Page 1

PROJETO INTERDISCIPLINAR

Arquitetura & Urbanismo - 1º Período - Turma nº6 - Ano 2013

REALCES PRECIOSOS

Materiais nobres usados de forma discreta deixam brilhar as peças da joalheria Frattina

PURA SIMETRIA

Projeto com medidas generosas, fechamentos de vidro e um pédireito altíssimo

ITÁLIA BEM SELEBRADA

O restaurante Nico Pasta & Basta recebe a clientela em um caloroso espaço de 530m²

Roberto Migotto Arquiteto combina o clássico e contemporâneo com equilíbrio


O&P - Capa

Roberto Migotto Arquiteto renomado demonstra equilíbrio perfeito entre o clássico e o contemporaneo Foto: Sala de estar da casa do arquiteto.

2

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

3


Foto: Sala de estar da casa do arquiteto.

C

om quase trinta anos de carreira, o arquiteto Roberto Migotto dispensa apresentações. Reconhecido por ser um dos maiores profissionais da área de todo o Brasil, Migotto tem como marca registrada a criação de espaços absolutamente harmônicos e elegantes, onde o contemporâneo e o clássico dialogam em perfeita sintonia. Seus projetos suntuosos ilustram as mais renomadas revistas do ramo e é constantemente destaque nas grandes mostras de decoração. Ousado, o arquiteto não tem medo de romper limites, sempre propondo novos conceitos e antecipando tendências. Uma das principais revelações da decoração brasileira na década de 90. Roberto Migotto é hoje um nome consagrado no segmento de arquitetura e decoração, seu trabalho é marcado pelo conforto e praticidade dos ambientes, pela integração de espaços e o aproveitamento de luz natural, criando um estilo feito para não 4

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

envelhecer com o passar das modas. Reconhecido pela arte de criar espaços limpos e integrados, Roberto Migotto se destaca por utilizar, de modo equilibrado, o contraste entre o clássico e o moderno, sendo este o seu maior diferencial. Natural de Taubaté, interior paulista, o arquiteto Roberto Migotto vive atualmente na Vila Nova Conceição, em São Paulo capital. Por morar vizinho ao Parque Ibirapuera, FIP/MOC 2013


Foto: Ambiente assinado por Roberto Migotto na Mostra Black 2012. ele gosta de pedalar por ali e, dependendo do tempo, até ir a pé para o escritório. Seu apartamento, com vista para “o espigão da Avenida Paulista” e o Ibirapuera, possui um ambiente inspirador aos seus projetos profissionais. Estudou na Universidade Bráz Cubas em Mogi das Cruzes. Com uma cartela de clientes que incluem até nomes famosos, Migotto prioriza em seus projetos ambientes amplos e integrados, FIP/MOC 2013

com aproveitamento da luz natural, aliando conforto e praticidade. Ele gosta de mesclar elementos clássicos e contemporâneos e criar obras atemporais. Em sua própria definição: “casas que serão bonitas daqui a 40 anos”. Roberto Migotto não se importa em ser copiado e servir de referência, pois encara como uma forma de homenagem. Tem como estilo criar ambientes que são atemporais, não se limitando ao Projeto Interdisciplinar

-

modismo do momento, não gosta de moda, pois diz que é passageiro, suas linhas são utilizadas em simetria variada, com uso de cores neutras e clássicas, com pequenos toques de cores mais fortes. Como arquiteto, seu primeiro projeto foi feito a pedido de uma prima, consiste em um projeto de casa na praia em Ubatuba/SP.

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

5


6

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Escritório do Arquiteto Atendimento Vip: Na sala do arquiteto predomina a sobriedade do carvalho tonalizado em estantes e paredes. O revestimento cria um belo painel para expor fotos e gravuras. A luminária se debruça sobre a mesa de madeira. As poltronas são da Itália, Living Divani. Espaço das boas vindas: De tons neutros a recepção exibe uma lareira a gás em um rasgo na parede. Revestido de mármore travertino black polido. As poltronas Gaspec se distribuem sobre o tapete de grande dimensão. Acesso facilitado: Ligando a recepção ao piso superior, a escada de mármore travertino black é banhada de luz natural. À noite, os balizadores entram em cena. Pensando na acessibilidade um elevador interliga os pavimentos do imóvel.

Escolhas Acertivas: Para ajudar na seleção de revestimento e outros materiais decorativos, as amostras de produtos de diversos fornecedores estão concentradas nessa sala. No canto esquerdo, a escultural cadeira Panton, um clássico do design mundial, criada pelo dinamarquês Verner Panton para a Vitra na década de 1960. Prioridade ao bem-estar: Neste ambiente, também reservado para reuniões, estão gravuras adquiridas pelo próprio Roberto Migotto, em uma galeria de Nova York. A luz natural, vinda das paredes de correr envidraçadas, participe dos encontros marcados ali. As cadeiras também são marcantes no conjunto.

