Page 1


Ciclo Sesc Vivencie a cidade sobre duas rodas Sorteio de bicicletas (02 por cidade) e de brindes

Passagem por pontos turísticos das cidades Explicações sobre monumentos históricos Kits para participantes (boné + camiseta) Inscrições: a partir de 06/07/15 | 2 kg de alimentos não perecíveis (por pessoa) | 400 vagas por cidade | Feitas nas unidades Sesc*

Datas: MACAÍBA: 02/08 | 7h às 11h MOSSORÓ: 08/08 | 16h às 19h CAICÓ: 16/08 | 7h às 11h30 CURRAIS NOVOS: 22/08 | 16h às 19h ASSU: 30/08 | 7h às 11h *Em Currais Novos, inscrições são feitas na CDL; em Assu, no Sindicato do Comércio Varejista


EXPEDIENTE

siNdiCatos Filiados siNdiCato do ComÉrCio varEJista E dE sErviços do rN PRESIDENTE:

GEORGE RAMALHO VIEIRA

siNdiCato do ComÉrCio ataCadista do Estado do rN PRESIDENTE:

SÉRGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE produtos FarmaCÊutiCos do rN PRESIDENTE:

LUZIA DIVA CUNHA DUTRA

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE pEças E aCEssórios para vEíCulos do rN PRESIDENTE:

JACIRATAN DAS GRAÇAS DE AGUIAR RAMOS FILHO

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE mossoró PRESIDENTE:

MICHELSON XIMENES FORMIGA FROTA

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE CaiCó

PRESIDENTE:

PRESIDENTE:

LUIZ ANTONIO BEZERRA LACERDA

CLEIDE NOGUEIRA DE FARIA

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE Nova CruZ

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE Currais Novos

PRESIDENTE:

RAIMUNDO MARTINS DA SILVA

ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA

MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO

PRESIDENTE: FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE maCaíba

PRESIDENTE:

PRESIDENTE:

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE assÚ

ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR

siNdiCato dos rEprEsENtaNtEs ComErCiais E das EmprEsas dE siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE rEprEsENtação ComErCial No Estado do rN são paulo do potENgi PRESIDENTE:

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE saNta CruZ

PRESIDENTE: HELDER DE MEDEIROS ARAÚJO

siNdiCato do ComÉrCio varEJista dE gÊNEros alimENtíCios PRESIDENTE: GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR

A Revista do Sistema é uma publicação do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac RN MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ Presidente GILBERTO DE ANDRADE COSTA 1º Vice-Presidente LUIZ ANTONIO BEZERRA LACERDA 2º Vice-Presidente JAIR URBANO DE QUEIROZ 3º Vice-Presidente GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR 4º Vice-Presidente GEORGE RAMALHO VIEIRA 5º Vice-Presidente ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR 6º Vice-Presidente SERGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE 7º Vice-Presidente JOSÉ GERALDO DE MEDEIROS 8º Vice-Presidente ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA 9º Vice-Presidente FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA 10º Vice-Presidente MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO 11º Vice-Presidente RAIMUNDO MARTINS DA SILVA 12º Vice-Presidente DIJOSETE VERÍSSIMO DA COSTA 1º Secretário JACIRATAN DAS GRAÇAS DE AGUIAR RAMOS FILHO 2º Secretário JOSÉ DE OLIVEIRA CABRAL FILHO 1º Tesoureiro LUZIA DIVA CUNHA DUTRA 2º Tesoureiro

DIRETORES Efetivos Michelson Ximenes Formiga Frota Helder de Medeiros Araújo Francisco Derneval de Sá Dejalma Lemos da Silva Orismar Carlos de Almeida Daltro Freire de Paiva Francisco Severiano da Cunha Valdemar Anunciato da Silveira José Bezerra de Araújo José de Anchieta Fernandes Renato Alexandre Maciel Gomes Netto Tarcílio Vidal Filho Schiavo Durval Fernandes Álvares

Suplentes Francisco Ney da Cunha José de Paiva Torres Dorian Bezerra de Souza Morais

Suplentes Marcos Augusto da Silva Eduardo de Oliveria Patrício José Zenildo Dias Campos José Carlos Lopes da Silva Albe Garcia de Oliveira Cecílio Francisco Barbosa Neto Eraldo Eudes da Nóbrega Dantas Marcio Pinheiro de Souza Eugênio Rodrigues Lucio Luiz Evânio Nobre Lira

DIRETOR EXECUTIVO Marcus Guedes

CONSELHO FISCAL Efetivos Ronald Gurgel Vicente de Paulo Avelino Sobrinho Sérgio Roberto de Medeiros Freire

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À CNC EFETIVOS Marcelo Fernandes de Queiroz Marcantoni Gadelha de Souza SUPLENTES Gilberto de Andrade Costa Luiz Antonio Bezerra Lacerda

ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA Laumir Barrêto ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PRESIDÊNCIA Luciano Kleiber GERENTE ADMINISTRATIVA Inês Martins GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO NÚCLEO SENAC Cristina Felipe

GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO NÚCLEO SESC Lidiane Bezerra DIRETORA REGIONAL SESC RN Jeane Amaral DIRETOR REGIONAL SENAC RN Fernando Virgílio

O Sistema em Revista EDITOR RESPONSÁVEL Luciano Kleiber DIAGRAMAÇÃO E PROJETO GRÁFICO José Carlos Santos FOTOS Moraes Neto/Styll, Kamilo Marinho/Guardalume Fotografia, Ascom Fecomércio, Ascom Sesc e Ascom Senac REPORTAGEM Lívia Aires, Ebenézer Nóbrega, Kelly Maia, Luana Batista, Amanda Medeiros e Lorena Gurgel


SUMÁRIO

06

Domingo Melhor volta repaginado

20

Fecomércio se engaja na luta para consolidar Hub da LaTam no RN

46

Senac RN promoveu Semana Gastronômica em Brasília O Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, levou os sabores da culinária potiguar à Brasília (DF), durante a Semana da Gastronomia Regional realizada entre os dias 16 e 19 de junho.

51

Carne de sol acebolada Confira receita do instrutor de gastronomia do Senac, Rodrigo Santana.

52

Empresários esperam por votação do Novo Código Comercial

12

Jogos dos Comerciários chegam à 14a edição

10

Unidade Móvel qualifica currais-novenses


CARO LEITOR

uma oportuNidadE impErdívEl A matéria de capa de nossa edição que lhe chega às mãos agora aborda aquele que, a meu ver, é o principal assunto econômico do Rio Grande do Norte dos últimos tempos: a possibilidade de sediarmos o centro de cargas e passageiros do grupo LaTam no Nordeste brasileiro. No texto, historiamos alguns fatos, apresentamos argumentos e dissecamos o quê o Sistema Fecomércio RN e todos os envolvidos, direta ou indiretamente, estão fazendo para transformar esta possibilidade em uma realidade. O Hub (palavra em inglês que dá nome ao centro) seria, não há dúvidas, um marco na economia do RN. São nove bilhões de reais em investimentos, uma cifra que equivale a nada menos que 25% do PIB potiguar. Cerca de 10 mil empregos

diretos (ou 4% de todos os empregos formais gerados pelo setor de Comércio e Serviços, que é o maior empregador privado do Estado). Um consumo de energia elétrica de aproximadamente 5 MegaWatts/hora, ou 15% do que consome todo o município de São Gonçalo do Amarante atualmente. Acréscimo de 30 aeronaves ao fluxo diário do aeroporto, que passariam a ter o RN como pontos de partida e chegada em suas rotas de voos. Acréscimo de 18 novas frequências nacionais e 13 internacionais ao nosso aeroporto. Potencial para, em dez anos, triplicar o PIB do Rio Grande do Norte. Todos estes números falam por si e deixam muito claro o poder de transformação que o Centro de Cargas e Passageiros do grupo LaTam teria sobre nosso estado. São números que ratificam a necessidade, urgente, de que todos os potiguares, sem nenhum tipo de distinção, façam tudo o que estiver ao seu alcance para viabilizar este investimento. Nossa parte, seguiremos fazendo. E torcendo. Boa leitura.

A matéria de capa de nossa edição que lhe chega às mãos agora aborda aquele que, a meu ver, é o principal assunto econômico do Rio Grande do Norte dos últimos tempos: a possibilidade de sediarmos o centro de cargas e passageiros do grupo LaTam no Nordeste brasileiro. MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ Presidente do Sistema Fecomércio RN

5


CULTURA

domiNgo mElHor volta rEpagiNado Evento tem parceria da Assembleia Legislativa e da TV Assembleia

A

primeira edição de 2015 do Domingo Melhor foi regada a muita música, cultura, lazer e gastronomia. O projeto cultural que voltou repaginado e trouxe Nando Cordel ao palco, mostrou que deverá fazer parte da agenda da família potiguar. Por meio de parceria entre o Sistema Fecomércio RN e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o Domingo melhor terá duas outras edições ainda este ano. O evento aconteceu durante a tarde do dia 31 de maio, na Praça André de Albuquerque, onde o público presente pôde também visitar um estande do Sesc para conhecer ações da instituição, colaborar com 6

o Programa Mesa Brasil e participar de sorteio de brindes. A diretora regional do Sesc, Jeane Amaral, participou do evento e afirmou tratar-se de uma ação importante para a cultura potiguar. “Retomamos com bastante ânimo o projeto Domingo Melhor, que agora vem em parceria com a Assembleia Legislativa e repaginado. A ação está prevista para acontecer por todo o ano; para 2015 esperamos realizar duas outras edições, estando a próxima programada para o último domingo de agosto”, complementou Jeane. Além de Nando Cordel, o Domingo Melhor levou ao palco artistas potiguares que fazem parte do


ESTE É UM PASSO IMPORTANTE PARA A INTERAÇÃO COM O PÚBLICO NATALENSE, QUANDO LEVAMOS AS DIVERSAS VERTENTES NAS QUAIS O SISTEMA ATUA, COMO LAZER, GASTRONOMIA E CULTURA. É UMA NOVA OPÇÃO DE LAZER PARA AS FAMÍLIAS QUE NÓS E A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ESTAMOS DANDO À CIDADE” Marcelo Queiroz

Presidente do Sistema Fecomércio RN

projeto Assembleia Cultural. Ivando Monte e Fernanda Azevedo animaram o público presente antes do show da atração nacional. Danniele Dantas levou os pais, filhos e marido para esta edição do evento, e afirmou gostar da iniciativa, “pois é uma opção em Natal para um programa em família”. O Sistema Fecomércio realizou o Domingo Melhor até cerca de dez anos atrás com muito sucesso,

e este ano retomou o projeto em um formato mais amplo, totalmente aberto ao público. Para o presidente Marcelo Queiroz, “este é um passo importante para a interação com o público natalense, quando levamos as diversas vertentes nas quais o Sistema atua, como lazer, gastronomia e cultura. É uma nova opção de lazer para as famílias que nós e a Assembleia Legislativa estamos dando à cidade”, finalizou.

