Issuu on Google+

Revista Obras & Projetos - Publicação Mensal da Construção Civil - ANO 1 - Nº 03 - Fevereiro de 2011

O PROJETO DA SUA COZINHA Aprenda como planejar as zonas de trabalho de uma cozinha criando espaços práticos e eficientes para as atividades do seu dia-a-dia

FIESP PROPÕE PLANO HABITACIONAL DE 1,8 MILHÕES DE MORADIAS POR ANO

SISTEMA DE CONSTRUÇÃO DE BLOQUETES COM RESÍDUOS INDUSTRIAIS

Premiação elegeu trabalhos de pesquisa com comprovada eficiência em modernização do processo construtivo

Destaque Infraestrutura

Arquitetura Materiais e Produtos

ACAMAR RECEBE PRÊMIO COMO UM DOS MELHORES PROGRAMAS DE COLETA SELETIVA DA REGIÃO SUDESTE

Inovação Habitação

Cultura Tecnologia


CARTA AO LEITOR A 44ª Sondagem Nacional da Construção, revelou uma percepção positiva sobre o desempenho das indústrias do ramo. A pesquisa resultou de uma parceria do Sindicato Nacional das Indústrias da Construção de São Paulo (Sinduscon-SP) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV ), que vem sendo efetuada, trimestralmente, desde 1999. Os empresários do setor, apesar de estarem satisfeitos com os números apurados, ainda se preocupam com a hipótese de uma inflação reincidente e os custos dos insumos utilizados na mesma atividade econômica. Esta é uma das conclusões da sondagem que ouviu 233 empresários das diversas Regiões do País, permitindo-lhes avaliar como será o futuro da economia nacional, tendo a construção civil como um dos seus parâmetros. Desnecessário afirmar que a construção civil é uma atividade econômica de longo prazo, representada por um ciclo de investimentos com duração de 24 a 36 meses, de tal forma que os efeitos produzidos na área macroeconômica são sentidos com algum atraso. Assim aconteceu com a crise financeira de 2009 que, ao chegar ao Brasil, já se deparou com os contratos assinados e obras em construção. Esta foi a razão principal que possibilitou às construtoras continuar trabalhando, sem repassar as consequências negativas da crise aos demais setores, afirmou o engenheiro Eduardo Zaidan, diretor de economia do Sinduscon-SP. É oportuno ressaltar que o déficit habitacional em nosso país é de aproximadamente 5 milhões a 6 milhões de residências, devido ao fato de, durante 20 anos, inexistirem planos de habitação, dando causa ao desordenamento urbano, à concentração demográfica nas grandes cidades, moradias sem requisitos básicos, além de acentuar o crescimento do número de favelas no território nacional. Esse diagnóstico explica porque o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou, a prorrogação por um ano, a partir de janeiro de 2011, de incentivos a produtos do setor, como a desoneração do IPI e a manutenção do sistema vigente na cobrança do PIS/Cofins. Os empresários da construção civil, presentes ao encontro com aquela autoridade, expressaram sua satisfação e otimismo para 2011, embora tivessem manifestado a necessidade de medidas complementares ao fortalecimento da aludida atividade econômica, cuja validade é indiscutível.

EXPEDIENTE REVISTA OBRAS & PROJETOS Periódico Mensal da Construção Civil

Diretor Comercial Alexandre Magno Henriques Diretor de Publicidade Fellipe Henriques Figueiredo

Foto Capa Revista Obras & Projetos Redação Para sugerir temas escreva para redacao@obraseprojetos.com.br Tiragem 3000 exemplares

REVISTA OBRAS & PROJETOS Rua Dona Inácia, 91 - Centro - Lavras / MG CEP:37.200-000 - Tel.: (35) 3013-1750 www.obraseprojetos.com.br

A revista OBRAS & PROJETOS é uma publicação mensal direcionada a Diretores de Construtoras, compradores e especificadores de Obras, Engenheiros e Arquitetos. Opiniões e conceitos emitidos pelos Colunistas não representam, necessáriamente os da revista. Todas as fotos não especificadas têm seus direitos reservados pelos sites www.sxc.hu www.google.com.br


Índice

08 Vendas de equipa-

06 Armazém do porto

CULTURA

INFRAESTRUTURA

de recife é demolido para dar lugar ao memorial luiz gonzaga

mentos para a Construção devem crescer 70,5%.

10 Fiesp propõe plano HABITAÇÃO

habitacional de 1,8 milhões de moradias por ano

INOVAÇÃO

12

Sistema de construção de bloquetes com resíduos industriais vence concurso Falcão bauer de inovação tecnológica

CAPA

PROJETE SUA COZINHA Conheça alguns tipos de planejamento que podem tornar o ambiente da sua cozinha em um local mais prático e esteticamente funcional e agradável

14

DESTAQUE

24

Acamar recebe prêmio como um dos melhores programas de coleta seletiva da região sudeste

ARQUITETURA

28

Dois projetos de Niemeyer são Inaugurados nos 103 anos do arquiteto

4

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

MATERIAIS E PRODUTOS

26

TECNOLOGIA

30

Proteja sua casa contra as infiltrações causadas pelas chuvas

Rede social propõe criação de Cidade Colaborativa

www.obraseprojetos.com.br


CORTINA

VIGNETTE

®

www.luxaflex.com.br

EM BREVE ESPAÇO EXCLUSIVO EM NOSSO SHOW ROOM

Cortina Vignette® Luxaflex®, elegância e estilo para seus ambientes, agora produzida no Brasil. A cortina Vignette® Luxaflex® apresenta beleza, estilo e funcionalidade em perfeita harmonia. Com graciosos gomos de 3”, 4” ou 6” a cortina Vignette® Luxaflex® apresenta ótimo acabamento em todos os seus ângulos. Recolhimento total, tornando ausente o volume e aumentando a visibilidade do ambiente externo. 5 anos de garantia

