Page 1

OCB/CE

|Revista

Federação das Cooperativas de Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará

FECOOPACE ANO I - Nº 11 - NOVEMBRO/DEZEMBRO, 2010 | Fortaleza-CE

SESCOOP/CE Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Ceará

ass Boa Festtas!

FECOOPACE na grande carreata de apoio a Dilma Roussef Na ocasião, o governador reeleito Cid Gomes contou que o Transporte Complementar tem condições de praticar melhor preço, oferecer serviços de qualidade e propor conforto à população. Pág. 03

Capacitação

Dia das Crianças

Página Verde

FECOOPACE realiza palestra sobre Bilhetagem e Monitoramento via GPS. Presença de Michel Bedê, Diretor da Empresa 1.

COOTRALIN realiza grande festa no Dia das Crianças no conjutno Timbó, em Maracanaú.

César Barreto Lima, SuperintendenteAdjunto do DER, fala da relação com o Transporte Complementar e do próximo Governo.

Pág. 04

Pág. 05

Pág. 07


EDITORIAL

O melhor pra gente cearense e o povo brasileiro, é o que espera o Sistema

P

resente em todas as etapas das eleições passadas (para o Executivo e o Legislativo, em âmbito estadual e no plano federal), o Sistema Complementar de Transporte de Passageiro do Ceará cumpriu o papel cidadão a bem de uma classe, mas inteiramente focado no bem-estar da população. Buscamos somar na perspectiva de uma disputa justa, abrangente e em apoio às melhores propostas para um Estado melhor de se viver. A FECOOPACE abraçou as propostas mais coerentes e identificadas com a melhoria na qualidade de vida de todos nós, cearenses, como também da gente brasileira. Desenvolvimento com participação, respeito aos princípios legais, fortalecimento das instituições democráticas, mais saúde e educação, moradia e trabalho, saneamento e transporte de qualidade, entre outros. Já citamos, em nosso jornal, os políticos identificados com a causa do Sistema Complementar no Estado, desde quando nos colocamos na praça, ainda sem um amparo legal, até os dias de hoje, quando estamos legalizados, temos o respeito do Governo

do Estado, o carinho dos usuários, que nos reconhecem como extremamente úteis em seus deslocamentos no dia-a-dia, com segurança e presteza. Somos gratos ao Governador Cid Gomes, reeleito. Para o Transporte Complementar Cearense, é uma espécie de “patrono”. Ele nos ouviu os pleitos e acreditou na nossa causa; enfim, entendeu o que éramos, nosso potencial, onde queríamos chegar. Para falar da importância do Governador nas nossas lutas e conquistas da categoria, basta lembrar das mudanças pelas quais deveria passar o Sistema de Transporte Intermunicipal. Nessa ocasião, o Governador disse que para “ficar completo, falta legalizar o Sistema de Transporte Complementar (Alternativo) metropolitano”. Já tivemos a outorga da permissão para a tal exploração do serviço público complementar de transporte rodoviário de passageiros. O que esperar do novo Governo Cid Gomes? Que continue a árdua tarefa de promover o desenvolvimento participativo, e que nos ouça, nos atenda no que for preciso,

para que sempre e cada vez mais possamos contribuir para um sistema de transportes de passageiros eficaz e eficiente. Saiba o Governador que pode contar conosco, sempre. Estaremos a postos para construir, com ele, um Ceará mais digno, justo. Quanto à presidente eleita Dilma Rousseff, que faça um governo para todos os brasileiros e brasileiras, priorizando o desenvolvimento social, tal como na gestão do presidente Lula. Primeira mulher eleita ao Palácio do Planalto, imaginamos que dê continuidade a programas como o Bolsa Família e promova as reformas tributárias e políticas. Que a futura Presidente ponha em execução os treze pontos principais que propôs durante o período eleitoral, entre os quais estavam os investimentos na saúde, na educação, a erradicação da pobreza, a transformação do Brasil em potência tecnológica e a defesa do meio ambiente. A Direção.

A TOPIQUEIRA

“Sou feliz no meu trabalho e não me vejo fazendo outra coisa”

M

iriam Rabelo, 45 anos, há três anos e meio trabalha como fiscal da Coopertec. É responsável

pela organização do tráfego e rodízio de 13 carros da linha Araturi/Fortaleza. Antes de fixar residência no Bairro do Araturi (Caucaia), morou em Horizonte. Miriam trabalhava com vendas e “fazia de tudo um pouco”, como diz. Na capital cearense trabalhou de segurança até receber o convite que, segundo ela, mudou sua vida: “Quando um cooperado me chamou para trabalhar como fiscal foi tudo muito novo, diferente, descobri que o meu maior prazer era trabalhar com o público”.

Boa relação no trabalho “No meu ambiente de trabalho me dou muito bem com todos, tanto com os colegas da categoria como com os passageiros, e acho que sou querida. No meu trabalho tem que ter paciência e gostar de lidar com o público, e isso eu tenho comigo, e venho tirando de letra esta relação, que deve ser de respeito e amizade.” Responsabilidade “O serviço de fiscal no Sistema de Transporte Complementar requer muita atenção, compromisso e honestidade”.