Canto da reflexão: Nesta sala, no segundo piso, Roberto Migotto se reúne com os coordenadores das seis equipes para discutir os projetos. A mesa ampla de linhas retas e várias obras de artes foram escolhidas pelo arquiteto, de diversas galerias paulistanas.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

7


Elegância Incontestável Após uma intensa reforma, a estrutura interna desse apartamento no Higienópolis, bairro nobre paulistano, transformou-se quase que por completo.

8

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


O

s ambientes passaram a ser integrados e muito mais práticos, focados no aconchego dos moradores e no convívio entre familiares e amigos. Apesar de a nova configuração ser um reflexo nítido da vida moderna, os elementos clássicos também tiveram seu espaço garantido no projeto assinado pelo estrelado arquiteto Roberto Migotto. O proprietário, um empresário bem-sucedido, buscava uma morada que atendesse a todos os desejos de sua esposa. Assim, Migotto se orientou pelo estilo da moradora e por seu apreço pela arte para compor o look atemporal e nobre de cada cômodo. A coleção de arte é recém-formada, mas já conta com obras de nomes consagrados como Arcangelo Ianelli e Vik Muniz. Cobrindo as paredes de tons acinzentados, cada tela ganha destaque especial em meio aos tons neutros predominantes nos tecidos e móveis. O conforto também foi uma das prioridades do projeto, porém sem comprometer o uso de materiais e acabamentos sofisticados. A varanda, que originalmente ficava isolada por caixilhos convencionais, tornou-se uma extensão do amplo living, favorecendo ainda mais a área social. Além disso, essa medida ainda proporcionou a entrada de luz natural sem obstáculos. Cada centímetro do apartamento foi pensado para refletir o estilo de vida dos clientes e proporcionar a eles cada vez mais amor por seu lar. FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

9


10

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

11


Realces Preciosos Materiais nobres usados de forma discreta deixam brilhar as peças da joalheria Frattina.

12

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

Elegância Discreta: Cortinas de voal criam um pano de fundo chique para a vitrine fazendo com que o movimento de clientes no interior da loja nem seja notado. O rodapé e a roda-teto de aço inox arremata a fachada da joalheria.

FIP/MOC 2013


N

Cenário Surpresa O espelho que reveste uma das paredes da sala de atendimento duplica o ambiente. Nele estão fixados caixotes negros, que enquadram as cobiçadas joias. O projeto luminotécnico é de Ivone Szabo.

o shopping Iguatemi, na capital paulista, a loja Frattina, de 65m², acolhe as melhores marcas de relógio do mundo e joias clássicas, apresentadas como verdadeiras obras de arte. “Criamos um projeto limpo, com soluções que ressaltam apenas os produtos expostos”, afirma Roberto Migotto. Essa discrição se estende à área interna da joalheria, que conta com sala vip para os clientes que querem comprar sem chamar a atenção. O mármore travertino romano bruto está presente em todo o piso da loja, assim como em parte da fachada. A suavidade do bege desse material contrasta com a sobriedade dos revestimentos escuros.

FIP/MOC 2013

Inauguração: 2007 Endereço: Av. Brigadeiro Faria de Lima, 2232, Lj.2P13, Shopping Iguatemi, São Paulo. Empresa: o primeiro endereço da Frattina era na região central de São Paulo, aberto em 1943. A joalheria que contrata apenas joalheiros profissionais formados no exterior, dispõe de loja também na R. Oscar Freire, 588.

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

13


Linha de chegada Na recepção, o nome da joalheria se destaca sobre a superfície de couro. Depois de apreciar mais peças no módulo de vidro, o cliente é encaminhado à área de atendimento, com móveis de madeira personalizados.

14

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Fachada Luminosa O painel com desenho da marca se alinha à vitrine de cubos pretos do outro lado da entrada, revestida de mármore. A iluminação de LED pontua cada uma das joias expostas.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

15


Pura Simetria

Com medidas generosas, fechamentos de vidro e um pé-direito altíssimo, o living é o coração dessa morada, e exala em cada detalhe o talento e a estética refinada do arquiteto Roberto Migotto, autor do projeto.

