Issuu on Google+

ColĂŠgio Madre Paula Montalt | 1


EDITORIAL Compromisso com a fé e o saber No decorrer de 2011 demos graças a Deus pelo dom da vida e pela força que a cada dia se renova nos caminhos da nossa missão como educadores cristãos. Louvamos também o 10.º aniversário da canonização da fundadora das escolápias, Santa Paula Montal. Para alcançarmos resultados satisfatórios, dedicamos atenção especial e personalizada à criança e ao jovem para que desenvolvam em cada projeto de vida, de forma harmoniosa, as dimensões cognitivas e afetivas, por meio de experiências significativas de práticas de aprendizagem em diferentes situações de ensino. Direcionamos o processo educacional para a participação ativa dos nossos alunos, incentivando-os ao estudo, à produção de novos saberes, às conexões entre o conhecimento e o espírito pesquisador, ao desenvolvimento da autonomia, a fim de que estejam preparados para os desafios do mercado de trabalho, que a cada dia se encontra mais globalizado e competitivo. Nossa missão não é simples, porém possível, pois onde há amor, compreensão, diálogo e firmeza, com certeza, haverá crescimento pessoal. Olhando para trás, vimos um ano repleto de realizações e, em nossa 35.ª edição, vocês poderão acompanhar algumas delas, tais como: atividades, excursões, trabalhos solidários, formação cristã; enfim, irão perceber que, por meio da união de todos, os resultados em relação ao processo ensino-aprendizagem foram positivos. Tudo isso foi possível porque somos uma grande família, a FAMÍLIA MADRE PAULA MONTALT, que leva no coração e na alma o compromisso com a fé e o saber. Sob a proteção de Jesus, de Santa Paula Montal e de São José de Calasanz, agradecemos a todos que conviveram conosco durante todos esses anos, especialmente no decorrer de 2011. E, na certeza de que conviveremos juntos novamente, rogamos a Deus e a Maria Santíssima que nos guiem e nos iluminem agora e sempre.

Alvina Borges de Paiva (Madre Imaculada) DIRETORA


A voz do Madre Paula

Publicação do Colégio Madre Paula, editada sob responsabilidade do seu quadro de profissionais, para os alunos, os pais e toda a equipe de trabalho. Diretora Alvina Borges de Paiva Vice - Diretora Noeli Blume Coordenadoras Rosana Aparecida Sanches Baldarena Morais Fabiana Francioso Castro Del Nero Maria Cecília de Freitas Ribeiro Maria Helena Ignácio Karolski Orientadoras Maria do Carmo Medeiros Borges Auriana de Paiva Barbosa Capa Regina Célia Crepaldi Secretária Walkiria de Araújo Monteiro Lapo Produção Editora Eco Vox Tel.: (11) 3871-9292 Diagramação e Projeto Gráfico Felipe” Emple Colégio Madre Paula Montalt Rua Carlos Weber, 1315 Vila Hamburguesa - São Paulo CEP 05303-000 Tel.: (11) 3836-7369 Fax.: (11) 3837-9012 Site www.madrepaulamontalt.com.br Email madrepaula@madrepaulamontalt.com.br

Colaboradores

Alvina Borges de Paiva – DIRETORA Adelaide Monteiro Duarte Auriana de Paiva Barbora – ORIENTADORA EDUCACIONAL Andrea Baro Anunziata I. M. Lopes Claudia Fratini Edivaldo Valente Elisa Augusta C. Abreu Fabiana F. C. Del Nero – COORDENADORA DE ENSINO FUNDAMENTAL I Fátima Inês F. Fagnani Gonzalo Valentin Vergara Barba Joana D’Arc da Silva Costa Karolina Sanches Yackashe Maria Cecília de F. Ribeiro – COORDENADORA DE MINIMATERNAL, MATERNAL, EDUCAÇÃO INFANTIL E DE 1.º ANO DE ENSINO FUNDAMENTAL I

Maria das Virgens Santos Maria Helena I. Karoslki – COORDENADORA DO ESPAÇO CONSTRUINDO O SER – PERÍODO INTEGRAL

Marisa Martins Luz Marli Cordioli Marly Ondina P. de Lucca Mayra Dias Cândido Mikela Esperanza C. B. Lara Myrian Fátima G. F. Massarente Patrícia C. Prado Patrícia F. Badari Regina Lustre A. Gabriele Regina Russo da Cruz Roberto Marzola Rosana Aparecida S. Baldarena Morais – COORDENADORA DE ENSINO Rosane Maria Rauber Vagner C. Mancini Vera Elisa P. C. Campos Virginia Elisabeth Giglio


Período Integral ESPAÇO CONSTRUINDO O SER

CULINÁRIA

HORA DO ESTUDO

ESPORTE

DIA DO PASTEL NA FEIRA

MOMENTOS

SONINHO

4 | Colégio Madre Paula Montalt


LIVRO: UMA JANELA PARA O MUNDO

Maria Cecilia de Freitas Ribeiro Coordenadora de minimaternal, maternal, educação infantil e 1.º ano de ensino fundamental I