EXPEDIENTE A Revista FECOOPACE é uma publicação da Assessoria de Imprensa da FECOOPACE - Federação das Cooperativas de Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará. Diretoria Diretor Presidente: Marcos César Bezerra Nobre Diretor 2° Vice-Presidente: Agostinho Cleson de Sousa Lima Diretor Financeiro: Gutemberg Machado Pinheiro Diretor Secretário: Ricardo Oliveira de Lima Diretor Social: Giovane Bernardone Xavier Conselho Fiscal 1° Conselheiro Fiscal: Francisco Hélio Miranda da Costa 2° Conselheiro Fiscal: Arquelânio Cruz Ferreira

3° Conselheiro Fiscal: Antonio Deusimar da Silva Júnior Suplentes do Conselho Fiscal 1° Suplente: Sidney Martins de Sousa 2° Suplente: Eliezer Freire de Araújo Silva 3° Suplente: Vânia Maria da Silva Parente Conselho de Ética 1° Conselheiro: Antônio Pereira de Sousa 2° Conselheiro: Xilon de Sousa 3° Conselheiro: Edilberto Rufino Barroso Júnior Suplentes do Conselho de Ética 1° Suplente: Francisco Rogenilson Rodrigues Nogueira 2° Suplente: Pedro Henrique da Silva 3° Suplente: Carlos Leônidas Albuquerque de Rego Barros Endereço FECOOPACE Avenida Presidente Costa e Silva, 4007 A - Passaré -

CEP: 60.761-190 - Fortaleza-CE Fone: (85) 3291.2100 www.fecoopace.com.br Editora: Julyanna dos Santos Albuquerque (Mtb CE 2292). E-mail: simmetriacomunicacao@gmail.com Colaboração: Pedro Henrique da Silva, Xilon de Sousa. Consultorias: Saúde: Dra. Eliane Pinheiro; Jurídico: Dra. Carla Escóssia; Ouvidoria: Pedro Henrique; Fotos: Imprensa FECOOPACE. Conselho Editorial: César Nobre, Pedro Henrique da Silva. Contatos: telefone (085) 8892.5155. E-mail: jornal@fecoopace.com.br. Diagramação: Sullivan Rodrigues. Impressão: Expressão Gráfica Editora.

As matérias dessa edição podem ser reproduzidas, desde que citada a fonte. Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a opinião do jornal e/ou da Federação.

2

| Revista FECOOPACE


SEGUNDO TURNO PRESIDENCIAL

FECOOPACE em carreata de apoio a Dilma Roussef

Diretoria da Fecoopace cumprimenta o Presidente da Câmara Salmito Filho

João Ananias, reeleito Deputado Federal, recebe os parabéns de todos os que fazem o Sistema de Transporte Complementar

José Guimarães, eleito Deputado Federal, saúda a Fecoopace pelo excelente trabalho desenvolvido

diretoria da FECOOPACE participou, dia 24 de outubro, último domingo antes das eleições para segundo turno da corrida presidencial, da carreata que consagrou a candidata do PT Dilma Roussef nas urnas. A concentração ocorreu no Jockey Club de Fortaleza e contou com diversas lideranças e postulantes já eleitos no primeiro turno, entre eles o Governador Cid Gomes que, na ocasião, falou com exclusividade a Revista da FECOOPACE. A carreata teve início as 11:00 da manhã

e contou com centenas de carros que acompanharam o carro/palanque por diversas avenidas da cidade.

reencontrá-lo em ocasião como esta. Ele tem peso, tem voto para candidata Dilma”.

Camilo Santana, Deputado Estadual mais votado, confraterniza com a diretoria da Fecoopace

Agostinho Clesson, Diretor da Fecoopace, entrega a revista da Fecoopace ao Deputado Federal Chico Lopes

A

A presença do Governador César Nobre, presidente da FECOOPACE, ressaltou a presença do povo comum, senadores e deputados eleitos. Para ele, o evento simbolizou o momento político por que vive o Brasil. “Esse é o momento de continuarmos apoiando por quem fez muito pelo Brasil. O Governador do Estado também tem todo o nosso apoio e é uma honra

Cid Gomes parabeniza a Fecoopace

Gente de expressão O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, presente a carreata, cumprimentou César Nobre pelo excelente trabalho junto à FECOOPACE. Em seguida, João Ananias, agora eleito Deputado Federal pelo PCdoB, agradeceu o apoio da Federação e o empenho do Transporte complementar durante todo o seu pleito.

Magela de Souza, Presidente da Cootamh, e o Governador do Estado, Cid Gomes

C

id Gomes, Governador do Estado, chegou por volta de 10:30 da manhã e de imediato cumprimentou a Diretoria da FECOOPACE. Em entrevista destacou a importância da regulamentação do Transporte Complementar e parabenizou a categoria pela belíssima licitação. Confira entrevista exclusiva! Sobre a importância da regulamentação do Transporte Complementar CID GOMES – A nossa intenção foi viabilizar as condições de ir e vir para todos os cearenses. Buscamos dar o melhor preço e o melhor conforto, e sei que isso o Transporte Complementar sabe dar. O Estado tem procurado fazer isso, cumprindo a lei, dando oportunidade a empresas grandes, exigindo que melhorem as suas frotas, que tenham uma tarifa diferenciada. Nós buscamos dar oportunidade a todos e o Transporte Complementar, que é um transporte de menor tamanho, tem condições de dar mais dinamismo e opções de deslocamento para a população.

