Page 1

ANUÁRIO FENABRAVE

1


ANUÁRIO FENABRAVE

2


ANUÁRIO FENABRAVE

3


Considerações Gerais O desempenho da economia em 2005 ficou aquém do de 2004. O PIB cresceu apenas 2,3% após uma expansão de 4,9% no ano anterior. As razões para essa desaceleração são várias. Em primeiro lugar, a política monetária mais contracionista iniciada em setembro de 2004 levou a economia a um resultado bastante fraco no segundo semestre de 2005. Crescemos 3,4% no primeiro semestre de 2005 em relação ao mesmo período do ano anterior mas apenas 1,2% no segundo semestre. Um dos principais setores a sentir os efeitos dessa política foi a indústria, que fechou o ano com um crescimento 3,1%, modesto se comparado com os 8,3% de 2004. Esse comportamento enfraquecido da indústria é fruto, além do arrocho da política monetária, de uma diminuição da importância do setor exportador para o crescimento da indústria. O quantum de exportação de manufaturados havia crescido 26,1% em 2004 e fechou 2005 com expansão de 11%. Um câmbio real sensivelmente mais apreciado no ano passado e a continuidade desse processo indicam que as exportações devem continuar perdendo espaço na contribuição para o crescimento do PIB. Colabora para que o efeito do câmbio não seja mais forte, o elevado crescimento mundial, cuja expansão de 4,3% em 2005 foi fundamental para que o Brasil alcançasse um saldo na balança comercial de US$ 44,8 bilhões. A agropecuária também teve um mal resultado em 2005 e prejudicou especialmente a região Sul do país. O câmbio apreciado, a queda da renda por conta de custos mais elevados e preços em queda, mudanças climáticas consideráveis e a febre aftosa levaram o setor a crescer apenas 0,8% ano passado, depois de crescer vigorosamente nos anos anteriores. Analisando o setor automobilístico, pode-se considerar que, a despeito do resultado geral da economia, o desempenho em 2005 foi positivo, com crescimento de vendas superior ao de 2004 (10% em 2005 contra 8,7% em 2004). Apesar de uma expansão superior a de 2004, essa elevação se deu unicamente pelo crescimento dos setores de automóveis e comerciais leves e motos, cujos resultados foram melhores que os do ano anterior. Caminhões, ônibus e tratores, por sua vez, não tiveram o mesmo resultado. A expansão dos setores que cresceram em 2005 deve-se ao aumento da disponibilidade de crédito e dos prazos de financiamento. Com cenário econômico mais previsível o risco fica menor para quem toma crédito e para quem o cede. Esse crescimento também se deve ao aumento da massa real de renda de 5%, ajudando a recuperar as grandes perdas sofridas no emprego e na renda nos anos anteriores. Com isso, o setor de automóveis e comercias leves conseguiu um incremento de vendas de 9,6% ano passado e o setor de motos uma expansão de 14,6%. Os demais setores, por sua vez, não são dependentes de crédito ao consumidor, mas sim do resultado geral da economia. As máquinas agrícolas caíram 44% por conta da grave crise no setor agrícola. Os caminhões também sofreram com o desaquecimento da economia e caíram 4,1%. Essa queda deve-se também à ineficência do programa de financiamento do BNDES voltado para o setor, o Modercarga, que foi substituído pelo Programa BNDES Caminhões, e que pode dar mais alento ao setor a partir de 2006. O setor de ônibus, por sua vez, se ressentiu de um ano não eleitoral e obteve decréscimo de vendas de 14,7%. A perspectiva para 2006 é positiva, mas não muito melhor que 2005. Devemos crescer cerca de 3,3% com melhora da agropecuária e expansão maior da indústria, que poderá aumentar sua produção em torno de 4,5%. A continuidade do aumento da massa de renda (5,5%), a queda gradual da taxa de juros (14% ao final de 2006) e a expansão, ainda que moderada, do crédito, devem dar fôlego para que o setor automobilístico doméstico tenha novamente um bom ano em termos de vendas.

Dados Internacionais ANUÁRIO FENABRAVE

4


Vendas de Automóveis Ranking dos Paises UNITED STATES JAPAN GERMANY CHINA UNITED KINGDOM ITALY FRANCE SPAIN RUSSIA BRASIL INDIA SOUTH KOREA CANADA N/K IRAN MEXICO AUSTRALIA BELGIUM NETHERLANDS TAIWAN MALAYSIA TURKEY SOUTH AFRICA AUSTRIA ARGENTINA GREECE SWEDEN SWITZERLAND UKRAINE POLAND SAUDI ARABIA ROMANIA PORTUGAL HUNGARY THAILAND IRELAND PAKISTAN FINLAND DENMARK UNITED ARAB EMIRATES CHILE CZECH REPUBLIC ISRAEL VENEZUELA NORWAY SINGAPORE

1º 2º 3º 13º 5º 4º 6º 7º 10º 8º 16º 9º 11º 12º 28º 14º 18º 17º 15º 22º 26º 20º 30º 23º 31º 24º 25º 21º 48º 19º 36º 44º 27º 35º 40º 29º 53º 34º 37º 42º 41º 32º 33º 38º 39º 50º

2000 8.838.801 4.259.788 3.378.351 671.598 2.221.671 2.411.932 2.133.884 1.381.256 923.013 1.175.507 583.143 1.061.367 847.748 762.631 251.076 599.285 553.951 557.099 597.659 310.844 282.102 467.486 224.145 309.427 209.698 292.898 290.516 316.692 61.720 473.110 113.546 66.116 258.015 133.234 82.632 230.787 44.546 134.646 113.164 69.441 71.499 148.685 146.062 101.590 97.378 56.049

1º 2º 3º 12º 4º 5º 6º 7º 10º 8º 15º 9º 11º 13º 21º 14º 17º 16º 18º 25º 19º 35º 28º 23º 36º 24º 27º 22º 43º 20º 30º 42º 26º 33º 38º 29º 54º 37º 39º 41º 46º 32º 34º 31º 40º 47º

2001 8.424.721 4.289.948 3.341.727 812.880 2.458.769 2.429.902 2.254.732 1.436.948 1.015.255 1.285.604 568.932 1.071.975 867.689 767.176 320.458 667.933 531.032 531.537 530.182 257.643 329.511 131.438 239.080 293.528 121.450 278.708 246.520 314.579 71.160 323.126 161.541 72.166 255.285 148.125 103.391 164.840 46.059 109.428 95.417 87.974 65.008 152.131 132.380 156.230 91.929 62.949

1º 2º 3º 8º 4º 5º 6º 7º 11º 10º 15º 9º 12º 13º 19º 14º 16º 17º 18º 21º 20º 39º 27º 24º 49º 25º 26º 23º 37º 22º 29º 40º 28º 30º 33º 31º 52º 34º 35º 38º 45º 32º 36º 42º 41º 50º

2002 8.105.658 4.441.912 3.252.904 1.309.113 2.563.631 2.318.843 2.145.071 1.331.855 971.828 1.182.317 599.931 1.240.516 934.349 760.930 467.978 706.034 544.309 510.985 510.771 304.686 363.496 90.615 231.623 279.493 61.660 270.551 254.589 293.033 107.098 303.957 174.839 88.804 225.976 171.215 125.534 156.193 54.110 117.036 110.994 92.217 69.242 147.767 109.528 86.077 88.597 58.567

1º 2º 3º 6º 4º 5º 7º 8º 10º 9º 14º 11º 12º 13º 16º 15º 17º 18º 19º 22º 21º 28º 27º 23º 41º 26º 25º 24º 33º 20º 31º 37º 30º 29º 32º 36º 43º 35º 40º 38º 44º 34º 39º 55º 42º 47º

2003 7.613.539 4.714.022 3.236.938 2.167.205 2.579.050 2.266.041 2.009.246 1.383.017 1.069.602 1.172.901 704.902 1.020.114 865.143 761.724 656.830 680.248 592.921 502.416 488.977 331.942 337.536 227.027 247.233 300.121 93.920 257.293 261.206 273.839 154.769 353.940 179.526 106.763 189.792 206.155 178.076 145.036 89.009 147.405 94.504 105.133 87.701 149.528 103.689 38.958 89.920 74.065

1º 2º 3º 5º 4º 6º 7º 8º 9º 10º 12º 11º 13º 15º 14º 16º 17º 18º 19º 21º 22º 20º 25º 24º 33º 26º 28º 27º 29º 23º 34º 36º 32º 30º 31º 35º 41º 37º 40º 42º 44º 38º 39º 48º 43º 45º

2004 7.470.207 4.768.654 3.266.755 2.482.136 2.567.271 2.290.897 2.013.709 1.517.518 1.289.370 1.258.821 868.290 879.755 817.149 739.112 798.572 728.366 593.473 532.991 483.892 388.657 387.795 451.209 301.177 311.282 195.625 288.248 264.252 273.954 211.940 318.111 194.936 145.120 197.919 207.669 207.247 154.145 120.970 142.442 121.247 120.429 112.357 132.957 126.001 76.622 115.662 93.479

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º 21º 22º 23º 24º 25º 26º 27º 28º 29º 30º 31º 32º 33º 34º 35º 36º 37º 38º 39º 40º 41º 42º 43º 44º 45º 46º

2005 7.616.758 4.831.017 3.364.982 3.069.279 2.449.852 2.252.449 2.081.407 1.522.024 1.391.816 1.369.093 935.253 934.063 837.698 759.518 723.205 700.966 616.630 521.477 472.199 416.827 410.851 403.527 375.114 307.925 281.617 272.928 270.801 263.798 241.160 234.509 216.095 206.922 203.686 195.199 182.351 173.284 157.264 148.770 140.195 138.830 132.241 129.698 127.477 120.613 109.815 107.090

Fonte: Global Insight

ANUÁRIO FENABRAVE

5

2006 7.518.460 4.942.923 3.515.266 3.499.895 2.337.569 2.224.986 2.118.127 1.499.530 1.411.398 1.288.097 999.331 1.042.043 835.859 755.530 729.251 694.162 642.718 514.396 475.248 440.546 440.018 380.942 392.257 306.595 300.478 264.670 274.643 269.094 257.651 247.519 224.599 199.557 190.541 197.991 197.301 174.533 177.391 140.975 132.433 143.222 139.891 135.747 130.482 139.442 115.609 98.868


Ranking dos Paises COLOMBIA EGYPT KUWAIT PUERTO RICO NEW ZEALAND CROATIA SLOVENIA SLOVAKIA ECUADOR UZBEKISTAN PHILIPPINES INDONESIA OMAN MOROCCO BULGARIA BAHRAIN QATAR BELARUS HONG KONG ESTONIA CYP GUATEMALA LATVIA VIETNAM URUGUAY PANAMA LITHUANIA COSTA RICA PERU MTL DOMINICAN REPUBLIC EL SALVADOR PARAGUAY TRINIDAD TOBAGO OTHER CARIBBEAN NETHERLAND ANTILLES NICARAGUA BARBADOS JAMAICA HONDURAS BERMUDAS BAHAMAS CUBA BOLIVIA HAITI BELIZE

55º 45º 54º 43º 49º 47º 46º 51º 75º 61º 58º 52º 59º 57º 65º 67º 62º 81º 56º 64º 72º 74º 70º 71º 60º 68º 77º 78º 76º 63º 66º 83º 73º 79º 69º 80º 87º 84º 88º 89º 86º 82º 85º 90º 91º 92º

2000 36.771 64.567 42.347 66.656 57.538 62.009 62.350 54.776 5.311 13.946 28.710 49.838 27.474 29.049 10.024 8.245 12.940 3.344 31.189 10.996 7.103 5.335 7.168 7.139 17.266 7.526 5.165 5.018 5.296 11.348 9.909 2.871 6.491 4.961 7.178 3.581 1.833 2.505 1.756 1.074 1.893 3.056 2.438 658 579 31

53º 50º 52º 48º 49º 44º 51º 45º 60º 58º 61º 55º 59º 57º 66º 65º 62º 80º 56º 64º 70º 72º 69º 68º 63º 78º 71º 76º 77º 67º 73º 81º 74º 79º 75º 83º 89º 86º 87º 88º 85º 84º 82º 91º 90º 92º

2001 48.257 57.360 50.261 59.838 57.625 70.712 54.156 69.678 23.923 25.961 23.634 37.070 25.849 32.230 10.036 11.089 14.854 3.125 36.251 12.679 7.562 6.876 7.582 9.572 14.247 4.683 7.013 6.045 6.008 9.606 6.683 2.557 6.426 3.650 6.355 2.261 564 1.327 1.283 1.010 1.753 1.892 2.285 420 435 8

43º 54º 46º 48º 47º 44º 53º 51º 58º 63º 60º 56º 59º 55º 66º 61º 62º 76º 57º 64º 69º 70º 71º 65º 78º 74º 68º 72º 77º 67º 73º 79º 82º 80º 75º 81º 89º 83º 88º 86º 84º 87º 85º 91º 90º 92º

2002 72.397 46.398 64.507 61.826 64.479 70.887 51.913 58.105 26.401 16.037 21.775 27.587 23.259 34.073 10.784 18.344 17.469 5.542 27.230 14.474 7.942 7.671 7.662 11.951 5.043 6.495 8.142 7.367 5.333 9.763 7.162 3.717 2.575 3.087 6.284 3.075 1.063 1.645 1.106 1.333 1.495 1.290 1.340 381 608 4