(35) 3821-6380 Rua Chagas Dória, 242 - Lavras - MG, 37200-000


Cultura

ARMAZÉM DO PORTO DE RECIFE É DEMOLIDO PARA DAR LUGAR AO MEMORIAL LUIZ GONZAGA Museu é um dos principais edifícios do projeto de revitalização do cais, que terá outros armazéns transformados em espaços culturais

D

esenvolvido pelo escritório paulistano Brasil Arquitetura, o Memorial Luiz Gonzaga faz parte do projeto Porto Novo, do Governo do Estado de Pernambuco. Com nome oficial de Cais do Sertão Luiz Gonzaga, o local será um museu e um centro cultural, abrigando o acervo do músico Pernambucano. A ideia é que o espaço seja um museu interativo, assim como o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. O memorial será construído no armazém número 10 do cais, que havia sido condenado pela Defesa Civil de Pernambuco e já está sendo demolido. O galpão será reconstruído nas mesmas características do anterior, com estrutura de concreto, mas com a colocação de forros acústicos, substituindo as telhas de fibrocimento existentes no galpão. Os materi-

6

Fevereiro de 2011

-

ais restantes da demolição do armazém serão reaproveitados ao máximo na nova construção. Dentro do galpão, será construída uma sala circular para a apresentação de temas sobre o sertão, com o objetivo de levar o visitante a uma imersão no universo sertanense através de imagens e sons da região. Segundo Pedro Del Guerra, do escritório Brasil Arquitetura, anexo ao galpão haverá um edifício de quatro pavimentos todo estruturado em concreto armado, que contará com áreas para exposição e uma auditório para 250 pessoas. Parte do pavimento térreo será aberta, formando uma praça coberta no local. Uma parede de concreto vazada em cada lado do edifício vai formar um corredor iluminado naturalmente ao lado da estrutura. Um res-

Revista OBRAS & PROJETOS

taurante e um jardim serão construídos na cobertura. O espaço ainda terá uma praça semicoberta no outro lado do galpão, onde haverá um juazeiro, árvore típica do sertão, ligando-o ao armazém 9. Essa praça dará acesso ao museu. O projeto de 7 mil m² deve ficar pronto em 2012, com financiamento de R$ 23 milhões provenientes do Ministério da Cultura. Segundo o escritório, o espaço “usará a tecnologia mais adequada, visando a economia de meios construtivos, o baixo custo de manutenção, a durabilidade dos materiais empregados, bem como a economia de consumo energético e de recursos naturais - água, luz, ventilação e isolamento térmico - dentro dos limites aceitáveis para um museu de alta tecnologia expositiva”.

www.obraseprojetos.com.br


Revitalização do porto Os armazéns da parte não-operacional do Porto de Recife, que compreendem os galpões 7 ao 14 em um trecho de 1,3 km, serão reformados para dar lugar a lojas, teatro, cinema, boliche, restaurantes, centros de convenções, escritórios e terminal marítimo. O projeto começou a sair do papel antes mesmo de seu anúncio, no final de 2010, e deve ser finalizado em 2012. A requalificação dos galpões terá um investimento de R$ 50 milhões do governo do Estado. Os armazéns 7 e 8 receberão o Terminal Marítimo de Passageiros, orçado em aproximadamente R$ 19 milhões. Assim como no armazém 10, a estrutura do galpão será mantida, sendo necessária a construção de uma estrutura de concreto acoplada às paredes do armazém, que receberá um espaço amplo para o trânsito de passageiros e para a instalação dos escritórios alfandegários, como a Receita Federal e a Polícia Federal. Além disso, o armazém conta com a sala do Memorial do Porto, onde ficam guardados documentos e objetos históricos do porto. Uma ponte vai conectar o armazém à Sala Pernambuco, por onde entrarão cerca de 70 a 80 mil passageiros por ano. Segundo Moisés Andrade, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto de autoria do escritório Andrade&Raposo, o projeto arquitetônico da sala consiste em deixá-la parecida com um barco de papel, através de uma cortina metálica com estrutura tubular que lembra as velas de um barco. Com projeto do próprio governo e mantendo as características arquitetônicas dos galpões, também serão reformados os armazéns 9, 11, 12, 13 e 14. O armazém de número 9 será transformado em um shopping, enquanto o armazém 11 vai virar a Central do Artesanato de Pernambuco, espaço para exposições e comercialização de obras de artesanato. O armazém 12 será um local para realizações de feiras e eventos e vai contar com escritórios no 1° andar. O armazém 13 será destinado à comercialização de lojas e escritórios. O armazém 14 terá um teatro com 500 lugares, um cineteatro para 150 pessoas e um espaço voltado para outras atividades de lazer, como um boliche. Na parte externa do armazém 14 será montado um palco para shows.

www.obraseprojetos.com.br

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

7


Infraestrutura

VENDAS DE EQUIPAMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DEVEM CRESCER 70,5% Estudo da Sobratema calculou a comercialização interna de equipamentos para a construção civil em 2010 e projetou a comercialização para os próximos cinco anos