7


Foto: Célio Duarte

MEXA-SE

o rio graNdE do NortE vENCE No dia do dEsaFio Caicó, Mossoró e Currais Novos foram campeãs na edição 2015 do evento

O

Rio Grande do Norte foi campeão absoluto do Dia do Desafio 2015 – evento realizado simultaneamente em mais de 23 países na última semana de maio, com o intuito de estimular a prática de exercícios. As três cida8

des potiguares participantes venceram a competição saudável: Caicó, tetracampeã, mobilizou 77,23% da população, enquanto sua rival, Aquiraz (CE), movimentou 11,84%; Currais Novos movimentou 90%, frente aos 0,35% da cidade de La Unión

Foto: Anailza Viola


SOU CARDÍACO, INCLUSIVE FIZ ATÉ UMA OPERAÇÃO NO CORAÇÃO, E POR INDICAÇÃO MÉDICA PASSEI A PRATICAR REGULARMENTE ATIVIDADE FÍSICA. ISSO JÁ TEM DOIS ANOS, E PERCEBO QUE MINHA DISPOSIÇÃO ESTÁ MELHOR E ATÉ AS DORES NAS ARTICULAÇÕES SUMIRAM” Edson Paiva

Aposentado

Sobre o Dia do Desafio Criado no Canadá em 1980, o Dia do Desafio, realizado sempre na última quarta-feira de maio, tem a proposta de despertar o interesse pela prática de esportes por meio de uma competição amigável entre cidades. É coordenado pelo Sesc SP e promovido mundialmente pela The Association for Internacional Sport for All(TAFISA). Envolve poderes públicos, instituições privadas e cidadãos, e faz parte da campanha MOVE Brasil, que pretende aumentar o número de praticantes de exercícios até 2016, ano das Olimpíadas no país. O 21º Dia do Desafio contará com a participação de mais de 20 países do Continente Americano e de países como Sérvia, Eslováquia e Israel. O sorteio que define as cidades rivais foi feito no dia 20/04/15 na Alemanha, sob coordenação da TAFISA.

(El Salvador); e Mossoró conquistou o bicampeonato, entusiasmando 54,55% da população, ao passo que sua adversária, Barinas (Venezuela), conseguiu mobilizar 16,61%. Cerca de 47 milhões de pessoas participaram este ano do Dia do Desafio em todo o mundo. O projeto está em sua 21ª edição no Brasil e, no Rio Grande do Norte, no 4º ano. Realizado pelo Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Social do Comércio (Sesc RN), o Dia do Desafio recebeu o suporte das prefeituras municipais. “Este é um projeto realizado conjuntamente com as prefeituras e com os Sindicatos do Comércio Varejista dos municípios. Parcerias que são fundamentais para a realização da programação do Dia do Desafio”, destacou a diretora regional do Sesc RN, Jeane Amaral. Em Currais Novos, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) também contribuiu para a realização do evento. O Dia do Desafio 2015 aconteceu nos três turnos do dia em vários locais dos três municípios, e contou com diversas atividades físicas. Dentro da programação, foram promovidas aulas de dança, alongamento, ginástica laboral, torneios esportivos, gincanas, aulas de Zumba e muitas outras atividades, ministradas por educadores físicos do Sesc e das prefeituras. No aulão de hidroginástica do Sesc Mossoró encontramos o aposentado Edson Paiva, 66 anos, que explicou a importância da atividade física para ele. “Sou cardíaco, inclusive fiz até uma operação no coração, e por indicação médica passei a praticar regularmente atividade física. Isso já tem dois anos, e percebo que minha disposição está melhor, e até as dores nas articulações sumiram. Para mim, o desafio é diário”, explica o aposentado. Outro exemplo de disposição

que encontramos foi o da professora Francisca Pereira da Silva, 48 anos, uma das mais animadas do aulão de Zumba, realizado a noite, na Praça de Esportes da Av. Rio Branco, em Mossoró. “Eu não gostava de atividade física, e depois que passei por um princípio de infarto, inclui a atividade física na minha vida e passei a ficar mais disposta, tanto que nem sinto mais dormência nas mãos”. Nas unidades Sesc, escolas, faculdades, praças públicas, bancos, empresas, asilos, áreas rurais, indústrias e muitos outros locais das três cidades, o projeto motivou as pessoas a aderirem ao seu slogan: “Você se mexe e o mundo mexe junto”. “Tenho certeza de que o Dia do Desafio plantou uma semente aqui na cidade”, disse o vice-prefeito de Currais Novos, João Gustavo. DIA DO DESAFIO NO RN Desde 2012, o RN participa do Dia do Desafio. Nos dois primeiros anos, Caicó foi a única cidade participante; a partir de 2014, três cidades aderiram ao projeto, todas elas repetindo suas participações este ano. A campanha obteve os seguintes resultados em 2015: Caicó (RN) 77,23% X Aquiraz (CE) 11,84% Currais Novos (RN) 90% X La Unión (El Salvador) 0,35% Mossoró (RN) 54,55% X Barinas (Venezuela) 16,61% Nos três anos anteriores em que participou do projeto, o RN, representado por Caicó, foi campeão. Em 2012, ganhou de Limón Centro, na Costa Rica; em 2013, o bicampeonato foi conquistado em cima da cidade de Telas, em Honduras; e, em 2014, Caicó e Mossoró venceram a disputa.

9


GRATUIDADE

uNidadE m贸vEl QualiFiCa Currais-NovENsEs 10


D

esde o mês de maio, a população de Currais Novos, região Seridó do estado, vem recebendo qualificação profissional gratuita oferecida pelo Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, em parceria com a prefeitura e o Sindicato do Comércio Varejista do município. No total, 185 pessoas estão sendo beneficiadas através do Programa Senac de Gratuidade (PSG). “Nossas unidades móveis permitem-nos oferecer educação, com excelente padrão, em cidades onde o Senac não possui estrutura física, contribuindo, assim, com o desenvolvimento socioeconômico do estado”, ressalta o diretor regional do Senac RN, Fernando Virgílio. De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Currais Novos, Helder Araújo, esta parceria com o Sistema Fecomércio RN é muito importante para a cidade, pois ajuda a desenvolver profissionais qualificados e mais preparados para o mercado de trabalho, o que resulta em melhorias para economia do município. Na Unidade Móvel de Moda e Beleza do Senac, 60 pessoas rece-

bem qualificação para cabeleireiro assistente, depilador, e manicure e pedicure. Além disso, foram distribuidas 125 bolsas gratuitas em cursos de aperfeiçoamento (chefia e liderança, e gestão de pessoas) e de qualificação (vendedor, auxiliar de crédito e cobranças, e auxiliar de recursos humanos) que estão sendo promovidas nas instalações do Sindicato do Comércio Varejista e Câmara de Dirigentes Lojistas. “Estou adorando esta oportunidade que o Senac está me dando de aprimorar os meus conhecimentos. Pretendo abrir o meu próprio salão e acredito que com este curso estarei melhor preparada”, declara a aluna do curso de cabeleireiro assistente, Marcia Medeiros. No dia 28 de maio, foi realizada a solenidade de inauguração da Unidade Móvel no município. Na ocasião, o Senac, em parceria com a prefeitura, promoveu uma ação social com serviços de beleza gratuitos, - como corte de cabelo, esmaltação e design de sobrancelhas, - para cerca de 100 mulheres do município, em homenagem ao Dia das Mães.

11


TRADIÇÃO

Jogos dos ComErCiários a CHEgam À 14 Edição

Serão quatro meses de competições em cinco cidades potiguares 12


I

ntegrar os comerciários através do esporte. Com esse conceito os Jogos dos Comerciários foram criados há 14 anos, e a cada edição atraem mais participantes. De agosto a novembro, os comerciários irão disputar os jogos em oito modalidades diferentes (futsal, futevôlei, futebol society, natação, vôlei de quadra, vôlei de areia, queimada, futebol de campo, xadrez e karatê) nas cidades de Natal, Macaíba, Mossoró, Caicó e Assú. O período de inscrições começa a partir de julho e se estende até setembro, nas Centrais de Atendimento do Sesc. Em Assú as inscrições serão realizadas no Sindicato do Comércio Varejista. O congresso técnico - no qual são discutidas regras e informações importantes sobre as competições - ocorre na semana que antecede a competição. A expectativa da equipe de esportes do Sesc RN é mobilizar 3.300 comerciários. Importante salientar que o horário das partidas acontecerá

sempre após a jornada de trabalho. A abertura do evento em Natal tem data prevista para acontecer no dia 20/08; seguido por Macaíba (21/08); Caicó (28/08), e Mossoró no dia 11/09. Mais informações estão disponíveis no www.sescrn. com.br JOGOS DOS COMERCIÁRIOS Os Jogos dos Comerciários representam mais uma ação do Sistema Fecomércio RN, realizada por meio do Sesc, com o intuito de fomentar a prática de exercícios físicos. Alia lazer, combate ao sedentarismo e integra os comerciários e a população em geral em torno do esporte. Além disso, oferece torneios com o padrão Sesc de organização, e arbitrados por profissionais qualificados. O projeto faz parte do MOVE Brasil, campanha que pretende erradicar o sedentarismo até 2016, ano das Olimpíadas no nosso país.