O curso de educação infantil e primeiro ano do fundamental I encerrou suas atividades em 2011 com uma confraternização comunitária em nosso colégio. A festa homenageou as crianças, as madres, os educadores, as famílias e os livros. O nosso repertório de apresentações, a partir do tema Livro: uma janela para o mundo, foi bem diversificado. Algumas turmas dançaram e outras representaram obras para a infância, de autores brasileiros, tais como: Ruth Rocha, Maurício de Sousa, Monteiro Lobato, Vinícius de Moraes, Ziraldo, entre outros. As fábulas, os contos e as diferentes histórias não foram esquecidos pelos pequeninos. Sabemos que ouvir histórias aprimora a capacidade de imaginação e estimula o pensar, o desenhar, o escrever, o criar e o recriar. Por esse motivo, o nosso maior objetivo e desafio é, juntamente com as famílias, incentivar o hábito de leitura, que deve começar muito cedo no lar, aperfeiçoar-se na escola e continuar pela vida inteira. Em uma sociedade tão rica em tecnologias, onde as informações podem ser trocadas por e-mails, o livro parece estar um pouco esquecido. Algumas pessoas podem até pensar que, na era da internet, a leitura de livros é um hábito do passado. Mas, aqui no colégio, ler as obras é um ato cotidiano, prazeroso e benéfico para as crianças.

Colégio Madre Paula Montalt | 5


Construção da identidade da criança

DIA DOS PAIS

HOMENAGEM A SANTA PAULA MONTAL

EXCURSÃO - TEATRO

LOUSA DIGITAL

COMEMORAÇÃO CÍVICA

CONTADORA DE HISTÓRIAS

SEMANA CULTURAL

6 | Colégio Madre Paula Montalt

EXCURSÃO - PETZOO


Rebenta pipoca... Explode alegria... Sonho e magia... Auriana de Paiva Barbosa Orientadora educacional

Na Semana da Criança muitas surpresas aconteceram: gincana, culinária, caça ao tesouro, filminho e pipoca, contadora de histórias, jogo de memória, oficina de artes e pintura, lanche comunitário, histórias com fantoches e jogos esportivos. No dia 11 de outubro, comemoramos o aniversário do nascimento de Santa Paula Montal. Ao final do dia, madre Imaculada e madre Fé presentearam as crianças com graciosas lembrancinhas.

As surpresas não aconteceram somente na Semana da Criança. Para encerrar o mês, a direção e as madres trouxeram para o auditório do colégio a Cia. de Teatro Troupe da Fantasia, que apresentou A Cigarra e a Formiga e O Leão e o Ratinho. As peças ressaltaram o carinho que devemos ter com as pessoas e com o meio ambiente. Enfim, todos os alunos vibraram e se encantaram com presentes, brincadeiras, diversão e, é claro, em um ambiente com muita alegria e amizade.

A CIGARRA E A FORMIGA

BRINCADEIRAS

ENTREGA DE PRESENTES

O LEÃO E O RATINHO

Colégio Madre Paula Montalt | 7


Homenagem especial

Fabiana F. C. Del Nero Coordenadora do ensino fundamental I

Com respeito e gratidão, nossas crianças comemoraram, em outubro, o Dia de Santa Paula Montal. As cerimônias representaram a ternura, a graça e o dinamismo de quem caminhou na direção do bem viver e do ser, que marcaram a vida da fundadora das Escolas Madre Paula Montal na Europa, nas Américas, na Ásia e na África.

EDUCAÇÃO INFANTIL

VISITA À SALA DE SANTA PAULA MONTAL

ENSINO FUNDAMENTAL I

MISSA EM LOUVOR A SANTA PAULA MONTAL

8 | Colégio Madre Paula Montalt


Excursão à Toca da Raposa

Professoras de 2.º ano de ensino fundamental I

Os alunos de 2.º ano visitaram a Toca da Raposa. Que surpresa! Brincaram com Narizinho, Emília e Pedrinho; ouviram histórias contadas por tio Barnabé e visconde de Sabugosa; comeram os deliciosos bolinhos feitos por tia Nastácia; dançaram com os gigantes mamulengos. Em um passeio pela mata viram o Saci-pererê, a Cuca, o Curupira, o Caipora... e alguns animais do hábitat estudado pelas crianças. Foi uma verdadeira aula viva de ciências e de nosso folclore. Adoraram!

