Issuu on Google+


Primeiro Edital de Seleção do TIME FEJEMG 2017 A Federação das Empresas Juniores do Estado de Minas Gerais (FEJEMG) torna públicas as normas e as condições do Processo Seletivo para a Gestão 2017.

1. Da gestão Os trabalhos começarão assim que o resultado oficial do Processo Seletivo for divulgado e se encerrarão no dia 31 de dezembro de 2017.

2. Das vagas As Coordenadorias de Suporte e Conhecimento da Diretoria de Desenvolvimento terão suas equipes selecionadas em um novo edital em breve, assim como os assessores do time. Este edital compete as vagas de coordenadores da FEJEMG, sendo que para cada coordenadoria há uma dinâmica de trabalho a ser desenvolvida em conjunto com o(a) diretor(a) e colegas de trabalho. As vagas disponibilizadas neste edital para as coordenadorias da Diretoria Administrativo-Financeira estão sujeitas a alterações com a possível eleição do(a) Diretor(a) Administrativo-Financeiro ainda no período de seleção. Serão disponibilizadas vagas para as seguintes coordenadorias, com as respectivas funções:

2.1. Diretoria Administrativo-Financeira (DAF) 2.1.1. Dinâmica de trabalho da diretoria A DAF tem uma atuação dividida entre suporte interno, com a Coordenadoria Administrativa, e atuação direta na rede, com as Coordenadorias de Expansão, responsável pelo Programa Único de Federação por exemplo, e Regulamentação, responsável por produtos como o Selo EJ. A dinâmica de trabalho está sujeita a alterações com a eleição do(a) futuro(a) Diretor(a) Administrativo-financeiro da FEJEMG para o ano de 2017.


Ser um membro do Time FEJEMG é ter a responsabilidade em lidar com a maior federação do mundo, responsabilidade e disciplina se contemplam para desenvolver o trabalho de forma perene, cumprindo metas e objetivos, produzindo resultados de forma remota e construindo uma Minas Gerais mais empreendedoras lidando com empresários juniores comprometidos e capazes em todo estado. Enquanto Regulamentação, tudo isso é exponenciado, vez que se é responsável pelo maior programa do movimento empresa júnior: Selo EJ, durante o primeiro semestre, programa de consultoria jurídico-contábil obrigatório a todas EJs federadas, realizado por meio de auditoria; assim como no Regulamentação em Foco, segundo semestre; e o apoio que a Regulamentação realiza junto com a Expansão, seja no Fomento e Orientação, seja nos programas Novos Juniores e PUF. A Coordenadoria é responsável por analisar o comprimento das obrigações jurídico-contábeis de todas as EJs do Estado, principalmente através de auditoria, em consoante a que tudo que é feito na coordenadoria, ética e compromisso são essenciais para se lidar com aspectos jurídico-contábeis das empresa juniores de MG. Túlio Zancanelo - Coordenador de Regulamentação do Time FEJEMG 2016

2.1.2. Coordenadoria Administrativa Macroprocessos: Manter a regulamentação da FEJEMG; Coordenar o processo de criação e acompanhamento do Planejamento Financeiro da FEJEMG; Atualizar a planilha financeira, responsabilizando-se pelo processo de fluxo de caixa; Calcular e Cobrar as anuidades das empresas juniores; Confeccionar relatórios financeiros. Conhecimentos Técnicos Elaboração de documentos com boa escrita e linguagem simplificada; Técnicas de confecção e apresentação de relatórios; Elaboração de procurações; Princípios básicos de contabilidade; Metodologia para elaboração do planejamento financeiro.

2.1.3. Coordenadoria de Expansão Macroprocessos: Coordenar e executar o Processo Único de Federação (PUF); Desenvolver o MEJ não federado (Novos Juniores); Fomentar e orientar a expansão do MEJ; Dar suporte a abertura de novas empresas juniores; Fortalecer a marca da FEJEMG perante o MEJ não federado.


Conhecimentos Técnicos Conhecimento de Rede e MEJ; PE da Rede; Boas práticas de relacionamento de uma EJ e Núcleo com a IES; Modelos de estrutura organizacional e principais processos de uma EJ e Núcleo; Básico sobre processos jurídico-contábeis de abertura de EJ; Auditoria de documentos.