A

Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção (Sobratema) divulgou o Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção 2010-2015, que calculou a comercialização interna de equipamentos para a construção civil em 2010 e projetou a comercialização para os próximos cinco anos. Segundo o estudo, a comercialização de equipamentos em 2010 apresentou aumento de 70,5% em comparação a 2009, passando de 41.360 para 70.530 unidades comercializadas. Para 2011, a projeção é de alta de 10,3%, com cerca de 77.820 equipamentos vendidos. Segundo o presidente da Sobratema, Mário Humberto Marques, “o forte cres-

8

Fevereiro de 2011

-

cimento no período 2009-2010 está relacionado, principalmente, a dois fatores: o primeiro foi o bom gerenciamento da economia nos anos anteriores, que permitiu ao governo federal ter instrumentos para operar de maneira eficiente contra a crise financeira mundial. O segundo motivo está nos crescentes investimentos em infraestrutura, principalmente por conta do Programa de Aceleração do Crescimento I e II, da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos” Marques explica que essa tendência de investimentos em obras de grande porte pode ser exemplificada pelo crescimento acima da média de equipamentos como escavadeiras hidráulicas (+90%), pás carregadeiras (+80%) e tratores de esteira

Revista OBRAS & PROJETOS

(+109%). Essas três famílias de equipamentos, juntamente com caminhões fora de estrada, minicarregadeiras, motoniveladoras, retroescavadeiras e rolos compactadores compõem a linha amarela, cujas vendas internas apresentaram um aumento de 71,4% em 2010, alcançado 24.940 unidades comercializadas contra 14.550 unidades vendidas em 2009. O destaque nesse setor fica por conta dos caminhões fora de estrada, que apresentaram um crescimento de 200% em unidades comercializadas em 2010 em relação a 2009. As informações para a formulação do estudo da Sobratema são obtidas junto aos fabricantes, importadores, empresas usuárias, associações e entidades do setor.

www.obraseprojetos.com.br


LUMIART.ART.BR

Para criar, basta experimentar! Um acabamento que traz comodidade e beleza para o lar começa no seu bom gosto. E para fazer a escolha certa na hora da compra, nada melhor que exercitar a criatividade. Sabendo disso, a Design Acabamentos criou um espaço inovador, onde o cliente fica à vontade para experimentar com a qualidade e exclusividade dos produtos Eliane e Decortiles. Um lugar feito para quem mais entende da sua casa: você.

Representante exclusivo Decortiles

DESIGN ACABAMENTOS

www.obraseprojetos.com.br

Fevereiro de 2011

-

Lavras Av. Comandante Soares Júnior 333 Centro. 35 3822 2245 São João Del Rei Av. 31 de Março, 598 loja 1 – Revista OBRAS & PROJETOS 9 B. Colônia do Marçal. 32 3371 1255


Habitação

FIESP PROPÕE PLANO HABITACIONAL DE 1,8 MILHÕES DE MORADIAS POR ANO

Proposta a ser analisada pela presidente eleita, Dilma Roussef, prevê investimentos anuais de R$ 259 bilhões em habitação até 2022.

P

ara implementar uma política habitacional que solucione definitivamente o déficit habitacional brasileiro, será preciso construir anualmente 1,8 milhões de moradias, totalizando 23,5 milhões de residências edificadas até 2022, ano do bicentenário da independência do Brasil. A estimativa, apresentada durante o 9° Congresso Brasileiro da Construção (ConstruBusiness 2010), foi realizada pela FGV Projetos (Fundação Getúlio Vargas) a pedido da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), e será apresentada à presidente eleita Dilma Roussef. Em termos econômicos, o total de construções demanda investimentos de R$ 259 bilhões por ano em habitação até 2022, valor que equivale a 5,8% do PIB brasileiro. No ano passado, o País bateu recorde de valores financiados e, mesmo assim, o investimento habitacional de R$ 131 bilhões chegou a apenas 4,2% do PIB. O valor de imóveis novos utilizado para o cálculo da projeção financeira é de R$ 86,2 mil em 2010, e de R$ 152, 7

mil em 2022, considerando o processo de valorização de imóveis e a mobilidade social no período. O estudo também considerou o montante de recursos para reformas de imóveis residenciais, que deve atingir R$ 55 bilhões na média do período 2010-2022. O resultado dessa política, diz

estudo da FGV, seria a redução do déficit habitacional brasileiro de 11,3% para 1,5% das famílias brasileiras em 2022, além da eliminação gradual da precariedade das residências no Brasil. Veja tabela do investimento habitacional por componente de 2010 a 2022:

INFRAESTRUTURA

setores de infraestrutura. A estimativa, feita pela LCA Consultores, prevê obras nos setores de transportes, rodovias, hidrovias, aeroportos, ferroviário, energia, petróleo

e gás, telecomunicações e saneamento. Petróleo e gás concentram maior parte dos investimentos: R$ 955 bilhões. A tabela abaixo resume os investimentos por setor:

A Fiesp também propõe uma agenda de investimentos da ordem de R$ 2 trilhões para contemplar melhorias nos principais

10

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

www.obraseprojetos.com.br


Inovação

SISTEMA DE CONSTRUÇÃO DE BLOQUETES COM RESÍDUOS INDUSTRIAIS VENCE CONCURSO FALCÃO BAUER DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Premiação elegeu trabalhos de pesquisa com comprovada eficiência em modernização do processo construtivo