ALUNOS DANÇAM COM MAMULENGOS

VISCONDE DE SABUGOSA E ALUNAS DO 2.º ANO

Para bem viver

Professoras de 3.º ano de ensino fundamental I

Anuncio Rodapé_MV Vila Leopoldina_e3mkt.pdf 1 25/11/2011

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Em 2011, estudamos o tema Alimentação e Saúde, que permeou a nossa Semana Cultural, ilustrada com trabalhos confeccionados por alunos que participaram ativamente das tarefas. Também o tema Animais: aprendendo sobre extinção e tráfico fez parte do conteúdo programático do ano letivo. E para exemplificar o assunto, organizamos uma excursão ao Zooparque, onde a alegria e o entusiasmo das crianças foram contagiantes. Nossos alunos aprenderam muito e tiveram a oportunidade de participar de brincadeiras amigáveis e de um saboroso almoço. 18:11:41

s lanchinho Vila Leopoldina sau dáveis Mamães e Papais, venham conversar com a nossa nutricionista e conhecer as opções de lanchinhos saudáveis para seu filho! Sem glúten

Orgânico

Sem lactose

Integrais

Rua Carlos Weber, 678 Tel: (11) 2305-7234

Colégio Madre Paula Montalt | 9


Compras em ação

Professoras de 4.º ano de ensino fundamental I

As turmas de 4.º ano começaram a fazer uso do dinheiro no ambiente escolar. Por meio de pesquisas e trabalhos, iniciamos a matemática financeira, com conceitos básicos e simples. Para encerrar o trabalho, ocorreu uma pesquisa de campo, em que os alunos aprenderam a distinguir aquilo de que necessitam daquilo que querem, simplesmente. Todos vivenciaram um dia de compras em um supermercado, onde puderam conferir vários itens do mesmo produto com diferentes preços. Também aprenderam a poupar o dinheiro e usá-lo de forma racional. O ensino de matemática financeira irá semear atitudes responsáveis quanto ao que se ganha e ao que se gasta.

Visita ao centro de São Paulo

Claudia Fratini Professora de 5.º ano de ensino fundamental I

Em outubro, os alunos de 5.º ano visitaram o centro histórico de São Paulo. O roteiro incluiu o Pátio do Colégio, a Catedral da Sé, o Marco Zero, a Torre do Banespa, o Mosteiro de São Bento, o Mercado Municipal, a Estação da Luz e a Pinacoteca. Foi uma oportunidade para conhecer lugares que são ícones da cidade, comparando a arquitetura antiga com a atual, e observando a história contada através dos monumentos e prédios visitados. Assim, puderam observar mais profundamente a região que define com mais exatidão os contrastes que formam a cidade de São Paulo.

A TURMA NA CATEDRAL DA SÉ

10 | Colégio Madre Paula Montalt

TORRE DO BANESPA

ALMOÇO NO MERCADO MUNICIPAL


PROJETO ACOLHER – O GRANDE ENCONTRO Maria Helena Karolski Professora de 5.º ano de ensino fundamental I

Com o objetivo de amenizar a ansiedade natural dos alunos de 5.º ano em relação à passagem para o 6.º ano, propiciando ações para que essa evolução ocorra de maneira mais tranquila, a equipe pedagógica e a direção, sensibilizadas com a situação, organizaram atividades especiais de integração entre as turmas dos diferentes períodos. Os alunos participaram de várias dinâmicas, bate-papos com a coordenação e direção, momentos reflexivos em diferentes ambientes e, para finalizar o projeto, uma interação dos grupos no evento chamado de “Grande Encontro”, que aconteceu no dia 19 de novembro, nas dependências do colégio, permeado de muita alegria e descontração.

QUIZ SHOW

Contando com a importante presença dos professores, as crianças do período da tarde tiveram a oportunidade de conhecer e conversar com os seus futuros mestres. Merece destaque a recepção carinhosa que os colegas do 6.º ano prepararam para os convidados. Todos compartilharam bons momentos e fizeram novas amizades durante o lanche coletivo, que foi saboreado pelos presentes. Por meio dessas ações, esperamos ter contribuído para tornar essa travessia menos angustiante e mais harmoniosa. Obrigada a todos os participantes do projeto e, em especial, aos alunos veteranos que recepcionaram tão bem os calouros do fundamental II de 2012.

CIRCUITO - ATIVIDADES FÍSICAS

HORA DO LANCHE

Colégio Madre Paula Montalt | 11


Primeira Eucaristia

Madre Rosane Maria Rauber Professora Mikela Esperanza C. B. Lara

A Primeira Eucaristia é um momento de pura emoção e beleza. É o início de uma sólida amizade entre Jesus e a criança. É o banquete da vida. Setenta e sete alunos do colégio prepararam-se, desde o início do ano letivo, para receber esse sacramento tão importante. Nos dias 29 e 30 de outubro, na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, as crianças realizaram o grande encontro com Jesus Cristo. Em celebração realizada pelo frei Fábio, da Ordem dos Agostinianos, as crianças e suas catequistas, madre Rosane e professora Mikela, puderam sentir o amor, o respeito, a fraternidade e a luz bendita de Jesus.

CATEQUIZANDOS - MADRE ROSANE

12 | Colégio Madre Paula Montalt

Certamente, Santa Paula Montal abençoou a todos. Foi um dia inesquecível, de religiosidade e esperança, fazendo valer todo esforço e toda dedicação. A caminhada não terminou. Uma nova etapa inicia-se, plena de exemplos de amor e fé. Parabéns para as crianças da catequese, os seus familiares e, também, todas as professoras que colaboraram para a realização desse momento tão especial com Cristo. Se Jesus prometeu estar no meio daqueles que vivem como irmãos, o mais importante é podermos viver também como irmãos uns dos outros. É a mensagem que dedicamos a todos vocês, com muito carinho.

