Page 1

CONTINUIDADE E DIVERSIFICAÇÃO

Paulista

ÂMBITOS E VAZIOS URBANOS

RUA

DA C

ONS

OLA

ÇÃO

RUA AUGUSTA

FRE

I CA

NEC

A

TE

RUA

OES

AV. NOVE DE JULHO

DIA

L

LES

TE

CENTRO

mobiliario

RA

MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DO PARTIDO ARQUITETÔNICO PROPOSTO. ANÁLISE. Nós, cidadãos, temos em comum um território que cada vez nos pertence menos. As cidades em que exercemos o nosso esforço diário, o âmbito da nossa rotina, nossos mapas de “deveres” e “prazeres”, estão fragmentados em áreas cada vez mais delimitadas. É um conflito antigo, no qual a esfera pública é sugada pelo espiral do privado. Está em jogo o espaço público, que é um ambiente físico do qual todos os cidadãos podem e devem apropriar-se, não como conceito de propriedade, mas sim como um espaço próprio. Acreditamos que o espaço público é um território que se caracteriza por aquilo que compartilhamos em termos de uso, de liberdades e igualdade. Entendemos o espaço público como a soma, a sobreposição das ações e eventos, estar-caminhar-ler-descansar-jogar-aprender… Lugar para tudo e para todos, um espaço híbrido, multicêntrico, dinâmico. A proposta de requalificação da Rua Frei Caneca tem o seu ponto de partida nestas reflexões sobre a cidade e o espaço público.A Rua Frei Caneca junto com a Rua Augusta está dentro da malha urbana delimitada pela Rua da Consolação ao Norte, a Av. Radial Leste-Oeste ao Leste, a Avenida Nove de Julho ao Sul, e a Avenida Paulista ao Oeste. Ao longo da sua trajetória a rua muda de aparência e vocação, identificamos quatro âmbitos ao longo dela, cada um deles com características próprias.O primeiro sob a influência da Avenida Paulista, com prédios de escritórios e de serviços, com um grande movimento de pessoas e carros durante todo o dia, possui uma aspecto mais anônimo onde as pessoas estão de passagem. Neste ponto destacamos a existência do jardim da antiga maternidade que está abandonado praticamente e possui um grande potencial como espaço público.O Segundo nas proximidades da Igreja da paróquia do Divino Espírito Santo e do centro cultural italiano, a rua possui uma vocação muito mais residencial com prédios mais baixos e muitas mais casas. É onde se vê a “cara” do bairro. Neste ponto também existe um espaço com um grande potencial, são os jardins da Igreja, que hoje em dia estão cercados e a população não usufrui deles.O terceiro trecho está situado junto ao shopping Frei Caneca onde o seu caráter comercial é evidente. Neste terceiro ponto existe um lote que esta destinado a estacionamento e também dele podemos tirar proveito como espaço público. O quarto e ultimo âmbito ao final da rua é talvez o menos visitado. Está degradado, mas assim mesmo possui claramente uma vocação boemia ligada a cultura dos velhos tempos da Rua Augusta. Justamente neste ponto a topografia forçou um vazio urbano, é a praça com um forte declive que conecta a Rua Frei Caneca com a Rua Avanhandava, acentuando ainda mais a degradação desta parte. Também este espaço tem um grande potencial.

pavimento

barreiras

sinalização

CIRCULAÇÃO E LIGAÇÕES

A GRANDE ESCALA

A MEDIA ESCALA

A PEQUENA ESCALA

Via mista de pedestres e carros: parte central

Concentrar a atuação em torno da faixa entre a Rua Augusta e a Rua Frei Caneca potencializando o bairro. Compreender as duas ruas como um binômio cujas sinergias aumentem o seu poder de atração. Reforçar a sua relação com os dois pólos distantes entre si de 2 km: O centro de São Paulo e a Av. Paulista.