49º 53º 45º 50º 48º 46º 51º 52º 56º 60º 59º 54º 57º 58º 66º 62º 64º 72º 63º 65º 69º 67º 68º 61º 78º 70º 71º 76º 75º 73º 84º 79º 81º 77º 74º 80º 88º 82º 87º 83º 86º 89º 85º 90º 91º 92º

2003 66.512 52.647 78.048 64.868 70.906 74.969 60.333 57.496 33.373 21.803 24.590 39.283 27.576 25.916 12.367 19.932 17.110 7.244 19.869 15.824 7.797 9.898 8.489 20.657 4.355 7.760 7.543 5.318 5.759 7.135 1.679 3.961 3.005 5.188 6.449 3.497 1.350 1.824 1.525 1.725 1.525 1.028 1.661 631 306 55

46º 54º 47º 50º 49º 51º 52º 53º 56º 59º 57º 55º 58º 60º 64º 63º 61º 70º 62º 67º 65º 68º 69º 66º 78º 71º 72º 73º 74º 75º 81º 80º 79º 77º 76º 82º 85º 83º 86º 87º 89º 88º 84º 90º 91º 92º

2004 85.069 56.807 77.520 72.228 75.626 69.598 62.382 57.420 33.882 29.326 33.756 40.658 29.941 26.318 18.564 22.624 23.582 9.965 22.849 16.514 18.220 13.490 11.321 16.579 4.807 9.745 9.493 6.762 6.363 6.056 4.020 4.222 4.280 4.976 5.363 3.621 1.948 2.300 1.675 1.658 1.331 1.475 2.073 541 278 27

47º 48º 49º 50º 51º 52º 53º 54º 55º 56º 57º 58º 59º 60º 61º 62º 63º 64º 65º 66º 67º 68º 69º 70º 71º 72º 73º 74º 75º 76º 77º 78º 79º 80º 81º 82º 83º 84º 85º 86º 87º 88º 89º 90º 91º 92º

2005 103.653 85.825 81.784 78.370 78.213 68.234 62.025 59.017 54.201 37.848 35.359 34.712 32.717 32.570 26.175 24.829 24.739 23.699 23.145 19.974 18.202 16.162 15.961 15.418 14.983 11.780 11.036 7.959 7.010 6.983 6.762 6.722 5.707 5.701 5.555 4.818 4.157 2.802 2.171 1.958 1.854 1.832 1.264 584 304 29

Fonte: Global Insight

ANUÁRIO FENABRAVE

6

2006 105.063 97.355 85.628 80.053 78.672 70.003 63.159 66.324 52.622 41.680 37.701 39.107 33.359 37.627 28.011 24.485 25.429 25.756 24.692 23.239 17.291 20.594 17.652 17.731 16.261 12.634 13.100 12.687 8.307 7.762 11.320 5.477 6.973 7.568 6.251 4.902 4.417 2.911 2.514 1.946 2.386 1.766 1.203 613 538 36


Dados Internacionais Vendas de Comerciais Leves Ranking dos Paises UNITED STATES CHINA JAPAN CANADA THAILAND INDONESIA MEXICO FRANCE SPAIN AUSTRALIA UNITED KINGDOM INDIA TURKEY BRASIL SOUTH KOREA ITALY RUSSIA GERMANY SOUTH AFRICA N/K MALAYSIA ARGENTINA IRAN TAIWAN VENEZUELA PORTUGAL NETHERLANDS PUERTO RICO BELGIUM PHILIPPINES SAUDI ARABIA DENMARK CHILE PAKISTAN ECUADOR CZECH REPUBLIC NORWAY IRELAND ROMANIA POLAND SWEDEN AUSTRIA KAZAKHSTAN UKRAINE

2000 1º 8.504.410 1º 3º 1.197.743 3º 2º 1.601.928 2º 4º 696.184 4º 16º 172.155 14º 10º 239.907 10º 8º 266.425 9º 5º 414.779 5º 7º 300.149 7º 12º 221.382 12º 9º 242.595 8º 17º 169.510 16º 19º 151.218 29º 238.691 11º 11º 6º 337.102 6º 13º 207.922 13º 15º 173.726 17º 14º 188.763 15º 21º 110.197 19º 20º 149.372 18º 25º 58.557 23º 24º 81.694 25º 34º 34.820 31º 22º 103.984 21º 31º 37.859 27º 18º 152.886 20º 23º 96.512 22º 26º 56.598 24º 27º 54.178 26º 28º 53.082 30º 32º 37.437 28º 35º 31.974 35º 33º 37.256 33º 47º 20.218 44º 60º 6.187 36º 50º 15.652 48º 37º 30.901 34º 29º 41.318 32º 52º 15.066 47º 30º 39.688 38º 36º 31.636 37º 38º 27.223 41º 42º 22.732 42º 43º 21.845 46º

2001 8.709.749 1.287.316 1.517.550 698.224 187.659 233.850 243.423 433.871 287.733 230.637 257.890 160.609 52.609 233.526 354.344 209.183 160.338 180.443 120.358 136.474 66.126 61.380 45.474 84.698 54.702 99.173 84.182 62.979 56.122 51.207 53.825 30.721 34.062 20.297 30.056 15.398 32.890 38.690 16.361 27.407 28.966 24.097 23.730 16.403

1º 2º 3º 4º 7º 12º 9º 5º 10º 11º 8º 16º 24º 14º 6º 13º 15º 17º 19º 18º 23º 34º 28º 20º 30º 22º 21º 26º 29º 25º 27º 32º 33º 40º 39º 54º 43º 31º 45º 38º 36º 44º 37º 41º

2002 8.725.391 1.647.876 1.257.812 765.250 276.690 260.966 269.667 404.858 268.932 266.981 270.473 168.955 67.773 207.827 359.177 247.002 170.039 168.227 110.190 122.425 73.603 29.046 52.566 86.966 38.546 79.449 81.053 60.991 47.176 61.793 60.237 31.610 31.349 24.723 25.022 14.384 22.998 34.505 20.237 25.184 28.033 22.427 25.336 23.614

1º 2º 3º 4º 6º 12º 10º 5º 9º 8º 7º 13º 18º 16º 11º 14º 17º 15º 19º 20º 21º 30º 26º 23º 45º 24º 22º 27º 28º 25º 29º 31º 32º 38º 39º 47º 37º 33º 42º 34º 35º 41º 40º 36º

2003 9.038.379 1.887.750 981.155 725.432 340.411 281.424 292.281 381.058 296.591 301.237 308.025 218.752 139.891 178.088 281.570 184.942 171.769 181.007 108.767 98.598 82.913 42.934 58.249 74.619 21.988 69.102 77.424 57.581 50.646 65.866 50.427 32.020 31.461 26.724 26.196 18.655 26.955 30.692 25.438 30.477 28.258 25.564 26.097 27.959

1º 2º 3º 4º 6º 7º 8º 5º 10º 9º 11º 12º 13º 14º 15º 17º 16º 18º 19º 20º 21º 26º 24º 23º 30º 25º 22º 27º 28º 29º 31º 32º 34º 36º 41º 42º 35º 39º 37º 33º 38º 40º 43º 44º

2004 9.414.569 2.120.879 961.912 713.751 401.546 401.206 361.299 407.638 335.071 342.751 334.922 273.997 247.752 220.478 203.499 196.145 199.974 190.189 133.567 115.363 96.768 71.361 76.216 86.683 52.404 71.369 87.037 61.904 57.539 52.624 50.436 44.797 36.338 32.528 28.536 27.205 33.754 30.085 31.008 37.207 30.686 29.042 26.852 26.408

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º 21º 22º 23º 24º 25º 26º 27º 28º 29º 30º 31º 32º 33º 34º 35º 36º 37º 38º 39º 40º 41º 42º 43º 44º

2005 2006 9.345.374 9.131.448 2.162.534 2.429.691 972.245 981.509 745.918 736.837 504.390 539.011 454.556 391.731 425.032 432.450 419.658 415.492 387.226 390.252 356.131 388.025 328.895 313.357 317.706 358.462 260.387 251.421 251.236 301.935 201.803 208.170 190.834 193.959 186.498 184.970 176.411 179.167 166.844 170.590 146.713 159.553 131.561 140.869 95.261 102.356 91.801 81.194 83.984 86.640 75.553 78.901 69.815 62.214 68.418 63.008 62.022 63.182 60.469 58.665 57.810 62.421 56.650 60.003 55.853 58.557 44.770 50.032 42.612 51.132 38.391 41.322 38.211 42.537 37.881 35.204 36.825 38.271 36.440 38.386 35.082 39.158 33.555 32.393 28.772 28.246 27.425 28.472 26.964 27.876

Fonte: Global Insight

ANUÁRIO FENABRAVE

7


Ranking dos Paises VIETNAM GREECE SWITZERLAND UNITED ARAB EMIRATES COLOMBIA NEW ZEALAND HUNGARY GUATEMALA SINGAPORE ISRAEL MOROCCO FINLAND DOMINICAN REPUBLIC UZBEKISTAN PANAMA EGYPT SLOVAKIA COSTA RICA KUWAIT EL SALVADOR HONDURAS CROATIA PERU TRINIDAD TOBAGO OMAN BULGARIA SLOVENIA OTHER CARIBBEAN QATAR HONG KONG BELARUS NICARAGUA JAMAICA NETHERLAND ANTILLES LITHUANIA BAHRAIN HAITI ESTONIA BOLIVIA BARBADOS LATVIA BAHAMAS CUBA BERMUDAS PARAGUAY BELIZE

56º 41º 40º 57º 46º 53º 39º 61º 44º 45º 54º 51º 49º 59º 55º 48º 63º 65º 71º 70º 68º 73º 66º 77º 69º 74º 62º 58º 78º 64º 67º 72º 79º 75º 86º 87º 83º 84º 76º 82º 85º 81º 80º 88º 89º 90º

2000 9.148 22.737 24.261 9.009 20.750 14.656 26.688 6.135 21.225 20.935 13.581 15.128 15.971 8.444 9.179 16.570 5.936 5.838 3.828 4.331 4.743 3.370 5.725 2.516 4.602 3.045 5.974 8.537 2.492 5.860 4.903 3.612 2.144 2.660 1.106 895 1.589 1.379 2.517 1.698 1.257 1.739 1.928 685 610 305

55º 45º 40º 51º 57º 52º 39º 64º 54º 43º 50º 49º 56º 58º 62º 53º 61º 60º 66º 67º 70º 69º 71º 76º 63º 73º 65º 59º 74º 68º 72º 83º 79º 78º 85º 84º 81º 80º 77º 87º 86º 82º 75º 88º 89º 90º

2001 12.627 19.887 25.142 14.383 11.100 14.312 26.499 5.829 12.668 20.642 14.764 14.906 11.686 8.528 6.013 13.719 6.776 7.319 5.497 5.269 4.463 4.777 4.409 2.729 5.944 3.172 5.617 7.832 3.123 5.102 4.074 1.319 1.952 2.015 1.242 1.255 1.562 1.871 2.696 988 1.061 1.425 3.047 610 284 257

51º 47º 42º 49º 53º 50º 35º 59º 58º 48º 55º 52º 46º 66º 61º 56º 63º 57º 60º 62º 70º 65º 69º 76º 67º 74º 68º 64º 72º 73º 71º 78º 77º 81º 85º 79º 82º 80º 75º 87º 86º 83º 84º 88º 90º 89º

2002 16.260 18.936 23.331 16.695 15.041 16.457 28.628 9.029 9.173 16.846 13.898 15.255 19.126 6.550 7.835 11.561 7.651 9.590 8.225 7.713 5.277 6.747 5.588 2.986 6.033 3.577 5.990 6.938 3.874 3.857 4.167 2.698 2.969 2.055 1.479 2.416 1.987 2.085 3.031 1.177 1.361 1.667 1.607 450 132 342

44º 48º 46º 50º 51º 49º 43º 56º 55º 52º 54º 53º 69º 64º 60º 58º 59º 65º 57º 61º 67º 62º 70º 74º 68º 72º 66º 63º 71º 75º 73º 76º 79º 78º 83º 77º 84º 81º 80º 82º 85º 86º 87º 88º 90º 89º

2003 22.381 18.432 20.829 17.432 16.366 17.744 22.651 11.702 13.005 15.485 14.286 14.811 5.616 6.940 9.566 10.712 10.155 6.936 11.091 7.951 6.401 7.427 5.593 3.784 6.310 4.270 6.857 6.958 4.461 2.978 3.954 2.872 2.536 2.720 1.666 2.751 1.563 2.354 2.489 1.680 1.526 1.473 1.324 410 65 208

45º 47º 48º 50º 46º 51º 49º 56º 55º 54º 52º 53º 65º 61º 57º 62º 59º 60º 58º 63º 68º 69º 70º 71º 66º 72º 67º 64º 73º 74º 75º 76º 77º 78º 80º 82º 84º 79º 81º 83º 87º 85º 86º 88º 89º 90º