2.1.4. Coordenadoria de Regulamentação Macroprocessos: Coordenação do processo de orientação para regularização jurídica de empresas júniores federadas, núcleos e empresas juniores aspirantes; Auditoria de documentos; Executar os produtos Selo EJ, Regulamentação em Foco e Em Ordem; Articulação com as diretorias das áreas jurídica e administrativa dos núcleos e empresas juniores. Conhecimento Técnico: Técnicas de auditoria; Desdobramentos da Lei da Empresa Júnior; Conhecimentos jurídicos básicos; Aspectos jurídicos e administrativos das empresas júniores e núcleos; Diferenças de legislações municipais; Enquadramento de CNAEs.

2.2. Diretoria de Eventos (DEV) 2.2.1. Dinâmica de trabalho da diretoria A DEV atuará em três frentes: Infraestrutura, Jornada de Formação e Operações e Alinhamento. A primeira terá responsabilidade de proporcionar infraestrutura capaz de atender a todos os empresários juniores, bem como prospectar e negociar com fornecedores para todos os eventos da FEJEMG, com exceção das Reuniões Presenciais. Já a Equipe de Jornada de Formação deverá atuar no desenvolvimento do conteúdo e da programação de todos os eventos de forma estratégica e bem conectada, além de prospectar palestrantes e demais colaboradores. A área de Operações e Alinhamento, por fim, terá como funções a organização de todas as Reuniões Presencias, o relacionamento com Núcleos mineiros no que tange a eventos e a seleção, capacitação e coordenação de grupos de trabalho (staffs) dos eventos que tiverem essa necessidade.


As equipes serão formadas apenas por Coordenadores, todos os membros estarão no mesmo nível de trabalho, tendo suas responsabilidades divididas por projetos, não por cargo. A Diretoria terá atuação estratégica na criação de experiências para os empresários juniores que potencializem os resultados da rede, utilizando ao máximo o potencial de nossos eventos. Participar do Time FEJEMG em 2016 foi a realização de um sonho! Eu sabia que queria fazer parte da FEJEMG e amava as RPs, foi então a oportunidade perfeita para trabalhar com aquilo que mais me encantava no MEJ: o encontro mensal onde as energias são renovadas, velhos amigos são encontrados e novos são feitos. Mais do que isso, trabalhar com a principal ferramenta de engajamento da federação, os eventos, me dava constante certeza de que meu trabalho impacta sim nos resultados que as EJs estão alcançando durante o ano. Foi a chance de trabalhar em um ambiente totalmente dinâmico e com necessidade de alta capacidade de adaptação a ocasiões e pessoas. Ser Coordenador de RP, me fez conhecer muita gente boa em várias cidades, trabalhando diretamente ou indiretamente. Também tive a oportunidade de estar em muitos lugares e entender como, de fato, são as particularidades e diferenças do MEJ mineiro e como, principalmente, as pessoas encaram a nossa federação. Fazer parte do time executivo da maior do mundo, sem dúvida, me fez concretizar minha percepção e identificação com o propósito do MEJ.

Moisés Vieira - Coordenador de Reuniões Presenciais do Time FEJEMG 2016

2.2.2. Coordenadoria de Infraestrutura Macroprocessos: Mapeamento de risco de todos os eventos da FEJEMG (com exceção das Reuniões Presenciais); Planejamento da infraestrutura dos eventos; Gerenciamento de riscos da infraestrutura dos eventos; Prospecção de fornecedores; Negociação com fornecedores; Relacionamento com fornecedores; Gerenciamento de recursos necessários para o evento. Conhecimentos Técnicos: Know-how em gerenciamento de projetos; Conhecimento de ferramentas de análise de risco; Técnicas e boas práticas de negociação e argumentação; Planejamento e logística; Conhecimento de espaços e fornecedores em Minas Gerais. Requisitos Específicos da Coordenadoria: Disponibilidade para participação nos eventos da Federação


2.2.3. Coordenadoria de Jornada de Formação Macroprocessos: Análise de dados da rede; Elaboração do Plano de Jornada do empresário júnior; Prospecção de palestrantes; Elaboração de logística de palestrantes e demais colaboradores da programação; Recepção e atendimento de palestrantes durante o evento. Conhecimentos Técnicos: Conhecimento de rede; Noções de conteúdo de eventos; Planejamento de eventos; Noções de cerimonial; Boa redação; Facilidade de abertura de contato para programação; Requisitos Específicos da Coordenadoria: Disponibilidade para participação nos eventos da Federação