Transformar a Rua Frei Caneca num eixo importante para o bairro. Sobreposição de usos dos espaços públicos. Aumentar a conexão com o resto do bairro. Possível fragmentação do projeto em fases. Revalorização dos espaços pré-existente com seis ações localizadas.

Transformar a Rua Frei Caneca numa rua para pedestres, aumentando a superfície destinada a estes e priorizando a sua circulação em relação aos veículos. Unificar os elementos urbanos para acentuar a continuidade da rua. Criar um elemento “ícone” para dar uma identidade original à rua. Criar uma “escala de pedestres” diferenciando-o dos arranhacéus, com elementos horizontais (poste de luz, pérgula, etc.) nha-céus, com elementos horizontais (poste de luz, pérgula, etc.)

Via mista de pedestres e carros com duas mãos: entrada e saída do estacionamento do Shopping Frei Caneca Escadaria: conexão com Rua Avanhandava Livre acesso de veículos duas mãos: da Avenida Paulista até a Rua Luis Coelho, pois quem vem pela Rua Augusta precisa poder fazer o “retorno” em direção a Av. Paulista.

1. Abertura do jardim da velha Maternidade para o uso público. 2. Reurbanização do Largo da Igreja. 3. Apropriação do vazio urbano junto ao Shopping Frei Caneca, o transformando na “Praça Mercado” e a construção de um estacionamento subterrâneo. 4. Transformação das escadarias do final da Rua Frei Caneca em Parque da Cultura, com um pequeno anfiteatro para espetáculos ao ar livre, espaços para exposições. 4. Intervenção na Rua Avanhandava potencializando a conexão com essa região com uma forte vocação na gastronomia.

Livre acesso de veículos: da Rua Paranagua até Caio Prado para permitir que quem vem pela Rua Augusta em sentido centro possa fazer o retorno e atravessar a própria Rua Augusta em sentido Norte.

