Page 1


SENAC EAD

UM MUNDO NOVO DE OPORTUNIDADES Descubra novas possibilidades para sua vida profissional com os diversos cursos a distância do Senac.

www.ead.senac.br

84 4005-1000

Cursos Livres • Cursos Técnicos • Graduação • Pós-Graduação • Extensão Universitária


EXPEDIENTE

SINDICATOS FILIADOS SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA E DE SERVIÇOS DO RN PRESIDENTE:

GEORGE RAMALHO VIEIRA

SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DO ESTADO DO RN PRESIDENTE:

SÉRGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS DO RN PRESIDENTE:

LUZIA DIVA CUNHA DUTRA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS DO RN PRESIDENTE:

JACIRATAN DAS GRAÇAS DE AGUIAR RAMOS FILHO

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MOSSORÓ PRESIDENTE:

MICHELSON XIMENES FORMIGA FROTA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAICÓ

PRESIDENTE:

PRESIDENTE:

LUIZ ANTONIO BEZERRA LACERDA

CLEIDE NOGUEIRA DE FARIA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE NOVA CRUZ

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CURRAIS NOVOS

PRESIDENTE:

RAIMUNDO MARTINS DA SILVA

ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA

MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO

PRESIDENTE: FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MACAÍBA

PRESIDENTE:

PRESIDENTE:

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE ASSÚ

ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR

SINDICATO DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS E DAS EMPRESAS DE SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE REPRESENTAÇÃO COMERCIAL NO ESTADO DO RN SÃO PAULO DO POTENGI PRESIDENTE:

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE SANTA CRUZ

PRESIDENTE: HELDER DE MEDEIROS ARAÚJO

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PRESIDENTE: GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR

A Revista do Sistema é uma publicação do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac RN MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ Presidente GILBERTO DE ANDRADE COSTA 1º Vice-Presidente LUIZ ANTONIO BEZERRA LACERDA 2º Vice-Presidente JAIR URBANO DE QUEIROZ 3º Vice-Presidente GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR 4º Vice-Presidente GEORGE RAMALHO VIEIRA 5º Vice-Presidente ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR 6º Vice-Presidente SERGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE 7º Vice-Presidente JOSÉ GERALDO DE MEDEIROS 8º Vice-Presidente ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA 9º Vice-Presidente FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA 10º Vice-Presidente MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO 11º Vice-Presidente RAIMUNDO MARTINS DA SILVA 12º Vice-Presidente DIJOSETE VERÍSSIMO DA COSTA 1º Secretário JACIRATAN DAS GRAÇAS DE AGUIAR RAMOS FILHO 2º Secretário JOSÉ DE OLIVEIRA CABRAL FILHO 1º Tesoureiro LUZIA DIVA CUNHA DUTRA 2º Tesoureiro

DIRETORES Efetivos Michelson Ximenes Formiga Frota Helder de Medeiros Araújo Francisco Derneval de Sá Dejalma Lemos da Silva Orismar Carlos de Almeida Daltro Freire de Paiva Francisco Severiano da Cunha Valdemar Anunciato da Silveira José Bezerra de Araújo José de Anchieta Fernandes Renato Alexandre Maciel Gomes Netto Tarcílio Vidal Filho Schiavo Durval Fernandes Álvares

Suplentes Francisco Ney da Cunha José de Paiva Torres Dorian Bezerra de Souza Morais

Suplentes Marcos Augusto da Silva Eduardo de Oliveria Patrício José Zenildo Dias Campos José Carlos Lopes da Silva Albe Garcia de Oliveira Cecílio Francisco Barbosa Neto Eraldo Eudes da Nóbrega Dantas Marcio Pinheiro de Souza Luiz Evânio Nobre Lira

DIRETOR EXECUTIVO Jaime Mariz

CONSELHO FISCAL Efetivos Ronald Gurgel Vicente de Paulo Avelino Sobrinho Sérgio Roberto de Medeiros Freire

DIRETORA REGIONAL SESC RN Jeane Amaral

DIRETOR REGIONAL DELEGADOS REPRESENTANTES SENAC RN Fernando Virgilio JUNTO À CNC EFETIVOS Marcelo Fernandes de Queiroz Marcantoni Gadelha de Souza SUPLENTES Gilberto de Andrade Costa Luiz Antonio Bezerra Lacerda

ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA Laumir Barrêto GERENTE ADMINISTRATIVA Inês Martins ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PRESIDÊNCIA Luciano Kleiber GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO NÚCLEO SESC Lidiane Bezerra

O Sistema em Revista EDITOR RESPONSÁVEL Luciano Kleiber DIAGRAMAÇÃO E PROJETO GRÁFICO José Carlos Santos FOTOS Moraes Neto/Styll, Kamilo Marinho/Guardalume Fotografia, Ascom Fecomércio, Ascom Sesc e Ascom Senac REPORTAGEM Lívia Aires, Ebenézer Nóbrega, Kelly Maia, Virgínia França, Lorena Gurgel, Luana Batista, Laura Godeiro e Pedro Ferreira


SUMÁRIO

42

2016, o pior ano da história para as vendas do varejo potiguar

12

Jogos dos Comerciários chegam à 15a edição

06

10

PALESTRAS GRATUITAS DO SENAC BENEFICIAM MAIS DE 3.200 PESSOAS EM MENOS DE UM ANO

27

REFORMA E AMPLIAÇÃO DO SESC MOSSORÓ DEVE SER CONCLUÍDA ATÉ JANEIRO

35 RECEITA DE DRINK PAGODE RUSSO

Senac promove degustação de vinhos alemães com sommelière premiada

24

Festa de Sant’Ana 2016 recebe nota acima de 9 de potiguares e turistas


CARO LEITOR

A CAPA QUE EU NÃO QUERIA! Definitivamente eu não queria que fosse esta a capa da nossa revista. Não queria ter que apresentá-la a vocês. Mas, decidi confirmá-la por um motivo muito simples: não podemos fugir dos fatos. O ano de 2016 deverá ser, sem nenhuma dúvida, o pior da história para o varejo do nosso Estado (como, de resto, em todo o país). Os números são impactantes. Até julho, deixamos de faturar mais de R$ 2 bilhões em vendas. Registramos, apenas naquele mês, queda recorde de 14,1%. Foi a maior queda, em um único mês, de toda a série histórica do IBGE (iniciada em 2005). No acumulado do ano, já temos retração de 10,9%, quase o dobro do que registramos em todo o ano passado. Claro que isso alimenta um perigosíssimo círculo vicioso. Com menos vendas, nosso potencial de

geração de emprego cai. Há menos renda, menos recursos no mercado e, consequentemente, menos consumo, retroalimentando toda a cadeia. Levando-se em conta que somos o setor que mais emprega no estado, delineia-se aí um quadro extremamente preocupante. Por isso a decisão de trazer esta matéria, com destaque, na nossa capa. Porque, a nosso ver, o assunto precisa ser encarado. Não podemos fechar os olhos para a situação difícil que vivemos. Não devemos esconder a realidade, nem nos omitirmos. O momento é de muito trabalho. E de superação diuturna. E precisamos de toda a sociedade conosco! Afinal, como a própria matéria diz, já há sinais de que as coisas podem melhorar a médio prazo. Mas ainda há um longo caminho a percorrer. Boa leitura!

“O ano de 2016 deverá ser, sem nenhuma dúvida, o pior da história para o varejo do nosso Estado.”

MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ Presidente do Sistema Fecomércio RN


PARCERIA

SENAC PROMOVE DEGUSTAÇÃO DE VINHOS ALEMÃES COM SOMMELIÈRE PREMIADA

Evento marcou a certificação de instrutores da entidade treinados pela especialista

6


Noite de degustação de vinhos alemães e formatura de instrutores do Senac é fruto de parceria entre o Sistema Fecomércio e estado da Renânia-Palatinado

O

s amantes de um bom vinho sabem que a Europa é berço de um grande número de rótulos de alta qualidade, mas nem todos conhecem os alemães. Para apresentar a bebida ao público natalense, o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, realizou, no final do mês de julho, um evento dedicado a degustação de vinhos alemães, conduzida pela premiada sommelière Gabriela Monteleone. Entre os convidados estavam empresários do segmento da gastronomia, distribuidores de bebidas e imprensa especializada. Os presentes puderam degustar quatro rótulos alemães apresentados pela especialista, sendo três bran-

cos e um tinto: Fritz Haag (2011), Keller (2013), Grans-Fassian (2010) e Meyer-Näkel (2012). A noite foi dedicada também à certificação de instrutores da entidade, treinados pela especialista no curso Técnicas para Sommelier, que teve duração de 120 horas. A ação integra a parceria entre o Sistema Fecomércio RN e o estado alemão da Renânia-Palatinado, com o objetivo de desenvolver o turismo local. Para 2016, o projeto contempla financiamento internacional para três capacitações voltadas aos profissionais do Senac com especialistas de referência nas áreas de Panificação Artesanal, Sommelier de Vinhos e Gestão Hoteleira e de Restaurantes.

7


As duas primeiras foram realizadas nos meses de junho e julho, respectivamente. “Estamos elaborando novos cursos para atender às demandas do setor turístico e para isso é essencial aperfeiçoarmos nossos instrutores. O Senac busca sempre disponibilizar cursos de excelência, com as melhores técnicas e as principais inovações, para qualificação de profissionais no nosso estado”, afirma o diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio. O cônsul honorário da Alemanha no Rio Grande do Norte, Axel Serrano Geppert, reforçou que a intenção é contribuir com o desenvolvimento econômico local a partir do investimento na formação de pessoas e novas tecnologias, dentre outras ações. “Para isso, atuamos em diferentes áreas, em conjunto com instituições do

8

Sistema S. Em especial no RN, o Senac tem se mostrado um excelente parceiro e temos visto bons resultados das iniciativas desenvolvidas”, declara. Segundo Axel Geppert, o evento foi uma oportunidade para que formadores de opinião na área conhecessem um pouco mais dos vinhos alemães. “Apesar da excelente qualidade dos vinhos produzidos na Alemanha, em especial no estado da Renânia-Palatinado, eles ainda são pouco conhecidos e disseminados no Rio Grande do Norte. Espero que após este evento possamos encontrá-los com mais facilidade em Natal”, disse. A sommelière Gabriela Monteleone destacou que “a Alemanha mora no coração de todo sommelier. Os vinhos produzidos no país são bebidas de muita personalida-

“ESTAMOS ELABORANDO NOVOS CURSOS PARA ATENDER ÀS DEMANDAS DO SETOR TURÍSTICO E PARA ISSO É ESSENCIAL APERFEIÇOARMOS NOSSOS INSTRUTORES. O SENAC BUSCA SEMPRE DISPONIBILIZAR CURSOS DE EXCELÊNCIA, COM AS MELHORES TÉCNICAS E AS PRINCIPAIS INOVAÇÕES, PARA QUALIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS NO NOSSO ESTADO” Fernando Virgilio

Diretor Regional do Senac RN


Diretores do Senac RN e o Cônsul Honorário da Alemanha no RN, Axel Geppert, junto com os instrutores da entidade certificada no curso Técnicas para sommelière

APESAR DA EXCELENTE QUALIDADE DOS VINHOS PRODUZIDOS NA ALEMANHA, EM ESPECIAL NO ESTADO DA RENÂNIA-PALATINADO, ELES AINDA SÃO POUCO CONHECIDOS E DISSEMINADOS NO RIO GRANDE DO NORTE. ESPERO QUE APÓS ESTE EVENTO POSSAMOS ENCONTRÁ-LOS COM MAIS FACILIDADE EM NATAL” Axel Geppert

Cônsul honorário da Alemanha no Rio Grande do Norte

de e excelente qualidade”. Referência nacional na área, Gabriela foi eleita em 2012 e 2013 como a melhor do Brasil pela imprensa especializada.