2004 24.744 23.471 22.748 21.116 24.178 19.456 21.896 15.090 15.409 16.366 19.327 18.251 7.130 9.074 10.346 8.726 10.196 9.578 10.254 7.730 6.798 6.673 6.565 5.857 6.996 5.528 6.817 7.336 4.694 4.272 4.056 3.474 2.726 2.548 2.331 2.301 2.095 2.343 2.311 2.161 1.509 1.725 1.514 496 452 191

45º 46º 47º 48º 49º 50º 51º 52º 53º 54º 55º 56º 57º 58º 59º 60º 61º 62º 63º 64º 65º 66º 67º 68º 69º 70º 71º 72º 73º 74º 75º 76º 77º 78º 79º 80º 81º 82º 83º 84º 85º 86º 87º 88º 89º 90º

2005 24.002 23.914 23.207 22.612 22.342 20.256 19.818 18.749 17.965 16.952 16.214 16.137 15.335 14.996 14.411 14.055 12.392 11.844 10.543 9.894 7.699 7.617 7.541 7.363 7.241 6.995 6.990 6.597 4.760 4.739 4.340 4.170 3.106 3.041 2.699 2.628 2.567 2.564 2.418 2.114 1.759 1.346 1.286 812 734 192

Fonte: Global Insight

ANUÁRIO FENABRAVE

8

2006 26.642 22.539 23.757 23.848 22.045 17.553 22.610 20.274 18.504 17.416 17.034 16.832 17.382 13.829 17.818 18.564 12.433 10.374 10.820 9.980 8.034 7.681 7.684 7.176 7.626 7.336 7.316 6.848 4.926 4.829 4.553 5.036 3.720 3.747 2.983 2.736 2.961 2.702 2.688 2.247 1.847 1.347 1.391 1.056 712 213


Dados Internacionais Caminhões e Ônibus Ranking dos Paises CHINA UNITED STATES INDIA JAPAN BRASIL GERMANY RUSSIA UNITED KINGDOM CANADA FRANCE INDONESIA SOUTH KOREA SPAIN ITALY MEXICO AUSTRALIA THAILAND ARGENTINA VENEZUELA NETHERLANDS BELGIUM AUSTRIA POLAND CHILE TAIWAN CZECH REPUBLIC KAZAKHSTAN COLOMBIA ECUADOR UKRAINE PAKISTAN SWEDEN BELARUS DENMARK ROMANIA PORTUGAL NORWAY HUNGARY IRELAND MALAYSIA HONG KONG SWITZERLAND NEW ZEALAND VIETNAM UZBEKISTAN

2000 2º 300.184 1º 1º 461.918 2º 5º 92.948 4º 3º 101.197 3º 6º 75.930 6º 4º 93.050 5º 7º 70.939 7º 9º 51.067 9º 10º 41.963 13º 8º 57.553 8º 15º 21.875 14º 12º 35.794 11º 13º 33.177 12º 11º 36.492 10º 14º 23.999 15º 17º 11.767 18º 21º 7.085 23º 19º 10.020 30º 27º 5.615 26º 16º 16.373 16º 18º 10.811 17º 20º 8.472 20º 24º 6.877 25º 30º 4.747 31º 23º 6.888 24º 26º 5.715 22º 36º 3.396 29º 25º 6.007 39º 55º 768 19º 33º 4.244 36º 42º 2.913 47º 28º 5.490 28º 29º 5.248 35º 31º 4.462 33º 41º 2.937 43º 22º 7.052 21º 37º 3.383 41º 40º 2.943 37º 32º 4.368 34º 43º 2.633 42º 35º 3.830 40º 34º 3.999 27º 45º 1.980 45º 50º 1.184 38º 38º 3.065 32º

2001 385.857 350.007 94.302 98.970 79.745 81.551 66.553 51.868 31.020 57.358 29.044 34.494 33.880 37.193 18.247 11.012 6.031 4.815 5.543 15.875 11.077 7.847 6.007 4.642 6.018 6.175 5.032 3.101 9.003 3.538 2.071 5.152 3.704 4.430 2.974 6.266 3.049 3.495 3.831 2.987 3.090 5.293 2.277 3.413 4.445

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 9º 13º 8º 14º 10º 12º 11º 15º 17º 20º 49º 34º 16º 19º 22º 23º 32º 21º 24º 25º 26º 18º 31º 38º 27º 29º 35º 43º 28º 41º 30º 40º 36º 39º 37º 42º 33º 45º

2002 503.722 322.284 114.119 92.396 78.977 69.293 63.811 48.512 31.939 51.014 29.845 41.208 33.108 40.129 16.704 13.019 7.263 1.899 4.063 13.416 8.617 6.746 6.494 4.143 7.091 6.438 6.160 5.125 9.059 4.219 3.444 4.790 4.498 3.971 2.651 4.599 3.139 4.239 3.207 3.846 3.308 3.531 2.807 4.082 2.475

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 9º 13º 8º 14º 10º 12º 11º 15º 17º 20º 49º 34º 16º 19º 22º 23º 32º 21º 24º 25º 26º 18º 31º 38º 27º 29º 35º 43º 28º 41º 30º 40º 36º 39º 37º 42º 33º 45º

2003 483.397 328.389 153.347 133.114 82.126 70.561 66.564 50.870 34.364 45.134 34.773 39.731 33.002 29.758 16.352 15.653 13.498 3.126 2.339 12.137 8.833 7.892 8.306 4.543 7.177 5.965 6.513 5.320 2.655 3.140 4.394 4.835 5.185 4.089 2.982 3.630 3.476 4.135 3.167 3.521 3.336 2.860 3.314 3.707 2.729

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 10º 9º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 19º 26º 18º 22º 21º 20º 24º 23º 25º 27º 37º 28º 29º 36º 31º 30º 34º 35º 32º 39º 33º 44º 41º 38º 46º 40º 42º 45º

2004 637.940 431.653 197.260 123.836 99.856 80.800 72.177 51.208 43.832 46.826 42.297 38.432 35.227 34.958 19.069 18.919 17.082 12.483 6.949 13.060 9.400 9.526 11.574 8.549 9.237 7.261 6.810 4.039 5.762 5.250 4.255 5.021 5.170 4.513 4.439 4.583 3.876 4.560 3.290 3.569 3.913 3.140 3.706 3.559 3.162

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º 21º 22º 23º 24º 25º 26º 27º 28º 29º 30º 31º 32º 33º 34º 35º 36º 37º 38º 39º 40º 41º 42º 43º 44º 45º

2005 505.236 500.764 206.787 123.853 94.179 84.790 67.900 53.289 51.831 51.616 37.880 37.337 36.761 34.451 24.451 19.857 17.342 15.547 13.804 12.965 10.868 9.900 9.613 9.375 8.891 8.393 7.855 7.647 6.791 6.318 5.787 5.648 5.437 5.379 4.570 4.563 4.428 4.331 4.116 3.787 3.727 3.679 3.643 3.630 3.568

Fonte: Global Insight

ANUÁRIO FENABRAVE

9

2006 558.050 528.326 211.391 108.288 91.178 86.635 70.992 53.924 54.374 54.912 30.167 40.345 37.893 34.294 26.000 18.318 14.825 14.829 13.647 15.133 10.345 9.503 8.628 8.534 8.972 8.871 8.627 8.134 5.935 6.697 6.482 5.793 5.634 5.212 4.755 5.199 4.481 4.508 4.106 4.050 3.656 4.273 4.099 4.011 3.864


Ranking dos Paises FINLAND SLOVAKIA PHILIPPINES SLOVENIA LITHUANIA GUATEMALA SINGAPORE BULGARIA DOMINICAN REPUBLIC CUBA PERU LATVIA COSTA RICA URUGUAY ESTONIA PANAMA PARAGUAY JAMAICA EL SALVADOR TRINIDAD TOBAGO HONDURAS NICARAGUA HAITI BARBADOS OTHER CARIBBEAN BOLIVIA BERMUDAS BAHAMAS NETHERLAND ANTILLES BELIZE

39º 49º 44º 48º 53º 52º 51º 61º 47º 46º 56º 57º 54º 62º 63º 58º 65º 73º 64º 69º 60º 67º 70º 68º 59º 72º 74º 66º 71º 75º

2000 2.996 1.345 2.474 1.355 998 1.000 1.101 507 1.675 1.907 754 710 878 464 410 625 324 109 393 184 510 238 154 211 519 121 80 244 138 14

44º 46º 48º 49º 51º 53º 54º 57º 52º 50º 56º 55º 58º 63º 59º 64º 61º 67º 60º 66º 65º 71º 72º 69º 62º 73º 68º 70º 74º 75º

2001 2.786 2.088 1.882 1.789 1.538 1.116 885 675 1.364 1.787 697 795 575 283 460 269 306 103 354 170 199 98 56 99 303 35 102 98 19 16

44º 47º 48º 50º 53º 54º 52º 55º 46º 51º 58º 56º 57º 65º 59º 61º 68º 62º 60º 63º 66º 69º 70º 67º 64º 72º 75º 74º 71º 73º

2002 2.601 2.234 2.029 1.597 1.072 877 1.088 786 2.439 1.283 616 704 635 145 555 453 130 249 456 229 140 99 91 139 217 24 16 17 85 21

44º 47º 48º 50º 53º 54º 52º 55º 46º 51º 58º 56º 57º 65º 59º 61º 68º 62º 60º 63º 66º 69º 70º 67º 64º 72º 75º 74º 71º 73º

2003 3.001 2.410 2.027 1.803 1.451 970 1.043 837 504 1.472 603 715 710 72 535 576 24 236 707 146 126 77 164 106 277 13 64 41 28 4

43º 47º 49º 48º 50º 56º 51º 52º 60º 55º 54º 53º 58º 63º 59º 61º 62º 67º 57º 65º 64º 66º 70º 68º 71º 72º 69º 73º 74º 75º

2004 3.409 2.702 1.781 1.916 1.723 912 1.296 995 687 923 933 952 813 183 692 467 323 127 879 139 169 133 52 122 48 36 122 35 23 -

46º 47º 48º 49º 50º 51º 52º 53º 54º 55º 56º 57º 58º 59º 60º 61º 62º 63º 64º 65º 66º 67º 68º 69º 70º 71º 72º 73º 74º 75º

2005 3.495 3.038 1.940 1.880 1.720 1.363 1.190 1.164 1.104 1.039 996 987 937 825 720 497 407 342 317 274 151 147 91 89 68 63 40 25 21 9

Fonte: Global Insight

ANUÁRIO FENABRAVE

10

2006 3.367 2.846 2.036 1.632 1.881 1.728 1.291 1.177 3.723 854 1.131 1.011 1.198 897 749 787 491 175 899 295 274 471 130 92 25 97 59 40 68 14


Automóveis Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 160.000

Fonte: Denatran

Jan

Fev

Mar

Mai

Ago

Out

1.172.901

Nov

Dez

O segmento de automóveis teve um crescimento de 8,76% de 2004 para 2005, um percentual superior ao crescimento de 2004 frente a 2003, que foi de 7,33%. Em 2005, com exceção dos meses de janeiro, fevereiro e outubro, o volume de emplacamento foi superior aos mesmos meses nos anos anteriores.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 14,00%

2002

2003

2004

2005 11,32% 10,89%

12,00%

11,90% 9,09%

9,88%

8,73%

6,90%

8,76% 9,44%

8,61% 8,11%

8,73% 8,42%

8,24% 8,81%

8,58% 8,03%

6,83%

7,78%

8,31% 8,58%

7,74% 8,34%

7,31%

7,59%

6,69% 6,63%

7,17%

4,00%

8,40%

8,44%

6,00%

6,95% 6,10%

8,00%

7,14% 7,98%

8,94% 8,67%

10,00%

Jan

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

9,10%

8,33%

9,67%

9,19%

8,94%

8,69%

6,97%

7,89%

9,18%

8,11%

6,40%

0,00%

Fonte: Denatran

7,52%

2,00%

Dez

Pelo gráfico, nota-se que os primeiros meses do ano não são bons para emplacamentos de veículos. Em contrapartida, depois do 1º semestre esse quadro se reverte até o final do ano.

ANUÁRIO FENABRAVE

11

1.369.093

1.182.317

139.583 107.587

98.457

114.378

Set

1.258.821

142.548 149.098

129.182

108.382 110.985 115.873

110.227

103.786 120.565

Jul

108.705

80.941

91.201

Jun

105.649

82.438

102.733

80.137

85.710

Abr

108.015 109.992

104.569 117.464

97.442 114.220

89.822 108.557

95.942

75.704

0

88.892

20.000

93.275

40.000

98.497

98.952

60.000

84.042

80.000

88.993

87.469 83.533

84.154 90.808

100.000

109.297

112.498 118.675

120.000

Acumulado

2005

106.559

2004

109.909 115.274

140.000

2003

102.413

2002


Automóveis Participação de Populares e Não Populares 2002, 2003, 2004 e 2005

Não Populares 34,89%

2002

Fonte: Denatran

Populares 65,11%

Não Populares 45,40%

2003

Populares 54,60%

Fonte: Denatran

Não Populares 47,19%

2004

Populares 52,81%

Fonte: Denatran

Não Populares 54,60%

2005

Populares 45,40%

Fonte: Denatran

A participação dos veículos não populares no decorrer dos últimos anos foi inferior à dos populares. Este quadro se inverteu em 2005 com a participação dos populares ficando com 54,60% do mercado frente a 45,40% de populares.