CATEQUIZANDOS -PROFESSORA MIKELA


FEIRA DA SOLIDARIEDADE Joana D’Arc da S. Costa Professora de língua portuguesa do ensino fundamental II

“Missões de Santa Paula pelo Mundo” foi o tema da

mais de vinte países no mundo, dentre eles o Brasil, Mé-

Feira da Solidariedade, evento beneficente, dentre outros,

xico, Argentina, Chile, Bolívia, Filipinas, Japão, Guiné-

de maior importância que acontece anualmente no Co-

-Bissau, Senegal, Espanha, Índia.

légio Madre Paula Montalt. Cada turma do Ensino Fun-

O resultado do trabalho solidário dos alunos, pais,

damental II representou um país onde as Escolápias atu-

professores e demais participantes, que colaboraram para

am como missionárias, dando continuidade ao trabalho

o sucesso dessa festa, foi doado à Missão Escolápia em

de Santa Paula Montal – sempre zelar pela educação de

Guiné-Bissau, país do oeste africano.

crianças e jovens ao lado das famílias. O trabalho das Missionárias Escolápias espalha-se por

O 7.º ANO B, COM COMIDAS E DECORAÇÃO TÍPICA DO MÉXICO, FOI A TURMA VENCEDORA DO EVENTO, SOB A ORIENTAÇÃO DAS PROFESSORAS BÁRBARA BALDARENA E JOANA D’ARC

Que Santa Paula Montal cubra com suas bênçãos todos que praticam o exercício da solidariedade.

COREOGRAFIA DE ABERTURA DO EVENTO

Colégio Madre Paula Montalt | 13


Preocupação com a água

Mayra Candido Professora de ciências de ensino fundamental II

Em setembro, os alunos de 6.º ano do ensino fundamental II participaram de um projeto interdisciplinar promovido pelas professoras Ângela Capelete (Matemática), Marisa Luz (Língua Portguesa), Mayra Candido (Ciências), Adriana Novo (Inglês) e Elisa Abreu (História).

PROFESSORAS E ALUNOS DE 6.º ANO

14 | Colégio Madre Paula Montalt

O projeto tratou como tema central o uso consciente da água e sua relação com a qualidade de vida das pessoas. Ao longo do mês, orientados pelas professoras, os alunos montaram e ensaiaram uma peça teatral que foi apresentada na Semana Cultural.

OS ALUNOS INTERPRETAM


BARRA BONITA

Joana D’Arc da S. Costa e Maria das Virgens S. Silva Professoras de ensino fundamental II

Em setembro, os sétimos anos visitaram Barra Bonita, cidade do interior do estado de São Paulo, a 300 km da capital, situada à margem do rio Tietê. Durante o percurso - São Paulo/Barra Bonita - alguns tópicos foram abordados, tais como vias de acesso, história da região, zonas urbana e rural. Além dos aspectos históricos e ambientais da Hidrovia Tietê-Paraná e como operam as eclusas de navegação, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a indústria de cerâmica, com mais de um século de tradição, onde são produzidos tijolos, telhas e pisos. No Memorial do Tietê assistiram a uma palestra sobre o projeto EDUCANDO SOBRE AS ÁGUAS - um programa de educação ambiental para a gestão sustentável dos recursos hídricos na UGRHI (Unidade de Gestão de Recursos Hídricos) 13 – Tietê/Jacaré.

FUNCIONÁRIO DA OLARIA EXPLICA AOS ALUNOS TODO O PROCESSO PARA A FABRICAÇÃO DE TELHAS. OBSERVA-SE, À ESQUERDA, A MATÉRIA PRIMA PARA ESSA PRODUÇÃO, A MONTANHA DE ARGILA, QUE É RETIRADA DAS MARGENS DO TIETÊ

Navegando sobre as águas do Tietê, os alunos vivenciaram o momento em que o barco pôde transpor o desnível causado pela barragem por meio do elevador de água que serve para subir ou descer as embarcações, cujo processo de engenharia é simples e econômico, pois é feito por gravidade. A aprendizagem adquirida durante esse passeio foi apresentada pelos alunos, durante a Semana Cultural, por meio de fotos, vídeos e depoimentos pessoais, com exposição de telhas em estado natural da argila extraída das margens do Tietê. Houve até uma réplica da Eclusa, feita pela aluna Alexia Almeida D. Araújo, 7.º C, que utilizou uma pequena caixa para explicar aos visitantes todo o processo de um elevador de água que serve para subir ou descer as embarcações, transpondo os desníveis causados por barragens.