16

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

17


18

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


C

asas são mais espaçosas e mantêm a privacidade. Já os apartamentos são mais seguros e possuem regalias, como áreas de lazer equipadas. Para quem pretende mudar de endereço, essa comparação é praticamente inevitável. Afinal, qual seria a melhor opção? Os proprietários desse imóvel de 1.000 m² em São Paulo sabem a resposta. Unindo o útil ao agradável, o casal comprou um apê amplo, tal qual uma grande casa, na cobertura de um prédio no bairro do Itaim. Assim, sem vizinhos por perto, as leves cortinas de voil podem ficar sempre abertas, revelando a vista para a cidade.

FIP/MOC 2013

Com medidas generosas, fechamentos de vidro e um pé-direito altíssimo, o living é o coração dessa morada, e exala em cada detalhe o talento e a estética refinada do arquiteto Roberto Migotto, autor do projeto. A simetria dos móveis e elementos decorativos beira a perfeição. Sempre em dupla, as poltronas, chaises e bancos da área de estar ganharam revestimentos claros e suaves ao toque, para proporcionar o máximo de conforto aos moradores e às visitas. Um enorme tapete, também em tons neutros, funciona como base para a sofisticada composição, laureada pela lareira de pedra acinzentada.

Projeto Interdisciplinar

-

Encaixada em um nicho de alvenaria na parede principal, uma imponente estante de madeira escura serve de apoio para livros e objetos, além de funcionar como bar, armazenando garrafas e taças. Sobre a mesa de jantar, de linhas retas e sóbrias, mais um ponto de destaque: um pendente cilíndrico de vidro transparente, completando o visual atemporal do ambiente. No restante do imóvel, iluminação bem planejada, peças de design assinado e o estilo inconfundível de Migotto garantem uma harmonia bem apurada e sem nenhuma falha.

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

19


Deleite sob o céu da Bahia No Litoral do sul do estado, uma fazenda transformada em pousada oferece o que há de mais luxuoso: conforto de sobra sem ostentação.

20

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


O

cenário é o cartão postal típico da região: areia branca, água cristalina, coqueiros de uma ponta a outra da praia. Localizada em um terreno de 167 hectares, a pousada da Fazenda São Francisco do Corumbau preserva o nome original da propriedade e toda a tranquilidade e a beleza natural que a cerca. “A premissa básica desse projeto foi ampliar a área existente, onde ficam a cozinha e o restaurante, e construir cabanas privativas completamente ligadas à natureza. Ali, o luxo está na simplicidade”, pondera Roberto Migotto. Bangalôs e espaços de descanso e sociais estão distribuídos ao redor de uma piscina de pedras naturais, cercada por um deck de cumaru, recheado de espreguiçadeiras: um convite irrecusável ao dulce far niente.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

21


Vida mansa: Um dos programas preferidos dos hóspedes é desfrutar desse paraíso em deliciosas espreguiçadeiras sob os pergolados de cumaru. A luminosidade que passa pelas fretas de cobertura de eucalipto cria um desenho intrigante no piso.

22

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Materiais naturais A sede antiga passou por uma reforma para servir de salas de estar e recepção. A decoração acolhedora – mesas de madeira, poltronas de fibra e textura terracota – se estende aos demais ambientes. Emoldurados, os cocares dos índios patajós, que vivem próximo dali, ganham status de arte.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

23


Ao sabor da Brisa: Abertas, as portas abertas de cumaru com grande panos de vidro integram os espaços internos com as varandas. O mobiliário recebe os hóspedes que desejam contemplar a natureza exuberante dos quase 2km de praia deserta.

24

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Em berço esplêndido: A pousada oferece apenas dez quartos, de 40 ou 150m². O maior é o bangalô Superluxo, com quatro unidades disponíveis. As roupas de cama e banho são da Trousseau e o piso cimentíssio de 1 x 1m da Solarium.

Inauguração: 2008. Endereço: Ponta do Corumbau, s/n, Prado, Bahia. Empresa: a antiga fazenda produtora de coco fica a 40km de Porto Seguro, pela costa. Por estrada são 200km e 3h30 para chegar. Há opções também de monomotor e helicóptero a partir da mesma cidade.

Guarda-sol Frondoso: O deque com mobília de madeira é sombreado pelas árvores nativas e serve de passagem para a recepção da pousada. Lá dentro as paredes listradas de branco e vermelho criam uma bossa. Intimidade encantadora: O banheiro do bangalô Superluxo oferece uma área de sol - como costumam chamar, no nordeste, os jardins privativos conectados a esse espaço. A banheira revestida com pastilha de vidro preta, contrasta com o piso e paredes claras.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

25


Toques de

LUXO

Deixe o arquiteto Roberto Migotto livre para criar em qualquer espaço em branco, seja uma casa, escritório ou mostra de decoração, e pode ter certeza de que o resultado será surpreendente, harmonioso e elegante ao extremo.