ANUÁRIO FENABRAVE

12


Automóveis Estoque 2005 150.000

129.103

125.110 149.090

129.182

110.985

115.274

120.565

76.059

96.046

100.112 113.203

97.899 115.725

122.885

Atacado

97.568

95.242 111.430 109.992

117.464

97.568 114.317 114.220

118.675

90.808

83.533

30.000

109.297

60.000

89.959

78.545 82.344

83.647 95.908

90.000

95.242 115.176

124.982

120.000

Estoque

97.899 115.249

Emplacamento

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

jan/05

fev/05

Fonte: Denatran

Houve crescimento acentuado no nível de estoque, até março. Já entre os meses de abril e outubro, os estoques se mantiveram estáveis, vontando a cair em novembro e dezembro.

(*)Dias de Vendas – 2003 x 2004 x 2005 35

2003 30 25

31 27

2004

2005

30

27 25 23

20 19 17

15 10

15

17 15

19 18

20 1818

18 16

18 16

21 19 18

18 17 16

18 17 16 15 14 14

13

12

11

5

6

0 Fonte: jan Denatran

fev

mar

abr

mai

jun

jul

ago

set

out

nov

dez

Observamos que os dias de vendas, em 2005, mantiveram-se na média durante todo o ano, apresentando queda a partir de novembro, sendo a mais acentuada em dezembro, em virtude da sazonalidade no mês. (*) Dias de vendas do estoque é uma variável que mostra quantos dias de vendas seriam necessários para vender o estoque. Neste exemplo, no mês de dezembro/05, foram emplacados 149.090 veiculos resultando em 6.777 emplacamentos por dia útil. Se o estoque de dezembro era de 76.059, dividimos esse valor pelos emplacamentos, por dia útil e obtemos 11 dias para zerar o estoque.

ANUÁRIO FENABRAVE

13


Automóveis Série Histórica dos Emplacamentos Mês a Mês – 1997 a 2005 160.000

´

Automóveis

140.000

Média Movel

120.000 100.000 80.000 60.000 40.000 20.000

jul/05

jan/05

jul/04

jan/04

jul/03

jan/03

jul/02

jan/02

jul/01

jan/01

jul/00

jan/00

jul/99

jan/99

jul/98

jan/98

jul/97

jan/97

Fonte: Denatran

O ano de 2005 acompanhou a curva de crescimento dos anos anteriores, demonstrando uma elevação nos emplacamentos a partir do 2º semestre, chegando a seu ápice em dezembro, como ocorreu nos anos de 2003 e 2004.

Participação de Mercado por tipo de Combustível Álcool

120.000

Gasolina

Álcool / Gasolina

120.000

109.086

100.000

100.000 92.689 78.725

80.000 60.000 40.000 20.000

74.563 77.828 61.793 60.420 60.946 71.615 56.079 65.335 61.071 53.585 46.746 37.966 51.262 38.615 35.653 34.049 45.918 41.304 24.512 31.232 26.307 2.938

4.248 3.401

2.471 2.602

60.000 40.000 20.000

2.363 1.992 2.181 2.842 2.073 1.792 1.985

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

-

jan/05

Fonte: Denatran

80.000

Os emplacamentos de automóveis com tecnologia Bi-Combustível evoluíram 345,03% entre os meses de janeiro a dezembro de 2005. Já os automóveis movidos a gasolina mostraram um decréscimo de 32,30% nas vendas ao mercado interno.

ANUÁRIO FENABRAVE

14


Automóveis Evolução dos Automóveis – Bi-Combustível - 2005 50.000

FIAT

FORD

GM 35.345

CITROEN

29.613

28.186

3.663

18.438

21.065

524

Ago

2.915

Jul

424

Jun

2.398

3.601

Mai

266

2.916

Abr

2.541

14.992 3.168

Mar

25.184

25.435

26.147 7.906

3.039

7.687

8.019

11.940 2.737

7.410

8.533

Fev

8.154

6.202 2.153 5.643

Jan

2.760

5.945 2.169 4.304

20.000

10.000

24.240

15.798

22.514

30.000

31.020

40.000

-

Fonte: Denatran

Set

Out

Nov

Dez

50.000

RENAULT

VW 36.465

PEUGEOT

17.021

14.862

11.513

11.543

20.000

27.277

26.046

25.515

24.434

21.917

30.000

24.513

24.687

40.000

1.358 2.118

1.098 1.769

907 1.962

1.214 1.420

1.020 1.420

862 1.356

Mar

1.352 1.538

1.344

Fev

1.121 1.368

766

Jan

249 1.947

581

10.000

Fonte: Denatran

Abr

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

Em razão da constante evolução das vendas de veículos bi-combustível nos últimos anos, acirra-se a concorrência com a entrada de novos produtos “Flex” no Mercado como os lançados pela Citroen e Peugeot em 2005.

ANUÁRIO FENABRAVE

15


Automóveis Desempenho Mês a Mês por Marca FIAT Acumulado - 344.939 % Participação em 2005 - 25,19%

45.000

35,00%

30,00%

40.000 25,01% 23,94%

35.000

25,00%

25,50% 31.139

24,66%

24,45%

30.741

32.419

28.415

30.000

29.751

28.178

27.635

22.165

20,00%

29.694

25.000

20.000

25,10%

24,44%

26,51%

25,28%

24,41%

36.772

27,00%

26,05%

27.139

15,00%

10,00%

Volume % Participação

20.891

5,00% dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

jan/05

fev/05

15.000 Fonte: Denatran

GM ACUMULADO - 329.558 % Participação em 2005 - 24,07%

40.000

40,00% 36.119 35.089 35,00%

35.000 29.427

29.319

30.000

28.180

28.189 27.626

26.973 28.503

30,00%

27,16%

25.440 25.000

20.000

22,65%

16,90%

25,78% 24,71% 25,76% 23,52%

25,00% 24,73% 24,30% 23,38%

24,23%

23,13%

20,00%

20.572

Volume % Participação

15.000 14.121

15,00%

10,00%

VW Acumulado - 323.407 % Participação em 2005 - 23,62%

40.000

25.000

38.262 35,00%

28.591

28.780

28,32%

25.307 22.972

24,90% 24,25%

23.659

22.607 20.000

26.872 27.028 27.308 26.016 26.005

30,00% 25,66% 25,00%

24,35% 23,31%

23,65% 23,25% 22,16% 21,57% 21,02%

22,13% 20,00%

Volume % Participação 15,00%

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

Fonte: Denatran

jan/05

15.000

16

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

40,00%

35.000

30.000

fev/05

Fonte: Denatran

jan/05

10.000


FORD ACUMULADO - 133.954 % Participação em 2005 - 9,78%

20.000

16,00%

12,44% 14.355

15.000

12,00%

11,04% 10,24% 9,71% 9,71% 9,75%

10.000

9,43% 9,20%

11.521 11.134 11.074 10.611

10.391

11.863 9,12% 13.305 8,80% 9,18%

9,63% 8,00%

10.517

10.114

9.767

9.302

Volume % Participação 4,00% dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

jan/05

fev/05

5.000 Fonte: Denatran

HONDA ACUMULADO - 56.517 % Participação em 2005 - 4,13%

10.000

8.000

5,00%

4,72%

4,50% 5,01%

4,07%

4,44%

3,97% 4,15%

5.274

3,70% 3,67% 4,00% 3,92%

4.801

4.876 5.161

3,90% 3,98%

6.000

4.000

6,00%

4.780 4.499

4.371

5.478

4.187

4.351

4.089

2,00%

Volume % Participação

2.000

1,00%

0,00%

4,38%

4,35% 3,80% 3,43% 3,29%

6.000

3,74%

4.781

4.000 3.112

4.182

3.904

2.561

4.156

3.855

2,00%

Volume % Participação 0,00%

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

jan/05

-

17

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

5.493

5.239

4.152

Fonte: Denatran

abr/05

3,70% 3,68% 4,00%

5.280

5.112

3,07%

4,54%

3,50%

3,66%

mar/05

6,00%

PEUGEOT ACUMULADO - 51.827 % Participação em 2005 - 3,79%

8.000

2.000

fev/05

jan/05

Fonte: Denatran

10.000

3,00%

4.650


TOYOTA ACUMULADO - 44.000 % Participação em 2005 - 3,21%

6.000

5.000

5,00% 5.048

3,77% 3,44%

4,00% 3,50%

3,28%

4.000

3,21% 2,99% 3,01% 2,90%

4.544

4.113 3,15%

4.032

3.000

3.268

3.121

3.436 3.405

3.535

3,00%

3,18%

3.894

2,52%

3,39%

3.501

2,00% 2.000 2.103

Volume % Participação

1.000

1,00%

0,00% dez/05

nov/05

out/05

RENAULT ACUMULADO - 43.878 % Participação em 2005 - 3,20%

6.000

6,00%

5.000 4,10%

3.979

3.742

3,78%

4.000

3.562 3.292

3.446

3.367 3.324

3.428 3.429 3,35% 2,88%

2.866

2.172

2.145

1,56%

1,47%

1,69%

2.902

2.857

1,00%

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

18

dez/05

nov/05

1,50%

0,00% mar/05

set/05

1,90%

fev/05

ago/05

2,00%

2,25%

0,50%

jan/05

jul/05

2,50% 2,48% 2,38% 2,35%

Volume % Participação

ANUÁRIO FENABRAVE

jun/05

2.830 3,00%

500

Fonte: Denatran

mai/05

3,50%

1,53% 1,63%

1.306 1.332

abr/05

4,00%

1,97% 1,81%

mar/05

jan/05

fev/05

0,00%

1.751

1.500 1.000

1.912

1.852

2.000

2,36% 2,00%

-

2.605 2.500

2,90%

1,00%

CITROEN ACUMULADO - 26.530 % Participação em 2005 - 1,94%

3.000

2,76%

2,92%

1.000

Fonte: Denatran

3.500

4,00%

3,00%

3,03% 3,13%

Volume % Participação

2.000

4.000

3.526 4,09%

3,88% 3.000

5,00%

4.538 4.245

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

jan/05

Fonte: Denatran


750

1,50%

AUDI ACUMULADO - 5.203 % Participação em 2005 - 0,38% 531 500

500

450

509

485

474 412

1,00% 412 384

374 357

315

250

0,43% 0,41% 0,45% 0,41% 0,41% 0,43%

0,50%

0,37% 0,40% 0,36% 0,35%

0,34% 0,24%

Volume % Participação dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

jan/05

Fonte: Denatran

0,00%

No decorrer do ano, tivemos três marcas em destaque: a Volkswagem liderou os emplacamentos nos meses de janeiro, fevereiro e dezembro. A Fiat liderou em maio, junho, julho, agosto e outubro, e a GM nos meses de março, abril, setembro e novembro. A liderança geral, em 2005 ficou com a Fiat, com 25,19% do mercado, seguida pela GM, com 24,07%, e VW, com 23,62%, evidenciando a competição acirrada durante todo o ano.

ANUÁRIO FENABRAVE

19


Frota Circulante – Automóveis 16,0

14,3 Anos

14,0

35.000.000

13,7 Anos

12,0

10,4 Anos

11,4 Anos

12,6 Anos

13,4 Anos

30.000.000

25.955.283 25.000.000

10,0 20.000.000 8,0

15.105.271 15.000.000 6,0

10.000.000 4,0

5.686.967 5.000.000

2,0

2.641.476

1.925.313

596.256 -

Fonte: Denatran

-

Sul

Sudeste

Norte

Nordeste

Centro Oeste

Brasil

A idade média do segmento no país é de 13,4 anos e está concentrada, principalmente, nas regiões sul e sudeste.

ANUÁRIO FENABRAVE

20


Usados Automóveis Proporção entre Vendas de Automóveis Usados e Emplacamentos de Automóveis Novos / por Região Geográfica 8,0 7,0 6,0 5,0

5,6 4,3

4,3

4,3

4,0 2,8

3,0

2,3

2,0 1,0 0,0 Fonte: Denatran

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

Região Sul

Brasil

A proporção de veículos usados para veículos novos negociados, na média, é de 4,3 usados para cada novo. Na região sul, a proporção de usados negociados sobre novos é de 5,6.

Percentual do Volume de Usados Negociados por Idade 80,00%

6,67%

5,49%

6,42%

Até 5 anos

Até 6 anos

Até 7 anos

Até 8 anos

7,01%

7,19%

Até 4 anos

8,38%

34,58%

29,09%

6,32% 15,23%

3,29% 4,13%

10,00%

0,84% 0,84%

20,00%

4,79% 8,91%

30,00%

22,42%

40,00%

41,00%

60,00% 50,00%

56,39%

Acumulado 49,38%

Idade

70,00%

Até 9 anos

Até 10 anos

0,00% Fonte: Denatran

Até 1 ano

Até 2 anos

Até 3 anos

Este gráfico reflete a negociação de automóveis usados considerando sua idade. O volume de negociações de automóveis de até 9 anos de uso corresponde a 49,38% do total de automóveis usados vendidos.