Certificação reconhecida pela União Europeia Na área de Vinhos, atualmente, o Senac possui três cursos no portfólio disponível no Rio Grande do Norte. Após o treinamento da equipe técnica, a entidade pretende disponibilizar, até o primeiro semestre de 2017, novo itinerário para formação do profissional de vinhos, com um total de oito capacitações. Os cursos poderão ser feitos de forma isolada pelos interessados no assunto. Porém, aqueles que participarem do itinerário comple-

to, poderão se submeter a prova de certificação para obter o título de Sommelier de Vinhos, reconhecido no Brasil e na União Europeia. “O Senac RN será o único centro no Brasil capaz de emitir certificado válido na União Europeia, pela Câmara do Comércio de Trier. Isso será um grande diferencial para os profissionais do estado e para nossa instituição”, destaca o diretor Regional Fernando Virgilio. Referência em capacitação profissional nas áreas de gastronomia e serviços de restaurante, o Senac possui portfólio que conta com mais de 100 cursos nos segmentos. A infraestrutura disponibilizada e os instrutores certificados e experientes estão entre os principais diferenciais da entidade, que tem cerca de 70 anos de atuação no Rio Grande do Norte.

9


ORIENTAÇÃO

PALESTRAS GRATUITAS DO SENAC BENEFICIAM MAIS DE 3.200 PESSOAS EM MENOS DE UM ANO Capacitações são relacionadas ao portfólio de cursos do Senac, que oferece mais de 350 opções em diversas áreas de atuação

D

esde julho de 2015, o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, promove mensalmente ciclos de palestras gratuitas nas unidades fixas localizadas nos munícipios de Assú, Caicó, Macaíba, Mossoró e Natal. O foco é 10

orientar e trabalhar as competências dos participantes nas áreas de formação profissional. Segundo o diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio, projetos como este têm o objetivo de democratizar o acesso à educação profis-


EM UM CENÁRIO ADVERSO, A CAPACITAÇÃO É UM DIFERENCIAL PARA QUEM BUSCA SE DESTACAR NO MERCADO. O SISTEMA FECOMÉRCIO RN, POR MEIO DO SENAC, ATUA COM FOCO NA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO, ESTIMULANDO E DESENVOLVENDO AS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DE UM NÚMERO CADA VEZ MAIOR DE NORTE-RIOGRANDENSES” Marcelo Queiroz

Presidente do Sistema Fecomércio RN

sional, ampliando o conhecimento e as oportunidades para a inserção no mercado de trabalho. No total, mais de 3.200 pessoas já foram beneficiadas pelo projeto. A estudante Kelly Virginia destaca o que a palestra gratuita de Turismo de Aventura lhe proporcionou. “Com a crise que vivemos, precisamos aumentar o nosso leque de opções. Na palestra, o instrutor me mostrou que temos público para a área de Turismo, mas falta guia capacitado. Assim, já estou à procura de novos cursos para aperfeiçoar meu conhecimento”. Todos os temas das palestras têm relação com o portfólio do Senac, que oferece mais de 350 cursos em diversas áreas de atuação, como Informação e Comunicação; Produção Cultural e Design; Desenvolvimento Educacional e Social; Gestão e Negócios; Turismo, Hospitalidade e Lazer; Segurança; Ambiente e Saúde; e Beleza. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, ressalta a importância desse tipo de iniciativa. “Em um cenário adverso, a capacitação é um diferencial para quem busca se destacar no mercado. O Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, atua com foco na educação para o trabalho, estimulando e desenvolvendo as competências profissionais de um número cada vez

maior de norte-rio-grandenses”. As palestras ocorrem nas últimas semanas de cada mês e em agosto tiveram uma novidade. A partir deste último mês os interessados puderam realizar a inscrição online, o que garantiu mais comodidade e praticidade. SAIBA MAIS O Senac oferece, de forma subsequente ou concomitante com a Educação Básica, uma vasta programação em atividades de educação realizadas por meio das modalidades presencial e a distância. Nos cursos presenciais, as aulas ocorrem em laboratórios ou em ambientes tradicionalmente identificados como salas de aula, por meio de interação direta entre professor e aluno. Nessa modalidade são utilizados materiais didáticos diversos, como: impressos, CD, DVD e outros. Já por meio da Rede Senac EAD, as aulas realizam-se pela utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos. O aluno tem acesso a materiais didáticos nos mais diferentes formatos (impresso, CD e DVD) e conta com acompanhamento de coordenadores e instrutores especialmente capacitados para essa modalidade de educação. 11


CONFRATERNIZAÇÃO

JOGOS DOS COMERCIÁRIOS A CHEGAM À 15 EDIÇÃO Projeto do Sesc RN realiza torneios esportivos em cinco cidades, reunindo quase 2 mil atletas. Jogos representam maior evento esportivo do estado voltado a comerciários

C

omeçou em agosto o maior evento esportivo do Rio Grande do Norte voltado a comerciários. Em sua 15ª edição, os Jogos dos Comerciários são realizados pelo Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, e até novembro serão promovidos torneios esportivos nas cidades de Natal, Mossoró, Caicó, Macaíba e Assú. “Os Jogos dos Comerciários são hoje um dos grandes projetos do nosso Sesc RN. Com eles, estimulamos a competição saudável e a prática esportiva entre os colaboradores das empresas, que são os grandes pilares do setor produtivo”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. Para o presidente, o poder de mobilização dos Jogos é demonstrado em números. “Este ano, reuniremos quase 2 mil atletas em nove modalidades esportivas. São números que mostram a grandiosidade do torneio e o quão a sério o Sistema Fecomércio leva este evento, que é o ápice do congraçamento entre os comerciários potiguares, que fazem deste o maior acontecimento esportivo do estado”, conclui. As cerimônias de abertura aconteceram entre agosto e setembro 12

nos cinco polos, com presença de autoridades, desfile da tocha e juramento do atleta. “Participo dos Jogos dos Comerciários desde 2013. Esse projeto é importantíssimo, porque esporte é vida, é saúde. Os comerciários têm que ter pelo menos uma vez por ano uma competição como essa para que possam relaxar um pouco”, conta o atleta da Companhia de Serviços Urbanos de Natal, Aldair da Silva, que conduziu a tocha na abertura dos Jogos na capital. E o gari já adiantou que, ano que vem, participará novamente da competição. Dentre as nove modalidades esportivas, a novidade em 2016 é a corrida de orientação, no polo Natal, que alia diversas atividades físicas e usa a própria natureza como campo de jogo. Além dela, os Jogos terão futsal, futebol society, vôlei indoor, xadrez, natação, karatê e futevôlei na capital potiguar; futsal e futevôlei em Macaíba; futsal e futebol society em Assú, Caicó e Mossoró. “Os Jogos dos Comerciários representam bem a missão do Sesc. Ao aliar incentivo à prática esportiva e a confraternização entre comerciários de todo o estado, cum-

OS JOGOS DOS COMERCIÁRIOS SÃO HOJE UM DOS GRANDES PROJETOS DO NOSSO SESC RN. COM ELES, ESTIMULAMOS A COMPETIÇÃO SAUDÁVEL E A PRÁTICA ESPORTIVA ENTRE OS COLABORADORES DAS EMPRESAS, QUE SÃO OS GRANDES PILARES DO SETOR PRODUTIVO” Marcelo Queiroz

presidente do Sistema Fecomércio RN


O atleta da Companhia de Serviços Urbanos de Natal, Aldair da Silva, acendeu a pira olímpica na solenidade de abertura em Natal

primos nosso objetivo. É por isso que já estamos na décima quinta edição, e pretendemos seguir com este que é um dos principais projetos esportivos que realizamos”, ressalta a diretora Regional do Sesc, Jeane Amaral. Os Jogos dos Comerciários representam mais uma ação do Sesc RN com o intuito de fomentar a prática de exercícios físicos. Alia lazer, combate ao sedentarismo e integra os comerciários e a população em geral em torno do esporte. Além disso, oferece torneios com o padrão Sesc de organização, arbitrados por profissionais qualificados. As inscrições para algumas mo-

dalidades continuam acontecendo em Natal mesmo após a abertura oficial. Informações sobre datas e modalidades estão disponíveis no site do Sesc RN, o www.sescrn. com.br. Já as inscrições podem ser feitas nas Centrais de Atendimento das unidades Sesc de cada polo, exceto em Assú, onde são feitas no Sindicato do Comércio Varejista. As taxas também dependem da modalidade escolhida. A premiação contará com troféus e medalhas para primeiro, segundo e terceiro colocados de todas as modalidades, e medalhas de participação para todos os atletas do karatê. 13


VALORIZAÇÃO

EFERVESCÊNCIA CULTURAL

EM TERRAS POTIGUARES

14


Mostra Sesc de Arte e Cultura movimentou o calendรกrio de seis cidades potiguares

15


Kelly Maia Jornalista

A

s manifestações artísticas foram destaque na programação de agosto do Sesc RN, com a Mostra Sesc de Arte e Cultura, em Natal, Macaíba, Mossoró, Caicó, São Paulo do Potengi e Nova Cruz. O evento é mais uma iniciativa do Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, de promoção à cultura, ao acesso à informação, e ao mesmo tempo, de estreitar esse contato com o público. Durante pouco mais de um mês, as variadas expressões artísticas dos talentos locais e nacionais perfilaram nos palcos, telonas, espaços públicos e unidades do Sesc RN. Em Natal, a maratona cultural iniciou com a exposição “Os 12 Trabalhos”, do artista Guaraci Gabriel, que apresentou ao público o processo criativo dos seus trabalhos, tendo como referência 12 conhecidas obras de grande porte, ressaltando que a criação e o processo de execução são mais importantes

16

para o artista criador, do que propriamente a obra finalizada. As obras de Guaraci ocupam os espaços urbanos, trazendo consigo a simbologia do tempo real. Sucatas são usadas como matéria-prima que se erguem em direção ao céu, numa metamorfose possível graças à inventividade desse artista, que seu nome na arte potiguar desde a década de 1980.