Modalidades por polos Natal

Futsal Vôlei quarteto misto Society Queimada Xadrez Futevôlei Natação

Macaíba Futsal Futevôlei

Mossoró

Futsal Natação Futebol de campo Queimada Vôlei de areia

Inscrições: • Natal 01/07 a 10/08 • Macaíba 01/07 a 10/08

Caicó

Futsal Futevôlei Vôlei de areia Futebol de campo

Assú

Xadrez Futsal Futebol Society

• Caicó 06/07 a 12/08 • Mossoró 01/08 a 10/09 • Assú 24/08 a 04/09

13


Expectativa de participantes por modalidades Futevôlei Futevôlei 105 jogos

Xadrez 60 participantes

Vôlei de areia 32 duplas 64 jogos

Karatê

Queimada 15 equipes 30 jogos

425 inscrições

Natação 180 participantes

Futebol

Minicampo 26 empresas 520 inscritos 70 partidas

Futsal 90 empresas 1.260 inscritos 190 partidas

Vôlei quarteto 16 equipes 32 jogos

14

Campo 14 empresas 196 atletas inscritos 26 partidas Society 16 equipes 224 inscritos


Nos meses de abril e maio as matérias de maior repercussão na página do Facebook da Fecomércio foram, respectivamente, “Em rodada de negócios da Fecomércio, produtores alemães apresentam vinho a empresários potiguares” e “Presidente da Fecomércio participa de lançamento da etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor”. Somadas, as postagens obtiveram mais de 4.100 pessoas alcançadas. A matéria de destaque no mês de abril fez parte de uma variedade de publicações voltadas às atividades, organizadas pelo Sistema Fecomércio, para recepcionar uma comitiva alemã que veio ao Rio Grande Norte para firmar parcerias nos setores de Comércio e Turismo.

No Twitter, o tema de maior destaque no mês de abril foi “Renovação do Projeto RN Vida”. A renovação do convênio que o Sistema mantém, através do Sesc, com o Governo do Estado, aconteceu durante a primeira edição 2015 do RN em Foco, que reuniu empresários e dirigentes do Sistema Fecomércio RN. Já em maio, o que mais repercutiu foi a seguinte postagem: “Investidores estrangeiros estão mais confiantes em relação aos rumos da economia brasileira”. Entre retweets e curtidas, os posts somaram 42 movimentações.

Nos meses de abril e maio retomamos em um ritmo mais intenso a utilização da ferramenta Instagram, e os números se mostraram positivos. Em abril, o assunto de maior repercussão foi “Banda Sinfônica da Cidade do Natal se apresenta no jantar de confraternização para comitiva alemã”. Já em maio, assim como aconteceu no Facebook, o destaque do mês foi a “Participação de Marcelo Queiroz no lançamento da edição 2015 do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor”.

1515


REDUÇÃO

rN rEgistra pErda supErior a mil postos dE trabalHo Em maio dE 2015 Até maio deste ano, o estado havia perdido 7.736 empregos formais

O

Ministério do Trabalho divulgou, em 19 de junho, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) com uma redução de postos de trabalho em vários segmentos da economia do país. O Rio Grande do Norte seguiu a tendência nacional e teve uma redução de 1.405 postos em maio de 2015. Em solo potiguar, a construção civil foi a que perdeu mais vagas, num total de 707. Os números são seguidos pela indústria de transformação com 680, e o comércio com 318. A queda na empregabilidade norte-riograndense foi de 0,31% em relação a abril de 2014, e no acumulado dos cinco primeiros meses do 16

ano, foram perdidos 7.736 postos de trabalho. O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, comentou os números ocasionados pelo cenário econômico do país, com vendas desaceleradas. Segundo o representante do segmento, até maio deste ano, o Rio Grande do Norte havia perdido 7.736 empregos formais. No mesmo período do ano passado, este saldo era positivo em 1.367 vagas. “É natural que tenhamos este ano desempenho pior que no ano passado também no emprego. Realmente não vivemos um momento muito positivo na nossa economia. Temos juros em alta, com a Selic já beirando os 14% ao ano. Isso redunda em crédito mais difí-


cil. Também temos visto o aumento da inflação, do desemprego e até de alguns tributos. O que está posto é uma perda considerável do poder de compra das classes mais baixas que tem sido, há cerca de dez anos, o grande motor do consumo brasileiro; mas temos um mercado consumidor fantástico, que é comprador. O brasileiro é comprador e tem uma demanda de consumo muito reprimida, historicamente. Porém, é claro que, pontualmente, tudo isso causa, sim, um impacto na abertura de novas vagas”, analisou. “Eu acredito que fecharemos o primeiro semestre deste ano com um pequeno crescimento de vendas, na casa dos 2%, que seria menor que os 3,2% que registramos de alta no primeiro semestre de 2014. Esta, aliás, é a projeção que fazemos para o ano. Crescer, mas crescer menos que o crescimento de 2014, que foi de 2,2%. Projetamos para o ano inteiro de 2015, alta em torno de 1,5%, que seria digna de ser comemorada”, afirmou ainda Marcelo Queiroz. VENDAS Entretanto, o que se registra até aqui é retração nas vendas de abril do Comércio Varejista Ampliado no Rio Grande do Norte. De acordo com o IBGE, a retra-

ção no quarto mês do ano foi de -5,9%, o que levou o acumulado de 2015 novamente para um número negativo: -0,6%. Os percentuais potiguares retratam o quadro de instabilidade econômica nacional, mas ainda mostram uma situação melhor que a média brasileira. Segundo o mesmo IBGE, no país as vendas despencaram -8,5% em abril, e o acumulado do ano aponta queda de -6,1%. O número de abril chega após um respiro do varejo verificado em março, quando a alta de 7,1% havia devolvido o balanço do ano ao patamar dos números positivos. “Nós sabíamos que o número de março era atípico e havia sido provocado por questões como o efeito calendário (o fato de que o Carnaval deste ano aconteceu em fevereiro e o do ano passado em março, fazendo com que o terceiro mês deste ano tivesse mais dias úteis). A retração de abril, que é um mês no qual não temos datas fortes de apelo comercial, era esperada. Mas continuamos otimistas de que este quadro de desaceleração de vendas poderá ser revertido em breve. Tivemos, em maio e junho, duas datas fortes de vendas, que são os Dias das Mães e dos Namorados, nas quais registramos altas, embora menores que as de 2014”, explicou Queiroz.

17


LITERATURA

artE potiguar ao alCaNCE dE todos Livros dos escritores potiguares lançados pelo Sistema Fecomércio podem ser encontrados na rede de bibliotecas Sesc

O

compromisso de valorização dos escritores potiguares é ímpar para o Sistema Fecomércio RN, estejam eles abordando temas de cunho social, histórico ou de experiências vividas descritas em contos. Diante disso, só neste primeiro semestre, através do Sesc RN, o sistema já editou e apoiou o lançamento de dois livros : “Padre Tiago: obras que contribuíram para a transformação de uma sociedade” e “Contos & Crônicas”. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz ressaltou a importância de apoiar projetos como estes, “porque levar literatura de qualidade que se traduz em entretenimento sadio para as pessoas – com destaque para aquelas que frequentam nossas bibliotecas e espaços de leitura – é uma das nossas missões”. Para a diretora regional do Sesc RN, Jeane Amaral “reforçar o apoio ao talento dos escritores potiguares é algo de extrema importância, pois entendemos o papel da leitura na construção de cidadãos”.

18

PADRE TIAGO O lançamento do livro “Padre Tiago: obras que contribuíram para a transformação de uma sociedade”, aconteceu em abril, no Sesc Zona Norte. A obra teve como co-autora a colaboradora do Sesc RN, Rita de Cássia Bento. “Gostaria de agradecer ao Sesc pelo apoio de sempre, pois nosso contato já é antigo. Lembro inclusive que essa unidade educacional foi uma das solicitações que fizemos para o benefício da população da Zona Norte”, enfatizou o padre. Rita de Cássia conta que já havia escrito e publicado, em 2005, uma biografia do padre belga. Em 2010, ao reeditar a obra, viu a necessidade de destacar os projetos sociais realizados pelo sacerdote ao longo de sua trajetória na paróquia do Conjunto Santa Catarina, na Zona Norte de Natal. Dois grandes projetos realizados pelo padre durante o pe-


Alguns livros lançados pelo Sesc: > Terra do Açúcar (vol.1 e 2); > Flores que encantam o Brasil; > Augusto Tavares de Lyra em Vários Tons; > A bossa de Hianto de Almeida; > Araruna - Sociedade de Danças Antigas e Semidesaparecidas; > O Mundo de Lili para Gente Grande; > Mossoró nossa Terra; > Pipa voada sobre Brancas Dunas; > A presença das Artes Plásticas; > Sesc RN 60 anos

ríodo de 1976 a 1991 são destaques no livro. Um é o “Casulo”, que oferecia educação infantil gratuita a crianças entre 02 e 06 anos de idade. O outro é o “Elo”, no qual o padre desenvolvia as habilidades de jovens entre 07 e 17 anos por meio de aulas de música e cursos como fotografia, manicure e mecânica. São citados ainda projetos realizados pelo padre nas áreas de educação e social: como a construção de 36 igrejas e de 30 jardins de infância na Zona Norte.

Sobre o padre Tiago Theisen

Nasceu no dia 23 de outubro de 1930 em Namur (Bélgica). Vivenciou quatro anos da 2ª Guerra Mundial. Graduou-se em Filosofia, Teologia, Biblioteconomia, Ciências Religiosas e Humanas e foi estudante livre na Universidade de LOVAIN na década de 1960, fazendo estágio em Assuntos para a América Latina. Recebeu o título de Bibliotecário Real. Entrou para o Seminário de FLOREFF em 1949, onde se ordenou sacerdote no dia 31 de julho de 1955. Foi vigário na Bélgica em duas paróquias. Em 1967, o arcebispo da Arquidiocese de Natal, Dom Nivaldo Monte, se encontrava na Bélgica e solicitou um sacerdote para a diocese da capital potiguar. Quando consultou o jovem reverendo Jacques Theisen, ele aceitou de imediato. Como o Pe. Tiago não conhecia o país, a primeira providência que tomou foi consultar o mapa do Brasil, para ter uma visão real da localização do Rio Grande do Norte. Desembarcou

na cidade do Recife no dia 22 de março do mesmo ano, mas era Natal seu objetivo, precisamente a Zona Norte. CONTOS & CRÔNICAS A estreia do produtor artístico Wanderley Pinto Ferreira na literatura resultou nas 237 páginas do livro “Contos & Crônicas”, lançado em junho pelo Sesc. Na primeira parte da publicação, o autor descreve 17 contos reais. Em determinados capítulos os conteúdos parecem muito pessoais, entremente, despontam figuras com valores essenciais. Na segunda parte, o leitor pode conferir as crônicas com temáticas diversas, onde o autor esboça opiniões próprias e impressões que extraiu de pessoas com quem conviveu no mesmo âmbito. Em seu discurso, na ocasião do lançamento, o autor registrou o importante apoio do Sesc. “Estou muito feliz pelo momento que hoje estou compartilhando com todos vocês meus amigos. Não poderia deixar de agradecer ao presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, por ter acreditado no meu talento e ter cumprido sua palavra de contribuir para o lançamento do meu primeiro livro. Quero também estender os agradecimentos à diretora regional do Sesc, Jeane Amaral”, explanou Ferreira. Para conhecer as histórias dos dois livros, o comerciário deverá se dirigir a uma das unidades da rede de bibliotecas do Sesc RN. Até o final de 2015, outras publicações deverão ser lançadas com o apoio do Sistema Fecomércio, e realização do Sesc RN.

