Issuu on Google+

INF A03 - ARQUITETURA DE COMPUTADORES Período 2011.2 TRABALHO NR. 1

NOME: Felipe da Costa Fulli de Oliveira CURSO: Redes de Computadores TURMA: 822

Termos e Siglas da Informática DMA (Direct memory access) – Acesso Diretor da Memória Resumo: Permite que dispositivos de hardware em um computador, tenham acesso à memória do sistema para leitura e gravação independentemente do processador. Emprego na Informática: O acesso direto da memória é usado igualmente para transferência de dados de núcleos em processadores multi-core, em especial nos sistema-em-microplaquetas do processador, onde seu elemento de processamento é equipado com uma memória local, e o acesso direto da memória é usado para transferir dados entre a memória local e a memória principal. Os computadores que têm os canais de acesso direto a memória podem transferir dados aos dispositivos com muito menos perdas gerais de processamento do que computadores sem uma via de acesso direto à memória Como exemplo de motor DMA incorporado em um processador de propósito geral, são os novos chipsets Intel Xeon, que incluem uma tecnologia chamada DMA I/O Acceleration Technology(I/OAT) destinado a melhorar o desempenho de rede(Gigabit Ethernet). CRT (Catodic Ray Tube) – Rubo de Raios Catódicos Resumo: Os CRT's surgiram em 1924, quando foi inventada a televisão. A primeira televisão era de madeira. Em 1950 a televisão se popularizou e em 2008 os CRT's já perdiam força porque no mercado continuavam se popularizando cada vez mais os LCD's e Telas de Plasma. O princípio de funcionamento de um monitor CRT é usar um canhão de elétrons, montado na parte de trás do tubo de imagem para acender as células de fósforo que compõe a imagem. O canhão emite elétrons, que possuem carga negativa. Para atraí-los até a parte frontal do tubo é utilizada uma cinta metálica chamada de anodo, que é carregada com cargas positivas.


O canhão bombardeia uma a uma as células de fósforos, sempre da esquerda para a direita e de cima para baixo. Ao bombardear a última célula ele volta à posição inicial e recomeça a varredura. O número de vezes por segundo que o canhão é capaz de bombardear a tela é chamada de taxa de atualização. Para que a imagem seja sólida o suficiente para não causar danos aos olhos a taxa de atualização deve ser de pelo menos 75 Hz (75 vezes por segundo). Emprego na Informática: O monitor CRT é um dispositivo de saída do computador, cuja função é transmitir informação ao utilizador através da imagem, estimulando assim a visão. RISC (Reduced Instruction Set Computer) - Computador com um Conjunto Reduzido de Instruções Resumo: É uma linha de arquitetura que é projetado para executar um número menor de instruções para que o processador possa operar em uma velocidade mais elevada. O primeiro computador a se beneficiar desta descoberta foi PC da IBM / XT em 1980 Emprego na Informática: Algumas plataformas que utilizam a arquitetura RISC e que fazem parte do nosso dia a dia:       

O iPod da Apple (costume ARM7TDMI SoC) O iPhone da Apple e o iPod Touch (Samsung ARM1176JZF, ARM Cortex-A8, a Apple A4) iPad o SoC (A4 Apple baseados em ARM) Palm e Pocket PC PDAs e smartphones (Marvell família XScale, Samsung SC32442 - ARM9) O RIM BlackBerry smartphone dispositivos de E / e-mail. Microsoft Windows Mobile O Nintendo Game Boy Advance (ARM7TDMI)

ULA (Unidade lógica e aritmética) Resumo: É a unidade do processador que executa as operações lógicas e aritméticas.