www.fecoopace.com.br

| Revista FECOOPACE

3


CAPACITANDO

FECOOPACE realiza palestra sobre bilhetagem

Michel Bedê fala aos mais de 40 participantes do evento

A

FECOOPACE realizou, em 22 de outubro, no Auditório do Sistema OCB/SESCOOP-CE, palestra sobre Bilhetagem e Monitoramento via GPS. A presença significativa, em torno de 48 pessoas, marcou de forma positiva o evento, que recebeu o Diretor Comercial da Empresa 1, Michel Bedê. De Belo Horizonte, especialmente para falar aos cearenses, ele acredita que a maior

vantagem da bilhetagem é a diminuição significativa da evasão de receitas, chegando em alguns casos até 45%, já que o sistema emite relatórios precisos sobre toda a movimentação de uma van. “O validador fecha a torneirinha e o impacto é muito grande”. Questionado sobre os valores de cada equipamento, Michel Bedê respondeu que, por conta das diversas tecnologias disponíveis, seria preciso especificar quais as necessidades do ramo no Ceará. Encerrou a palestra agradecendo o convite da FECOOPACE, e ressaltou a importância do controle financeiro que o permissionário precisa ter para evoluir em seus negócios. GPS A M2M Solutions, empresa especializada em monitoramento via GPS, utilizou o espaço para mostrar os recursos do equi-

pamento que é líder no mercado cearense. Agostinho Clésson, diretor da FECOOPACE, ao final do evento, agradeceu a participação efetiva da categoria, destacando: “É importante que o nosso ramo de atividade esteja, cada vez mais antenado aos recursos que a tecnologia oferece. Precisamos concorrer de igual para igual.”

César Nobre e Agostinho Clesson agradecem a participação dos palestrantes

Fui, vi e gostei !!! “Foi muito importante vir até aqui e ter a oportunidade de conhecer as diversas maneiras de fazer a bilhetagem dentro de um veículo. Serviu também para que nós, presidentes de cooperativas, esclareçamos aos nossos cooperados as vantagens de ter esses equipamentos.” Cícero Gomes, Presidente da COOPTRANSCRAT

“Parabenizo a FECOOPACE pela brilhante iniciativa. Acho que o ponto alto da palestra foi saber que existem diversas maneiras de controlar a movimentação da van. Eu espero que, com a ajuda da Federação, possamos adquirir os equipamentos apresentados na palestra.” Antônio Soares Filho, Presidente da COOTAQ

ALERTA!!!

Transporte Irregular: carro de passeio causa acidente na BR 226

D

Estado do carro após o incidente

4

| Revista FECOOPACE

ia 17 de Setembro, na BR 226, na altura do Km 19, ocorreu um grave acidente envolvendo um Versailles que fazia transporte irregular de passageiros. Segundo testemunhas, o carro pegou fogo durante o trajeto de Crateús para Independência, com oito passageiros. O Corpo de Bombeiros da unidade de Crateús esteve no local e durante a ação foi encontrado no veículo restos de uma mangueira que era de instalação de GLP (gás liquefeito de petróleo), ou seja, gás de cozinha.

Cícero Gomes, Presidente da Cooptranscrat (Cooperativa de Transporte Alternativo de Crateús), informa que o fato comprova a irresponsabilidade por parte de motoristas clandestinos que desempenham, sem consciência e legalidade, a atividade que foi regulamentada e é atualmente fiscalizada pelo Governo. “A população deve ficar atenta a isto. Estes condutores não respeitam nada, quando eles chegam a colocar até oito passageiros em um veículo que a capacidade é para cinco, estão ultrapassando todos os limites, inclusive da própria vida”.


DIA DAS CRIANÇAS

Para entrar na história!!!

A

garotada do Conjunto Timbó, em Maracanaú, viveu, no dia 8 de outubro, um Dia da Criança especial. A COOTRALIN, em parceria com demais empresas e a FECOOPACE, presenteou 3.500 crianças com carrinhos, jogos de montar, bolas e bonecas. Diversas atrações foram disponibilizadas para a comunidade: piscina de bolinha, pula-pula e o concorrido ‘trenzinho da alegria’. No palco, montado

Nilson Nogueira, presidente da COOTRALIN, agradece a presença de todos

especialmente para o Dia, foi possível assistir à apresentações de palhaços e do coral da Igreja Raboni. Nilson agradeceu aos parceiros e, emocionado, dedicou aquele momento a todas as crianças maracanauenses que, por algum motivo, só teriam aquela festa como forma de comemorar o seu Dia. César Nobre, presidente da FECOOPACE, esteve no evento e parabenizou a COOTRALIN pela belíssima iniciativa. Representando a COOTACE e a FECOOPACE, Agostinho Cléson se disse honrado em participar de uma festa tão bonita e que merece ser incentivada, “sempre”. Parceria Nilson Nogueira acredita que só foi possível realizar a festa graças à parceria com empresas e instituições. Aproveitou a ocasião para agradecer, em nome de todas as crianças, a COOPERTEC, COOTACE, FECOOPACE, Ótica Emanuel, Azzejo Fashion, Viana Comercio, M2M Solutions, Astra Veículos, Destak Veículos e Aragão Autos.

Agostinho Clesson, em nome da FECOOPACE, parabeniza a bela iniciativa da COOTRALIN

Palhaço anima a garotada presente ao evento

Fui, vi e gostei !!! “Estou honrado com essa festa. A alegria no rosto de cada criança faz com que eu me sinta renovado. Faço com amor e agradeço a todos que se dispuseram a ajudar na organização dessa grande festa” Nilson Nogueira, Presidente da COOTRALIN

“Eu estou muito feliz por ter feito parte da organização desse evento maravilhoso. É muito prazeroso ver tanta alegria no rosto das crianças da nossa comunidade. Espero poder participar no ano que vem.Me sinto honrado por ter ajudado.” Emanuel Santana, Cooperado da COOTRALIN

www.fecoopace.com.br

“O que a gente vê aqui é a importância da valorização à criança. Essa é uma excelente oportunidade para que esses meninos e essas meninas percebam a sua importância. Nós trouxemos um grupo de crianças para abrilhantar a festa e mostrar que a felicidade é ter Cristo no coração. Parabenizo o Nilson pela iniciativa”. Pastor Antônio Manuel de Queiroz Igreja Batista Raboni