Pipa das letras

Aterrissando na esfera literária, a Mostra Sesc de Arte e Cultura contemplou a programação do Sesc no Festival Literário da Pipa (FliPipa). Nos três dias do festival, o público conferiu uma intensa programação na tenda literária com bate-papos entre convidados locais e nacionais, contações de histórias, ações formativas, entre outros. A unidade móvel de leitura do Sesc, o BiblioSesc, também estacionou em Pipa, com seus mais de 3 mil volumes disponíveis para consultas. “O Sesc é um parceiro de primeira hora do FliPipa. Nosso trabalho começa 90 dias antes, com o estudo

Cortejo cultural com escolas municipais de Tibau do Sul marcou a programação do FliPipa


na sala de aula do tema do festival. No evento continuamos com várias ações de valorização aos literatos locais e de incentivo ao amor pela arte e cultura”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz. Para a professora de uma escola municipal de Tibau do Sul, Patrícia Andrade, a oportunidade de visitar o festival com seus alunos foi muito enriquecedora. “Estamos muito felizes em participarmos deste evento de exaltação cultural, que proporciona o contato dos escritores e suas histórias. É um aprendizado mútuo, tanto os alunos aprendem, quanto eu professora”.

Sétima arte

2ª Mostra de Cinema Potiguar fez parte da programação da Mostra Sesc de Arte e Cultura

Os filmes encheram as telonas dos festivais, salas de cinema, auditórios, espaços públicos, com exibições sobre variadas temáticas para públicos de todas as idades, incluindo também a cinematografia local premiada na Mostra Sesc de Cinema Potiguar. A iniciativa pioneira do Sesc RN, visa fomentar a produção audiovisual no estado e estimular o

intercâmbio entre profissionais da área, público, estudantes e críticos. Inclusive, o projeto pode se estender a exibições em outros regionais do Sesc, oportunizando dar visibilidade ao talento potiguar.

Folklore

Uma palavra de origem inglesa, com muitos significados, entre eles, a da representatividade de um povo. Este rico universo do folclore foi destaque na 2º edição do Curso de Folclore do Sesc. A iniciativa gratuita foi uma parceria com a Comissão Norte-rio-grandense de Folclore, e teve como tema os 30 anos de encantamento do historiador e folclorista potiguar, Luís da Câmara Cascudo. São três meses de curso (agosto a outubro), com aulas práticas e teóricas sobre diversas temáticas, desde artesanato, linguagem popular, culinária, medicina, crendices e superstições potiguares.

Bossa & Jazz

Associar arte com consciência ecológica foram os conceitos que

17


pontuaram as oficinas de confecção de instrumentos musicais feitos com materiais recicláveis, ministradas pelo artesão Alexandre Ferro e a assistente Adriana Freitas, na escola do Sesc Zona Norte e no projeto Sesc Cidadão da Vila de Ponta Negra. A atividade contemplou a programação do Sesc RN no Fest Bossa & Jazz. “As crianças valorizam o conhecimento e a curiosidade fica mais aguçada para aprender a fazer os instrumentos, e também por saberem que o descarte de mate-

18

riais agora tem um novo destino”, comenta o professor. Para Arthur, 8 anos, o berimbau foi um dos instrumentos que mais chamou sua atenção. “Gosto de capoeira e agora sei que posso tentar fazer um berimbau usando o que posso pegar em casa ou na rua”. Estes intercâmbios do conhecimento norteiam o trabalho dos educadores do Sesc, que atuam na perspectiva de apresentar novas possibilidades de aprendizado. Para a orientadora pedagógica Sa-

Artesão Alexandre Ferro ministra oficina de instrumentos musicais voltadas para os alunos do Sesc Cidadão, da Vila de Ponta Negra


Allyson Santos, pai de Allyson (7 anos), para ele, a participação do filho no evento escolar tem uma conotação especial

maia Samantha, a atividade realizada no Sesc Cidadão só veio a somar. “Atividades como essa contribuem para o incentivo das habilidades artísticas e musicais. Vejo o interesse no comportamento deles, inclusive, para sair da rotina. Semanalmente desenvolvemos um momento de convivência entre os alunos do karatê, PHE (Programa Habilidades e Estudo) e o relato dos pais e das professoras nos indicam que estamos no caminho certo”.

Inclusão e arte

Em agosto, o folclorista Luís da Câmara Cascudo foi tema de estudo das turmas do Ensino Fundamental I, EJA (Educação de Jovens e Adultos) e acompanhamento pedagógico da Escola Sesc Zona Norte. O objetivo do projeto foi promover o resgate da cultura

popular e valorizar as contribuições do folclorista, para que as novas gerações compreendam a importância das manifestações populares para a sociedade. O resultado desse estudo culminou em uma apresentação artística realizada pelas turmas. Um dos pais que encontramos no evento foi o designer gráfico Allyson Santos, pai de Allyson (7 anos), um dos alunos da escola que participava do momento de interação. Para ele, a participação do filho no evento escolar tem uma conotação especial. “Meu filho tem o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e apresenta dificuldades na interação e comunicação social, e aqui no Sesc ele é outra criança, percebo o desenvolvimento dele e vejo que ele está se sentindo bem. Eu estou muito feliz com os avanços que ele faz”. 19


Sábado Cultural

O Sábado Cultural marcou o encerramento da Mostra Sesc de Arte e Cultural com atrações para toda a família. As atividades deste dia integraram a Virada Cultural, evento que acontece durante 24 horas ininterruptas, e conta com o apoio do Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc. Os visitantes realizaram uma imersão cultural, com apresentações circenses (Circo Grock); CineSesc com o filme de animação “O Menino e o Mundo” (livre); e Galeria Sesc com a exposição “Os 12 Trabalhos”, do artista Guaraci Gabriel. As artes cênicas foram representadas pelos espetáculos “Circo

20

de Só Êu”, do grupo paulista Barracão Teatro; e o “Quintal de Luís”, do grupo Estação de Teatro (RN), uma homenagem ao mestre Luís da Câmara Cascudo, pesquisador, escritor e historiador. As batidas rápidas e ritmadas do Hip Hop também marcaram o sábado. O artesanato potiguar foi bem representado e o público conferiu o trabalho desses artistas na minifeira cultural instalada na Área Verde do Sesc Cidade Alta. Outra atração foram as intervenções da Street Jazz Band durante toda a programação. Um cortejo cultural marcou o desfecho da programação cultural do Sesc, com saída a partir das 20h, do Sesc Cidade Alta em direção à Ribeira.


Entrevista

Geraldo Borges e Amanda Reis Ele é de terras potiguares. Ela é das Minas Gerais. Mas apesar da distância geográfica, a paixão pelos quadrinhos reuniu os artistas, Geraldo Borges (RN) e Amanda Reis (MG), na programação do Sesc no Festival Literário de Pipa. O registro deste encontro, você confere na entrevista que os quadrinistas concederam a’O Sistema em Revista.

Qual a avaliação sobre o mercado para os quadrinistas? Geraldo Borges: Eu acho que os quadrinhos nunca estiveram em um momento tão bom como o de hoje, em termos de produção. Claro que viver de quadrinhos é algo muito desafiador, mas ainda temos um espaço para conquistar e será muito bom para todos, desde os artistas aos leitores. Neste aspecto a internet é uma grande impulsionadora do nosso trabalho. Em relação aos temas dos quadrinhos, existe uma diferenciação entre homens e mulheres quadrinistas? Amanda Reis: Eu falo muito sobre sentimento, com

uma mensagem a passar que independe se é mulher ou homem. De um tempo para cá comecei a desenhar personagens só com as formas, sem detalhamento de personagem feminino ou masculino, para exatamente me aproximar de todos os públicos. Agora existe sim, um machismo por temáticas que não exponham os sentimentos, por que não querem mostrar o que sente. Como foi que você começou a trabalhar para o mercado americano? Geraldo Borges: Meu contato com os produtores da Marvel, DC Comics, foi através da internet onde integrava uma

agência de desenhistas que fizeram o contato com o mercado americano. Desde 2007, comecei a trabalhar para esse mercado, e em 2009 entrei para a DC Comics. Como é o processo criativo de vocês? Geraldo Borges: No meu caso como trabalho com um editor, o roteiro já vem pronto. Então, vou seguindo as orientações e desenho e vamos fazendo os ajustes enviando as páginas produzidas pela internet. Amanda Reis: No meu caso, como produção independente, tenho dificuldade de lidar com um conceito que não seja meu. Trabalho com temáticas variadas, mas, que trazem uma reflexão.

21


PARACOPA

INCLUSÃO RIMA COM

INTEGRAÇÃO Capacitação para professores de educação física do Sesc reuniu crianças com e sem deficiência em torno da prática esportiva

Q

uando as diferenças se dissolvem e as semelhanças se unem, surge um momento único. E esse momento foi a Paracopa, projeto inédito realizado pelo Sesc, e que aconteceu no ginásio da unidade Cidade Alta, em Natal, no mês de julho. Cerca de 100 crianças com e sem deficiência foram estimuladas pelos educadores físicos do Sesc de todo o Rio Grande do Norte a praticar esportes adaptados. Um encontro que incentivou muito mais do que a atividade físi-

22

ca: quebrou tabus, desmistificou preconceitos, conectou seres humanos. Entre os participantes, estavam crianças atendidas pelo Sesc Cidadão Natal, do Centrinho e da Escola Municipal Antônio Campos, além de paratletas da Associação Paradesportiva do RN (APARN). A Paracopa foi o resultado de três dias de capacitação que o Sesc Nacional, em parceria com a instituição BlazeSports America (EUA) promoveu entre os profissionais de educação física de quatro regionais


EU GOSTEI DA BOCHA. ADOREI JOGAR UMA BOLA PERTO DA OUTRA. TAMBÉM GOSTEI DE PARTICIPAR PORQUE FIZ EXERCÍCIO E ACHO QUE É BOM PARA A SAÚDE” Lara Vitoria Melo

do Sesc, sendo o RN o único do Nordeste a participar do treinamento. “Foi uma capacitação importante, principalmente diante de depoimentos que ouvimos de participantes, de que na cidade não tem opções de lazer e esporte pra pessoas com deficiência”, relata a coordenadora de Esporte e Lazer do Sesc RN, Lidiana Morais. Entre os esportes adaptados disputados na Paracopa, estavam a bocha – jogo praticado com diversas bolas grandes e uma pequena (bolim), todas de madeira ou de plástico denso –, vôlei de cadeira, vôlei de lençol e estafeta. “Eu gostei da bocha. Adorei jogar uma bola perto da outra. Também gostei de participar porque fiz exercício e acho que é bom para a saúde”, conta Lara Vitoria Melo, 10, cuja hidrocefalia e mielomeningocele não são barreiras para que ela seja feliz, ativa e vaidosa. Sua mãe, a dona de casa Maria do Carmo Melo, confirma. “Ela já fez nove cirurgias, mas faz tudo como uma criança normal”, conta a mãe,

que também elogiou a iniciativa do Sesc. “Faz com que a criança com deficiência fique mais autossuficiente, tenha mais confiança”, ressalta. Para a professora de educação física do Sesc Mossoró, Michelly Dantas, a capacitação mostrou que, ao contrário do que ela e alguns colegas pensavam, lidar com pessoas com deficiência não é um bicho de sete cabeças. “Muitas vezes, o receio era tão grande que dava um bloqueio na gente. Mas nos mostraram que não é complicado, e que os próprios (deficientes) dão indicativos de como trabalhar com eles. Foi uma das melhores capacitações que fizemos”, conta a professora. A opinião foi compartilhada por Lidiana Morais: “Para mim, foi uma experiência única e uma realização profissional”. A expectativa é de que o Sesc invista cada vez mais no treinamento de seus profissionais e adaptação dos espaços, a fim de atender pessoas com necessidades especiais. Também já está programada uma nova edição da Paracopa em 2017.