ANUÁRIO FENABRAVE

21


Usados Automóveis Volume de Negociação de Automóveis Usados por Região Geográfica e por Ano de Fabricação 2002

2003

2004

2005

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

89.664 77.115 63.809 46.394 11.035

54.788 52.691 38.148 25.016 6.702

Região Centro-Oeste

-

Fonte: Denatran

14.410 13.945 10.216 6.095 2.713

37.533 34.340 27.515 18.292 6.826

200.000

23.292

237.004 202.897 148.928 102.385

300.000

100.000

288.616 198.182

400.000

Região Sul

50.568

2001 500.000

433.399 380.988

600.000

Brasil

Quando considerados os veículos com até 5 anos de idade, nota-se maior concentração de negociação nos veículos com 5 anos de uso.

ANUÁRIO FENABRAVE

22


Comerciais Leves Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 30.000

2004

2005

Fonte: Denatran

Acumulado

25.599 21.619

13.874

178.088

21.848

207.827

220.478

20.095 12.724

15.876

16.797

17.157

19.491

19.642

19.960

21.541

22.860

15.736 14.249

13.150 15.152

15.222

13.433

14.895

17.393

18.209

20.608

22.445

17.799

20.899

17.252 18.733

22.981

21.932

12.999

14.020

16.933

17.170

20.749

12.060

13.376 16.472

19.863

0

12.617

10.000 5.000

14.123

16.198

13.665

15.000

19.959

20.000

19.922

22.112

25.000

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

O segmento de comerciais leves obteve um crescimento de 13,99% em 2005 frente a 2004, ficando abaixo do crescimento de 2004 sobre 2003, que foi de 23,80%.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 14,00%

2002

2003

2004

2005 11,61% 10,47%

12,00%

Mai Jun

Jul

Ago Set

6,68%

12,27%

9,11% 8,60% 6,12%

9,43%

9,05% 7,82% 9,63% 7,64%

6,86%

8,84%

8,84% 8,57%

8,26% 9,10% 7,38% 7,29%

7,32%

8,36%

7,89% 8,20%

8,07% 8,93% 7,54%

7,82% 8,32% 9,01%

7,87%

7,30%

Jan Fev Mar Abr

10,55%

9,98%

7,93%

0,00% Fonte: Denatran

9,56%

2,00%

11,06%

6,77%

7,51%

6,20% 6,45% 7,08%

6,00% 4,00%

6,41% 6,83%

8,00%

7,68% 7,93%

9,05% 8,80%

10,00%

Out Nov Dez

No gráfico acima, podemos notar que, a partir de 2002, os primeiros meses do ano não foram bons para emplacamentos de veículos. A partir do mês de março, no entanto, o mercado demonstra tendência para evolução positiva, que se mantêm até o mês de dezembro.

ANUÁRIO FENABRAVE

23

251.236

2003

26.310

2002


Comerciais Leves Estoque 2005 40.000

Emplacamento

35.000

Estoque

Atacado

22.576

24.816

28.548

26.310

21.574

18.780 21.619

19.642

22.927 21.541

22.860

28.593

29.453

28.089 23.332

27.613 21.402 20.608

22.445

22.086

22.199 20.899

21.242

20.983 19.922

5.000

16.238 22.112

16.198

10.000

15.636 17.170

15.000

26.816

27.175

25.873

20.000

24.551

25.639

25.000

25.679

30.000

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

Fonte: Denatran

mar/05

jan/05

fev/05

-

O estoque de 2005 não teve grande variação, mantendo um volume sem discrepâncias durante o ano.

(*)Dias de Vendas – 2003 x 2004 x 2005 60

2003

2004

2005

50 48

46

44

40

46

47 41

39

30

35

34 33 32

32 29 28

20

24

29 26

29 27

28 26

28

32 28

31 29

21

34 2829

32 29 26

24 19

21

10 0

Fonte: Denatran

jan

fev mar abr mai jun

jul

ago set

out nov dez

Dias de vendas em 2005 não apresentaram grande variação, com exceção de dezembro, onde os dias de estoque passaram para 21 dias.

(*) Dias de Vendas – Explicação pág. 09

ANUÁRIO FENABRAVE

24


Comerciais Leves Série Histórica dos Emplacamentos Mês a Mês – 1997 a 2005 35.000

´

Comerciais Leves

30.000

Média Movel

25.000 20.000 15.000 10.000 5.000

jul/05

jan/05

jul/04

jan/04

jul/03

jan/03

jul/02

jan/02

jul/01

jan/01

jul/00

jan/00

jul/99

jan/99

jul/98

jan/98

jul/97

jan/97

Fonte: Denatran

Percebemos uma retomada no crescimento de comerciais leves durante 2005, principalmente, no 2º semestre.

Participação de Mercado por tipo de Combustível Álcool Diesel

14.000 12.000

Álcool / Gasolina Gasolina 11.136

11.092

10.430

10.000

8.815

8.914 8.300

9.427

9.192

8.000

6.579

7.568

7.311 6.291 6.329

5.389

6.267 5.585 5.093

5.070

4.306 3.600

103

124

109

132

111

134

113

191

137

82

110

107

mar/05

abr/05

mai/05

jun/05

jul/05

ago/05

set/05

out/05

nov/05

dez/05

3.373

fev/05

2.926

5.909

jan/05

2.000

4.331

6.100

6.813

4.869 4.481

4.000

9.320

8.943 6.876

7.118

6.763

6.000

8.799

8.366

8.187

Fonte: Denatran

Os modelos Flex reverteram a supremacia da gasolina detectada em 2004. Essa tecnologia cresceu 280,59% em 2005 .

ANUÁRIO FENABRAVE

25


Comerciais Leves Evolução dos Comerciais Leves – Bi-Combustível 6.000 4.942 3.309 1.175

843

1.485

1.710

2.903 881

1.303

3.224 2.958

1.366 990

1.617 1.211

1.602 1.198

1.555 1.329

1.442 1.278

2.681

2.833 2.470 6

1

49

378

1.306 1.134 1.208

1.478 1.398 1.111

990 1.128 1.454

864 1.015 1.249

1.047

3.000

1.500

3.334

4.500

VW 4.089

GM

3.464 3.123

FORD

4.071 3.531

FIAT

Fev

Mar

Abr

Fonte: Denatran

Jan

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

O aumento da participação dos comerciais leves com tecnologia Flex no mercado levou a Ford a entrar na concorrência. A marca tornou-se líder deste segmento em novembro de 2005.

ANUÁRIO FENABRAVE

26


Comerciais Leves Desempenho mês a Mês por Marca FORD ACUMULADO - 62.601 % Participação em 2005 - 24,91%

10.000

40,00% 35,00%

30,60%

28,65% 7.288

25,88% 24,59%

24,62% 24,44% 21,87%23,17%22,96% 22,97% 22,13%

4.956

5.000

5.437 4.443

4.409

20,00% 4.949 4.835

4.732

4.571

27,70% 25,00% 6.193

5.587

5.201

30,00%

15,00% 10,00%

Volume % Participação

5,00%

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,00% jan/05

Fonte: Denatran

FIAT ACUMULADO - 59.779 % Participação em 2005 - 23,79%

10.000

35,00%

28,86%

30,00%

25,57%

25,24%

23,27%

24,04% 25,20% 23,90%

5.395

5.028

4.955

5.846 5.111

25,00%

20,01% 19,59%

23,23%

4.994

5.572

5.000

23,55%

24,80%

20,00%

4.625 5.153

5.003

15,00%

4.327 3.770 10,00%

Volume % Participação

5,00%

12,93%

4.000

3.641

10,00%

10,34% 3.115 3.206

2.955

2.671

3.227

2.906

3.379

2.500

5,00%

2.044 1.675

Volume % Participação

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

Fonte: Denatran

0,00% jan/05

-

27

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

4.283

12,55%

2.000

jul/05

15,00%

15,63%

14,28%

12,08% 11,90%

jun/05

16,28%

16,90%

14,10%

6.000

mai/05

20,00% 16,43%

14,91%

abr/05

jan/05

GM ACUMULADO - 35.602 % Participação em 2005 - 14,17%

8.000

mar/05

0,00% fev/05

Fonte: Denatran


VW ACUMULADO - 27.118 % Participação em 2005 - 10,79%

8.000

20,00%

6.000

15,00% 12,81% 12,14% 11,79%

11,57% 11,96% 10,72% 11,84% 11,10% 10,33% 8,45%

4.000

9,28% 10,00% 8,07%

2.832 2.441

2.241 1.909

2.000

2.441

2.226 2.733

2.597

1.744

2.211

2.084

Volume % Participação

5,00%

1.659

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,00% jan/05

Fonte: Denatran

MITSUBISHI ACUMULADO - 22.861 % Participação em 2005 - 9,10%

5.000

8,65%

9,91% 9,64% 10,43%

10,00%

8,98%

8,73%

9,35%

2.016

1.975

1.401

8,32%

8,50%

1.792

1.837

1.956

1.955

8,61%

8,69%

9,49%

2.306

2.500

15,00%

2.266

1.996

5,00% 1.706

1.655

Volume % Participação 0,00%

834

10,00%

769 673

5,36%

500

516 534

713

674

563 437

533

524

5,00%

3,77% 3,31% 2,59% 3,05%

2,56% 2,51% 2,59%

3,12%

2,94%

2,92%

Volume % Participação

2,22%

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,00% jan/05

Fonte: Denatran

28

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

jan/05

TOYOTA ACUMULADO - 16.837 % Participação em 2005 - 6,70%

1.000 868

fev/05

Fonte: Denatran


NISSAN ACUMULADO - 7.638 % Participação em 2005 - 3,04%

2.400

2.000

1.864

18,00% 2.128

1.863

15,00%

1.824

1.986 1.593

1.600

12,00% 1.376

1.572

9,50% 1.367

8,30%

1.200

8,44%

9,36%

9,00%

7,30% 6,68%

8,11%

8,09%

744

800

6,00% 5,98%

400

328

192

Volume % Participação

3,36%

3,00%

2,02%

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

Fonte: Denatran

0,00% mar/05

jan/05

fev/05

1,12%

-

RENAULT ACUMULADO - 3.455 % Participação em 2005 - 1,37%

500

400

383

371

359

300

255 215

200

5,00%

251

343

332

3,00%

254

192 158

1,69% 1,58% 1,57% 1,59%

1,68%

1,33%

2,00% 1,46%

1,23% 1,22% 1,12% 0,96%

100

1,00%

Volume % Participação

0,92%

300

KIA ACUMULADO - 3.010 % Participação em 2005 - 1,20%

273

272

282

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

4,00%

296

3,00%

268

259

253

256

225 207

198

200

fev/05

0,00% jan/05

Fonte: Denatran

400

4,00%

342

221

2,00%

1,69% 1,31%

1,27% 1,30% 1,26% 1,30% 1,29% 1,20% 1,30% 0,96%

0,90%

100

0,84%

1,00%

Volume % Participação dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

Fonte: Denatran

0,00% jan/05

-

A Ford foi líder no segmento de comerciais leves, ficando à frente dos concorrentes no meses de janeiro, outubro, novembro e dezembro. A marca foi seguida por FIAT, GM e VW.

ANUÁRIO FENABRAVE

29


Frota Circulante – Comerciais Leves 14,0

13,3 Anos

12,6 Anos

12,0

11,9 Anos

12,7 Anos

10,8 Anos

12,6 Anos

5.000.000

4.373.769 4.000.000

10,0

8,0 3.000.000

2.245.821

6,0

2.000.000 4,0

887.261

1.000.000

605.029

2,0

438.444

197.214 -

Fonte: Denatran

-

Sul

Sudeste

Norte

Nordeste

Centro Oeste

Brasil

A idade média deste segmento no país é de 12,6 anos. A maior concentração está na região sudeste.

ANUÁRIO FENABRAVE

30


Usados Comerciais Leves Proporção entre Vendas de Comerciais Leves Usados e Emplacamentos de Comerciais Leves Novos / por Região Geográfica 7,0 6,0 5,0 4,0

4,6 3,9

3,7

3,7 3,2

3,0

2,4

2,0 1,0 0,0 Fonte: Denatran

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

Região Sul

Brasil

No caso de comerciais leves, a proporção entre usados e novos é de 3,7 usados para cada novo. A exemplo dos automóveis, a região sul é a que apresenta a maior proporção relativa de usados.

Percentual do Volume de Usados Negociados por Idade 80,00%

36,10%

Até 6 anos

Até 8 anos

Até 9 Até 10 anos anos

7,29%

30,68%

Até 5 anos

9,33%

Até 4 anos

7,76%

Até 3 anos

5,42%

5,39% 15,67%

1,14% 1,14%

10,00%

7,76%

5,11% 10,27%

Até 2 anos

20,00%

7,26%

4,02% 5,17%

30,00%

22,92%

40,00%

43,87%

60,00% 50,00%

60,48%

Acumulado 53,19%

Idade

70,00%

0,00% Fonte: Denatran

Até 1 ano

Até 7 anos

Os maiores volumes de venda de comerciais leves estão entre veículos de 3 a 9 anos de uso.