2.2.4. Coordenadoria de Operações e Alinhamento Macroprocessos: Mapeamento e gerenciamento de riscos das Reuniões Presenciais; Planejamento das Reuniões Presenciais Relacionamento e alinhamento dos eventos do MEJ mineiro com representantes de Núcleos; Seleção e capacitação de grupos de trabalho (staffs) de todos os eventos da FEJEMG; Coordenação de grupos de trabalho durante os eventos da FEJEMG. Conhecimentos Técnicos: Know-how em planejamento e gerenciamento de recursos; Gerenciamento de projetos e pessoas; Conhecimento em logística; Comunicação não violenta. Requisitos Específicos da Coordenadoria: Disponibilidade para participação nos eventos da Federação


2.3. Diretoria de Comunicação (DCO) 2.3.1. Dinâmica de trabalho da diretoria A Diretoria de Comunicação irá trabalhar de forma integrada para entregar nossos produtos a todos os públicos-alvo. Para isso, serão quatro frentes de trabalho: Imprensa e Conteúdo; Planejamento e Mídias; Criação e Tecnologia da Informação. A primeira coordenadoria será responsável por manter a divulgação da marca perante os meios de comunicação online e offline da sociedade, como a imprensa e meios especializados. Além disso, irá trabalhar para a produção de conteúdo relevante para os empresários juniores. Já a Coordenadoria de Planejamento e Mídias tem como principal responsabilidade trabalhar a estratégia de comunicação que irá nortear todas as produções, gerindo nossas redes sociais e demais pontos de contato com o empresário júnior. A Coordenadoria de Criação tem como objetivo primordial trabalhar a parte visual da marca FEJEMG, traduzindo nosso propósito através de produções gráficas online e offline. Já a equipe de Tecnologia da Informação tem como principal incumbência a atualização e potencialização dos resultados das plataformas online da FEJEMG, como o site, plataforma de benchmarking e consultorias. As equipes serão formadas por Coordenadores que terão como responsabilidade gerir os prazos e demandas dos demais Gestores (assessores), bem como a execução ativa dos projetos. Cada gestor, seja assessor ou coordenador, será responsável por estruturar e executar os projetos/campanhas da comunicação, tendo papel protagonista na execução da estratégia. Nesse edital, estão abertas as vagas apenas para os cargos de Coordenadores das seguintes áreas: Trabalhar no TIME FEJEMG é se superar a cada segundo. O trabalho remoto exige muita dedicação e disciplina. Mas com zelo e atenção é possível alcançar resultados significativos e afirmar a FEJEMG enquanto principal órgão de desenvolvimento e representatividade das empresas juniores de Minas Gerais. Na área de Imprensa e Conteúdo, nossa responsabilidade é auxiliar na consolidação da imagem da FEJEMG e de todas EJs de Minas, bem como divulgar para os veículos de imprensa de Minas o valor do empreendorismo universitário mineiro. Também somos responsáveis por gerar conteúdo de relevância e de qualidade para todos os empresários juniores mineiros. Buscamos construir mais que um blog e uma revista, mas sim verdadeiras experiências do conhecimento acerca dos pilares do movimento.

Cynthya Marangon - Coordenadora de Imprensa e Conteúdo do Time FEJEMG 2016

2.3.2. Coordenadoria de Criação Macroprocessos: Elaboração de identidade visual para produtos da Federação; Edição de vídeos institucionais e promocionais; Elaboração de peças gráficas para veiculação online e off-line.


Conhecimentos Técnicos: Senso estético apurado; Bom repertório de referências imagéticas, Conhecimento de plataformas sociais e seus formatos; Desejável bom domínio de Illustrator e Photoshop, além do Programa Premiere; Princípios básicos do design como retângulo de ouro, regra dos três terços etc.; Noções de composição e sentido de leitura, além de vibrância e combinação de cores com foco na harmonização visual.

2.3.3. Coordenadoria de Imprensa e Conteúdo Macroprocessos: Produção e envio de press-release para meios digitais e offline; Produção de conteúdo textual para os meios digitais e offline da Federação; Atualização de Mailing e elaboração de Clipping Estratégico Conhecimentos Técnicos: Boa oratória e redação; Desejável conhecimento de jargões jornalísticos; Desejável conhecimento em construção de press-release/texto jornalístico; Saber o processo de construção de uma linha editorial; Entender práticas de relacionamento de jornalistas.