Ela soma, subtrai, divide, determina se um número é positivo ou negativo ou se é zero. Além de executar funções aritméticas, uma ULA deve ser capaz de determinar se uma quantidade é menor ou maior que outra e quando quantidades são iguais. A ULA pode executar funções lógicas com letras e com números. Também toma decisões lógicas, resolvendo sintaxes lógicas em uma programação. Emprego na Informática: Melhorar a capacidade dos computadores em resolver cálculos complexos. DDR ou Double-Data-Rate (Memória de acesso aleatório) Tipo de memória utilizada em computadores que transmite dois dados por pulso de clock aumentando o desempenho. Resumo: A DDR SDRAM foi criada para ter o dobro de desempenho em relação às memória existentes (que passaram a ser chamadas SDR SDRAM) sem aumentar o clock da memória. As memórias do tipo DDR tem capacidade máxima de até 1 Gigabyte, sendo que mais é conseguido quando a placa mãe possua mais slot's e usar mais memórias de 1 GB. Emprego na Informática: Agiliza a velocidade de processamentos feitos pela CPU.

EPROM (Erasable Programmable Read-Only Memory - Memória Programável Apagável Somente de Leitura") Resumo: Tipo de chip de memória de computador que mantém seus dados quando a energia é desligada. Em outras palavras, é não-volátil. Uma EPROM é programada por um dispositivo eletrônico que dá voltagens maiores do que os usados normalmente em circuitos elétricos. Uma vez programado, uma EPROM pode ser apagada apenas por exposição a uma forte luz ultravioleta. Emprego na Informática: Alguns computadores usavam a memória EPROM interna para armazenar seus programas. Isto era feito antes do advento da memória Flash. SATA (Serial AT Attachment) Resumo: Tecnologia de transferência de dados entre um computador e dispositivos de armazenamento em massa (mass storage devices) como unidades de disco rígido e drives ópticos.


Emprego na Informática: É o sucessor da tecnologia ATA (acrônimo de AT Attachment, também conhecido como IDE ou Integrated Drive Electronics) que foi renomeada para PATA (Parallel ATA) para se diferenciar de SATA. Diferentemente dos discos rígidos IDE, que transmitem os dados através de cabos de quarenta ou oitenta fios paralelos, o que resulta num cabo enorme, os discos rígidos SATA transferem os dados em série. Os cabos Serial ATA são formados por dois pares de fios (um par para transmissão e outro par para recepção) usando transmissão diferencial, e mais três fios terra, totalizando 7 fios, o que permite usar cabos com menor diâmetro que não interferem na ventilação do gabinete. As principais vantagens sobre a interface parallel ATA são: maior rapidez em transferir os dados, possibilidade de remover ou acrescentar dispositivos enquanto em operação (hot swapping) e utilização de cabos mais finos que permitem o resfriamento de ar de forma mais eficiente.

IDE (ATA - Advanced Technology Attachment,) Resumo: É um padrão para interligar dispositivos de armazenamento, como discos rígidos e drives deCD ROM’s no interior de computadores pessoais. Emprego na Informática: A interface foi projetada inicialmente apenas para conectar discos rígidos; com o advento de outros tipos de dispositivos de armazenamento - nomeadamente os de suporte amovível, como drives de CD-ROM, tape drives, e drives disquetes de grande capacidade, como as ZIP — obrigou à introdução de extensões ao padrão inicial USB (Universal Serial Buss) Comumente conhecido como pen drive ou disco removível. Resumo: Ele foi originalmente projetado para substituir conexões paralelas e seriais. Os dispositivos USB são “hot-swappable”, o que significa que os usuários podem conectar e desconectar os dispositivos enquanto o computador está ligado. Constituído por uma memória flash tendo aparência semelhante à de um isqueiro ou chaveiro e uma ligação USB tipo A permitindo a sua conexão a uma porta USB de um computador ou outro equipamento com uma entrada USB. As capacidades atuais de armazenamento são variadas, existindo pen drives com capacidade de até 256GB. A velocidade de transferência de dados pode variar dependendo do tipo de entrada, sendo a mais comum a USB 2.0 e a mais recente a USB 3.0.