ANUÁRIO FENABRAVE

31


Usados Comerciais Leves

Volume de Negociação de Comerciais Leves Usados por Região Geográfica e por Ano de Fabricação 125.000

2001

2002

2003

2004

2005

-

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

11.302

25.000

9.051 6.974 7.314 5.864 2.206 10.211 8.148 7.366 5.339 1.695 4.346 3.775 2.993 2.470 963

50.000

32.878 23.854 22.887 18.261 4.552 15.210 10.532 9.893 7.811 1.886

75.000

71.696 53.283 50.453 39.745

100.000

Região Sul Total geral

Considerando veículos com até 5 anos de idade, nota-se maior concentração de negociação nos veículos com 5 anos de uso.

ANUÁRIO FENABRAVE

32


Caminhões Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 10.000

2002

´

2003

2004

2005

Fonte: Denatran

66.126

62.296 58.6531

5.864 5.429

5.932

5.636

6.392 6.466

5.550 5.312

4.590

5.343

6.021 5.317

4.670

5.317

5.660 5.765

5.337 4.897

5.099 4.874

5.086 4.165

4.879

0

4.821

4.000

2.000

82.322

7.888

6.163

6.733

7.018

7.169 5.837

6.445

6.636

6.809

7.163

7.327

7.076

7.093

6.893

6.756

6.857

6.868

7.298

7.216

7.186 5.377

5.500

5.765

6.211

6.000

78.962

Acumulado

8.000

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Contrariando a tendência de crescimento, verificada entre 2003 e 2004, o segmento de caminhões apresentou retração de 4,08% em 2005.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 14,00%

2002

12,00%

2003

2004

2005 9,58% 8,53% 8,87% 8,71%

8,52%

9,67%

8,53% 7,81%

8,71% 7,39% 9,52%

8,53%

7,37%

8,54%

7,50%

9,25%

7,86%

7,82%

6,69%

0,00% Fonte: Denatran

7,83%

2,00%

10,38%

8,39%

8,70% 8,16%

8,90% 8,40% 8,08%

9,11%

8,60% 8,62%

8,37% 8,98% 8,04%

8,34% 8,56% 8,56%

8,07%

8,73% 9,14% 7,71%

7,69%

4,00%

7,29%

6,00%

6,53% 7,30%

6,68% 7,87%

8,00%

8,33% 9,24%

10,00%

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Os primeiros meses do ano apresentaram fraco desempenho para o setor de caminhões, sugerindo a existência de uma sazonalidade. A recuperação, aguardada para o segundo semestre, não se confirmou, mantendo a queda das vendas do setor.

ANUÁRIO FENABRAVE

33


Caminhões Estoque 2005 10.000

Emplacamento

9.000

Estoque

Atacado

8.000 6.211 5.184 6.212 5.765 6.063 7.090 7.216 6.269 7.420 7.298 6.214 7.238 6.756 6.901 7.439 7.093 7.128 7.318 6.809 6.416 6.094 6.636 6.842 7.054 6.445 7.147 6.742 5.837 7.209 5.849 6.163 6.985 5.936 6.733 6.582 6.316

7.000 6.000 5.000 4.000 3.000 2.000 1.000

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

Fonte: Denatran

mar/05

jan/05

fev/05

-

Em 2005 ocorreu um maior equilíbrio entre emplacamentos e atacado no decorrer do ano. Já os níveis de estoque mantiveram o mesmo patamar após o mês de fevereiro.

(*)Dias de Vendas – 2003 x 2004 x 2005 30 25

2003

2004

25

24

20 15

2005

22

21 17 15

18 16 15

17 1515

16 15

23

23

22

20

19 17 16

25

16

16 15 1212

10

1313

16 1414

14

15 14

8

5 0 Fonte: Denatran

jan

fev mar abr mai jun

jul

ago set

out nov dez

O número de dias de venda necessário para o escoamento dos caminhões esteve acima dos outros anos, em 2005, à exceção de janeiro, o que demonstra a queda dos emplacamentos em 2005.

(*) Dias de Vendas – Explicação pág. 09 ANUÁRIO FENABRAVE

34


Caminhões Série Histórica dos Emplacamentos Mês a Mês – 1997 a 2005 9.000

´ Média Movel

Caminhões

8.000 7.000 6.000 5.000 4.000 3.000 2.000 1.000

jul/05

jan/05

jul/04

jan/04

jul/03

jan/03

jul/02

jan/02

jul/01

jan/01

jul/00

jan/00

jul/99

jan/99

jul/98

jan/98

jul/97

jan/97

Fonte: Denatran

Revertendo a tendência de crescimento, ocorrida a partir de 2001, o segmento de caminhões apresentou desaceleração em 2005, causando diminuição dos emplacamentos.

ANUÁRIO FENABRAVE

35


Caminhões Desempenho mês a Mês por Marca M.BENZ ACUMULADO - 24.523 % Participação em 2005 - 31,06%

5.000

4.000

36,77% 33,96% 32,48% 31,16% 30,18%

32,17%

30,86% 29,83% 28,79% 26,68% 31,34%

3.000

50,00%

40,00%

30,00%

28,95%

2.000

2.223 2.227 1.971 1.947 2.015

1.998

2.440 2.189

20,00%

2.002 2.032 1.819

1.660

Volume % Participação

1.000

10,00%

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

Fonte: Denatran

fev/05

0,00% jan/05

-

VW ACUMULADO - 23.252 % Participação em 2005 - 29,45%

5.000

50,00%

4.000

40,00% 33,26% 31,13%

31,81%

3.000

29,86% 28,07%

31,19%

28,64%

28,39%

2.000

2.246 1.976

30,00%

28,95%

28,20% 24,98%

1.991

2.427

28,62%

1.949

20,00%

1.646 2.033

1.918

1.798

1.658

1.846

1.764

Volume % Participação

1.000

10,00%

21,07%

20,37%

20,01%

19,98%

3.000

20,09%

14,00% 1.370 1.128

1.000

1.443

1.322 1.460

1.445

1.152

1.391

1.238 1.391

1.398

7,00%

1.170

Volume % Participação

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,00% jan/05

-

36

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

21,00%

2.000

Fonte: Denatran

jun/05

20,66%

20,04%

19,57%

18,99%

18,16%

28,00%

21,58%

21,19%

mai/05

FORD ACUMULADO - 15.908 % Participação em 2005 - 20,15%

4.000

abr/05

jan/05

Fonte: Denatran

mar/05

0,00% fev/05

-


VOLVO ACUMULADO - 6.184 % Participação em 2005 - 7,83%

2.000

16,00%

1.500

12,00%

1.000

7,44%

7,00%

9,22%

8,91% 9,01%

8,38%

9,77%

7,43%

7,16%

6,91%

5,43% 537

500

435

628

527 650

8,00%

7,38% 570

475

455 465

609

4,00%

483

Volume % Participação

350

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

Fonte: Denatran

fev/05

0,00% jan/05

-

SCANIA ACUMULADO - 5,275 % Participação em 2005 - 6,68%

1.200

12,00%

9,21% 8,16% 6,83%

6,57%

600

6,21% 622

493 408

6,12% 6,02%

5,93%

6,95%

6,92%

6,00%

5,04% 5,82%

579

507 423

399

386

382

Volume % Participação

377

405

294

IVECO ACUMULADO - 3.106 % Participação em 2005 - 3,93%

750

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

Fonte: Denatran

fev/05

0,00% jan/05

-

7,50% 5,99%

4,73%

500 4,01%

250

3,91% 3,94% 3,45% 3,37%

3,35%

3,26%

231

3,38% 3,44%

268

246 208

5,00% 4,58% 403

277

249

276 228

220

2,50%

282

218

Volume % Participação

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,00% jan/05

Fonte: Denatran

A MERCEDES BENZ liderou os emplacamentos durante 2005, com exceção dos meses de fevereiro, março, abril e julho, quando a Volkswagem esteve à frente nas vendas do segmento de caminhões. A Mercedes Benz encerrou o ano com 31,06% de participação de mercado, seguida pela Volkswagem com 29,45%.

ANUÁRIO FENABRAVE

37


Frota Circulante – Caminhões 18,5

18,0

18,0 Anos

18,3 Anos

3.000.000

17,6 Anos

17,7 Anos 2.500.000

17,5

17,0

1.911.844

2.000.000

16,5

15,8 Anos

16,0

1.500.000

15,2 Anos

15,5

883.717

1.000.000

15,0

14,5

516.030 500.000

250.959

14,0

82.942

178.196

13,5

Fonte: Denatran

-

Sul

Sudeste

Norte

Nordeste

Centro Oeste

Brasil

Com idade média de 17,7 anos, a frota de caminhões concentra-se, principalmente, nas regiões sul e sudeste.

ANUÁRIO FENABRAVE

38


Usados Caminhões Proporção entre Vendas de Caminhões Usados e Emplacamentos de Caminhões Novos / por Região Geográfica 6,0 5,0

5,0

4,9 4,3

4,0

4,3

3,6

3,0

2,5

2,0 1,0 0,0 Região CentroOeste

Fonte: Denatran

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

Região Sul

Brasil

A proporção de caminhões negociados, na média, é de 4,3 usados para cada novo. A exceção fica por conta da região centro-oeste, onde o volume de usados negociados é de 5 para cada.

Usados Caminhões

Percentual do Volume de Usados Negociados por Idade

Até 7 anos

Até 8 anos

Até 9 anos

2,39%

3,72%

Até 6 anos

3,69%

4,56%

Até 5 anos

3,62%

13,54%

8,50% 3,76%

4,74%

2,56%

2,18%

1,58%

0,60%

5,00%

0,60%

10,00%

5,04%

20,00% 15,00%

18,10%

25,00%

21,72%

30,00%

29,14%

Acumulado 25,41%

Idade

35,00%

31,53%

40,00%

0,00% Fonte: Denatran

Até 1 ano

Até 2 anos

Até 3 anos

Até 4 anos

Até 10 anos

Os modelos com mais de 10 anos de uso correspondem a 38,47% do volume total negociado.

ANUÁRIO FENABRAVE

39


Usados Volume de Negociação de Caminhões Usados por Região Geográfica e por Ano de Fabricação 2001

2002

2003

2004

2005

-

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

5.427 2.060

5.000

2.319 1.465 1.077 813 621 2.573 2.435 1.660 1.142 419 1.043 748 529 282 90

10.000

7.064 5.268 3.379 1.915 633 4.290 2.962 2.115 1.275 297

15.000

8.760

12.878

20.000

17.289

25.000

Região Sul Total geral

Entre veículos com até 5 anos de idade, há maior concentração de negociação nos veículos com 5 anos de uso.

ANUÁRIO FENABRAVE

40


Ônibus Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 2.500

2002

2003

´ 2004

2005 Acumulado

Fonte: Denatran

17.534

16.681

15.217

16.000

16.681

15.997

1.846 1.570 1.351

1.361

1.390

1.558

1.405 1.379

1.306 1.244 1.344

1.488

1.396

1.407

1.435

1.279 1.084

1.232

1.373 1.326 1.548

1.418

1.342

1.350

1.637

1.091

1.158 1.470

1.653

1.200

1.394 1.528

1.436

1.453

1.277 1.173 701

1.002 1.047

0

1.037

500

889

888

1.000

1.492 1.481

1.500

1.557

1.749

1.822

1.865

2.000

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

No segmento de ônibus, o ano de 2005 registrou queda de 13,21% frente a 2004, quando o setor cresceu 9,59%, revertendo a queda registrada entre 2002 e 2003.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 14,00%

2002

2003

2004

2005 10,53% 10,32% 9,74% 8,10%

8,16%

8,69%

7,45% 8,18% 8,06%

8,97%

7,29% 7,12% 8,73% 8,92%

8,01% 9,06%

10,23% 7,03% 8,79% 8,61%

9,28%

10,23%

7,83% 8,71%

8,51% 9,73% 8,50%

8,44%

7,17% 8,39% 8,81%

7,50% 9,91%

8,71% 9,16%

6,28%

6,22%

0,00%

Fonte: Denatran

5,56%

4,00%

6,26%

5,06% 4,61%

6,00%

7,61%

7,28% 7,71%

8,00%

9,97%

10,39% 9,55%

10,00%

2,00%

10,64%

12,00%

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Em 2005, a curva evolutiva manteve-se nos mesmos patamares dos anos anteriores para o setor de ônibus.

ANUÁRIO FENABRAVE

41


Ônibus Estoque 2005 3.000

Emplacamento

Estoque

Atacado

2.500

1.570

1.602 1.168

2.004 1.107 1.379

1.244

1.084

2.276 1.098

2.405 1.218

2.265 1.542 1.557

1.326

2.271 1.293

2.301 1.488 1.481

2.293 1.485 1.091

1.158

1.552 1.453

1.173

701 706

500

1.340

1.105

1.000

1.335

1.500

1.898 1.501

1.664

2.000

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

Fonte: Denatran

mar/05

jan/05

fev/05

-

Os níveis de estoque alcançaram seu ápice em setembro, passando a registrar queda a partir de outubro.

(*)Dias de Vendas – 2003 x 2004 x 2005 60

2003

2004

2005

50 47 44

40 34

30

33

37

36

34

34 29

26

20

24

20

24

22

21 16

16

10 11

25

10

9

13 13 12 10 10 10

14 11

8

19 16

15 11 10 4

0 Fonte: Denatran

jan

fev mar abr mai jun

jul

ago set

out nov dez

Com exceção do mês de janeiro os dias de estoque frente a 2003 e 2004 foram mais altos, chegando a um crescimento de 340% em alguns casos.