A

Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Comat/CBIC) divulgou os vencedores do prêmio CBIC de Inovação Tecnológica - 17º Concurso Falcão Bauer, que tem como objetivo selecionar tra-

balhos de pesquisa com comprovada eficiência em modernização do processo construtivo. Foram avaliados aspectos como industrialização, aumento da produtividade, redução dos custos, sustentabilidade, racionalização dos recursos

naturais, além de redução e reutilização dos resíduos da construção. O primeiro colocado ganhou R$ 5 mil. Já o segundo e terceiro lugares receberam R$ 2,5 mil e 1,5 mil, respectivamente.Confira o projeto vencedor:

VENCEDOR Construção de bloquetes ecológicos sextavados de concreto com a utilização de resíduos industriais Autores: Guilherme Fernandes de Assis e Robson Morais, de Belo Horizonte

Fabricação dos bloquetes

Maturação dos bloquetes

Assentamento dos bloquetes

O projeto consiste no reaproveitamento de alguns resíduos siderúrgicos gerados na produção de aço para a fabricação de bloquetes ecológicos sextavados para pavimentação. O material substitui totalmente a brita e a areia, comumente utilizadas neste tipo de fabricação, de modo a produzir um bloquete mais barato que o convencional. Um dos principais aspectos do projeto é a junção da tecnologia do concreto como matéria-prima e no conceito dos antigos calçamentos de paralelepípedos, transformando resíduos gerados no processo produtivo siderúrgico em co-produtos e possibilitando a reutilização e reciclagem, diminuindo a possibilidade de geração de passivos ambientais. O bloquete ecológico, por ser fabricado com resíduos siderúrgicos, poupa o emprego de recursos naturais e, consequentemente, promove a reutilização e reduz o desperdício.

12

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

www.obraseprojetos.com.br


Capa

Você sonha com a sua cozinha. Começa um espaço vazio e várias possibilidades.

Precisa de Nós podemuma mão extra? os ajudá-lo a planejar s ua cozinha .

14

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

www.obraseprojetos.com.br


Guarde nossas dicas de planejamento e confira os detalhes de um projeto executado pelo Arquiteto Mateus Monteiro

As informações sobre contato dos fornecedores e parceiros estão disponíveis no Índice de Anuciantes, pág. 32.


Capa

PLANEJE SUA ÁREA DE TRABALHO Ao planejar sua cozinha em três zonas distintas, você irá criar uma dinâmica de trabalho (ou fluxo de trabalho) mais natural e ergonômica. É o que nós chamamos de “o triangulo do trabalho”.

e recipientes quentes. Deixar o espaço circundante a área de cozinhar com bastante espaço na bancada ajudará a manter as tarefas (atividades) fluírem tranquilamente.

Zona de cozinhar É uma boa ideia considerar a segurança e o desempedimento (ou facilidade) enquanto estiver planejando sua zona de cozinhar. Quando você a posicionar (ou localizar) perto de uma pia, você evitará cruzar a cozinha com panelas

Zona de lavar A pia é normalmente usada durante o preparo de comida, faz sentido localiza-la entre a geladeira e a área de cozinhar. Isso tornará a lavagem de vegetais e escorrer a água de massas mais fácil.

16

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

Zona de armazenamento Boas armazenagens de alimento podem fazer toda a diferença na cozinha. Tenha em mente que a armazenagem inclui um lugar para mercadorias de estoque em locais secos e arejados mesmo com refrigeração. É sempre útil ter um pouco de espaço na bancada próxima a essa área para descarregar as compras.

www.obraseprojetos.com.br


LAYOUTS COMUNS COZINHAS EM LINHA RETA Nenhum triangulo aqui. Isso por que a dinâmica do trabalho se dá em linha reta. Esse layout é melhor para residências de tamanho pequeno à médio com cozinhas estreitas. COZINHAS EM LINHAS RETAS COM ILHAS Ideal para uma cozinha maior, em que mais de uma pessoa esta cozinhando, esse layout inclui uma ilha que é ótima para uma área de trabalho extra, armazenagem e socialização. COZINHA EM FORMA DE L Um dos layouts mais comuns, a cozinha em forma de L é ideal quando você quer adicionar uma pequena mesa de jantar ou uma ilha. COZINHA EM FORMA DE U Se você tem um cômodo grande, a cozinha em forma de U é ideal. Ela te dá o maximo de espaço e abundancia de opções de armazenagem, garantindo que tudo esteja de fácil alcance. COZINHA GALERIA Orientada a favor do preparo de comida, esse layout favorece duas boas áreas de armazenamento e trabalho em lados opostos. Convenientemente, não requer muito espaço.

Precisa de u ma mão extr Nós podemo a? planejar sua s ajudá-lo a cozinha.

MEDINDO SEU ESPAÇO 1. primeiro, comece medindo do chão ao teto, de parede a parede, e das quinas ate as portas. 2 . depois, meça o tamanho de suas janelas e portas (incluindo molduras), e a distancia de cada uma ate o chão, teto e quinas. Não esqueça de marcar a quantidade de espaço que as portas e janelas precisam para abrir. 3. por último, marque o lugar de tomadas, interruptores, conectores de gás, torneiras e radiadores.

www.obraseprojetos.com.br

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

17


Capa

ÁREA DE COZINHAR

Precisa de u ma mão extr Nós podemo a? planejar sua s ajudá-lo a cozinha.