Igreja Shopping

O TEATRO

O MERCADO

A PRAÇA

PARTIDO ADOTADO. Uma vez identificados estes quatro âmbitos ligados a uma vocação bem clara do espaço público decidimos que a chave para adicionar qualidade a Rua é por um lado criar uma identidade comum a toda ela; a CONTINUIDADE e por outro tirar partido das suas diferentes vocações; a DIVERSIFICAÇÃO. Continuidade e diversificação são os conceitos básicos do projeto da reurbanização Rua Frei Caneca. CONTINUIDADE: A RUA. Continuidade como uniformidade, como trajeto e ligação com as outras ruas, como identidade da rua. DIVERSIFICAÇÃO: A “ÁGORA” Diversificação como uso, apropriação do espaço, como caráter próprio, como geometria e identidade do espaço. A RUA. A idéia do projeto é dar prioridade ao transeunte sobre os veículos, de forma a enfatizar a identidade residencial e comercial da Rua Frei Caneca e transformá-la seguindo a sua vocação em “praça” ou “centro comercial ao ar livre”. Portanto, após uma análise dos fluxos de veículos, decidimos fazer da Rua Frei Caneca uma via mista de pedestres e carros, na sua parte central, deixando o início e o fim, com livre acesso de veículos. As partes com livre acesso de veículos são: A parte que vai da Avenida Paulista até a Rua Luis Coelho, pois quem vem pela Rua Augusta precisa poder fazer o “retorno” em direção a Av. Paulista. O último pedaço da Rua Frei Caneca entre a Rua Paranaguá e a Caio Prado para permitir que quem vem pela Rua Augusta em sentido centro possa fazer o retorno e atravessar a própria Rua Augusta em sentido Norte.Na parte Central da Rua Frei ficará muito clara a idéia de priorizar o pedestre em relação aos veículos, pois estes só poderão circular por uma faixa, que dará acesso aos estacionamentos privados e serviço de carga e descarga aos comércios. Nesses pontos a faixa de veículos se alarga para permitir o estacionamento de veículos temporalmente. Para garantir a unidade e para enfatizar a identidade da rua trabalhamos o Corte, de modo que, na parte norte, sempre será mantida uma parte fixa constituída por uma zona de pedestres e uma faixa que contem todos os elementos que se repetem ao longo desta (árvores, luminárias, bancos, sinalização, etc.…). Esta parte permanece fixa, enquanto que a partir dela a secção é diferente, dependendo se essa parte da rua e de livre acesso de veículos ou para pedestres. Quando se priorizam os pedestres a rua fica ao mesmo nível da calçada e se reduz o espaço onde os carros podem circular.Garantiremos a entrada e saída do estacionamento do Shopping Frei Caneca mantendo um pequeno trecho da Rua Frei Caneca com duas mãos. O acesso ao Shopping dos veículos que desçam a Rua Augusta será através da Rua Peixoto Gomide até a Rua Herculano de Freitas e daí poderão entrar pela Rua Doutor Penaforte ou pela Rua Frei Caneca. As saídas serão as mesmas, podendo atravessar a Augusta pela Rua Antonia de Queiros em direção Higienópolis. A ÁGORA.Na análise da rua dentro dos quatro âmbitos, destacamos em cada um deles um espaço significativo, com um grande potencial de espaço público. Estes quatro cenários são os que fazem a diferença, dão a diversidade que a cidade precisa. A melhor forma de dar qualidade a nossas cidades é incluir novos espaços públicos para as pessoas. CENÁRIO PAULISTA:Entre a Avenida Paulista e a Rua Luis Coelho, uma parte do jardim da antiga Maternidade entra a fazer parte da intervenção. Agora existe um muro que fecha o lote junto à rua, nós atrasamos esse limite e reconstruímos um novo com diferente traçado e feito com tubos de aço para obter transparência, profundidade e segurança simultaneamente. Este será um lugar para descansar durante o dia, um espaço para reuniões e também a porta de entrada para a Frei Caneca. CENÁRIO A IGREJA:Na parte da rua onde existem mais casas e esta tem um caráter mais de bairro decidimos que o jardim cercado da Igreja deve transformar-se na “Praça da Igreja” como nos POVOADOS. Mantemos as árvores existentes, mas aproveitamos a topografia para intercalar pavimentos com zonas verdes e ressaltar com uma grande escadaria a Igreja. Nas zonas pavimentadas criamos espaços de jogos para as crianças, bancos para estar, etc. CENÁRIO O MERCADO:Aproveitando que o lote tem seu uso destinado a estacionamento propomos fazê-lo subterrâneo, deixando a superfície do lote livre e nele fazer uma praça pavimentada com uma grande pérgula que sirva de proteção solar para as diferentes atividades desta. A idéia é que o bairro se aproprie do espaço e nele faça diferentes mercados e usos. CENÁRIO O TEATRO:A Rua Frei Caneca termina em um espaço muito degradado é um vazio urbano conformado por uma escadaria que desce em direção a Rua Avanhandava, e uma área verde com uma descida muito íngreme que a acompanha. Esse cenário se transforma em um espaço dedicado à cultura. Um pequeno mirante como continuação do ultimo trecho da Rua Frei Caneca justo antes da curva da Caio Prado, abre-se sobre um novo espaço cultural. Aproveitamos a declividade para fazer vários patamares ligados entre si e na parte mais baixa colocamos um pequeno cenário.