(*) Dias de Vendas – Explicação pág. 09

ANUÁRIO FENABRAVE

42


Ônibus Série Histórica dos Emplacamentos Mês a Mês – 1997 a 2005

Ônibus

2.000

Média Movel ´

1.800 1.600 1.400 1.200 1.000 800 600 400 200

jul/05

jan/05

jul/04

jan/04

jul/03

jan/03

jul/02

jan/02

jul/01

jan/01

jul/00

jan/00

jul/99

jan/99

jul/98

jan/98

jul/97

jan/97

Fonte: Denatran

Em 2005 foram registrados dois picos de emplacamentos, sendo um no fechamento do primeiro semestre e outro ao final do segundo.

ANUÁRIO FENABRAVE

43


ÔNIBUS Desempenho mês a Mês por Marca M.BENZ ACUMULADO - 7.612 % Participação em 2005 - 50,02%

2.000

80,00%

58,16%

1.500

59,03% 50,45% 48,68%

56,22% 43,99%

51,02%

49,20%

47,30%

1.000

40,00%

40,53%

845 721

36,66% 651

500

60,00%

53,41%

801

669 579

516

612

814

631

516

20,00%

Volume % Participação

257

dez/05

VW ACUMULADO - 3.437 % Participação em 2005 - 22,59%

1.000

800

32,00% 26,88%

26,87%

25,39%

22,67%

18,82%

327 262

398

267

400

17,55%

17,87% 16,04% 14,15% 13,56% 13,90% 11,34%

300 200

166

100

157

123

375 12,04% 10,08%

10,00% 164

168

5,00%

139

Volume % Participação

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

jan/05

0,00%

44

dez/05

jul/05

mai/05

abr/05

mar/05

15,00%

189

Fonte: Denatran

fev/05

jan/05

20,00%

17,20% 15,13%

214 175

0,00%

25,00%

237 202

204

30,00%

24,08%

500

jun/05

Volume % Participação

-

MARCOPOLO ACUMULADO - 2.309 % Participação em 2005 - 15,17%

233

8,00%

235 178

out/05

200

16,00%

16,90% 253

353

305

600

422

20,14%

20,29%

400

24,00%

20,34%

24,01%

nov/05

20,99%

set/05

600

Fonte: Denatran

40,00%

27,88%

ago/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

abr/05

mar/05

jan/05

Fonte: Denatran

mai/05

0,00% fev/05

-


SCANIA ACUMULADO - 912 % Participação em 2005 - 5,99%

150

131

15,00%

126

120

12,00% 99 93

8,85% 102

90

9,00%

8,09% 70

66 7,69%

5,42% 59

60

38

7,48% 7,18%

47

43

5,03%

30

4,46%

4,31%

38

6,00%

6,09%

3,00%

3,71%

Volume % Participação

2,62%

80

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

Fonte: Denatran

fev/05

0,00%

jan/05

-

AGRALE ACUMULADO - 450 % Participação em 2004 - 2,57%

72

Volume % Participação

10,27%

60

12,00%

9,00%

56 49

40 31 4,77%

35

34 4,49%

18

28

27 20

20

3,14%

18

2,81%

2,68% 1,24%

6,00%

35

1,78%

3,00%

2,54%

1,73% 1,35% 1,36%

70

IVECO ACUMULADO - 263 % Participação em 2005 - 1,73%

3,99%

3,50% 2,81%

50

3,00%

2,68% 2,30%

2,06%

40

2,50%

1,83% 1,86%

28

2,00%

30

34

31

29

20 17

Volume % Participação

12

15

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,36% 5

-

jan/05

1,50% 0,57%

20

10

1,21% 1,11%

1,00% 0,50%

9

0,00%

dez/05

33

nov/05

30

1,28%

A Mercedes Benz liderou o segmento durante todo o ano de 2005.

ANUÁRIO FENABRAVE

45

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

4,00%

60

Fonte: Denatran

abr/05

jan/05

Fonte: Denatran

mar/05

0,00%

fev/05

-


Frota Circulante – Ônibus 18,0

16,4 Anos

16,0

600.000

15,3 Anos

13,8 Anos

14,0

12,2 Anos

13,6 Anos

12,0

14,3 Anos

500.000

377.559

400.000

10,0 300.000 8,0

199.349 200.000

6,0

4,0

71.239

100.000

60.402

2,0

28.990

17.579 -

-

Sul

Sudeste

Norte

Nordeste

Centro Oeste

Brasil

Fonte: Denatran

A idade média dos ônibus no país é de 14,3 anos. A exemplo dos outros segmentos, a maior concentração de ônibus está na região sudeste1.

ANUÁRIO FENABRAVE

46


Usados Ônibus Proporção entre Vendas de Ônibus Usados e Emplacamentos de Ônibus Novos / por Região Geográfica 6,0 5,1 5,0 4,1 4,0 3,2

3,1 3,0

2,5

2,3

2,0 1,0 0,0 Fonte: Denatran

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

Região Sul

Brasil

A proporção de ônibus negociados, na média, é de 3,2 usados para cada novo. A região Sul é a que apresenta maior proporção 5,1 ônibus usados por ônibus novos.

Usados Ônibus 34,19%

Percentual do Volume de Usados Negociados por Idade 40,00%

Até 6 anos

Até 7 anos

Até 8 anos

Até 9 anos

4,35%

5,62%

Até 5 anos

3,41%

4,99%

Até 4 anos

3,25%

4,91% 9,98%

1,64% 2,06%

5,00%

0,42% 0,42%

10,00%

3,02% 5,07%

15,00%

2,58%

20,60%

14,97%

25,00% 20,00%

23,18%

30,00%

29,84%

Acumulado 26,43%

Idade

35,00%

0,00% Fonte: Denatran

Até 1 ano

Até 2 anos

Até 3 anos

Até 10 anos

As vendas de ônibus usados estão concentradas em modelos com mais de 10 anos de idade.

ANUÁRIO FENABRAVE

47


Usados Volume de Negociação de Ônibus Usados por Região Geográfica e por Ano de Fabricação

2001

2002

2003

2004

2005

Região Norte

932

607 Região Sudeste

239

Região Nordeste

376 201 60 51 26

Região CentroOeste

31

Fonte: Denatran

162 103 30 47 55

1.000

548 332 253 179 54 188 135 94 48 73

2.000

1.718

1.571 2.024 1.281

3.000

2.845 2.795

4.000

Região Sul

Total geral

Quando considerados veículos com até 5 anos de idade, nota-se maior concentração de negociação nos veículos com 5 anos de uso.

ANUÁRIO FENABRAVE

48


Motocicletas Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 Acumulado

´

2002

2003

2004

2005

1.027.239

140.000

762.510

896.738

94.646

94.888

77.539

68.836

76.318

77.883

72.042 80.569

72.877 85.823

91.380

69.842

73.948 65.867

63.664

73.924

71.853

76.581 81.601

89.864

86.289 72.798 70.407

68.306

66.324

40.000

69.847

60.000

69.946 59.923 66.227

68.335 73.302

80.000

73.515 81.427

82.337 84.137

100.000

763.488 840.820

111.732

120.000

Jan

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

67.455

61.004

69.005

61.355

64.142

62.984

55.219

71.565

71.299

65.584

53.316

0 Fonte: Denatran

59.582

20.000

Nov

Dez

O segmento de duas rodas teve seu maior nível de desempenho em 2005, superando 2004 em 14,55%. Em 2004 o crescimento foi de 6,65%.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 14,00%

2002

2003

2004

2005 10,55% 10,88%

12,00%

9,22%

8,69% 9,24% 8,19%

8,03% 7,84% 9,08%

8,31%

8,13% 8,35%

8,25% 8,90% 7,83%

8,79%

8,54% 7,94%

8,01% 8,75% 7,57%

8,12% 8,40% 8,37%

8,12%

7,89%

8,32%

4,00%

8,31%

6,00%

6,68% 6,45%

7,62% 7,14%

8,00%

8,20% 7,93%

9,18% 8,19%

10,00%

Jan

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

8,85%

8,00%

9,05%

8,05%

8,41%

8,26%

7,24%

9,39%

9,35%

8,60%

6,99%

0,00% Fonte: Denatran

7,81%

2,00%

Dez

No segmento de motos, os primeiros dois meses do ano não são tradicionalmente meses favoráveis de emplacamentos. A evolução se dá a partir de março, mantendo sua estabilidade até novembro, quando retoma o crescimento.

ANUÁRIO FENABRAVE

49


Motocicletas Série Histórica dos Emplacamentos Mês a Mês – 1997 a 2005

Notamos o constante crescimento do setor a partir de 2000.

ANUÁRIO FENABRAVE

50

jul/05

jan/05

jul/04

jan/04

jul/03

jan/03

jan/02

jul/01

jan/01

jul/00

jan/00

jul/99

jan/99

jul/98

jan/98

jul/97

jan/97

Fonte: Denatran

´ Média Movel

Motocicleta

jul/02

120.000 110.000 100.000 90.000 80.000 70.000 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000 -


MOTOCICLETAS Desempenho mês a Mês por Marca 160.000

120,00%

HONDA ACUMULADO - 824.945 % Participação em 2005 - 80,31%

120.000

82,09%

81,46% 81,54%

82,00%

80,15%

80.000

80,75%

80,44%

70.759

67.432 59.774

79,48%

87.237 60,00%

75.250 64.463

72.814

53.948

40.000

90,00%

79,30%

68.215

65.643

72.564

66.846

80,01% 78,08%

79,68%

30,00%

Volume % Participação dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

Fonte: Denatran

fev/05

0,00%

jan/05

-

YAMAHA ACUMULADO - 139.174 % Participação em 2005 - 13,55%

25.000

20.000

15.000

10.000

14,89%

20,00%

16,00%

14,75%

13,30% 13,61% 13,41% 12,91% 12,89% 14,10% 13,91% 13,46% 12,94% 12,00% 12,79% 12.408 14.865 11.683 10.945 11.141 12.710 12.230 12.099 8,00% 10.916 10.533 10.308 9.336

5.000

4,00%

Volume % Participação

SUZUKI ACUMULADO - 28.869 % Participação em 2005 - 2,81%

6.000

6,00%

4.392

4.000

3,52% 3,31% 3,36% 3,00% 3,93% 3,01% 2,78% 3.343 2,28% 2,27% 2.755 2.840 2.708 2,05% 2,08% 2.496 2.445

2.000

1,31%

2,00%

1.969

1.912 1.690

1.358

Volume % Participação

961

ANUÁRIO FENABRAVE

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,00% jan/05

Fonte: Denatran

4,00%

51

dez/05

nov/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

Fonte: Denatran

fev/05

0,00%

jan/05

-


5.000

5,00%

SUNDOWN ACUMULADO - 27.563 % Participação em 2005 - 2,68%

4.314

4.000

4,00%

3,57% 3,86%

3.000

2.000

1.000

3,05% 2,85% 3.389 2,59% 2,30% 2,34% 2,46% 2,37% 2,31% 2.446 2.460 1,94% 2.368 1,82% 2.100 1.994 2.004 1.993 1.876 1.331 1.288

3,00%

2,00%

1,00%

Volume % Participação dez/05

nov/05

KASINSKI ACUMULADO - 1.740 % Participação em 2005 - 0,17%

400

300

0,26% 0,19% 0,19%

200 0,11% 0,11%

Volume % Participação

0,19%

180

0,15% 0,14%

0,14% 129 81

135

150

dez/05

nov/05

out/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

0,10%

91

0,05%

dez/05

nov/05

out/05

0,00% set/05

mai/05

abr/05

mar/05

fev/05

ago/05

Volume % Participação jan/05

0,20% 0,15%

155

129

121

Fonte: Denatran

0,19% 0,16% 0,20%

0,25%

0,15%

150

jul/05

60

152

jun/05

120

0,11%

229

0,18% 218

0,15%

0,00% set/05

57

0,30%

0,24%

240

0,20%

173 158

jul/05

60

jan/05

H.DAVIDSON ACUMULADO - 1.177 % Participação em 2005 - 0,11%

300

239

96

Fonte: Denatran

221

0,30%

0,10% 87

68

326

0,09% 0,07%

jun/05

100

0,09%

0,40%

0,27% 0,25% 0,29% 0,28%

239 238

ago/05

out/05

set/05

ago/05

jul/05

jun/05

mai/05

abr/05

mar/05

jan/05

Fonte: Denatran

0,00% fev/05

-

Manteve-se em 2005 a hegemonia da Honda. A Yamaha manteve, durante o ano, participação equilibrada. Entre os destaques, a Suzuki e a Sundown que, durante o ano, aumentaram consideravelmente suas participações de mercado.

ANUÁRIO FENABRAVE

52


Frota Circulante – Motocicletas 12.000.000

10,0

9,0

8,6 Anos

8,7 Anos 7,8 Anos

8,0

7,0

5,5 Anos

6,0

6,2 Anos

6,9 Anos

10.000.000

8.085.842 8.000.000

5,0

6.000.000

4,0 4.000.000

3.456.575

3,0

2,0

1.606.458

1.597.229 1,0

2.000.000

852.706

572.874

-

Fonte: Denatran

-

Sul

Sudeste

Norte

Nordeste

Centro Oeste

Brasil

A idade média de motocicletas é de 7,8 anos.