1.CONVENIÊNCIA DOS UTENSÍLIOS Preparar seu famoso macarrão a bolonhesa é mais fácil quando o espremedor de alho esta so a distância de um braço na primeira gaveta e os potes e panelas estão guardados em torno da área de uso. Gavetas fundas que saem toda para fora e permitem que você veja tudo de uma só vez e alcançar coisas facilmente. 18

Fevereiro de 2011

-

2.UMA ÁREA DE TRABALHO IDEAL O melhor lugar para preparar sua refeição esta exatamente entre a unidade de cozinhar e a pia. Essa superfície também te dá um pouco de espaço para descarregar pratos quentes direto do forno.

Revista OBRAS & PROJETOS

3. ILUMINAÇÃO MELHOR, COZINHA COM MAIS SEGURANÇA Integrar iluminação abaixo do seu armário de parede deixara sua área de trabalho e cozimento bem mais clara e segura quando estiver picando e fatiando. www.obraseprojetos.com.br


FAZENDO ESPAÇO A bancada de uma cozinha atende melhor quando ela esta livre de utensílios. Tente pendurar trilhos para segurar tudo de louças, ervas a utensílios de cozinha. Sua parede salva espaço e o topo da bancada vera mais ação. ESCOLHAS EFICIENTES ENERGETICAMENTE Inserir soluções eficientes energeticamente em seu planejamento da cozinha é bom para o planeta, e também para sua conta de energia a longo prazo. Cooktops de indução de calor são mais rápidos e energeticamente eficientes do que cooktops tradicionais. Por causa da transferência de calor direta das zonas para a base, pouco calor é desperdiçado. Outra maneira inteligente de economizar energia é pelo uso de potes e panelas que cabem nas zonas do cooktop. Quando potes são muito pequenos o calor vaza e o consumo de energia aumenta.

www.obraseprojetos.com.br

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

19


Capa

ÁREA DE LAVAR

Precisa de u ma mão extr Nós podemo a? planejar sua s ajudá-lo a cozinha.

1.FAÇA ESPAÇO Perto da sua pia o espaço é amplo o suficiente para um escorredor de prato. Se você não tiver espaço suficiente, você pode pendurar o trilho na parede.

20

Fevereiro de 2011

-

2. ILUMINANDO A PIA. Com exceção de uma única fonte de luz para a cozinha inteira, é importante ter uma boa iluminação focada no entorno da pia. Isso pode servir como alternativa quando a luz geral estiver apagada.

Revista OBRAS & PROJETOS

3.PRATOS LIMPOS, CONSCIÊNCIA LIMPA Isso pode soar improvável, mas uma lava-louças cheia usa menos água que lavar e enxaguar a louça na pia. É bom para sua conta mensal e para meio ambiente também.

www.obraseprojetos.com.br


Fotos: redação

LAVAR E ENXAGUAR Nem toda cozinha tem espaço para duas pias. Mas não há nada que um planejamento esperto não resolva. Tudo que precisa é de uma simples bacia para lavagem localizada próxima a pia para enxaguar. Esse método também economiza água.

ORGANIZANDO OS DESCARTES As tarefas ocorrem com maior fluidez na cozinha quando você faz a maioria do trabalho em uma área. O espaço entre seu fogão e a pia é ideal para preparar comida, lavar vegetais e frutas. Então por que não usar o espaço debaixo da pia para separar o descarte? Lixos individuais para reciclagem e os lixos dos resíduos restantes deixam as coisas boas e organizadas. Lixos grandes de plástico são fáceis de manter limpo.


Capa

ÁREA DE ARMAZENAMENTO 1.FACIL DE ACHAR, FÁCIL DE ALCANÇAR Consiga acessar mais produtos armazenados na sua cozinha com gavetas que abrem totalmente e podem ser acessadas por ambos os lados. 2.ACHAR ISSO RÁPIDO Para conseguir achar o que deseja com mais facilidade, instale pontos de luz em cima de seus gabinetes. 3.GAVETAS CUSTOMIZADAS Nada mais de bagunça. Gavetas ajustáveis com divisores podem ajudar a manter os itens arrumados. São adaptáveis para criar armazenamento que funciona para sua cozinha. 4.APROVEITE AO MAXIMO AS GAVETAS Guardando itens agrupados em caixas plásticas facilita a organização da sua gaveta e na hora de pegar e levar para a área de cozinhar.

Precisa de u ma mão extr Nós podemo a? planejar sua s ajudá-lo a cozinha.

22

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

www.obraseprojetos.com.br


Fotos: redação

FRESCO POR DIAS Muitas casas acabam desperdiçando quase ¼ de suas compras. Isso não significa só um monte de comida e dinheiro, mas também um tanto de CO2 gasto com a produção que é desperdiçado. Evitar isso é mais fácil quando você planeja suas refeições semanais adiantadas e armazena o resto de alimento em recipientes alimentício que conservam por mais tempo. Planejamentos adequados na cozinha frequentemente envolvem tarefas duplas. Por exemplo, um carrinho com rodas é ótimo para colocar coisas que você precisa com frequência, como os ingredientes para seu vinagrete. Também é prefeita para servir. So carregar com comidas, bebidas ou louças e afins e levar da cozinha pro jantar. Mateus Monteiro Arquiteto Projetista e Empresário E-mail: mateusarquiteto@hotmail.com Contato: (35) 9904-6535