“Esse ano está incrível, existe um número maior de brinquedos. Superou as minhas expectativas. Estou com minhas duas filhas, Vitória e Bianca, e ano que vem vou trazê-las novamente”. Maria Edna, moradora do Conjunto Timbó

| Revista FECOOPACE

5


PALAVRA DO PRESIDENTE - CÉSAR NOBRE

A construção da “A PAZ NO TRÂNSITO” começa em nós

S

Essa construção passa necessariamente pela manifestação desses valores e atitudes e revelam um novo cidadão na direção do próprio destino, que tem na mesma estrada o seu semelhante. É um caminho que se abre para a concretização de uma cultura de Paz no Trânsito e que nasce do engajamento de cada um. Nosso papel, enquanto líder de um movimento que lida diretamente com o fator trânsito, é contribuir para a conscientização do cidadão no que diz respeito a posturas que de fato sustentem a escolha pela vida. Otimista, creio ser possível alcançar esse

tempo de Paz pelo qual lutamos. Contudo, vai demandar tempo e muito esforço. Afinal, trânsito não é só entrar no carro e sair. O motorista tem que pensar na sua parte, nos outros motoristas, no pedestre, nas vias. Todos devem aprender as normas do Código. É uma questão de educação, sobretudo, de consciência. O trânsito tem a ver com cidadania, com ecologia (no caso de um incêndio, a fumaça atrapalha o trânsito). Respeitar o trânsito é um dever de todos. A pessoa que respeita o trânsito é um cidadão em casa, no trabalho, em todos os lugares.

FIQUE POR DENTRO! Fecoopace, no mês de outubro, visando à modernização e controle do Transporte Complementar, com o objetivo de evitar a evasão de receitas, promoveu, no Auditório do Sistema OCB/SESCOOPCE, palestra acerca da Bilhetagem Eletrônica e Monitoramento por meio de GPS, com uma tecnologia de ponta e muita eficácia. O Diretor Comercial da Empresa 1, Sr. Michel Bedê, e o representante da Empresa M2M Solutions, explanaram as formas de Controle e Monitoramento das Vans, dentre elas, emissão de relatórios ao fim da viagem e monitoramento da quantidade de bilhetes emitidos com a instalação de contadores de passageiros.

Procuradoria reconheça a prescrição das multas de 2005 e efetue a inclusão do veículo novo, deixando as multas dos anos de 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010 atreladas ao veículo antigo, que não poderá ser vendido nem transferido sem a quitação das mesmas, que serão incluídas na dívida ativa do Estado. Deste entendimento discorda essa Assessoria Jurídica (Escóssia & Escóssia), uma vez que existem inúmeros recursos administrativos pendentes de julgamento por parte do DETRAN, que após o julgamento ainda estão sujeitos a uma segunda instância administrativa - ARCE. (art. 147 da Lei Nº 29.687/2009).

Edital da Concorrência Pública 003/2009/ DETRAN/CCC, o prazo para a apresentação da frota operante é de 90 (noventa) dias após a emissão da OS (Ordem de Serviço), sob pena de multa no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) por veículo por dia de atraso.

SOLUCIONANDO PROBLEMAS PROBLEMA QUE CONTINUA... E A INCLUSÃO DOS VEÍCULOS NOVOS? A Procuradoria Jurídica do DETRAN/ CE, deve emitir parecer acerca da inclusão dos veículos novos nas permissões que possuem pendências de multas de transporte dos anos de 2005, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010 que estão a impedir a inclusão do novo veículo na permissão. A tendência é que a

QUAL É O PRAZO AFINAL? Durante o mês de outubro surgiram muitas polêmicas em relação ao prazo para a apresentação da frota operante, se de 90 (noventa) dias da assinatura do contrato ou se de 90 (noventa) dias após a emissão da OS (Ordem de Serviço). Para não ter dúvida, esclareço que, de acordo com o Item 22.1 do

e cada um fizer a sua parte, utilizandose continuamente de responsabilidade, respeito, prudência, solidariedade, tolerância e cooperação no trânsito, com certeza teremos aberto à nossa frente um caminho de Paz no Trânsito. E Paz no Trânsito é Paz dentro de nós.

HABILITADO

A

ATENÇÃO! ATENÇÃO! Aqui, chamo a atenção dos Presidentes das Cooperativas do Transporte Complementar para a regularização da contratação dos motoristas e cobradores. De acordo com o edital da nossa licitação, Concorrência Pública 003/2009/DETRAN/CCC, a Contratação dos Motoristas e Cobradores é de responsabilidade exclusiva da Cooperativa, que deve, antes do início da operação, contratar todo o pessoal de apoio (motoristas e cobradores), assinando a Carteira de Trabalho dos mesmos pela Cooperativa, que se responsabilizará por todos os encargos trabalhistas.

Essa coluna é um Informativo da:

DIRIGINDO E APRENDENDO

Emanuel: o futuro jornalista do transporte complementar

E

manuel Santana de Andrade, 20 anos, é estudante do Curso de Jornalismo da Faculdade Cearense (FAC), e há um ano realiza trabalho de comunicação interna para a Cootralin (Cooperativa de Transportes Alternativos Intermunicipais e Fretamento do Ceará). O jovem se considera acima de tudo um sonhador. Por meio da Cooperativa, vem encontrando um ambiente promissor de aprendizado para desenvolver suas habilidades profissionais. Ele acredita que a faculdade é um campo cheio de opções e que a formação acadêmica irá possibilitar o trabalho de Co6

| Revista FECOOPACE

municação para as cooperativas do ramo de Transporte Complementar. FUTURO Emanuel espera trabalhar na área de telejornalismo. “Como cooperado, a regularização do novo modelo de transporte intermunicipal é uma luta que quero ajudar com o meu trabalho de jornalista”. E finaliza: “O estudante é acima de tudo um verdadeiro ‘expert’ na arte de sonhar. Um mestre ou até doutor na prática de idealizar o futuro profissional.”