26

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

27


O projeto desse apartamento de 600m² no Pacaembu, bairro paulistano de alto padrão, é tudo isso e mais um pouco. Sobre uma base limpa, onde paredes, piso e teto seguem linhas clean, os tons de dourado imprimem luxo à arquitetura de interiores, criando pontos de destaque entre os móveis de cores neutras.

28

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


A área social é grande o bastante para integrar o home theater, um amplo living, a sala de jantar com mesa para dez pessoas e até uma saleta de almoço, que pode ser isolada através de painéis pivotantes quando necessário. Cobrindo quase todo o piso desse ambiente, um enorme tapete fendi confere aconchego e calor, além de ser um dos elementos que garantem a unidade visual entre as peças de diversas épocas e estilos.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

29


Redondas com

REQUINTE A nova unidade da pizzaria paulistana Sala VIP foge do convencional e impressiona com mobiliário moderno e arquitetura clean.

30

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

31


B

ela, moderna e refinada. Adjetivos não faltam para qualificar a mais nova casa do Grupo Sala Vip, que iniciou com um pizzaria no Ipiranga em 1992, e hoje administra 13 pontos comerciais. A filial de Moema, de 705 m² inaugurada há menos de um ano, foi construída em uma tranquila esquina . “Aproveitamos o desnível do terreno para setorizar as atividades, deixando o salão principal no nível da rua e a parte de abastecimento de produtos e entrega de pizzas na área de declive, com entrada por outra rua”, conta Roberto Migotto. Nos ambientes internos, os estilos e as cores quentes dos móveis contrastam com as linhas contemporâneas da arquitetura.

32

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

Ponto de encontro Um biombo de ferro pintado direciona o cliente ao agradável longe de espera. Em um patamar elevado, a área envidraçada, com vista para o jardim, também acomoda um balcão, no qual são servidos drinques e porções.

Vista sem barreira Esquadrias em enormes panos de vidro permitem que os ambientes internos interajam com o paisagismo planejado por Alex Hanazaki. Na área externa, predominam os elementos naturais e a iluminação indireta.

FIP/MOC 2013


Nuantes Quentes Sofás e poltronas de desenho atemporal decoram o longe de espera. O cinza e o laranja se combinam para trazer aconchego. Ao fundo. Próximo às mesas painel de ripas de madeira executado pela marcenaria Maj Moreno.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

33


Bloco Flutuante Para quem observa do Jardim, o longe parece levitar sobre o piso. Efeito obtido pela presença de um espelho d’água ao redor da estrutura metálica. No piso, que da acesso ao verde, placas de porcelanato garantem o estilo.

34

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Geometria perfeita Na contramão das soluções rústicas, tão presentes em pizzarias, a Sala Vip exibe linhas puras – típicas de um projeto contemporâneo. Na fachada, tons de cinza e preto se alinham a ragos de vidros escuros.

FIP/MOC 2013

Inauguração: 2011 Endereço: Al. Dos Aicás, 40, moema, São Paulo. Empresa: além da matriz, no Ipiranga, e da filial em Moema, há unidade nos Mercado Municipal, no Guarujá e em São Bernardo do Campo. A de moema ocupou o terreno da dupla de restaurantes “O Profeta” e “As Mestiças”.

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

35


Caixa de Surpresa O acabamento escolhido para a fachada – massa texturizada de cinza escuro – ressalta ainda mais a entrada principal e o nome da casa, com letras de cobre chumbadas na parede. Um canteiro de arbustos ornamenta o conjunto.

Itália

bem selebrada

Fora do circuito Jardins-Itaim, o restaurante Nico Pasta & Basta recebe a clientela em um caloroso espaço de 530m², no qual as massas e as estralas do cardápio.

36

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Praça Anfitriã O grande vão, com pé-direito duplo, traz uma sensação de área externa ao salão principal. O teto retrátil e a dupla de cerejeiras, plantadas em canteiros, reforçam essa impressão. Um mosaico de ladrilhos hidráulicos delimita os espaços com colunas de tijolos lavados.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

37


E

m vez de reconhecer às soluções típicas encontradas em cantinas e restaurantes italianos, o projeto de Roberto Migotto para o Nico Pasta & Basta, no Ipiranga, em São Paulo, aposta em uma decoração ousada e imponente, com pédireito duplo, pisos de ladrilhos hidráulicos e arte de qualidade. “Idealizamos um volume simples, com elementos arquitetônicos marcantes, como o átrio com teto retrátil, onde podem acontecer eventos”, afirma o arquiteto. O cenário italiano, de atmosfera aconchegante, conta ainda com um elegante bar, uma adega e uma cozinha envidraçadas, por onde se pode avistar a equipe de cozinheiros preparando delícias como nhoque de mandioquinha com ragu de costela, uma das especialidades da casa. Efeitos de Luz Próximos aos pilares, passarelas de estruturas metálicas conduzem os clientes ao mezanino, com lareira e sala privativa. No projeto luminotécnico, pendentes iluminam as mesas e arandelas as colunas de tijolo.