19


OPORTUNIDADE

FEComÉrCio sE ENgaJa Na luta para CoNsolidar Hub da latam No rN Empresa deve anunciar decisão até o final deste ano, com previsão de início da operação em dezembro de 2016

20


E

bre fotos Montagem so s de Stock Photo

m abril deste ano, o Grupo LaTam Airlines, líder em transporte de passageiros e cargas na América Latina, anunciou um estudo de viabilidade para implantação do seu primeiro centro de conexões de voos domésticos e internacionais na região Nordeste do Brasil. O chamado Hub deve ampliar as opções de conectividade para os passageiros, tanto em voos dentro do Brasil, como nas conexões com a América Latina e com grandes centros europeus, e otimizará também a cobertura da importação e exportação de cargas. A empresa deve anunciar até o final deste ano em qual estado o Hub será instalado – além do Rio Grande do Norte, estão no páreo também Pernambuco e Ceará –, com previsão de início de operação em dezembro 2016. Desde então, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte tem se empenhado pela união das classes política e empresarial para apoiar e lutar pela concretização deste projeto em São Gonçalo do Amarante. “Trata-se de um projeto que representa investimentos iniciais da ordem de R$ 3,9 bilhões, podendo chegar a R$ 9 bilhões com a fase de consolidação, com geração de mais de 10 mil empregos diretos. Só com estes dois números, a implantação deste Hub já seria motivo para todos nós nos mobilizarmos em torno dele. Além disso, temos que considerar que o Aeroporto Governador Aluízio Alves foi concebido para ser um centro unificado de cargas e passageiros, o que impactaria fortemente na nossa economia de uma maneira geral”, afirma o presidente da Fecomércio, Marcelo Fernandes de Queiroz.

21


Em uma das primeiras ações para a vinda do centro de conexões para o RN, o presidente da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio, George Gosson, participou de uma reunião com o vice-presidente de Serviços do Grupo LaTam, Frederico Germani, na sede da empresa em São Paulo. O encontro foi resultado de uma carta enviada pela presidente da TAM, Cláudia Sender, ao prefeito do município de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, solicitando a abertura de diálogo no interesse da operação do primeiro Hub doméstico e internacional do Nordeste do Brasil. Participaram ainda da reunião o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves; os deputados federais Zenaide Maia e Felipe Maia; secretários municipais de São Gonçalo; além de representantes da Fiern e IFRN. Um dos projetos de maior importância desenvolvidos pela Fecomércio, o Motores do Desenvolvimento - que aborda através de seminários e suplementos encartados no jornal Tribuna do Norte, os 22

principais assuntos pertinentes ao desenvolvimento e crescimento da economia no Estado - também teve o Hub como foco. Em sua primeira edição de 2015, realizada no mês de junho, o evento teve como tema “Perspectivas e Desafios para o Turismo do RN”, e reuniu presidentes de sindicatos filiados e membros da diretoria da Fecomércio; autoridades políticas municipais, estaduais e federais; empresários; trade turístico; e pesquisadores do estado. Entre os presentes, foi unânime a ideia de que o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante tem potencial para receber o centro de cargas e passageiros da LaTam. Todos eles destacaram também que a união e esforço empreendidos pelos poderes públicos e privados do Rio Grande do Norte devem fazer toda a diferença para que a escolha pelo Aluízio Alves se concretize. Para o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, “o Aluízio Alves é o primeiro do Brasil a ser um ‘aeroporto cidade’.

Presidente Marcelo Queiroz participa de reunião com a reitora da UFRN, Ângela Paiva


Fecomércio e UFRN se unem para apresentar potencial de formação de mão de obra para o Hub da LaTam

Fizemos todo o planejamento em torno disso e ainda temos muito espaço para crescimento, para realizar as adequações necessárias, o que nos deixa com muitos pontos positivos em comparação com os aeroportos de Recife e Fortaleza”. O presidente Marcelo Queiroz destacou que o estado tem vivido um momento de grandes oportunidades no setor do turismo, “e que é hora de dar um enorme passo rumo ao desenvolvimento econômico e social do RN”. Queiroz falou ainda da importância de todos dizerem sim novamente: “Já dissemos sim ao projeto do aeroporto, e hoje, para a nossa alegria, ele é uma realidade palpável. Temos agora que dizer sim, desta vez ao projeto de implantação do Hub da maior empresa aérea da América Latina, que, caso venha mesmo para o nosso estado, não só garantirá emprego e renda, mas promoverá justiça social”. Passo este rumo ao desenvolvimento que começou a ser dado ainda em fevereiro deste ano, quan-

do o Governo do Estado, atendendo a um pleito da classe turística e capitaneado há mais de dois anos pela Fecomércio, assinou decreto reduzindo o ICMS (Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) do querosene da aviação de 17% para 12%. A nova alíquota entrou em vigor no dia 1º de abril. A CVC, por exemplo, já apresentou os primeiros resultados de operação com a nova alíquota do QAV em vigor: “No primeiro trimestre, a participação do Estado passou para 14%, diante dos 12% no mesmo período em 2014. Este já é um reflexo positivo da medida acertada tomada pelo Governo do Estado”, comemorou o diretor de Produtos Nacionais da CVC, Claiton Armelin. Ainda por ocasião do Motores do Desenvolvimento, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, apresentou dados que indicam a dimensão do turismo brasileiro: 9,6% 23


do PIB nacional são representados pelo turismo, e o Brasil é a 9ª maior economia do mundo no setor. Diante disso, ele assumiu um compromisso: “Vou buscar entender o porquê de o turismo brasileiro não fazer parte da agenda econômica, política e social do país como deveria. O turismo não é só festa e viagens, mas é também geração de emprego e renda para o povo brasileiro, e é neste sentido que precisamos trabalhar”. O presidente do Aeroporto de Brasília, José Luis Menghini, explicou que o consórcio Inframérica, que também opera o equipamento da capital federal, já possui planos de expansão para o terminal Aluízio Alves, o que contribuiria com as negociações junto à LaTam. “Temos possibilidade de aumentar o número de fingers (pontes de embarque), e assim a capacidade poderá chegar a 70 milhões de passageiros/ano, e o aeroporto receberá até 30 pousos e decolagens por hora. É a maior capacidade entre os terminais do Nordeste”, afirma. De acordo com a Inframérica, o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante possui também uma área disponível para cargas de cerca de 50 mil metros quadrados – dez vezes a área disponível no antigo Augusto

24

Severo - capacidade operacional já instalada de cerca de 6 milhões de passageiros/ano (quase três vezes o que recebemos hoje), e ainda uma localização geográfica privilegiada. O Centro da LaTam irá representar, para o terminal onde ele for instalado, a inclusão de 13 novas frequências internacionais, 18 novas frequências nacionais e 30 aeronaves por dia com voos começando e terminando neste terminal. Estas 30 aeronaves irão utilizar-se de serviços como abastecimento de combustíveis, limpeza da aeronave, catering – alimentação a bordo –, hoteis e alimentação para a tripulação, etc. Para tal, será necessária uma mão de obra qualificada. É quando o Sistema Fecomércio, através do Senac, deve atuar, mais uma vez, de forma contundente. Em mais uma tentativa de somar esforços, o presidente Marcelo Queiroz propôs que a instituição e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte montem um documento no qual sejam apresentados todos os detalhes do potencial de formação de mão de obra que as duas instituições têm. O objetivo é transformar este leque em mais um diferencial competitivo do estado na disputa para sediar o Hub.

Reunião convocada pelo governador do RN, Robinon Faria teve como foco o Hub da Latam


Presidente Marcelo Queiroz durante reunião que instituiu a Unidade Gestora de Projetos Estruturantes

A ideia foi apresentada em uma reunião com a Reitora da UFRN, Ângela Paiva e alguns dos diretores e pró-reitores de áreas acadêmicas da instituição. No encontro, Queiroz, esteve acompanhado do coordenador da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio, George Gosson. “Nossa ideia é montarmos uma espécie de dossiê no qual possamos apresentar, em detalhes, tudo o que já fazemos e o que temos potencial para fazer neste campo da formação, qualificação e capacitação de mão de obra específica para as necessidades do Hub. Tenho certeza de que, com as expertises da UFRN e do Sistema Fecomércio unidas, iremos apresentar um componente decisivo ao grupo LaTam, afinal, um investimento do porte deste Hub precisa estar calçado na oferta de mão de obra qualificada e alinhada com as suas necessidades, que são inúmeras e variadas”, pontuou. O presidente do Sistema Fecomércio também cogitou envolver, na elaboração deste trabalho, o restante do “Sistema S” potiguar, incluindo as federações das Indús-

trias, dos Transportes, da Agricultura e o Sebrae. “A hora é de nos unirmos e, sobretudo, de agirmos. Precisamos ser proativos. Vamos levantar esta nossa capacidade e nossos potenciais e levá-los ao Governo do Estado, como uma de nossas contribuições na busca por este importante projeto para o Rio Grande do Norte”, disse ele. Na reunião, a UFRN já apresentou alguns números de detalhes de sua atuação, sobretudo em parceria com o município de São Gonçalo do Amarante. Entretanto, ficou acertado que a área técnica da Fecomércio irá promover um novo encontro com a Pró-Reitoria de