Destaque

ACAMAR RECEBE PRÊMIO COMO UM DOS MELHORES PROGRAMAS DE COLETA SELETIVA DA REGIÃO SUDESTE

O

Cempre- Compromisso Empresarial para a Reciclagem – premiou no dia 11 de novembro, durante o evento Recicle Cempre, os vencedores do Prêmio Cempre – organizado para reconhecer projetos de pessoas, ONGs, instituições, fundações, faculdades e cooperativas de catadores de lixo do Brasil todo em prol da ampliação da coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis. Diversos trabalhos de todo o pais foram inscritos nas duas categorias do prêmio: Cooperativas de Catadores e Inovação Tecnológica. Foram divulgados os dois vencedores entre os projetos da categoria Inovação Tecnológica; e os três ganhadores por região do Brasil – entre as cooperativas de catadores de lixo. A cerimônia aconteceu dentro da programação do Recicle Cempre, em São Paulo, no pavilhão azul do Expo

24

Fevereiro de 2011

-

Center Norte, que contou com a presença de expositores do Brasil e de vários países, oportunidade em que os visitantes tomaram conhecimento de novas tecnologias ambientais. Por meio do prêmio, o Cempre atualizou o banco de dados de trabalhos que contribuem para amenizar impactos ambientais, partilham a responsabilidade pelo descarte correto do lixo entre governo, empresas e cidadãos, e interagem diretamente com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que estabeleceu diretrizes nacionais para a reciclagem. “São trabalhos que vão ao encontro do Programa Nacional de Resíduos Sólidos e podem inspirar políticas públicas”, diz Victor Bicca, presidente do Cempre. Os vencedores de cada uma das duas categorias de premiação receberão

Revista OBRAS & PROJETOS

um certificado, e terão seus projetos divulgados para o mercado empresarial e imprensa nacional. “Os projetos do Prêmio Cempre apresentaram propostas de solução para estes e outros problemas que atrasam a coleta seletiva no nosso país”, diz Bicca. Segundo a última pesquisa Ciclosoft da organização, finalizada em agosto de 2010, apenas 8% do país, ou seja, 443 municípios possuem hoje programas de coleta seletiva para a reciclagem. Apesar de o número de cidades com coleta ter aumentado em relação a 2008 (quando 405 municípios realizavam a coleta), a pesquisa mostrou também que, na maior parte das cidades, o programa de coleta ainda não consegue ser abrangente, alcançando em média apenas 10% da população local. Luiz Tadeu Damaschi coordenador

www.obraseprojetos.com.br


Fotos: divulgação

da Acamar diz que todos da Acamar ficaram muito honrados em receber esse prêmio, pois concorreram com mais de cinqüenta associações e cooperativas da região sudeste (RJ - MG – SP – ES) ficando em segundo lugar, recebendo uma menção honrosa. Tadeu explica que não houve premiação em dinheiro, mas o reconhecimento pelo trabalho ético e profissional desenvolvido pela Acamar ajuda muito no portfólio da associação, para desta forma poder alavancar recursos junto a órgãos públicos, empresas e ONGs, sendo assim a Acamar pode ser considerada uma referência não só no sul de Minas, mas agora se torna também uma referencia em nível nacional.


Materiais e Produtos

PROTEJA SUA CASA CONTRA AS INFILTRAÇÕES CAUSADAS PELAS CHUVAS

P

ara proteger as residências contra os prejuízos causados pelos temporais, como as infiltrações, o melhor é utilizar produtos de impermeabilização indicados para cada tipo de umidade. As fortes chuvas predominantes em janeiro e fevereiro, costumam deixar suas marcas em casas e apartamentos, que muitas vezes não estão preparados para suportar o excesso de umidade. Para garantir a tranqüilidade, proteger o patrimônio e evitar os prejuízos causados pelas infiltrações é preciso tomar alguns cuidados. A utilização de impermeabilizante para acabamento protege as residências em período de chuvas intensas.

26

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

www.obraseprojetos.com.br


Verifique as condições do telhado, trocando telhas quebradas e limpando rufos e calhas. Verifique o estado das vigas de sustentação de telhados, e se necessário providencie sua substituição; Verifique as condições das lajes das construções em geral. Aplique impermeabilizante para evitar infiltração e verifique se o escoamento da água é eficiente logo após uma chuva forte; Cuidado com ralos e bueiros. Não deixe que o lixo ou qualquer outro material obstrua o caminho das águas. Se notar qualquer entupimento nos bueiros da vizinhança, avise a empresa responsável pelo saneamento em sua cidade; Proteja os locais destinados ao escoamento da água com telas, para evitar o transbordamento e entupimento destas vias; Em construções e reformas, pense em formas de reduzir o contato futuro das paredes com a água. Para isso, peça

www.obraseprojetos.com.br

ao responsável, engenheiro, arquiteto ou ao mestre de obras para aumentar os beirais, fazer calçadas com caimento para longe das paredes, corrigirem infiltrações nas aberturas de janelas e não deixarem pontos de acúmulo de água;

em sua estrutura. Por isso, ocorrem as infiltrações. È preciso criar o hábito de proteger as construções com impermeabilizantes, que proporcionam maior segurança. Mas é importante lembrar, os impermeabilizantes não funcionam quando não são de boa qualidade ou aplicados de maneira inadequada”, afirma William. Cada tipo de situação demandará produtos específicos e formas de aplicação próprias. Para casa em construção, aplique o produto antes do acabamento. Se a área a ser impermeabilizada demanda camada de regularização, podemos aplicar os produtos Impermeabilizante Revestimento ou Recuperação Anti-umidade que regularizam e impermeabilizam em uma única camada. Caso a área não necessite de regularização podemos aplicar o Impermeabilizante Camada Fina, que garante a mesma impermeabilização com maior rendimento. Para reformas devemos remover todo o material danificado e escolher o material de acordo com a área ou a espessura de aplicação.