38

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Traços do Passado Painéis de madeira enquadram as pinturas da artista plástica Bel Magalhães. As imagens remetem às figuras renascentistas e aceitam a intervenção de frases italianas, desenhadas e pratos da casa. As mesas e as cadeiras são de palhinha.

Inauguração: 2009

Recepção Estampada Para das às boas vindas, a entrada do restaurante, com porta pivotante, foi revestida de ladrilhos hidráulicos de diversas padronagens. O pathwork formado por desenhos geométricos desperta o interesse até de quem passa pela rua de carro. FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

Endereço: R. Costa Aguiar, 1586, Ipiranga, São Paulo. Empresa: o estabelecimento acomoda até 150 pessoas, sendo que 50 lugares estão em uma sala privativa, no mezanino, equipada até para receber reuniões de negócios. A Adega conta com boas opções de rótulos nacionais e impostados.

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

39


Família, Tempero e Tradição Depois de uma reforma radical, a pizzaria paulistana Speranza, em Moema, se moderniza sem perder as referencias italianas.

40

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


Molduras no Chão: Em um dos salões o desenho em preto e branco dos ladrilhos hidráulicos simula um tapete cercado por cerâmica e rodapé de madeira com 50cm de altura. Nas paredes, quadros com reportagens sobre a pizzaria e troncos de madeira de diferentes diâmetros.

FIP/MOC 2013

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

41


Madeira como protagonista As mesas próximas aos janelões de cumaru são as mais disputadas nos finais de semana. As mesas e cadeiras estão dispostas sobre o assoalho de também de cumaru.

42

Projeto Interdisciplinar

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

FIP/MOC 2013


B

atizada em homenagem à matriarca italiana que veio de Nápoles para o Brasil em 1958, a pizzaria Speranza abriu a porta de sua primeira casa no próximo ano seguinte, no bairro de Bixiga, em São Paulo. Vinte anos depois, a família inaugurou sua filial em Moema, na qual também servem as redondas feitas com as genuínas receitas napolitanas. Em 2009, essa filial passou por uma reforma comandada por Roberto Migotto. “Modernizamos o casarão, ampliando os espaços e trocando os revestimentos. A história de dona Speranza e seus filhos, porém, foi preservada graças a muitas fotos de família, aproveitadas no projeto”, conta o arquiteto. Tijolo, cerâmica, ladrilho hidráulico e madeira compõem os salões, emoldurados de cumaru.

Nostalgia Napolitana: O Salão Privativo do restaurante com capacidade para até 80 pessoas, exibe um painel adesivado, com uma foto antiga da baia de Nápoles, cidade natal de dona Speranza e das receitas exclusivas da casa.

FIP/MOC 2013

Espera descontraída: Uma simpática sala externa acomoda os clientes enquanto aguardam a vez de sentar. Fonte de pedra natural, piso de tijolos e textura na parede conferem o toque rústico ao pátio, que pode também ser reservado para eventos informais.

Projeto Interdisciplinar

Inauguração: 1979 (abertura/2009) (reforma). Endereço: Av. Sabié, 786, Moema, São Paulo. Empresa: enquanto Matriz, localizada na Bixiga, zona central da capital paulista, acomoda até 300 pessoas. A Filial em Moema oferece 400 lugares. Em nome de tradição, a clássica pizza marguerita só é servida inteira, sem dividir o disco com outros sabores.

-

1º Período de Arquitetura e Urbanismo

43


Projeto Interdisciplinar Curso: Arquitetura e Urbanismo Turma: 1Âş PerĂ­odo Turno: Matutino Arquiteto: Roberto Migotto Alunos: Fellipe Henriques Figueiredo Haylander Fonseca Paulo Henrique Marques Mesquita Rodrigo Andrade

Projeto Interdisciplinar FIP/MOC  

Projeto Interdisciplinar. 1º período de Arquitetura e Urbanismo. 2º Semetre/2013. Grupo: Fellipe Henriques Figueiredo Haylander Fonseca Pau...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you