2.3.4. Coordenadoria de Tecnologia da Informação Macroprocessos: Atualizar funcionamento e layout dos sites e plataformas desenvolvidos pela FEJEMG; Manter online as plataformas e sites e prestar suporte (correções, melhorias, etc); Administrar e-mails e máscaras do Time FEJEMG e conselheiros no apps.google; Oferecer soluções em tecnologia para as diretorias solicitantes (criação de plataformas, sites, aplicativos). Conhecimentos Técnicos: Conhecimentos de CMS (WordPress, Joomla!, etc.); Funcionamento do Sites Google e Apps Google; Desenvolvimento web, usando as linguagens de programação php e javascript e linguagens web como html e css; Noções de banco de dados, e noções de SQL (MySQL, PL/SQL, etc).


2.3.5. Coordenadoria de Planejamento e Mídias Macroprocessos: Planejamento e Execução de campanhas online e offline; Montagem de planejamento comunicacional a longo, médio e curto prazo; Elaboração de campanhas institucionais; Elaboração estratégica das campanhas de divulgação das ações e programas da Federação. Conhecimentos Técnicos: Bom domínio e conhecimento de mídias sociais; Conhecimento de plataformas sociais, físicas ou online; Conhecimento sobre briefing fundamentado em estratégia e estética; Elaboração de textos curtos objetivando a promoção da marca MEJ.

2.4. Diretoria Presidência (DPRES) 2.4.1 Dinâmica de trabalho da diretoria A DPRES vai trabalhar com uma estrutura enxuta, apenas com Coordenadores de área, para que eles sejam os responsáveis direto pelo gerenciamento e execução do seus produtos e responsabilidades. Na Área de Relações Institucionais teremos um Coordenador de RI, com uma atuação focada em negociação e abertura de contatos, além de se responsabilizar por todos processos de gerenciamento e relacionamento necessários para as parcerias desenvolvidas; e um Coordenador de Ecossistema que terá um papel analítico e de back-office, sendo responsável por liderar um projeto junto ao Presidente de Mapeamento do Ecossistema Empreendedor Educador Mineiro, para garantir assertividade nas negociações e no posicionamento da FEJEMG no nosso estado. Na área de Negócios, com foco no setor privado, atuaremos com dois coordenadores para ter um trabalho muito alinhado com o Presidente. Eles irão atuar nas aberturas de contatos, criação de proposta valor e na negociação (junto ao Presidente). Além disso, os coordenadores terão a função de gerenciar as parcerias, acompanhando o projeto e a entrega das demandas. O fluxo de trabalho será muito baseado em disciplina, definindo dias da semana para cada tipo de entrega e gerenciamento.


Assumir um cargo na FEJEMG foi uma experiência que eu não poderia ter vivenciado em nenhum outro lugar! Desde o início o time me fizeram sentir como se eu estivesse no lugar certo e me deu todo o suporte para que eu pudesse realizar o meu trabalho. Conheci pessoas incríveis que levarei para toda a vida e que me ajudaram em cada desafio. Dentro da DPRES, pude estar em contato com várias outras áreas e estabelecer contatos estratégicos com parceiros que auxiliaram em todas essas áreas. A compreensão de todo o funcionamento da Federação e a articulação com a Rede foram fundamentais. Trabalhei muito a minha flexibilidade, comunicação, pensamento estratégico, tomada de decisão e capacidade negocial, numa rotina que envolvia análise, prospecção e gerenciamento de parcerias. Estive em contato com os principais agentes de fomento ao empreendedorismo em Minas Gerais, representando o movimento para orgãos de classe, governo estadual e instituições públicas e privadas buscando endosso e o suporte necessário. Foi um ano de muito crescimento pessoal e profissional, que me fez enxergar o MEJ de outra forma e me apaixonar mais por esse movimento e por seu potencial transformador!

Clara Valadares - Coordenadora de Relações Institucionais do Time FEJEMG 2016

2.4.2. Coordenadoria de Ecossistema Empreendedor Macroprocessos: Desenvolver e atualizar o Mapeamento de Ecossistema Empreendedor; Estudo de possíveis parceiros; Construção do posicionamento estratégico do MEJ no Ecossistema Empreendedor Mineiro. Conhecimentos Técnicos: Conhecimento do Ecossistema Empreendedor Mineiro; Conhecimento de setor público; Aptidão para abertura de contatos; Técnicas e boas práticas de negociação e argumentação; Boa redação; Inglês; Conhecimento da rede e MEJ. Requisitos Específicos da Coordenadoria: Disponibilidade para participação nos eventos.