23


PESQUISA

FESTA DE SANT’ANA 2016 RECEBE NOTA ACIMA DE 9 DE POTIGUARES E TURISTAS Dados fazem parte de levantamento feito pelo IPDC/Fecomércio RN, apresentado na sede do Sindicato do Comércio Varejista de Caicó, pelo presidente Marcelo Queiroz

24


Presidente do Sindivarejo Caicó, Cleide Nogueira, destaca que dados da pesquisa devem ajudar no aperfeiçoamento da festa

H

“AS ATRATIVIDADES DA CIDADE, DEVEM SER APROVEITADAS E POTENCIALIZADAS PARA ATRAIR CADA VEZ MAIS NOVOS VISITANTES. ESSAS INFORMAÇÕES DETALHADAS PELO IPDC DA FECOMÉRCIO PODEM SER ÚTEIS PARA BALIZAR O TRABALHO DOS PLANEJADORES E REALIZADORES DA FESTA DE SANT’ANA, QUE JÁ É UM DOS MAIORES PATRIMÔNIOS DE CAICÓ.” Marcelo Queiroz

Presidente do Sistema Fecomércio RN

Diretor Executivo da Fecomércio, Jaime Mariz, apresenta dados da pesquisa

á mais de 200 anos fazendo parte do calendário de Caicó, a Festa da Sant’Ana reúne milhares de pessoas todos os anos, com impacto direto na economia da cidade. Para mensurar a importância econômica e conhecer melhor o público que frequenta o evento, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (IPDC/Fecomércio RN) realizou, entre os dias 28 e 30 de julho, um levantamento no município da região do Seridó. A pesquisa, encomendada pelo Sindicato do Comércio Varejista de Caicó, foi entregue pelo presidente da Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, à presidente do Sindivarejo, Cleide Nogueira, no final de agosto. Compareceram ao evento, realizado na Casa do Empresário da cidade, além de membros do Sindicato, membros da diretoria da CDL Caicó, o pároco da Catedral de Sant’Ana, Alisson Bruno, como também diversos empresários da cidade. Os dados foram apresentados pelo diretor Executivo da Fecomércio RN, Jaime Mariz. A Festa de Sant’Ana 2016 teve como público predominante potiguares, já que 83,2% são oriundos de cidades do Rio Grande do Norte, com os moradores de Natal e municípios da região Seridó do estado aparecendo em destaque. Porém, os hotéis e pousadas da cidade ficaram lotados, já que paraibanos (6,8%), cearense (2%), pernambucanos (1,4%), paulistas (1,2%) e mineiros (1%) tam-

bém marcaram presença. Além disso, a pesquisa detectou a presença de estrangeiros na festa. O gasto médio do visitante, que permaneceu na cidade menos de 24h para participar de alguma atividade da festa, foi de R$ 82,72; já do turista (aquele que pernoitou pelo menos um dia na cidade) foi de R$ 112,83. O caicoense teve de gasto médio diário individual de R$ 49,54. As principais motivações para os turistas e visitantes frequentarem a cidade foram lazer, família e fé, onde já conheciam a tradicional festa católica de Caicó. Cerca de 65,8% dos participantes da festa têm idade na faixa de 35 anos ou mais, e dois terços dos entrevistados estiveram na festa acompanhados da família. Artesanato, catedral, bares/restaurantes e atrações musicais foram os principais atrativos que o público frequentou durante a festa. Dessa forma, o evento contribui diretamente no desenvolvimento da economia local, uma vez que geram demanda por hotéis, pousadas, restaurantes, bares e tantos outros serviços, o que resulta em mais emprego e renda para a população do município. O levantamento do IPDC Fecomércio RN constatou que a influência da viagem dos turistas e visitantes que estiveram em Caicó é fortemente orientada para a festa da padroeira, neste caso representando 66,4% do total de turistas e visitantes. Enquanto 17% disseram que estavam na cidade para aproveitar a festa, mas também visitar a família; 15,8% declararam que a de25


cisão de participar dos festejos de Sant’Ana em Caicó se deu graças aos comentários de parentes e amigos. 8,6% dos entrevistados foram influenciados por trabalho ou negócios na cidade; já 6,4% dos que responderam à pesquisa afirmaram estar na cidade por devoção, fé ou pagamento de promessa. “As atratividades da cidade – sua história, objetos, natureza, monumentos, tradições que constroem a identidade e cultura do local -, devem ser aproveitadas e potencializadas para atrair cada vez mais novos visitantes. Essas informações detalhadas pelo IPDC da Fecomércio podem ser úteis para balizar o trabalho dos planejadores e realizadores da Festa de Sant’Ana, que já é um dos maiores patrimônios de Caicó. Também podem ser muito bem usadas pelo empresariado da cidade, que passa a conhecer melhor o público da festa e pode, assim, se preparar ainda mais para atendê-lo”, analisou o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. Os entrevistados também avaliaram os pontos que mais agradaram durante a Festa de Sant’Ana. 33,4% dos entrevistados indicou a organização das atrações realizadas na cidade como item que mais gostaram durante a festa. Em segundo lugar e também corroborando informações anteriores, ficaram os atrativos históricos e culturais, com 18,6% da preferência. As atrações musicais promovidas pelo evento aparecem na terceira posição, como um dos atrativos que mais deixaram o público satisfeito, com 16,2% das citações, seguidas por missas (13,8%), infraestrutura (12%), atendimento (10,2%), segurança (8,4%), comércio (6,6%), entre outros. Os participantes da festa neste ano ficaram satisfeitos com os serviços prestados, alcançando uma nota média de 9,12. O item Hospitalida-

26

de do povo (avaliado somente pelos turistas entrevistados) foi o melhor avaliado, com nota média 9,28. Locais de alimentação e atrações musicais vêm logo depois, ambas, com média 8,76, seguida dos atrativos históricos e culturais, com nota média de 8,49. O comércio local e a infraestrutura/organização do evento aparecem na 5ª e 6ª posição, com médias 8,46 e 8,43, respectivamente. Em seguida, vêm a qualidade dos serviços oferecidos (8,20) e a segurança (8,18) que também foi elogiada. Já o acesso e transporte até a cidade, limpeza urbana, informações turísticas e meios de hospedagem foram os itens que apresentaram nível de satisfação inferior à média 8,0, ficando com notas 7,62; 7,67; 7,78 e 7,79; respectivamente. Com o retorno positivo, 93,8% dos entrevistados manifestaram desejo de participar da festa de Sant’Ana de Caicó em 2017 e quase 100%, exatos 98,8%, do público recomendaria a festa a parentes e amigos. “Não tínhamos números claros da dimensão turística e econômica da Festa de Sant’Ana e nós, empresários, precisávamos disso. Com o estudo, nosso propósito é que o evento cresça cada vez mais, com planejamento baseado no levantamento do IPDC”, comentou Cleide Nogueira, presidente do Sindivarejo de Caicó. O relatório completo está disponível no link: http://fecomerciorn. com.br/pesquisas.

Compareceram ao evento, membros do Sindicato, membros da diretoria da CDL Caicó, o pároco da Catedral de Sant’Ana, Alisson Bruno, como também diversos empresários da cidade

A PESQUISA, ENCOMENDADA DO SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAICÓ, FOI ENTREGUE PELO PRESIDENTE DA FECOMÉRCIO RN, MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ, À PRESIDENTE DO SINDIVAREJO, CLEIDE NOGUEIRA, NO FINAL DE AGOSTO


INVESTIMENTO

REFORMA E AMPLIAÇÃO DO SESC MOSSORÓ DEVE SER CONCLUÍDA EM 2017 Esta é a maior e mais completa intervenção física em sua estrutura desde sua inauguração, há quase 40 anos

SÃO NÚMEROS GRANDIOSOS, QUE DÃO UMA IDEIA DA RELEVÂNCIA DESTE INVESTIMENTO HISTÓRICO QUE ESTAMOS REALIZANDO, ATENDENDO A UM PLEITO ANTIGO DOS COMERCIANTES E DOS COMERCIÁRIOS MOSSOROENSES” Gilberto Costa

Vice-presidente da Fecomércio RN

O

vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, Gilberto Costa, visitou, em meados de julho, as obras de ampliação e reforma do Sesc Mossoró (região Oeste do RN), acompanhado da diretora regional do Sesc RN, Jeane Amaral, e dos engenheiros responsáveis pela obra. “Esta é uma obra muito importante para Mossoró e que demandou um esforço enorme do Sistema Fecomércio RN junto ao Departamento Nacional para ser viabilizada. Tanto eu, quanto o presidente Marcelo Queieoz, e toda a diretoria estamos fazendo questão de acompanhá-la de perto”, afirmou Costa. A unidade Sesc Mossoró foi inaugurada em 1978 e desde então esta é a primeira vez em que passa por uma grande reforma. Com investimento total próximo dos R$ 20 milhões, ela

será completamente reformada e ganhará espaços novos e mais confortáveis. Entre as novidades, uma nova clínica odontológica que irá dobrar a capacidade de atendimento, passando a beneficiar 90 pessoas por dia. A nova Escola Sesc deverá iniciar 2017 com 700 alunos dos ensinos infantil e fundamental. As piscinas também passarão por uma completa reforma. Somente com a obra, estão sendo gerados 100 empregos diretos em Mossoró. “São números grandiosos, que dão uma ideia da relevância deste investimento histórico que estamos realizando, atendendo a um pleito antigo dos comerciantes e dos comerciários mossoroenses”, afirmou Gilberto Costa. A conclusão da reforma da escola está programada para dezembro deste ano e conclusão das demais intervenções para outubro de 2017.

27


Aconteceu FECOMÉRCIO SEDIA EVENTO EM HOMENAGEM AO DIA DO ECONOMISTA O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, participou das comemorações em homenagem ao Dia do Economista (celebrado no dia 13 de agosto). O evento aconteceu na sede da Federação e contou com a palestra do economista e ex-prefeito de Natal, Marcos Cézar Formiga, que falou sobre a “Economia brasileira e os reflexos no RN”. O encontro foi realizado pela Federação das Associações Comerciais do RN, pelo Sindicato dos Economistas do RN e pelo Sindicato do Comércio de Varejista de Peças e Acessórios para Veículos do RN, e contou com o apoio da Fecomércio RN, Fiern e Sebrae RN. “Este é um momento difícil política e economicamente. É uma situação de desequilíbrio, e temos que repensar valores, temos que pensar em alternativas. E para isso necessitamos entender o que ocorre tanto na política, quanto na economia”, afirmou o presidente das Federação das Associações Comerciais do RN, Itamar Manso Maciel.