ALUNOS E PROFESSORES NAVEGAM PELO TIETÊ EM DIREÇÃO À ECLUSA DE BARRA BONITA

Colégio Madre Paula Montalt | 15


Ler, escolher, escrever e dramatizar

Joana D’Arc da S. Costa Professora de oficina de leitura de ensino fundamental II

Durante as aulas de Oficina de Leitura, os alunos dos sétimos anos leram o livro Luna Clara & Apolo Onze, escrito por Adriana Falcão. Escolheram um fragmento do enredo, escreveram um script e o dramatizaram. A apresentação teatral do livro ampliou o universo vivencial do aluno, pois o leitor passivo tornou-se o agente do imaginário da autora do texto. O livro conta a história de Luna Clara e Apolo Onze. Ela, uma garota que sonha conhecer o pai; ele, um garoto rico e mimado que vive em uma eterna festa, mas não tem vontade de nada na vida. Os encontros, desencontros, mistérios, desejos, perdas, fé e persistência inter-relacionam-se nessa história de amor traçada pelo destino. Parabéns, sétimos anos!

JÚLIA, ALEXIA, EDUARDO, LUCAS, VICTOR, JOÃO, ALUNOS DO 7.º C, REPRESENTAM PERSONAGENS EM DESATINO DO NORTE

16 | Colégio Madre Paula Montalt

CHRISTINE, DIOVANNA, GIOVANNA, JÚLIA, NATALY E VITÓRIA, ALUNAS DO 7.ºB, ENCERAM A PASSAGEM PELO VALE DA PERDIÇÃO

CAROLINA, GUILHERME, JOÃO, PEDRO, PRISCILA E VICTOR, ALUNOS DO 7.ºA, INTERPRETAM LUNA CLARA EM BUSCA DE SEU PAI DORAVANTE


CENTRO HISTÓRICO DE SANTOS

Vagner Clanisa Mancini Professor de geografia de ensino fundamental II

O passeio que os alunos de 8.º ano fizeram ao centro histórico da cidade de Santos permitiu-nos uma visão mais rica em informações sobre as diferentes paisagens que pudemos encontrar ao longo da viagem. Observamos as mudanças causadas pelo homem no ambiente natural: a cobertura vegetal original quase se extinguiu em alguns trechos e se alterou em outros. Notamos que o tráfego intenso de caminhões, automóveis e motos na Anchieta, uma rodovia antiga, não atende ao fluxo de trânsito atual.

Em Santos, visitamos a Bolsa Oficial de Café, local de arquitetura refinada e que oferece um cafezinho a quem o aprecia. Embarcamos em um bondinho que nos levou para uma viagem ao tempo antigo. No passeio a pé, pudemos apreciar a beleza de uma igreja do século XVII. Nossa diretora, madre Imaculada, acompanhou-nos nessa interessante e surpreendente viagem.

PROJETO INTERDISCIPLINAR

Professoras Eliza Augusta C. Abreu, Maria das Virgens Santos e Marisa Martins Luz

Durante o estudo do livro “A menina que descobriu o Brasil”, de Ilka Brunhilde Laurito, alunos de 6.º ano desenvolveram um projeto interdisciplinar. Nas aulas de oficina de leitura, além do prazer de ler, da aprendizagem do novo vocabulário e do entendimento da narrativa, verificaram que por meio do livro é possível ampliar o seu universo vivencial. Na disciplina de história, realizaram um estudo sobre a imigração italiana. Em geografia, confeccionaram mapas e pesquisas sobre os bairros de São Paulo formados por imigrantes. Ao trabalhar a interdisciplinaridade, os alunos puderam entender que podemos “viajar” de um lugar para outro em diversas épocas da história e descobrir o encanto que a leitura nos proporciona, além do conhecimento.

Colégio Madre Paula Montalt | 17


OS SANTOS E A PORCA

Karolina Sanches Yaekashi – 3º ano de ensino médio

Em 2011, o Grupo de Teatro Santa Paula realizou, com muita satisfação, seu 16.º projeto, que contribuiu para a história do nosso colégio. A partir da obra de Ariano Suassuna, a apresentação rendeu muitos risos, mas também chamou a atenção sobre um tema interessante: a avareza. A estreia foi na noite de 21 de outubro, no anfiteatro, onde os convidados puderam prestigiar nosso grupo. Nenhum trabalho é bem sucedido se não houver empenho e responsabilidade; isso também ocorre no teatro.

Foram diversos ensaios, retoques, conselhos e dedicação para que pudéssemos chegar ao nosso objetivo: a arte para a educação. Sob a orientação das professoras Anunziata I. M. Lopes e Regina Célia S. Crepaldi, crescemos juntos e aprendemos não só a encenar, mas também a viver. Construímos laços de amizade e companheirismo, lembranças que levaremos sempre em nossas memórias. Parabéns para todos!