PÁGINA VERDE Entrevista: César Barreto, Superintendente-Adjunto do DER

“O Sistema de Transporte Complemetar está no caminho certo” nativos de então. Participei da elaboração e das negociações do novo edital que tratava do Sistema de Transporte do Estado, que dimensionou todo o sistema e deu legalidade ao Transporte Alternativo. Isso gerou uma relação de respeito e confiança muito grande. Hoje, a política de transporte está a cargo do Detran; uma reforma administrativa transformou o Dert em Der, que agora só cuida de obras, edificações e rodovias.

N

atural de Sobral, César Barreto Lima, nascido em 13 de setembro de 1954, é Superintendente-Adjunto do DER (Departamento de Edificações e Rodovias do Ceará). Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Nacional de Brasília, com especialização em Saneamento Básico pela Universidade de São Carlos de São Paulo, foi Deputado Estadual entre 1986 -1990, tendo, em 1988, participado da elaboração da constituição estadual do Ceará. Nas horas vagas, atua como escritor, qualidade que já lhe rendeu a publicação de cinco obras: Diálogo com os surdos; Discurso e a poesia; Contos, Estórias e Histórias de Sobral; As fantásticas Histórias de Sobral; Causos de Sobral; e Essa é do Cesário. Sobre a regulamentação do Sistema Complementar de Transporte do Estado, César Barreto exerceu um importante papel no processo de luta pela conquista. É, sem dúvida, um grande aliado da categoria. Na entrevista, ele fala de sua relação com o Transporte Complementar e o que espera para os próximos anos de Governo.

Qual a sua relação com o Transporte Complementar? É uma relação de amizade surgida quando fui nomeado pelo Governador Cid Gomes para ser Superintende-Adjunto do antigo Dert (Departamento de Edificações, Rodovias e Transportes do Estado). Fiquei responsável por todo o sistema de transporte do Ceará. Mantinha contato com as empresas de ônibus e com os alter-

www.fecoopace.com.br

O Governador Cid Gomes foi o responsável pela regulamentação do sistema de transporte complementar, qual a importância desse feito? Além de levar legalidade ao Sistema de Transporte Alternativo, este feito gerou mais empregos, regularizou a situação dos trabalhadores do Sistema, possibilitou ao Estado maior fiscalização e geração de mais impostos, beneficiando a população de forma segura. Tudo foi feito com base num estudo e pesquisa elaborada pela Universidade Federal do Ceará, até chegar a um edital que satisfizesse a todos os agentes envolvidos - sociedade, empresas e Governo.

Com a regulamentação, a responsabilidade de quem presta este serviço aumentou. Na sua opinião, o Transporte Complementar está preparado para oferecer um bom serviço à sociedade? Está, sim. E vem provando isso, tanto na quantidade como na qualidade. Evidentemente que pode melhorar ainda mais, e a tendência é esta. Com a fiscalização do poder público, a população pode exigir, reclamar, acompanhar o processo de perto.

Como conhecedor do assunto, o que o senhor acredita ser fundamental para que o Sistema se consolide de uma vez no Ceará? Acredito que o Sistema de Transporte Complementar está no caminho certo, seus atores já alcançaram grandes saltos e conquistas, e têm se mostrado responsáveis e comprometidos. Eles devem, pois,

continuar a oferecer um serviço de qualidade focado nos seus direitos e deveres.

O que o Governador ainda pode fazer pelo transporte público do Estado, e o que os cooperados podem esperar do Governo neste segundo mandato de Cid Gomes? O Governo pode ampliar mais o Sistema, abrindo novas linhas de acesso de transporte, até mesmo reestruturar alguns pontos que ainda não estão bem executados, igualmente com base em pesquisas e a participação de todos os envolvidos. Zelar pela qualidade, conforto e segurança para a população, atuando de forma séria na fiscalização dos não-legalizados, que ainda servem na clandestinidade.

A FECOOPACE vem desenvolvendo um trabalho de conscientização da seriedade na boa prestação do serviço. Qual a importância da Federação nessa busca? A maior importância da FECOOPACE vem principalmente da união entre todos os cooperados; ela conseguiu unir todas as cooperativas envolvidas no Transporte Complementar, formando uma corrente na luta pela regulamentação e o atendimento de melhor qualidade para a sociedade. Características que se aliam ao objetivo do Governo do Estado, acrescendo aí a segurança e o conforto dos passageiros.

Uma mensagem! Primeiramente, agradeço a categoria, a todos os envolvidos: empresas, o Presidente César Nobre, líderes das cooperativas, associações, motoristas, cobradores, fiscais e familiares. Obrigado pelo apoio e pela gratidão. O serviço de Transporte Complementar, nessas eleições, provou verdadeiro sentimento de gratidão, reconhecendo o trabalho e o esforço do Governo em realizar todas as promessas feitas durante o primeiro mandato. Esteve presente em todos os atos, nas carreatas por todo o Ceará, ajudou a divulgar a mensagem do Governador e dos seus candidatos. Sem dúvida, foi uma grande prova de agradecimento, digna de aplausos.

| Revista FECOOPACE

7


RETROSPECTIVA 2010 A Revista Fecoopace parabeniza a todos pelo ano de conquistas!