28


MARCELO QUEIROZ É HOMENAGEADO PELA APAE ANGICOS O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, foi agraciado com o título de Sócio Benemérito da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Angicos (APAE). A honraria foi recebida pela irmã de Queiroz, Moisirene Lemos, durante o 6º Baile dos APAExonados, que aconteceu no início de agosto, no Clube Municipal de Angicos. A APAE de Angicos foi fundada em 2011 e tem mais de 50 pessoas cadastradas, com idades que variam entre 5 e 50 anos. Além da educação especializada, oferece atendimento de enfermaria, psicológico, psiquiátrico, fisioterápico, odontológico, além de dispor de assistente social e terapeuta ocupacional.

DIRETORES E GESTORES DO SISTEMA FECOMÉRCIO RN PARTICIPAM DE VIDEOCONFERÊNCIA COM TÉCNICOS DO TCU Diretores, conselheiros e gestores do Sistema Fecomércio RN, Sesc e Senac, participaram, no final de julho, no auditório do Sesc Centro, em Natal, da videoconferência: “Avaliação do Sistema de Controles Internos e Gestão de Riscos das Entidades Regionais do Sistema S”. A transmissão contou com a explanação do auditor de Controle Externo do TCU, Diego Padilha. O objetivo foi detalhar um trabalho de coleta de dados e diálogo contínuo, foi iniciado em agosto, com o intuito de melhorar a governança e os processos gerenciais dessas entidades, reduzindo os riscos de falhas eventuais na gestão de recursos. Os gestores das entidades irão responder questionários enviados pelo TCU e tirar dúvidas para melhorar seus processos internos, sempre com base na otimização do trabalho. O TCU (Tribunal de Contas da União) é um dos órgãos de controle aos quais as entidades como Sesc e Senac estão submetidas. A videoconferência foi realizada pelo tribunal, em parceria com o Departamento Nacional do Sesc.

29


SUSTENTABILIDADE

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ PARTICIPA DE 29A EDIÇÃO DO MOTORES DO DESENVOLVIMENTO Seminário teve como tema “Cidades Criativas como Caminho para o Desenvolvimento Sustentável” e contou com palestra de representante da Organização das Nações Unidas

30


O

Evento aconteceu no auditório da Procuradoria Geral de Justiça do RN

presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, participou no mês de agosto, de mais uma edição do projeto Motores do Desenvolvimento do RN, promovido pelo Sistema Fecomércio, em parceria com o Sistema Fiern, UFRN, Ministério Público do RN, Jornal Tribuna do Norte e RG Salamanca. Com o tema “Cidades Criativas como Caminho para o Desenvolvimento Sustentável”, o Seminário aconteceu no auditório da Procuradoria Geral de Justiça. Na ocasião, o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, destacou a adesão do Ministério Público ao projeto e agradeceu a todas as instituições que já fazem parte da organização do seminário. “Nessa nossa primeira participação do Motores do Desenvolvimento, escolhemos um dos temas mais polêmicos dentro da atuação do Ministério Público. Com isso, queremos mostrar que a instituição pode ser parceira da administração pública e da iniciativa privada para propor soluções

e contribuir para uma sociedade mais justa”, afirmou. A união entre o Poder Público e a iniciativa privada também deu o tom dos discursos do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, e do governador do RN, Robinson Faria. “Só assim, conseguiremos construir cidades modernas, inteligentes e sustentáveis”, destacou Robinson Faria. No bloco técnico, o diretor sênior para Assentamentos Humanos da ONU Habitat – Brasil, Alain Grimard, falou sobre “Cidades Inteligentes e Sustentáveis: tendência mundial para soluções locais”. Para Grimard, as cidades não devem ser zoneadas, com empresas semelhantes funcionando em um mesmo espaço, com lojas do mesmo ramo comercial funcionando muito próximas umas das outras. Ele afirma que “novas ideias estão surgindo e a tendência é que as cidades sejam mais integradas, o que as torna mais sustentáveis”. Já a economista e sócia-diretora da Garimpo de Soluções – Economia, Cultura & Desenvolvimento, Ana Carla Fonseca Reis, falou sobre “Cidades Criativas: Desafios e Oportunidades”. A programação foi encerrada com uma mesa redonda sobre “Cidades Criativas: Desafios e Oportunidades”, mediada pelo procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis. Também estavam presentes no Seminário Motores do Desenvolvimento o presidente da Assembleia Legislativa do RN, Ezequiel Ferreira de Souza; a reitora da UFRN, Ângela Paiva; o diretor da Tribuna do Norte, Ricardo Alves; vários representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; membros da diretoria do Sistema Fecomércio RN; representantes de entidades públicas e privadas; empresários; estudantes e imprensa.

31


EMPREENDEDORISMO

ALUNOS BARTENDERS DO SENAC LANÇAM PROJETO VALORES REGIONAIS Carta de drinks conta com 15 opções, todas criadas com ingredientes regionais

FOTO CEDIDA: ROGÉRIO VITAL

32


FOTO CEDIDA: ROGÉRIO VITAL

Júnior Freire integra o projeto Valores Regionais e está sendo treinando para participar de competições de educação profissional pelo Senac

C

ajuína, licor de pitanga, cachaça, xarope de maria preta, estes são alguns dos ingredientes regionais utilizados nas criações do projeto Valores Regionais. O projeto que surgiu em novembro de 2015 é uma iniciativa de quatro ex-alunos do curso de bartender do Senac RN, Júnior Freire, Bruno Otávio, Jéssica Fernandes e Gabriel Simões. “Percebemos que os ingredientes regionais eram pouco valorizados no mercado de drinks, e por isso decidimos apostar neles”, explica Júnior Freire. O Valores Regionais trabalha em parceria com empresas de coquetéis para festas e está em busca

de novas parcerias. A carta conta com 15 drinks (sendo dois sem álcool) e recentemente foi criado um novo, contendo cachaça, licor de maracujá e um bitter artesanal (bebida com característica agridoce). Em junho deste ano, Jéssica Fernandes participou da quarta edição do Ilha Drinks, festival de coquetéis realizado em Fernando de Noronha, classificando-se em 2º lugar. No momento, ela e Júnior Freire treinam para participar da Olimpíada do Conhecimento. Entre treinamentos para competições e muito trabalho, eles vão conquistando novos amantes dos sabores regionais. 33


Bartenders Gabriel Simões, Júnior Freire, Jéssica Fernandes e Bruno Otávio são os idealizadores do projeto

34

DRINQUES E COQUETÉIS Dentro das diversas ocupações ligadas ao segmento de Alimentos e Bebidas, destaca-se a profissão de bartender, que é responsável por preparar e servir bebidas e coquetéis. Esta profissão tem um espaço competitivo e plural para preencher que só será conquistado com uma formação de qualidade e com conteúdo moderno e atualizado. O bartender do século 21 é um profissional disposto a executar diferentes tarefas, capaz de adaptar-se aos diversos ambientes de trabalho, estar atento às normas de higiene e segurança, manter comunicação fluente, ter sensibili-

dade para o contato com o público, estar preparado para suportar grandes jornadas de trabalho, buscar trabalhar com pontualidade e profissionalismo, dominar as técnicas pertinentes ao ofício e buscar aperfeiçoamento contínuo. As próximas turmas do curso de Drinques e Coquetéis do Senac no Rio Grande do Norte estão previstas para o mês de setembro, em Natal. O curso tem 20 horas de duração e custa R$ 350,00. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (84) 4005-1000. Serviço: Valores Regionais

Facebook: /valoresregionais Instagram: @valoresregionais


Receita de drink

Pagode Russo Ficou com vontade de provar um dos coquetéis do projeto Valores Regionais? Confira a receita do Pagode Russo e faça você mesmo para experimentar. E para acompanhar, a sugestão para harmonizar com esse coquetel é o queijo manteiga. Ingredientes 30 ml de Cachaça Leblon 15 ml de Cachaça Leblon Merlet 30 ml de chá Mate 15 ml de xarope caseiro de gengibre

Modo de preparo Colocar um copo alto (mix glass) para resfriar na geladeira. Encher metade do copo com gelo. Adicionar todos os ingredientes e mexer com uma colher.

35


COMENDA

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ PRESTIGIA HOMENAGEM DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA A JOSÉ ÁLVARES VIEIRA E LUIZ ROBERTO MALDONADO Empresários, naturais dos estados de Minas Gerais e de São Paulo, agora são, também, cidadãos norte-rio-grandenses

O

presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, participou da solenidade de entrega dos Títulos de Cidadãos Norte-rio-grandenses ao presidente da Federação da Agricultura do RN, o mineiro José Álvares Vieira; e ao empresário paulista Luiz Roberto Maldonado Barcelos. A sessão aconteceu em agosto, no Plenário da Assembleia Legislativa do RN. Além dos homenageados e do deputado estadual propositor dos títulos, George Soares (PR), a mesa de autoridades foi composta pelo

36

presidente Marcelo Queiroz; pelo secretário de Agricultura do RN, Guilherme Saldanha, representando o Governador, Robinson Faria; e pelo diretor da Fiern, Edilson Trindade, na oportunidade representando o presidente Amaro Sales. “A Assembleia faz justiça hoje a dois grandes nomes do setor empresarial que, mesmo sem terem nascido no RN têm aqui as bases do trabalho que realizam. Luiz Roberto Maldonado, da Agrícola Famosa é hoje um dos maiores produtores de frutas frescas e de melão do mundo, gerando quase 9 mil empregos di-

Presidente Marcelo Queiroz; Presidente da Faern e homenageado, José Alvares Vieira; secretário de Agricultura do RN George Soares; homenageado Luiz Roberto Maldonado; e diretor da Fiern Edilson Trindade


A ASSEMBLEIA FAZ JUSTIÇA HOJE A DOIS GRANDES NOMES DO SETOR EMPRESARIAL QUE, MESMO SEM TEREM NASCIDO NO RN TÊM AQUI AS BASES DO TRABALHO QUE REALIZAM. TÊ-LOS COMO CIDADÃOS NORTE-RIOGRANDENSES É UMA HONRA PARA NOSSO ESTADO” Marcelo Queiroz