Emprego na Informática: A interface USB é utilizada nos computadores atuais como uma porta de dispositivos periféricos, por exemplo, pode-se conectar um HD externo que poderá servir como disco de backup, pode se conectar pendrives que são utilizados como unidades de discos removíveis, com eles podemos carregar arquivos pessoais a qualquer lugar. Outra boa utilização para a interface USB é a utilização de impressoras com este padrão de conector além das funções já citadas as interfaces USB podem ser utilizadas pra conectar mouse, teclado, câmeras digitais etc. A interface USB se tornou nos computadores atuais praticamente a principal porta de entrada de periféricos.

ROM (Read Only Memory – Memória Somente Leitura) Resumo: Os chips ROM estão localizados na placa-mãe. Os chips ROM contêm instruções que podem ser diretamente acessadas pela CPU. Instruções básicas para inicializar o computador e carregar o sistema operacional são armazenadas na ROM. Os chips ROM retêm seu conteúdo mesmo quando o computador é desligado. O conteúdo não pode ser apagado nem alterado por meios normais. Emprego na Informática: Ajuda o processador a interpretar configurações de hardware a fim de otimizar a inicialização do sistema operacional bem como no gerenciamento da BIO e do SETUP. BIOS (Basic Input Output System – Sistema Básico de Entrada e Saída) Resumo: A BIOS é certamente a parte do nosso computador mais antiga comparando com muitas outras coisas que um computador moderno hoje têm. e serve para iniciar os dispositivos como discos, memória, placa gráfica, CPU, entre outras funções como iniciar os registos do chipset da placa-mãe. Emprego na Informática: A BIOS não existe apenas em placas-mãe. As placas gráficas também o têm e também dispositivos como leitores de CD e discos rígidos, embora nestes o nome BIOS não é o nome mais correto mas sim firmware. No caso dos firmwares em discos rígidos e outros, por exemplo, pode trazer mais benefícios hoje em dia como correção de incompatibilidades, melhor desempenho, embora na maioria dos casos nunca seja necessário atualizar o firmware, a não ser para adicionar novas funcionalidades.


SUN (Stanford University Network - Rede da Universidade de Stanford) Resumo: É uma subsidiária da Oracle Corporation fabricante de computadores, software e semicondutores com sede em Santa Clara, Califórnia, no Silicon Valley (Vale do Silício).

Emprego na Informática: A empresa foi a criadora da Plataforma JAVA, desenvolvida no início da década de 90 especificamente com o objetivo de permitir o funcionamento de programas independentemente do dispositivo onde fossem usados. A plataforma consiste em três partes principais: a linguagem de programação Java, a máquina virtual Java (JVM), e diversas Applets Java. O projeto da plataforma Java é controlado pela Sun e pela comunidade de usuários através do Java Community Process (JCP), ou processo da comunidade Java. A linguagem Java é uma linguagem orientada a objetos. Desde sua introdução, em 1995, tornou-se uma das mais populares linguagens de programação do mundo.

Processadores

Nome/Modelo 6800

6502

6809

68000

68008

60010

Descrição Primeiro microprocessador da Motorola de 8 bits, sendo um dos primeiros a serem utilizados em controle de sistemas. Microprocessador popular, de baixo custo e tecnologia MOS, utilizado em computadores pessoais, como as máquinas Apple. Compatível com o 6800. Evolução do 6800, apresentando registradores adicionais, novas instruções incorporando manipulação de dados de 16 bits, e mais modos de endereçamento. Microprocessador de 16 bits da Motorola, com 16 Mbytes de capacidade de endereçamento, comunicação externa com via de dados com 16 bits, e via de dados interna com 32 bits. versão do 68000 com via de dados externa de 8 bits e via de endereços de 20 bits, permitindo o endereçamento de até 1 Mbytes de memória. Projetado para a concepção de sistemas mais baratos, apresentando uma performance de cerca de 60% do 68000. Evolução do 68000 com controle de memória virtual. 16Mbytes de endereçamento.