Planejamento da UFRN para definir detalhes da organização deste documento. A reitora Ângela Paiva fez ques25


tão de louvar a iniciativa do presidente do Sistema Fecomércio. “Quero lhe parabenizar, Marcelo, por esta iniciativa de ter nos procurado. É importante esta união e esta sinergia, porque podemos complementar os nossos trabalhos mutuamente. Desta forma iremos dar uma contribuição fundamental nesta luta que o estado trava e que, caso seja vitoriosa, irá ter impactos positivos em todo o Rio Grande do Norte”, afirmou a reitora. Também empenhado em trazer o Hub da LaTam para o Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria afirmou que “este é um momento de desarmamento político, em que o que de fato interessa é o crescimento econômico e social do estado”. E o esforço conjunto das classes política e empresarial em torno da atração do Hub foi selado em reunião ocorrida no dia 15 de junho. Na oportunidade foi criada a Unidade Gestora de Projetos Estruturantes, que terá reuniões periódicas e é composta pelos secretários estaduais de Planejamento, Gustavo Nogueira; de Turismo, Ruy Gaspar; de Desenvolvimento Econômico, Paulo Cordeiro; de Tributação, André Horta; e do Gabinete Civil; Tatiana Mendes Cunha. Além disso, o grupo de trabalho terá representantes das prefeituras de Natal, São Gonçalo, Macaíba e Parnamirim, e das federações do Comércio, das Indústrias, da Agricultura, dos Transportes, e das CDLs. “Estamos tecnicamente à frente de Pernambuco e do Ceará. Precisamos nos manter unidos, através desse comitê de trabalho, para viabilizar a vinda da instalação, assim como fizemos no caso da redução do ICMS sobre o querosene de aviação, que já apresenta resultados positivos”, explicou o governador. “Trazer o centro de passageiros

26

e cargas da LaTam para o estado é fundamental para darmos um salto em nossa economia. Os números são impressionantes e o impacto que o projeto terá em vários setores do nosso estado é imenso. Não tenho dúvidas de que, junto com este Hub, teremos inúmeros projetos atrativos para serem oferecidos em concessão para investimentos privados dentro deste novo modelo adotado pelo Governo Federal. Portanto, focar no Hub agora é o mais sensato a ser feito”, afirmou o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. Para se ter uma ideia da importância da reunião de criação do Comitê convocada pelo Governador Robinson Faria, seis dos oito deputados federais potiguares (apenas Rogério Marinho e Betinho Segundo não compareceram), os três senadores da bancada federal, cerca de 14 deputados estaduais, os prefeitos de Natal, São Gonçalo do Amarante, Parnamirim e Macaíba e inúmeras lideranças empresariais estavam presentes. Queiroz já sabe qual será o primeiro desafio: “Uma das primeira batalhas que iremos enfrentar é conversar com a Petrobras para que ela possa beneficiar o RN no preço praticado para o QAV. O deputado Felipe Maia informou na reunião que hoje o Ceará recebe o QAV mais barato que nós. Isto é absurdo e precisa ser revertido. O combustível é produzido aqui, com o nosso petróleo. Precisamos, de uma vez por todas, poder usar isso como mais um diferencial”, ponderou.


Hub da LaTam

- Consumo de energia de 5Mw/h, o equivalente a 30% do consumo de uma cidade com 30 mil habitantes (do tamanho de Macau, por exemplo).

- 13 novas frequências aéreas internacionais - 18 novas frequências aéreas domésticas - 30 aeronaves que teriam Natal como pontos de partida

e chegada

- Investimentos de

R$ 3,9 bilhões podendo chegar a

R$ 9,1 bilhões

- 10 mil empregos

- Àrea disponível para cargas de cerca de 50 mil metros quadrados – dez vezes o que tínhamos no antigo Augusto Severo

- Capacidade operacional já instalada de cerca de 6 milhões de passageiros/ano - Potencial para ampliar esta capacidade para até 70 milhões de passageiros/ano. 27


EAD

sENaC abrE iNsCriçÕEs para tÉCNiCos E pós-graduação Oportunidades são para as áreas de Comércio, Educação, Gestão, Informática, Meio Ambiente, Produção de Alimentos e Segurança

28


A

O CURSO ME PROPORCIONOU UMA VISÃO PRÁTICA DE TEORIAS, ATRAVÉS DE ESTUDOS DE CASO, VÍDEOS, REPORTAGENS E ARTIGOS, TUDO ISSO EM UM AMBIENTE VIRTUAL MODERNO” Rodrigo Taveira

Aluno de pós-graduação do curso de Gestão do Relacionamento com o Cliente

autonomia para definir o local e horário de estudo torna-se uma vantagem para as pessoas que optam por educação à distância. Os interessados em fazer os cursos de pós-graduação e técnicos têm, respectivamente, até os dias 04 e 28 de agosto para realizar a inscrição, no Portal Senac EAD: www.ead.senac.br. Os cursos oferecidos pela rede de Educação à Distância do Senac têm em seus currículos a proposta de teoria aliada à prática, desenvolvendo nos alunos competências valorizadas pelo mercado de trabalho, como organização, pró-atividade e responsabilidade. Ennelay Alves, 24 anos, aluna do curso técnico EAD em Administração, conta porque buscou um curso do Senac. “Optei pela instituição pela excelência no ensino, qualidade no atendimento e por ser referência em todo o país”, falou. Ela aplica os conteúdos abordados em sua carreira profissional. “Graças ao meu empenho e à metodologia da capacitação, consegui aprovação em um concurso Federal. Acertei 25 das 30 questões específicas, o que me rendeu a posição 87 entre mais de 1.100 inscritos”, relatou. Ela ressalta ainda algumas das vantagens de estudar à distância. “Menos custo para o aluno, pois os materiais didáticos são disponibilizados online. Melhor aproveitamento do tempo e redução de custos com transporte”. Para aqueles que procuram novos desafios para crescer profissionalmente, o Senac EAD oferece os cursos técnicos: Transações Imobiliárias, Administração, Logística, Marketing e Meio Ambiente. A novidade para este semestre são dois cursos novos na área de informática: Técnico em Programação de Jogos Digitais e Informática. São ofertadas ainda 19 opções de cursos de pós-

-graduação, nas áreas de Educação, Comércio, Gestão, Meio Ambiente e Produção de Alimentos. Para garantir um bom rendimento, a coordenadora de EAD do Senac no Rio Grande do Norte, Joventina Rodrigues, fala da importância de reservar um tempo diário de estudo. “Recomendo que o estudante acesse diariamente o ambiente virtual de aprendizagem, participando dos fóruns, chats e realizando as atividades online. O tempo de estudo diário varia da disponibilidade de aluno para aluno, mas nossos estudos mostram que, em média, um estudante que dedica duas horas por dia acompanha o curso mais tranquilamente e desenvolve as competências propostas”. Além dos cursos de pós-graduação e técnicos, a Rede EAD Senac oferta cursos de extensão universitária. “O curso me proporcionou uma visão prática de teorias, através de estudos de caso, vídeos, reportagens e artigos, tudo isso em um ambiente virtual moderno”, ressalta Rodrigo Taveira, 40 anos, aluno de pós-graduação do curso de Gestão do Relacionamento com o Cliente. “Através do curso adquiri uma visão diferenciada e holística da minha área de atuação, com isto, acredito ser possível conseguir destaque entre outros profissionais” acrescentou o consultor de novos negócios. Responsável pela maior rede de educação à distância do Brasil, o Senac já conta com 226 polos de atividades presenciais - necessários para encontros, apresentações e avaliações. No Rio Grande do Norte a rede EAD possui três polos, em Natal (Alecrim e Centro) e Mossoró. Outras informações podem ser obtidas pelo site www. rn.senac.br, ou através do telefone (84) 4005-1000.

29


TRÂNSITO

FEComÉrCio lidEra sEtor Em aCordo sobrE tráFEgo dE CamiNHÕEs Em Natal Vereador Júlio Protásio se sensibiliza diante de pleitos do setor produtivo e se compromete a apresentar emenda que flexibiliza a lei de sua autoria

30


ncia de nossas ponmaio deu a importâ m reunião realizada em e esteve aqui conosco rcio RN, derações na sede da Fecomé tema. Tenho certeza sença discutindo o , toda a que contou com a pre que com esta abertura de sapre em es ad será benedas principais entid ade ganha. O trânsito cid lio Jú r do rea ve não terá riais do estado, o do e o setor produtivo cia fi a u ete rom mp te da Protásio (PSB) se co s”, afirmou o presiden da à sua Lei prejuízo en oz. em eir a Qu um lo tar rce en Ma res ap comércio RN, Fe fetrá o a lin cip rtância nº 256/2008, que dis ressaltou ainda a impo Ele ntrâ de s via s res Raniego de caminhões na presença dos vereado da . tal Na de o ípi T), líder do prefeito sito intenso do munic pelos re Barbosa (PD es (PSDB), A alteração, proposta Câmara, e Aroldo Alv na s da tes tan en de Trânsiempresários e repres sidente da Comissão pre ran du la” ne “ja entidades, cria uma idade daquela Casa. caminhões to e Mobil de o feg trá bém deso al qu a te Marcelo Queiroz tam . tal Na a a tod nela” ficará permitido em que com a nova “ja i proíbe este tacou Le a ade je, erd ho lib tá is es ma rá mo Co tempo, have de da en em A h. 20 possam se trânsito entre 5h e ra que as empresas pa ibi pro de io rár e oferecer deverá ajustar o ho abastecer de produtos e 6h tre en s alo lação, sem ção para os interv rviços à própria popu se r do rea ve O h. trânsito. 9h, e entre 17h e 20 nhum prejuízo maior ao ne tão es qu a tir cu uma pretambém deverá dis arantir a mobilidade é “G aqu en s õe nh , o cliendo peso dos cami upação nossa. Sem ela oc tão es te, en lm ua próprias drados na Lei. At não chega às lojas, as te m co les ue aq lar não circuproibidos de circu rcadorias e serviços me s. da ela ra todos. carga acima de 5 ton . Ela é fundamental pa lam stu po a r va r prejuízos ao “Precisamos lou Mas, precisamos evita e, qu io tás Pro lio ma de aura do vereador Jú setor produtivo em for pro a, ad rov ap i desabastemesmo com a Le mento de custos e de ten en , da nta me mulgada e regula