Para o acabamento interno ou externo que proteja contra infiltrações, utilize impermeabilizantes de qualidade reconhecida no mercado, testados por órgãos de certificação e indicados para cada situação. Mesmo realizando todas as medidas de precaução, muitas vezes os moradores são surpreendidos com as indesejáveis infiltrações. Caso isso aconteça, procure identificar o tipo de umidade, e escolha o produto mais adequado para acabar definitivamente com a umidade e infiltrações. Para isso contrate sempre profissionais qualificados. Segundo William Aloise, diretor de marketing da Weber Quartzolit, as infiltrações normalmente, ocorrem em construções feitas de maneira inadequadas: “Muitas residências tem problemas

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

27


Arquitetura

DOIS PROJETOS DE NIEMEYER SÃO INAUGURADOS AOS 103 ANOS DO ARQUITETO Sede de sua fundação, no Rio de Janeiro, e Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Avilés, na Espanha foram lançados em 15 de Dezembro de 2010 Fotos: Divulgação

Os dois edifícios foram construídos sobre um espelho d’água

O

arquiteto Oscar Niemeyer comemorou seus 103 anos de idade participando da inauguração da sede de sua fundação (Fundação Oscar Niemeyer), em Niterói (RJ), uma das obras do Caminho Niemeyer, segundo maior conjunto arquitetônico desenhado pelo arquiteto, ficando atrás somente da cidade de Brasília. A sede da fundação foi construída,

28

Fevereiro de 2011

-

assim como todas as outras peças do Caminho, em concreto aparente e tem aproximadamente 4 mil m², sendo formada por dois edifícios sobre um espelho d’água. Um é uma cúpula em espiral, que recebe visitantes por uma rampa de acesso que se conecta a um mezanino, onde será montada uma exposição permanente sobre a obra do arquiteto. O segundo prédio abrigará a sede ad-

Revista OBRAS & PROJETOS

ministrativa da fundação, o Centro de Pesquisa e Documentação e a Escola Oscar Niemeyer de Arquitetura e Humanidades em dois pavimentos. O edifício será semi-enterrado, sendo que em seu pavimento inferior ficará toda a parte de conservação do acervo de Niemeyer. O pavimento térreo abrigará salas de aula para cerca de 180 alunos e um auditório para 150 pessoas.

www.obraseprojetos.com.br


Nessa mesma data, foi inaugurado também o Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Avilés, na Espanha, primeiro projeto do arquiteto naquele país. O projeto do Centro Cultural foi doado pelo arquiteto à Fundação Príncipe de Astúrias como uma forma de agradecimento ao prêmio recebido da instituição em 1989. Com uma área construída de 14,3

mil m², o empreendimento é composto por um auditório com capacidade para 900 espectadores, um espaço de exposição de cerca de 4 mil m², um mirante e um edifício polivalente que abrigará cinema, salas de ensaio, de reuniões e de conferências, entre outros espaços da administração. No exterior, há uma praça central para espetáculos e atividades ao ar livre.

Projeto foi doado por Niemeyer

OSCAR NIEMEYR Nascido em 15 de novembro de 1907, no Rio de Janeiro, Oscar Niemeyer é considerado um dos maiores arquitetos da história do país e do mundo. Autor de vários projetos, como os edifícios da cidade de Brasília, o Memorial da América Latina em São Paulo e a Cidade Administrativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. O arquiteto, vencedor do Prêmio Pritzker em 1988, começou sua carreira no escritório de Lucio Costa, como estagiário em 1936. Hoje, aos 103 anos, o arquiteto continua trabalhando em seu escritório, desenvolvendo projetos tais como a reforma do Sambódromo do Rio de Janeiro. Aos 103 anos, o arquiteto recebe outra homenagem: o lançamento digital pela Deck do samba Vida Tranquila, escrito pelo arquiteto durante sua estadia no hospital no fim do ano passado para intervenções

www.obraseprojetos.com.br

cirúrgicas. A letra foi escrita pelo arquiteto e a melodia, desenvolvida pelo enfermeiro Caio Almeida. A música foi finalizada por Edu Krieger.

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

29


Tecnologia

REDE SOCIAL PROPÕE CRIAÇÃO DE CIDADE COLABORATIVA Internautas podem sugerir e votar em projetos para a cidade com base em um plano diretor virtual

O

Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), lançou uma rede social para a criação de uma cidade colaborativa. O projeto consiste na formulação de uma cidade

3D a partir de sugestões de projetos de internautas, com base em um plano diretor, que também é participativo. Até o momento já foram criados 31 perfis, cujos donos podem

S&D INFORM.

30

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

www.obraseprojetos.com.br


participar dando ideias e votando em outras sugestões sobre o que é necessário para a cidade. Já estão em andamento 15 projetos referentes à primeira parte da cidade, que deve contar com uma unidade de posto de saúde, uma praça urbana, uma área residencial de baixa densidade e uma escola infantil e creche. Ao final da primeira fase, a comissão construtora da cidade irá decidir quais projetos serão construídos em cada um dos quatro terrenos do município. As ideias apresentadas até agora incluem desde a implantação de bicicletas táxi na cidade até shoppings construídos com uso de permacultura. Quando pronta, a cidade permitirá navegação em 360° por suas ruas e praças. Em cada empreendimento, aparecerá o nome dos participantes do projeto. Durante o “passeio” também será permitido opinar e dar sugestões sobre a cidade já construída.