Em 2010, a solidificação do Sistema de Transporte Complementar do Ceará

Junho/Julho

Maio Setembro/Outubro

ENCONTRO COM O LÍDER DO GOVERNO NA ASSEMBLEIA FECOOPACE agradece a Nelson Martins o apoio pelo Curso de Capacitação

| Revista FECOOPACE

TEMPO DE COMEMORAR A SEGUNDA ETAPA DA LICITAÇÃO Mais uma vitória do Sistema de Transporte Complementar do Estado

O DIA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO E A MULHER O grande desafio à frente do novo modelo de transporte a ser implantado no Estado

COMPLEMENTARES E A ELEIÇÃO DO GOVERNADOR CID GOMES Carreatas gigantescas em Maracanaú e na Capital - Complementares e a eleição do Governador Cid Gomes V ENCONTRO DE QUALIDADE E TECNOLOGIA DO TRANSPORTE FECOOPACE em Encontro da ETUFOR que discutiu a Copa de 2014 e Mobilidade Urbana

do Sistema. Buscamos nos capacitar e, cada vez mais, prestar serviços de qualidade à sociedade”. Política, economia, solidariedade, Cooperativismo e grandes comemorações foram manchetes de capa da Revista. Confira!

Março/Abril

Fevereiro

Janeiro CAMPANHA FECOOPACE/ASSOCIAÇÃO PETER PAN Complementar - A linha da solidariedade

8

César Nobre, Presidente da FECOOPACE, acredita que o ano foi de vitórias e antecipa que, em 2011, o trabalho será intensificado, prospectando novas ações em benefício da categoria, intensificando conquistas. “A luta continua. Esse ano foi um marco para a consolidação

ESTADO BATE RECORDE DE ARRECADAÇÃO, POVO ESPERA MAIS INVESTIMENTOS Crescimento é devido à reorganização financeira e a eficiência na arrecadação

Agosto

O

ano de 2010 foi de realizações para o Sistema de Transporte Conplementar do Ceará. A Revista da FECOOPACE, principal veículo de informação da Federação, registrou todas essas conquistas e, nessa edição, destaca os principais momentos do ano.

COMPROMISSO COM O SISTEMA COMPLEMENTAR DE TRANSPORTES Recreio Clube de Campo reúne políticos ilustres do Ceará

E boa leitura! Informando e formando, a gente quer que você saiba sempre mais. Participe da sua, da nossa Revista! Mande email para simmetriacomunicacao@gmail.com, com sugestões, matérias, ideias.


www.fecoopace.com.br

| Revista FECOOPACE

9


Marcelo Fialho, Contador da FECOOPACE

O CONTADOR

Doação a Associação Peter Pan (APP) pode ser abatida do Imposto de Renda

D

e acordo com o Regulamento do Imposto de Renda (Dec.3000/99), em sua seção III, art. 102, do Imposto de Renda apurado poderão ser deduzidas as contribuições feitas aos fundos controlados pelos Conselhos Municipais, Estaduais e Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os pagamentos deverão ser comprovados através de recibo emitido pela instituição beneficiada, do qual deverão constar, além dos demais requisitos de ordem formal para a sua emissão, previstos em instruções específicas, o nome e CPF do doador, a data e o valor doado, sem prejuízo das investigações que a autoridade tributária determinar para a verificação do fiel cumprimento da Lei, inclusive junto às instituições beneficiadas. Para que seja realizada a sua doação, a Associação Peter Pan, através de sua Assessoria Contábil, deverá dar as seguintes orientações: 1º PASSO – Calcular o valor que pode ser doado e integralmente deduzido do Imposto de Renda. Este valor pode chegar a 6% sobre o valor do “imposto”. 2º PASSO – Efetuar a doação. De acordo com a legislação que rege o imposto de renda, não são permitidas deduções feitas diretamente às Entidades Assistenciais. As doações devem ser feitas aos Conselhos Municipais, Estaduais ou Nacionais dos Direitos da Criança e do Adolescente. Posteriormente, esses Conselhos repassam os valores recebidos às entidades beneficiadas. Por isso, o depósito não é feito diretamente na

conta da “Peter Pan”. Faça então assim: a) Deposite o valor da Doação, até 30-12-2010, na seguinte conta: Banco do Brasil – 001 Agência: 0008-6 - Praça do Carmo – Fortaleza (CE). Conta: 23.741-8 - Fundo Estadual para a Criança e o Adolescente do Ceará - CNPJ: 08.675.169/0004-04. b) Tire três fotocópias do comprovante do depósito, você vai utilizá-las. 3º PASSO – Fazer as comunicações devidas: a) Fazer uma carta, de acordo com o modelo oferecido pela instituição; b) Remeter o original da carta, por qualquer meio, junto com cópia do comprovante do depósito, para o destinatário: Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará. c) Remeter cópia da carta, com cópia do comprovante de depósito, para a Associação Peter Pan, para controle dessa entidade. 4º PASSO – Obtenção de recibo da doação junto à “Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Ceará” (STDS), localizada na Rua Soriano Albuquerque, 230, bairro Joaquim Távora, Fortaleza (CE). a) Contatar a Sra. Jerônima de Assis, na Tesouraria da STDS, pessoalmente no endereço acima, ou pelos telefones: 3101-4629 ou 3101-4558. b) Comunicar que fez a doação e fazer chegar às mãos dessa Senhora, por fax ou por qualquer outro meio, cópia do comprovante da doação, nome, endereço e CPF do doador. c) Após essas providências, a STDS encaminhará para o doador, através dos