ANUÁRIO FENABRAVE

53


Usados MOTOCICLETAS Proporção entre Vendas de Motocicletas Usadas e Emplacamentos de Motocicletas Novas / por Região Geográfica 2,0

1,5 1,5

1,4

1,3 1,0

1,0

1,3

0,9

0,5

0,0 Fonte: Denatran

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

Região Sul

Brasil

A proporção de motocicletas negociadas, na média, é de 1,3 usadas para cada nova.

Usados MOTOCICLETAS

69,38% Até 7 anos

Até 8 anos

Até 9 anos

3,40%

Até 4 anos

5,53%

Até 3 anos

6,37%

10,00%

15,07%

20,00%

2,30% 2,30%

30,00%

8,98% 11,29%

40,00%

13,44% 24,73%

50,00%

13,16%

39,80%

60,00%

6,57%

70,00%

9,85%

52,96%

80,00%

75,75%

Acumulado 62,81%

Idade

90,00%

81,27%

100,00%

84,67%

Percentual do Volume de Usados Negociados por Idade

0,00% Fonte: Denatran

Até 1 ano

Até 2 anos

Até 5 anos

Até 6 anos

Até 10 anos

As vendas de motocicletas usadas concentram-se em modelos de 5 anos.

ANUÁRIO FENABRAVE

54


Usados Volume de Negociação de Motocicletas Usadas por Região Geográfica e por Ano de Fabricação 2003

2004

2005

200.000

100.000 50.000

22.563 25.718 23.042 15.794 6.201 37.556 45.478 38.135 23.524 5.299 14.689 15.466 14.154 8.409 3.701 77.696 86.965 76.282 55.225 11.968 39.092 45.821 44.058 27.855 6.348

150.000

130.807

2002

33.517

2001 250.000

191.596 219.448 195.671

300.000

Fonte: Denatran

Região CentroOeste

Região Nordeste

Região Norte

Região Sudeste

Região Sul

Total geral

Quando considerados motocicletas com até 5 anos de idade, nota-se maior concentração de negociação nas motocicletas com 4 anos de uso.

ANUÁRIO FENABRAVE

55


Máquinas Agrícolas Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 6.000

´

2003

2004

2005

Acumulado

39.541

20.171

2.313

1.203 2.361

2.900

3.000 1.384 894

2.099

36.867

3.574 3.335

4.502

1.731

4.619

1.686

3.878

3.552 2.101

3.875

1.608

3.704

3.927

3.150

3.338 3.648

3.208 3.868

1.850

3.671

3.079

1.612

3.243

1.912

2.033

3.163

3.213

2.289 1.832

2.807

2.326

2.411 1.709

2.550

1.000

2.104 1.222

2.000

3.195

3.000

3.278

4.000

3.787

4.251

5.000

36.366

2002

Fonte: Denatran

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Para o segmento de máquinas agrícolas, o ano de 2005 foi o pior do período analisado, apresentando queda de 44,53%.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 14,00%

2002

2003

2004

2005

Fev

Mar

Mai

Jun

Jul

Ago

9,83%

10,41%

Nov

8,14% 3,81% 4,43%

6,27%

Out

7,32%

11,37%

11,67%

Set

5,96%

5,77% 5,96%

8,36% 9,05%

10,52%

8,58%

9,77% 10,42% 9,79%

8,54%

9,18% 7,97% 9,36%

9,90%

8,82% 9,17% 10,49% 9,92%

9,96%

9,01% 7,99%

9,48%

Abr

7,78%

8,80% 7,99%

8,72%

6,29% 6,31%

Jan

7,09%

0,00% Fonte: Denatran

5,31% 3,31%

2,00%

9,08%

8,47%

4,00%

6,44%

6,00%

6,63%

8,00%

8,79% 10,08%

10,00%

11,69%

12,00%

Dez

Na comparação mês a mês, os meses de março e agosto foram os melhores de 2005.

ANUÁRIO FENABRAVE

56


Máquinas Agrícolas Série Histórica das Vendas Mês a Mês – 1997 a 2004 6.000

Máquinas Agrícolas

Média Movel ´

5.000

4.000

3.000

2.000

1.000

jul/05

jan/05

jul/04

jan/04

jul/03

jan/03

jul/02

jan/02

jul/01

jan/01

jul/00

jan/00

jul/99

jan/99

jul/98

jan/98

jul/97

jan/97

Fonte: Denatran

Em 2005, houve queda acentuada nas vendas do segmento.

ANUÁRIO FENABRAVE

57


Implementos Rodoviários Evolução dos Emplacamentos Mensais – 2002, 2003, 2004 e 2005 8.000

2005

Jan

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

53.965

Nov

Dez

Depois de um crescimento de 19,01% de 2004 frente a 2003, o segmento teve uma retração da ordem de 10,04% em 2005.

Representação Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004 e 2005 12,00%

2002

2003

2004

2005 8,88% 8,08%

7,52% 7,67%

7,86% 7,69%

8,57% 8,19%

8,62% 8,40%

9,18% 8,10%

8,34% 8,95%

8,18% 8,40%

8,48% 8,44%

7,69% 8,53%

7,61% 8,37%

8,00%

9,07% 9,19%

10,00%

9,34%

8,58%

9,47%

8,17%

8,21%

9,45%

7,75%

7,24%

8,40%

7,38%

7,63%

4,00%

8,37%

6,00%

Jan

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

8,66%

8,14%

9,57%

8,41%

8,28%

8,81%

6,72%

7,51%

9,53%

8,65%

7,82%

0,00% Fonte: Denatran

7,89%

2,00%

Dez

Existe um equilíbrio considerável entre os meses, notando-se, apenas, os meses de março e junho com uma participação maior que a média dos demais.

ANUÁRIO FENABRAVE

58

62.235

58.128

5.432

4.395

Out

69.181

6.142 5.028

5.199 4.774 4.989

5.506

Set

4.675

5.096

Ago

5.164

4.538

4.470

4.749

4.773

5.493 4.755

4.503 3.625

4.054

4.209

4.885 5.142

4.292 4.666

4.863 4.222

4.259

0 Fonte: Denatran

4.434

4.000

2.000

Acumulado

5.438 4.784

5.926

5.965 5.225

6.351

2004

5.038

5.658 5.228

5.866 5.254

5.265 5.212

5.321 5.308

6.278 5.717

6.000

2003

5.772 5.571

2002


Crescimento do PIB por setores 2003-2005 (% - Preços básicos)

Setores

2003

2004

2005

2006

Indústria

0,1

6,2

2,5

3,9

Agropecuária

4,5

5,3

0,8

3,5

Serviços

0,6

3,3

2,0

2,5

PIB Total

0,5

4,9

2,3

3,3

Fonte: IBGE Projeções: MB Associados 10/2/2006 O PIB em 2006 deve crescer cerca de 3,3%, fruto de uma política monetário menos rígida, de uma expansão da renda real e do crédito e de certa melhora na agropecuária. Não repetiremos o resultado obtido em 2004 pois, além dos juros elevados, o setor externo tem contribuído cada vez menos para o crescimento da economia, por conta do câmbio apreciado. Do lado da demanda, é importante salientar o fraco crescimento dos investimentos em 2005 (1,6%) e a perspectiva que haja melhora desse indicador em 2006. Esse cenário é dependente de um contexto internacional benigno e de uma conjuntura política interna sob controle. Uma piora nesse dois ambientes poderia prejudicar o comportamento da economia.

ANUÁRIO FENABRAVE

59


Massa Real de Rendimentos do trabalhadores (habitualmente recebidos) (crescimento acumulado em 12 meses em %) 8

Ocupados

6

Rendimento médio real

4

Massa real

5.5

2.8 2.7

2 0

fev/06

-2 -4 -6 -8 Ocupados Rendimento Massa

-10 -12

Dez/05 3.0 2.0 5.0

Dez/06 2.8 2.7 5.5

-14 Apr-04

Aug-04

Dec-04

Apr-05

Aug-05

Dec-05

Apr-06

Aug-06

Dec-06

Fonte: IBGE. Elaboração e projeção: MB Associados

A massa real de renda deve crescer cerca de 5,5% em 2005 com expansão de 2,8% no nível de ocupados e de 2,7% do rendimento médio real. É importante notar que cerca de 60% do aumento da renda média real deverá ser por conta do aumento do salário mínimo de R$ 300 para R$ 350. Isso implica consumo mais elevado das classes de renda mais baixas.

ANUÁRIO FENABRAVE

60


Nível de Ocupação Pessoal Ocupado na Indústria 104

Ocupação Total 117 115

Pessoal Ocupado na Indústria

103

113

Ocupados - Total PME 102

111 109

101 107 105

100

103 99 Fev/06

99

98 Nov-01

101

May-02

Nov-02

May-03

Nov-03

May-04

Nov-04

May-05

Nov-05

Fonte: IBGE (PME). Elaboração: MB Associados.

O nível de ocupação cresceu menos em 2005 do que em 2004 mas a perspectiva ainda é positiva para 2006. A situação na indústria aparenta uma certa piora, já que as exportações não devem contribuir como antes e o crescimento da indústria ficará aquém de 2004.

ANUÁRIO FENABRAVE

61


Rentabilidade da Indústria Automobilística 100

90

80

70

60 jan/95

jan/96

jan/97

jan/98

jan/99

jan/00

jan/01

jan/02

jan/03

jan/04

jan/05

Fonte: FGV; elaboração e metodologia MB Associados

ANUÁRIO FENABRAVE

62

jan/06


Margem bruta de comercialização (Jan 1999 = 100) 100

90

- 5,9%

80

- 16,6% 70

- 5,8%

- 1,0%

60 jan/00

jan/01

jan/02

jan/03

jan/04

jan/05

jan/06

Fonte: FGV * Índice de preço de veículos no varejo/índice de preço no atacado

ANUÁRIO FENABRAVE

63


Setor da Distribuição: Considerando as expectativas positivas para a Economia Brasileira, em um cenário de recomposição, mesmo que parcial da massa salarial com conseqüente expansão do crédito, a projeção para as vendas no mercado interno de todos os produtos da cadeia automobilística é de um crescimento de 9,7% em relação a 2005, distribuídos como descrevemos a seguir:

I.

Automóveis e Comerciais Leves.

As vendes de automóveis e comerciais leves em 2005 foram bastante elevadas em comparação ao mesmo período do ano anterior, tendo crescido 9,6%. Estimamos uma pequena desaceleração para o fechamento do ano, levando a um crescimento de 9,5% em 2006. O setor ainda se beneficia do avanço do crédito e da evolução da massa real de salários, mas esses efeitos tem um fôlego menor devido ao comprometimento das famílias com os créditos já realizados e ao crescimento da massa real em patamares insuficientes para um crescimento mais robusto, principalmente de veículos mais sofisticados. A expansão da renda das classes mais baixas e o aumento dos prazos deve estimular as vendas de carros populares.

II.

Ônibus

Nossas estimativas são de uma elevação de 1,5%, em 2006, para esse segmento, um número que significa relativo estancamento das perdas no setor em 2005 (queda de 14,7%). Passado o efeito das eleições municipais, as compras de ônibus caíram sensivelmente em 2005. Junta-se a isso a crescente concorrência do transporte aéreo e o resultado foi o segundo pior ano para o setor desde 1997. Para 2006, a recuperação se dará pela renovação da frota de algumas cidades e pela tentativa do setor de transportes interestaduais de fazer frente ao transporte aéreo.

III.

Caminhões

Sem a agricultura para ajudar o setor e sem um crescimento econômico mais vigoroso em 2005, o setor de caminhões teve uma queda de 4,1%, após ter crescido 24% em 2004. O novo programa do BNDES em apoio ao setor, o BNDES Caminhões, substituiu o infrutífero Modercarga com taxa de juros menores, maior limite para financiamento e prazo maior para pagamento. O programa, entretanto, não foi suficiente para estancar as perdas do setor, que sofreu com um ano ruim na agricultura e na indústria Espera-se que o setor volte a um ritmo melhor em 2006, com expansão de 1,1%, mas que ainda sofrerá com os magros resultados do setor agropecuário.

IV.

Tratores e Máquinas Agrícolas

Este foi o setor mais prejudicado no ano, com queda de 43,9% em 2005. A quebra da safra agrícola no sul do país no primeiro semestre desestabilizou o setor, e o início das colheitas no segundo semestre não foi suficiente para alavancar a venda de tratores. Em 2006 provavelmente ainda não veremos a recuperação do setor, que deve apresentar queda de 0,5% nas vendas.

V.

Motocicletas

Esse setor continua em ritmo forte, como o alcançado em 2004. Depois de crescer 6,6% em 2004, e 14,6% em 2005, deverá se expandir cerca de 10,9% em 2006. Por ter valor menor que os autoveículos, esse setor torna-se uma boa opção para o comprador quando a renda cresce nas classes mais baixas de rendimento e a opção de prazos maiores de financiamento se generaliza.

ANUÁRIO FENABRAVE

64


ANUÁRIO FENABRAVE

65


ANUÁRIO FENABRAVE

66

2005 anuário  

2005 anuário 2005 anuário

Advertisement