Para participar, é preciso entrar no site (www.cidadecolaborativaconfea. com.br) da cidade e fazer o cadastro, sem necessidade de ser vinculado ao sistema Confea/Crea.


Índice de Anunciantes

Z&K UTILIDADES

Rua Francisco Sales, 649 - Centro Lavras / MG - CEP: 37.200-000 Fone: (35) 3821-5833 E-mail: importadoramesquita@yahoo.com.br

CONSTRULARA

Rua M. José Cândido das Neves, 38 - Rio das Mortes - São João Del Rei / MG Av. Comandante Soares Jr., 162 - Centro Lavras / MG Av. Vaz Monteiro, 200 - Centro - Lavras / MG Fones: (32) 3374-1135 / (35) 3821-4767 / (35) 3826-1661 Site: www.construlara.com.br E-mail: construlara@construlara.com.br

TODESCHINI

Av. Coronel Juventino Dias Teixeira, 1339 Jardim Glória - Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3821-5372 Website: www.todeschinisa.com.br

UNILAVRAS Centro Universitário de Lavras Rua Padre José Poggel, 506 Centenário Fone: 0800-283-2833 Site: www.unilavras.edu.br E-mail: reitoria@unilavras.edu.br

GALLERIA ACABAMENTOS

TELHADO & CIA

Rua Francisco Sales, 289 - Centro Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3822-3038 E-mail: galleriacabamentos@gmail.com

Av. João Aureliano, 973 - Loja 3 - Centenário Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3822-4105 E-mail: telhadoecia.lavras@yahoo.com.br

PILARES

DESIGN ACABAMENTOS

Pça. Leonardo Venerando Pereira, 376 Sla 11 - Galeria Santa Mônica - Centro - Lavras Fone: (35) 3821-3406

Lavras/MG Av. Comandante Soares Júnior, 333 - Centro Fone: (35) 3822-2245 São João Del Rei/MG Av. 31 de Março, 598 loja 1 - B. Colônia do Marçal Fone: (32) 3371-1255

ACAMAR

Rua Sílvio Modesto de Souza, 540 Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3822-1166 Site: www.acamar.org.br E-mail: acamar@acamar.org.br

32

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

EMPÓRIO DOS METAIS

Avenida José dos Reis Vilela, 126 - Centro Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3822-4131 Site: www.emporiodosmetais.com.br E-mail: contato@emporiodosmetais.com.br Fone: (32) 3371-1255

www.obraseprojetos.com.br


BLOCO FORTE

S & D INFORMÁTICA E SERVIÇOS

Rodovia Agnésio de Carvalho, (Lavras - Ijaci) Km 6,5 - Ijaci - Minas Gerais - CEP: 37.205-000 Fone: (35) 9125-1022 E-mail: ronaldo@rogerbras.com.br

Rua Elias Gonçalves, 38 | Serra Azul | Lavras|MG Fone: (35) 3821-7124 | (35) 9921-2852 | (35) 8826-2395 E-mail: sd_servicos@hotmail.com

MASTER

TICLE IMÓVEIS

REAL TINTAS

TW ENGENHARIA

VIDRAÇARIA DO CLENINHO

ELETROFORTH

Rua Otacílio Negrão de Lima, 162 - Centro Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3821-6800 / (35) 8861-1967

Rua Raul Soares, 30 - Centro Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3821-1055 E-mail: contato@ticleimoveis.com.br

Rua Dr. Melo Viana, 88 - Centro Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3821-9366 E-mail: real.tintas100@gmail.com

Ed. Rodartino Rodarte - Sl. 301 - Centro Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3822-8240 E-mail: twengenharia@hotmail.com

Av. Regis Bittencout, 342 - Centro - Perdões/MG Rua Álvaro Botelho, 254 - Centro - Lavras/MG Fone: (35) 3864-2254 / (35) 3822-1260 E-mail: cleninholavras@hotmail.com

Rua Otacílio Negrão de Lima, 240 - Vera Cruz Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3826-4242 Website: www.eletroforth.com.br

VITÓRIA DECORAÇÕES

Rua Chagas Dória, 242 Lavras / MG - Cep: 37.200-000 Fone: (35) 3821-9070 E-mail: vitoriadecoracoes@navinet.com.br

www.obraseprojetos.com.br

Fevereiro de 2011

-

Revista OBRAS & PROJETOS

33


A MELHOR FERRAMENTA PARA COMU

REVISTA EXCLUSIVA D

A

Revista Obras & Projetos é uma publicação mensal, técnica, distribuída gratuitamente para engenheiros, arquitetos, construtores e fornecedores de produtos ou serviços de Construção. O

Objetivo é divulgar assuntos

de interesse da comunidade e artigos técnicos de especialistas da área.Essas matérias tratam sobre aspectos sócio-econômicos que envolvem o segmento, lançamentos, informações

do processo evolutivo do mercado, eventos além de anúncios de produtos e serviços do setor. É nesse contexto que atua o periódico “Obras & Projetos”, publicação especializada em informação aplicada a obras civis.


UNICAR DIRETO COM SEU CONSUMIDOR

DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Conheça a Versão Digital

Solicite uma visita comercial e Anuncie! REVISTA OBRAS & PROJETOS Rua Dona Inácia, 91 - Centro Lavras/MG - CEP: 37200-000 - Telefax: (35) 3822-6795 www.obraseprojetos.com.br - contato@obraseprojetos.com.br



Revista Obras e Projetos - Edição nº3