correios, recibo no valor da doação, assinado por dois diretores da Secretaria. Se o doador preferir, poderá “pegar” o recibo pessoalmente na Tesouraria da STDS. 5º PASSO – O registro da doação na declaração de Imposto de Renda, para fins de abatimento. Guarde os seguintes comprovantes juntos aos seus documentos do Imposto de Renda: Cópia da carta dirigida ao Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará; comprovante do depósito feito na conta do Fundo; e o recibo fornecido pala STDS. a) Ao Declarar o Imposto de Renda, em março ou abril de 2011, lance o valor doado na “ficha” Pagamentos e Doações Efetuados, sob o código 40, nome “Fundo Estadual para a Criança e o Adolescente do Ceará”, CNPJ 08.675.169/0004-04. O programa do Imposto de Renda transportará o valor, automaticamente, para o campo “Dedução de Incentivos”. Através do Programa Linha da Solidariedade, criado pela Fecoopace, este artigo tem a intenção de incentivar os usuários, parceiros e cooperados a fazerem as suas doações e orientá-los sobre os benefícios tributários que podem ter com estas doações. Infelizmente a Legislação Tributaria Brasileira burocratiza até as nossas boas ações, mas, apesar de tudo vale à pena doar. Fonte: Site da SRF / Associação Peter Pan

Transporte Complementar de Passageiros,

Em toda parte, a todo instante, somos a garantia de maior segurança e mobilidade para os cidadãos. Estamos em linha direta com a gente toda.

São os v ot

A vida se torna muito mais bela quando se tem um amigo por perto.

10

| Revista FECOOPACE

OOPACE. FEC da s o


www.fecoopace.com.br

| Revista FECOOPACE

11


PRIMEIRA LINHA

Transportando até 10 mil pessoas por dia!

D

ez mil pessoas por dia, sim. Essa é a impressionante marca da famosa Linha 05. A linha, surgida em 1997, possui 20 carros, três deles com acessibilidade, e todos rastreados por satélite. 60 pessoas, entre motoristas, cobradores e fiscais, trabalham diariamente para suprir essa demanda. Francisco Epifânio de Souza, coordenador da linha desde 2008, sente orgulho de trabalhar com o Transporte Complementar. Avalia que os avanços são indiscutíveis. “É muito gratificante

ver que o povo precisa do Transporte oferecido por nós. A mudança é constante e isso nos faz muito bem.” Sobre as dificuldades da linha, Epifânio garante que o único problema são os congestionamentos. Apesar disso, o seu percurso é ótimo, pelo fato de passar por universidades, shoppings e grandes avenidas. Veja a seguir todo o trajeto da linha 05:

Ida: (Ext.: 22,2Km) Canidezinho/Iguatemi

Epifânio de Sousa, o responsável Coordenador da linha 05

12

| Revista FECOOPACE

P. Inicial: Rua Geraldo Barbosa (Lateral Posto) 1 - Rua Geraldo Barbosa (Lateral do Posto) 2 - Av. Gen. Osório de Paiva 3 - Rua Eduardo Perdigão 4 - Av. Dedé Brasil ( Pedro Ramamlho /Av.Paranjana) 5 - Av. Dep. Paulino Rocha 6 - Av. Oliveira Paiva 7 - Av. Conselheiro Gomes de Freitas (retorno) 8 - Rua Ministro Abner de Vasconcelos (retorno) 9 - Rua Tabelião Joaquim Coelho (retorno) 10 - Av. Washington Soares 11 - Rua: Entrada do Iguatemi ( W. S.) 12 - Rua: Saída do Iguatemi ( S. J.) 13 - Av Engº Santana Júnior 14 - Rua Israel Bezerra Placa Lateral/Pontos de Referência 1 - Av. Gal. Osório de Paiva 2 - Av. Dedé Brasil e Estádio Castelão 3 - Av. Dep. Paulino Rocha 4 - Av. Oliveira Paiva 5 - Fórum 6 - Av. Washington Soares

Volta: (Ext. 22,1Km) Iguatemi/Canidezinho P. Final: Rua Israel Bezerra 1 - Rua Israel Bezerra 2 - Rua Travessa Francisco Gonçalves 3 - Rua Prof. Francisco Gonçalves 4 - Av Engº Santana Júnior 5 - Av. Washington Soares 6 - Av. Oliveira Paiva 7 - Av. Dep. Paulino Rocha 8 - Av. Dedé Brasil ( Pedro Ramamlho /Av. Paranjana) 9 - Rua Carlos Amora 10 - Av. Gomes Brasil 11 - Rua Eduardo Perdigão 12 - Av. Gen Osório de Paiva 13 - Rua Geraldo Barbosa


SAÚDE TOTAL

Gripe Sazonal ‘’Um Risco A Saúde’’

G

ripe e resfriado não são a mesma coisa! Ambas as doenças são de origem viral, transmitidas por meio de gotículas de saliva ou secreções nasais contendo estes micro-organismos. Sintomas: • Cansaço, • Indisposição, • Dores musculares, • Corrimento nasal, • Dor de garganta. Entretanto, quando o sujeito se encontra gripado, estes são mais intensos e incapacitantes, fazendo com que, muitas vezes, nem tenha condições de sair da cama. Febre alta, de surgimento repentino, também tende a fazer parte do quadro gripal. Estes sintomas surgem em até uma semana após a exposição ao vírus, e perduram por aproximadamente cinco dias. Ocorrendo em todas as partes do mundo, é causada pelo vírus Influenza, altamente contagioso e com grande capacidade de mutação. Crianças entre 6 e 23 meses de idade, idosos, portadores de doenças crônicas e indivíduos imunodeprimidos geralmente estão mais suscetíveis a este vírus, uma vez que tendem a ter o sistema imunológico mais frágil e, por isso, os riscos de desenvolver complicações, como pneumonias bacterianas, são maiores. Assim, é indicado que estes indivíduos, e também profissionais de saúde, vacinem-se anualmente contra a gripe. Prevenção: Alimentação balanceada e saudável; ingestão de líquidos, preferencialmente não muito gelados; dormir pelo menos oito horas por dia; e prática regular de exercícios - medidas necessárias para manter-se saudável e com o sistema imunológico ativo, evitando incidências de gripes e uma gama de outras doenças. Além destas medidas, vale ressaltar: • Sempre lavar as mãos com água e sabão; • Evitar aglomerados humanos, principalmente se houver pessoas doentes nestes locais;