OS ARTISTAS ENCENAM

ELENCO RECEBE OS APLAUSOS DA PLATEIA

A Spazio Odontologia é uma clínica que prioriza o atendimento diferenciado e humanizado de seus pacientes, dispondo de completa estrutura e tecnologia e uma equipe de profissionais especializados e atualizados nas áreas de: ORTODONTIA | PERIODONTIA

Spazio Odontologia

IMPLANTODONTIA | PRÓTESE ESTÉTICA RESTAURADORA DISFUNÇÕES DA ATM ENDODONTIA |PEDIATRIA

Rua Carlos Weber, 1244 - Vila Leopoldina – SP - Tel: (11) 3831-2092 18 | Colégio Madre Paula Montalt


DESAFIO ANGLO Em comemoração ao Ano Internacional da Química, alunos de ensino fundamental II e ensino médio participaram do Desafio Anglo, sob a orientação da professora de química Virgínia E. Giglio. Esse desafio foi uma gincana nacional para alunos do Sistema Anglo de Ensino, com base na filosofia pedagógica WebQuest e no Desafio nacional Acadêmico. Participamos de duas fases na competição. É importante ressaltar o espírito de equipe e seriedade demonstrado pelos alunos. Igualmente importante é registrar a valiosa colaboração da nossa auxiliar de pesquisa, Marli

Virgínia Elisabeth Giglio Professora de química – ensino médio

Cordioli, e do professor de informática, Francisco Pavanelli Neto, que nos acompanharam nessa jornada. Conseguimos resultados expressivos: 32.º lugar (de 144 escolas participantes) para o ensino fundamental II e 29.º lugar (de 92 escolas participantes) para o ensino médio. Equipe do ensino fundamental II: Gabriela Biscotto e Vítor Teixeira (8.º ano); Giovana Garcez e André Amaral (9.º ano). Equipe do ensino médio: Nadine G. de Assis e Octavio C. Rosa (1.º ano); Leonardo P. Macedo e Daniel G. Tiglea (2.º ano).

MADRE PAULA NA BOLSA DE VALORES

Edivaldo Valente Professor de matemática – ensino médio

No sábado, 29 de outubro, um grupo de alunos de 3º ano do ensino médio, acompanhados pelo professor Edivaldo, participaram da edição 2011 do Desafio BM&FBOVESPA. Uma competição em que estudantes e professores de escolas públicas e privadas, após assistirem a aulas sobre as características e funcionamento do mercado de capitais, simulam investimentos em ações de companhias brasileiras, tendo à mão todos os recursos

tecnológicos disponíveis. O desafio tem como objetivo formar futuros investidores, aperfeiçoar os conhecimentos dos alunos em educação financeira e do mercado de ações, além de demonstrar seu funcionamento na prática. Todos vibraram muito com o “sobe e desce” do mercado de ações a cada rodada da competição e agregaram uma grande experiência para o futuro.

Colégio Madre Paula Montalt | 19


SEMANA CULTURAL Qualidade de vida

Rosana A. S. Baldarena Morais Coordenadora pedagógica de ensino fundamental II e ensino médio

Com o objetivo central de desenvolver diversos projetos sobre o tema escolhido para a Semana Cultural de 2011, abordamos vários subtemas, resultantes da inquietação referente à temática que acabaram surgindo do estudo dos próprios alunos, que levantaram muitos questionamentos sobre as práticas do homem, tentando estabelecer princípios de uma ética para o dia-a-dia. Estas reflexões surgiram a partir do estudo da Campanha da Fraternidade deste ano, que foi indicado em março, sobre o meio ambiente. Destas inquietudes surgiram diversos projetos: • Minimaternal e maternal: Alimentação saudável e atividades esportivas; • Jardim I: Coisas que geram sorrisos; • Jardim II: Preservação da natureza; • 1.º ano: Ecologia; • 2.º ano: Esporte e lazer; • 3.º ano: Alimentação e saúde; • 4.º ano: Sustentabilidade; • 5.º ano: Saúde; • 6.º ano: Reciclagem; • 7.º ano: Água em movimento; • 8.º ano: Hábitos saudáveis; • 9.º ano: Ano Internacional da Química; • Ensino médio: Alimentação saudável, Ações sustentáveis, Oficinas de reciclagem, Empreendedorismo e geografia e Sociologia e orientação vocacional. Paralelamente a esta semana tivemos várias palestras sobre o tema abordado, com diversos profissionais. Encerramos esta semana com a exposição e explicações dos projetos desenvolvidos e a apresentação do Festival de Música, onde as bandas compostas por alunos se apresentaram, organizadas Grêmio Estudantil.

