Issuu on Google+

Parecer Confederação

Goiás Júnior

Salvador, 28 de setembro de 2012


Parecer de Confederação Goiás Júnior A Diretoria Administrativo-Financeira, vem através deste parecer, colocar a sua opinião quanto a confederação de Goiás Júnior à Brasil Júnior, uma vez que analisou os documentos e relatórios por este enviados. Goiás Júnior demonstrou interesse em juntar-se à Brasil Júnior, visto o crescimento que terá como federação e o desenvolvimento que propiciará às suas empresas juniores, visto crescimento do número de iniciativas no estado, necessidade de organização, desenvolvimento e alinhamento destas empresas. Além de fortalecer o Movimento Empresa Júnior Nacional. Até a confecção do parecer Goiás Júnior apresentou todos seus documentos, estando regulamentada segundo critérios do Selo Federações. A federação pretende ser confederada contendo três Empresas Juniores, no entanto uma destas possui um documento pendente no Selo Empresa Júnior, com previsão de resolução em outubro. Esta pendência está mais bem esclarecida no parecer de auditoria. Além disso, existem hoje duas empresas juniores em processo de federação, na fase de regulamentação frente aos critérios do Selo EJ. É possível perceber o esforço na busca de resolução de inconformidades para garantir um início de gestão junto a Brasil Júnior adequado aos preceitos do Movimento Empresa Júnior e em conformidade com as exigências legais. Espera-se que até a data da Reunião Presencial em Outubro a pendência da EJ seja resolvida, caso contrário, indica-se confederação apenas com as duas EJs regulares. A missão de Goiás Júnior é “Representar, regular e potencializar o Movimento Empresa Júnior no estado de Goiás, promovendo a integração e o desenvolvimento das empresas juniores e da sociedade goiana” e a sua visão é “Ser referência para o Movimento Empresa Júnior estadual e para a sociedade goiana, como um agente de formação de empreendedores capazes de impactar positivamente o Brasil”. Vê-se que Goiás Júnior está alinhada com a Brasil Júnior, visto que seus objetivos e estratégias condizem com o estipulado para o Movimento Empresa Júnior Nacional no Planejamento Estratégico em Rede. A coordenadoria de Gestão de Federações e Núcleos realizou auditoria e análise de indicadores de gestão com finalidade de analisar a maturidade da federação com o Programa Aspirantes; a mesma enviou um parecer positivo em relação a gestão interna de Goiás Júnior. Com programas de auxílio à constituição de novas empresas juniores no Estado, Goiás Júnior elaborou um Processo de Orientação às EJs Nascentes com base no proposto pela Brasil Júnior, contribuindo de forma efetiva para o fomento do MEJ no


Estado. Com o projeto de Selo Goiás Júnior, a Federação pretende dar maior suporte às 20 empresas juniores já mapeadas no Estado, além do suporte aos Núcleos existentes em duas Universidades do Estado. Desta forma, a Diretoria Administrativo-Financeira julga Goiás Júnior como apta a tornar-se confederada à Brasil Júnior, com duas empresas juniores regularizadas, para que juntas trabalhem com mais força a favor do desenvolvimento do Movimento Empresa Júnior no País. A Diretoria Administrativo-Financeira se coloca a disposição para sanar possíveis dúvidas.

Salvador, 28 de setembro de 2012.

Patrícia Moscozo Diretora Administrativo-Financeira

Luis Galvão Coordenador de Expansão

Geerleson Barrim de Souza Coordenador de Regulamentação


Confederação Goiás - Parecer Diretoria