O PARQUE

Escadaria

Implantação do conjunto escala 1:3000

CONCURSO DE PREMIAÇÃO DE PROJETO DE REURBANIZAÇÃO DA RUA FREI CANECA CASARÃO BRASIL - ASSOCIAÇÃO LGB - INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL - SÃO PAULO

1/4


CONCURSO DE PREMIAÇÃO DE PROJETO DE REURBANIZAÇÃO DA RUA FREI CANECA CASARÃO BRASIL - ASSOCIAÇÃO LGB - INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL - SÃO PAULO

2/4


CONTINUIDADE E NOVAS IDENTIDADES: A RUA La remodelación de la sección de la rua frei caneca se adapta a la diversificación de su recorrido, atravesando diferentes escenarios urbanos busca una unidad formal de tratamiento horizontal y establece una nueva identidad a traves de su mobiliario urbano vertical. En la parte central de la intervención entre la rua luis coelho e la rua marques de parangua se marcará esta voluntad de priorizar la calle para el viandante, la calle subirá al nivel del acera ma, se reducirá al mínimo la franja central vehicular dejando el paso para poder acceder al los aparcamiento privados y garantizar el servicio a los comercios, se abrirá para dejar espacios para la carga y descarga y los coches tendrán acceso restringido controlado por bolardos retractiles. En los extremos de este tramo central la sección de la calle dejará espacio a un carril asfaltico vehicular que permitirá mantener inalterado el sistema de circulación existente. En todo el recorrido de la rua mantenemos una franja fija constituida de una zona peatonal permeable y una franja “de servicios” modulada a través de elementos que se repiten y se adaptan a lo largo de la calle y que forman su identidad. ( árboles , luces, guales, bancos, paradas de taxis etc) Esta banda verde será caracterizada de un pavimento permeable de losas huecas que permiten el crecimiento de césped y a la vez suportan el tráfico rodado para paradas de taxi, carga y descarga asi como la creación de areas de sosta y descanso el todo alternados de alcorques arbolados. Los diferentes tramos de la intervención quedáran entonces ritmados por cuatro diferentes tratamientos matericos: una banda peatonal de pavimento de piedra granítica flexible y permeable, la franja verde de servicios con losas verdes y alcorques , carril asfaltico y la banda con prioridad peatonal con pavimento granitico rigido y impermeable antiguo Hospital de Maternidade entre a hacer parte de la intervención. Ahora el muro que delimita el jardín esta junto a la calle, retrasamos este límite y reconstruimos uno nuevo de barras metálicas que darán trasparencia, profundidad a la calle y seguridad al mismo tiempo. Este será un espacio para descansar durante el dia de trabajo, un espacio de encuentros y también la puerta de entrada a la rua Frei Caneca.

DA AVENIDA PAULISTA A RUA LUIS COELHO

DA RUA LUIS COELHO A RUA MQ. DE PARANGUÁ

DA RUA MQ. DE PARANGUÁ A RUA CAIO PRADO

DA RUA LUIS COELHO A RUA M. DE PARANGUÁ

TAXI

6#:+

PAVIMENTO FLEXIBLE Y PERMEABLE Las piezas de piedra granítica serán colocadas sobre una base de 3-5 cm de gravilla, una previa capa permeable de 15-20 cm y un substrato existente de tierra natural previamente compactado. Con la utilización de pavimentos permeables se consigue recargar los acuíferos y reducir el volumen y el caudal máximo de escorrentía, provocado por las lluvias. También se remueven algunos contaminantes, mejorando la calidad del escurrimiento. El pavimento permeable disminuye la impermeabilidad efectiva de una urbanización, con lo que se reduce el caudal máximo de diseño y por lo mismo disminuye el tamaño y costo de la red secundaria, generando un ahorro en la inversión necesaria para urbanizar el terreno.