PALESTRAS

- A importância do esporte na qualidade de vida – professor Talmo de Oliveira - Sustentabilidade – Alice do Carmo Sousa - Reciclagem - Sr Carlos Gimenez, empresário no setor de PET - Conscientização ambiental e sustentabilidade - bióloga Natália Ravanelli - Sustentabilidade e os alimentos – bióloga Gabi Veiga - Alimentos saudáveis – Dra Natália Moraes C. Sauma, nutricionista - Acesso com sucesso ao mundo corporativo – professor Marcelo Novaes de Rezende, coordenador da Escola Superior de Engenharia e Gestão - Profissões e mercado de trabalho, com o professor de economia da Escola Superior de Propaganda e Marketing - Saber é o melhor remédio – uso de medicamentos – Dra Tatiana, do Conselho Regional de Farmácia

20 | Colégio Madre Paula Montalt


PRESERVAÇÃO DA NATUREZA

ECOLOGIA

ESPORTE E LAZER

ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

SARAU SAUDÁVEL

PALESTRA

Colégio Madre Paula Montalt | 21


OFICINA

AÇÕES SUSTENTÁVEIS

OFICINA DE RECICLAGEM

FESTIVAL DE MÚSICA

22 | Colégio Madre Paula Montalt


Encontro de educadores escolápios

Gonzalo Valentin V. Barba Professor de filosofia, espanhol e ensino religioso – ensino médio

Viagem é um conceito interessante desde o ponto de vista da antropologia, da sociologia, da filosofia, da teologia. Quando viajamos, saímos do nosso estado de acomodação, precisamos preparar nossa bagagem, levar o essencial e deixar de lado o supérfluo. É necessário projetar-nos às necessidades de um futuro, enfrentar a incerteza do que não conhecemos, aproximar de pessoas diferentes. Desde o ponto de vista religioso, as viagens nos lembram a experiência do êxodo. Sair da própria terra e acreditar nas promessas de Deus. A experiência do êxodo é se abandonar, confiar que Ele caminha na jornada junto conosco! Nessa experiência, relembramos as palavras do salmista: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará”! O nosso encontro em Belo Horizonte foi tudo isso e muito mais! Foi conhecer pessoas maravilhosas e redescobrir amigos que, na correria do dia- a -dia não temos a oportunidade de apreender as suas infinitas riquezas. Na partilha desses dias, nos sentimos família, nos sentimos escolápios, nos sentimos igreja, nos sentimos parte de um projeto maior! Foi a melhor experiência das nossas férias, pois conseguimos nos alimentar espiritualmente e recobrar forças para continuar a caminhada com a grande responsabilidade de contagiar aos nossos colegas com o espírito de Santa Paula e São José de Calasanz. Realmente valeu muito a pena conhecer as diversas obras que as irmãs mantêm em comunidades carentes da grande Belo Horizonte. Conhecer a história de luta de como surgiu a creche Tia Lita e poder apreciar o padrão de qualidade de suas instalações e do atendimento, que nos deixaram cheios de orgulho. Sem dúvida alguma, nenhum de nós ficou indiferente diante da brilhante apresentação da escola de circo; foi um momento emocionante e um privilégio contemplar como a arte é um

instrumento de promoção social e, naquele momento, no centro do picadeiro, os meninos e meninas eram os prediletos de Deus, as estrelas da noite, tão diferente da sociedade que nos rodeia, em que se exclui, se marginaliza e se ignora. Encontros são feitos para isso, para encontrar, para encontrar-se e buscar, como falamos para os nossos adolescentes no colégio. Para encontrar, o primeiro passo é identificar o que eu preciso, e para isso devo reconhecer as minhas necessidades. Chegamos ao encontro com malas de roupa e voltamos carregados de vontade, de alegria, de esperança e de muitos biscoitos de Minas! Terminar o artigo é falar obrigado. Obrigado às irmãs escolápias, que nos acolheram com tanto carinho. Obrigado a todos os educadores que compartilharam com tanta generosidade uma parte das suas vidas. Obrigado a Deus por constantemente nos falar bem pertinho do ouvido: ânimo, esperança, fé!

EDUCADORES DE SÃO PAULO PARTICIPAM DE ENCONTRO EM BELO HORIZONTE

Colégio Madre Paula Montalt | 23


MINHA VIAGEM A GUINÉ-BISSAU

Anunziata I. M. Lopes Professora de ensino religioso de ensino fundamental II

Viajar é uma das coisas que mais gosto de fazer. É sempre enriquecedor conhecer culturas e tradições diferentes da nossa, porque é aí que começa a maravilhosa aventura de viajar. Quando recebi o convite das escolápias para visitar Guiné-Bissau, aceitei-o prontamente, pois sabia que, além de encontrar irmã Alice e irmã Adriana, com as quais já tinha trabalhado, no Colégio Madre Paula, em São Paulo, havia a possibilidade de conhecer e conviver com inúmeras pessoas do Liceu João XXIII, em Bissau, que está a completar seus 25 anos de vida. Assim, a África que conhecia por livros, revistas, filmes e documentários seria para mim agora um cenário de ação, ao lado do espírito das missionárias escolápias, em um ambiente muito diverso do vivido em São Paulo. O desafio agigantou-se... A ansiedade tomou conta de mim à medida que a data da viagem foi se aproximando. A insegurança do que eu poderia fazer lá também crescia a cada dia. No entanto, irmã Alice norteou minhas expectativas, pediu-me que levasse algumas ideias e sugestões do nosso trabalho, em São Paulo, aos professores do Liceu. Sugeriu que falasse um pouco de cidadania, meio ambiente (sustentabilidade), valores éticos e morais. Passei a estudar e montar algumas ideias para dividir com os colegas de profissão, pois tinha certeza que não só ensinaria, mas aprenderia muito com eles. E foi exatamente o que aconteceu. A minha experiência foi tão válida que saí de lá muito mais enriquecida do que chegara. Foi maravilhoso conhecer cada um deles - não citarei nomes, porque são muitos - conviver com eles, saber de suas di-