2.4.3. Coordenadoria de Negócios Macroprocessos: Prospecção de parceiros do setor privado; Construção da Agenda Institucional; Gerenciamento de parcerias.


Conhecimentos Técnicos: Conhecimento do setor privado mineiro; Aptidão para abertura de contatos; Técnicas e boas práticas de negociação e argumentação; Boa redação; Conhecimento da rede e MEJ. Requisitos Específicos da Coordenadoria: Disponibilidade para participação nos eventos.

2.4.4. Coordenadoria de Relações Institucionais Macroprocessos: Prospecção de parceiros do setor público; Construção da Agenda Institucional; Gerenciamento de parcerias e relacionamento institucional; Mapeamento de Editais. Conhecimentos Técnicos: Conhecimento do setor público; Aptidão para abertura de contatos; Técnicas e boas práticas de negociação e argumentação; Boa redação; Inglês; Conhecimento da rede e MEJ. Requisitos Específicos da Coordenadoria: Disponibilidade para participação nos eventos.

2.5. Diretoria Vice-presidência (DVP) 2.5.1. Dinâmica de trabalho da diretoria A DVP receberá a área de Pesquisas da FEJEMG, trabalhando com mais dados e gerando inputs para todo o time, além de grande foco na potencialização dos resultados da FEJEMG, em uma cultura de colaboração e conexão e um planejamento estratégico de processos, produtos e projetos. A diretoria será composta apenas pela a Coordenadoria de Gente e Gestão, com dois coordenadores e sem assessores, focados em acompanhar as diretorias da FEJEMG em 3 grandes áreas (Gestão das atividades e resultados, Pesquisas e Gestão de Pessoas) e sendo acompanhados diretamente pelo Diretor Vice-Presidente.


Cada coordenador terá suas diretorias com as quais deverá acompanhar as atividades de forma geral, resultados alcançados, desempenho de membros e demandas de pesquisas. Parte das funções da área de Gestão de Pessoas serão de responsabilidade no Diretor Vicepresidente. Internamente na DVP trabalharemos com uma atuação por projetos, com liberdade para estruturar iniciativas e disciplina para se autogerenciar.

Participar do Time FEJEMG foi uma das experiências mais engrandecedoras que tive no MEJ. Percebi como Minas Gerais é gigante, como as EJs são diferentes e como são sensacionais. Trabalhar com pesquisas me deu a possibilidade de matar minha curiosidade de como funcionam as EJs e perceber ainda mais como elas são únicas. Graças a esse trabalho, a FEJEMG teve possibilidade de acompanhar o crescimento da rede ao longo do ano, melhorando nossa velocidade nas ações para as EJs. Posso dizer que sei muito mais hoje sobre a nossa rede e sobre o nosso estado. Conheci pessoas incríveis, no time e fora dele e tenho certeza que ajudei todas elas a se tornarem empreendedores que vão mudar o nosso país!

Pedro Augusto Fernandes - Coordenador de Pesquisas do Time FEJEMG 2016

2.5.2. Coordenadoria de Gente e Gestão Macroprocessos: Gerenciamento do Sistema de Gestão da FEJEMG; Gestão de projetos, produtos e processos; Acompanhamento, análise e potencialização de resultados; Monitoramento do clima organizacional e desempenho de membros; Capacitação do Time FEJEMG; Concepção e execução de pesquisas; Análise de dados; Auditoria de dados coletados. Conhecimentos Técnicos: Modelos de gestão da estratégia; Métodos de solução de problemas e análise crítica; Técnicas de gestão de processos; Técnicas de gerenciamento e concepção de produtos e projetos; Técnicas de feedback; Modelos de cultura organizacional; Técnicas de concepção de pesquisas e análise de dados; Técnicas de auditoria de dados; Conhecimento de Rede e MEJ; PE da Rede; Excel avançado.