Presidente do Sistema Fecomércio RN

retos para o nosso povo. Já o meu amigo José Vieira é o grande líder do setor agrícola potiguar. Tê-los como cidadãos norte-rio-grandenses é uma honra para nosso estado”, afirmou Marcelo Queiroz. “Nesta manhã de homenagens e agradecimentos, nós estamos adotando um mineiro e um paulista. A honraria é uma retribuição aos serviços prestados ao RN. Ao longo de todos estes anos eles vêm dando sua parcela de contribuição ao desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Norte”, afirmou o deputado George Soares, em seu discurso na abertura da sessão solene. Em seguida ele entregou uma placa e uma bandeira do Rio Grande do Norte a cada um dos homenageados. “Uma de nossas maiores preocupações é valorizar o nosso colaborador, garantindo a ele as melhores condições de trabalho. Além disso, a nossa folha de pagamento é de cerca de R$ 9 milhões, o que gera um impacto muito positivo nas comunidades onde atuamos”, destacou o empresário Luiz Roberto Maldonado, cuja empresa atua há mais de 20 anos no estado. José Álvares Vieira chegou ao estado em 1996 para trabalhar na empresa de laticínios Clan, que à época vivia um momento de dificuldades. Fincou raízes no RN, onde construiu sua família e desenvolveu sua vida profissional. Com sua em-

presa, a Vieira Representações, atua em três estados. Além disso, sempre brigou pelas condições de trabalho do homem e do empresário do campo. Como representante da classe, à frente da Federação da Agricultura, encampou lutas como a liberdade para produzir, o respeito às leis e a tributação justa. “À frente da Faern desde 2009, destaco os mais de 35 mil produtores capacitados nos mais diversos cursos. Cursos estes que abriram portas para a dignidade e para a qualidade de vida do homem do campo. Gostaria de agradecer, com uma frase que sempre repito. Não se escolhe onde se nasce. Escolhe-se onde se quer viver. Quis e quero viver no Rio Grande do Norte. Aqui estou em casa, estou na minha terra”, finalizou Vieira. Também prestigiaram a solenidade os deputados Hermano Morais e Tomba Farias; o diretor geral da Federação dos Municípios do RN, Edivan Martins; o presidente da Federação das Associações Comerciais, Itamar Manso; o superintendente do Sebrae, José Ferreira de Melo Neto; o presidente da Fetronor, Eudo Laranjeiras; o presidente da Associação dos Criadores de Camarão do RN, Itamar Rocha; o diretor de Operações do Sebrae, Eduardo Viana; além de amigos e familiares dos homenageados. 37


PIONEIRO

+ A C I = S L Í E F V E Á D D A U D I ATIV NTAÇÃO SA ALIME

Y A D T H LIG

Projeto realizado de forma inédita pelo Sesc alia exercícios e dicas de alimentação balanceada. Ideia é proporcionar qualidade de vida aos comerciários e à população em geral

38


Participantes do projeto se serviram de refeições balanceadas

“V

ocê é o que come”, diz o ditado. E o que transpira também. Estudos e especialistas repetem como um mantra que a aliança entre uma alimentação equilibrada e a prática de atividade física é imprescindível para uma vida saudável. Por isso, além de oferecer refeições balanceadas e modalidades esportivas de forma sistemática em suas unidades, o Sesc RN deu o pontapé inicial em um projeto chamado Light Day. O projeto pioneiro, realizado em agosto no Sesc Ponta Negra, em Natal, visa proporcionar aos comerciários, seus dependentes e à comunidade em geral momentos de lazer, aliados a mudanças positivas em seus estilos de vida. “Também pretendemos, com este projeto, demonstrar que a vida pode ser melhor, menos estressante se pensarmos na aliança do corpo e da alimentação, precisamos parar alguns minutos diários e desacelerar”, ressalta a gerente de Saúde

e Assistência do Sesc RN, Priscila Serpejante. Por se tratar de uma iniciativa inédita, o Light Day ainda passará por algumas mudanças, como por exemplo em relação ao público atendido. “Ainda é um projeto piloto. Pensamos em fazer um Light Day especial voltado a crianças, por exemplo, porque sabemos que o índice de sobrepeso em crianças é alto”, conta Serpejante. Os inscritos puderam usufruir de um dia inteiro voltado à prática de hábitos saudáveis: se serviram de refeições balanceadas, elaboradas pela equipe de nutrição do Sesc; praticaram atividades físicas como ginástica funcional e hidroginástica; e aprenderam a elaborar pratos saudáveis com as oficinas de receitas. A aposentada Marilene Santos Mendes, 66, já costuma frequentar o Sesc Ponta Negra e fazer atividades como Zumba, alongamento e ginástica localizada, além de integrar o Trabalho Social com Idosos (TSI), 39


Aula de hidroginástica realizado durante o Light Day, no Sesc Ponta Negra

projeto do Sesc voltado a pessoas a partir de 60 anos de idade, e também participou do projeto inaugural. “Achei fantástico o Light Day. Muito bem organizado, tudo de primeira qualidade. Incentiva muitas pessoas a verem que precisamos disso no dia a dia. Nossa vida não pode ser só resumida a trabalho, casa, filhos”, pondera a aposentada. É o que acredita a coordenadora de Nutrição do Sesc, Lisiane Gomes. Ela explica que “um dos objetivos do projeto é mostrar como é fácil fazer disso a rotina de vida”, e complementa: “Queremos também que eles disseminem isso para suas famílias, que repliquem as ideias quando chegarem em casa, entre seus amigos”, conclui a nutricionista.

40

Dica de alimentação pré-treino No clima do Light Day, a nutricionista do Sesc, Izadora Narciso Narciso, dá uma dica para quem quer fazer o lanche ideal antes de praticar exercício. Anote: Um plano alimentar equilibrado é fundamental para garantir os benefícios da atividade física. O ideal é consumir um lanche pré-treino uma hora antes de praticar a atividade física. Esse lanche deve ser composto de uma fonte de carboidrato, preferencialmente integral, que irá fornecer energia para a atividade, e uma fonte de proteína, que irá ajudar na reconstrução das fibras alimentares e evitar o catabolismo durante o treino. Exemplo de lanche pré-treino: - Iogurte natural com farelo de aveia - Sanduíche de pão integral com queijo branco - Fruta com farelo de aveia e quinoa em flocos


Momento da ginástica funcional

Você sabe o que é biomassa? Feita com banana verde, a biomassa traz diversos benefícios ao organismo. Ela é uma das receitas ensinadas nas oficinas de receitas saudáveis do Light Day. Saiba mais sobre ela! O QUE É? A biomassa é um composto feito de banana verde. Pode ser usada na culinária como um espessante para dar mais consistência às preparações, e ainda substitui boa parte das receitas que utilizam óleo, maionese, creme de leite e qualquer outro espessante sem alterar o sabor do prato. A biomassa se torna uma espécie de fibra que o aparelho digestivo não consegue digerir. Por isso, serve de alimento para as bactérias benéficas do intestino. BENEFÍCIOS? • Diminui níveis de colesterol • Ajuda a evitar picos de glicose • Desenvolve microrganismos benéficos no intestino • Diminui riscos de câncer de intestino • Melhora o trânsito intestinal, pois ajuda a produzir o bolo fecal MODO DE FAZER? Reserve 6 bananas verdes. Lave-as bem e corte-as separadamente, sem retirar a casca. Coloque as bananas na panela de pressão e coloque água o suficiente para cobri-las. Quando a pressão iniciar, deixe por 8 minutos e depois desligue. Deixe a pressão sair naturalmente, assim a banana vai continuar cozinhando por mais 20 minutos aproximadamente. Quando toda a pressão sair, abra a panela com cuidado, retire as bananas e corte-as ao meio para retirar a polpa. Coloque a banana no liquidificador com água quente (não utilizar a mesma água do cozimento) suficiente para ficar na consistência que deseja. Colocar a biomassa em potes de vidro ou forminhas de gelo. Você pode guardá-la na geladeira por 7 dias ou deixá-la congelada por até 2 meses.

41


NÚMEROS

2016, O PIOR ANO DA HISTÓRIA PARA AS VENDAS DO VAREJO POTIGUAR Cenário é de retração histórica e perda de mais de R$ 2 bilhões para o comércio do estado este ano. A boa notícia é que há sinais de melhoras futuras Por Luciano Kleiber Jornalista

42


43


O

s sinais, ainda de maneira tímida, começam a desenhar um futuro menos nebuloso. Mas, o presente é duro. Os números deixam claro que 2016 será o pior ano da história do varejo potiguar, situação que deve de repetir no âmbito nacional, no que diz respeito a vendas. Um quadro que tem reflexos diretos no potencial de geração de emprego dos setores de Comércio e Serviços, que juntos respondem por praticamente metade do PIB e dos empregos formais gerados no estado e, também, por mais de 60% do ICMS recolhido aos cofres públicos. Os números disponíveis mais recentes são os de julho. De acordo com eles, o Comércio Varejista Ampliado potiguar registrou, no mês, queda de 14,1% em relação a igual período do ano passado. Foi o maior tombo para um único mês desde 2005, quando o IBGE começou a levantar estes dados (início da chamada “série histórica”). O recorde anterior tinha sido atingido em dezembro do ano passado, quando a queda registrada havia sido de 14%. Aliás, o mês de dezembro foi um dos treze seguidos (desde julho de 2015) em que as vendas registraram queda. E este é mais um recorde negativo: nunca na série histórica, o RN havia registrado uma sequência tão longa de retrações. Considerando o faturamento médio anual do comércio do estado, a queda de 14,1% representa uma nota de R$ 2,68 bilhões em vendas perdidas em um ano. Há outro dado igualmente preocupante: a retração acumulada. Entre janeiro e julho deste ano, já é de 10,9% percentual que representa mais de cinco vezes os 2,01% de queda registrados no mesmo período de 2015. “Está muito claro que estamos batendo no fundo do poço. Treze meses seguidos de queda nas vendas e um acumulado de quase 11% em perdas somente este ano é realmente um cenário extremo”, afirma o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, Marcelo Queiroz. O recorde histórico negativo para as vendas registrado em julho é apontado

44


pelo presidente da Fecomércio RN como consequência de todo um contexto econômico. “Temos hoje um cenário com juros nas alturas, endividamento atingindo mais de 60% das famílias e cerca de 58 milhões de pessoas inadimplentes. Claro que é um ambiente extremamente inóspito para o comércio e, a meu ver, explica este recorde negativo”, diz ele. EMPREGO É claro que o cenário de vendas em queda tem refletido no potencial de geração de empregos do setor de Comércio, um dos mais importantes da economia potiguar. Pelos dados mais recentes, de janeiro a julho deste ano, em todo o Estado foram fechados cerca de 13 mil postos com carteira assinada (em todos os segmentos, não apenas no Comércio). Isso levou a taxa de desemprego no RN a bater em incríveis 13,5%. Este percentual representa um exército de mais de 207 mil pessoas desempregadas. Mas há um ponto de vista sob o qual é possível enxergar alguns sinais de melhoria no emprego potiguar. O primeiro deles é que houve um recuo de 0,8% entre o primeiro e o segundo trimestre deste ano (a taxa caiu de 14,3% para 13,5%), com a inserção de 12 mil trabalhadores no mercado. O segundo diz respeito aos números relativos a agosto, especificamente. Houve, pela primeira vez no ano, saldo positivo no emprego formal do RN. Foram 2.237 vagas a mais no mês, resultado puxado sobretudo pelo setor Agropecuário. No caso do setor de Comércio e Serviços, também registramos um indicador positivo especificamente em agosto. No setor de Comércio, o saldo do mês, este ano, foi positivo em 2, contra um saldo negativo de 484 postos em agosto de 2015. No caso do setor de Serviços, em agosto de 2016 o saldo foi de 320 vagas (positivo), uma melhora considerável sobre o número de agosto de 2015, quando havíamos registrado -46 postos formais.