E

31


Verador Júlio Protásio se compromete a propor alterações na lei

cimento, o que também não seria desejável”, reforça. O assunto também foi abordado pelo presidente da Federação das Indústrias do RN (Fiern), Amaro Sales, que reforçou a importância de que a discussão em torno da mobilidade não se atenha apenas ao tráfego de caminhões. “Há pontos de estrangulamento que podem ser melhorados com pequenas intervenções, como a criação de áreas de carga e descarga ou o alargamento de vias. Tudo 32

isso precisa ser melhor debatido”, afirmou. Variados pontos de vista foram apresentados na ocasião da reunião. Para o presidente da FCDL RN, Afrânio Miranda, além da mobilidade urbana, as questões de segurança e de custo também precisam ser ponderadas. “Descarregar caminhão antes das 6h e depois das 20h exige a contratação de novos trabalhadores e o pagamento dos devidos direitos trabalhistas; quanto à segurança, trata-se de um


PRECISAMOS LOUVAR A POSTURA DO VEREADOR JÚLIO PROTÁSIO QUE, MESMO COM A LEI APROVADA, PROMULGADA E REGULAMENTADA, ENTENDEU A IMPORTÂNCIA DE NOSSAS PONDERAÇÕES E ESTEVE AQUI CONOSCO DISCUTINDO O TEMA. TENHO CERTEZA DE QUE COM ESTA ABERTURA, TODA A CIDADE GANHA. O TRÂNSITO SERÁ BENEFICIADO E O SETOR PRODUTIVO NÃO TERÁ PREJUÍZOS”, Marcelo Queiroz Presidente da Fecomércio RN

horário em que esses profissionais estariam mais vulneráveis”, esclareceu Miranda. Os presidentes da Associação dos Supermercados do RN (Assurn) e da Companhia Docas do Estado (Codern), respectivamente Edmilson Marques e Emerson Fernandes, expuseram questões relativas às entidades que representam. Para Edmilson, existe uma preocupação em torno dos horários já estabelecidos pelos supermercados para recebimento de carga, bem como os horários de distribuição de algumas empresas. Emerson Fernandes, por sua vez, falou do cuidado exigido pelas cargas perecíveis e afirmou que “o porto funcionará logisticamente bem se a cidade assim também funcionar”. Já para o presidente da Federação de Transportes do Nordeste (Fetronor), Eudo Laranjeiras, a solução para a melhoria do trânsito não deveria partir do tráfego de caminhões, “pois o maior problema não é por onde eles passam, mas onde eles param para descarregar”. Ele disse ainda que é preciso uma organização para que não haja competição entre os diferentes tipos de veículos que circulam pela cidade e que “somente assim podemos começar a falar em qualidade na mobilidade urbana”. Outro ponto de comum acordo entre os presentes foi a importância de se realizar debates desse tipo, que envolvam diferentes entidades em torno de um ponto de preocupação e interesse. Para o presidente da Federação das Associações Comerciais do RN (Facern), Itamar Manso, “estamos fazendo e temos sempre que fazer debates assim diante de propostas que impactem no setor produtivo do estado”. Ao término da reunião, os dirigentes decidiram por unificar os pontos apresentados pelas diferen-

tes entidades e organizar um documento a ser entregue ao autor da Lei, o vereador Júlio Protásio, que deverá analisá-lo e posteriormente propor as emendas consideradas pertinentes. Estiveram representadas na reunião as seguintes entidades: Fiern, FCDL, Faern, Fetronor, Facern, CDL Natal, Setcern, Codern, Assurn e STTU, além de presidentes de sindicatos patronais e vereadores.

Saiba mais Aprovada em 2008, a Lei de nº 256/2008 foi regulamentada pelo Decreto 10.670/2015 e determina que a circulação de caminhões nas vias de tráfego intenso do município de Natal - avenidas Senador Salgado Filho, Hermes da Fonseca, Prudente de Morais, Bernardo Vieira, Coronel Estevam e Rio Branco - fique proibida no período que vai das 5h às 20h, com exceção de alguns veículos específicos como: veículos urbanos de cargas, de urgência, de transportes de produtos perecíveis, de prestação de serviços públicos e que prestem outros serviços em âmbito local. Para as entidades empresariais, isso afeta negativamente a logística de distribuição de carga para o comércio na capital, gerando um aumento considerável de custos. O pensamento unânime das entidades é de que a situação possa ser amenizada com a alteração dos horários de restrição, que passaria a ser nos intervalos de tempo entre 6h e 9h da manhã, e 17h e 20h.

33


TECNOLOGIA

“NuvEm” É dEstaQuE do miCrosoFt road sHoW Em Natal Evento capacitou profissionais de TI e estudantes da área de tecnologia

O

Microsoft Road Show promoveu no dia 09 de junho, no auditório da Fecomércio, palestras sobre as inovações tecnológicas oferecidas pela Microsoft Azure, plataforma de computação em nuvem com diversos serviços integrados. De acordo com o gerente de prospecção e inovação educacio34

nal do Senac RN, Fernando Oliveira, o evento teve como objetivo maior a capacitação dos profissionais de TI e estudantes da área de tecnologia nos conhecimentos básicos, como consultoria, implantação e suporte de infraestrutura de “nuvens”. Infraestrutura essa que foi disponibilizada pela Microsoft Brasil visando acesso aos partici-


pantes na aplicação dos conhecimentos recebidos. “O tema abordado é muito atual e apresenta uma tendência futura, de forma que as empresas possam reduzir as suas despesas com TI encaminhando a sua infraestrutura de servidores e sistemas para as nuvens”, ressalta Fernando. Ainda de acordo com Fernando, a posição de vanguarda do Senac RN, no segmento de tecnologia, ratifica o foco na formação de mão de obra de qualidade e com visão de futuro, em um ano de muitas mudanças no cenário macroeconômico. A oferta de produtos educacionais identificados com este ambiente ajuda as empresas dos segmentos de Comércio, Serviço e Turismo a procurar recursos tecnológicos avançados e de custo inferior aos hoje existentes. No ano de 2015, a parceria existente entre o Senac e a Microsoft completa 20 anos. O conteúdo tecnológico existente, sempre atualizado, garante o cumprimento da missão da instituição, formando assim mão de obra qualificada para o mercado de trabalho. “O que me motivou a participar foi a pos-

sibilidade de conhecer as novas tecnologias da Microsoft ligadas à nuvem, e criar aproximação com os produtos Microsoft. Os assuntos foram tratados de forma abrangente, ampliando as possibilidades de trabalho com as tecnologias”, afirma o analista de sistemas, Emerson Moura de Alencar. O funcionamento da tecnologia de nuvem, que vem se tornando essencial a cada dia, é responsável pela armazenagem de dados para acesso irrestrito. Ou seja, qualquer computador conectado à internet, em um sistema unificado, sem a necessidade de instalação de programas, permite tais possibilidades ao usuário, independentemente do lugar, dia ou horário. Patrick Fernandes da Silva (32), técnico em informática, relata a experiência ao assistir às exposições inovadoras durante o Microsoft Road Show. “O evento me deu a possibilidade de ver as novidades dos produtos Microsoft, entender melhor algumas das tecnologias que foram apresentadas e tirar dúvidas, como também a possibilidade de network. Agora, vou tirar melhor proveito do serviço Azure da Microsoft”.

35


CULTURA

CamiNHada Hist贸riCa dEsCortiNa Natal

36


N

CADA UM DESTES LUGARES CONTA UM POUCO SOBRE NÓS E NOSSA CIDADE. É PRECISO CONHECÊ-LOS PARA PODER VALORIZÁLOS E SÓ PODEMOS AMAR AQUILO QUE CONHECEMOS.”

Temilson Costa

Coordenador de Turismo e Lazer do Senac RN

atal possui um rico patrimônio histórico-cultural que muitas vezes passa despercebido no dia a dia, mas que diz muito sobre a história e cultura do munícipio e do Rio Grande do Norte. Conhecê-lo, portanto, é essencial para entendermos melhor nossa história e conhecermos nosso passado. Foi com este intuito que o Senac promoveu, no dia 8 de maio, uma agradável aula ao ar livre, através da “2ª Caminhada Histórica pelas ruas de Natal: conhecendo a história, desvendando mundos”. Na ocasião, instrutores do Senac RN apresentaram o centro histórico da cidade através de memoriais, igrejas, centros de cultura, entre outros prédios históricos. Pontos estes que você pode conhecer ao percorrer os bairros da Cidade Alta e Ribeira, em um circuito histórico pelo belo conjunto arquitetônico que conta a nossa história. “Cada um destes lugares conta um pouco sobre nós e nossa cidade. É preciso conhecê-los para poder valorizá-los, e só podemos amar aquilo que conhecemos. Por isso damos aos nossos alunos a oportunidade de descobrir os potenciais e a importância destes locais para o nosso estado”, ressalta o coordenador de Turismo e Lazer do Senac RN, Temilson Costa. A caminhada foi iniciada no marco zero da capital, a Praça André de Albuquerque, criada em 1888, em homenagem ao revolucionário André de Albuquerque Maranhão. A primeira parada ocorre no Memorial Câmara Cascudo, inaugurado em 1987 e que preserva a vida e a obra do mais eminente escritor e folclorista do Rio Grande do Norte, Luís da Câmara Cascudo. O prédio que hoje abriga o Memorial, construído no século XVIII, já foi Fazenda Real, Delegacia Fiscal, Quartel General e palco de acontecimentos históricos de importância nacional, como o Movimento Republicano de 1817. Em seguida, caminha-se em di-

reção à conhecida “Igreja do Galo” (Igreja Santo Antônio), exemplar arquitetônico do estilo Barroco, que abriga o Museu de Arte Sacra de Natal. Passando pela Praça Padre João Maria, se conhece um pouco mais sobre o sacerdote, famoso pela caridade, que ajudou aos mais necessitados durante períodos de secas e grande epidemia de varíola no Estado. Continuando a caminhada, passamos pela Rua da Conceição, onde é possível conhecer o Museu Café Filho e o Instituto Histórico e Geográfico do RN, que possui o maior acervo histórico cultural do Estado, como um pelourinho e a coluna Capitolina. Ao caminhar pela Praça Sete de Setembro, criada em 1914, observa-se o monumento em homenagem ao centenário de Independência do Brasil. Ela está centralizada em meio ao Palácio Felipe Camarão (sede da prefeitura de Natal), Palácio da Cultura (Potengi), Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça do Estado. Penúltima parada: Igreja do Rosário Nossa Senhora dos Pretos. Construída por escravos entre 1713 e 1714, única igreja onde se celebra, atualmente, missas conforme a forma extraordinária do rito católico romano. Em 1988, após restauração que lhe devolveu as feições originais, foi tombada pelo Governo do Estado. Descendo pelo Largo Junqueira Aires é possível ver o prédio da OAB, o relógio do Sesc, a praça das mães, a Capitania das Artes e a casa de Câmara Cascudo. Como última parada, já no bairro da Ribeira, a caminhada termina na Praça Augusto Severo, localizada entre o Teatro Alberto Maranhão e o Palacete Cel. Juvino Barreto, atual Colégio Salesiano, que abrigou em tempos áureos os hotéis mais luxuosos da cidade como o Internacional e o Avenida, o famoso cinema Politeama, bem como a antiga rodoviária da capital, que hoje dá lugar ao Museu de Cultura Popular.