Fabricante

Lançamento

Motorola

1974

MOS Technology

1975

Motorola

1978

Motorola

1979

Motorola

1982

1983


68020

SPARC

PowerPC

Blackfin

UltraSPARC III

OMAP

OMAP3430 Processor

SITARA AM 1808

Microprocessador de 32 bits, compatível com os processadores anteriores. Possui unidades de pré-fetch e cache de 256 bytes. As vias de dados e endereços não são multiplexadas. foi usado nos computadores pessoais Apple Macintosh II e Macintosh LC, bem como em workstations Sun 3 e na série Hewlett Packard 8711 Network Analyzers Baseado na arquitetura RISC que foi licenciado para outros fabricantes com o objetivo de alcançar maior compatibilidade. Foi construido pela Sun para substituir os processadores da Motorola. Processadores compatíveis com essa arquitetura não podem executar instruções x86 e x64 e foram usadas pela Apple desde 1994 até 2006. Microprocessadores de 16 e 32 bits que possuía, como diferencial, um processador de sinal digital (DSP) embutido, usado para processar áudio e vídeo. Aliado a outras características de design, esse processador permite um consumo menor de energia aliado ao alto desempenho. O uCLinux é um dos sistemas operacionais que suporta esse tipo de CPU Executa quatro instruções por ciclo de máquina. Este processador é baseado na arquitetura RISC, no padrão SPARC V9 de 64 bits, proporcionando alta performance. O modelo mais recente é o OMAP 4, o qual conta com dois núcleos Cortex-A9, que operam com clock de 1 GHz. Esses processadores estão presentes em produtos como o BlackBerry PlayBook e o LG Optimus 3D. Utilizado em aparehos portateis e móveis. Oferece até 3x de ganho no desempenho dos processadores baseados em ARM11, permitindo produtividade e entretenimento avançados em dispositivos móveis. Primeiro aplicativo a ser projetado em um processo CMOS de 65 nanômetros (nm), o OMAP3430 opera em uma freqüência maior do que os processadores OMAP da geração anterior, reduzindo a tensão do núcleo e acrescentando recursos de redução de energia. Integram interfaces ATA serial (SATA), porta paralela universal (uPP) e unidade programável em tempo real (PRU), que proporciona flexibilidade e controle configurável I/O, permitindo extensão da capacidade de periféricos e adição de interfaces adequadas aos projetos. A escalabilidade dehardware e software dos dispositivos AM1x é agregada a uma série de softwares. Com opção de 375 e 450 MHz, os microprocessadores escaláveis Sitara™ ARM9 (modelos AM1808, AM1806, AM1707 e AM1705) apresentam compatibilidade pino a pino com os processadores OMAP-L1x

Motorola

1984

Sun

1985

Aplle / IBM / Motorola

1991

Analog Devices

2000

Sun

2001

Texas Instruments.

-

Texas Instruments.

-

Texas Instruments Semicondutores


AM389x ARM Cortex-A8

Melhor desempenho da indústria multicore DSPs, que combina capacidades fixa e de ponto flutuante. Até 1,5 GHz ARM Cortex-A8 de otimização de desempenho

Texas Instruments Semicondutores

Esta pesquisa foi bastante interessante, pois revelou para mim sobre diferentes arquiteturas que eu realmente não fazia ideia que existisse. Em minha concepção só eram fabricantes de processadores aquelas empresas que notoriamente dominam o mercado, tais como AMD, INTEL. Muitas são as tecnologias que equipam os processadores em toda a historia de sua evolução, e da mesma forma que essas tecnologias foram inovadores, cada uma em sua época, maiores são as descobertas daqui pro futuro, pois cada vez mais se torna necessária a integração do home com os dispositivos eletrônicos e amais poder de processamento será necessário atender a crescente gama de informação que é gerada.


FONTES:

http://search400.techtarget.com/definition/RISC http://www.cisco.com/web/learning/netacad/index.html http://blogs.forumpcs.com.br/espaco_aberto/2005/02/24/memoria-parte-1/ http://pcworld.uol.com.br/reviews/2010/07/08/guerra-dos-processadores/ http://www.cpushack.com/CPU/cpu1.html http://focus.ti.com/general/docs/wtbu/wtbuproductcontent.tsp?contentId=14649&na vigationId=12643&templateId=6123


siglas