www.fecoopace.com.br

• Em surtos de gripe, utilizar máscaras quando seu uso for indicado pelas autoridades; • Vacinar-se anualmente, caso pertença ao grupo de risco (idosos, imunocomprometidos, etc.). Importante: Está gripado? • Repouso, • ingestão abundante de líquidos • uma dieta equilibrada são essenciais. Em casos de febre, tomar um banho morno. E lembre-se de que apenas o médico é capaz de indicar um remédio apropriado para esta situação. Não se automedique!

FISIOTERAPEUTA Drª. Eliane Pinheiro: 8885.4447 dra.elianepinheiro@hotmail.com.br

| Revista FECOOPACE

13


PAPO DE MECÂNICO

Manutenção no ar-condicionado: quando fazer?

O

ar-condicionado em um automóvel já não é mais considerado item de luxo. Está presente na maioria dos carros que circulam pela cidade e poucos sabem que ele pode transmitir doenças. Por isso, é preciso tomar algumas precauções. A seção Papo de Mecânico buscou algumas dicas sobre ar-condicionado veicular. Confira! • Mesmo não sendo possível fazer uma estimativa para a manutenção do ar-condicionado, ela deve ser feita pelo menos uma vez ao ano, isso para evitar o acúmulo de impurezas; • Uma maneira de notar se o ar-condicionado está precisando de manutenção e limpeza é quando, ao ligá-lo, sente-se um cheiro de mofo, ou então os ocupantes do veículo começam a tossir; • Se estiver muito calor dentro do carro, é recomendável abrir todas as janelas e deixar o aparelho ligado na temperatura mais baixa e com o máximo de ventilação por aproximadamente um minuto, antes de sair com os vidros fechados. • Mesmo durante o inverno ou nos períodos em que o aparelho não é muito utilizado, deve-se acioná-lo algumas vezes durante a semana, para evitar danos no compressor e lubrificar o sistema.

14

| Revista FECOOPACE


OUVIDORIA “Tenho andado em alguns ônibus do transporte complementar e observado que, em alguns carros velhos, os assentos dos passageiros são tão apertados que quase não conseguimos nos sentar, colocar as pernas de forma adequada. Dá pra mudar isso?” Clóvis Veras – Amadeu Furtado

“Olhando bem para os ônibus do transporte regular de passageiros, vejo muitos carros novos. E tenho observado que a grande maioria dos ônibus complementares é de frota antiga, muito só com uma porta. Quando em que você vão colocar carros novos nas ruas?” Mary Ambrósio – Meireles

OUVIDOR RESPONDE: Estamos no processo de renovação de frota. E as especificações de espaço entre assentos agora é regulado por Lei. O que possibilitará uma padronização nos interiores dos carros que prestam serviço no transporte complementar.

OUVIDOR RESPONDE: Esse processo para disponibilizar 100% dos veículos à população é lento, mas continuo. Mas estamos fazendo o possível para prestar o melhor serviço para o usuário com conforto e segurança.

www.fecoopace.com.br

“Por que vocês não fazem parte daquele sistema que anuncia a hora da chegada dos ônibus, em algumas paradas de Fortaleza, o BEM NA HORA ?” José Cláudio Justa – Centro OUVIDOR RESPONDE: Esse estudo está sendo feito junto aos órgãos de transporte e até mesmo buscando melhorar o já existente. Sempre com o propósito de oferecer o melhor aos nossos usuários. ios.

Ouvidor: Ouvido Ou dor: Pedro ro He Henrique Henr riq iquee Alcino Alcci A pedrojornalismo@ig.com.br jor orna nali lism smo@ o@ig g.c .co o JP/C JP JP/CE /CE E - 23 2389 89 (85) 3226-5160

| Revista FECOOPACE

15


FALA, MOTORISTA!

O cliente é o combustível!

J

Estevam Nascimento: “Procuro tratar bem todo o passageiro que entra na van”.

16

| Revista FECOOPACE

osé Estevam do Nascimento, 44 anos, é permissionário e motorista da linha Araturi/Fortaleza. Responsabilidade e dedicação são o lema do dedicado cooperado da COOPERTEC, que já trabalha no ramo há 10 anos. Trabalhou como motorista em Quixadá e, em Fortaleza, iniciou a luta para a regularização do Sistema Complementar. Sobre o trabalho como motorista, sentese honrado em poder oferecer ao trabalhador a melhor opção em transporte. “Estamos trabalhando para sempre melhorar. A COOPERTEC, através do seu presidente, tem feito a sua parte”.

Desafio Para ele, o trânsito é o maior desafio. Mas, tenta encarar com paciência as dificuldades impostas. Para aliviar o estresse, Estevam frequenta a Igreja nos fins de semana, e não se priva de um bom banho de açude. Satisfação “O cliente é o meu combustível, por que sempre me sinto estimulado. Trato muito bem os passageiros e o maior vínculo é a amizade. Eu vejo pais que colocam os seus filhos em nossos carros sem se preocupar, pois sabem que estão indo comigo”.

Revista Fecoopace Ed:11  

Revista Fecoopace Ed:11

Advertisement