37


TRÂNSITO

siNdivarEJo mossoró ComEmora aprovação dE EstaCioNamENto rotativo No CENtro Medida deve proporcionar mais conforto e segurança aos consumidores

A

falta de vagas de estacionamento no Centro de Mossoró, segunda maior cidade do estado, é apontada como um problema por 96,2% dos consumi38

dores na hora de optar por fazer compras no comércio de rua. O dado foi obtido em uma pesquisa encomendada pelo Sindicato do Comércio Varejista do município,


Michelson Frota, do Sindivarejo: estacionamento para estimular as compras

e realizada no segundo semestre de 2014, pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC), da Fecomércio RN. Ainda segundo a pesquisa, a criação de novas vagas e estacionamento rotativo, aliados ao planejamento, organização, sinalização e fiscalização do trânsito, são os caminhos para solucionar o problema. De acordo com o presidente do Sindivarejo Mossoró, Michelson Frota, “os clientes reclamam que quando chegam ao Centro da cidade, as vagas já estão todas ocupadas pelos lojistas e pelos funcionários das empresas, então, buscando comodidade e segurança, eles terminam optando por locais com trânsito menos intenso ou com estacionamento próprio. Isso tem causado um enorme prejuízo às empresas”. O principal desdobramento desta pesquisa foi a aprovação de um projeto do Executivo municipal, que institui o Zona Azul, estacionamento rotativo tarifado, que deve mapear cerca de 3 mil vagas no Centro da capital do Oeste. A expectativa é que até o final do ano o sistema de estacionamento rotativo esteja funcionando. “Com

isso, queremos dar mais conforto aos nossos clientes. Cada lojista vai definir como vai funcionar para sua loja, se vai fazer promoções, como, por exemplo, pagar o valor do estacionamento a partir de um certo valor em compras”, finalizou. Desde a divulgação dos dados da pesquisa, o Sindivarejo Mossoró tem participado ativamente das discussões em torno da implantação da Zona Azul e agora comemora a medida. “Posso considerar que esta é uma grande vitória. Junto com o IPDC, o Sindivarejo tem conseguido dar um suporte técnico às discussões de interesse do setor, e tem conseguido nortear os anseios dos empresários”, comemora Frota. ZONA AZUL O estacionamento tarifado é regulamentado pelo Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/1997), em seu artigo 24, X, que diz que compete aos órgãos e entidades executivos de trânsito dos municípios implantar, manter e operar sistema de estacionamento rotativo pago nas vias. A modalidade já é utilizada em grandes cidades brasileiras para incentivar a rotatividade de vagas. 39


COLUNA

VOZES dos Sindicatos

Reunião discute tráfego de caminhões nas vias de trânsito intenso do município de Natal Os presidentes do Sindicato do Comércio Atacadista do RN, Sérgio Cirne, e do Sindicato do Comércio Varejista de São Paulo do Potengi, Antônio Francisco de Oliveira, participaram de reunião realizada com o vereador Júlio Protásio (PSB) para tratar da Lei nº 256/2008, que disciplina o tráfego de caminhões nas vias de trânsito intenso do município de Natal. O evento que aconteceu no dia 25 de maio, reuniu ainda representantes da Fiern, FCDL, Faern, Fetronor, Facern, CDL Natal, Setcern, Codern, Assurn, STTU e vereadores do município de Natal. Na ocasião, o propositor da lei se comprometeu em apresentar emenda que deverá ajustar o horário de proibição para os intervalos entre 6h e 9h, e entre 17h e 20h.

Currais Novos recebe Unidade Móvel de Moda e Beleza O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Currais Novos, Helder Araújo, participou, em 28 de maio, de mais uma ação de interiorização do Sistema Fecomércio RN na cidade de Currais Novos. Por meio do Senac, a Unidade Móvel de Moda e Beleza chegou ao município oferecendo vagas gratuitas em cursos de cabeleireiro assistente, depilador e manicure. Na ocasião Helder Araújo declarou acreditar que “dar oportunidade é abrir portas, é oferecer às pessoas a condição de poder caminhar por suas próprias pernas, de conseguirem, com seu próprio esforço, mudar suas vidas e de suas famílias. Este é o verdadeiro desenvolvimento social e econômico no qual nós acreditamos e pelo qual trabalhamos”.

40


Busca por solução para Coleção Mossoroense e acervo da Fundação Vingt-un Rosado Em 18 de junho, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró, Michelson Frota, se reuniu com a secretária de Cultura da cidade, Isolda Dantas, para discutir soluções para a Coleção Mossoroense e todo o acervo da Fundação Vingt-un Rosado. Na ocasião, o presidente do Sindivarejo tratou das condições atuais da Coleção e da importância de encontrar um local adequado para a manutenção e conservação dos livros. Uma das sugestões propostas seria a alocação de todo o acervo da Fundação Vingt-un Rosado em uma das salas do piso superior do Museu Municipal Jornalista Lauro da Escóssia, que hoje encontra-se interditado pelo Ministério Público por falta de acessibilidade.

Lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo O vice-presidente da Fecomércio RN, e presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Macaíba, Luiz Lacerda, representou o presidente da Federação potiguar, Marcelo Queiroz, no lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo. A solenidade aconteceu no dia 28 de abril, em Brasília, contou com a participação de representantes do setor produtivo de todo o Brasil, e fez parte do Encontro Político-Empresarial Ranking Abras 2015, realizado anualmente pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras) em parceria com a União Nacional das Entidades de Comércio (Unecs).

Encontro de Governadores do Nordeste O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Peças e Acessórios para Veículo, Itamar Manso, participou, em 8 de maio, do Encontro dos Governadores do Nordeste - Gestão 2015-2018. Com o tema “Por uma agenda de desenvolvimento regional”, o evento propôs que fossem discutidos a economia e, principalmente, o desenvolvimento da região nordeste com o intuito de viabilizar uma agenda propositiva. Além dos nove governadores do Nordeste e de autoridades políticas e empresariais locais, estiveram presentes no encontro o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e o ministro para Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger.

Encerramento do curso de “Chefia e Liderança” no Sicomércio Em 24 de abril, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista do Rio Grande do Norte, George Ramalho, participou da solenidade de encerramento do curso de Chefia e Liderança, promovido pela Federação e viabilizado pelo Programa Senac de Gratuidade (PSG). O curso teve como objetivo desenvolver as competências dos profissionais que atuam na área de gestão, com foco na liderança e motivação de equipes. Para George Ramalho, a posição do líder é essencial na gestão de negócios, e “os ensinamentos adquiridos no curso precisam ser multiplicados nos locais de trabalho de cada um dos alunos formados”.

41


Inauguração da Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher em São José do Campestre O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do RN, Geraldo Paiva Júnior, participou, no dia 9 de junho, de inauguração da Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher, em São José do Campestre. Os atendimentos tiveram início em 10 de junho, e deverão contabilizar 3.200 ações, entre mamografias, ultrassonografias exames preventivos e atendimentos relativos a orientações sobre a saúde sexual feminina.

Homologação de Convenções Coletivas de Trabalho Desde março deste ano, o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do RN, presidido por Luzia Diva, tem realizado reuniões para homologação de convenções coletivas de trabalho. Os Sindicatos dos Empregados de Farmácias e Drogarias, dos Farmacêuticos e dos Motoqueiros já tiveram suas convenções discutidas e aprovadas, e agora aguardam somente pela homologação a ser feita pelo Ministério do Trabalho.

Reunião de Diretoria da Fecomércio Os presidentes do Sindicato do Comércio Varejista de Assú, Francisco de Assis Barbosa; do Sindicato do Comércio Varejista de Santa Cruz, Márcio Macêdo; do Sindicato do Comércio Varejista de Nova Cruz, Raimundo Martins; e do Sindicato dos Representantes Comerciais e das Empresas de Representação Comercial do RN, Jaciratan Ramos, participaram, no dia 29 de abril, da primeira Reunião de Diretoria da Fecomércio realizada este ano. Na pauta, entre outros assuntos: acompanhamento dos projetos de lei do interesse do setor de Comércio, Serviços e Turismo em tramitação na Câmara Municipal de Natal, na Assembleia Legislativa do RN e no Congresso Nacional – Câmara dos Deputados e Senado Federal; a Lei Promulgada nº 256/2008, que proíbe o trânsito de caminhões nas ruas de tráfego intenso em Natal; a possibilidade de instalação de Hub da LaTam no Aeroporto Internacional Aluísio Alves; e os Acordos Setoriais da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Festa de Sant’Ana em Caicó O Sindicato do Comércio Varejista de Caicó se prepara para o mês mais emblemático para o segmento de varejo e de turismo da região. É no mês de julho que, graças aos festejos de Sant’Ana, a economia local passa por um incremento.