45


CENÁRIO FUTURO É MENOS NEBULOSO Apesar de todos os indicadores presentes ruins, o presidente da Fecomércio RN faz questão de reafirmar que há sinais claros de que a crise econômica começa a perder força. O primeiro que ele cita é exatamente o indicativo de estabilidade no mercado formal de trabalho. Além disso, ele cita o arrefecimento da inflação. “A inflação, medida pelo IPCA, começou o ano com um acumulado de 10,17% nos doze meses anteriores. Em julho ela já acumulava 8,74% em doze meses. Esta tendência de queda abre enormes possibilidades para que os juros comecem, finalmente, a cair. Não podemos esquecer que as taxas de juros nas alturas são um dos maiores freios ao consumo”, pontua o presidente. Queiroz também registra que o Governo Federal começa a desenhar seu plano de concessões nas áreas de logística e infrestrutura. O plano deverá, no ano que vem, redundar na injeção de R$ 30 bilhões em recursos privados no mercado. Já surgem, também, notícias de investimentos de grandes grupos privados como o Guararapes Riachuelo, que anunciou recentemente investimentos de cerca de R$ 2,5 bilhões na expansão de sua rede, em praticamente todos os estados do país. No Rio Grande do Norte especificamente, Queiroz também destaca alguns investimentos que começam a ser efetivados, sobretudo aqueles feitos por grupos genuinamente potiguares, no segmento de comércio. “Posso citar o investimento de R$ 8 milhões que acaba de ser feito pela rede de supermercados RedeMais em uma loja na cidade de Santa Cruz, no interior potiguar e outro, também de uma rede de supermercados (a Rede Queiroz, de Mossoró) de R$ 26 milhões em uma nova loja na cidade de São Gonçalo do Amarante. São investimentos vultosos, que abrem, juntos, cerca de 350 novos empregos e, o mais importante, sinalizam positivamente para o mercado”, diz Marcelo Queiroz. Mas o otimismo do presidente mantém os “pés no chão”. “Claro que são bons indicadores, e que devem contribuir para que, nos próximos meses, os resultados das vendas registrem quedas menos acentuadas. No entanto, dificilmente teremos um ano de 2016 que consiga, pelo menos, se igualar a 2015, que já foi ruim. Infelizmente, está claro que teremos este ano o pior desempenho do varejo potiguar na série histórica”, afirma Marcelo Queiroz.

46


RN

- 14,1% em julho

- 10,9%

acumulado em 2016

Janeiro a julho 2015:

- 2,01% Janeiro a julho 2016:

-10,9% Treze meses seguidos de quedas nas vendas Julho/15: Ago/15: Set/15: Out/15: Nov/15: Dez/15:

-3,4% -5,5% -11,1% -9,4% -12,3% -14%

Jan/16: Fev/16: Mar/16: Abr/16: Mai/16: Jun/16: Jul/16:

-12,4% -7,7% -10,5% -8,4% -11,6% -11,2% -14,1%

Varejo Restrito (sem Veículos e Materiais de Construção): -5,3% Segmentos Maiores quedas: Veículos (-20%) Livr., Jornais e Rev. (-18,6%) Equipamentos e Mat. Escr. e Informática (-12,9%) Móveis (-12,8%) Menores quedas: Supermercados (-0,1%) Art. Farmacêutivos (-3,2%) Quedas em outros estados CE: -12,6% mês e -12,1% ano PB: -10% mês e -8,3% ano PB: -12,8% mês e 14,8% ano BA: -13,3% mês e -12,5% ano BRASIL -10,2% mês e -9,4% ano 47


CONEXÃO

CONTRATO DO HUB DOS CORREIOS É ASSINADO E AUTORIDADES PREVEEM ATRAÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS Centro de Internacional dos Correios, que será instalado no Aeroporto Governador Aluizio Alves, será o primeiro do Nordeste, e deve gerar 300 empregos entre diretos e indiretos

F

oi assinado no início de agosto o contrato de instalação do Centro Internacional dos Correios (Ceint) no aeroporto Governador Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante. O hub dos Correios é o primeiro do Nordeste e o quarto instalado no país - já existe nas cidades de São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. A filial irá melhorar os prazos de entrega dos objetos internacionais destinados às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, gerará 100 empregos diretos e 200 indiretos, ocupando 20 mil m² de área, com operação prevista para início de 2017. “O Ceint de Natal é um projeto de internacionalização dos Correios, com foco na exportação para o micro e pequeno empresário e com um novo modelo de importação, em

48

parceria com a Receita Federal, mais fácil e dinâmico para o consumidor”, detalhou o vice-presidente de logística dos Correios, João Furian Filho. O presidente dos Correios, Guilherme Campos, disse que o empreendimento é fundamental para o Rio Grande do Norte e para a região Nordeste, “uma oportunidade de aumentar e intensificar as atividades econômicas”. Participaram da solenidade o vice-presidente da Fecomércio, Gilberto Costa; o governador do RN, Robinson Faria; o presidente da Faern, José Álvares Vieira; o presidente da Fetronor, Eudo Laranjeiras; o vice-presidente da Fiern, Silvio Torquato; os secretários estaduais Ruy Gaspar (Turismo) e Flávio Azevedo (Sedec); o diretor regional dos Correios, Canindé dos Santos; superintendente do aeroporto no RN, Ibernon Martins; os deputados federais Rafael Motta, Fábio Faria, Zenaide Maia; e o deputado estadual, Ricardo Motta.

“OS CORREIOS É MAIS UMA EMPRESA QUE ACREDITA NO CRESCIMENTO DO AEROPORTO, O PRIMEIRO PASSO PARA O AEROPORTO RECEBER GRANDES INVESTIMENTOS ESTRATÉGICOS. JÁ CRESCEMOS MUITO EM APENAS DE DOIS ANOS DE ATUAÇÃO” Daniel Ketchibachian Presidente da Inframerica


MÉRITO

VICE-PRESIDENTE DA FECOMÉRCIO RECEBE A MAIS ALTA COMENDA DE LOJA MAÇÔNICA EM NATAL Luiz Lacerda recebe Medalha do Mérito Bartolomeu Fagundes por serviços prestados à Maçonaria e à sociedade

O Diretor executivo da Fecomércio, Jaime Mariz; o primeiro vice-presidente da Fecomércio RN, Gilberto Costa; presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz; presidente do Sindicato dos Representantes Comerciais e das Empresas de Representação Comercial do RN, Jaciratan Ramos; homenageado da noite Luiz Lacerda; diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio; presidente das Federação das Associações Comerciais do RN, Itamar Manso Maciel Filho; e o assessor da Presidência da Fecomércio, Laumir Barrêto

vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, Luiz Antônio Lacerda, foi homenageado no início de agosto com a Medalha do Mérito Bartolomeu Fagundes, entregue pela loja maçônica homônima. A Sessão Magna Pública da Loja foi acompanhada por empresários e diretores da Fecomércio RN e marcou as comemorações pelos 52 anos de fundação da Loja Maçônica. Luiz Lacerda, que também é presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Macaíba, faz parte da Maçonaria desde 1998 e foi agraciado com a alta comenda que homenageia Maçons e personalidades pela relevância e serviços prestados à sociedade e à Maçonaria. “Me sinto muito honrado em receber essa homenagem concedida pela tradicional Loja Maçônica Bartolomeu Fagundes. Estou feliz em ser merecedor de uma comenda tão importante para os que fazem parte desta Irmandade”, declarou Lacerda. A medalha é entregue,

anualmente, desde 1996. Além de Luiz Lacerda, os maçons Francisco dos Santos e Marcos Vinícius Silva Cruz também foram homenageados, junto com os médicos José Bruno de Almeida e Gley Nogueira Gurjão. Na cerimônia, houve também uma palestra com o médico e professor Fernando Antônio Suassuna. Estiveram presentes à Sessão o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz; o primeiro vice-presidente da Fecomércio RN, Gilberto Costa; o presidente do Sindicato dos Representantes Comerciais e das Empresas de Representação Comercial do RN, Jaciratan Ramos; o presidente das Federação das Associações Comerciais do RN, Itamar Manso Maciel Filho; o diretor executivo da Fecomércio, Jaime Mariz; o assessor da Presidência da Fecomércio, Laumir Barrêto; a diretora Regional do Sesc RN, Jeane Amaral; a diretora administrativa e financeira do Sesc, Elza Isac; e o diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio.


RAIO-X

RESTAURANTES DE MOSSORÓ FATURAM EM MÉDIA R$ 66 MIL MENSAIS

U

ma pesquisa encomendada pelo Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró ao Instituto de Pesquisas e Desenvolvimento Econômico do Comércio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, traçou o perfil do setor gastronômico da capital do Oeste. Entre 20 e 25 de junho foram visitados

200 estabelecimentos para aplicação de um questionário com 26 perguntas, relacionadas à estrutura física e de pessoal; capacidade de absorção da demanda; funcionamento; tipo de comida servida; entre outros itens. Os dados foram apresentados em julho, pelo diretor executivo da Fecomércio RN, Jaime Mariz, e servirão de subsídio para que o Sindicato possa propor estratégias de aperfeiçoamento dos serviços oferecidos na cidade aos seus associados. A reunião, que aconteceu na CDL de Mossoró, contou com a presença de membros da diretoria

Pesquisa do IPDC/Fecomércio RN mostra dados sobre o setor gastronômico da cidade 50


do Sindicato do Comércio Varejista, do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Renato Fernandes, e de empresários do setor gastronômico da cidade. “Existe um passeio pelo litoral leste do Ceará, que já está bem consolidado, chamado Rota das Falésias, e que passa pelas cidades Eusébio, Aquiraz, Pindoretama, Cascavel, Beberibe, Aracati, Fortim e Icapuí, algumas delas bem próximas de Mossoró. Diante disso, precisamos estar preparados para receber melhor não só as pessoas daqui, como também os turistas que visitam a cidade provenientes deste passeio”, afirmou o presidente do Sindivarejo Mossoró, Michelson Frota. A pesquisa revelou que mais da metade dos empreendimentos (54%) iniciaram suas atividades há menos de 5 anos; e possuem apenas uma unidade (78%). Com um faturamento médio mensal de pouco mais de R$ 66 mil, e com uma média de 9 funcionários, cada estabelecimento tem capacidade para receber em média 100 pessoas, e tem um fluxo médio semanal de 670 clientes. Entre os restaurantes pesquisados, 43% deles funcionam todos os dias da semana, sendo que o final de semana é o período de maior movimento para 70% dos restaurantes pesquisados. Um percentual de 44,5% dos estabelecimentos é temático; serve comida brasileira (38,5%), regional (38%), sanduíches (32,5%) e massas/pizzas (28%); com sistema à la carte (39%), de lanchonete (38%), buffet/self-service (25%) e caldos/espetinhos/porções (24%). Os cardápios são atualizados a cada seis meses, pelos proprietários (59%). Como atrair mais clientes (39%), a carga tributária (32,5%) e a falta de mão de obra especializada (26%) foram as principais dificuldades operacionais apresentadas pelos empresários do setor de gastronomia de Mossoró. Diante disso, prezam pela qualidade da alimentação (52%), o bom atendimento (43,5%) e as promoções (18,5%) como diferenciais para suprir as deficiências. A pesquisa completa pode ser acessada no link: http://fecomerciorn. com.br/pesquisas/

51


COLUNA

VOZES dos Sindicatos

Sindivarejo Mossoró promove debate com os candidatos a prefeito de Mossoró O Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade (CDL), com a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM), e com o Sindicato da Construção Civil (Sinduscon), promoveu no dia 15 de setembro, um debate com os candidatos a prefeito da cidade. A sabatina, com temas de interesse da classe produtiva da cidade, foi transmitida ao vivo pela TV Cabo Mossoró (TCM), dentro do programa Conversa Franca, e foi mediado pelo jornalista Tuca Viegas. Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró, Michelson Frota, “o debate foi um momento histórico de alto nível, onde os candidatos puderam ouvir o nosso pleito, como a solicitação de diminuição da alíquota do ISS (Imposto Sobre Serviços), e uma maior abertura entre os empresários e o prefeito. Além disso, foi requerido um projeto para o desenvolvimento emergencial para a cidade de Mossoró”, ressaltou.