24 | Colégio Madre Paula Montalt

ficuldades, de suas angústias em relação ao futuro de seu país, que tem pouco mais de trinta anos de independência, saber de suas esperanças... Além das pessoas que trabalham no Liceu, da irmã Fátima - que mora lá há 20 anos - conheci as jovens aspirantes a religiosas, e também Dom José, Bispo de Bissau; o Ministro da Educação, Artur Silva, que estudou no Brasil, em Recife; o Embaixador do Brasil, na Guiné, Jorge Geraldo Kadri; alguns nativos que moram nas tabancas; o casal português, Dr. Fernando, médico, e sua esposa Joaquina; Rosa Maria, que é filha do casal; Izabel, responsável pelo Recanto Emanuel, abrigo de 150 crianças e jovens abandonados, onde a maioria é doente mental ou portador de AIDS; e também religiosos de outras congregações. Tudo isso valeu, e como valeu! Foram conversas e trocas de ideias enriquecedoras, principalmente, com a jovem Luana, de dezoito anos, ex-aluna do Liceu, ativista ambiental da organização Tiniguena, que me cativou com a sua fluência, lucidez e maturidade ao falar sobre a importância da responsabilidade, do comportamento da juventude e do futuro do planeta. Saí ganhando muito com essa “troca” de experiência. Quem sabe volto, para rever pessoas tão queridas que me receberam com muito carinho, cuja sabedoria vai muito além de todas as dificuldades que enfrentam. Como eu disse aos professores do Liceu, a repetir um verso da música dos Titãs: “É CAMINHANDO QUE SE FAZ O CAMINHO”... Obrigada, comunidade escolápia, pela oportunidade da viagem. Obrigada, Liceu João XXIII, pela acolhida e pela homenagem que tanto me emocionaram.


8.o SEMINÁRIO DA ESCOLA DE PAIS DO BRASIL “Casamento & Casamentos” Construção e Reconstrução Regina Lustre Gabriele Professora de 3.º ano de ensino fundamental I

Em novembro, professoras do Colégio Madre Paula Montalt e a vice-diretora, madre Noeli Blume, estiveram presentes no auditório da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo para assistir duas palestras proferidas pelo frei Almir Guimarães e pelo professor Jairo de Paula. Foram dois momentos de reflexão a respeito da diversidade de atitudes que encontramos nas relações de casamento, de formação familiar e de educação dos filhos, atualmente. A Escola de Pais do Brasil – sociedade civil, voluntária, apartidária e gratuita – fundada em 1963, organizou o evento, que buscou refletir sobre a importância da família na educação das crianças e dos adolescentes.

AÇÃO SOLIDÁRIA

Myrian Massarente Professora de música

Em novembro, os alunos dos cursos de teclado, violão, flauta e guitarra, sob a minha regência e com a participação especial de madre Maria do Carmo, ao violão, apresentaram-se para acalentar o coração de cada um dos idosos da Casa de Repouso Orquídea, na Vila Hamburguesa.

Colégio Madre Paula Montalt | 25


PROJETOS SOCIAIS

Esperança nas novas gerações Os nossos projetos sociais valorizaram o equilíbrio entre o ser humano social, emotivo, biológico e político e o meio que o cerca. Em nosso caso, por meio de muitos trabalhos e vivências, recuperamos a autoestima positiva, a igualdade, a paz interior, a confiança, a compaixão, o entusiasmo, a solidariedade e a fé em Deus entre os alunos, os seus professores e a comunidade na qual todos estão inseridos.

NOSSA TURMA

ENTREGA DE COBERTORES

RUMO A GUINÉ-BISSAU

FEIRA DA SOLIDARIEDADE

NATAL DOS SONHOS

AÇÃO DE GRAÇAS - DOAÇÃO DE ALIMENTOS

CAMPANHA DO AGASALHO

DOAÇÃO AO PEQUENO COTOLENGO

O CANTINHO QUE ENCONTREI

26 | Colégio Madre Paula Montalt


A PRÁTICA ESPORTIVA COMO INSTRUMENTO EDUCACIONAL

VOLEIBOL - ENSINO FUNDAMENTAL II

NATAÇÃO - EDUCAÇÃO INFANTIL

JUDÔ - PERÍODO INTEGRAL

FUTSAL - ENSINO FUNDAMENTAL I

GINÁSTICA RÍTMICA - ENSINO FUNDAMENTAL I

FUTSAL FEMININO - ENSINO FUNDAMENTAL II

Colégio Madre Paula Montalt | 27


28 | ColĂŠgio Madre Paula Montalt


Madre Paula