42


FOTO-LEGENDA

ENCoNtro dE govErNadorEs O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, compareceu ao Encontro dos Governadores do Nordeste - Gestão 2015-2018, realizado em maio, no Centro de Convenções de Natal. O evento contou com as presenças dos nove governadores da região; do ministro da Fazenda, Joaquim Levy; e do ministro para Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger. Também participaram senadores; deputados federais e estaduais; secretários estaduais e diretores de autarquias da administração indireta estadual; e prefeitos dos municípios potiguares. Com o tema “Por uma agenda de desenvolvimento regional”, o encontro propôs que fossem discutidas a economia e, principalmente, o desenvolvimento da região Nordeste com intuito de viabilizar uma agenda propositiva.

prÊmio sEbraE prEFEito EmprEENdEdor Também em maio, Marcelo Queiroz participou do lançamento de etapa estadual da 9ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor. A iniciativa do Sebrae RN acontece a cada dois anos e objetiva identificar e disseminar boas práticas de apoio aos pequenos negócios nos municípios potiguares. Com a premiação, gestores públicos podem ser reconhecidos pela inclusão do empreendedorismo na agenda da gestão municipal – nas áreas da saúde, educação, segurança e infraestrutura – e, ao mesmo tempo, pelo estímulo à implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nas cidades. Além das cinco categorias já existentes – Melhor Projeto; Implementação e Institucionalização da Lei Geral; Compras Governamentais de Pequenos Negócios; Desburocratização e Formalização; e Pequenos Negócios no Campo –, este ano o prêmio conta com a inclusão de três novas categorias, que são elas: Inovação e sustentabilidade; Municípios integrantes do G100 (grupo de 100 municípios com maior índice populacional e menor índice de desenvolvimento humano); e Inclusão produtiva com segurança sanitária.

44


PADROEIRO

FEComÉrCio rECEbE imagEm pErEgriNa dE são pEdro A celebração fez parte dos festejos alusivos ao santo padroeiro do bairro do Alecrim

D

urante a tarde do dia 1º de junho, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN recebeu para celebração a imagem de São Pedro, que até o dia 19 do mesmo mês esteve em peregrinação pelo Alecrim em alusão aos festejos do santo padroeiro do bairro. Diretores e funcionários do Sistema Fecomércio RN participaram da cerimônia religiosa de acolhimento. Em outros momentos a Casa já havia recebido o santo padroeiro do Alecrim e, em nome da Pa-

róquia, padre Francisco de Assis Mota agradeceu pela forma como foi acolhido por todos que fazem o Sistema Fecomércio. O vice-presidente da Fecomércio, Luiz Lacerda, falou da alegria em acolher a imagem para celebração. “É com satisfação e alegria que recebemos o santo padroeiro do Alecrim em nossa entidade, que tem o ser humano como sua maior preocupação. Se as pessoas não têm qualidade de vida e dignidade, nada anda bem, inclusive o comércio”, explicou. 45


INTERCÂMBIO

sENaC rN promovEu sEmaNa gastroNômiCa Em brasília Cerca de mil pessoas puderam conhecer a culinária potiguar

46


O

Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, levou os sabores da culinária potiguar à Brasília (DF) durante a Semana da Gastronomia Regional, realizada entre os dias 16 e 19 de junho. Os restaurantes-escola da Câmara dos Deputados, Senado Federal e Downtown, na Confederação Nacional do Comércio, sediaram o evento. Na ocasião, o vice-presidente da Fecomércio RN, Luiz Lacerda, que representou o presidente Marcelo Queiroz, recebeu os convidados e parabenizou os instrutores do Senac RN pelo trabalho realizado. A Semana da Gastronomia Regional do Rio Grande do Norte homenageou o estudioso potiguar

Luiz da Câmara Cascudo, abordando aspectos da culinária regional pesquisados por ele e que também estão presentes no livro “Arte e rituais do fazer, do servir e comer no Rio Grande do Norte – uma homenagem a Câmara Cascudo”, publicado pela Editora Senac. A equipe técnica do Senac RN contou com Rodrigo Santana, Jonatã Canela e Walei Silviano. Entre os pratos apresentados, estavam o baião de dois com arroz da terra, filé de sol com cebola roxa, farofa d´água com castanha, paçoca, escondidinho de carne de sol e jerimum, entre outros. Cerca de mil pessoas experimentaram as iguarias do RN. A semana contemplou também uma aula-show no Centro 47


Diretor regional do Senac RN, Fernando Virgílio, durante Semana da Gastronomia Regional

de Aperfeiçoamento em Gastronomia do Senac, que contou com cerca de 20 convidados, entre eles ex-alunos do Senac, chefs de restaurantes de Brasília, empresários e jornalistas. Na oficina foi apresentada a receita de feijoada de feijão verde, desenvolvida por Rodrigo Santana. Além do vice-presidente da Fecomércio RN, Luiz Lacerda, o evento contou com as presenças 48

do diretor regional do Senac RN, Fernando Virgílio; do diretor das Unidades Especializadas do Departamento Nacional do Senac, José Carlos Cirilo; e parlamentares do Rio Grande do Norte. A Semana da Gastronomia Regional é uma iniciativa do Departamento Nacional do Senac, que visa divulgar a gastronomia e cultura das diversas regiões do Brasil. “Esse é um momento ím-


Vice-presidente da Fecomércio, Luiz Lacerda, parabeniza os instrutores de gastronomia do Senac RN

par em que os presidentes das Federações do Comércio e diretores regionais do Senac mostram a cultura gastronômica do seu estado e fazem contato com os parlamentares e comunidade. Eles se sentem privilegiados em conhecer a culinária regional e isso reflete a importância e a grandiosidade desse projeto”, relatou José Carlos Cirilo, diretor de Unidades Especializadas do Departamento

Nacional do Senac. O Senac é referência em cursos do segmento de gastronomia. A Instituição conta com mais de 570 unidades escolares por todo o Brasil, e uma estrutura formada por diversas empresas pedagógicas. No Senac RN há, aproximadamente, 100 cursos no portfólio voltados para qualificação na área de Turismo, Hospitalidade e Lazer. 49


Carne de sol acebolada Confira receita do instrutor de gastronomia do Senac, Rodrigo Santana.

Ingredientes: 1 kg de carne de sol 5 cebolas roxas cortadas em rodelas 1 xícara de manteiga da terra (manteiga de garrafa)

Preparo: Deixe a carne de sol de molho de um dia para o outro, trocando a água algumas vezes. Corte a carne de sol em pedaços e frite em óleo até dourar e ficar macia. Coloque numa travessa com a cebola roxa por cima e sirva. Adicione sal a gosto.


EXPECTATIVA

EmprEsários EspEram por votação do Novo Código ComErCial Dispositivo deve desburocratizar as relações comerciais e substituir regulamentação atual, que é de 1850

S

implificar e desburocratizar as relações comerciais; eliminar o manuseio de documentação em papel; disciplinar as obrigações dos empresários; estabelecer prazos prescricionais mais curtos do que os estabelecidos pelo Código Civil; regulamentar contratos empresariais de grande importância. Estas são apenas algumas das vantagens que a aprovação do Novo Código Comercial Brasileiro (Projeto de Lei 1572/2011) deve proporcionar aos empresários de todo o país. Em tramitação na Câmara dos Deputados há quatro anos e no Senado há um ano e meio em projeto separado, quando aprovado, o documento deve substituir a regulamentação atual envolvendo as relações entre empresas, que existe desde 1850. Após a conclusão dos trabalhos dos seis relatores parciais que fazem parte da Comissão, o deputado Paes Landim (PTB-PI), relator final do projeto, deve fechar o relatório, e em seguida enviar para 52

votação em plenário. De acordo com o deputado federal Laércio Oliveira (Solidariedade/SE), presidente da Comissão Especial do Projeto do Novo Código Comercial, “a existência de um código promoverá uma redução dos custos dos produtos. Como não temos uma lei que regulamente as relações comerciais, praticam-se preços excessivos sob o argumento do risco do negócio. Esse sobrepreço serve para cobrir qualquer questão judicial que vier a surgir”, explicou o deputado. Apesar de avançar em sua tramitação, a proposta de um novo Código Comercial ainda encontra resistência de uma parcela de juristas e de entidades que representam o setor privado. A principal divergência diz respeito à necessidade de um Código Comercial. “A vida empresarial de hoje não cabe num único código”, afirma Otavio Yazbeck, ex-diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e um dos mem-


bros da comissão de juristas que é contrário ao projeto. Ele defende que pontos nos quais a legislação poderia ser melhorada deveriam ser tratados por leis específicas, e considera que esse é o caso, por exemplo, da legislação brasileira sobre sociedade limitada. Já o principal defensor do novo código, o professor da PUC de São Paulo, Fábio Ulhoa Coelho, argumenta que o diálogo durante a tramitação do projeto tem sido aberto, que interferências para aprimoramento do Código ocorreram, e que o código vai evitar decisões equivocadas de juízes. “Não existe hoje uma legislação NÃO EXISTE HOJE UMA LEGISLAÇÃO MODERNA SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE EMPRESÁRIOS, EXISTE UMA PARTE NO CÓDIGO CIVIL E OUTRA EM LEIS ESPARSAS” Fábio Ulhoa Coelho Professor da PUC de São Paulo

Auxílio-doença: Emenda derruba ônus de 30 dias para empresas Por meio de uma iniciativa do vice-presidente da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), deputado federal Laércio Oliveira, o segmento – um dos maiores empregadores do país – conquistou uma grande vitória no último mês de junho. O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 229 votos a 220, o destaque à Medida Provisória 664/14, e excluiu do texto a responsabilidade pelo pagamento dos primeiros

moderna sobre as relações entre empresários, existe uma parte no Código Civil e outra em leis esparsas”, diz. “Isso gera distorções sérias”, acrescenta. Um dos pontos que mais tem incomodado entidades é a definição de “função social da empresa”. O projeto do código define que a empresa cumpre sua função social “gerando empregos, tributos e riqueza”, entre outros pontos. Os opositores criticam dispositivo colocado no projeto inicial o qual afirma que o Ministério Público pode “pleitear a anulação do negócio jurídico” se houver descumprimento da função social.

30 dias do auxílio-doença pela empresa, em vez dos atuais 15 primeiros dias. “Algumas microempresas não suportariam essa mudança, o que geraria mais desemprego”, afirmou o deputado, propositor da Emenda. Com a alteração, o governo pretendia economizar no pagamento do benefício, que passaria a ser responsabilidade dos empresários durante o período. Com a derrota na votação, fica valendo a regra anterior pela qual a empresa é responsável pelo pagamento dos 15 primeiros dias. A partir do décimo sexto dia, ele passa a ser feito pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

53


W W W. R N . S E B R A E . C O M . B R / L I G A D O N A E C O N O M I A

|

0800 570 0800


O Sistema em Revista Junho-Julho 2015  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you