar a produção deste lote total, com destinação específica, por empresa devidamente credenciada junto aos órgão controladores, com o devido protocolo de retirada dos mesmos. Com certeza, a FENACELBRA e a ACELBRA possuem estes conhecimentos, mas colocamos nosso entendimento a seguir. Conforme lei 10.674 de 16 de maio de 2003, devemos utilizar as denominações. CONTEM GLÚTEN ... ou ... NÃO CONTEM GLÚTEN. Como não há legislação especifica, os órgão reguladores e controladores no Brasil, utilizam o CODEX STANDARDFOR FOODS FOR SPECIAL DIETARY USE FOR PERSONS INTOLERANT TO GLUTEN – CODEX STAN 118 - 1979 Quanto a alteração da embalagem, atendemos solicitação dos órgão competentes, e assim como a maioria das empresas estão sendo orientadas, divulgamos que apesar de serem considerados produtos que não contem glúten, por serem abaixo de 20 ppm, são produtos produzidos em local onde também são fabricados produtos com glúten. Trata-se de mais uma informação de respeito ao consumidor. Estamos com imensa dificuldade em adquirir matérias primas para a produção dos itens que não contem glúten, já que as mesmas normalmente são industrializadas em fabricas onde também há a produção de itens com glúten. Quando do recebimento destas matérias primas, fazemos o teste para identificar se as mesmas estão dentro da tolerância de 20 ppm, por questões de contaminação cruzada. Também segue laudos em anexo. Este processo tem um custo elevadíssimo, devido a todos os transtornos causados e controles necessários, com notas fiscais de devolução, troca da matéria prima, novo teste da mesma, custos dos testes, atrasos na produção e outras consequências. A produção da linha dos produtos que “não contem glúten”, está sendo subsidiada pela linha de produtos que contem glúten. Estamos sempre a disposição para outros esclarecimentos e explicações que a FENACELBRA e a ACELBRA e nossos consumidores considerarem oportunas e afirmamos nosso respeito pela legislação, pelos órgãos controladores e reguladores, e principalmente nosso respeito e consideração pelos nossos consumidores. Atenciosamente, Magnus Curi Diretor-administrativo www.vitao.com.br


Resposta da VITAO sobre produtos sem glúten - 09/2013  

Em setembro de 2013 a FENACELBRA fez contato com a VITAO, pedindo informações sobre nova rotulagem de alguns produtos sem glúten e divulga a...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you