min 2.80 m

2.00 m

6.00 m

Variable

min 2.80 m

2.00 m

6.00 m

min 2.80 m

Variable

2.00 m

Variable

4.00 m

min 2.80 m

2.00 m

4.50 m

Variable

PAVIMENTO RIGIDO Y IMPERMEABLE Las losas de piedra se colocarán sobre un mortero de agarre que apoyará sobre la base de hormigón de 18-20cm de espesor convenientemente nivelado.Las aguas pluviales se llevarán a través de oportunas pendientes a la red secundaria a través de una canal continua que marcará el área de pavimento de la nueva urbanización donde pueda ocurrir una invasión vehicular.El aspecto y la riqueza del granito natural tratado superficialmente con las últimas técnicas de fabricación confieren una superficie de acabado que les aporta una textura y diferentes tonos de color, con alta resistencia al desgaste y durabilidad en el tiempo. Pavimentos indicados para pasos peatonales adyacentes a áreas de tráfico rodado donde es habitual que ocurra una invasión del vehículo. LOSA VERDE Pieza que crea una superficie de césped a la vez que suporta las cargas de vehículos. Esta losa combate la erosión del terreno causada por los efectos del tráfico, el agua y el viento y evita el arrastre de la vegetación proporcionando un excelente drenaje a través de sus huecos. Se colocará sobre una capa de 3-5 cm de arena sobre previa subase compactada. BORDILLO granitico

ASFALTO

LIMITES Los limites entre aéreas vehiculares y peatonales se marcarán con esferas de hormigón armado decapado y hidrofugado en diferentes colores. Apoyados al suelos y anclados con pernos metálicos para asegurar la estabilidad.

9

9

7.5

2.1

6

CUSTOMIZAÇÃO DO MOBILIARIO URBANO:SIMBOLO DE IDENTIDADE DA NOVA RUA FREI CANECA TAXI

4.5

5.8

0.78

0.78

2.6

4.3

BANCO INDIVIDUAL

BANCO MULTIPLE

LUMINARIA ALTA

PARADA DE TAXI

LUMINARIA MEDIA

PANEL INFORMATIVO

3.15 3.75

2.1

1

BANCO LOUNGE

4.5

0.78

4.5

4.7

5.75

4.5

Frei Caneca

5.4

0.78

El tratamiento horizontal uniforme de piedras graníticas y banda verde será enriquecido de la fuerte identidad de los mobiliarios urbanos verticales. Farolas, postes, bancos y señaletica urbana serán diversamente compuestos a lo largo de toda la intervención a través de un sistema de palos/tubos metálicos entramados. La casi aleatoria combinación de estos mobiliarios y de sus elementos constructivos generará los iconos del nuevo paisaje de la rua y intentará homogeneizarse con las especies arbóreas existente y de proyecto. Todos los elementos serán compuestos de perfiles tubulares huecos de acero galvanizado pintado, de diferentes diámetros según la altura y las funciones de los mobiliarios. Empotrados directamente al suelo sobre una base de hormigón los tubos se abrirán con geometrías arbóreas para mejor distribuir la iluminación en los diferentes ámbitos peatonales de la calle, para formar asientos, vallas y juegos para niños. Dichos elementos reflejarán los principios base del proyecto, la “continuidad” del sistema constructivo y la “diversificación” de los mismos según las diferentes funciones.

BANCO RELAX

NOME DE RUA

SEMAFORO

TELEFONE

ARVORE METALICA

CONCURSO DE PREMIAÇÃO DE PROJETO DE REURBANIZAÇÃO DA RUA FREI CANECA CASARÃO BRASIL - ASSOCIAÇÃO LGB - INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL - SÃO PAULO

3/4


DIVERSIFICAÇÃO: “A ÁGORA”

ESCENARIO PAULISTA: O PARQUE

ESCENARIO IGREJA: A PRAÇA

ESCENARIO ESCADARIA: O TEATRO

ESCENARIO SHOPPING: O MERCADO

exposicion

ND HA AV AN A RU

FORTE ME UTOR PE NA RUA DO

RUA BARBOSA

RODRIGUES

NDES

AV A

teatro al aire libre

CONCURSO DE PREMIAÇÃO DE PROJETO DE REURBANIZAÇÃO DA RUA FREI CANECA CASARÃO BRASIL - ASSOCIAÇÃO LGB - INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL - SÃO PAULO

4/41/4

6. Frei caneca  

Vinnande tävlingsförlag

6. Frei caneca  

Vinnande tävlingsförlag

Advertisement