3. Dos requisitos  

O candidato deverá ser um integrante efetivo ou um ex-integrante de uma Empresa Júnior federada à FEJEMG, em situação normal de regulamentação. O candidato deverá ter a disponibilidade suficiente para a execução dos trabalhos previstos nesse edital tanto para o processo de seleção quanto para as funções que competem a cada cargo, compreendendo o período de 12/12/2016 a 31/12/2017. O candidato deverá ter disponibilidade de participar das imersões do Time FEJEMG, critério sujeito a eliminação do processo de seleção e desligamento da equipe ao longo da gestão. Possíveis exceções serão analisadas pela diretoria executiva da FEJEMG.

4. Das etapas da seleção A primeira etapa consiste na apresentação de interesse por meio do Formulário Oficial de Inscrição, contendo seu vídeo motivacional e demais demandas a serem apresentadas. O processo é seguido das etapas de desafio individual, resolução de case em grupo e entrevista. Todas as etapas são eliminatórias.

4.1. Do Formulário Oficial de Inscrição O Formulário contará com a captação de informações necessária para o prosseguimento do candidato no Processo Seletivo e está dividido com as seguintes partes: 1. Dados Pessoais: Coleta de informações gerais do candidato; 2. Experiências Prévias e Histórico de Realizações: objetiva conhecer por onde o candidato já passou e quais foram seus trabalhos desenvolvidos, além de seus resultados alcançados; 3. Cargos pretendidos: Coleta do cargo que o candidato pretende se candidatar, com sua visão atual sobre a área; 4. Disponibilidade: Tem o objetivo de captar as atividades que o candidato pretende desempenhar ano que vem, suas horas de trabalho disponíveis e como será sua organização do tempo de acordo com as diversas situações; 5. Análise de Perfil: Teste a ser feito com o objetivo de identificar a compatibilidade do seu perfil com o cargo pretendido; 6. Análise Cultural: Teste de identificação com a cultura organizacional da FEJEMG; 7. Vídeo de Motivação: Vídeo de até 3 minutos expondo pontos de motivação em ser do Time FEJEMG; 8. Teste de Conhecimento: Análise do conhecimento geral do candidato sobre a FEJEMG e o MEJ. O acesso ao Formulário se dará pela República Maré Vermelha, através do link: http://www.fejemg.org.br/sitenovofej/wordpress/ ou no fanpage da FEJEMG no facebook.


4.2. Do Desafio Prático e Resolução de Case em Grupo Os candidatos aprovados na análise do formulário participam da 2ª etapa, a realização do desafio individual e resolução de um case em um grupo de candidatos diversos. Os desafios são relacionados ao cargo para o qual o candidato se candidatou no processo seletivo e foi aprovado na 1ª etapa. Os cases não possuem direcionamento pela área de interesse dos candidatos e a resolução destes deve ser realizada pelo grupo designado pela FEJEMG e a entrega final deve ser transmitida por vídeo com a apresentação de slides e voz dos candidatos. Os desafios e cases serão enviados por e-mail pela FEJEMG aos candidatos, contendo todas as informações necessárias para a realização do mesmo, com prazos, diretrizes e ferramentas necessárias.

4.3. Das entrevistas Caso o candidato seja aprovado pela análise das resoluções dos desafios, a próxima etapa será a entrevista. Para o Processo Seletivo 2017, será utilizada a plataforma Hangouts, da Google, como principal e único meio de realização das entrevistas. Com isso, também será obrigatório ligar a webcam e microfone. O teste da conectividade com a internet é essencial, para que não haja nenhum problema. Caso exista algum empecilho, a situação será avaliada pelos Diretores que conduzirão a entrevista e poderão eliminar o candidato do Processo Seletivo.

5. Do cronograma Período 30/11/2016 até 11/12/2016 12/12/2016 até 15/12/2016 16/12/2016 até 18/12/2016

Etapa Etapa 1: Manifestação de Interesse Etapa 2: Desafio e Case Etapa 3: Entrevistas

Datas sujeitas a alterações durante o processo de acordo com seu andamento. O resultado oficial do Processo Seletivo 2016 será divulgado nas mídias sociais da FEJEMG, bem como será enviado um e-mail para os candidatos aprovados ou não até o dia 19/12/2016.


6. Da certificação O candidato aprovado receberá um certificado confeccionado pela FEJEMG, que será entregue ao final da gestão 2017.

Juiz de Fora/MG, 30 de novembro de 2016.

Mateus de Mattos Sales Diretor Vice-presidente – FEJEMG 2017


[TIME FEJEMG]] Processo Seletivo 2017 - 1º Edital