Presidente do Sindicomércio de Macaíba recebe equipe técnica do Banco do Nordeste O vice-presidente da Fecomércio RN e presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Macaíba, Luiz Lacerda, recebeu na noite do dia 16 de agosto, na Casa do Empresário de Macaíba, uma equipe de técnicos do Banco do Nordeste para apresentar aos empresários da cidade dois novos produtos do banco: o Cartão FNE e o FNE Sol. “São dois novos formatos de financiamento. Um mais direto, para compra de insumos e equipamentos e outro com foco na energia sustentável para as empresas. Num momento em que o crédito está tão difícil e caro, poder acessar linhas com juros mais baixos e contratação simplificada é sempre positivo para o nosso setor”, afirmou Lacerda.

Itamar Maciel toma posse na diretoria do Sincopeças nacional No dia 10 de agosto, durante evento do setor automotivo realizado em Fortaleza, o vice-presidente da Fecomércio RN e presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Autopeças e Acessórios para Veículos do RN, Itamar Maciel, tomou posse como diretor tesoureiro do Sindicato Nacional do Comércio Varejista de Peças e Acessórios para Veículos, que tem como presidente o cearense Raniere Leitão. A entidade pretende sintetizar as principais bandeiras de luta do segmento e tem como apoiador o vicepresidente Executivo da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e presidente da Fecomércio Paraná, Darci Piana.

52


Santa Cruz recebe Unidade Móvel de Informática e Gestão do Senac O Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, e em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Santa Cruz, capacitou 70 pessoas gratuitamente em cursos de Operador de Computador, Excel Avançado, Gestão de Pessoas e Equipe na Medida, Qualidade no Atendimento e Prática Contábeis. Os cursos foram realizados na Unidade Móvel de Informática e Gestão, que esteve na cidade desde o mês de julho. “A qualificação é extremamente importante em qualquer segmento. E a presença de mais uma Unidade Móvel do Senac em Santa Cruz beneficiou dezenas de pessoas que dificilmente teriam acesso à capacitação por outros meios, facilitando sua entrada no mercado de trabalho”, ressaltou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Santa Cruz, Márcio Macedo.

Sindicato do Comércio Atacadista participa de encontro nacional do setor “Em um ano que ainda sofre os efeitos da crise, os resultados foram considerados bons por diversos expositores que fizeram novos contatos e iniciaram negociações que vão impactar positivamente suas empresas no segundo semestre”. Este foi o balanço que o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista do RN, Sérgio Cirne, fez da participação da entidade do Encontro Nacional da Cadeia do Abastecimento (Enacab), realizado em paralelo com a 36ª Convenção da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD). Os eventos aconteceram em São Paulo, entre 8 e 10 de agosto, recebeu cerca de 30 mil visitantes, e gerou aproximadamente R$ 20 bilhões em negócios.

Sincofarn participa de reunião com o Ministro Gilmar Mendes O Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do RN encampou mais uma luta em defesa da categoria: extinguir a cobrança de uma taxa de anuidade que todos os estabelecimentos devem pagar para poder funcionar. Para isso, a advogada Sônia Araújo (representante do Sincofarn), representantes dos sindicatos de farmácia dos estados e da diretoria da ABCFarma, participaram de reunião com o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes para que o processo seja colocado em pauta. “Precisamos muito da aprovação dessa ação que irá trazer benefícios para todas as farmácias que já existem e as que ainda irão abrir, com relação à diminuição da carga tributária cobrada pelos conselhos de farmácia de todo o país”, destacou a presidente do Sincofarn, Luzia Diva.

Currais Novos recebe Unidade Móvel de Turismo e Hotelaria Cursos de Auxiliar de Cozinha, Técnicas de Preparo para Lanches e Sanduíches, Aperfeiçoamento de Bolos e Tortas e Técnicas de Produção de Sobremesa são os cursos gratuitos que estão sendo ministrados em Currais Novos, pelo Sistema Fecomércio, por meio do Senac e em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista da Cidade. Até outubro mais de 100 pessoas serão beneficiadas pela Unidade Móvel de Turismo e Hotelaria do Senac. Para o presidente do Sindivarejo Currais Novos, Hélder Araújo, “a parceria contribuirá diretamente para a melhoria dos serviços prestados, por meio da qualificação de comerciários que atuam no segmento de gastronomia na cidade”.

Assú é um dos polos dos Jogos dos Comerciários do Sesc A etapa de Assú da 15ª edição dos Jogos dos Comerciários aconteceu entre os dias 3 e 4 de setembro. Os jogos das modalidades futebol society e de salão aconteceram na Arena Casa Forte e no Ginásio Poliesportivo Arnóbio de Abreu, respectivamente. A competição, que é realizada pelo Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista da cidade. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Assú, Francisco de Assis Barbosa, participou da cerimônia de premiação. “Gostaria de parabenizar a todos que participaram da competição, e principalmente ao Sistema Fecomércio, que incentiva a prática de esportes, tornando a vida dos nossos comerciários mais saudáveis”, comemorou.

53


Nova Cruz e Caicó recebem treinamento sobre projeto da CNC

Os presidentes do Sindicato do Comércio Varejista de Nova Cruz e do Sindicato do Comércio Varejista de Caicó, Raimundo Martins e Cleide Nogueira, receberam a equipe da Assessoria de Comunicação e Marketing da Fecomércio RN para reuniões sobre o Marketing Associativo no Sindicatos, que envolve as federações, sindicatos filiados e a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O objetivo do Marketing Associativo é preparar as entidades para se apresentarem no mercado, promovendo uma maior aproximação com os empresários do segmento, auxiliando o sindicato a atrair associados.

Sindicato de Representantes Comerciais encaminha documento para Câmara dos Deputados

O presidente do Sindicato dos Representantes Comerciais e das Empresas de Representação Comercial no Estado do RN, Jaciratan Ramos, elaborou uma Carta de Manifesto que foi encaminhada à presidência da Câmara dos Deputados e aos parlamentares do RN, durante o Congresso Brasileiro de Representantes Comerciais (CBRC), realizado na cidade de Aracajú, entre os dias 8 e 10 de setembro. O documento é uma reivindicação da classe acerca da injustiça tributária contra a categoria no que diz respeito ao enquadramento no Simples Nacional. Para Jaciratan Ramos, “a entrega desse documento é essencial para a defesa dos interesses dos representados, que terão subsídios para justificarem a defesa da categoria na Câmara dos Deputados”, afirmou.

São Paulo do Potengi sedia Curso de Segurança e Saúde no Trabalho

O Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, e em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de São Paulo do Potengi, ofereceu no mês de julho o curso de Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis. Cerca de 50 pessoas foram capacitadas. Durante o curso, os alunos desenvolveram atividades para atuar na prevenção de acidentes, prevenção contra incêndio e gestão da segurança do trabalho em atividades com inflamáveis e líquidos combustíveis, através de procedimentos específicos, com o objetivo de preservar vidas, o meio ambiente e o patrimônio. Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista local, Antônio Francisco de Oliveira, “a chegada de novos cursos enchem de alegrias os beneficiados, pois com uma melhor qualificação podem ter esperança de um emprego melhor”, ressalta.

Presidente do Sincomércio participa de Convenção Nacional do Comércio em Salvador

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista e de Serviços do RN, George Ramalho, participou da 55ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, realizada em Salvador (BA), entre os dias 1º e 4 de setembro. O evento, com mais de 2 mil participantes, teve como tema “Educar e construir novos rumos”, com temas de relevância para a classe lojista, visando o crescimento das empresas, indústrias, instituições e prestadores de serviços que tem interesse no segmento. Para George Ramalho, “um evento como este fortalece ainda mais a nossa classe que anda passando por um momento bastante difícil, pois foram debatidos temas de interesse e que nos deram uma esperança de recuperação até o fechamento do ano”, destacou.

54


Atendimento C o rp o r at i vo Sen ac Soluções customizadas para sua empresa

O Atendimento Corporativo do Senac privilegia o desenvolvimento de competências por meio de soluções customizadas, alinhadas aos objetivos estratégicos das organizações. Trilhas de desenvolvimento abrangem as equipes em diferentes níveis de atuação e podem ser aplicadas a distância ou presencialmente.

serviços WORKSHOPS

orientações corporativas

PALESTRAS

CURSOS DE CAPACITAÇÃO

CONSULTORIA

CURSOS IN COMPANY

CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO

SEMINÁRIOS

4005-1058 w w w. r n . s e n a c . b r

acesse nossas redes sociais


CONHECIMENTO

SENAC RN REALIZA ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL GRATUITA NA FEIRA DO LIVRO DE MOSSORÓ Cerca de 60 mil pessoas visitaram a Feira, que foi realizada no Expocenter

O

Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, participou da 12ª Feira do Livro de Mossoró (FLM), de 17 a 21 de agosto, fornecendo orientação profissional aos estudantes que visitaram o evento, no Centro de Exposições e Eventos de Mossoró (Expocenter). Cerca de 60 mil pessoas visitaram esta edição da Feira. Diariamente, assuntos ligados à gestão de carreira foram discutidos no estande do Senac, com a realização de nove palestras gratuitas com temas como: Currículo Profissional – Elaboração e Apresentação; Dicas de Automaquiagem; Lanches Rápidos e Saudáveis; Dicas de Penteados; entre outros. Ao todo, 84 pessoas foram beneficiadas. Os visitantes foram orientados sobre o portfólio de cursos da entidade, as oportunidades de qualificação e perfis de carreiras em áreas 56

como Informação e Comunicação, Gestão e Negócios, Turismo, Hospitalidade e Lazer, Ambiente e Saúde, e Beleza. A Feira do Livro de Mossoró surgiu em agosto de 2005 com o objetivo de incentivar o hábito da leitura de uma maneira divertida e espontânea. “Os livros, os convidados, as parcerias e o público sempre dão o brilho mais intenso ao momento festivo, tornando o evento um encontro de troca de experiências e um recanto de saberes e emoção”, afirmou Rilder Medeiros, organizador do evento. Mais de 650 mil pessoas já participaram da feira, ao longo das 11 edições. A 12ª Feira do Livro de Mossoró teve patrocínio da Cosern e do Governo do RN, através da Lei Câmara Cascudo, além de apoio do Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, e da Prefeitura de Mossoró.


O Sistema em Revista | Setembro 2016  
O Sistema em Revista | Setembro 2016  
Advertisement